Jogos matemáticos slide

434 visualizações

Publicada em

MATEMÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Jogos matemáticos slide

  1. 1. Regina Célia Grando
  2. 2. JOGO NO ENSINO DA MATEMÁTICA A própria proposta de utilização do jogo na sala de aula já motiva os alunos e os leva a ação e isso para alguns professores já garante a aprendizagem, sempre com intervenção pedagógica. A proposta do jogo deverá então ser desafiadora para que, com os conflitos cognitivos gerados, o aluno fique motivado a aprender. - Interesse em jogar bem; - Jogos competitivos e cooperativos;
  3. 3. PIAGET Sensório- motor e pré-operatório: O jogo é a construção do conhecimento. Quando as crianças agem sobre os objetos, aprendem conceitos de espaço, tempo, causalidade até chegar a estrutura lógica; Para os adolescentes e adultos representam situações motivadoras e de desafio real.
  4. 4. Os jogos com regras precisam ter uma lógica de ação, pois através dessa lógica o aluno desenvolve competências e habilidades que irão auxiliá-los na sua aprendizagem. Para o professor o jogo é um instrumento que facilita a aprendizagem matemática do aluno em: -pensar, refletir, analisar, compreender conceitos matemáticos, levantar hipóteses, testá-las e avaliá-las.
  5. 5. COOPERAÇÃO NO JOGO DE REGRAS Segundo Piaget, a cooperação e tão importante para o progresso do conhecimento quanto a mediação, a ação e as situações que favorecem a discussão entre os pares. Além disso destacamos: - Desenvolvimento da criatividade - Desenvolvimento de estratégias de resolução de problemas; - Problema dinâmico ou seja em movimento;
  6. 6. ORIENTAÇÕES PARA SALA DE AULA VANTAGENS DESVANTAGENS O Ressignificar e desenvolver conceitos; O Tomar decisões e avaliá-las; O Participação ativa na construção do conhecimento; O Interação social; O Senso crítico, interesse, criatividade; O Desenvolvimento de atividades; O Prof. Identifica dificuldades; O Caráter puramente aleatório; O Aulas cassino (utilização de jogos para todo tipo de aprendizagem); O Interferências constantes (perda da ludicidade); O Coerção do prof. Perda da voluntariedade; O Dificuldade de acesso e disponibilidade de material;
  7. 7. INTERVENÇÕES E OBSERVAÇÕES PEDAGÓGICAS - Cumprimento da regras; - Decisões e estratégias do aluno; - Justificativas da jogada pelo aluno; - Sistematizar os conceitos matemáticos; - Organização do espaço; - Jogadas e estratégias; - Registros; - Erros e antecipações no jogo;
  8. 8. BIBLIOGRAFIA - GRANDO, Regina Célia. O jogo e a matemática no contexto da sala de aula – São Paulo: Paulus, 2004. – (Coleção Pedagogia e Educação)
  9. 9. GRUPO 6º Período Noturno. Inês Landim Flávia Ogeda Graciélia Marli França Vilma Oliveira Prof. Rosana Catarina R.de Lima. Matemática B PUC – Pontifícia Universidade Católica - Campinas

×