   Caridade é , sobretudo, amizade.   Para o faminto – é o prato de sopa.   Para o triste – é a palavra consoladora.  ...
   Para o desesperado – é o auxílio do    coração.   Para o ignorante – é o ensino    despretensioso.   Para o ingrato ...
   Para o estudante – é o concurso no    aprendizado.   Para a criança – é a proteção    construtiva.   Para o velho – ...
 Para o transviado – é o entendimento. Para o orgulhoso – é a humildade. Para o colérico – é a calma. Para o preguiços...
Caridade é amor, emmanifestação incessante ecrescente. É o sol de milfaces, brilhando para todos,e o gênio de mil mãos,am...
A caridade   chico xavier
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A caridade chico xavier

1.310 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.310
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
24
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A caridade chico xavier

  1. 1.  Caridade é , sobretudo, amizade. Para o faminto – é o prato de sopa. Para o triste – é a palavra consoladora. Para o mau – é a paciência com que nos compete auxiliá-lo
  2. 2.  Para o desesperado – é o auxílio do coração. Para o ignorante – é o ensino despretensioso. Para o ingrato – é o esquecimento. Para o enfermo – é a visita pessoal.
  3. 3.  Para o estudante – é o concurso no aprendizado. Para a criança – é a proteção construtiva. Para o velho – é o braço irmão. Para o inimigo – é o silêncio. Para o amigo – é o estímulo.
  4. 4.  Para o transviado – é o entendimento. Para o orgulhoso – é a humildade. Para o colérico – é a calma. Para o preguiçoso – é o trabalho. Para o impulsivo – é a serenidade. Para o leviano – é a tolerância.Para o deserdado da Terra – é a expressão de carinho.
  5. 5. Caridade é amor, emmanifestação incessante ecrescente. É o sol de milfaces, brilhando para todos,e o gênio de mil mãos,amparando, indistintamente,na obra do bem, onde querque se encontre, entre justose injustos, bons e maus,felizes e infelizes, porque,onde estiver o Espírito doSenhor aí se derrama aclaridade constante dela, abenefício do mundo inteiro. Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Viajor. Ditado pelo Espírito Emmanuel. Araras, SP: IDE. 1985. Home

×