SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 43
EDUCAÇÃO  INFANTIL
PALESTRANTE
RITA PETRY SUPERVISORA DE EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL GERED - JOAÇABA
(RE)ENCONTRO COM A  INFÂNCIA, A SUA INFÂNCIA, A NOSSA INFÂNCIA...
E PRINCIPALMENTE, COM A INFÂNCIA QUE DESEJAMOS PARA A CRIANÇA CONTEMPORÂNEA .
EDUCAÇÃO INFANTIL ,[object Object],[object Object]
Crianças que freqüentam uma Educação Infantil de boa qualidade obtêm melhores resultados em testes de desenvolvimento e em seu  desempenho na escola primária.
HÁ UM DISCURSO: .POLÍTICO .SOCIAL SOBRE A INFÂNCIA DE DIREITOS E DE OUTRO QUE SÃO AS PRÁTICAS SOCIAIS RELACIONADAS AS CRIANÇAS QUE NÃO GARANTEM SEUS DIREITOS FUNDAMENTAIS .
HÁ UMA SEPARAÇÃO ENTRE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E SUA EFETIVAÇÃO COM A PRÁTICA .
EM ANÁLISE À DOCUMENTO LEGAIS,VERIFICA-SE DISTÂNCIA ENTRE A NORMATIZAÇÃO E APLICAÇÃO DAS LEGISLAÇÕES.
A LEGISLAÇÃO SOZINHA,NÃO TEM O PODER DE SOLUCIONAR  OS PROBLEMAS E TAMPOUCO,GARANTIR A APLICABILIDADE  DE SEUS ARTIGOS.
HÁ NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO POR PARTE DA SOCIEDADE. É NECESSÁRIO MANISFESTAR-SE EM DEFESA DA  EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS.
ESCOLA ESPAÇO ESTIMULANTE, EDUCATIVO,  SEGURO E AFETIVO
PROFESSORES DEVEM CONSTRUIR UMA
PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA GARANTIR QUE OS DIREITOS DAS CRIANÇAS SEJAM RESPEITADOS NO COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO,NAS VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS.
ARTICULANDO A  PRÁTICA PEDAGÓGICA COM A FAMÍLIA E COMUNIDADE.
NÃO HÁ CONCENSO  ENTRE AS “IDADES” DA INFÂNCIA POIS ESTA CONCEPÇÃO VARIA ENTRE SOCIEDADES,CULTURAS, COMUNIDADES E PODE VARIAR NO INTERIOR DA FAMÍLIA.
SEGUNDO VYGOTSKY (1993), NA BRINCADEIRA A CRIANÇA COMPORTA-SE DE FORMA MAIS AVANÇADA DO QUE NAS ATIVIDADES DA VIDA REAL.
 
MEUS OITO ANOS OH! QUE SAUDADE QUE TENHO DA AURORA DA MINHA VIDA, DA MINHA INFÂNCIA QUERIDA QUE OS ANOS NÃO TRAZEM MAIS! QUE PULAVA CORDA, BRINCAVA DE BONECA, NOSSA... QUANDO TINHA OITO ANOS, ACHAVA BRINCADEIRAS CRIATIVAS. TUDO PRA MIM ERA FÁCIL, E AGORA TUDO É DIFÍCIL.
DORMIA TARDE. SÓ DESENHAVA, JÁ ERA BOA AQUELA VIDA, LEGAL E DIVERTIDA, PORQUE SERÁ QUE O TEMPO, PASSA TÃO RÁPIDO, EU QUERIA TER OITO ANOS PARA FAZER TUDO O QUE A CONSCIÊNCIA MANDASSE MAS AGORA, SÓ TENHO QUE PENSAR EM CRESCER, PARA SER ALGUÉM NA VIDA! ( J.G.A.-f.- 10 ANOS)
PENSAMOS NA NOSSA INFÂNCIA E  LEMBRAMOS... PULAR CORDA... AMARELINHA... PIPA... BALANÇA...
O BRINCAR SE CARACTERIZA  POR ATIVIDADES QUE ENVOLVAM REFLEXÕES IDÉIA E APRENDIZAGENS .
PODEMOS AFIRMAR QUE A INFÂNCIA REALMENTE É UM PERÍODO DE ALEGRIAS OU  HÁ UM MITO DE INFÂNCIA FELIZ
A IDÉIA DE INFÂNCIA É TÃO ÓVIA QUE POUCO PARAMOS PARA PENSAR SOBRE ELA.
CONHECER AS IMPLICAÇÕES DE TAL QUESTÃO É FUNDAMENTAL PARA OS EDUCADORES QUE ATUAM DIRETAMENTE OU INDIRETAMENTE COM AS CRIANÇAS E QUE BUSCAM COMPREENDER AS FINALIDADES E  A PRÓPRIA LIMITAÇÃO DESTE CAMPO EDUCATIVO.
É NECESSÁRIO BUSCAR  UM NOVO OLHAR PARA A INFÂNCIA, REAFIRMADO NOS PRESSUPOSTOS TEÓRICOS E FILOSÓFICOS DA PLESC (SANTA CATARINA,1998,P.19-21 )
O OLHAR SOBRE A INFÂNCIA NEM SEMPRE FOI O MESMO E SEUS SIGNIFICADOS TAMBÉM NÃO FORAM OS MESMOS.
HOJE,ADULTOS E CRIANÇAS POUCO CONVIVEM E CONSTITUEM SUA HISTÓRIA SEPARADAMENTE.
É PRECISO QUE A ESCOLA SE QUESTIONE QUE INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO QUEREMOS PARA NOSSAS CRIANÇAS. ESCOLA
É PRECISO TER CLARO NO PPP: FORMAS DE GARANTIR A SATISFAÇÃO DAS NECESSIDADES DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
REDIMENSIONANDO E AMPLIANDO POSSIBILIDADES DE VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS INFANTIS.
A IMPORTÂNCIA DOS REGISTROS DAS OBSERVAÇÕES, DA AVALIAÇÃO NO PLANEJAMENTO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA VÃO INDICAR SE O TRABALHO ESTÁ NO CAMINHO CERTO.
É NECESSÁRIO ENTENDERMOS A TRAJETÓRIA DA INFÂNCIA NO CONTEXTO  HISTÓRICO.
CABE RESSALTAR QUE AS CRIANÇAS QUANDO CHEGAM À ESCOLA TRAZEM SUA DIVERSIDADE,REFLEXOS DE DESENVOLVIMENTO COGNITIVO,FÍSICO,AFETIVO E SOCIAL PRÓPRIOS E DESIGUAIS .
ASSIM NOVOS OLHARES,NOVAS INTERPERTAÇÃOES SOBRE O TEMA SÃO IMPORTANTES.
UMA VEZ NÃO TENDO PROPORCIONADO DESENVOLVIMENTO A CRIANÇA A PARTIR DAS BRINCADEIRAS,DO AFETIVO,DO RISO LARGO,TEREMOS CERTAMENTE,ALUNOS PROBLEMA.
É NECESSÁRIO,PORTANTO,QUE AS ESCOLAS REFLITAM  E CRIEM DENTRO DA SUA REALIDADE E CONDIÇÕES,
UMA PRÁTICA QUE CONSIDERE O SER CRIANÇA NA SUA ESPECIFICIDADE,BEM COMO A INFÂNCIA COMO TEMPO DE DIREITOS.
IMPORTANTE TRABALHAR A CONCEPÇÃO DA INFÂNCIA E DA CRIANÇA DA EDUCAÇÃO INFANTIL. INFANTIL.
EDUCAR X CUIDAR X ENSINAR
APRESENTAÇÃO ELABORADA POR : MARLENE HERTER DALMOLIN ANALISTA TÉCNICA GERED - JOAÇABA-SC

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Creche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaçoCreche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaçoRita Brito
 
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantilFundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantilLeonarda Macedo
 
Referencial curricular nacional para a educação infantil
Referencial curricular nacional para a educação infantilReferencial curricular nacional para a educação infantil
Referencial curricular nacional para a educação infantilMaria Barbosa Almeida
 
Projeto resgatando valores
Projeto resgatando valoresProjeto resgatando valores
Projeto resgatando valoresmaysabandeira
 
Concepçâo de infancia
Concepçâo de infanciaConcepçâo de infancia
Concepçâo de infanciaJaisna Luara
 
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTILLUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTILritagatti
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantillucavao2010
 
Concepção de infancia
Concepção de infanciaConcepção de infancia
Concepção de infanciaFatinha Bretas
 
Um pouquinho sobre Educação Infantil
Um pouquinho sobre Educação InfantilUm pouquinho sobre Educação Infantil
Um pouquinho sobre Educação InfantilLene Reis
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPHebert Arcanjo
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
LudicidadeGislaine
 
Educar e cuidar
Educar e cuidarEducar e cuidar
Educar e cuidarnil1967
 
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointApresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointNatalia Pina
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilJeovany Anjos
 
Acolhimento Escolar GABI.pptx
Acolhimento Escolar GABI.pptxAcolhimento Escolar GABI.pptx
Acolhimento Escolar GABI.pptxGabih Rocha
 
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar Joelson Honoratto
 
Literatura Infantil Slides
Literatura Infantil   SlidesLiteratura Infantil   Slides
Literatura Infantil Slidesestercotrim
 

Mais procurados (20)

Projeto ludico simone drumond
Projeto ludico simone drumondProjeto ludico simone drumond
Projeto ludico simone drumond
 
Creche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaçoCreche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaço
 
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantilFundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
Fundamentos teóricos e metodológicos da educação infantil
 
Referencial curricular nacional para a educação infantil
Referencial curricular nacional para a educação infantilReferencial curricular nacional para a educação infantil
Referencial curricular nacional para a educação infantil
 
Projeto resgatando valores
Projeto resgatando valoresProjeto resgatando valores
Projeto resgatando valores
 
Concepçâo de infancia
Concepçâo de infanciaConcepçâo de infancia
Concepçâo de infancia
 
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTILLUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
LUDICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Planejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantilPlanejamento na educação infantil
Planejamento na educação infantil
 
Concepção de infancia
Concepção de infanciaConcepção de infancia
Concepção de infancia
 
Um pouquinho sobre Educação Infantil
Um pouquinho sobre Educação InfantilUm pouquinho sobre Educação Infantil
Um pouquinho sobre Educação Infantil
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPP
 
Ludicidade
LudicidadeLudicidade
Ludicidade
 
Ldb Resumo
Ldb ResumoLdb Resumo
Ldb Resumo
 
Educar e cuidar
Educar e cuidarEducar e cuidar
Educar e cuidar
 
Família, Escola, Sociedade
Família, Escola, SociedadeFamília, Escola, Sociedade
Família, Escola, Sociedade
 
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpointApresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
Apresentacão para Reuniao de pais em powerpoint
 
Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantil
 
Acolhimento Escolar GABI.pptx
Acolhimento Escolar GABI.pptxAcolhimento Escolar GABI.pptx
Acolhimento Escolar GABI.pptx
 
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
Tcc - O lúdico na aprendizagem escolar
 
Literatura Infantil Slides
Literatura Infantil   SlidesLiteratura Infantil   Slides
Literatura Infantil Slides
 

Destaque

Planejamento Educação Infantil
Planejamento Educação InfantilPlanejamento Educação Infantil
Planejamento Educação Infantilartemiselima
 
Brinquedos e brincadeiras na educação infantil
Brinquedos e brincadeiras na educação infantilBrinquedos e brincadeiras na educação infantil
Brinquedos e brincadeiras na educação infantilSimoneHelenDrumond
 
Atividade do maternal prontas para imprimir
Atividade do maternal prontas para imprimirAtividade do maternal prontas para imprimir
Atividade do maternal prontas para imprimirAna Carolina Nascimento
 
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de AlfabetizaçãoApostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de AlfabetizaçãoIolanda Sá
 

Destaque (6)

Histórico Ed Infantil
Histórico Ed InfantilHistórico Ed Infantil
Histórico Ed Infantil
 
Planejamento Educação Infantil
Planejamento Educação InfantilPlanejamento Educação Infantil
Planejamento Educação Infantil
 
Atividades da semana
Atividades da semanaAtividades da semana
Atividades da semana
 
Brinquedos e brincadeiras na educação infantil
Brinquedos e brincadeiras na educação infantilBrinquedos e brincadeiras na educação infantil
Brinquedos e brincadeiras na educação infantil
 
Atividade do maternal prontas para imprimir
Atividade do maternal prontas para imprimirAtividade do maternal prontas para imprimir
Atividade do maternal prontas para imprimir
 
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de AlfabetizaçãoApostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
Apostila da Educação Infantil Nível I e II e Ciclo de Alfabetização
 

Semelhante a Educação Infantil

Continuação reunião de responsávelsabado
Continuação reunião de responsávelsabadoContinuação reunião de responsávelsabado
Continuação reunião de responsávelsabadoRoselitejo
 
Continuação reunião de responsávelsabado
Continuação reunião de responsávelsabadoContinuação reunião de responsávelsabado
Continuação reunião de responsávelsabadoRoselitejo
 
O perfil do jovem de hoje slides
O perfil do jovem de hoje    slidesO perfil do jovem de hoje    slides
O perfil do jovem de hoje slidesMarcia Barreto
 
A Importância da Ludicidade e da Afetividade para Crianças de 0 a 3 anos.pptx
A Importância da Ludicidade e da Afetividade para Crianças de 0 a 3 anos.pptxA Importância da Ludicidade e da Afetividade para Crianças de 0 a 3 anos.pptx
A Importância da Ludicidade e da Afetividade para Crianças de 0 a 3 anos.pptxssuserd75f5c
 
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptxMayraAzevedo3
 
Encontro diretores - Falando sobre currículo
Encontro diretores - Falando sobre currículoEncontro diretores - Falando sobre currículo
Encontro diretores - Falando sobre currículoeliasdemoch
 
APRESENTAÇÃO DO PACTOEM_Modulo_2.ppt
APRESENTAÇÃO DO PACTOEM_Modulo_2.pptAPRESENTAÇÃO DO PACTOEM_Modulo_2.ppt
APRESENTAÇÃO DO PACTOEM_Modulo_2.pptPatty Benevides
 
NIT PORTAL SOCIAL - BRINCAR DE CORPO INTEIRO É SUBSTITUIR A TELEVISÃO, O VIDE...
NIT PORTAL SOCIAL - BRINCAR DE CORPO INTEIRO É SUBSTITUIR A TELEVISÃO, O VIDE...NIT PORTAL SOCIAL - BRINCAR DE CORPO INTEIRO É SUBSTITUIR A TELEVISÃO, O VIDE...
NIT PORTAL SOCIAL - BRINCAR DE CORPO INTEIRO É SUBSTITUIR A TELEVISÃO, O VIDE...Nit Portal Social
 
Apostila do curso violência sexual
Apostila do curso violência sexual Apostila do curso violência sexual
Apostila do curso violência sexual Laura Fernanda Nunes
 
Apostila do curso violencia sexual ea d apos
Apostila do curso violencia sexual   ea d aposApostila do curso violencia sexual   ea d apos
Apostila do curso violencia sexual ea d aposLaura Fernanda Nunes
 
Infancia Tv
Infancia TvInfancia Tv
Infancia TvDoni Cia
 
Infancia x TV
Infancia x TVInfancia x TV
Infancia x TVDoni Cia
 
O que-a-crianca-nao-pode-ficar-sem-por-ela-mesma
O que-a-crianca-nao-pode-ficar-sem-por-ela-mesmaO que-a-crianca-nao-pode-ficar-sem-por-ela-mesma
O que-a-crianca-nao-pode-ficar-sem-por-ela-mesmaIsac Soares
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppAsespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppMarcia Gomes
 

Semelhante a Educação Infantil (20)

Continuação reunião de responsávelsabado
Continuação reunião de responsávelsabadoContinuação reunião de responsávelsabado
Continuação reunião de responsávelsabado
 
Continuação reunião de responsávelsabado
Continuação reunião de responsávelsabadoContinuação reunião de responsávelsabado
Continuação reunião de responsávelsabado
 
O perfil do jovem de hoje slides
O perfil do jovem de hoje    slidesO perfil do jovem de hoje    slides
O perfil do jovem de hoje slides
 
A Importância da Ludicidade e da Afetividade para Crianças de 0 a 3 anos.pptx
A Importância da Ludicidade e da Afetividade para Crianças de 0 a 3 anos.pptxA Importância da Ludicidade e da Afetividade para Crianças de 0 a 3 anos.pptx
A Importância da Ludicidade e da Afetividade para Crianças de 0 a 3 anos.pptx
 
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
4.1 EDUCAÇÃO INFANTIL - slide ptg 4º semestre 2019.pptx
 
A infancia & a tv
A infancia & a tvA infancia & a tv
A infancia & a tv
 
Encontro diretores - Falando sobre currículo
Encontro diretores - Falando sobre currículoEncontro diretores - Falando sobre currículo
Encontro diretores - Falando sobre currículo
 
APRESENTAÇÃO DO PACTOEM_Modulo_2.ppt
APRESENTAÇÃO DO PACTOEM_Modulo_2.pptAPRESENTAÇÃO DO PACTOEM_Modulo_2.ppt
APRESENTAÇÃO DO PACTOEM_Modulo_2.ppt
 
NIT PORTAL SOCIAL - BRINCAR DE CORPO INTEIRO É SUBSTITUIR A TELEVISÃO, O VIDE...
NIT PORTAL SOCIAL - BRINCAR DE CORPO INTEIRO É SUBSTITUIR A TELEVISÃO, O VIDE...NIT PORTAL SOCIAL - BRINCAR DE CORPO INTEIRO É SUBSTITUIR A TELEVISÃO, O VIDE...
NIT PORTAL SOCIAL - BRINCAR DE CORPO INTEIRO É SUBSTITUIR A TELEVISÃO, O VIDE...
 
Apostila do curso violência sexual
Apostila do curso violência sexual Apostila do curso violência sexual
Apostila do curso violência sexual
 
Apostila do curso violencia sexual ea d apos
Apostila do curso violencia sexual   ea d aposApostila do curso violencia sexual   ea d apos
Apostila do curso violencia sexual ea d apos
 
Trabalho infantil
Trabalho infantilTrabalho infantil
Trabalho infantil
 
Infancia Tv
Infancia TvInfancia Tv
Infancia Tv
 
Infancia x TV
Infancia x TVInfancia x TV
Infancia x TV
 
Infancia tv
Infancia tvInfancia tv
Infancia tv
 
O que-a-crianca-nao-pode-ficar-sem-por-ela-mesma
O que-a-crianca-nao-pode-ficar-sem-por-ela-mesmaO que-a-crianca-nao-pode-ficar-sem-por-ela-mesma
O que-a-crianca-nao-pode-ficar-sem-por-ela-mesma
 
Arte cultura e linguística
Arte cultura e linguísticaArte cultura e linguística
Arte cultura e linguística
 
Arte cultura e linguística
Arte cultura e linguísticaArte cultura e linguística
Arte cultura e linguística
 
Exercicio formatação-word
Exercicio formatação-wordExercicio formatação-word
Exercicio formatação-word
 
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica pppAsespecificidadesdaacaopedagogica ppp
Asespecificidadesdaacaopedagogica ppp
 

Mais de marlene_herter

alimentação saudável joaçaba marlene herter dalmolin
alimentação saudável joaçaba marlene herter dalmolinalimentação saudável joaçaba marlene herter dalmolin
alimentação saudável joaçaba marlene herter dalmolinmarlene_herter
 
Como fazer um comentário no Blog
Como fazer um comentário no BlogComo fazer um comentário no Blog
Como fazer um comentário no Blogmarlene_herter
 
O olhar do educador sobre o Educando
O olhar do educador sobre o EducandoO olhar do educador sobre o Educando
O olhar do educador sobre o Educandomarlene_herter
 
Encontro com Educadores-2
Encontro com Educadores-2Encontro com Educadores-2
Encontro com Educadores-2marlene_herter
 
Encontro com Educadores
Encontro com EducadoresEncontro com Educadores
Encontro com Educadoresmarlene_herter
 
Encontro com Educadores
Encontro com EducadoresEncontro com Educadores
Encontro com Educadoresmarlene_herter
 
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO InfantilO Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO Infantilmarlene_herter
 
Jogo E EducaçãO Infantil
Jogo E EducaçãO InfantilJogo E EducaçãO Infantil
Jogo E EducaçãO Infantilmarlene_herter
 
CriançA e o Faz De Conta
CriançA e o Faz De ContaCriançA e o Faz De Conta
CriançA e o Faz De Contamarlene_herter
 

Mais de marlene_herter (10)

alimentação saudável joaçaba marlene herter dalmolin
alimentação saudável joaçaba marlene herter dalmolinalimentação saudável joaçaba marlene herter dalmolin
alimentação saudável joaçaba marlene herter dalmolin
 
Tutorial Rcpe Marlene
Tutorial Rcpe MarleneTutorial Rcpe Marlene
Tutorial Rcpe Marlene
 
Como fazer um comentário no Blog
Como fazer um comentário no BlogComo fazer um comentário no Blog
Como fazer um comentário no Blog
 
O olhar do educador sobre o Educando
O olhar do educador sobre o EducandoO olhar do educador sobre o Educando
O olhar do educador sobre o Educando
 
Encontro com Educadores-2
Encontro com Educadores-2Encontro com Educadores-2
Encontro com Educadores-2
 
Encontro com Educadores
Encontro com EducadoresEncontro com Educadores
Encontro com Educadores
 
Encontro com Educadores
Encontro com EducadoresEncontro com Educadores
Encontro com Educadores
 
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO InfantilO Cotidiano Da EducaçãO Infantil
O Cotidiano Da EducaçãO Infantil
 
Jogo E EducaçãO Infantil
Jogo E EducaçãO InfantilJogo E EducaçãO Infantil
Jogo E EducaçãO Infantil
 
CriançA e o Faz De Conta
CriançA e o Faz De ContaCriançA e o Faz De Conta
CriançA e o Faz De Conta
 

Educação Infantil

  • 3. RITA PETRY SUPERVISORA DE EDUCAÇÃO BÁSICA E PROFISSIONAL GERED - JOAÇABA
  • 4. (RE)ENCONTRO COM A INFÂNCIA, A SUA INFÂNCIA, A NOSSA INFÂNCIA...
  • 5. E PRINCIPALMENTE, COM A INFÂNCIA QUE DESEJAMOS PARA A CRIANÇA CONTEMPORÂNEA .
  • 6.
  • 7. Crianças que freqüentam uma Educação Infantil de boa qualidade obtêm melhores resultados em testes de desenvolvimento e em seu desempenho na escola primária.
  • 8. HÁ UM DISCURSO: .POLÍTICO .SOCIAL SOBRE A INFÂNCIA DE DIREITOS E DE OUTRO QUE SÃO AS PRÁTICAS SOCIAIS RELACIONADAS AS CRIANÇAS QUE NÃO GARANTEM SEUS DIREITOS FUNDAMENTAIS .
  • 9. HÁ UMA SEPARAÇÃO ENTRE DEFESA DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E SUA EFETIVAÇÃO COM A PRÁTICA .
  • 10. EM ANÁLISE À DOCUMENTO LEGAIS,VERIFICA-SE DISTÂNCIA ENTRE A NORMATIZAÇÃO E APLICAÇÃO DAS LEGISLAÇÕES.
  • 11. A LEGISLAÇÃO SOZINHA,NÃO TEM O PODER DE SOLUCIONAR OS PROBLEMAS E TAMPOUCO,GARANTIR A APLICABILIDADE DE SEUS ARTIGOS.
  • 12. HÁ NECESSIDADE DE ORGANIZAÇÃO POR PARTE DA SOCIEDADE. É NECESSÁRIO MANISFESTAR-SE EM DEFESA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS.
  • 13. ESCOLA ESPAÇO ESTIMULANTE, EDUCATIVO, SEGURO E AFETIVO
  • 15. PROPOSTA PEDAGÓGICA PARA GARANTIR QUE OS DIREITOS DAS CRIANÇAS SEJAM RESPEITADOS NO COTIDIANO DA INSTITUIÇÃO,NAS VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS.
  • 16. ARTICULANDO A PRÁTICA PEDAGÓGICA COM A FAMÍLIA E COMUNIDADE.
  • 17. NÃO HÁ CONCENSO ENTRE AS “IDADES” DA INFÂNCIA POIS ESTA CONCEPÇÃO VARIA ENTRE SOCIEDADES,CULTURAS, COMUNIDADES E PODE VARIAR NO INTERIOR DA FAMÍLIA.
  • 18. SEGUNDO VYGOTSKY (1993), NA BRINCADEIRA A CRIANÇA COMPORTA-SE DE FORMA MAIS AVANÇADA DO QUE NAS ATIVIDADES DA VIDA REAL.
  • 19.  
  • 20. MEUS OITO ANOS OH! QUE SAUDADE QUE TENHO DA AURORA DA MINHA VIDA, DA MINHA INFÂNCIA QUERIDA QUE OS ANOS NÃO TRAZEM MAIS! QUE PULAVA CORDA, BRINCAVA DE BONECA, NOSSA... QUANDO TINHA OITO ANOS, ACHAVA BRINCADEIRAS CRIATIVAS. TUDO PRA MIM ERA FÁCIL, E AGORA TUDO É DIFÍCIL.
  • 21. DORMIA TARDE. SÓ DESENHAVA, JÁ ERA BOA AQUELA VIDA, LEGAL E DIVERTIDA, PORQUE SERÁ QUE O TEMPO, PASSA TÃO RÁPIDO, EU QUERIA TER OITO ANOS PARA FAZER TUDO O QUE A CONSCIÊNCIA MANDASSE MAS AGORA, SÓ TENHO QUE PENSAR EM CRESCER, PARA SER ALGUÉM NA VIDA! ( J.G.A.-f.- 10 ANOS)
  • 22. PENSAMOS NA NOSSA INFÂNCIA E LEMBRAMOS... PULAR CORDA... AMARELINHA... PIPA... BALANÇA...
  • 23. O BRINCAR SE CARACTERIZA POR ATIVIDADES QUE ENVOLVAM REFLEXÕES IDÉIA E APRENDIZAGENS .
  • 24. PODEMOS AFIRMAR QUE A INFÂNCIA REALMENTE É UM PERÍODO DE ALEGRIAS OU HÁ UM MITO DE INFÂNCIA FELIZ
  • 25. A IDÉIA DE INFÂNCIA É TÃO ÓVIA QUE POUCO PARAMOS PARA PENSAR SOBRE ELA.
  • 26. CONHECER AS IMPLICAÇÕES DE TAL QUESTÃO É FUNDAMENTAL PARA OS EDUCADORES QUE ATUAM DIRETAMENTE OU INDIRETAMENTE COM AS CRIANÇAS E QUE BUSCAM COMPREENDER AS FINALIDADES E A PRÓPRIA LIMITAÇÃO DESTE CAMPO EDUCATIVO.
  • 27. É NECESSÁRIO BUSCAR UM NOVO OLHAR PARA A INFÂNCIA, REAFIRMADO NOS PRESSUPOSTOS TEÓRICOS E FILOSÓFICOS DA PLESC (SANTA CATARINA,1998,P.19-21 )
  • 28. O OLHAR SOBRE A INFÂNCIA NEM SEMPRE FOI O MESMO E SEUS SIGNIFICADOS TAMBÉM NÃO FORAM OS MESMOS.
  • 29. HOJE,ADULTOS E CRIANÇAS POUCO CONVIVEM E CONSTITUEM SUA HISTÓRIA SEPARADAMENTE.
  • 30. É PRECISO QUE A ESCOLA SE QUESTIONE QUE INSTITUIÇÃO DE EDUCAÇÃO QUEREMOS PARA NOSSAS CRIANÇAS. ESCOLA
  • 31. É PRECISO TER CLARO NO PPP: FORMAS DE GARANTIR A SATISFAÇÃO DAS NECESSIDADES DAS CRIANÇAS DA EDUCAÇÃO INFANTIL.
  • 32.
  • 33. REDIMENSIONANDO E AMPLIANDO POSSIBILIDADES DE VIVÊNCIAS E EXPERIÊNCIAS INFANTIS.
  • 34. A IMPORTÂNCIA DOS REGISTROS DAS OBSERVAÇÕES, DA AVALIAÇÃO NO PLANEJAMENTO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA VÃO INDICAR SE O TRABALHO ESTÁ NO CAMINHO CERTO.
  • 35. É NECESSÁRIO ENTENDERMOS A TRAJETÓRIA DA INFÂNCIA NO CONTEXTO HISTÓRICO.
  • 36. CABE RESSALTAR QUE AS CRIANÇAS QUANDO CHEGAM À ESCOLA TRAZEM SUA DIVERSIDADE,REFLEXOS DE DESENVOLVIMENTO COGNITIVO,FÍSICO,AFETIVO E SOCIAL PRÓPRIOS E DESIGUAIS .
  • 37. ASSIM NOVOS OLHARES,NOVAS INTERPERTAÇÃOES SOBRE O TEMA SÃO IMPORTANTES.
  • 38. UMA VEZ NÃO TENDO PROPORCIONADO DESENVOLVIMENTO A CRIANÇA A PARTIR DAS BRINCADEIRAS,DO AFETIVO,DO RISO LARGO,TEREMOS CERTAMENTE,ALUNOS PROBLEMA.
  • 39. É NECESSÁRIO,PORTANTO,QUE AS ESCOLAS REFLITAM E CRIEM DENTRO DA SUA REALIDADE E CONDIÇÕES,
  • 40. UMA PRÁTICA QUE CONSIDERE O SER CRIANÇA NA SUA ESPECIFICIDADE,BEM COMO A INFÂNCIA COMO TEMPO DE DIREITOS.
  • 41. IMPORTANTE TRABALHAR A CONCEPÇÃO DA INFÂNCIA E DA CRIANÇA DA EDUCAÇÃO INFANTIL. INFANTIL.
  • 42. EDUCAR X CUIDAR X ENSINAR
  • 43. APRESENTAÇÃO ELABORADA POR : MARLENE HERTER DALMOLIN ANALISTA TÉCNICA GERED - JOAÇABA-SC