O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

10 dicas para fazer crescer o seu negócio próprio, e para melhorar a sua pequena empresa.

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 7 Anúncio

10 dicas para fazer crescer o seu negócio próprio, e para melhorar a sua pequena empresa.

Baixar para ler offline

10 dicas para fazer crescer o seu negócio próprio, e para melhorar a sua pequena empresa.dicas para negócio próprio. dicas para abrir negócio próprio. dicas para melhorar empresa. dicas para empresa crescer. dicas para pequenas empresas.
Para ter sucesso enquanto empreendedor não basta ter o seu próprio negócio. Isso fará com que seja apenas mais um no mercado, diminuindo as suas probabilidades de sucesso para perto de zero. Ao iniciar o seu próprio trabalho terá que ter sempre em mente que para conseguir atingir alcançar sucesso precisa de fazer melhor do que os outros. Isso é uma regra que não deverá descuidar. Deixe apenas de produzir. Faça algo que o torne único, inesquecível ou torne-se mesmo uma lenda. Para que consiga fazê-lo, dou-lhe hoje dez dicas que o vão ajudar a fazer melhor (bem melhor) que os seus concorrentes, e fazer crescer o seu negócio.

Sempre defendi em todas as minha participações e artigos que não se deve preocupar demasiado com os seus adversários mais diretos. E na verdade não o deve fazer, pois corre o risco em focar-se demasiado neles e esquecer-se de si mesmo. Contudo, não poderá funcionar como funciona se eles não existissem. Eles fazem parte do mercado e com certeza estão a roubar-lhe uma fatia do mercado. Mas só estão a fazer isso porque você o permite. Estude-os, veja como eles estão a trabalhar e o que fazem para conseguir alguns clientes ou leitores seus. Responda às seguintes questões:

Eles estão a fazer as coisas com melhor qualidade que eu?
Se não, como estão a ganhar mais clientes/leitores?
Quais os meios que eles utilizam para divulgar o seu produto ou serviço?
Estão presentes nas redes sociais?
Investem muito em publicidade ou links patrocinados?
O serviço deles é pago ou gratuito?
Já estão há muito tempo no mercado?
O que o serviço deles tem que o meu não tem?
Qual é a maior fonte de receita deles?
Em que ponto são eles mais fortes?

Conseguir responder a estas perguntas, pode ser um excelente ponto de partida para descobrir onde os seus concorrentes levam a melhor sobre o seu negócio. Mas cuidado com uma coisa: Isto são apenas pontos onde eles podem estar mais fortes. E o que pode você fazer para contrariá-los? Como vai o seu negócio tornar-se superior ao deles? Para conseguir responder a estas outras duas questões, ficam as nossas 10 dicas do que deve fazer para ser melhor que os seus concorrentes e fazer crescer o seu negócio.

10 dicas para fazer crescer o seu negócio próprio, e para melhorar a sua pequena empresa.dicas para negócio próprio. dicas para abrir negócio próprio. dicas para melhorar empresa. dicas para empresa crescer. dicas para pequenas empresas.
Para ter sucesso enquanto empreendedor não basta ter o seu próprio negócio. Isso fará com que seja apenas mais um no mercado, diminuindo as suas probabilidades de sucesso para perto de zero. Ao iniciar o seu próprio trabalho terá que ter sempre em mente que para conseguir atingir alcançar sucesso precisa de fazer melhor do que os outros. Isso é uma regra que não deverá descuidar. Deixe apenas de produzir. Faça algo que o torne único, inesquecível ou torne-se mesmo uma lenda. Para que consiga fazê-lo, dou-lhe hoje dez dicas que o vão ajudar a fazer melhor (bem melhor) que os seus concorrentes, e fazer crescer o seu negócio.

Sempre defendi em todas as minha participações e artigos que não se deve preocupar demasiado com os seus adversários mais diretos. E na verdade não o deve fazer, pois corre o risco em focar-se demasiado neles e esquecer-se de si mesmo. Contudo, não poderá funcionar como funciona se eles não existissem. Eles fazem parte do mercado e com certeza estão a roubar-lhe uma fatia do mercado. Mas só estão a fazer isso porque você o permite. Estude-os, veja como eles estão a trabalhar e o que fazem para conseguir alguns clientes ou leitores seus. Responda às seguintes questões:

Eles estão a fazer as coisas com melhor qualidade que eu?
Se não, como estão a ganhar mais clientes/leitores?
Quais os meios que eles utilizam para divulgar o seu produto ou serviço?
Estão presentes nas redes sociais?
Investem muito em publicidade ou links patrocinados?
O serviço deles é pago ou gratuito?
Já estão há muito tempo no mercado?
O que o serviço deles tem que o meu não tem?
Qual é a maior fonte de receita deles?
Em que ponto são eles mais fortes?

Conseguir responder a estas perguntas, pode ser um excelente ponto de partida para descobrir onde os seus concorrentes levam a melhor sobre o seu negócio. Mas cuidado com uma coisa: Isto são apenas pontos onde eles podem estar mais fortes. E o que pode você fazer para contrariá-los? Como vai o seu negócio tornar-se superior ao deles? Para conseguir responder a estas outras duas questões, ficam as nossas 10 dicas do que deve fazer para ser melhor que os seus concorrentes e fazer crescer o seu negócio.

Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Anúncio

Semelhante a 10 dicas para fazer crescer o seu negócio próprio, e para melhorar a sua pequena empresa. (20)

Mais recentes (20)

Anúncio

10 dicas para fazer crescer o seu negócio próprio, e para melhorar a sua pequena empresa.

  1. 1. Para ter sucesso enquanto empreendedor não basta ter o seu próprio negócio. Isso fará com que seja apenas mais um no mercado, diminuindo as suas probabilidades de sucesso para perto de zero. Ao iniciar o seu próprio trabalho terá que ter sempre em mente que para conseguir atingir alcançar sucesso precisa de fazer melhor do que os outros. Isso é uma regra que não deverá descuidar. Deixe apenas de produzir. Faça algo que o torne único, inesquecível ou torne-se mesmo uma lenda. Para que consiga fazê-lo, dou- lhe hoje dez dicas que o vão ajudar a fazer melhor (bem melhor) que os seus concorrentes, e fazer crescer o seu negócio. Sempre defendi em todas as minha participações e artigos que não se deve preocupar demasiado com os seus adversários mais diretos. E na verdade não o deve fazer, pois corre o risco em focar-se demasiado neles e esquecer-se de si mesmo. Contudo, não poderá funcionar como funciona se eles não existissem. Eles fazem parte do mercado e com certeza estão a roubar-lhe uma fatia do mercado. Mas só estão a fazer isso porque você o permite. Estude-os, veja como eles estão a trabalhar e o que fazem para conseguir alguns clientes ou leitores seus. Responda às seguintes questões: Eles estão a fazer as coisas com melhor qualidade que eu? Se não, como estão a ganhar mais clientes/leitores? Quais os meios que eles utilizam para divulgar o seu produto ou serviço? Estão presentes nas redes sociais? Investem muito em publicidade ou links patrocinados? O serviço deles é pago ou gratuito? Já estão há muito tempo no mercado? O que o serviço deles tem que o meu não tem? Qual é a maior fonte de receita deles? Em que ponto são eles mais fortes? Conseguir responder a estas perguntas, pode ser um excelente ponto de partida para descobrir onde os seus concorrentes levam a melhor sobre o seu negócio. Mas cuidado com uma coisa: Isto são apenas pontos onde eles podem estar mais fortes. E o que pode você fazer para contrariá-los? Como vai o seu negócio tornar-se superior ao deles? Para conseguir responder a estas outras duas questões, ficam as nossas 10 dicas do que deve fazer para ser melhor que os seus concorrentes e fazer crescer o seu negócio: 2
  2. 2. 1. FOQUE-SE NA QUALIDADE E NÃO NA QUANTIDADE Sei que ainda existem negócios que apostam mais na quantidade do que na qualidade. Mas eu prefiro defender o contrário, até porque a longo prazo um acaba por ser claramente superior ao outro. Vou-lhe explicar porquê. Com o crescimento da internet, a quantidade de serviços ou blogs que lhe fornecem algum serviço é neste momento enorme. Quem quiser, basta pesquisar no Google por qualquer assunto e facilmente encontra informação. Mas como irá você conseguir ser visto no meio de tantos concorrentes? A qualidade! Só ela consegue distinguir e diferenciar os melhores dos piores, os vencedores dos perdedores. Portanto, se quiser destacar-se dos seus concorrentes foque-se na qualidade acima de tudo. Não se preocupe se eles produzem mais. Se tiverem o mesmo número de colaboradores a trabalhar, não conseguirão produzir um número demasiado elevado para lhe roubar clientes. Em vez de produzir dois artigos por dia por exemplo, foque-se apenas num mas com grande qualidade. Dê aos seus clientes o que os outros não dão. 3
  3. 3. 2. TRABALHE MELHOR Trabalhar melhor foi sempre diferente de trabalhar muitas horas. Isto é uma ideia completamente errada e antiquada. Se os seus concorrentes estão a trabalhar mais horas do que você é porque não conseguem ter organização pessoal. Trabalhe apenas aquelas horas que definiu para si e esqueça as outras. Aproveite as restantes para estudar, ver o que os melhores andam a fazer ou mesmo para descansar. Conseguir aplicar estes pontos no seu negócio pode revelar-se essencial. São os pormenores que fazem a diferença. Para que consiga organizar-se aconselho que leia artigos sobre produtividade, pois não é o tempo que se trabalha, mas sim o que se faz durante esse tempo que fará a diferença e irá fazer crescer o seu negócio. 3. NÃO FAÇA MAIS DO MESMO Muitas vezes vejo empreendedores a entrarem num negócio para fazerem igual ao que os outros fazem. Copiam as mesmas estratégias, os conteúdos são semelhantes e acabam por produzir um trabalho praticamente igual. Funciona quase como se fosse um plágio disfarçado. Ora, alguém já teve sucesso repetindo o que os outros fazem? O que levaria um cliente a trocar o seu fornecedor habitual por outro que faz praticamente o mesmo, mas que ele não conhece? Para se iniciar num negócio semelhante, tem que acrescentar algo ao mercado. Mais qualidade, um serviço mais rápido ou outro pormenor qualquer que faça toda a diferença. Não interessa. Não faça mais do mesmo. Reinvente a roda, não produza a roda apenas por produzir. Contudo, tem sempre a hipótese de fazer algo completamente inovador, no qual ninguém nunca fez igual. Isso será sempre a melhor a opção. Trazer algo de completamente novo para o mercado é meio caminho andado para o sucesso. Ou talvez para o insucesso. Tudo depende da utilidade que isso possa ter. No entanto será sempre necessário uma criatividade enorme e que acima de tudo seja prático para quem usa e vá de encontro e supra as necessidades do consumidor. 4
  4. 4. 4. ESTUDE ESTUDE E ESTUDE Não pense que tirou aquele curso e agora já sabe tudo. Esta é apenas uma fase do processo. Aliás, esta é infelizmente uma ideia que passam sobre as universidades. As pessoas pensam que tiraram o curso e agora não precisam de aprender mais nada. Errado! Especialmente se trabalha no seu próprio negócio, a aprendizagem tem que ser uma constante. Quando mais estudar, mais vasto será o seu conhecimento e maiores as probabilidades de saber mais que os seus concorrentes. Eu leio todos os dias as newsletters dos melhores blogs e tenho sempre ao meu lado um livro novo por mês, no mínimo. Isso faz com que renove constantemente os meus conhecimentos e me mantenha motivado a trabalhar. 5. ESTEJA ATENTO AOS ÚLTIMOS PORMENORES O facto de estar constantemente a estudar e a renovar os seus conhecimentos, faz com que esteja sempre por dentro dos últimos pormenores e novidades. Isso é determinante para que consiga estar sempre um passo à frente da sua concorrência. Veja o que os melhores estão a fazer, o que de novo eles estão a fazer no mercado e aplique isso no seu negócio. Não estará a copiar, mas sim a adaptar algo que os outros estão a fazer com sucesso à sua realidade. 5
  5. 5. 6. INVISTA Investir no seu negócio não deve acontecer apenas no início. Deve acontecer sempre! Quer já esteja no mercado há um mês ou há cinco anos. Há sempre algo a melhorar ou reforçar. Não dê o seu sucesso como garantido. Quando falo em investir, não falo apenas em realizar publicidade. Falo também em investir em conhecimentos, em novos softwares ou em pessoas para colaborarem consigo. É essencial conseguir reservar uma parte de tudo aquilo que ganha para os seus investimentos. E isso deverá ser feito todos os meses. Não há retorno sem investimento. 7. OFEREÇA ALGO GRATUITAMENTE “O futuro é grátis”. É um livro de Chris Anderson, que diz que no futuro todas as empresas devem ter algo gratuito para oferecer aos seus clientes. É uma visão que partilho. É importante que tenha algo a oferecer aos seus clientes actuais ou novos. Um serviço, um ebook grátis ou um software, um brinde ou um porta chaves, não interessa. Dê algo para eles experimentarem e gostarem. Faça como os traficantes. Dê para que as pessoas provem e depois não passaram sem ela e mais tarde comece a cobrar depois de fidelizados com a diferença na sua qualidade. A atitude de pensar duas vezes antes de consumir algo que lhe custa dinheiro faz com que a maioria das vezes opte por não comprar. É perfeitamente normal. No entanto, ao dar algo gratuito, faz com que a pessoa tenha a possibilidade de experimentar sem pensar duas vezes. Ao fazer isso, está a abrir uma janela para que mais tarde possa adquirir algo pago. Custa produzir uma coisa que vai ser oferecida? Bem talvez custe, mas pare de pensar a curto prazo. Pense no futuro, pense no seu negócio.Veja o exemplo do AVG Anti virus, Se não me oferecessem a versão gratuita talvez eu nunca tivesse tido conhecimento desse software! Ou o Happy Meal da Mcdonalds, que oferece brinquedos para as crianças comerem os hamburguers! 6
  6. 6. 8. ESTEJA EM TODO O LADO Não interessa se os seus concorrentes utilizam o Facebook ou o Twitter. Independente disso, você deverá estar lá. E não abra apenas uma conta. Faça promoções, promova produtos ou dê apenas dicas. O importante na era da internet é estar em todo o lado ao mesmo tempo. Seja visto e interaja com os consumidores interessados na informação relevante ao seu produto ou serviço. Mas não se fique só pelas redes sociais. Envie emails e press releases para os jornais nacionais ou locais e diga o que faz, faça palestras grátis ou grave vídeos no youtube. Quanto mais aparecer melhor. Não descuide esta parte, pois os seus concorrentes podem estar a aproveitar muito bem a sua ausência.O importante é estar sempre presente com informação valiosa e útil, quando o seu comsumidor pesquisar por informações em relação ao seu produto ou serviço online. 9. FAÇA UMA ANÁLISE SWOT DO SEU NEGÓCIO Para se destacar dos seus concorrentes nada melhor que realizar uma análise SWOT ao seu negócio. Veja onde está a falhar, no que pode melhorar ou quais são os seus pontos fortes. Depois de ver quais são, trate de resolver todos os problemas que tiver ou de evidenciar os seus pontos fortes. Mas concentre-se mais neste último ponto. Ao realizar a análise SWOT, saberá onde é mais forte no seu negócio. Para se diferenciar dos seus concorrentes, aposte mais naquilo que é melhor. Evidencie os seus pontos fortes e comece por derrotá-los aí. Comece pela batalha que pode vencer e aos poucos vá limando os outros pontos. 10. VEJA ONDE ESTÁ A FALHAR Não guardei este último ponto para último por acaso. Acredito que o sucesso para o seu negócio se deva concentrar muito mais em reforçar os seus pontos fortes do que tentar constantemente melhorar os fracos. Contudo, não deverá descuidar estas suas falhas. Se puder e se tiver tempo, faça uma análise a todos os pontos onde tem menos qualidade e tente disfarça-los ou melhorá-los. Nunca conseguirá ser bom em todos os campos do seu negócio, mas pode sempre tentar ser menos mau e evidenciar os fortes, para isto pode sempre contar com marketing e publicidade para fazer crescer o seu negócio. Obrigado Jorge Oliveira Patrocinio: marketingonlinept.com e distribuicaopublicidadeporto.com 7

×