SlideShare uma empresa Scribd logo
ESD
Eletricidade Estática
O que é ESD?
• Cargas eletrostáticas são criadas pelo contato e separação de dois materiais.
Por exemplo, uma pessoa andando sobre um piso gera eletricidade estática
conforme a sola do sapato entra em contato e em seguida se separa da
superfície do piso. Da mesma forma um dispositivo eletrônico deslizando
para dentro ou para fora de uma embalagem gera eletricidade estática, devido
aos múltiplos contatos entre seu corpo e terminais e o material da
embalagem.
Atividades Causadoras de ESD.
• Algumas destas atividades incluem:
- Caminhar sobre um carpete, 1.500 a 35.000 volts.
- Caminhar sobre um piso de Vinil sem tratamento, 250 a 12.000 volts.
- Sentar em um cadeira com estofamento em Vinil, 700 a 6.000 volts.
- Utilizar um envelope em Plástico Comum, 600 a 7.000 volts.
- Atritar um plástico comum em uma cadeira com estofamento em vinil 1.200 a 20.000
volts.
Principais Geradores de ESD.
•
-Desenrolar fita isolante
-Embalagem plástica sobre bancada
-Papel (revistas, livros)
-Saco bolha branco
-Roupas de nylon e acrílico ou lã
-Caminhar sobre piso isolante
-Utilização de escova inadequadas
-O próprio corpo humano
-Isopor
Soluções Contra os Efeitos da ESD.
• Existem diferentes formas de atenuar o efeito das descargas eletrostáticas ou
mesmo impedir sua ocorrência. As soluções em geral são simples e de custo
reduzido, permitindo um efetivo ganho de confiabilidade em processos de
manutenção, operação e armazenagem de equipamentos e componentes.
As principais são :
• COMPONENTES:
• ANDRÉIA COSTA
• KELISSON AQUINO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Riscos físicos
Riscos físicosRiscos físicos
Riscos físicos
Filipa Andrade
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 1 - Higiene e Segurança do TrabalhoAula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Unidade Acedêmica de Engenharia de Produção
 
Ler e dort
Ler e dortLer e dort
Ler e dort
Luana Diógenes
 
Curso básico de informática
Curso básico de informáticaCurso básico de informática
Curso básico de informática
Rony Oliveira
 
Segurança do trabalho
Segurança do trabalhoSegurança do trabalho
Segurança do trabalho
Mauricio Cesar Soares
 
Eng.introdução
Eng.introduçãoEng.introdução
Eng.introdução
Eliane Blen
 
Informatica Aplicada
Informatica AplicadaInformatica Aplicada
Informatica Aplicada
Ricardo de Moraes
 
Aula ergonomia
Aula ergonomia Aula ergonomia
Aula ergonomia
Marília Lima
 
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de TrabalhoPlanejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Benjamim Garcia Netto
 
Slide placa mãe
Slide placa mãeSlide placa mãe
Slide placa mãe
Juninho Martuscelli
 
Resistores
ResistoresResistores
Resistores
jessica Nogueira
 
Introdução à Segurança do Trabalho
Introdução à Segurança do TrabalhoIntrodução à Segurança do Trabalho
Introdução à Segurança do Trabalho
alessandra_775
 
Montagem manutenção de computadores
Montagem manutenção de computadoresMontagem manutenção de computadores
Montagem manutenção de computadores
setilsonadobmov
 
Normas regulamentadoras
Normas regulamentadorasNormas regulamentadoras
Normas regulamentadoras
KARLA M. C. ORLANDO
 
Formatando o computador
Formatando o computadorFormatando o computador
Formatando o computador
Suzana Viana Mota
 
CapíTulo 1 IntroduçãO à InformáTica
CapíTulo 1   IntroduçãO à InformáTicaCapíTulo 1   IntroduçãO à InformáTica
CapíTulo 1 IntroduçãO à InformáTica
guest501765
 
Introdução à Informática
Introdução à InformáticaIntrodução à Informática
Introdução à Informática
Fabio Marques
 
ERGONOMIA NO TRABALHO
ERGONOMIA NO TRABALHOERGONOMIA NO TRABALHO
ERGONOMIA NO TRABALHO
Aline Brandao Lou
 
NR 17 - Ergonomia
NR 17 - ErgonomiaNR 17 - Ergonomia
NR 17 - Ergonomia
Amanda Dias
 

Mais procurados (20)

Riscos físicos
Riscos físicosRiscos físicos
Riscos físicos
 
Ergonomia
ErgonomiaErgonomia
Ergonomia
 
Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 1 - Higiene e Segurança do TrabalhoAula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
Aula 1 - Higiene e Segurança do Trabalho
 
Ler e dort
Ler e dortLer e dort
Ler e dort
 
Curso básico de informática
Curso básico de informáticaCurso básico de informática
Curso básico de informática
 
Segurança do trabalho
Segurança do trabalhoSegurança do trabalho
Segurança do trabalho
 
Eng.introdução
Eng.introduçãoEng.introdução
Eng.introdução
 
Informatica Aplicada
Informatica AplicadaInformatica Aplicada
Informatica Aplicada
 
Aula ergonomia
Aula ergonomia Aula ergonomia
Aula ergonomia
 
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de TrabalhoPlanejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
Planejamento e Organização no Ambiente de Trabalho
 
Slide placa mãe
Slide placa mãeSlide placa mãe
Slide placa mãe
 
Resistores
ResistoresResistores
Resistores
 
Introdução à Segurança do Trabalho
Introdução à Segurança do TrabalhoIntrodução à Segurança do Trabalho
Introdução à Segurança do Trabalho
 
Montagem manutenção de computadores
Montagem manutenção de computadoresMontagem manutenção de computadores
Montagem manutenção de computadores
 
Normas regulamentadoras
Normas regulamentadorasNormas regulamentadoras
Normas regulamentadoras
 
Formatando o computador
Formatando o computadorFormatando o computador
Formatando o computador
 
CapíTulo 1 IntroduçãO à InformáTica
CapíTulo 1   IntroduçãO à InformáTicaCapíTulo 1   IntroduçãO à InformáTica
CapíTulo 1 IntroduçãO à InformáTica
 
Introdução à Informática
Introdução à InformáticaIntrodução à Informática
Introdução à Informática
 
ERGONOMIA NO TRABALHO
ERGONOMIA NO TRABALHOERGONOMIA NO TRABALHO
ERGONOMIA NO TRABALHO
 
NR 17 - Ergonomia
NR 17 - ErgonomiaNR 17 - Ergonomia
NR 17 - Ergonomia
 

Destaque

Esd Control
Esd ControlEsd Control
Esd Control
Miguel A. Acorsi
 
Princípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estáticaPrincípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estática
Davi Oliveira
 
Palestra Tecnologia SMD (SMT) - 27/09/2013
Palestra Tecnologia SMD (SMT) - 27/09/2013Palestra Tecnologia SMD (SMT) - 27/09/2013
Palestra Tecnologia SMD (SMT) - 27/09/2013
Gustavo Fernandes
 
Mmm aula 3
Mmm   aula 3Mmm   aula 3
Mmm aula 3
Fernando Vieira
 
Mmm aula 6
Mmm   aula 6Mmm   aula 6
Mmm aula 6
Fernando Vieira
 
Motherboard
MotherboardMotherboard
Motherboard
jvgarlito
 
Curso montagem e manutencão de computadores
Curso montagem e manutencão de computadores Curso montagem e manutencão de computadores
Curso montagem e manutencão de computadores
Wesclay Oliveira
 
Redes
RedesRedes
Mmm aula 02
Mmm   aula 02Mmm   aula 02
Mmm aula 02
Roney Sousa
 
Aula estatica
Aula estaticaAula estatica
Aula estatica
jean guilherme diniz
 
ELETRICIDADE BASICA T- Aula 1 eletrostática
ELETRICIDADE BASICA T- Aula 1   eletrostáticaELETRICIDADE BASICA T- Aula 1   eletrostática
ELETRICIDADE BASICA T- Aula 1 eletrostática
engciviluniplan14
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
Paulo Filho
 
Dinâmica de máquinas e vibrações
Dinâmica de máquinas e vibraçõesDinâmica de máquinas e vibrações
Dinâmica de máquinas e vibrações
Sérgio Faria
 
Simulado de eletricidade básica
Simulado de eletricidade básicaSimulado de eletricidade básica
Simulado de eletricidade básica
Evanildo Leal
 
Apresentação 5 s
Apresentação 5 sApresentação 5 s
Apresentação 5 s
Aildo de Lima
 

Destaque (15)

Esd Control
Esd ControlEsd Control
Esd Control
 
Princípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estáticaPrincípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estática
 
Palestra Tecnologia SMD (SMT) - 27/09/2013
Palestra Tecnologia SMD (SMT) - 27/09/2013Palestra Tecnologia SMD (SMT) - 27/09/2013
Palestra Tecnologia SMD (SMT) - 27/09/2013
 
Mmm aula 3
Mmm   aula 3Mmm   aula 3
Mmm aula 3
 
Mmm aula 6
Mmm   aula 6Mmm   aula 6
Mmm aula 6
 
Motherboard
MotherboardMotherboard
Motherboard
 
Curso montagem e manutencão de computadores
Curso montagem e manutencão de computadores Curso montagem e manutencão de computadores
Curso montagem e manutencão de computadores
 
Redes
RedesRedes
Redes
 
Mmm aula 02
Mmm   aula 02Mmm   aula 02
Mmm aula 02
 
Aula estatica
Aula estaticaAula estatica
Aula estatica
 
ELETRICIDADE BASICA T- Aula 1 eletrostática
ELETRICIDADE BASICA T- Aula 1   eletrostáticaELETRICIDADE BASICA T- Aula 1   eletrostática
ELETRICIDADE BASICA T- Aula 1 eletrostática
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
Dinâmica de máquinas e vibrações
Dinâmica de máquinas e vibraçõesDinâmica de máquinas e vibrações
Dinâmica de máquinas e vibrações
 
Simulado de eletricidade básica
Simulado de eletricidade básicaSimulado de eletricidade básica
Simulado de eletricidade básica
 
Apresentação 5 s
Apresentação 5 sApresentação 5 s
Apresentação 5 s
 

Mais de Mario Kleber

Saída e configuração de saída +12v
Saída e configuração de saída +12vSaída e configuração de saída +12v
Saída e configuração de saída +12v
Mario Kleber
 
PFC na fonte de alimentação
PFC na fonte de alimentaçãoPFC na fonte de alimentação
PFC na fonte de alimentação
Mario Kleber
 
Ventilação e bitola do fios
Ventilação e bitola do fiosVentilação e bitola do fios
Ventilação e bitola do fios
Mario Kleber
 
Potencia
PotenciaPotencia
Potencia
Mario Kleber
 
Eficiência
EficiênciaEficiência
Eficiência
Mario Kleber
 
Fontes de alimentação - principios
Fontes de alimentação - principiosFontes de alimentação - principios
Fontes de alimentação - principios
Mario Kleber
 
Servidor dns
Servidor dnsServidor dns
Servidor dns
Mario Kleber
 
Configurando o serviço dhcp no windows server 2012
Configurando o serviço dhcp no windows server 2012Configurando o serviço dhcp no windows server 2012
Configurando o serviço dhcp no windows server 2012
Mario Kleber
 
Virus de Macro e Spy
Virus de Macro e SpyVirus de Macro e Spy
Virus de Macro e Spy
Mario Kleber
 
Virus de Facebook e Adware
Virus de Facebook e AdwareVirus de Facebook e Adware
Virus de Facebook e Adware
Mario Kleber
 
Keylogger e Screenlogger
Keylogger e ScreenloggerKeylogger e Screenlogger
Keylogger e Screenlogger
Mario Kleber
 
Worm e hoax
Worm e  hoaxWorm e  hoax
Worm e hoax
Mario Kleber
 
Trojan e Time Bomb
Trojan e Time BombTrojan e Time Bomb
Trojan e Time Bomb
Mario Kleber
 
Importância do Aterramento
Importância do AterramentoImportância do Aterramento
Importância do Aterramento
Mario Kleber
 
Cuidados com a Fonte de Alimentação
Cuidados com a Fonte de AlimentaçãoCuidados com a Fonte de Alimentação
Cuidados com a Fonte de Alimentação
Mario Kleber
 
Instalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Instalação de Fonte de Alimentação no GabineteInstalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Instalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Mario Kleber
 
Manumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Manumtençao Preventiva de Fonte de AlimentaçãoManumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Manumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Mario Kleber
 
Virus Hijacker e I love you
Virus Hijacker e I love youVirus Hijacker e I love you
Virus Hijacker e I love you
Mario Kleber
 
Virus de boot e Time Bomb
Virus de boot e Time BombVirus de boot e Time Bomb
Virus de boot e Time Bomb
Mario Kleber
 
Virus de Macro e Zumbi
Virus de Macro e ZumbiVirus de Macro e Zumbi
Virus de Macro e Zumbi
Mario Kleber
 

Mais de Mario Kleber (20)

Saída e configuração de saída +12v
Saída e configuração de saída +12vSaída e configuração de saída +12v
Saída e configuração de saída +12v
 
PFC na fonte de alimentação
PFC na fonte de alimentaçãoPFC na fonte de alimentação
PFC na fonte de alimentação
 
Ventilação e bitola do fios
Ventilação e bitola do fiosVentilação e bitola do fios
Ventilação e bitola do fios
 
Potencia
PotenciaPotencia
Potencia
 
Eficiência
EficiênciaEficiência
Eficiência
 
Fontes de alimentação - principios
Fontes de alimentação - principiosFontes de alimentação - principios
Fontes de alimentação - principios
 
Servidor dns
Servidor dnsServidor dns
Servidor dns
 
Configurando o serviço dhcp no windows server 2012
Configurando o serviço dhcp no windows server 2012Configurando o serviço dhcp no windows server 2012
Configurando o serviço dhcp no windows server 2012
 
Virus de Macro e Spy
Virus de Macro e SpyVirus de Macro e Spy
Virus de Macro e Spy
 
Virus de Facebook e Adware
Virus de Facebook e AdwareVirus de Facebook e Adware
Virus de Facebook e Adware
 
Keylogger e Screenlogger
Keylogger e ScreenloggerKeylogger e Screenlogger
Keylogger e Screenlogger
 
Worm e hoax
Worm e  hoaxWorm e  hoax
Worm e hoax
 
Trojan e Time Bomb
Trojan e Time BombTrojan e Time Bomb
Trojan e Time Bomb
 
Importância do Aterramento
Importância do AterramentoImportância do Aterramento
Importância do Aterramento
 
Cuidados com a Fonte de Alimentação
Cuidados com a Fonte de AlimentaçãoCuidados com a Fonte de Alimentação
Cuidados com a Fonte de Alimentação
 
Instalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Instalação de Fonte de Alimentação no GabineteInstalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
Instalação de Fonte de Alimentação no Gabinete
 
Manumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Manumtençao Preventiva de Fonte de AlimentaçãoManumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
Manumtençao Preventiva de Fonte de Alimentação
 
Virus Hijacker e I love you
Virus Hijacker e I love youVirus Hijacker e I love you
Virus Hijacker e I love you
 
Virus de boot e Time Bomb
Virus de boot e Time BombVirus de boot e Time Bomb
Virus de boot e Time Bomb
 
Virus de Macro e Zumbi
Virus de Macro e ZumbiVirus de Macro e Zumbi
Virus de Macro e Zumbi
 

Último

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 

Último (20)

Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 

Cuidados com Eletricidade Estática (ESD)

  • 2.
  • 3. O que é ESD? • Cargas eletrostáticas são criadas pelo contato e separação de dois materiais. Por exemplo, uma pessoa andando sobre um piso gera eletricidade estática conforme a sola do sapato entra em contato e em seguida se separa da superfície do piso. Da mesma forma um dispositivo eletrônico deslizando para dentro ou para fora de uma embalagem gera eletricidade estática, devido aos múltiplos contatos entre seu corpo e terminais e o material da embalagem.
  • 4. Atividades Causadoras de ESD. • Algumas destas atividades incluem: - Caminhar sobre um carpete, 1.500 a 35.000 volts. - Caminhar sobre um piso de Vinil sem tratamento, 250 a 12.000 volts. - Sentar em um cadeira com estofamento em Vinil, 700 a 6.000 volts. - Utilizar um envelope em Plástico Comum, 600 a 7.000 volts. - Atritar um plástico comum em uma cadeira com estofamento em vinil 1.200 a 20.000 volts.
  • 5.
  • 6. Principais Geradores de ESD. • -Desenrolar fita isolante -Embalagem plástica sobre bancada -Papel (revistas, livros) -Saco bolha branco -Roupas de nylon e acrílico ou lã -Caminhar sobre piso isolante -Utilização de escova inadequadas -O próprio corpo humano -Isopor
  • 7.
  • 8. Soluções Contra os Efeitos da ESD. • Existem diferentes formas de atenuar o efeito das descargas eletrostáticas ou mesmo impedir sua ocorrência. As soluções em geral são simples e de custo reduzido, permitindo um efetivo ganho de confiabilidade em processos de manutenção, operação e armazenagem de equipamentos e componentes. As principais são :
  • 9. • COMPONENTES: • ANDRÉIA COSTA • KELISSON AQUINO