[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap: 3 Voltage

352 visualizações

Publicada em

Continuação da história de como me tornei uma garimpeira e também pesquisadora e articuladora cultural. Neste capítulo, falo do momento em que profissionalizei minha curiosidade pela cultura retrô, ao entrar na Voltage.

Publicada em: Carreiras
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
352
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

[Mari Nobre Historia Garimpos] Cap: 3 Voltage

  1. 1. Não guardo mágoa,mas guardo todo o resto…Mariana Nobre
  2. 2. Resolvi levar esteassunto para a minhavida profissional e fuipesquisar a fundo osmovimentos de voltaao passado.E o mais engraçado:minha curiosidadepelo passado, atreladaa minha carreira emcomunicação e filosofiame fez ingressar numaempresa pioneira emtendências do Brasil eme associar a uma dasmais importantes domundo, a The FutureLaboratory.Assim, pudeacompanhar de pertoos movimentosvintagistas queestavam acontecendoem outros países econtinuar minhaspesquisas autoraissobre o tema commuito maispropriedade.Profissionalizando ointeresse pelopassado!
  3. 3. Ao gerenciar a área de tendências da Voltage, surgiram oportunidades para eu falar sobre atendência Vintage e Retrô em matérias, programas e eventos.
  4. 4. “Na sociedadecontemporânea, otempo não é mais uminimigo. !Passado, presente efuturo co-existemsem problemas e mais,se misturam.”(TrendReport Voltage2010)
  5. 5. “Lembrar o passado eimaginar o futuro sãoformas de humanizaro dia a dia, gerarmomentos prazerososde respiro ecompensar o ritmoacelerado da rotina.”(TrendReport Voltage2010)As tendências de volta ao passado(“Temporalização, pela Voltage, e“Revivalismo”, pela The FutureLab, convergem para umaredescoberta das cidades, pormeio de ocupações e açõesprotagonistas. Foi ao estudá-las,que entendi que os meusinteresses pessoais não eramdispersos. Foi assim que acabei meaproximando de movimentos,como o Baixo Centro.
  6. 6. Ônibus Hacker no Churrasco daCracolândia. Janeiro de 2012.Manifestação contra ahigienização do centro.BrunoFernandes
  7. 7. Abril de 2012: debate queorganizei para rediscutir a relaçãodos paulistanos com a cidade. Oevento aconteceu no coração deSP, no meio do Vale doAnhangabaú, no Estudio Lâmina,com realização da Voltage.(Páginas seguintes: outrasiniciativas e matérias sobre oredescoberta do centro)
  8. 8. Dada à grande aproximação com o EstúdioLâmina e seus artistas, fui convidada peloDenis Diosanto a mediar o primeiro “MulheresIncríveis” aberto ao público.Foto:AnaMarianNoraTannus.Arte:DenisDiosantoDenisDiosanto
  9. 9. E, sempre que havia oportunidade,produzia algum evento no Edifício Planalto!MarcoMoreira
  10. 10. Continua…Veja as próximas apresentações nos links a seguir [slideshare]

×