A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM
Margarete Miyuki Fukuschima de Souza
O lúdico tem sua origem na palavra latina "lu...
A convivência de forma lúdica e prazerosa com a aprendizagem
proporcionará a criança estabelecer relações cognitivas às ex...
UNIDADE DE EDUCAÇÃO INFANTIL MARIA DOLORES FERNANDES
MOSSORÓ 17 DE SETEMBRO DE 2015
TURMA: INFANTIL II TURMA B Nº DE ALUNO...
venham circulando no quadro, após este exercício irei entregar o alfabeto móvel
para que em dupla formem os nomes dos anim...
ANEXOS
 CHAMADA
 HORA DA HISTÓRIA
 LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
 ALFABETO MOVÉL
 LINGUAGEM MATEMÁTICA
 QUEBRA - CABEÇA ( MESAS DIGITAIS)
 LINGUAGEM ARTES VISUAIS
 QUEBRA-CABEÇA (CONFECCIONADO COM GRAVURAS)
 LINGUAGEM MÚSICA E MOVIMENTO
 VIDEOS
Estudo dirigido
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Estudo dirigido

259 visualizações

Publicada em

Educação

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
259
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Estudo dirigido

  1. 1. A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NA APRENDIZAGEM Margarete Miyuki Fukuschima de Souza O lúdico tem sua origem na palavra latina "ludus" que quer dizer "jogo". Se se achasse confinado a sua origem, o termo lúdico estaria se referindo apenas ao jogar, ao brincar, ao movimento espontâneo. O lúdico passou a ser reconhecido como traço essencial de psicofisiologia do comportamento humano. De modo que a definição deixou de ser o simples sinônimo de jogo. As implicações da necessidade lúdica extrapolaram as demarcações do brincar espontâneo. O Lúdico apresenta valores específicos para todas as fases da vida humana. Assim, na idade infantil e na adolescência a finalidade é essencialmente pedagógica. A criança e mesmo o jovem opõe uma resistência à escola e ao ensino, porque acima de tudo ela não é lúdica, não é prazerosa. Segundo Piaget, “[...] o desenvolvimento da criança acontece através do lúdico. Ela precisa brincar para crescer, precisa do jogo como forma de equilibração com o mundo”. Para Vital Didonet "é uma verdade que o brinquedo é apenas um suporte do jogo, do brincar, e que é possível brincar com a imaginação. Mas é verdade, também, que sem o brinquedo é muito mais difícil realizar a atividade lúdica, porque é ele que permite simular situações". (APUD BERTOLDO, RUSCHEL, 2012) A ludicidade, tão importante para a saúde mental do ser humano é um espaço que merece atenção dos pais e educadores, pois é o espaço para expressão mais genuína do ser, é o espaço e o direito de toda a criança para o exercício da relação afetiva com o mundo, com as pessoas e com os objetos. O lúdico possibilita o estudo da relação da criança com o mundo externo, integrando estudos específicos sobre a importância do lúdico na formação da personalidade. Através da atividade lúdica e do jogo, a criança forma conceitos, seleciona ideias, estabelece relações lógicas, integra percepções, faz estimativas compatíveis com o crescimento físico e desenvolvimento e, o que é mais importante, vai se socializando.
  2. 2. A convivência de forma lúdica e prazerosa com a aprendizagem proporcionará a criança estabelecer relações cognitivas às experiências vivenciadas, bem como relacioná-la as demais produções culturais e simbólicas conforme procedimentos metodológicos compatíveis a essa prática. De acordo com Nunes (2012), “a ludicidade é uma atividade que tem valor educacional intrínseco, mas além desse valor, que lhe é inerente, ela tem sido utilizada como recurso pedagógico”. Segundo Teixeira 1995 (APUD NUNES, 2012), várias são as razões que levam os educadores a recorrer às atividades lúdicas e a utilizá-las como um recurso no processo de ensino-aprendizagem:  As atividades lúdicas correspondem a um impulso natural da criança, e neste sentido, satisfazem uma necessidade interior, pois o ser humano apresenta uma tendência lúdica;  O lúdico apresenta dois elementos que o caracterizam: o Prazer e o esforço espontâneo. Ele é considerado prazeroso, devido a sua capacidade de absorver o indivíduo de forma intensa e total, criando um clima de entusiasmo. É este aspecto de envolvimento emocional que o torna uma atividade com forte teor motivacional, capaz de gerar um estado de vibração e euforia. Em virtude desta atmosfera de prazer dentro da qual se desenrola, a ludicidade é portadora de um interesse intrínseco, canalizando as energias no sentido de um esforço total para consecução de seu objetivo. Portanto, as atividades lúdicas são excitantes, mas também requerem um esforço voluntário; As situações lúdicas mobilizam esquemas mentais. Sendo uma atividade física e mental, a ludicidade aciona e ativa as funções psico-neurológicas e as operações mentais, estimulando o pensamento. Em geral, o elemento que separa um jogo pedagógico de um outro de caráter apenas lúdico é este: desenvolve-se o jogo pedagógico com a intenção de provocar aprendizagem significativa, estimular a construção de novo conhecimento e principalmente despertar o desenvolvimento de uma habilidade operatória, ou seja, o desenvolvimento de uma aptidão ou capacidade cognitiva e apreciativa específica que possibilita a compreensão e a intervenção do indivíduo nos fenômenos sociais e culturais e que o ajude a construir conexões.
  3. 3. UNIDADE DE EDUCAÇÃO INFANTIL MARIA DOLORES FERNANDES MOSSORÓ 17 DE SETEMBRO DE 2015 TURMA: INFANTIL II TURMA B Nº DE ALUNOS: 20 TURNO: VESPERTINO PROFESSORA: VERA LUCIA DA SILVA MENDES PLANO DE AULA  OBJETIVO:  Levar as crianças a perceberem que os animais são seres vivos. Propiciar que identifiquem animais domésticos.  CONTEÚDO: Animais domésticos.  METODOLOGIA:  ACOLHIDA: Com canções e orações  CALENDÁRIO: Dia, mês e ano.  CHAMADA: Hoje será realizada com a música SE EU FOSSE UM PEIXINHO E SOUBESSE NADAR EU TIRAVA (nome da criança) LÁ DO FUNDO DO MAR. Nesse momento da canção as crianças dizem o nome do colega que irá retirar o peixinho confeccionado de cartolina onde está escrito seu nome, e assim sucessivamente até chamar todos.  RODA DE CONVERSA: Com as crianças em circulo, irei apresentar para eles um cartaz com várias gravuras de animais domésticos. Promover a livre conversação sobre animais de estimação.Quem tem animais em casa? Que animais? você gosta dele? Etc. Levar as crianças através de perguntas, a perceberem que em casa podemos ter cachorros, gatos, pássaros, peixes, galinhas entre outros. Explicar que os animais domésticos precisam de cuidados especiais: alimentação adequada, lugar próprio para dormir, boa higiene, vacinação, e que não devemos maltratá-los.  HORA DA HISTÓRIA: Com as crianças ainda em circulo irei contar a história “A gatinha curiosa”, coleção: todo livro. Ao termino da história questionar as crianças quais animais aparecem na história. LINGUAGEM ORAL E ESCRITA: Apresentar gravuras de animais conhecidos por eles, pedir que eles digam o nome e irei escrever no quadro, vamos todos juntos conhecer a letra inicial de cada palavra, pedir que eles
  4. 4. venham circulando no quadro, após este exercício irei entregar o alfabeto móvel para que em dupla formem os nomes dos animais que está escrito no quadro.  Lavar as mãos/ lanche  Brincadeiras livres LINGUAGEM MATEMÁTICA: Trabalhando quantidade, quantos animais têm no total? Quantas letras tem cada palavra? Quantas vogais? Quantas consoantes? Pedindo que representem o numeral com tampas de garrafas pet. LINGUAGEM NATUREZA E SOCIEDADE: Apresentar os vídeos “mundo Bita- de estimação” e “ cuidado com os animais de estimação- turma da Mônica”, mostrando a importância de cuidar dos animais. LINGUAGEM ARTES VISUAIS: Nesse momento iremos utilizar o quebra- cabeça nas mesas digitais, em cada mesa ficarão quatro crianças, as outras crianças ficarão no chão e utilizarão os quebra-cabeças que foram confeccionados com gravuras e colados em cartolina. LINGUAGEM MÚSICA E MOVIMENTO: Cantar a música AS VOZES DOS ANIMAIS fazendo os movimentos. Vídeo: “ o pintinho Piu, música infantil com letra karaokê”.  RECURSOS DIDÁTICOS:  Alfabeto móvel;  Tampas de garrafa pet;  Vídeo;  Quebra-cabeça;  Gravuras;  Cartolina; AVALIAÇÃO: Através da observação e do desempenho de cada um na hora de desenvolver a tarefa.
  5. 5. ANEXOS  CHAMADA
  6. 6.  HORA DA HISTÓRIA
  7. 7.  LINGUAGEM ORAL E ESCRITA
  8. 8.  ALFABETO MOVÉL
  9. 9.  LINGUAGEM MATEMÁTICA
  10. 10.  QUEBRA - CABEÇA ( MESAS DIGITAIS)  LINGUAGEM ARTES VISUAIS
  11. 11.  QUEBRA-CABEÇA (CONFECCIONADO COM GRAVURAS)
  12. 12.  LINGUAGEM MÚSICA E MOVIMENTO  VIDEOS

×