Hipertextualidade e multimidialidade aplicadas às notícias em tablets

279 visualizações

Publicada em

Defesa de Mestrado do POSJOR/UFSC. Marina Lisboa Empinotti e Rita Paulino. 02/07/2015.

Publicada em: Celular
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hipertextualidade e multimidialidade aplicadas às notícias em tablets

  1. 1. HIPERTEXTUALIDADE E MULTIMIDIALIDADE APLICADAS ÀS NOTÍCIAS EM TABLETS Defesa de mestrado Dissertação apresentada por Marina Lisboa Empinotti no Programa de Pós-Graduação em Jornalismo (POSJOR) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
  2. 2. Justificativa • Projeto “Conteúdo jornalístico para tablets”; • Labprojor; • Hipertextualidade e multimidialidade: pilares do webjornalismo (CANAVILHAS, 2007).
  3. 3. Sumário 1. DUAS DÉCADAS DE WEBJORNALISMO 1.1 Evolução conceitual e histórica 1.1.2 Terminologia 1.1.3 Gerações do webjornalismo 1.2 Dispositivos móveis como definidores da quinta fase do webjornalismo 1.2.1 Definições iniciais sobre jornalismo móvel 1.2.2 Mudanças na forma de acesso ao conteúdo jornalístico 2. ASPECTOS METODOLÓGICOS E OBJETO EMPÍRICO 2.1 Percurso metodológico 2.1.1 Objeto de estudo e objetivo 2.1.2 Procedimentos metodológicos 2.2 Objeto empírico 2.2.1 Apresentação 2.2.2 Estrutura dos modelos de notícia avaliados
  4. 4. • MIELNICZUK!
  5. 5. • MIELNICZUK!
  6. 6. Sumário 3. USOS E APROPRIAÇÕES DE RECURSOS HIPERTEXTUAIS OS EM TABLETS 3.1 Caracterização dos usuários participantes 3.2 Apresentação do grupo de controle I 3.3 Grupo experimental I: variável link 3.4 Grupo experimental II: variável ícone 4. USOS E APROPRIAÇÕES DE RECURSOS MULTIMIDIÁTICOS EM TABLETS 4.1 Caracterização dos usuários participantes 4.2 Apresentação do grupo de controle II 4.3 Grupo experimental III: variável fotografia 4.4 Grupo experimental IV: variável vídeo
  7. 7. Objeto Usos e apropriações de recursos hipertextuais e multimidiáticos em notícias para tablets Objetivo Identificar como hipertextualidade e multimidialidade são usadas e apropriadas por consumidores de notícias em tablets.
  8. 8. Objeto Usos e apropriações de recursos hipertextuais e multimidiáticos em notícias para tablets Objetivo Identificar como hipertextualidade e multimidialidade são usadas e apropriadas por consumidores de notícias em tablets.
  9. 9. Usos e apropriações USO • O conceito de “uso” pode ser entendido como a aplicação de algo de acordo com sua finalidade, segundo um conjunto de regras e procedimentos que requerem certas habilidades de codificação e decodificação. • Consumidores empregam não somente as habilidades e competências requeridas pelo meio técnico, mas também várias formas de conhecimento e suposições de fundo que fazem parte dos recursos culturais que trazem (THOMPSON, 2001) APROPRIAÇÃO • Thompson (2001): adaptar a mensagem à própria vida e aos contextos e circunstâncias em que se vive; • Martín-Barbero (2004): modos de uso constituídos como formas de resistência, de ressignificação de práticas, tecnologias, estruturas dominantes.
  10. 10. Procedimentos metodológicos • Adaptação: método de abordagem exploratória desenvolvido por Canavilhas (2007); • Classificado como estudo clássico de efeitos: metodologia experimental com um grupo de controle e grupos experimentais; • Dividido em cinco etapas fundamentais.
  11. 11. Procedimentos metodológicos Reunião de grupos de teste: somente nativos digitais 1 São pessoas de 15 a 24 anos, que há pelo menos cinco anos têm conexão constante de internet (ONU).
  12. 12. Procedimentos metodológicos Questionário fechado de caracterização do usuário 2 Identificar os participantes e seus hábitos de consumo de internet, notícias e seu enquadramento socioeconômico
  13. 13. Procedimentos metodológicos Questionário fechado de caracterização do usuário 2
  14. 14. Procedimentos metodológicos Questionário fechado de caracterização do usuário 2
  15. 15. Procedimentos metodológicos Questionário fechado de caracterização do usuário 2
  16. 16. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3 As características multimidialidade e hipertextualidade são estudadas separadamente. Cada participante lê somente um tipo de notícia.
  17. 17. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3 Texto Link Ícone
  18. 18. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3 15 15 15
  19. 19. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3
  20. 20. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3 15 15 15
  21. 21. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3 Texto Fotografia Vídeo Texto
  22. 22. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3 15 15 15
  23. 23. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3
  24. 24. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3
  25. 25. Procedimentos metodológicos Divisão de subgrupos de pesquisa 3
  26. 26. Procedimentos metodológicos
  27. 27. Procedimentos metodológicos Aplicação de questionário semiestruturado 4 Adaptado de Canavilhas (2007): para que os usuários avaliem a notícia com a qual tiveram contato. Dividido em seis partes;
  28. 28. Procedimentos metodológicos Aplicação de questionário semiestruturado 4 1) Respostas cognitivas
  29. 29. Procedimentos metodológicos Aplicação de questionário semiestruturado 4 2) Atitudes frente ao conteúdo 2.1) a notícia foi produzida de forma adequada a internet [ ]1 [ ]2 [ ]3 [ ]4 [ ]5 2.2) a linguagem usada é inovadora [ ]1 [ ]2 [ ]3 [ ]4 [ ]5
  30. 30. Procedimentos metodológicos Aplicação de questionário semiestruturado 4 3) Percepção de compreensão 3.1 O que entendi a notícia [ ]1 [ ]2 [ ]3 [ ]4 [ ]5 [ ]6 [ ]7 [ ]8 [ ]9 [ ]10
  31. 31. Procedimentos metodológicos Aplicação de questionário semiestruturado 4 4) Satisfação 4.1 A leitura da notícia foi gratificante [ ]1 [ ]2 [ ]3 [ ]4 [ ]5 [ ]6 [ ]7 [ ]8 [ ]9 [ ]10
  32. 32. Procedimentos metodológicos Aplicação de questionário semiestruturado 4 5) Avaliação
  33. 33. Procedimentos metodológicos Aplicação de questionário semiestruturado 4 6) Indução emocional
  34. 34. Procedimentos metodológicos Análise estatística dos dados 5 Média aritmética e desvio padrão. Comparação feita com o teste T de student.
  35. 35. Procedimentos metodológicos Análise estatística dos dados 5
  36. 36. Procedimentos metodológicos Análise estatística dos dados 5
  37. 37. Procedimentos metodológicos Análise estatística dos dados 5 t<0,05
  38. 38. Procedimentos metodológicos Análise estatística dos dados 5
  39. 39. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental I 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  40. 40. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental I 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  41. 41. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental I Escala avaliada Média do grupo de controle I Média do grupo experimental I Diferença estatisticamente relevante? (Teste T onde α=95%) Triste/Alegre 0,93 0,27 0,02 – Sim Repulsiva/Atrativa 0,93 0,87 0,83 – Não Interessante/ Desinteressante -0,40 -0,73 0,52 – Não Empobrecedora/Enriquecedora 1,67 0,67 0,00 – Sim Confusa/Esclarecedora 1,47 1,20 0,37 – Não Superficial/Profunda 0,13 -0,07 0,60 – Não Subjetiva/Objetiva 1,47 0,73 0,03 – Sim Simples/Complexa -0,33 -0,73 0,26 – Não Clássica/Inovadora -0,07 0,07 0,75 – Não Imprecisa/Precisa 1,47 0,80 0,04 – Sim Descontextualizada/Contextualizada 1,00 1,07 0,84 – Não Difícil/Fácil 1,40 1,27 0,72 – Não Desmotivadora/Motivadora 1,13 0,60 0,15 – Não Desagradável/Agradável 1,27 1,00 0,40 – Não Ambígua/Clara 1,73 1,20 0,07 – Não
  42. 42. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental II 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  43. 43. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental II 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  44. 44. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental II – respostas cognitivas
  45. 45. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental II – respostas cognitivas 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  46. 46. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental II – satisfação Afirmação avaliada entre 1 (nada) e 10 (tudo) Média do grupo de controle Média do grupo experimental Diferença estatisticamen te relevante? 18) A leitura da notícia foi gratificante 8,47 6,60 0,06 – Não 19) A leitura despertou meu interesse pelo assunto 7,53 5,47 0,04 – Sim 20) Eu gostei da notícia 8,40 6,47 0,02 –Sim 21) A informação me parece relevante 8,27 8,07 0,78 – Não 22) Me senti envolvido com o assunto 7,40 6,07 0,21 – Não
  47. 47. Resultados - Hipertexto • Grupo experimental II - avaliação Escala avaliada Média do grupo de controle I Média do grupo experimental II Diferença estatisticamente relevante? (Teste T onde α=95%) Triste/Alegre 0,93 0,27 0,01 – Sim Repulsiva/Atrativa 0,93 0,73 0,49 – Não Interessante/ Desinteressante -0,40 -0,47 0,89 – Não Empobrecedora/Enriquecedora 1,67 1,00 0,00 – Sim Confusa/Esclarecedora 1,47 1,00 0,15 – Não Superficial/Profunda 0,13 0,00 0,74 – Não Subjetiva/Objetiva 1,47 1,07 0,21 – Não Simples/Complexa -0,33 -0,87 0,21 – Não Clássica/Inovadora -0,07 -0,93 0,08 – Não Imprecisa/Precisa 1,47 0,40 0,00 – Sim Descontextualizada/Contextualizada 1,00 0,53 0,19 – Não Difícil/Fácil 1,40 1,47 0,82 – Não Desmotivadora/Motivadora 1,13 0,87 0,43 – Não Desagradável/Agradável 1,27 0,87 0,27 – Não Ambígua/Clara 1,73 1,53 0,33 – Não
  48. 48. Resultados - Multimídia • Grupo experimental III 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  49. 49. Resultados - Multimídia • Grupo experimental III 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  50. 50. Resultados - Multimídia • Grupo experimental III - atitudes Aspecto avaliado Média de resposta do grupo de controle II Média de resposta do grupo experimental III Diferença estatisticamente relevante? (Teste T onde α=95%) 3) A notícia foi produzida de forma adequada a internet 3,00 3,90 0,09 - Não 4) A linguagem usada é inovadora 1,70 2,40 0,12 – Não 5) O desenho (forma como está colocada na página) da notícia é apropriado 3,20 3,60 0,41 – Não 6) A estrutura da notícia é agradável 3,00 3,80 0,09 – Não 7) O desenho (forma como está colocada na página) da notícia é inovador 1,70 2,80 0,00 – Sim 8) A linguagem usada na notícia é adequada a internet 3,00 3,60 0,28 – Não 9) O sistema de navegação é fácil de entender 3,90 4,00 0,74 – Não 10) A linguagem satisfaz minhas necessidades 3,50 3,80 0,39 - Não 11) A possibilidade de optar por uma ordem de leitura é um ponto positivo 3,20 3,60 0,38 – Não 12) A linguagem enriquece o conteúdo 3,50 3,70 0,01 - Sim
  51. 51. Resultados - Multimídia • Grupo experimental III - atitudes
  52. 52. Resultados - Multimídia • Grupo experimental III - atitudes
  53. 53. Resultados - Multimídia • Grupo experimental III - satisfação Afirmação avaliada entre 1 (nada) e 10 (tudo) Média do grupo de controle Média do grupo experimental Diferença estatisticamente relevante? 18) A leitura da notícia foi gratificante 4,40 6,53 0,07 – Não 19) A leitura despertou meu interesse pelo assunto 4,00 6,13 0,07 – Não 20) Eu gostei da notícia 3,73 6,67 0,01 –Sim 21) A informação me parece relevante 7,33 7,27 0,94 – Não 22) Me senti envolvido com o assunto 4,93 5,80 0,48 – Não
  54. 54. Resultados - Multimídia • Grupo experimental IV 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  55. 55. Resultados - Multimídia • Grupo experimental IV 1) Respostas cognitivas 2) Atitudes frente ao conteúdo 3) Percepção de compreensão 4) Satisfação 5) Avaliação 6) Indução emocional
  56. 56. Resultados - Multimídia • Grupo experimental IV - atitudes Aspecto avaliado Média de resposta do grupo de controle II Média de resposta do grupo experimental IV Diferença estatisticamente relevante? (Teste T onde α=95%) 3) A notícia foi produzida de forma adequada a internet 3,00 4,20 0,01 – Sim 4) A linguagem usada é inovadora 1,70 2,50 0,08 – Não 5) O desenho (forma como está colocada na página) da notícia é apropriado 3,20 3,80 0,14 – Não 6) A estrutura da notícia é agradável 3,00 3,80 0,07 – Não 7) O desenho (forma como está colocada na página) da notícia é inovador 1,70 2,40 0,07 – Não 8) A linguagem usada na notícia é adequada a internet 3,00 4,00 0,02 – Sim 9) O sistema de navegação é fácil de entender 3,90 4,00 0,74 – Não 10) A linguagem satisfaz minhas necessidades 3,50 4,50 0,00 – Sim 11) A possibilidade de optar por uma ordem de leitura é um ponto positivo 3,20 3,80 0,17 – Não 12) A linguagem enriquece o conteúdo 2,50 3,40 0,02 – Sim
  57. 57. Resultados - Multimídia • Grupo experimental IV – percepção de compreensão Afirmação avaliada entre 1 (nada) e 10 (tudo) Média do grupo de controle Média do grupo experimental Diferença estatisticamente relevante? 13) O que entendi da notícia 9,13 9,53 0,33 – Não 14)A informação é fácil de entender 9,00 9,20 0,66 – Não 15) A notícia tem informação suficiente sobre o assunto 7,13 7,47 0,58 – Não 16) A notícia é apresentada de forma clara 7,27 9,33 0,00 – Sim 17) A notícia está suficientemente detalhada 6,53 7,73 0,21 – Não
  58. 58. Resultados - Multimídia • Grupo experimental IV – satisfação Afirmação avaliada entre 1 (nada) e 10 (tudo) Média do grupo de controle Média do grupo experimental Diferença estatisticamente relevante? 18) A leitura da notícia foi gratificante 4,40 6,33 0,06 – Não 19) A leitura despertou meu interesse pelo assunto 4,00 5,67 0,11 – Não 20) Eu gostei da notícia 3,73 6,00 0,04 –Sim 21) A informação me parece relevante 7,33 7,13 0,83 – Não 22) Me senti envolvido com o assunto 4,93 5,80 0,48 – Não
  59. 59. Concluindo… • Adaptação de Canavilhas (2007) – válida; • Reduções feitas não prejudicaram resultados; • Avançando a partir de erros anteriores; • Ciência dos impactos causados pelas escolhas.
  60. 60. Sobre a hipertextualidade: • Inclusão de links implica em queda nas avaliações de objetividade, enriquecimento e precisão: Canavilhas (2007): a não-linearidade da notícia digital, embora intrínseca, pode criar problemas ao usuário para a compreensão da coerência do conteúdo; (Holtzman, 1997): Enquanto o texto tem início e fim delimitados, a descontinuidade digital dá a oportunidade de seguir diferentes caminhos a partir de interesse, opção e decisão de cada usuário, o que nem sempre pode influenciar positivamente a recepção do conteúdo. • Links são acessados e lidos; os conteúdos, assimilados.
  61. 61. Sobre a hipertextualidade: • Inserção do ícone influencia ainda mais avaliações; • Altera também memória visual do usuário: o pictograma da câmera fotográfica aumentou em 26% a lembrança do enlace fora do corpo da notícia; • O ícone também causou mudanças significativas de atitude em aspectos semelhantes aos observados no experimento usando links em texto: tristeza, enriquecimento e precisão;
  62. 62. Sobre a hipertextualidade: • O teste de satisfação também sofreu impactos nos quesitos “eu gostei da notícia” e “a notícia despertou meu interesse pelo assunto”: Zerba (2003): a integração de nós informativos de diferentes tipos de mídia está relacionada a índices de satisfação dos usuários. Mesbah (2005): a interatividade do clique/toque exigida pelo link tem impacto direto na recepção e na lembrança de conteúdos informativos como consequência da intervenção que foi necessária para desencadear a ação.
  63. 63. Sobre a multimidialidade: • Assim como os links e ícones, fotografia e vídeo também são vistos como aspectos que tornam a notícia mais adequada à Internet; • A presença das mídias enriquece a linguagem e faz o desenho apropriado (vídeo) e mais inovador (foto), embora não possa ser assim considerado; • O vídeo foi a única variável estudada que aumentou a clareza da informação disponibilizada;
  64. 64. Sobre a multimidialidade: • O vídeo também alterou as atitudes dos usuários com relação à linguagem: esta foi considerada, além de adequada, satisfatória e enriquecedora; nenhum outro elemento testado havia alterado tais aspectos; • Interessante notar: o usuário não limita sua avalição de linguagem ao que está explicitado através da linguagem textual. Há uma compreensão mais ampla do termo, considerando todo o conjunto de sinais utilizados para a transmissão da mensagem.
  65. 65. Obrigada! Mestranda Marina Lisboa Empinotti marinaempinotti@gmail.com Orientadora Rita Paulino rcpauli@gmail.com

×