SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Baixar para ler offline
CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA

 ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DRA. MARIA AUGUSTA SARAIVA




              Lucas Henrique da Silva Corazza

                     Lucimeire Moraes

                  Marina Menezes Garcia

                  Ronaldo Silva de Souza

                       Vagner Lopes




    O perfil do contador brasileiro no século XXI




              Trabalho de Conclusão de Curso




                       SÃO PAULO

                           2012
CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA

 ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DRA. MARIA AUGUSTA SARAIVA




              Lucas Henrique da Silva Corazza

                     Lucimeire Moraes

                  Marina Menezes Garcia

                  Ronaldo Silva de Souza

                       Vagner Lopes




     Perfil do contador brasileiro no século XXI


              Trabalho de Conclusão de Curso



                           Trabalho de conclusão de curso apresentado à
                           Escola Técnica Estadual Doutora Maria Augusta
                           Saraiva – mantida pelo Centro Estadual de
                           Educação Tecnológica Paula Souza, como parte
                           dos pré-requisitos para a obtenção do Certificado
                           de Técnico em Contabilidade, sob a orientação
                           do Professor Me. Renato Antônio de Souza.




                       SÃO PAULO

                           2012
Ficha Catalográfica




CORAZZA, Lucas Henrique da Silva; MORAES, Lucimeire; GARCIA, Marina
Menezes; SOUZA, Ronaldo Silva; LOPES, Vagner.
O perfil do contador brasileiro no século XXI.
São Paulo: 2012
Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) – Centro Estadual de Educação Tecnológica
Paula Sousa – Escola Técnica Estadual Doutora Maria Augusta Saraiva
Orientador: Me. Renato Antônio de Souza
Área de concentração: Contabilidade
1-Perfil do contador2- guarda-livros 3- habilidades gerenciais
Banca examinadora:




__________________________________________

  Orientador: Prof. Me. Renato Antonio de Souza




 _______________________________________




__________________________________________
Dedicatória




        Dedicamos este trabalho primeiramente
  a Deus, aos nossos amigos e familiares, pela
  compreensão de nossa ausência no cotidiano
  e pela paciência que tiveram até aqui. A todos
  os nossos professores que contribuíram de
  forma direta e indireta na elaboração deste
  trabalho. Ao nosso orientador Renato Antônio
  de   Souza   pelo   incentivo,   dedicação   e
  paciência em nos orientar para que o nosso
  projeto de Trabalho Conclusivo de Curso
  chegasse ao resultado final.
RESUMO


      O Presente trabalho tem por objetivo refletir sobre o perfil do profissional
contábil na atualidade, descrevendo sua evolução profissional no mercado de trabalho
frente às mudanças sociais, econômicas e tecnológicas que ocorreram. A
Fundamentação teórica adotada neste trabalho foi sobre o perfil do contador nos anos
90, segundo Siegel e Kuleska (1996) Johson e Kaplan (1996), Zarowin (1997), Franco
(1999), Poter (1999) e Gil (1999), sobre o perfil do contador nos anos 2000, segundo
Albrecht e Sack (2000), Cosenza (2001), Kopec (2002), Brussolo (2002), Mohamed e
Lashine (2003), Andrade (2003) e sobre o perfil do contador nos anos 2010, segundo
Cardoso, Souza e Almeida (2010). A metodologia de pesquisa adotada para a
realização deste trabalho foi o método da pesquisa bibliográfica, segundo Nascimento
(2012), sobre os instrumentos de coletas de dados que foram necessários para esta
pesquisa e quais os procedimentos usados para a análise dos dados e seu objetivo
segundo Vergara (2005). Como resultados de pesquisa, pudemos observar três
resultados: primeiro: o perfil de guarda-livros, como era conhecido o profissional
contábil antigamente, ainda é exigido por muitas empresas e instituições; o segundo:
o profissional contábil atual precisa possuir habilidades gerenciais (ser contador
gerencial/gestor), ter informações eficazes e precisas, ajudando assim seus clientes
nas tomadas de decisões e o terceiro resultado: além dessas habilidades, o atual
perfil do profissional contábil exige conhecimentos sobre a tecnologia que o fará
aumentar ainda mais seus conhecimentos e competências. Contudo, podemos
observar que hoje em dia, tanto o perfil guarda-livros como o perfil de contador
gerencial são exigidos pelo mercado, por isso o atual profissional contábil precisa ter
esse duplo perfil para que possa adquirir condições e demonstrar que possui
qualificação ampla para desempenhar um bom trabalho e porque não assumir cargos
com mais responsabilidade.




Palavras-chaves: Perfil do contador, guarda-livros, habilidades gerenciais.
ABSTRACT


The present work aims to reflect on profile of the professional accounting today,
describing their careers in the labor market against the social, economic and
technological changes that occurred. A Theoretical framework adopted in this study
was on profile of the counter in 90, according to Siegel and Kuleska (1996), Johnson
and Kaplan (1996), Zarowin (1997), Franco (1999), Porter (1999) and Gil ( 1999), on
profile of the accountant in 2000, according to Albrecht and Sack (2000), Cosenza
(2001), Kopec (2002), Brussolo (2002), Mohamed Lashine (2003), Andrade (2003)
and the profile of the counter in 2010, according to Cardoso, Almeida and Souza
(2010). The research methodology adopted for this work was the method of
bibliographic research, according to Nascimento (2012), on the instruments for data
collection that were required for this research and the procedures used for data
analysis and its aims, according to Vergara (2005). As results, we observed three
aspects: first: the profile of bookkeepers as accounting professionals was known
previously is still required by many companies and institutions; second: the current
accounting professional must possess management skills (management accountant),
to have effective and accurate information thereby helping its customers in decision
making, and the third: in addition to these results, the current skills profile of the
professional accounting requires knowledge about the technology that will further
enhance their knowledge and skills. Yet we can see that today both the profile
bookkeeper as profile management accountant is required by the market, so the
current accounting professional need to have this dual profile so you can purchase
conditions and demonstrate the skills to perform a wide good job and why not take
positions with more responsibility.


Keywords: Accountant Profile, Professional Accounting, management skills
8



                                                      SUMÁRIO




INTRODUÇÃO.............................................................................................................09

CAPÍTULO I – FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA...........................................................11

1.1. O perfil do contador nos anos 90...........................................................................11

1.2. O perfil do contador nos anos 2000......................................................................13

1.3. O perfil do contador nos anos 2010.....................................................................14

CAPÍTULO II – METODOLOGIA DE PESQUISA........................................................16

2.1. Contexto de pesquisa ...........................................................................................16

2.2. Instrumento de coleta de dados ...........................................................................16

2.3. Procedimentos de análise de dados ....................................................................17

CAPÍTULO III – APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS..................18

3.1. Identificando o perfil do contador como guarda livros e com habilidades
     gerenciais...............................................................................................................18

3.1.1. Resumo dos artigos pesquisados e publicados................................................ 19

3.1.2 O Profissional como guarda-livros e o gestor contábil........................................25

CONSIDERAÇÕES FINAIS.........................................................................................27

REFERÊCIAS BIBLIOGRÁFICAS..............................................................................29




                                               LISTA DE QUADROS

Quadro 01-Profissionais e ativos nos Conselhos Regionais........................................20
9



                               INTRODUÇÃO


      Este trabalho visa a refletir a respeito do perfil do profissional na área
contábil na atualidade.
     Trata-se de uma pesquisa bibliográfica elaborada com a intenção de
distinguir se o mercado de trabalho busca aquele profissional responsável por
elaborar    balancetes,   balanços,   cálculos,   certificados,   demonstrações,
levantamentos, livros escriturados, planilhas, entre outros recursos técnicos
semelhantes, ou se busca por gestores que, além de elaborar tais tarefas,
ainda sejam habilitados a analisar e auxiliar nas tomadas de decisões
importantes para a empresa.
     Hoje além de cumprir as obrigações fiscais e determinações legais, a
Contabilidade é reconhecida como a principal ferramenta para transformação
de fatos do dia a dia das empresas em informações que auxiliam os gestores
nas tomadas de decisões para o desenvolvimento das entidades.
     Com o desenvolvimento das áreas tecnológicas, como informática, a
logística e os recursos humanos, a contabilidade teve um avanço fundamental
para repassar com maior clareza e rapidez as informações necessárias para
tomada de decisões.
      Todos os procedimentos contábeis citados no parágrafo acima são de
estrema importância para o contador, mas o profissional não deve se ater
somente a eles, deve buscar se aperfeiçoar em programas de Educação
Continuada, o que destacará seu currículo dos outros, tendo em vista que o
Brasil, sendo um país em ascensão, está atraindo cada vez mais investidores
estrangeiros.
       Atualmente, tanto a profissão contábil quanto a do gestor em muito se
assemelham. Apesar de serem parecidas, existem duas características que a
diferem. O gestor é responsável diretamente pela área financeira e o contador
é um parceiro desse gestor, pois além de entender as questões contábeis,
também colabora com informações analíticas que contribuem para a tomada de
decisões.
10



      A partir do que foi exposto, elaboramos uma questão de pesquisa que
norteará o desenvolvimento deste trabalho: Qual é o perfil do profissional de
contabilidade na atualidade?
       Tendo em vista que estamos concluindo o Curso Técnico em
Contabilidade, oferecido pela Escola Técnica Estadual Doutora Maria Augusta
Saraiva, mantida pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza,
este trabalho justifica-se pelo fato de ser pré-requisito para a conclusão desse
curso. Além disso, justifica-se também para esclarecermos as dúvidas em torno
da questão anteriormente citada, questão esta que será respondida no
desenvolvimento deste trabalho.
       Esperamos, assim, trazer algumas contribuições com a realização desta
pesquisa. Em primeiro lugar, aos estudantes da área por apontar uma diretriz
para a formação do profissional de contabilidade. Em segundo lugar, para as
instituições de ensino, pois esta pesquisa poderá trazer reflexões acerca da
formação de profissionais de contabilidade que atendam às novas demandas.
       Nosso trabalho apresenta a seguinte organização:
       No Capítulo I, apresentaremos a Fundamentação Teórica, em que
apresentaremos as diversas opiniões de estudiosos a respeito do perfil do
profissional de contabilidade.
       No Capítulo II, apresentaremos o método de pesquisa e quais
instrumentos foram utilizados para coleta de dados da pesquisa em questão.
       No Capítulo III, apresentaremos e discutiremos os resultados obtidos
nesta pesquisa.
       Por fim, apresentaremos as Considerações Finais e as Referências
Bibliográficas.
11



                                CAPÍTULO 1


                     FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA


       Ao longo das últimas três décadas, tivemos algumas mudanças nos
setores econômicos e sociais. Em razão disso, a contabilidade sofreu
mutações para se adaptar a nova situação.
   De acordo com Lopes Sá (2011), dentre as alterações no panorama da vida
humana, que resultavam e determinavam mudanças na contabilidade e, por
consequência, no contador, estão as seguintes:
      Avanços da informática
      Facilidade extrema da comunicação
      Relevância dos aspectos sociais
      Avanços da tecnologia, etc.
       Essas mudanças fizeram a contabilidade progredir no sentido de que se
tornasse mais abrangente. Nesse sentido, o contador tem se intelectualizado
cada vez mais.
       As empresas, hoje, exigem profissionais que sejam verdadeiros
cientistas do patrimônio, que tenham capacidade de entender os números e
determinar os rumos que a instituição deve seguir LOPES SÁ (2011).
       “O perfil do contador moderno é o de um homem de valor que precisa
acumular conhecimentos.” Lopes Sá (2011. P. 01).
       Falaremos, agora, um pouco sobre essas mutações, observando o ponto
de vista de alguns estudiosos de cada época.


1.1. O perfil do contador nos anos 90


       De acordo com Iudícibus (1993), o desenvolvimento das áreas
tecnológicas como a informática, a logística, os recursos-humanos, entre
outras, fornecem meio para que a contabilidade utilize técnicas e relatórios
para atender as necessidades administrativas.
12



          Siegel e Kuleska (1996) ressaltam a importância das habilidades de
comunicação e interpessoais, originando um bom entendimento de todas as
fases do negócio e uma visão sistemática, junto com um ambiente de trabalho
no qual os profissionais se tornem multifuncionais, contribuindo com a
perspectiva financeira, com a compreensão e as explicações dos aspectos das
atividades de marketing, engenharia e produção na situação econômico-
financeira da organização.
          Já Johnson e Kaplan (1996) acreditam que a contabilidade era
irrelevante, da maneira como era feita, pois ela não fornecia informações
adequadas aos gestores e, ainda, impedia que esses gestores enxergassem os
problemas que atrapalhavam o sucesso das empresas.
          Ao abordar o perfil dos contadores, Zarowin (1997) assinala que é
necessário que os contadores assumam um novo papel, atuando efetivamente
como um agente de mudanças, para atender as necessidades informacionais,
desenvolvendo habilidade de um facilitador em todos os departamentos da
organização, e ser preditivo, utilizando as informações de ontem como guia de
amanhã, deixando de se concentrar no que já passou para começar a olhar o
futuro.
          Entretanto, Zarowin (1997) destaca que, para que o profissional possa
colocar em prática toda a ideia de ser um agente de mudança e um facilitador,
é necessário que as atividades operacionais sejam retiradas de suas
responsabilidades e transferidas para um sistema de informações.
Siegel, Kulesza e Sorensen (1997), realizaram uma pesquisa com 800
contadores públicos e outros profissionais da área, solicitando que eles
nomeassem por ordem e importância as atividades que eles acreditavam que
seus empregadores poderiam valorizar no futuro. Houve algumas variedades
de tarefas nas quais muitas eram inexistentes há alguns anos, que envolviam:
a) determinação da lucratividade do cliente e do produto; b) melhoria de
processos; c) avaliação de desempenho; d) planejamento estratégico de longo
prazo; e) sistemas de computação e operações, entre outras.
          De acordo com Franco (1999), ao avaliar o efeito da globalização,
constatou-se que as empresas tornaram-se mais competitivas e, em
consequência disso, elas viram-se obrigadas a adquirir um maior controle
13



sobre suas finanças. Sendo assim, o papel do contador tornou-se mais
relevante.
      Segundo Poter (1999), com os avanços tecnológicos, as empresas
desempenham suas atividades e têm a possibilidade de captar novas
informações que surgem ou que ainda não existiam para a melhora de
tomadas de decisões.
      Já Gil (1999) acredita que toda essa evolução competitiva da área
contábil não é só um instrumento que tem o papel de cumprir as obrigações
fiscais e determinações legais e sim um componente importante dentro de uma
empresa que contribui com administração e decisões estratégicas.
   Franco (1999, p. 82), menciona que além dos conhecimentos essenciais, o
“contador atual deve desenvolver habilidades ligadas à comunicação, as
relações humanas e à administração, criando um balanço entre formação
teórica e experiência prática”.


   1.2. O perfil do Contador nos anos 2000


   Já Albrecht e Sack (2000), em uma pesquisa com profissionais e
educadores da área contábil, identificaram a necessidade de ter um
conhecimento mais amplo do que foram relacionados à contabilidade tributária
e fiscal, quando perguntaram quais as atividades os graduados em
contabilidade estariam realizando no futuro. Foram indicados os serviços que
teriam uma certa demanda, que são: 1) análise financeira; 2) Planejamento
Financeiro; 3) elaboração de demonstrações contábeis; 4) consultoria
estratégica; e 5) consultoria de sistemas. Já os educadores acreditavam que os
serviços de auditoria seriam os mais demandados. Por outro lado, os autores
acreditavam que manteriam a demanda por atividades relacionadas à auditoria
interna   tradicional,   contabilidade,   finanças   coorporativas,   contabilidade
tributária e serviços de auditoria e que novas oportunidades de trabalho
surgiriam.
   Cosenza (2001) afirma que os contadores que ficarem presos ao passado e
não se atentarem aos avanços da tecnologia teriam seus dias contados.
Conforme o autor, aqueles profissionais que só se preocuparem com as
14



partidas dobradas, ou seja, que para todo débito, existe um crédito, e não
perceberem que a contabilidade exige muito mais que isso, não sobreviverão
ao mercado.
   Ainda a respeito da tecnologia, Kopec (2002) enfatiza que o uso dos
sistemas informatizados ajudaria na agilidade da emissão de relatórios
contábeis, nos processos de fechamentos (emissão de balanços e balancetes,
por exemplo), garantiria a integridade das informações e daria mais acesso aos
usuários dos serviços contábeis.
      Por outro lado, Brussolo (2002), por meio de análises, afirma que a
relação entre as habilidades exigidas ao profissional contábil é avaliada pelo
cargo hierárquico ocupado, quanto maior o nível, maior é a exigência por
habilidades gerenciais.
      Mohamed e Lashine (2003) também concordam que a forma de atuação
dos contadores tem sofrido alterações nos últimos anos em virtude da
globalização e as inovações em tecnologia de informações. Hoje cada vez mais
o profissional contábil está adquirindo novas habilidades e conhecimentos em
novas áreas.
       Andrade    (2003),   ao     analisar   as     características   do   ambiente
administrativo   moderno,   caracterizado     pela     globalização    e    pelo   alto
desenvolvimento tecnológico, observa que se faz necessária uma maior
agilidade da apresentação de informações no processo de tomadas de
decisões.


   1.3. O Perfil do Contador nos anos 2010


      Hoje é impossível imaginar uma instituição sem um profissional de
contabilidade, pois as estratégias e planejamento envolvem toda a organização
em seus diversos setores.
      De acordo com Cardoso, Souza e Almeida (2010), com a globalização,
empresas e demais agentes econômicos indicam que o perfil do profissional
contábil da atualidade deverá ser mais inovador e criativo para atender às
demandas empresariais, devido aos grandes recursos tecnológicos e a intensa
15



competitividade em todos os setores de uma empresa. Com isso, o profissional
contábil tende a ser mais competitivo para se manter no mercado de trabalho.
      Ainda a respeito disso, Cardoso, Almeida e Souza (2010) acreditam que
a contabilidade passou a ser questionada sobre a validade e utilidade das
informações, pois a maneira como essas informações eram transmitidas eram
de pouca valia frente às necessidades dos gestores organizacionais. Por esse
motivo, foram criadas novas práticas para desenvolver a contabilidade e
recolocá-la como efetiva fonte geradora e divulgadora de informações
essenciais em um eficaz processo de gestão.
      Com esse estudo, Cardoso, Souza e Almeida (2010), tinham por objetivo
investigar qual o perfil dos contadores na atualidade, baseadas nas
transformações ambientais a que as empresas estão submetidas e as novas
exigências que, também, se impõe aos profissionais contábeis.
      Nesse novo ambiente identificado nas pesquisas, segundo os autores
citados acima, os contadores, para contribuírem efetivamente no processo de
geração de informações de valor às organizações, devem incorporar novas
habilidades pessoais, adotando uma postura mais empreendedora.
      Por fim, esses autores concluíram que, para que os novos contadores
sejam inseridos nesse novo ambiente, os educadores em contabilidade devem
desenvolver um novo currículo, visando melhor preparar os estudantes,
enfatizando a necessidade de o ensino contábil direcionar seu foco para as
novas habilidades de relacionamentos interpessoais e tecnológicos requeridos
pelo mundo dos negócios.
16



                                     CAPÍTULO 2


                       METODOLOGIA DE PESQUISA



       Este capítulo visa a dispor os métodos utilizados para a elaboração da
presente pesquisa, cujo objetivo é refletir a respeito do perfil do profissional na
área contábil atualmente.


2.1 Contexto de Pesquisa


       Tendo em vista que utilizamos como alicerces trabalhos acadêmicos
concluídos e publicados, este trabalho caracteriza-se pelo método da pesquisa
bibliográfica.
       Conforme Nascimento (2012), é por meio da pesquisa bibliográfica que
encontramos meios para explicar e discutir, com base nas informações teóricas
publicadas em livros e revistas especializadas, o assunto, o problema ou a
dificuldade que precisamos aprender, resolver ou eliminar. É por meio dela,
também, que o autor-aluno desenvolve uma prática importante, que contribui
para o aumento de seu próprio conhecimento.


2.2 Instrumentos de coleta de dados


       Para coletar os dados presentes nesta pesquisa, foram realizadas
buscas nos sites abaixo citados, por meio de palavras-chave como Perfil do
Contador e Contador X Gestor.


                 www.google.com.br
                 www.periodicos.capes.gov.br
                 www.contadorperito.com
                 www.sescon.org.br
17



      Os sites acima foram escolhidos por nós, pois neles encontramos
diversos artigos, teses e monografias, que trataram a respeito do perfil do
contador, que contribuíram para o desenvolvimento do nosso trabalho.
      Partindo dos 07 artigos, 02 trabalhos acadêmicos e 01 tese,
encontrados, alocados no intervalo de 1990 até 2011, tivemos acesso ao
material necessário para a elaboração do nosso trabalho. Esses trabalhos
compõem o corpus de análise que totaliza 10 trabalhos acadêmicos
publicados.


      2.3 Procedimentos de Análise de Dados


      O procedimento para análise de dados adotado neste trabalho é a
análise de conteúdo.
      Conforme Vergara (2005, p. 15), “a análise de conteúdo é considerada
uma técnica para o tratamento de dados que visa identificar o que está sendo
dito a respeito de determinado tema”.
      Os nossos dados foram obtidos por meio de artigos, teses e trabalhos
acadêmicos. Então, conforme orientação do autor acima mencionado,
realizamos a análise desse material, buscando identificar quais e quantas
competências foram atribuídas ao profissional de contabilidade desde a década
de 90 até a década atual, seja, buscamos novos significados para os textos
analisados.
18



                                 CAPÍTULO 3


       APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS



      Neste capítulo, apresentaremos e discutiremos os resultados de nosso
estudo na intenção de responder ao objetivo da nossa pesquisa: refletir a
respeito do perfil do Profissional Contábil na atualidade.


      3.1. Identificando o Perfil do Contador


      A partir da análise dos dados, verificamos que o perfil esperado do
contador atualmente divide-se em dois aspectos: o primeiro refere-se ao
contador guarda-livros e, o segundo, como um profissional munido de
habilidades gerenciais.
      Podemos dizer que o nome guarda-livros, dado aos contadores há muito
tempo, veio muito em função de um trabalho mecanicista e que exigia pouca
especialização e quase nenhum conhecimento científico. Esse nome também
se deu em virtude desse profissional, na época, pouco se preocupar com
provisões, projeções, fluxo de caixa, ativos e passivos circulantes.
      O novo profissional da contabilidade, chamado de contador gerencial, é
o de um profissional ativo, sempre preocupado em passar informações cada
vez mais precisas e eficazes aos seus clientes e constantemente ajudando os
gestores na tomada de decisões. Esse tipo de contabilista sabe que o
atendimento às obrigações assessórias é essencial, porém não é a sua única
função.
      O quadro abaixo mostra um resumo das pesquisas que foram realizadas
e publicadas, nas quais o foco era analisar o perfil do profissional de
contabilidade.
19



        Quadro 3.1.1 – Resumo dos artigos pesquisados e publicados
               Autor                               Titulo                 Ano
                                   O Técnico contábil e o Mercado de
1 - Cláudio Ulysses F. Coelho                                             1999
                                   trabalho
2 – Iraildo José Lopes de Moura,
                                   Papel do Contador no Mercado
Teodomiro Oliveira, Geisa Maria                                           2003
                                   Globalizado
Almeida Dias
3 – Elizandra Maia Taveira, Luiz
                                   Perfil do Contador no Século XXI       2003
Emilio Santos Maciel

4 – Osvaldo Morais                 O contador e o Administrador           2005

5 – Jorge Luiz Cardozo, Marcos
                                   O Perfil do Contador na Atualidade –
Antonio de Souza, Lauro Brito                                             2006
                                   Um Estudo Exploratório
Almeida
                                                                          2009
6 – Marco Antonio Zanini           O novo contador

7 – Charlie Barbosa Pires, Ernani Guarda Livros ou parceiros de
                                                                          2009
Ott e Claudio Damascena            Negócios

8 –AndréCharone T. Lopes           O guarda Livros e o contador Gestor    2010



9 – José Camilo Filho              De guarda Livros a Guarda contas       2010



10 – Julio Cesar Zanluca           O Perfil do Contador no século XXI     2011




        Coelho (1999) afirma que o guarda-livros era responsável pela
escrituração dos livros mercantis das empresas comerciais mesmo não
apresentando escolaridade formal em contabilidade. Conforme o autor, os
técnicos em contabilidade são os que ocupam, em sua maioria, essa função de
guarda-livros na atualidade, porém, conforme o quadro a seguir, podemos
observar que os técnicos em contabilidade, após a conclusão do curso e seu
devido registro no CRC, são os mais atuantes no mercado de trabalho como
20



contadores que, não só elaboram o trabalho mecânico, mas também
colaboram na elaboração de documentos importantes que contribuem para
tomada de decisões dentro de uma instituição.
        Embora, inicialmente, o perfil esperado do técnico em contabilidade seja
de um guarda-livros, essas habilidades não bastam para que evoluam
profissionalmente, uma vez que, como o autor esclarece, esses técnicos serão
responsáveis por elaboração de documentos que auxiliarão em decisões. Para
que esse profissional evolua, ele deve contribuir com todas as áreas da
empresa com o objetivo de oferecer ao empresário as ferramentas necessárias
para a preservação do seu patrimônio e a gestão dos negócios. Ele deve ter
informações que lhe ofereça condições para avaliar o desempenho e os
resultados da empresa, não só da apuração dos resultados mensais, mas de
que maneira esses resultados foram alcançados. O contador deve estar
preparado para auxiliá-lo na definição de seu negócio como também nas
decisões diárias e nas atividades que lhe forem solicitadas dentro das suas
funções.
        O quadro a seguir demonstra a atuação dos técnicos em contabilidade e
dos contadores no Brasil.


Quadro 3.1.2 – Profissionais contábeis registrados e ativos nos Conselhos
Regionais de Contabilidade
                                   Registros e                    Registros e
                  Técnicos em
   Regiões                            ativos        Contadores       ativos
                 contabilidade
                                        %                              %
Sul                  38.109            58%             27.459         42%
Sudeste             109.136            62%             66.759         38%
Centro-oeste         17.292            64%             9.627          36%
Norte                 7.923            57%             5.888          43%
Nordeste             29.226            62%             17.567         38%
Totais              201.686            61%            127.300         39%
Fonte: Conselho Federal de Contabilidade – Ulysses (1999 p. 04)
21



      Podemos observar no quadro acima que há uma maior participação dos
técnicos em contabilidade no contexto profissional brasileiro. Para chegarmos a
essas informações acima mencionadas, partimos de Ulysses (1999), que
realizou ampla pesquisa com profissionais que tinham amplo conhecimento em
áreas fiscal/tributária, financeira, legislação trabalhista e previdenciária, além
de conhecimentos gerais de contabilidade e de classificação de contas.
Podemos constatar que nas regiões sul, sudeste, centro-oeste, norte e
nordeste, há 61% de técnicos contábeis ativos, enquanto contadores ativos há
39%.Podemos perceber claramente que o mercado de trabalho para técnicos
em contabilidade não está estagnado, também não há perspectiva de
desaparecimento dessa profissão.
      Zanini (2009) relata que os profissionais conhecidos como guarda-livros
tinham suas atividades restritas ao registro e acompanhamento de saldos,
assim como o papel de zeladores de assuntos fiscais das empresas. No
entanto, com a evolução da economia, as atividades dos contadores se
desenvolveram e, pensando no mercado atual, a informatização dos processos
deixou as tarefas dos contadores menos operacionais, possibilitando a
mudança na área de atuação desses profissionais que passaram a ter uma
função mais consultiva.
      Analisando os trabalhos de Coelho (1999) e Zanini (2009), podemos
identificar que em 10 anos houve uma importante evolução na contabilidade
em se tratando de trabalho operacional. Coelho (1999) afirma que o contador
exercia uma atividade totalmente operacional, tendo suas funções voltadas
apenas para escrituração de livros mercantis das empresas, já Zanini (2009)
relata que com o desenvolvimento tecnológico e pensando no mercado atual,
os contadores deixaram de fazer um trabalho operacional e passou a ter uma
função mais consultiva. Atualmente, com os programas gerenciais criados para
a área contábil, como Brasil Informática, Coltmatic, Prosoft entre outros,
colaboraram para essa mudança de paradigma.
      Lopes (2010) destaca que as principais diferenças entre o contador
tradicional, ou o antigo guarda-livros, e o contador atual, que é o contador
gestor, é que: o contador tradicional é aquele trabalhador burocrático,
preocupado exclusivamente com o atendimento ao fisco e com pouco (ou
22



menos) relacionamento com os gestores das empresas para as quais presta
serviço, é um profissional introspectivo, alheio às mudanças. Já o contador
gestor é classificado pelo autor como um profissional muito mais ativo, sempre
preocupado em transmitir informações precisas e eficazes a seus clientes e
sempre ajudando os gestores nas tomadas de decisão. Diante dessas
diferenças, constatamos que o autor defende a tese de que o contador deve se
atualizar para se manter firme no mercado de trabalho, pois de acordo com o
autor, o cumprimento das exigências fiscais atualmente é feito, em sua maioria,
por programas e softwares que facilitam muito esse serviço burocrático. Sendo
assim, o contador atual deve focar seus esforços em outro campo de trabalho,
que é o de auxiliar o crescimento da empresa, por meio de seus relatórios.
         De acordo com Filho (2010), poderíamos, então, chamar o quase
folclórico guarda-livros daqueles remotos tempos, de antecessor do atual
contabilista, ou do moderno contador? O velho funcionário do empório nada
mais fazia que anotar em partidas dobradas as operações do empresário, não
se preocupando com previsões, projeções, fluxos de caixa, ativos e passivos
circulantes. Seu chamado sucessor não mais tem a humilde tarefa de guardar
livros, mas sucedeu-lhe com o ingrato mister de guardar contas. Podemos
entender, com base nesse autor que com a evolução, os antigos contadores,
ou os chamados guarda-livros, tiveram que se modernizar para acompanhar a
tecnologia, pois os livros que antigamente eram preenchidos por eles a mão,
hoje foram substituídos por computadores.
         Pires, Ott e Damacena (2009) citam que o mercado de hoje ainda
procura por profissionais com características de guarda-livros, ou seja, aquele
que só elabora os relatórios cuida da parte tributária, porém não tem
participação gerencial, não influenciam na tomada de decisão dentro da
entidade que atuam. Analisando alguns dados de pesquisas realizadas na
região    de   Porto   Alegre,   a   procura   por   profissionais   que   possuem
conhecimentos em Contabilidade Societária, Legislação Societária e Tributária,
que são os chamados guarda-livros, ainda é predominante.
         Podemos dizer que há uma grande demanda por profissionais
qualificados nessas áreas simplesmente porque em Porto Alegre existe a ideia
de que o profissional contábil (o contador) ainda é visto como um profissional
23



técnico, por maiores que sejam suas qualificações. Ele é procurado para que
exerça funções que o caracterize como guarda-livros (meros processadores de
informações). Moraes (2005) mostra que, apesar de a contabilidade ser
extremamente importante para a tomada de decisões dentro de uma
organização, os contadores são os maiores responsáveis por passarem a visão
de guarda-livros às empresas por oferecerem, na maioria das vezes, apenas o
trabalho na parte fiscal, não evidenciando para a empresa a real importância do
profissional contábil e dos relatórios fornecidos por ele, para a tomada de
decisões da entidade.
      Frente a isso, podemos usaras experiências que adquirimos durante o
curso de Técnico Contábil como uma análise atual das funções e da formação
do profissional dessa área. Conseguimos concluir que ao longo do curso, como
foi citada acima, a função de guarda-livros apresenta sua importância e
especificidades e que ainda podemos encontrá-la em diversos lugares. Porém,
concluímos que, a partir de tudo que vivenciamos, observamos e aprendemos,
faz-se necessário uma formação profissional contábil mais aguçada, dedicada,
responsável e de acordo com as demandas do mercado de trabalho que exige
cada vez mais do profissional. Nosso curso visa a essa formação, não
deixando de lado, é claro, a formação e a importância da função de guarda-
livros, mas focando numa formação em que o profissional consiga fazer uma
relação entre todas as áreas que a contabilidade abrange, seja ela
Contabilidade   Fiscal,   Contabilidade   Pública,   Contabilidade   Gerencial,
Contabilidade Financeira, Contabilidade e Auditoria, Perícia Contábil, Análise
Econômica e Financeira de Projetos, Contabilidade Ambiental, Contabilidade
Atuarial, Contabilidade Social ou Contabilidade Agrobusiness.
      De acordo com Moura, Oliveira e Dias (2003), o profissional contábil
deverá mostrar que sua função não deixou de ser importante nos aspectos
econômicos e sociais, apesar da informática substituir o homem em alguns
aspectos, a capacidade para interpretar os números e tomar decisões continua
sendo requerida por uma pessoa com conhecimentos científicos, de ordem
superior, oferecendo modelos de comportamento de riqueza, o que será
requerido por um profissional competente e gabaritado, ou seja, o contador
gestor. Esse profissional contábil quando exerce suas funções consciente de
24



seus deveres e direitos de organização, compreende as maneiras econômico-
financeiras, políticas e sociais de uma determinada localidade e terá condições
de oferecer a seus clientes muitas oportunidades de melhorias, quer esses
clientes estejam dentro de uma instituição (empresa) privada ou pública ou
trabalhando como autônomo. Essas melhorias podem ser relacionadas de
acordo com as necessidades de cada cliente e o contador ou técnico contábil
pode contribuir dando orientações em certas situações, ajudar na lucratividade,
na capacidade de produção, entre outras.
      Para que isso ocorra, o profissional contábil pode explorar todos os seus
conhecimentos e experiências, criando estratégias, pensando de forma a
ajudar mesmo o seu cliente. É claro que isso ocorra dentro das exigências,
normas e regras estabelecidas, fazendo com que seu trabalho seja
reconhecido e valorizado. Suas ações devem visar à honestidade, à postura
ética, ao senso crítico, deve se sentir seguro em suas funções, prestando
assim seus serviços com clareza, coerência e consistência, pois as empresas
e/ou clientes visam cada vez mais garantir lugar no mercado e no futuro.
      Com base em Elizandra Maia Taveira, Luiz Emilio Santos Maciel (2003)
é possível concluir que, o novo milênio requisita profissional cada vez mais
gabaritado para competir no mercado de trabalho, sendo assim esse
profissional deve ter capacidades de inovar, criar, ter domínio da informática,
conhecer a fundo sua profissão, estar em constante aprendizado e busca de
aperfeiçoamentos profissionais, entre outras aptidões.
      De acordo com Zanluca (2009), a principal característica da profissão
contábil é o conhecimento aplicado. Ainda segundo o autor, a profissão
contábil, neste século, pode ser considerada a de um gestor de informações,
que significa ter um conhecimento amplo, se expressar de forma clara, ser
autodidata, compreendendo as normas internacionais de contabilidade,
legislação fiscal, comercial e correlatas. O autor coloca esses requisitos
visando à formação de contador e não de um técnico contábil, porém
acreditamos que independente do nível de formação, essas habilidades são
necessárias para o bom desenvolvimento de qualquer profissional dessa área.
      Conforme Cardozo, Souza e Almeida (2006), existe uma grande
importância e preocupação para que os educadores em contabilidade foquem
25



seus métodos de ensino no perfil profissional que o mercado busca hoje, que é
o de contador gerencial, para que os novos profissionais da área se adequem
às necessidades atuais e tenham sucesso na profissão. O autor foca no
profissional de contabilidade, não deixando em evidência se é técnico ou
graduado, e relata que, além das novas exigências do mercado e as mudanças
ocorridas dentro da área de atuação, os estudantes precisam receber
orientações e estímulos de seus educadores para que possam reconhecer o
valor da postura ética profissional, a necessidade de uma formação continuada
e atualizada em diversos aspectos sociais, econômicos, políticos.O estudante
precisa conhecer muito bem a sua área de atuação e todas as técnicas que
envolvem a sua profissão.


3.1.2 O profissional como guarda-livros e como gestor contábil


      O profissional guarda-livros dentro da contabilidade é aquele que exerce
a função de escriturar e conservar os livros de registros das empresas. Daí a
justificativa pelo nome recebido. Esse profissional é considerado um contador
tradicional, pois desenvolve o seu trabalho de forma burocrática, ou seja, não
tem contato com o público, se preocupa somente com o fisco, não está aberto
a mudanças e que no geral passa o dia em seu escritório.
      Na atualidade, esse profissional ainda existe e não podemos deixar de
ressaltar sua importância e, conforme já mencionamos, há quem procure por
esses profissionais que possuem conhecimentos em poucas áreas da
contabilidade como, por exemplo: a Contabilidade Societária, Contabilidade
Tributária e a Contabilidade Legislativa. O profissional guarda-livros é muito
confundido com o atual Técnico Contábil ou Auxiliar Contábil, porém como
sabemos, o profissional em contabilidade possui e deve buscar por amplas
funções e conhecimentos na sua área de atuação.
      Observando a opinião dos autores acima, podemos concluir que todos
têm uma visão em comum a respeito da profissão guarda-livros, de ser um
profissional que não requeria de nenhuma especialização e quase nenhum
conhecimento científico, exercia um trabalho mecanicista.
26



      Muitas mudanças ocorreram ao longo do tempo e a área das Ciências
Contábeis também evoluiu, transformou-se. Uma das mudanças foi a
passagem do até então guarda-livros (como era conhecido o contador
profissional de contabilidade) para contador gerencial ou contador gestor.
      O contador contemporâneo, podemos o chamar assim, precisou e
precisa se adaptar às novas exigências do mercado de trabalho. Mas afinal
qual a diferença entre guarda-livros e contador gestor? O contador gestor é o
oposto do guarda-livros, ele é ativo, preocupa-se em passar informações
eficazes e precisas, ajuda em situações de decisão, está aberto a mudanças,
além de exercer as funções burocráticas do guarda-livros.
      Esse profissional precisa estar atento às novas tendências, precisa
também ter ética profissional, ser organizado, aprimorar competências, dominar
muito bem suas funções e ser competitivo.
27



                        CONSIDERAÇÕES FINAIS



      Este trabalho apresenta uma pesquisa bibliográfica que teve como
objetivo refletir a respeito do perfil do Profissional Contábil na atualidade. A
metodologia adotada para seu desenvolvimento foi uma pesquisa bibliográfica.
      Pudemos identificar nesta pesquisa que o mercado de trabalho da
atualidade requer um profissional contábil com alta capacidade gerencial, pois
esse profissional participa ativamente das estratégias, planejamentos e da
organização em diversos setores. Além disso, percebemos que, também,
embora isso contrarie alguns autores, o perfil de guarda-livros também é
exigido atualmente.
      A relação entre as habilidades exigidas do profissional contábil é
avaliada pelo cargo hierárquico ocupado, quanto maior o nível, maior é a
exigência por habilidades gerenciais.
      A forma como essa profissão evoluiu nos últimos anos também foi
pesquisada. O mercado, além de exigir o perfil do profissional contábil como
um gestor em contabilidade, também exige, ainda, o perfil de guarda-livros.
Percebemos que esse perfil é requerido dos profissionais que se iniciam na
área contábil, ocupando cargos de níveis mais baixos, com menos autonomia,
mas que, para crescerem profissionalmente, precisam entender a contabilidade
como uma área estratégica para o próprio desenvolvimento das instituições.
Nesse sentido, o profissional contábil precisa ter esse duplo perfil, o de guarda-
livros e o de gestor para que possa ter plenas condições de demonstrar em seu
ambiente de trabalho que possui uma qualificação mais ampla e que,
consequentemente, possa assumir cargos com mais responsabilidades,
inclusive, com vistas à assessoria contábil.
      Isso mostra que o perfil do profissional de contabilidade com a
globalização tende a ser de um perfil inovador e criativo para atender às
demandas do mercado, devido aos grandes recursos tecnológicos e a intensa
competitividade em todos os setores de uma entidade.
      A partir de tudo que foi apresentado, podemos dizer que nosso trabalho
traz uma importante contribuição no sentido de demonstrar que o perfil do
28



profissional de contabilidade exigido atualmente pelo mercado de trabalho não
é apenas de um contador gestor mas também de um guarda-livros. Isso traz
uma reflexão importante para estudantes da área e, inclusive, para docentes
que lecionam nessa área, pois poderão refletir a respeito do profissional que
têm formado. Em relação aos estudantes, também é importante a leitura deste
trabalho no sentido de tornarem-se sujeitos de sua formação e investir em uma
formação afinada com as questões apresentadas nesta pesquisa.
      Nosso trabalho nos ajudou a perceber a importância do profissional de
contabilidade dentro da sociedade. Para as instituições de ensino, acreditamos
que este trabalho será importante no sentido de ajudar os educadores a terem
uma visão do que o mercado atual procura e, assim, formarem profissionais
com as habilidades exigidas. Para nós, futuros técnicos contábeis, este
trabalho foi de grande importância, pois notamos o quanto é necessário
estarmos sempre atualizados para que possamos ocupar, dentro de uma
entidade, cargos que exijam habilidades, competências, e responsabilidades.
29



                    REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS




CARDOZO, Jorge Luiz. SOUZA, Marcos Antonio de. ALMEIDA, Lauro Brito.
(2006). Perfil do contador na atualidade - um estudo exploratório – Disponível
em         http://ccfca1semestre.blogspot.com.br/2010/10/o-perfil-do-contador-na-
atualidade-um.html, acessado em 29.09.2011.
COELHO, Claudio Ulysses (1999). O técnico de contabilidade e o mercado de
trabalho                       –                Disponível                    em
http://www.senac.br/informativo/bts/263/boltec263d.htm,        acessado       em
19.04.2012.
EQUIPE PORTAL DE CONTABILIDADE (2009) - O perfil do profissional
contábil                       –                Disponível                    em
http://www.portaldecontabilidade.com.br/noticias/contador_gerencial.htm,
acessado em 23.03.2012.
LOPES, André Charone T.(2010). O guarda-Livros e o contador gestor –
Disponível                                                                    em
http://www.rhportal.com.br/artigos/wmview.php?idc_cad=t4knu3tbn,       acessado
em 23.03.2012.
MOURA, Iraildo José. OLIVEIRA; Teodomiro; DIAS, Geisa Maria(2003).Papel
do contador no mercado globalizado – disponível em http://www.google.com.br,
acessado em 19.04.2012.
MORAIS, Osvaldo. (2005). O contador e o administrador – Disponível em
http://infofarrp.blogspot.com.br/2005/10/o-contador-e-o-administrador.html,
acessado em 23.03.2012.
PORTAL DE CONTABILIDADE. O perfil do contabilista no século XXI.
Disponível                                                                    em
http://www.portaldecontabilidade.com.br/noticias/perfil_contador.htm, acessado
em 19.04.2012.
PIRES, Charlie Barbosa. OTT, Ernani. DAMASCENA, Claudio (2009). Guarda
livros      ou      parceiro       de   negócios?       –     Disponível      em
30



http://www.face.ufmg.br/revista/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view
/655
TAVEIRA, Elizandra Maia. MACIEL, Luiz Emílio (2003). O perfil do contador do
século   XXI   –   Disponível   em   http://www.google.com.br,    acessado    em
29.09.2011. acessado em 23.03.2012.
Análise de Dados – Disponível em http://www.administradores.com.br/informe-
se/artigos/analise-de-conteudo-uma-metodologia-para-analise-de-dados,
acessado em 04.05.2012.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornadosCarlamspc
 
Ciências naturais 7 estrutura interna da terra
Ciências naturais 7   estrutura interna da terraCiências naturais 7   estrutura interna da terra
Ciências naturais 7 estrutura interna da terraNuno Correia
 
A Revolução Russa (1917)
A Revolução Russa (1917)A Revolução Russa (1917)
A Revolução Russa (1917)Isaquel Silva
 
Ditadura militar ( 1964 1985 )trabalho
Ditadura militar ( 1964   1985 )trabalhoDitadura militar ( 1964   1985 )trabalho
Ditadura militar ( 1964 1985 )trabalhoNilmaguimaraes
 
A importância da atmosfera
A importância da atmosferaA importância da atmosfera
A importância da atmosferaGeografias Geo
 
Ciências naturais 7 deformação
Ciências naturais 7   deformaçãoCiências naturais 7   deformação
Ciências naturais 7 deformaçãoNuno Correia
 
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoA grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoRodolpho Martins
 
O ciclo das rochas
O ciclo das rochasO ciclo das rochas
O ciclo das rochasCatir
 
Recursos Minerais - Natureza, extração, importância, usos e implicações ambie...
Recursos Minerais - Natureza, extração, importância, usos e implicações ambie...Recursos Minerais - Natureza, extração, importância, usos e implicações ambie...
Recursos Minerais - Natureza, extração, importância, usos e implicações ambie...Instituto de Pesquisas Ambientais
 
Sensoriamento Remoto - Introdução Teórica
Sensoriamento Remoto - Introdução TeóricaSensoriamento Remoto - Introdução Teórica
Sensoriamento Remoto - Introdução TeóricaVitor Vieira Vasconcelos
 
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870Isabel Aguiar
 
O sistema solar
O sistema solarO sistema solar
O sistema solarlabneusa
 
III - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACASIII - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACASsandranascimento
 

Mais procurados (20)

II - FATORES ABIÓTICOS I
II - FATORES ABIÓTICOS III - FATORES ABIÓTICOS I
II - FATORES ABIÓTICOS I
 
Furacões e tornados
Furacões e tornadosFuracões e tornados
Furacões e tornados
 
Colonizacao portuguesa
Colonizacao portuguesaColonizacao portuguesa
Colonizacao portuguesa
 
Brasil revoltas nativistas
Brasil revoltas nativistasBrasil revoltas nativistas
Brasil revoltas nativistas
 
Ciências naturais 7 estrutura interna da terra
Ciências naturais 7   estrutura interna da terraCiências naturais 7   estrutura interna da terra
Ciências naturais 7 estrutura interna da terra
 
Rochas metamórficas viii
Rochas metamórficas  viiiRochas metamórficas  viii
Rochas metamórficas viii
 
Revoluções Inglesas
Revoluções InglesasRevoluções Inglesas
Revoluções Inglesas
 
A Revolução Russa (1917)
A Revolução Russa (1917)A Revolução Russa (1917)
A Revolução Russa (1917)
 
Ditadura militar ( 1964 1985 )trabalho
Ditadura militar ( 1964   1985 )trabalhoDitadura militar ( 1964   1985 )trabalho
Ditadura militar ( 1964 1985 )trabalho
 
A importância da atmosfera
A importância da atmosferaA importância da atmosfera
A importância da atmosfera
 
Ciências naturais 7 deformação
Ciências naturais 7   deformaçãoCiências naturais 7   deformação
Ciências naturais 7 deformação
 
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismoA grande depressão, o fascismo e o nazismo
A grande depressão, o fascismo e o nazismo
 
Stalinismo
StalinismoStalinismo
Stalinismo
 
O ciclo das rochas
O ciclo das rochasO ciclo das rochas
O ciclo das rochas
 
Recursos Minerais - Natureza, extração, importância, usos e implicações ambie...
Recursos Minerais - Natureza, extração, importância, usos e implicações ambie...Recursos Minerais - Natureza, extração, importância, usos e implicações ambie...
Recursos Minerais - Natureza, extração, importância, usos e implicações ambie...
 
Sensoriamento Remoto - Introdução Teórica
Sensoriamento Remoto - Introdução TeóricaSensoriamento Remoto - Introdução Teórica
Sensoriamento Remoto - Introdução Teórica
 
7 vulcanologia
7   vulcanologia7   vulcanologia
7 vulcanologia
 
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
GUERRA DO PARAGUAI 1864-1870
 
O sistema solar
O sistema solarO sistema solar
O sistema solar
 
III - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACASIII - TECTÓNICA DE PLACAS
III - TECTÓNICA DE PLACAS
 

Destaque

Contabilidade, Uma profissão Empolgante
Contabilidade, Uma profissão EmpolganteContabilidade, Uma profissão Empolgante
Contabilidade, Uma profissão EmpolganteContábeis 2011
 
O papel do contador no novo milênio
O papel do contador no novo milênioO papel do contador no novo milênio
O papel do contador no novo milênioSomat Contadores
 
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXI
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXIA Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXI
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXIContábeis 2011
 
Contabilidade, uma profissão empolgante
Contabilidade, uma profissão empolganteContabilidade, uma profissão empolgante
Contabilidade, uma profissão empolganteraffaedavila
 
CONTABILIDADE - NOVAS TENDÊNCIAS
CONTABILIDADE - NOVAS TENDÊNCIASCONTABILIDADE - NOVAS TENDÊNCIAS
CONTABILIDADE - NOVAS TENDÊNCIASCássio Lima
 
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolhaPalestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolhaCRC-TO
 
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...Roberto Dias Duarte
 
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosPalestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosRoberto Dias Duarte
 
O perfil do gestor do século xxi
O perfil do gestor do século xxiO perfil do gestor do século xxi
O perfil do gestor do século xxiMoruska
 
Monografia "A formação do professor contador, uma análise dialética e epistem...
Monografia "A formação do professor contador, uma análise dialética e epistem...Monografia "A formação do professor contador, uma análise dialética e epistem...
Monografia "A formação do professor contador, uma análise dialética e epistem...Leonardo Poth
 
Comportamento e liderança
Comportamento e liderançaComportamento e liderança
Comportamento e liderançaCristina Ungaro
 
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da ContabilidadeGestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da ContabilidadeCRC-TO
 
Palestra estratégia empresarial
Palestra estratégia empresarialPalestra estratégia empresarial
Palestra estratégia empresarialCarlos Rocha
 
Apostila Empreendedorismo - Prof. Ivan Jacomassi Junior
Apostila Empreendedorismo - Prof. Ivan Jacomassi JuniorApostila Empreendedorismo - Prof. Ivan Jacomassi Junior
Apostila Empreendedorismo - Prof. Ivan Jacomassi Juniorivanjacomassi
 
Pep Simplificado
Pep SimplificadoPep Simplificado
Pep Simplificadoguest691fd8
 
2015.1 apostila de desenvolvimento gerencial
2015.1   apostila de desenvolvimento gerencial2015.1   apostila de desenvolvimento gerencial
2015.1 apostila de desenvolvimento gerencialMarcelo Fonseca
 
Vencendo a crise
Vencendo a criseVencendo a crise
Vencendo a crisemarclick
 
1.2 estrategia empresarial material inicial
1.2 estrategia empresarial material inicial1.2 estrategia empresarial material inicial
1.2 estrategia empresarial material inicialseunoura
 

Destaque (20)

Contabilidade, Uma profissão Empolgante
Contabilidade, Uma profissão EmpolganteContabilidade, Uma profissão Empolgante
Contabilidade, Uma profissão Empolgante
 
O papel do contador no novo milênio
O papel do contador no novo milênioO papel do contador no novo milênio
O papel do contador no novo milênio
 
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXI
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXIA Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXI
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXI
 
Contabilidade, uma profissão empolgante
Contabilidade, uma profissão empolganteContabilidade, uma profissão empolgante
Contabilidade, uma profissão empolgante
 
CONTABILIDADE - NOVAS TENDÊNCIAS
CONTABILIDADE - NOVAS TENDÊNCIASCONTABILIDADE - NOVAS TENDÊNCIAS
CONTABILIDADE - NOVAS TENDÊNCIAS
 
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolhaPalestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
Palestra Magna: Contabilidade: Uma excelente escolha
 
Profissão contábil
Profissão contábil Profissão contábil
Profissão contábil
 
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
A SPED na Visão da Receita Federal, apresentada por Daniel Belmiro em 10 de a...
 
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de SupermercadosPalestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
Palestra sobre SPED para AMIS - Associação Mineira de Supermercados
 
O perfil do gestor do século xxi
O perfil do gestor do século xxiO perfil do gestor do século xxi
O perfil do gestor do século xxi
 
Monografia "A formação do professor contador, uma análise dialética e epistem...
Monografia "A formação do professor contador, uma análise dialética e epistem...Monografia "A formação do professor contador, uma análise dialética e epistem...
Monografia "A formação do professor contador, uma análise dialética e epistem...
 
Contabilidade Gerencial Estrategica
Contabilidade Gerencial EstrategicaContabilidade Gerencial Estrategica
Contabilidade Gerencial Estrategica
 
Comportamento e liderança
Comportamento e liderançaComportamento e liderança
Comportamento e liderança
 
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da ContabilidadeGestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
Gestão de Riscos para os Profissionais da Contabilidade
 
Palestra estratégia empresarial
Palestra estratégia empresarialPalestra estratégia empresarial
Palestra estratégia empresarial
 
Apostila Empreendedorismo - Prof. Ivan Jacomassi Junior
Apostila Empreendedorismo - Prof. Ivan Jacomassi JuniorApostila Empreendedorismo - Prof. Ivan Jacomassi Junior
Apostila Empreendedorismo - Prof. Ivan Jacomassi Junior
 
Pep Simplificado
Pep SimplificadoPep Simplificado
Pep Simplificado
 
2015.1 apostila de desenvolvimento gerencial
2015.1   apostila de desenvolvimento gerencial2015.1   apostila de desenvolvimento gerencial
2015.1 apostila de desenvolvimento gerencial
 
Vencendo a crise
Vencendo a criseVencendo a crise
Vencendo a crise
 
1.2 estrategia empresarial material inicial
1.2 estrategia empresarial material inicial1.2 estrategia empresarial material inicial
1.2 estrategia empresarial material inicial
 

Semelhante a O perfil do contador brasileiro no século xxi

Auxiliar de Contabilidade - Apostila 2
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 2Auxiliar de Contabilidade - Apostila 2
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 2eadrede
 
Importância do teorema fundamental do cálculo na contabilidade
Importância do teorema fundamental do cálculo na contabilidadeImportância do teorema fundamental do cálculo na contabilidade
Importância do teorema fundamental do cálculo na contabilidadeUniversidade Federal Fluminense
 
A evolução tecnológica da contabilidade e o sped sistema público de escritu...
A evolução tecnológica da contabilidade e o sped   sistema público de escritu...A evolução tecnológica da contabilidade e o sped   sistema público de escritu...
A evolução tecnológica da contabilidade e o sped sistema público de escritu...Marcelo Chaves de Jesus
 
TCC - Análise Financeira do Banco Panamericano - contabilidade - 2012
TCC - Análise Financeira do Banco Panamericano -  contabilidade - 2012TCC - Análise Financeira do Banco Panamericano -  contabilidade - 2012
TCC - Análise Financeira do Banco Panamericano - contabilidade - 2012Paulo R. Gama e Silva
 
Assistadministrativo2 sitev110.06.15
Assistadministrativo2 sitev110.06.15Assistadministrativo2 sitev110.06.15
Assistadministrativo2 sitev110.06.15Walter Nascimento
 
Assistente Administrativo - Apostila 2
Assistente Administrativo - Apostila 2 Assistente Administrativo - Apostila 2
Assistente Administrativo - Apostila 2 eadrede
 
Manual de técnicas e práticas de gestão de ética profissional
Manual de técnicas e práticas de gestão de ética profissionalManual de técnicas e práticas de gestão de ética profissional
Manual de técnicas e práticas de gestão de ética profissionalberbone
 
Apostila de Logística 1
Apostila de Logística 1 Apostila de Logística 1
Apostila de Logística 1 Miguel Salgado
 
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 1
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 1 Auxiliar de Contabilidade - Apostila 1
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 1 eadrede
 
Administração plano de curso técnico
Administração plano de curso técnicoAdministração plano de curso técnico
Administração plano de curso técnicoRodrigoSouza435644
 
Contabilidade final revisado,contabilidade geral
Contabilidade final revisado,contabilidade geralContabilidade final revisado,contabilidade geral
Contabilidade final revisado,contabilidade geralSamyra Dantas
 
Contabilidade final revisado
Contabilidade final revisadoContabilidade final revisado
Contabilidade final revisadolopesuan2012
 
DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR_ estudo crítico da formação profissional para o m...
DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR_ estudo crítico da formação profissional para o m...DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR_ estudo crítico da formação profissional para o m...
DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR_ estudo crítico da formação profissional para o m...Bruna Helena Souza Teixeira de Barros
 
Contabilidade gerencial 2008.2
Contabilidade gerencial 2008.2Contabilidade gerencial 2008.2
Contabilidade gerencial 2008.2zeramento contabil
 

Semelhante a O perfil do contador brasileiro no século xxi (20)

Auxiliar de Contabilidade - Apostila 2
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 2Auxiliar de Contabilidade - Apostila 2
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 2
 
Importância do teorema fundamental do cálculo na contabilidade
Importância do teorema fundamental do cálculo na contabilidadeImportância do teorema fundamental do cálculo na contabilidade
Importância do teorema fundamental do cálculo na contabilidade
 
A evolução tecnológica da contabilidade e o sped sistema público de escritu...
A evolução tecnológica da contabilidade e o sped   sistema público de escritu...A evolução tecnológica da contabilidade e o sped   sistema público de escritu...
A evolução tecnológica da contabilidade e o sped sistema público de escritu...
 
TCC - Análise Financeira do Banco Panamericano - contabilidade - 2012
TCC - Análise Financeira do Banco Panamericano -  contabilidade - 2012TCC - Análise Financeira do Banco Panamericano -  contabilidade - 2012
TCC - Análise Financeira do Banco Panamericano - contabilidade - 2012
 
Contabilidade primavera-software
Contabilidade primavera-softwareContabilidade primavera-software
Contabilidade primavera-software
 
Plano de curso operador de caixa
Plano de curso   operador de caixaPlano de curso   operador de caixa
Plano de curso operador de caixa
 
Auxiliar administrativo
Auxiliar administrativoAuxiliar administrativo
Auxiliar administrativo
 
Assistadministrativo2 sitev110.06.15
Assistadministrativo2 sitev110.06.15Assistadministrativo2 sitev110.06.15
Assistadministrativo2 sitev110.06.15
 
Assistente Administrativo - Apostila 2
Assistente Administrativo - Apostila 2 Assistente Administrativo - Apostila 2
Assistente Administrativo - Apostila 2
 
Manual de técnicas e práticas de gestão de ética profissional
Manual de técnicas e práticas de gestão de ética profissionalManual de técnicas e práticas de gestão de ética profissional
Manual de técnicas e práticas de gestão de ética profissional
 
Apostila de Logística 1
Apostila de Logística 1 Apostila de Logística 1
Apostila de Logística 1
 
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 1
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 1 Auxiliar de Contabilidade - Apostila 1
Auxiliar de Contabilidade - Apostila 1
 
Livro controladoria
Livro controladoriaLivro controladoria
Livro controladoria
 
Administração plano de curso técnico
Administração plano de curso técnicoAdministração plano de curso técnico
Administração plano de curso técnico
 
Bella Modas - TCM
Bella Modas - TCMBella Modas - TCM
Bella Modas - TCM
 
Contabilidade gerencial
Contabilidade gerencialContabilidade gerencial
Contabilidade gerencial
 
Contabilidade final revisado,contabilidade geral
Contabilidade final revisado,contabilidade geralContabilidade final revisado,contabilidade geral
Contabilidade final revisado,contabilidade geral
 
Contabilidade final revisado
Contabilidade final revisadoContabilidade final revisado
Contabilidade final revisado
 
DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR_ estudo crítico da formação profissional para o m...
DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR_ estudo crítico da formação profissional para o m...DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR_ estudo crítico da formação profissional para o m...
DOCÊNCIA NO ENSINO SUPERIOR_ estudo crítico da formação profissional para o m...
 
Contabilidade gerencial 2008.2
Contabilidade gerencial 2008.2Contabilidade gerencial 2008.2
Contabilidade gerencial 2008.2
 

Último

Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 

O perfil do contador brasileiro no século xxi

  • 1. CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DRA. MARIA AUGUSTA SARAIVA Lucas Henrique da Silva Corazza Lucimeire Moraes Marina Menezes Garcia Ronaldo Silva de Souza Vagner Lopes O perfil do contador brasileiro no século XXI Trabalho de Conclusão de Curso SÃO PAULO 2012
  • 2. CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ESCOLA TÉCNICA ESTADUAL DRA. MARIA AUGUSTA SARAIVA Lucas Henrique da Silva Corazza Lucimeire Moraes Marina Menezes Garcia Ronaldo Silva de Souza Vagner Lopes Perfil do contador brasileiro no século XXI Trabalho de Conclusão de Curso Trabalho de conclusão de curso apresentado à Escola Técnica Estadual Doutora Maria Augusta Saraiva – mantida pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, como parte dos pré-requisitos para a obtenção do Certificado de Técnico em Contabilidade, sob a orientação do Professor Me. Renato Antônio de Souza. SÃO PAULO 2012
  • 3. Ficha Catalográfica CORAZZA, Lucas Henrique da Silva; MORAES, Lucimeire; GARCIA, Marina Menezes; SOUZA, Ronaldo Silva; LOPES, Vagner. O perfil do contador brasileiro no século XXI. São Paulo: 2012 Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) – Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Sousa – Escola Técnica Estadual Doutora Maria Augusta Saraiva Orientador: Me. Renato Antônio de Souza Área de concentração: Contabilidade 1-Perfil do contador2- guarda-livros 3- habilidades gerenciais
  • 4. Banca examinadora: __________________________________________ Orientador: Prof. Me. Renato Antonio de Souza _______________________________________ __________________________________________
  • 5. Dedicatória Dedicamos este trabalho primeiramente a Deus, aos nossos amigos e familiares, pela compreensão de nossa ausência no cotidiano e pela paciência que tiveram até aqui. A todos os nossos professores que contribuíram de forma direta e indireta na elaboração deste trabalho. Ao nosso orientador Renato Antônio de Souza pelo incentivo, dedicação e paciência em nos orientar para que o nosso projeto de Trabalho Conclusivo de Curso chegasse ao resultado final.
  • 6. RESUMO O Presente trabalho tem por objetivo refletir sobre o perfil do profissional contábil na atualidade, descrevendo sua evolução profissional no mercado de trabalho frente às mudanças sociais, econômicas e tecnológicas que ocorreram. A Fundamentação teórica adotada neste trabalho foi sobre o perfil do contador nos anos 90, segundo Siegel e Kuleska (1996) Johson e Kaplan (1996), Zarowin (1997), Franco (1999), Poter (1999) e Gil (1999), sobre o perfil do contador nos anos 2000, segundo Albrecht e Sack (2000), Cosenza (2001), Kopec (2002), Brussolo (2002), Mohamed e Lashine (2003), Andrade (2003) e sobre o perfil do contador nos anos 2010, segundo Cardoso, Souza e Almeida (2010). A metodologia de pesquisa adotada para a realização deste trabalho foi o método da pesquisa bibliográfica, segundo Nascimento (2012), sobre os instrumentos de coletas de dados que foram necessários para esta pesquisa e quais os procedimentos usados para a análise dos dados e seu objetivo segundo Vergara (2005). Como resultados de pesquisa, pudemos observar três resultados: primeiro: o perfil de guarda-livros, como era conhecido o profissional contábil antigamente, ainda é exigido por muitas empresas e instituições; o segundo: o profissional contábil atual precisa possuir habilidades gerenciais (ser contador gerencial/gestor), ter informações eficazes e precisas, ajudando assim seus clientes nas tomadas de decisões e o terceiro resultado: além dessas habilidades, o atual perfil do profissional contábil exige conhecimentos sobre a tecnologia que o fará aumentar ainda mais seus conhecimentos e competências. Contudo, podemos observar que hoje em dia, tanto o perfil guarda-livros como o perfil de contador gerencial são exigidos pelo mercado, por isso o atual profissional contábil precisa ter esse duplo perfil para que possa adquirir condições e demonstrar que possui qualificação ampla para desempenhar um bom trabalho e porque não assumir cargos com mais responsabilidade. Palavras-chaves: Perfil do contador, guarda-livros, habilidades gerenciais.
  • 7. ABSTRACT The present work aims to reflect on profile of the professional accounting today, describing their careers in the labor market against the social, economic and technological changes that occurred. A Theoretical framework adopted in this study was on profile of the counter in 90, according to Siegel and Kuleska (1996), Johnson and Kaplan (1996), Zarowin (1997), Franco (1999), Porter (1999) and Gil ( 1999), on profile of the accountant in 2000, according to Albrecht and Sack (2000), Cosenza (2001), Kopec (2002), Brussolo (2002), Mohamed Lashine (2003), Andrade (2003) and the profile of the counter in 2010, according to Cardoso, Almeida and Souza (2010). The research methodology adopted for this work was the method of bibliographic research, according to Nascimento (2012), on the instruments for data collection that were required for this research and the procedures used for data analysis and its aims, according to Vergara (2005). As results, we observed three aspects: first: the profile of bookkeepers as accounting professionals was known previously is still required by many companies and institutions; second: the current accounting professional must possess management skills (management accountant), to have effective and accurate information thereby helping its customers in decision making, and the third: in addition to these results, the current skills profile of the professional accounting requires knowledge about the technology that will further enhance their knowledge and skills. Yet we can see that today both the profile bookkeeper as profile management accountant is required by the market, so the current accounting professional need to have this dual profile so you can purchase conditions and demonstrate the skills to perform a wide good job and why not take positions with more responsibility. Keywords: Accountant Profile, Professional Accounting, management skills
  • 8. 8 SUMÁRIO INTRODUÇÃO.............................................................................................................09 CAPÍTULO I – FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA...........................................................11 1.1. O perfil do contador nos anos 90...........................................................................11 1.2. O perfil do contador nos anos 2000......................................................................13 1.3. O perfil do contador nos anos 2010.....................................................................14 CAPÍTULO II – METODOLOGIA DE PESQUISA........................................................16 2.1. Contexto de pesquisa ...........................................................................................16 2.2. Instrumento de coleta de dados ...........................................................................16 2.3. Procedimentos de análise de dados ....................................................................17 CAPÍTULO III – APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS..................18 3.1. Identificando o perfil do contador como guarda livros e com habilidades gerenciais...............................................................................................................18 3.1.1. Resumo dos artigos pesquisados e publicados................................................ 19 3.1.2 O Profissional como guarda-livros e o gestor contábil........................................25 CONSIDERAÇÕES FINAIS.........................................................................................27 REFERÊCIAS BIBLIOGRÁFICAS..............................................................................29 LISTA DE QUADROS Quadro 01-Profissionais e ativos nos Conselhos Regionais........................................20
  • 9. 9 INTRODUÇÃO Este trabalho visa a refletir a respeito do perfil do profissional na área contábil na atualidade. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica elaborada com a intenção de distinguir se o mercado de trabalho busca aquele profissional responsável por elaborar balancetes, balanços, cálculos, certificados, demonstrações, levantamentos, livros escriturados, planilhas, entre outros recursos técnicos semelhantes, ou se busca por gestores que, além de elaborar tais tarefas, ainda sejam habilitados a analisar e auxiliar nas tomadas de decisões importantes para a empresa. Hoje além de cumprir as obrigações fiscais e determinações legais, a Contabilidade é reconhecida como a principal ferramenta para transformação de fatos do dia a dia das empresas em informações que auxiliam os gestores nas tomadas de decisões para o desenvolvimento das entidades. Com o desenvolvimento das áreas tecnológicas, como informática, a logística e os recursos humanos, a contabilidade teve um avanço fundamental para repassar com maior clareza e rapidez as informações necessárias para tomada de decisões. Todos os procedimentos contábeis citados no parágrafo acima são de estrema importância para o contador, mas o profissional não deve se ater somente a eles, deve buscar se aperfeiçoar em programas de Educação Continuada, o que destacará seu currículo dos outros, tendo em vista que o Brasil, sendo um país em ascensão, está atraindo cada vez mais investidores estrangeiros. Atualmente, tanto a profissão contábil quanto a do gestor em muito se assemelham. Apesar de serem parecidas, existem duas características que a diferem. O gestor é responsável diretamente pela área financeira e o contador é um parceiro desse gestor, pois além de entender as questões contábeis, também colabora com informações analíticas que contribuem para a tomada de decisões.
  • 10. 10 A partir do que foi exposto, elaboramos uma questão de pesquisa que norteará o desenvolvimento deste trabalho: Qual é o perfil do profissional de contabilidade na atualidade? Tendo em vista que estamos concluindo o Curso Técnico em Contabilidade, oferecido pela Escola Técnica Estadual Doutora Maria Augusta Saraiva, mantida pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza, este trabalho justifica-se pelo fato de ser pré-requisito para a conclusão desse curso. Além disso, justifica-se também para esclarecermos as dúvidas em torno da questão anteriormente citada, questão esta que será respondida no desenvolvimento deste trabalho. Esperamos, assim, trazer algumas contribuições com a realização desta pesquisa. Em primeiro lugar, aos estudantes da área por apontar uma diretriz para a formação do profissional de contabilidade. Em segundo lugar, para as instituições de ensino, pois esta pesquisa poderá trazer reflexões acerca da formação de profissionais de contabilidade que atendam às novas demandas. Nosso trabalho apresenta a seguinte organização: No Capítulo I, apresentaremos a Fundamentação Teórica, em que apresentaremos as diversas opiniões de estudiosos a respeito do perfil do profissional de contabilidade. No Capítulo II, apresentaremos o método de pesquisa e quais instrumentos foram utilizados para coleta de dados da pesquisa em questão. No Capítulo III, apresentaremos e discutiremos os resultados obtidos nesta pesquisa. Por fim, apresentaremos as Considerações Finais e as Referências Bibliográficas.
  • 11. 11 CAPÍTULO 1 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA Ao longo das últimas três décadas, tivemos algumas mudanças nos setores econômicos e sociais. Em razão disso, a contabilidade sofreu mutações para se adaptar a nova situação. De acordo com Lopes Sá (2011), dentre as alterações no panorama da vida humana, que resultavam e determinavam mudanças na contabilidade e, por consequência, no contador, estão as seguintes:  Avanços da informática  Facilidade extrema da comunicação  Relevância dos aspectos sociais  Avanços da tecnologia, etc. Essas mudanças fizeram a contabilidade progredir no sentido de que se tornasse mais abrangente. Nesse sentido, o contador tem se intelectualizado cada vez mais. As empresas, hoje, exigem profissionais que sejam verdadeiros cientistas do patrimônio, que tenham capacidade de entender os números e determinar os rumos que a instituição deve seguir LOPES SÁ (2011). “O perfil do contador moderno é o de um homem de valor que precisa acumular conhecimentos.” Lopes Sá (2011. P. 01). Falaremos, agora, um pouco sobre essas mutações, observando o ponto de vista de alguns estudiosos de cada época. 1.1. O perfil do contador nos anos 90 De acordo com Iudícibus (1993), o desenvolvimento das áreas tecnológicas como a informática, a logística, os recursos-humanos, entre outras, fornecem meio para que a contabilidade utilize técnicas e relatórios para atender as necessidades administrativas.
  • 12. 12 Siegel e Kuleska (1996) ressaltam a importância das habilidades de comunicação e interpessoais, originando um bom entendimento de todas as fases do negócio e uma visão sistemática, junto com um ambiente de trabalho no qual os profissionais se tornem multifuncionais, contribuindo com a perspectiva financeira, com a compreensão e as explicações dos aspectos das atividades de marketing, engenharia e produção na situação econômico- financeira da organização. Já Johnson e Kaplan (1996) acreditam que a contabilidade era irrelevante, da maneira como era feita, pois ela não fornecia informações adequadas aos gestores e, ainda, impedia que esses gestores enxergassem os problemas que atrapalhavam o sucesso das empresas. Ao abordar o perfil dos contadores, Zarowin (1997) assinala que é necessário que os contadores assumam um novo papel, atuando efetivamente como um agente de mudanças, para atender as necessidades informacionais, desenvolvendo habilidade de um facilitador em todos os departamentos da organização, e ser preditivo, utilizando as informações de ontem como guia de amanhã, deixando de se concentrar no que já passou para começar a olhar o futuro. Entretanto, Zarowin (1997) destaca que, para que o profissional possa colocar em prática toda a ideia de ser um agente de mudança e um facilitador, é necessário que as atividades operacionais sejam retiradas de suas responsabilidades e transferidas para um sistema de informações. Siegel, Kulesza e Sorensen (1997), realizaram uma pesquisa com 800 contadores públicos e outros profissionais da área, solicitando que eles nomeassem por ordem e importância as atividades que eles acreditavam que seus empregadores poderiam valorizar no futuro. Houve algumas variedades de tarefas nas quais muitas eram inexistentes há alguns anos, que envolviam: a) determinação da lucratividade do cliente e do produto; b) melhoria de processos; c) avaliação de desempenho; d) planejamento estratégico de longo prazo; e) sistemas de computação e operações, entre outras. De acordo com Franco (1999), ao avaliar o efeito da globalização, constatou-se que as empresas tornaram-se mais competitivas e, em consequência disso, elas viram-se obrigadas a adquirir um maior controle
  • 13. 13 sobre suas finanças. Sendo assim, o papel do contador tornou-se mais relevante. Segundo Poter (1999), com os avanços tecnológicos, as empresas desempenham suas atividades e têm a possibilidade de captar novas informações que surgem ou que ainda não existiam para a melhora de tomadas de decisões. Já Gil (1999) acredita que toda essa evolução competitiva da área contábil não é só um instrumento que tem o papel de cumprir as obrigações fiscais e determinações legais e sim um componente importante dentro de uma empresa que contribui com administração e decisões estratégicas. Franco (1999, p. 82), menciona que além dos conhecimentos essenciais, o “contador atual deve desenvolver habilidades ligadas à comunicação, as relações humanas e à administração, criando um balanço entre formação teórica e experiência prática”. 1.2. O perfil do Contador nos anos 2000 Já Albrecht e Sack (2000), em uma pesquisa com profissionais e educadores da área contábil, identificaram a necessidade de ter um conhecimento mais amplo do que foram relacionados à contabilidade tributária e fiscal, quando perguntaram quais as atividades os graduados em contabilidade estariam realizando no futuro. Foram indicados os serviços que teriam uma certa demanda, que são: 1) análise financeira; 2) Planejamento Financeiro; 3) elaboração de demonstrações contábeis; 4) consultoria estratégica; e 5) consultoria de sistemas. Já os educadores acreditavam que os serviços de auditoria seriam os mais demandados. Por outro lado, os autores acreditavam que manteriam a demanda por atividades relacionadas à auditoria interna tradicional, contabilidade, finanças coorporativas, contabilidade tributária e serviços de auditoria e que novas oportunidades de trabalho surgiriam. Cosenza (2001) afirma que os contadores que ficarem presos ao passado e não se atentarem aos avanços da tecnologia teriam seus dias contados. Conforme o autor, aqueles profissionais que só se preocuparem com as
  • 14. 14 partidas dobradas, ou seja, que para todo débito, existe um crédito, e não perceberem que a contabilidade exige muito mais que isso, não sobreviverão ao mercado. Ainda a respeito da tecnologia, Kopec (2002) enfatiza que o uso dos sistemas informatizados ajudaria na agilidade da emissão de relatórios contábeis, nos processos de fechamentos (emissão de balanços e balancetes, por exemplo), garantiria a integridade das informações e daria mais acesso aos usuários dos serviços contábeis. Por outro lado, Brussolo (2002), por meio de análises, afirma que a relação entre as habilidades exigidas ao profissional contábil é avaliada pelo cargo hierárquico ocupado, quanto maior o nível, maior é a exigência por habilidades gerenciais. Mohamed e Lashine (2003) também concordam que a forma de atuação dos contadores tem sofrido alterações nos últimos anos em virtude da globalização e as inovações em tecnologia de informações. Hoje cada vez mais o profissional contábil está adquirindo novas habilidades e conhecimentos em novas áreas. Andrade (2003), ao analisar as características do ambiente administrativo moderno, caracterizado pela globalização e pelo alto desenvolvimento tecnológico, observa que se faz necessária uma maior agilidade da apresentação de informações no processo de tomadas de decisões. 1.3. O Perfil do Contador nos anos 2010 Hoje é impossível imaginar uma instituição sem um profissional de contabilidade, pois as estratégias e planejamento envolvem toda a organização em seus diversos setores. De acordo com Cardoso, Souza e Almeida (2010), com a globalização, empresas e demais agentes econômicos indicam que o perfil do profissional contábil da atualidade deverá ser mais inovador e criativo para atender às demandas empresariais, devido aos grandes recursos tecnológicos e a intensa
  • 15. 15 competitividade em todos os setores de uma empresa. Com isso, o profissional contábil tende a ser mais competitivo para se manter no mercado de trabalho. Ainda a respeito disso, Cardoso, Almeida e Souza (2010) acreditam que a contabilidade passou a ser questionada sobre a validade e utilidade das informações, pois a maneira como essas informações eram transmitidas eram de pouca valia frente às necessidades dos gestores organizacionais. Por esse motivo, foram criadas novas práticas para desenvolver a contabilidade e recolocá-la como efetiva fonte geradora e divulgadora de informações essenciais em um eficaz processo de gestão. Com esse estudo, Cardoso, Souza e Almeida (2010), tinham por objetivo investigar qual o perfil dos contadores na atualidade, baseadas nas transformações ambientais a que as empresas estão submetidas e as novas exigências que, também, se impõe aos profissionais contábeis. Nesse novo ambiente identificado nas pesquisas, segundo os autores citados acima, os contadores, para contribuírem efetivamente no processo de geração de informações de valor às organizações, devem incorporar novas habilidades pessoais, adotando uma postura mais empreendedora. Por fim, esses autores concluíram que, para que os novos contadores sejam inseridos nesse novo ambiente, os educadores em contabilidade devem desenvolver um novo currículo, visando melhor preparar os estudantes, enfatizando a necessidade de o ensino contábil direcionar seu foco para as novas habilidades de relacionamentos interpessoais e tecnológicos requeridos pelo mundo dos negócios.
  • 16. 16 CAPÍTULO 2 METODOLOGIA DE PESQUISA Este capítulo visa a dispor os métodos utilizados para a elaboração da presente pesquisa, cujo objetivo é refletir a respeito do perfil do profissional na área contábil atualmente. 2.1 Contexto de Pesquisa Tendo em vista que utilizamos como alicerces trabalhos acadêmicos concluídos e publicados, este trabalho caracteriza-se pelo método da pesquisa bibliográfica. Conforme Nascimento (2012), é por meio da pesquisa bibliográfica que encontramos meios para explicar e discutir, com base nas informações teóricas publicadas em livros e revistas especializadas, o assunto, o problema ou a dificuldade que precisamos aprender, resolver ou eliminar. É por meio dela, também, que o autor-aluno desenvolve uma prática importante, que contribui para o aumento de seu próprio conhecimento. 2.2 Instrumentos de coleta de dados Para coletar os dados presentes nesta pesquisa, foram realizadas buscas nos sites abaixo citados, por meio de palavras-chave como Perfil do Contador e Contador X Gestor. www.google.com.br www.periodicos.capes.gov.br www.contadorperito.com www.sescon.org.br
  • 17. 17 Os sites acima foram escolhidos por nós, pois neles encontramos diversos artigos, teses e monografias, que trataram a respeito do perfil do contador, que contribuíram para o desenvolvimento do nosso trabalho. Partindo dos 07 artigos, 02 trabalhos acadêmicos e 01 tese, encontrados, alocados no intervalo de 1990 até 2011, tivemos acesso ao material necessário para a elaboração do nosso trabalho. Esses trabalhos compõem o corpus de análise que totaliza 10 trabalhos acadêmicos publicados. 2.3 Procedimentos de Análise de Dados O procedimento para análise de dados adotado neste trabalho é a análise de conteúdo. Conforme Vergara (2005, p. 15), “a análise de conteúdo é considerada uma técnica para o tratamento de dados que visa identificar o que está sendo dito a respeito de determinado tema”. Os nossos dados foram obtidos por meio de artigos, teses e trabalhos acadêmicos. Então, conforme orientação do autor acima mencionado, realizamos a análise desse material, buscando identificar quais e quantas competências foram atribuídas ao profissional de contabilidade desde a década de 90 até a década atual, seja, buscamos novos significados para os textos analisados.
  • 18. 18 CAPÍTULO 3 APRESENTAÇÃO E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS Neste capítulo, apresentaremos e discutiremos os resultados de nosso estudo na intenção de responder ao objetivo da nossa pesquisa: refletir a respeito do perfil do Profissional Contábil na atualidade. 3.1. Identificando o Perfil do Contador A partir da análise dos dados, verificamos que o perfil esperado do contador atualmente divide-se em dois aspectos: o primeiro refere-se ao contador guarda-livros e, o segundo, como um profissional munido de habilidades gerenciais. Podemos dizer que o nome guarda-livros, dado aos contadores há muito tempo, veio muito em função de um trabalho mecanicista e que exigia pouca especialização e quase nenhum conhecimento científico. Esse nome também se deu em virtude desse profissional, na época, pouco se preocupar com provisões, projeções, fluxo de caixa, ativos e passivos circulantes. O novo profissional da contabilidade, chamado de contador gerencial, é o de um profissional ativo, sempre preocupado em passar informações cada vez mais precisas e eficazes aos seus clientes e constantemente ajudando os gestores na tomada de decisões. Esse tipo de contabilista sabe que o atendimento às obrigações assessórias é essencial, porém não é a sua única função. O quadro abaixo mostra um resumo das pesquisas que foram realizadas e publicadas, nas quais o foco era analisar o perfil do profissional de contabilidade.
  • 19. 19 Quadro 3.1.1 – Resumo dos artigos pesquisados e publicados Autor Titulo Ano O Técnico contábil e o Mercado de 1 - Cláudio Ulysses F. Coelho 1999 trabalho 2 – Iraildo José Lopes de Moura, Papel do Contador no Mercado Teodomiro Oliveira, Geisa Maria 2003 Globalizado Almeida Dias 3 – Elizandra Maia Taveira, Luiz Perfil do Contador no Século XXI 2003 Emilio Santos Maciel 4 – Osvaldo Morais O contador e o Administrador 2005 5 – Jorge Luiz Cardozo, Marcos O Perfil do Contador na Atualidade – Antonio de Souza, Lauro Brito 2006 Um Estudo Exploratório Almeida 2009 6 – Marco Antonio Zanini O novo contador 7 – Charlie Barbosa Pires, Ernani Guarda Livros ou parceiros de 2009 Ott e Claudio Damascena Negócios 8 –AndréCharone T. Lopes O guarda Livros e o contador Gestor 2010 9 – José Camilo Filho De guarda Livros a Guarda contas 2010 10 – Julio Cesar Zanluca O Perfil do Contador no século XXI 2011 Coelho (1999) afirma que o guarda-livros era responsável pela escrituração dos livros mercantis das empresas comerciais mesmo não apresentando escolaridade formal em contabilidade. Conforme o autor, os técnicos em contabilidade são os que ocupam, em sua maioria, essa função de guarda-livros na atualidade, porém, conforme o quadro a seguir, podemos observar que os técnicos em contabilidade, após a conclusão do curso e seu devido registro no CRC, são os mais atuantes no mercado de trabalho como
  • 20. 20 contadores que, não só elaboram o trabalho mecânico, mas também colaboram na elaboração de documentos importantes que contribuem para tomada de decisões dentro de uma instituição. Embora, inicialmente, o perfil esperado do técnico em contabilidade seja de um guarda-livros, essas habilidades não bastam para que evoluam profissionalmente, uma vez que, como o autor esclarece, esses técnicos serão responsáveis por elaboração de documentos que auxiliarão em decisões. Para que esse profissional evolua, ele deve contribuir com todas as áreas da empresa com o objetivo de oferecer ao empresário as ferramentas necessárias para a preservação do seu patrimônio e a gestão dos negócios. Ele deve ter informações que lhe ofereça condições para avaliar o desempenho e os resultados da empresa, não só da apuração dos resultados mensais, mas de que maneira esses resultados foram alcançados. O contador deve estar preparado para auxiliá-lo na definição de seu negócio como também nas decisões diárias e nas atividades que lhe forem solicitadas dentro das suas funções. O quadro a seguir demonstra a atuação dos técnicos em contabilidade e dos contadores no Brasil. Quadro 3.1.2 – Profissionais contábeis registrados e ativos nos Conselhos Regionais de Contabilidade Registros e Registros e Técnicos em Regiões ativos Contadores ativos contabilidade % % Sul 38.109 58% 27.459 42% Sudeste 109.136 62% 66.759 38% Centro-oeste 17.292 64% 9.627 36% Norte 7.923 57% 5.888 43% Nordeste 29.226 62% 17.567 38% Totais 201.686 61% 127.300 39% Fonte: Conselho Federal de Contabilidade – Ulysses (1999 p. 04)
  • 21. 21 Podemos observar no quadro acima que há uma maior participação dos técnicos em contabilidade no contexto profissional brasileiro. Para chegarmos a essas informações acima mencionadas, partimos de Ulysses (1999), que realizou ampla pesquisa com profissionais que tinham amplo conhecimento em áreas fiscal/tributária, financeira, legislação trabalhista e previdenciária, além de conhecimentos gerais de contabilidade e de classificação de contas. Podemos constatar que nas regiões sul, sudeste, centro-oeste, norte e nordeste, há 61% de técnicos contábeis ativos, enquanto contadores ativos há 39%.Podemos perceber claramente que o mercado de trabalho para técnicos em contabilidade não está estagnado, também não há perspectiva de desaparecimento dessa profissão. Zanini (2009) relata que os profissionais conhecidos como guarda-livros tinham suas atividades restritas ao registro e acompanhamento de saldos, assim como o papel de zeladores de assuntos fiscais das empresas. No entanto, com a evolução da economia, as atividades dos contadores se desenvolveram e, pensando no mercado atual, a informatização dos processos deixou as tarefas dos contadores menos operacionais, possibilitando a mudança na área de atuação desses profissionais que passaram a ter uma função mais consultiva. Analisando os trabalhos de Coelho (1999) e Zanini (2009), podemos identificar que em 10 anos houve uma importante evolução na contabilidade em se tratando de trabalho operacional. Coelho (1999) afirma que o contador exercia uma atividade totalmente operacional, tendo suas funções voltadas apenas para escrituração de livros mercantis das empresas, já Zanini (2009) relata que com o desenvolvimento tecnológico e pensando no mercado atual, os contadores deixaram de fazer um trabalho operacional e passou a ter uma função mais consultiva. Atualmente, com os programas gerenciais criados para a área contábil, como Brasil Informática, Coltmatic, Prosoft entre outros, colaboraram para essa mudança de paradigma. Lopes (2010) destaca que as principais diferenças entre o contador tradicional, ou o antigo guarda-livros, e o contador atual, que é o contador gestor, é que: o contador tradicional é aquele trabalhador burocrático, preocupado exclusivamente com o atendimento ao fisco e com pouco (ou
  • 22. 22 menos) relacionamento com os gestores das empresas para as quais presta serviço, é um profissional introspectivo, alheio às mudanças. Já o contador gestor é classificado pelo autor como um profissional muito mais ativo, sempre preocupado em transmitir informações precisas e eficazes a seus clientes e sempre ajudando os gestores nas tomadas de decisão. Diante dessas diferenças, constatamos que o autor defende a tese de que o contador deve se atualizar para se manter firme no mercado de trabalho, pois de acordo com o autor, o cumprimento das exigências fiscais atualmente é feito, em sua maioria, por programas e softwares que facilitam muito esse serviço burocrático. Sendo assim, o contador atual deve focar seus esforços em outro campo de trabalho, que é o de auxiliar o crescimento da empresa, por meio de seus relatórios. De acordo com Filho (2010), poderíamos, então, chamar o quase folclórico guarda-livros daqueles remotos tempos, de antecessor do atual contabilista, ou do moderno contador? O velho funcionário do empório nada mais fazia que anotar em partidas dobradas as operações do empresário, não se preocupando com previsões, projeções, fluxos de caixa, ativos e passivos circulantes. Seu chamado sucessor não mais tem a humilde tarefa de guardar livros, mas sucedeu-lhe com o ingrato mister de guardar contas. Podemos entender, com base nesse autor que com a evolução, os antigos contadores, ou os chamados guarda-livros, tiveram que se modernizar para acompanhar a tecnologia, pois os livros que antigamente eram preenchidos por eles a mão, hoje foram substituídos por computadores. Pires, Ott e Damacena (2009) citam que o mercado de hoje ainda procura por profissionais com características de guarda-livros, ou seja, aquele que só elabora os relatórios cuida da parte tributária, porém não tem participação gerencial, não influenciam na tomada de decisão dentro da entidade que atuam. Analisando alguns dados de pesquisas realizadas na região de Porto Alegre, a procura por profissionais que possuem conhecimentos em Contabilidade Societária, Legislação Societária e Tributária, que são os chamados guarda-livros, ainda é predominante. Podemos dizer que há uma grande demanda por profissionais qualificados nessas áreas simplesmente porque em Porto Alegre existe a ideia de que o profissional contábil (o contador) ainda é visto como um profissional
  • 23. 23 técnico, por maiores que sejam suas qualificações. Ele é procurado para que exerça funções que o caracterize como guarda-livros (meros processadores de informações). Moraes (2005) mostra que, apesar de a contabilidade ser extremamente importante para a tomada de decisões dentro de uma organização, os contadores são os maiores responsáveis por passarem a visão de guarda-livros às empresas por oferecerem, na maioria das vezes, apenas o trabalho na parte fiscal, não evidenciando para a empresa a real importância do profissional contábil e dos relatórios fornecidos por ele, para a tomada de decisões da entidade. Frente a isso, podemos usaras experiências que adquirimos durante o curso de Técnico Contábil como uma análise atual das funções e da formação do profissional dessa área. Conseguimos concluir que ao longo do curso, como foi citada acima, a função de guarda-livros apresenta sua importância e especificidades e que ainda podemos encontrá-la em diversos lugares. Porém, concluímos que, a partir de tudo que vivenciamos, observamos e aprendemos, faz-se necessário uma formação profissional contábil mais aguçada, dedicada, responsável e de acordo com as demandas do mercado de trabalho que exige cada vez mais do profissional. Nosso curso visa a essa formação, não deixando de lado, é claro, a formação e a importância da função de guarda- livros, mas focando numa formação em que o profissional consiga fazer uma relação entre todas as áreas que a contabilidade abrange, seja ela Contabilidade Fiscal, Contabilidade Pública, Contabilidade Gerencial, Contabilidade Financeira, Contabilidade e Auditoria, Perícia Contábil, Análise Econômica e Financeira de Projetos, Contabilidade Ambiental, Contabilidade Atuarial, Contabilidade Social ou Contabilidade Agrobusiness. De acordo com Moura, Oliveira e Dias (2003), o profissional contábil deverá mostrar que sua função não deixou de ser importante nos aspectos econômicos e sociais, apesar da informática substituir o homem em alguns aspectos, a capacidade para interpretar os números e tomar decisões continua sendo requerida por uma pessoa com conhecimentos científicos, de ordem superior, oferecendo modelos de comportamento de riqueza, o que será requerido por um profissional competente e gabaritado, ou seja, o contador gestor. Esse profissional contábil quando exerce suas funções consciente de
  • 24. 24 seus deveres e direitos de organização, compreende as maneiras econômico- financeiras, políticas e sociais de uma determinada localidade e terá condições de oferecer a seus clientes muitas oportunidades de melhorias, quer esses clientes estejam dentro de uma instituição (empresa) privada ou pública ou trabalhando como autônomo. Essas melhorias podem ser relacionadas de acordo com as necessidades de cada cliente e o contador ou técnico contábil pode contribuir dando orientações em certas situações, ajudar na lucratividade, na capacidade de produção, entre outras. Para que isso ocorra, o profissional contábil pode explorar todos os seus conhecimentos e experiências, criando estratégias, pensando de forma a ajudar mesmo o seu cliente. É claro que isso ocorra dentro das exigências, normas e regras estabelecidas, fazendo com que seu trabalho seja reconhecido e valorizado. Suas ações devem visar à honestidade, à postura ética, ao senso crítico, deve se sentir seguro em suas funções, prestando assim seus serviços com clareza, coerência e consistência, pois as empresas e/ou clientes visam cada vez mais garantir lugar no mercado e no futuro. Com base em Elizandra Maia Taveira, Luiz Emilio Santos Maciel (2003) é possível concluir que, o novo milênio requisita profissional cada vez mais gabaritado para competir no mercado de trabalho, sendo assim esse profissional deve ter capacidades de inovar, criar, ter domínio da informática, conhecer a fundo sua profissão, estar em constante aprendizado e busca de aperfeiçoamentos profissionais, entre outras aptidões. De acordo com Zanluca (2009), a principal característica da profissão contábil é o conhecimento aplicado. Ainda segundo o autor, a profissão contábil, neste século, pode ser considerada a de um gestor de informações, que significa ter um conhecimento amplo, se expressar de forma clara, ser autodidata, compreendendo as normas internacionais de contabilidade, legislação fiscal, comercial e correlatas. O autor coloca esses requisitos visando à formação de contador e não de um técnico contábil, porém acreditamos que independente do nível de formação, essas habilidades são necessárias para o bom desenvolvimento de qualquer profissional dessa área. Conforme Cardozo, Souza e Almeida (2006), existe uma grande importância e preocupação para que os educadores em contabilidade foquem
  • 25. 25 seus métodos de ensino no perfil profissional que o mercado busca hoje, que é o de contador gerencial, para que os novos profissionais da área se adequem às necessidades atuais e tenham sucesso na profissão. O autor foca no profissional de contabilidade, não deixando em evidência se é técnico ou graduado, e relata que, além das novas exigências do mercado e as mudanças ocorridas dentro da área de atuação, os estudantes precisam receber orientações e estímulos de seus educadores para que possam reconhecer o valor da postura ética profissional, a necessidade de uma formação continuada e atualizada em diversos aspectos sociais, econômicos, políticos.O estudante precisa conhecer muito bem a sua área de atuação e todas as técnicas que envolvem a sua profissão. 3.1.2 O profissional como guarda-livros e como gestor contábil O profissional guarda-livros dentro da contabilidade é aquele que exerce a função de escriturar e conservar os livros de registros das empresas. Daí a justificativa pelo nome recebido. Esse profissional é considerado um contador tradicional, pois desenvolve o seu trabalho de forma burocrática, ou seja, não tem contato com o público, se preocupa somente com o fisco, não está aberto a mudanças e que no geral passa o dia em seu escritório. Na atualidade, esse profissional ainda existe e não podemos deixar de ressaltar sua importância e, conforme já mencionamos, há quem procure por esses profissionais que possuem conhecimentos em poucas áreas da contabilidade como, por exemplo: a Contabilidade Societária, Contabilidade Tributária e a Contabilidade Legislativa. O profissional guarda-livros é muito confundido com o atual Técnico Contábil ou Auxiliar Contábil, porém como sabemos, o profissional em contabilidade possui e deve buscar por amplas funções e conhecimentos na sua área de atuação. Observando a opinião dos autores acima, podemos concluir que todos têm uma visão em comum a respeito da profissão guarda-livros, de ser um profissional que não requeria de nenhuma especialização e quase nenhum conhecimento científico, exercia um trabalho mecanicista.
  • 26. 26 Muitas mudanças ocorreram ao longo do tempo e a área das Ciências Contábeis também evoluiu, transformou-se. Uma das mudanças foi a passagem do até então guarda-livros (como era conhecido o contador profissional de contabilidade) para contador gerencial ou contador gestor. O contador contemporâneo, podemos o chamar assim, precisou e precisa se adaptar às novas exigências do mercado de trabalho. Mas afinal qual a diferença entre guarda-livros e contador gestor? O contador gestor é o oposto do guarda-livros, ele é ativo, preocupa-se em passar informações eficazes e precisas, ajuda em situações de decisão, está aberto a mudanças, além de exercer as funções burocráticas do guarda-livros. Esse profissional precisa estar atento às novas tendências, precisa também ter ética profissional, ser organizado, aprimorar competências, dominar muito bem suas funções e ser competitivo.
  • 27. 27 CONSIDERAÇÕES FINAIS Este trabalho apresenta uma pesquisa bibliográfica que teve como objetivo refletir a respeito do perfil do Profissional Contábil na atualidade. A metodologia adotada para seu desenvolvimento foi uma pesquisa bibliográfica. Pudemos identificar nesta pesquisa que o mercado de trabalho da atualidade requer um profissional contábil com alta capacidade gerencial, pois esse profissional participa ativamente das estratégias, planejamentos e da organização em diversos setores. Além disso, percebemos que, também, embora isso contrarie alguns autores, o perfil de guarda-livros também é exigido atualmente. A relação entre as habilidades exigidas do profissional contábil é avaliada pelo cargo hierárquico ocupado, quanto maior o nível, maior é a exigência por habilidades gerenciais. A forma como essa profissão evoluiu nos últimos anos também foi pesquisada. O mercado, além de exigir o perfil do profissional contábil como um gestor em contabilidade, também exige, ainda, o perfil de guarda-livros. Percebemos que esse perfil é requerido dos profissionais que se iniciam na área contábil, ocupando cargos de níveis mais baixos, com menos autonomia, mas que, para crescerem profissionalmente, precisam entender a contabilidade como uma área estratégica para o próprio desenvolvimento das instituições. Nesse sentido, o profissional contábil precisa ter esse duplo perfil, o de guarda- livros e o de gestor para que possa ter plenas condições de demonstrar em seu ambiente de trabalho que possui uma qualificação mais ampla e que, consequentemente, possa assumir cargos com mais responsabilidades, inclusive, com vistas à assessoria contábil. Isso mostra que o perfil do profissional de contabilidade com a globalização tende a ser de um perfil inovador e criativo para atender às demandas do mercado, devido aos grandes recursos tecnológicos e a intensa competitividade em todos os setores de uma entidade. A partir de tudo que foi apresentado, podemos dizer que nosso trabalho traz uma importante contribuição no sentido de demonstrar que o perfil do
  • 28. 28 profissional de contabilidade exigido atualmente pelo mercado de trabalho não é apenas de um contador gestor mas também de um guarda-livros. Isso traz uma reflexão importante para estudantes da área e, inclusive, para docentes que lecionam nessa área, pois poderão refletir a respeito do profissional que têm formado. Em relação aos estudantes, também é importante a leitura deste trabalho no sentido de tornarem-se sujeitos de sua formação e investir em uma formação afinada com as questões apresentadas nesta pesquisa. Nosso trabalho nos ajudou a perceber a importância do profissional de contabilidade dentro da sociedade. Para as instituições de ensino, acreditamos que este trabalho será importante no sentido de ajudar os educadores a terem uma visão do que o mercado atual procura e, assim, formarem profissionais com as habilidades exigidas. Para nós, futuros técnicos contábeis, este trabalho foi de grande importância, pois notamos o quanto é necessário estarmos sempre atualizados para que possamos ocupar, dentro de uma entidade, cargos que exijam habilidades, competências, e responsabilidades.
  • 29. 29 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CARDOZO, Jorge Luiz. SOUZA, Marcos Antonio de. ALMEIDA, Lauro Brito. (2006). Perfil do contador na atualidade - um estudo exploratório – Disponível em http://ccfca1semestre.blogspot.com.br/2010/10/o-perfil-do-contador-na- atualidade-um.html, acessado em 29.09.2011. COELHO, Claudio Ulysses (1999). O técnico de contabilidade e o mercado de trabalho – Disponível em http://www.senac.br/informativo/bts/263/boltec263d.htm, acessado em 19.04.2012. EQUIPE PORTAL DE CONTABILIDADE (2009) - O perfil do profissional contábil – Disponível em http://www.portaldecontabilidade.com.br/noticias/contador_gerencial.htm, acessado em 23.03.2012. LOPES, André Charone T.(2010). O guarda-Livros e o contador gestor – Disponível em http://www.rhportal.com.br/artigos/wmview.php?idc_cad=t4knu3tbn, acessado em 23.03.2012. MOURA, Iraildo José. OLIVEIRA; Teodomiro; DIAS, Geisa Maria(2003).Papel do contador no mercado globalizado – disponível em http://www.google.com.br, acessado em 19.04.2012. MORAIS, Osvaldo. (2005). O contador e o administrador – Disponível em http://infofarrp.blogspot.com.br/2005/10/o-contador-e-o-administrador.html, acessado em 23.03.2012. PORTAL DE CONTABILIDADE. O perfil do contabilista no século XXI. Disponível em http://www.portaldecontabilidade.com.br/noticias/perfil_contador.htm, acessado em 19.04.2012. PIRES, Charlie Barbosa. OTT, Ernani. DAMASCENA, Claudio (2009). Guarda livros ou parceiro de negócios? – Disponível em
  • 30. 30 http://www.face.ufmg.br/revista/index.php/contabilidadevistaerevista/article/view /655 TAVEIRA, Elizandra Maia. MACIEL, Luiz Emílio (2003). O perfil do contador do século XXI – Disponível em http://www.google.com.br, acessado em 29.09.2011. acessado em 23.03.2012. Análise de Dados – Disponível em http://www.administradores.com.br/informe- se/artigos/analise-de-conteudo-uma-metodologia-para-analise-de-dados, acessado em 04.05.2012.