SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Baixar para ler offline
1.Proibido insultar o jardim-de-
infância chamando-lhe "escolinha"
(ou "infantário"). Em primeiro
lugar, porque é uma escola. Em
segundo, porque todas as escolas ganhavam se ligassem Brincar com Aprender.

2. Proibido que os pais imaginem que o jardim-de-infância serve para aprender a
ler e contar. Ele é útil para aprender a descobrir os sentimentos. Para aprender a
imaginar e a fantasiar. Para aprender com o corpo, com a música e com a pintura.
E para brincar. Uma criança que não brinque deve preocupar mais os pais do que
se ela fizer uma ou outra birra, pela manhã ao chegar.

3. O jardim-de-infância assusta as crianças sempre que os pais - como quem
sossega nelas os medos deles por mais um dia de jardim-de-infância - lhes repetem:
" Hoje vai correr tudo bem!"

4. Os pais estão proibidos de despedir-se muitas vezes das crianças, ao chegarem
todos os dias. E é bom que se decidam: ou ficam contentes por elas correrem para
os amigos ou ficam contentes por elas se agarrarem ao pescoço deles, com se
estivessem prestes a ser abandonadas para sempre.

5. Proibido que as crianças vão dia-sim dia-não ao jardim-de-infância. E que vão,
simplesmente, quando os seus caprichos infantis vão de férias. E que não vão " só
porque sim". O jardim-de-infância não é um trabalho para os mais pequenos. É
uma bela oportunidade para os pais não se esquecerem que se pode amar o
conhecimento, namorar com a vida, nunca ser feliz sozinho e brincar, ao mesmo
tempo.

6. No jardim-de-infância não é obrigatório comer até à última colher; nem dormir
todos os dias. E não é nada mau que uma criança se baralhe e chame mãe à
educadora (ou vice-versa).

7. Os pais estão obrigados a estar a horas quando se trata duma criança regressar
a casa. Prometer e faltar devia dar direito a que os pais fossem sujeitos
classificados como tendo necessidades educativas especiais.

8. Os pais não podem exigir aos filhos relatórios de cada dia de jardim-de-infância.
Mas estão autorizados a ficar preocupados se as crianças forem ficando mais
resmungonas, mais tristonhas ou, até, mais aflitas, sempre que regressam de lá. E
estão, ainda, autorizados a proibir que o jardim-de-infância só se abra para eles
durante as festas.

9. O jardim-de-infância é uma escola de pais. E um lugar onde os educadores são
educados pelas crianças. Um lugar 10. Um dia, num mundo mais amigo das
crianças, todas as escolas serão onde todos se educam uns aos outros não é uma
escola como as outras. É um jardim-de-infância.
10.Um dia, num mundo mais amigo das crianças, todas as escolas serão jardins-de-
infância!"

Eduardo Sá (psicólogo clínico, psicanalista e professor de psicologia clínica)

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Regras jardim-infância

Para quem e pai ou mae e para quem deseja ser
Para quem e pai ou mae e para quem deseja serPara quem e pai ou mae e para quem deseja ser
Para quem e pai ou mae e para quem deseja serMensagens Virtuais
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familiakissh4
 
O Gafanhoto #55
O Gafanhoto #55O Gafanhoto #55
O Gafanhoto #55ESGN
 
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaDa creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaMatilde Paião
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familiaHilda Lucki
 
PARA QUEM É PAI E MÃE E PARA AQUELES QUE AINDA SERÃO - Affonso Romano de Sant...
PARA QUEM É PAI E MÃE E PARA AQUELES QUE AINDA SERÃO - Affonso Romano de Sant...PARA QUEM É PAI E MÃE E PARA AQUELES QUE AINDA SERÃO - Affonso Romano de Sant...
PARA QUEM É PAI E MÃE E PARA AQUELES QUE AINDA SERÃO - Affonso Romano de Sant...MARAgPOA
 
S E M A N A D A C R I A N C A
S E M A N A  D A  C R I A N C AS E M A N A  D A  C R I A N C A
S E M A N A D A C R I A N C Amararubia3
 
S E M A N A D A C R I A N C A
S E M A N A  D A  C R I A N C AS E M A N A  D A  C R I A N C A
S E M A N A D A C R I A N C Amararubia3
 
Museu da familia[1]
Museu da familia[1]Museu da familia[1]
Museu da familia[1]get1maio
 
Promoção da leitura aos pais
Promoção da leitura aos paisPromoção da leitura aos pais
Promoção da leitura aos paispoletef
 

Semelhante a Regras jardim-infância (20)

Projeto Minha Família e Eu
Projeto Minha Família e EuProjeto Minha Família e Eu
Projeto Minha Família e Eu
 
Para quem e pai ou mae e para quem deseja ser
Para quem e pai ou mae e para quem deseja serPara quem e pai ou mae e para quem deseja ser
Para quem e pai ou mae e para quem deseja ser
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familia
 
Filhos
FilhosFilhos
Filhos
 
Já sei ler
Já sei lerJá sei ler
Já sei ler
 
O Gafanhoto #55
O Gafanhoto #55O Gafanhoto #55
O Gafanhoto #55
 
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaDa creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
 
Filhos
FilhosFilhos
Filhos
 
Filhos
FilhosFilhos
Filhos
 
Maes so morrem quando querem
Maes so morrem quando queremMaes so morrem quando querem
Maes so morrem quando querem
 
Maes so morrem quando querem
Maes so morrem quando queremMaes so morrem quando querem
Maes so morrem quando querem
 
Ebook meu filho_autista
Ebook meu filho_autistaEbook meu filho_autista
Ebook meu filho_autista
 
Museu da familia
Museu da familiaMuseu da familia
Museu da familia
 
Novidades
NovidadesNovidades
Novidades
 
PARA QUEM É PAI E MÃE E PARA AQUELES QUE AINDA SERÃO - Affonso Romano de Sant...
PARA QUEM É PAI E MÃE E PARA AQUELES QUE AINDA SERÃO - Affonso Romano de Sant...PARA QUEM É PAI E MÃE E PARA AQUELES QUE AINDA SERÃO - Affonso Romano de Sant...
PARA QUEM É PAI E MÃE E PARA AQUELES QUE AINDA SERÃO - Affonso Romano de Sant...
 
S E M A N A D A C R I A N C A
S E M A N A  D A  C R I A N C AS E M A N A  D A  C R I A N C A
S E M A N A D A C R I A N C A
 
S E M A N A D A C R I A N C A
S E M A N A  D A  C R I A N C AS E M A N A  D A  C R I A N C A
S E M A N A D A C R I A N C A
 
história
históriahistória
história
 
Museu da familia[1]
Museu da familia[1]Museu da familia[1]
Museu da familia[1]
 
Promoção da leitura aos pais
Promoção da leitura aos paisPromoção da leitura aos pais
Promoção da leitura aos pais
 

Mais de maria do rosario macedo (20)

Animais vertebrados
Animais vertebradosAnimais vertebrados
Animais vertebrados
 
animais de estimação
animais de estimaçãoanimais de estimação
animais de estimação
 
Números e letras
Números e letrasNúmeros e letras
Números e letras
 
Mães do mundo ...
Mães do mundo ...Mães do mundo ...
Mães do mundo ...
 
O vendedor ambulante
O vendedor ambulanteO vendedor ambulante
O vendedor ambulante
 
Está frio lá fora
Está frio lá foraEstá frio lá fora
Está frio lá fora
 
Boneco de neve
Boneco de neveBoneco de neve
Boneco de neve
 
Janeiro
JaneiroJaneiro
Janeiro
 
As aventuras dos ursitos,2013 2
As aventuras dos ursitos,2013 2As aventuras dos ursitos,2013 2
As aventuras dos ursitos,2013 2
 
Junho
JunhoJunho
Junho
 
Com o meu pa ix
Com o meu pa ixCom o meu pa ix
Com o meu pa ix
 
Amulher
AmulherAmulher
Amulher
 
Conheço bem este valor
Conheço bem este valorConheço bem este valor
Conheço bem este valor
 
Responsabilidade
ResponsabilidadeResponsabilidade
Responsabilidade
 
Natal é tempo de paz
Natal é tempo de pazNatal é tempo de paz
Natal é tempo de paz
 
Solidariedade
SolidariedadeSolidariedade
Solidariedade
 
Ser educador
Ser educadorSer educador
Ser educador
 
Dia mundial do sorriso
Dia mundial  do sorrisoDia mundial  do sorriso
Dia mundial do sorriso
 
A minha mãe
A minha mãeA minha mãe
A minha mãe
 
Avós
AvósAvós
Avós
 

Último

Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Mary Alvarenga
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfWALDIRENEPINTODEMACE
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...azulassessoria9
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfceajajacu
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfSandra Pratas
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesGilbraz Aragão
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 

Último (20)

Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
Poema em homenagem a Escola Santa Maria, pelos seus 37 anos.
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdfmúsica paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
música paródia cmsp conteúdo 1 bimestre.pdf
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
A alimentação na Idade Média era um mosaico de contrastes. Para a elite, banq...
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdfPARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
PARC 2024 Cadastro de estudante, turma e enturmação - BAHIA (2).pdf
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24pdf
 
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Modelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das ReligiõesModelos Evolutivos em História das Religiões
Modelos Evolutivos em História das Religiões
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 

Regras jardim-infância

  • 1. 1.Proibido insultar o jardim-de- infância chamando-lhe "escolinha" (ou "infantário"). Em primeiro lugar, porque é uma escola. Em segundo, porque todas as escolas ganhavam se ligassem Brincar com Aprender. 2. Proibido que os pais imaginem que o jardim-de-infância serve para aprender a ler e contar. Ele é útil para aprender a descobrir os sentimentos. Para aprender a imaginar e a fantasiar. Para aprender com o corpo, com a música e com a pintura. E para brincar. Uma criança que não brinque deve preocupar mais os pais do que se ela fizer uma ou outra birra, pela manhã ao chegar. 3. O jardim-de-infância assusta as crianças sempre que os pais - como quem sossega nelas os medos deles por mais um dia de jardim-de-infância - lhes repetem: " Hoje vai correr tudo bem!" 4. Os pais estão proibidos de despedir-se muitas vezes das crianças, ao chegarem todos os dias. E é bom que se decidam: ou ficam contentes por elas correrem para os amigos ou ficam contentes por elas se agarrarem ao pescoço deles, com se estivessem prestes a ser abandonadas para sempre. 5. Proibido que as crianças vão dia-sim dia-não ao jardim-de-infância. E que vão, simplesmente, quando os seus caprichos infantis vão de férias. E que não vão " só porque sim". O jardim-de-infância não é um trabalho para os mais pequenos. É uma bela oportunidade para os pais não se esquecerem que se pode amar o conhecimento, namorar com a vida, nunca ser feliz sozinho e brincar, ao mesmo tempo. 6. No jardim-de-infância não é obrigatório comer até à última colher; nem dormir todos os dias. E não é nada mau que uma criança se baralhe e chame mãe à educadora (ou vice-versa). 7. Os pais estão obrigados a estar a horas quando se trata duma criança regressar a casa. Prometer e faltar devia dar direito a que os pais fossem sujeitos classificados como tendo necessidades educativas especiais. 8. Os pais não podem exigir aos filhos relatórios de cada dia de jardim-de-infância. Mas estão autorizados a ficar preocupados se as crianças forem ficando mais resmungonas, mais tristonhas ou, até, mais aflitas, sempre que regressam de lá. E estão, ainda, autorizados a proibir que o jardim-de-infância só se abra para eles durante as festas. 9. O jardim-de-infância é uma escola de pais. E um lugar onde os educadores são educados pelas crianças. Um lugar 10. Um dia, num mundo mais amigo das crianças, todas as escolas serão onde todos se educam uns aos outros não é uma escola como as outras. É um jardim-de-infância. 10.Um dia, num mundo mais amigo das crianças, todas as escolas serão jardins-de- infância!" Eduardo Sá (psicólogo clínico, psicanalista e professor de psicologia clínica)