SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
Histórias aos Bocadinhos



          O Passarinho azul
   Uma história sobre a PRIMAVERA

          A nossa história é a tua história!
         Podes completá-la com desenhos,
recortes de revista ou o que a tua imaginação ditar…



            21 de Março de 2010

       Composição, Execução e Montagem

                     Glicéria Gil

                 Fotos e imagens

                   Clipart e Flick

                          Texto

                      Aurora
                 Esmeralda Certo
                 Fernanda Duarte
                  Gabriela Frias
                    Glicéria Gil
           Maria de Jesus Sousa (Juca)
           Maria do Rosário (Rosarinho)
                   Paula Duarte
                        São
                  Susana Pinhal


          Jardins Saudáveis
        www.jardinsaudaveis.com
                   © Jardins Saudáveis 2010
“O Passarinho Azul”
                     Uma história sobre a PRIMAVERA


   A PRIMAVERA chega de                          O melro empoleirado no ramo
            mansinho.                           mais alto, solta as primeiras notas
     Os dias já são maiores. A                     da manhã, num trinado que
     ameixeira do quintal está                      parece saudar o novo dia.
      carregadinha de flores
           branquinhas.

          Primavera
           Primavera
           Primavera




                                                         “O macho canta melodiosamente,
                                                    empoleirando-se em pontos altos. Canta
                                                        particularmente ao amanhecer e ao
                                                                             anoitecer”
                                                 Para ouvir o canto do melro aceder em:
                                                http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/68/Turdus_merula_male

                                                                       _song_at_dawn(20s).ogg




                                  SOBRE O MELRO




    “O macho é completamente preto, excepto o bico e um anel em volta dos olhos, de cor
amarela-alaranjada. A fêmea têm dorso preto, ventre pardo-escuro malhado de pardo-claro, e a
  garganta e a parte superior do peito pardas com malhas esbranquiçadas. Com um carácter
comunicativo e citadino, habita em jardins ou sebes na cidade e em bosques ou charnecas no
    campo, alimentando-se de insectos, vermes, sementes e bagas”                         Fonte: Wikipédia



                                                                                                                        2
…imaginava como seria divertido
                                         dar saltos e rebolar na relva
                                                    verdinha.
                                          Saiu porta fora direitinha ao
   As andorinhas acabadas de
 chegar, esvoaçam e rodopiam num
                                          jardim que rodeava a sua
                                                     casa...
bailado sem fim. A natureza espelha
alegria e tranquilidade. A Joana da
             sua janela …




Tinham sido tantos os dias cinzentos,   …num passarinho caído no chão.
                                          Estava ferido e não conseguia
   que a Joana não se conteve e
 desatou numa correria louca de um      voar. A Joana pegou nele com
    lado para o outro. Pelo meio ia        todo o cuidado e carinho do
                                         mundo e levou-o consigo para...
trepando às árvores do seu jardim,
   até que subitamente reparou …




                                                                           3
…casa. Procurou no armário
aquela caixinha linda que a mãe lhe     Ele ia gostar de certeza, parecia a
 tinha oferecido, forrada de tecido              PRIMAVERA!
 com rosas estampadas e pôs lá              "Amanhã vou levá-lo para o
        dentro o passarinho.             jardim-de-infância, vamos cuidar
                                          dele, posso mãe? -perguntou a
                                                     Joana.




    - Claro que sim, minha filha!
         -respondeu a mãe.
Nessa noite, a Joana sonhou com
uma bando de pássaros voando em
corrupio no céu azul, à procura de
um passarinho azul de asa ferida…         O passarinho azul apesar de
                                          tudo adormeceu tranquilo, pois
                                           tinha o seu coração cheio de
                                            alegria. Tinha encontrado o
                                               sentido da amizade.




              VÍDEOS:
   •   http://www.youtube.com/watch?v
               =3oTZRWJqy_o

   •   http://www.youtube.com/watch?v
        =PSRg_lajqyI&feature=related



                                                                              4
No dia seguinte, logo de manhã, a     Enternecida olhou-o, seria possível
 Joana acordou, abriu os olhos          que o bando de pássaros não o
    suavemente, como só uma               tivesse levado! Nem queria
criança sabe e consegue fazer, e                    acreditar!
   reparou que o passarinho a          Abriu a janela do seu quarto. O
           observava.                  quarto que partilhara com o seu
                                          novo amigo. Os raios de luz
                                       entravam suavemente, pareciam
                                         acariciar-lhe a face de forma
                                         serena, tranquila e carinhosa.




O passarito azul da cor do céu, da    …todos os meninos do Mundo, pela
   cor da amizade que os unia,         manhã, pudessem acordar com o
olhou-a pensativo ou seria um pouco   bailado e o chilrear dos pássaros nos
            preocupado?                        beirais das janelas.
     Será que lhe quer dizer que           Como tudo seria diferente!
 continuará a gostar dela, que será
  sempre seu amigo. Certamente
que sim! Agora que está bem, o seu
        maior desejo é que …




                                                       FIM



                                                                            5
6

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Destaque (15)

Tudo começou numa semente texto colectivo
Tudo começou numa semente   texto colectivoTudo começou numa semente   texto colectivo
Tudo começou numa semente texto colectivo
 
Gotiprima
GotiprimaGotiprima
Gotiprima
 
Power point primaveraa
Power point primaveraaPower point primaveraa
Power point primaveraa
 
O passarinho e a árvore
O passarinho e a árvoreO passarinho e a árvore
O passarinho e a árvore
 
Presentation1
Presentation1Presentation1
Presentation1
 
La primavera powerpoint
La primavera powerpointLa primavera powerpoint
La primavera powerpoint
 
O Pássaro Encantado
O Pássaro EncantadoO Pássaro Encantado
O Pássaro Encantado
 
Power point primavera
Power point primaveraPower point primavera
Power point primavera
 
Livro a primavera da lagarta completo
Livro a primavera da  lagarta completoLivro a primavera da  lagarta completo
Livro a primavera da lagarta completo
 
A Horta Do Sr Lobo
A Horta Do Sr LoboA Horta Do Sr Lobo
A Horta Do Sr Lobo
 
Todos os pais são diferentes
Todos os pais são diferentesTodos os pais são diferentes
Todos os pais são diferentes
 
Adivinha Quanto Eu Te Amo
Adivinha Quanto Eu Te AmoAdivinha Quanto Eu Te Amo
Adivinha Quanto Eu Te Amo
 
Livro A Viagem Da Sementinha
Livro A Viagem Da SementinhaLivro A Viagem Da Sementinha
Livro A Viagem Da Sementinha
 
Adivinha o quanto te amo livro
Adivinha o quanto te amo livroAdivinha o quanto te amo livro
Adivinha o quanto te amo livro
 
Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa
 

Semelhante a História do Passarinho Azul

50560569 clarice-lispector-como-nasceram-as-estrelas-pdf-rev
50560569 clarice-lispector-como-nasceram-as-estrelas-pdf-rev50560569 clarice-lispector-como-nasceram-as-estrelas-pdf-rev
50560569 clarice-lispector-como-nasceram-as-estrelas-pdf-revAngelica Moreira
 
O Sabiá "Chama" - Série Recanto Taliesin
O Sabiá "Chama" - Série Recanto TaliesinO Sabiá "Chama" - Série Recanto Taliesin
O Sabiá "Chama" - Série Recanto TaliesinMariangela Braga
 
História ed pré esc.
História ed pré esc.História ed pré esc.
História ed pré esc.anabelaac
 
Cartões de Leitura.pdf
Cartões de Leitura.pdfCartões de Leitura.pdf
Cartões de Leitura.pdfAnaMatos216797
 
LeilãO De Jardim
LeilãO De JardimLeilãO De Jardim
LeilãO De Jardimgisle
 
Uma ideia toda azul - Marina Colasanti.pdf
Uma ideia toda azul - Marina Colasanti.pdfUma ideia toda azul - Marina Colasanti.pdf
Uma ideia toda azul - Marina Colasanti.pdfIngredMariano
 
Doze lendas brasileiras como nasceram as estrelas - clarice lispector -
Doze lendas brasileiras   como nasceram as estrelas - clarice lispector -Doze lendas brasileiras   como nasceram as estrelas - clarice lispector -
Doze lendas brasileiras como nasceram as estrelas - clarice lispector -VALERIADEOLIVEIRALIM
 
Ficha de Leitura A menina que roubava gargalhadas.docx
Ficha de Leitura A menina que roubava gargalhadas.docxFicha de Leitura A menina que roubava gargalhadas.docx
Ficha de Leitura A menina que roubava gargalhadas.docxBlimunda Saramago
 
16827515 Espiritismo Infantil Historia 18
16827515 Espiritismo Infantil Historia 1816827515 Espiritismo Infantil Historia 18
16827515 Espiritismo Infantil Historia 18Ana Cristina Freitas
 
16692941 Espiritismo Infantil Historia 18
16692941 Espiritismo Infantil Historia 1816692941 Espiritismo Infantil Historia 18
16692941 Espiritismo Infantil Historia 18Ana Cristina Freitas
 
HISTORIA Encanto Noite Verão
HISTORIA Encanto Noite VerãoHISTORIA Encanto Noite Verão
HISTORIA Encanto Noite VerãoBete EGB
 
HISTÓRIA Encanto Noite Verão
HISTÓRIA Encanto Noite VerãoHISTÓRIA Encanto Noite Verão
HISTÓRIA Encanto Noite Verãoguestbb07ca
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lpMara Sueli
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lpCarla Cucoloto
 
Anacrônicas - Contos mágicos & trágicos
Anacrônicas - Contos mágicos & trágicosAnacrônicas - Contos mágicos & trágicos
Anacrônicas - Contos mágicos & trágicosAquário Editorial
 

Semelhante a História do Passarinho Azul (20)

50560569 clarice-lispector-como-nasceram-as-estrelas-pdf-rev
50560569 clarice-lispector-como-nasceram-as-estrelas-pdf-rev50560569 clarice-lispector-como-nasceram-as-estrelas-pdf-rev
50560569 clarice-lispector-como-nasceram-as-estrelas-pdf-rev
 
O Sabiá "Chama" - Série Recanto Taliesin
O Sabiá "Chama" - Série Recanto TaliesinO Sabiá "Chama" - Série Recanto Taliesin
O Sabiá "Chama" - Série Recanto Taliesin
 
História ed pré esc.
História ed pré esc.História ed pré esc.
História ed pré esc.
 
Cartões de Leitura.pdf
Cartões de Leitura.pdfCartões de Leitura.pdf
Cartões de Leitura.pdf
 
Cartões de Leitura.pdf
Cartões de Leitura.pdfCartões de Leitura.pdf
Cartões de Leitura.pdf
 
Imagem
ImagemImagem
Imagem
 
LeilãO De Jardim
LeilãO De JardimLeilãO De Jardim
LeilãO De Jardim
 
Uma ideia toda azul - Marina Colasanti.pdf
Uma ideia toda azul - Marina Colasanti.pdfUma ideia toda azul - Marina Colasanti.pdf
Uma ideia toda azul - Marina Colasanti.pdf
 
Doze lendas brasileiras como nasceram as estrelas - clarice lispector -
Doze lendas brasileiras   como nasceram as estrelas - clarice lispector -Doze lendas brasileiras   como nasceram as estrelas - clarice lispector -
Doze lendas brasileiras como nasceram as estrelas - clarice lispector -
 
Ficha de Leitura A menina que roubava gargalhadas.docx
Ficha de Leitura A menina que roubava gargalhadas.docxFicha de Leitura A menina que roubava gargalhadas.docx
Ficha de Leitura A menina que roubava gargalhadas.docx
 
História com recadinho
História com recadinhoHistória com recadinho
História com recadinho
 
16827515 Espiritismo Infantil Historia 18
16827515 Espiritismo Infantil Historia 1816827515 Espiritismo Infantil Historia 18
16827515 Espiritismo Infantil Historia 18
 
16692941 Espiritismo Infantil Historia 18
16692941 Espiritismo Infantil Historia 1816692941 Espiritismo Infantil Historia 18
16692941 Espiritismo Infantil Historia 18
 
HISTORIA Encanto Noite Verão
HISTORIA Encanto Noite VerãoHISTORIA Encanto Noite Verão
HISTORIA Encanto Noite Verão
 
HISTÓRIA Encanto Noite Verão
HISTÓRIA Encanto Noite VerãoHISTÓRIA Encanto Noite Verão
HISTÓRIA Encanto Noite Verão
 
Textos a pares
Textos a paresTextos a pares
Textos a pares
 
Cartões de Leitura.pdf
Cartões de Leitura.pdfCartões de Leitura.pdf
Cartões de Leitura.pdf
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
 
Anacrônicas - Contos mágicos & trágicos
Anacrônicas - Contos mágicos & trágicosAnacrônicas - Contos mágicos & trágicos
Anacrônicas - Contos mágicos & trágicos
 

Mais de maria do rosario macedo (20)

Animais vertebrados
Animais vertebradosAnimais vertebrados
Animais vertebrados
 
animais de estimação
animais de estimaçãoanimais de estimação
animais de estimação
 
Números e letras
Números e letrasNúmeros e letras
Números e letras
 
Mães do mundo ...
Mães do mundo ...Mães do mundo ...
Mães do mundo ...
 
O vendedor ambulante
O vendedor ambulanteO vendedor ambulante
O vendedor ambulante
 
Está frio lá fora
Está frio lá foraEstá frio lá fora
Está frio lá fora
 
Boneco de neve
Boneco de neveBoneco de neve
Boneco de neve
 
Janeiro
JaneiroJaneiro
Janeiro
 
As aventuras dos ursitos,2013 2
As aventuras dos ursitos,2013 2As aventuras dos ursitos,2013 2
As aventuras dos ursitos,2013 2
 
Junho
JunhoJunho
Junho
 
Com o meu pa ix
Com o meu pa ixCom o meu pa ix
Com o meu pa ix
 
Amulher
AmulherAmulher
Amulher
 
Conheço bem este valor
Conheço bem este valorConheço bem este valor
Conheço bem este valor
 
Responsabilidade
ResponsabilidadeResponsabilidade
Responsabilidade
 
Natal é tempo de paz
Natal é tempo de pazNatal é tempo de paz
Natal é tempo de paz
 
Solidariedade
SolidariedadeSolidariedade
Solidariedade
 
Ser educador
Ser educadorSer educador
Ser educador
 
Dia mundial do sorriso
Dia mundial  do sorrisoDia mundial  do sorriso
Dia mundial do sorriso
 
A minha mãe
A minha mãeA minha mãe
A minha mãe
 
Avós
AvósAvós
Avós
 

Último

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 

Último (20)

POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 

História do Passarinho Azul

  • 1. Histórias aos Bocadinhos O Passarinho azul Uma história sobre a PRIMAVERA A nossa história é a tua história! Podes completá-la com desenhos, recortes de revista ou o que a tua imaginação ditar… 21 de Março de 2010 Composição, Execução e Montagem Glicéria Gil Fotos e imagens Clipart e Flick Texto Aurora Esmeralda Certo Fernanda Duarte Gabriela Frias Glicéria Gil Maria de Jesus Sousa (Juca) Maria do Rosário (Rosarinho) Paula Duarte São Susana Pinhal Jardins Saudáveis www.jardinsaudaveis.com © Jardins Saudáveis 2010
  • 2. “O Passarinho Azul” Uma história sobre a PRIMAVERA A PRIMAVERA chega de O melro empoleirado no ramo mansinho. mais alto, solta as primeiras notas Os dias já são maiores. A da manhã, num trinado que ameixeira do quintal está parece saudar o novo dia. carregadinha de flores branquinhas. Primavera Primavera Primavera “O macho canta melodiosamente, empoleirando-se em pontos altos. Canta particularmente ao amanhecer e ao anoitecer” Para ouvir o canto do melro aceder em: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/6/68/Turdus_merula_male _song_at_dawn(20s).ogg SOBRE O MELRO “O macho é completamente preto, excepto o bico e um anel em volta dos olhos, de cor amarela-alaranjada. A fêmea têm dorso preto, ventre pardo-escuro malhado de pardo-claro, e a garganta e a parte superior do peito pardas com malhas esbranquiçadas. Com um carácter comunicativo e citadino, habita em jardins ou sebes na cidade e em bosques ou charnecas no campo, alimentando-se de insectos, vermes, sementes e bagas” Fonte: Wikipédia 2
  • 3. …imaginava como seria divertido dar saltos e rebolar na relva verdinha. Saiu porta fora direitinha ao As andorinhas acabadas de chegar, esvoaçam e rodopiam num jardim que rodeava a sua casa... bailado sem fim. A natureza espelha alegria e tranquilidade. A Joana da sua janela … Tinham sido tantos os dias cinzentos, …num passarinho caído no chão. Estava ferido e não conseguia que a Joana não se conteve e desatou numa correria louca de um voar. A Joana pegou nele com lado para o outro. Pelo meio ia todo o cuidado e carinho do mundo e levou-o consigo para... trepando às árvores do seu jardim, até que subitamente reparou … 3
  • 4. …casa. Procurou no armário aquela caixinha linda que a mãe lhe Ele ia gostar de certeza, parecia a tinha oferecido, forrada de tecido PRIMAVERA! com rosas estampadas e pôs lá "Amanhã vou levá-lo para o dentro o passarinho. jardim-de-infância, vamos cuidar dele, posso mãe? -perguntou a Joana. - Claro que sim, minha filha! -respondeu a mãe. Nessa noite, a Joana sonhou com uma bando de pássaros voando em corrupio no céu azul, à procura de um passarinho azul de asa ferida… O passarinho azul apesar de tudo adormeceu tranquilo, pois tinha o seu coração cheio de alegria. Tinha encontrado o sentido da amizade. VÍDEOS: • http://www.youtube.com/watch?v =3oTZRWJqy_o • http://www.youtube.com/watch?v =PSRg_lajqyI&feature=related 4
  • 5. No dia seguinte, logo de manhã, a Enternecida olhou-o, seria possível Joana acordou, abriu os olhos que o bando de pássaros não o suavemente, como só uma tivesse levado! Nem queria criança sabe e consegue fazer, e acreditar! reparou que o passarinho a Abriu a janela do seu quarto. O observava. quarto que partilhara com o seu novo amigo. Os raios de luz entravam suavemente, pareciam acariciar-lhe a face de forma serena, tranquila e carinhosa. O passarito azul da cor do céu, da …todos os meninos do Mundo, pela cor da amizade que os unia, manhã, pudessem acordar com o olhou-a pensativo ou seria um pouco bailado e o chilrear dos pássaros nos preocupado? beirais das janelas. Será que lhe quer dizer que Como tudo seria diferente! continuará a gostar dela, que será sempre seu amigo. Certamente que sim! Agora que está bem, o seu maior desejo é que … FIM 5
  • 6. 6