O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Sérgio Pinto

250 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sérgio Pinto

  1. 1. “ TEMPO DE POESIA”<br />Música: José Nixa<br />Letra: António Gedeão<br />Intérprete: Duarte Mendes<br />Trabalho realizado por:<br />Sérgio Pinto, 8º OI 2<br />Tr<br />
  2. 2. TODO O TEMPO É DE POESIA<br />DESDE A NÉVOA DA MANHÃ<br />À NÉVOA DO OUTRO DIA.<br />DESDE A QUENTURA DO VENTRE <br />À FRIGIDEZ DA AGONIA<br />
  3. 3. TODO O TEMPO É DE POESIA<br />ENTRE BOMBAS QUE DEFLAGRAM.<br />COROLAS QUE SE DESDOBRAM.<br />CORPOS QUE EM SANGUE<br />SOÇOBRAM.<br />VIDAS QU’A AMAR SE CONSAGRAM.<br />
  4. 4. SOB A CÚPULA SOMBRIA<br />DAS MÃOS QUE PEDEM VINGANÇA.<br />SOB O ARCO DA ALIANÇA<br />DA CELESTE ALEGORIA.<br />
  5. 5. TODO O TEMPO É DE POESIA.<br />DESDE A ARRUMAÇÃO AO CAOS <br />À CONFUSÃO DA HARMONIA.<br />

×