Teus Olhos<br />Octávio Paz, in "Liberdade sob Palavra"Trabalho realizado por: Filipa Ribeiro<br />
Teus olhos são a pátria do relâmpago e da lágrima, <br />
silêncio<br />que fala,<br />
tempestades sem vento, mar sem ondas, pássaros presos, douradas feras adormecidas, topázios ímpios como a verdade, <br />
Outono numa clareira de bosque onde a luz canta no ombro  duma árvore e são pássaros todas as folhas, praia que a manhã en...
cesta de frutos de fogo, mentira que alimenta, espelhos deste mundo, portas do além, <br />
pulsação tranquila do mar ao meio-dia, <br />
universo que estremece, paisagem solitária.<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os teus olhos

339 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
339
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os teus olhos

  1. 1. Teus Olhos<br />Octávio Paz, in "Liberdade sob Palavra"Trabalho realizado por: Filipa Ribeiro<br />
  2. 2. Teus olhos são a pátria do relâmpago e da lágrima, <br />
  3. 3. silêncio<br />que fala,<br />
  4. 4. tempestades sem vento, mar sem ondas, pássaros presos, douradas feras adormecidas, topázios ímpios como a verdade, <br />
  5. 5. Outono numa clareira de bosque onde a luz canta no ombro  duma árvore e são pássaros todas as folhas, praia que a manhã encontra constelada de olhos, <br />
  6. 6. cesta de frutos de fogo, mentira que alimenta, espelhos deste mundo, portas do além, <br />
  7. 7. pulsação tranquila do mar ao meio-dia, <br />
  8. 8. universo que estremece, paisagem solitária.<br />

×