Texto de MIA COUTO, escritor moçambicano Gravuras de Laverne Ross (L. Ross) Música: ÁFRICA - Canto Africano 7  SAPATOS  SU...
O escritor e jornalista moçambicano Mia Couto, também licenciado em Medicina e Biologia, fez uma oração de sapiência, no d...
Não podemos entrar na modernidade com o actual fardo de preconceitos.  À porta da modernidade precisamos de nos descalçar....
Primeiro Sapato: A ideia de que os culpados são sempre os outros.
Segundo S apato: A ideia de que o sucesso não nasce do trabalho.
Terceiro Sapato: O preconceito de que quem critica é um inimigo.
Quarto Sapato: A ideia de que mudar as palavras muda a realidade.
Quinto Sapato: A vergonha de ser pobre e o culto das aparências.
Sexto Sapato: A passividade perante a injustiça .
Sétimo sapato: A ideia de que, para sermos modernos, temos que imitar os outros.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

7 Sapatos Sujos

3.390 visualizações

Publicada em

Reflexão sobre o agir quotidiano do SER PESSOA.

Publicada em: Diversão e humor, Negócios
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.390
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
28
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

7 Sapatos Sujos

  1. 1. Texto de MIA COUTO, escritor moçambicano Gravuras de Laverne Ross (L. Ross) Música: ÁFRICA - Canto Africano 7 SAPATOS SUJOS ...
  2. 2. O escritor e jornalista moçambicano Mia Couto, também licenciado em Medicina e Biologia, fez uma oração de sapiência, no dia 7 de Março de 2005, na abertura do ano lectivo do Instituto Superior de Ciências e Tecnologia de Moçambique. Partes dessa oração foram publicados no “Courrier Internacional”, de 2 de Abril de 2005. Destacamos... “Os Sete Sapatos Sujos”:
  3. 3. Não podemos entrar na modernidade com o actual fardo de preconceitos. À porta da modernidade precisamos de nos descalçar. Eu contei “Sete Sapatos Sujos” que necessitamos deixar na soleira da porta dos tempos novos. Haverá muitos. Mas eu tinha que escolher e sete é um número mágico:
  4. 4. Primeiro Sapato: A ideia de que os culpados são sempre os outros.
  5. 5. Segundo S apato: A ideia de que o sucesso não nasce do trabalho.
  6. 6. Terceiro Sapato: O preconceito de que quem critica é um inimigo.
  7. 7. Quarto Sapato: A ideia de que mudar as palavras muda a realidade.
  8. 8. Quinto Sapato: A vergonha de ser pobre e o culto das aparências.
  9. 9. Sexto Sapato: A passividade perante a injustiça .
  10. 10. Sétimo sapato: A ideia de que, para sermos modernos, temos que imitar os outros.

×