O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Análise de Imagem

36.443 visualizações

Publicada em

Análise de Imagem

Publicada em: Educação

Análise de Imagem

  1. 1. ANÁLISE DE IMAGEM
  2. 2. A foto foi produzida em preto e branco, com duas crianças fotografadas, estando uma de frente para a câmera, em primeiro plano, e outra em segundo plano. A câmera está ligeiramente acima dos objetos, e a imagem foi tomada de perto.
  3. 3. As fotos em preto e branco transmitem mais emoção. A falta de cor torna a imagem registrada mais distante do nosso olhar, que é colorido, e facilita a busca de um registro além da realidade, ou de uma outra realidade. É como uma “poesia” fotográfica. Sem a presença das cores podemos perceber melhor as formas, expressões, volumes, texturas e tonalidades.
  4. 5. Conseguimos perceber que os garotos estão em uma sala de aula. Isso porque, apesar de estarem sem camisa, sem livros, lápis ou cadernos, reconhecemos como sala de aula pela presença das carteiras escolares enfileiradas, pelo quadro negro ao fundo, e pela “árvore” com os nomes dos alunos, típica de salas de aula para crianças.
  5. 6. Mas a foto traz uma série de incertezas e estranhezas, como: onde estariam os outros alunos? Por que estão sem camisa? Notem que enquanto um olha com curiosidade para a lente do fotógrafo o outro parece muito distante. E esse, que parece distante, estará olhando para a parede, para fora, para o nada ou para algum cartaz que lhe chamou atenção?
  6. 8. Me veio a idéia de que esta possa ser uma escola presente em alguma comunidade indígena, em um país castelhano, e que a foto foi tirada em período de férias, já que no quadro negro está escrito “Feliz Natal e Ano Novo” em língua castelhana. Sobre estarem sem camisa, acredito que uma escola dentro de uma aldeia provavelmente não exija que os alunos estejam uniformizados.
  7. 9. Aí chega mais uma enxurrada de questões, como por exemplo: desde quando Natal faz parte da cultura dos índios, para estar escrito no quadro negro “Feliz Natal”?! Talvez seja uma tentativa de inclusão do índio na cultura branca? E os professores, seriam indígenas ou não? Será uma visita de indiozinhos a um colégio comum? Na árvore dos nomes, ao fundo, só me foi possível enxergar um nome muito parecido com “Norma”, que tem origem no Latim e na certa não é um nome indígena. Ou seja, esses meninos REALMENTE PERTENCEM A ESTE CENÁRIO?
  8. 10. E o principal: qual foi a intenção do fotógrafo mostrando os dois “alunos” de costas para o quadro negro? Uma crítica à falta de atenção dos governos com a educação da minorias? Uma dica para que os índios fiquem de costas para a cultura branca? Por último, digo que para interpretar e compreender a mensagem do artista considero imprescindível conhecer a autoria da fotografia e estudar o fotógrafo e sua obra.

×