SlideShare uma empresa Scribd logo

at7_ppt_unid7.pptx

M
mariagrave

dddddddddddddddddddddddddddd

1 de 10
Baixar para ler offline
Consequências da Dinâmica
Interna da Terra
O ciclo das rochas
O ciclo das rochas
Sedimentogénese
Ciclo das rochas
As rochas à superfície
sofrem um conjunto de
transformações que
conduzem à formação de
sedimentos.
O ciclo das rochas
Diagénese
Ciclo das rochas
Os sedimentos sofrem
transformações que
conduzem à formação de
rochas sedimentares.
O ciclo das rochas
Sedimentogénese
Diagénese
Ciclo das rochas
O ciclo das rochas
Metamorfismo
Ciclo das rochas
As rochas sujeitas a condições de
pressão e temperatura diferentes
das que existiram durante a sua
formação sofrem transformações
mineralógicas e texturais.
O ciclo das rochas
Metamorfismo
Sedimentogénese
Diagénese
Ciclo das rochas

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a at7_ppt_unid7.pptx

A Terra e suas Transformações - 6º Ano (2017)
A Terra e suas Transformações - 6º Ano (2017)A Terra e suas Transformações - 6º Ano (2017)
A Terra e suas Transformações - 6º Ano (2017)Nefer19
 
As rochas, arquivos da história da Terra
As rochas, arquivos da história da TerraAs rochas, arquivos da história da Terra
As rochas, arquivos da história da TerraMarta Espada
 
Metamorfimo e rochas metamorficas (1)
Metamorfimo e rochas metamorficas (1)Metamorfimo e rochas metamorficas (1)
Metamorfimo e rochas metamorficas (1)UFRJ
 
BIOL_11_Aula1_20abril.pdf
BIOL_11_Aula1_20abril.pdfBIOL_11_Aula1_20abril.pdf
BIOL_11_Aula1_20abril.pdfIsauraSilva13
 
Génese e classificação rochas sedimentares
Génese e classificação rochas sedimentaresGénese e classificação rochas sedimentares
Génese e classificação rochas sedimentaresBeatrizMarques25
 
O principio da alteração das rochas
O principio da alteração das rochasO principio da alteração das rochas
O principio da alteração das rochasCidinhoveronese
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentaresTânia Reis
 
As Rochas Arquivos Terra
As Rochas Arquivos TerraAs Rochas Arquivos Terra
As Rochas Arquivos Terraana mendes
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoVitor Perfeito
 

Semelhante a at7_ppt_unid7.pptx (20)

A Terra e suas Transformações - 6º Ano (2017)
A Terra e suas Transformações - 6º Ano (2017)A Terra e suas Transformações - 6º Ano (2017)
A Terra e suas Transformações - 6º Ano (2017)
 
Rochas 1718
Rochas 1718Rochas 1718
Rochas 1718
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
As rochas, arquivos da história da Terra
As rochas, arquivos da história da TerraAs rochas, arquivos da história da Terra
As rochas, arquivos da história da Terra
 
Metamorfimo e rochas metamorficas (1)
Metamorfimo e rochas metamorficas (1)Metamorfimo e rochas metamorficas (1)
Metamorfimo e rochas metamorficas (1)
 
As rochas
As rochasAs rochas
As rochas
 
Metamorfismo 2018
Metamorfismo 2018Metamorfismo 2018
Metamorfismo 2018
 
Guião apresentação
Guião   apresentaçãoGuião   apresentação
Guião apresentação
 
BIOL_11_Aula1_20abril.pdf
BIOL_11_Aula1_20abril.pdfBIOL_11_Aula1_20abril.pdf
BIOL_11_Aula1_20abril.pdf
 
Dinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevoDinâmica interna e externa do relevo
Dinâmica interna e externa do relevo
 
Génese e classificação rochas sedimentares
Génese e classificação rochas sedimentaresGénese e classificação rochas sedimentares
Génese e classificação rochas sedimentares
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
O principio da alteração das rochas
O principio da alteração das rochasO principio da alteração das rochas
O principio da alteração das rochas
 
Aula Geografia
Aula Geografia Aula Geografia
Aula Geografia
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
rochas.pptx
rochas.pptxrochas.pptx
rochas.pptx
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
As Rochas Arquivos Terra
As Rochas Arquivos TerraAs Rochas Arquivos Terra
As Rochas Arquivos Terra
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
 
Apostila geologia
Apostila geologiaApostila geologia
Apostila geologia
 

Mais de mariagrave

16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmariagrave
 
ae_mt7_ppt_sismos.pptxgggggggggggggggggggggg
ae_mt7_ppt_sismos.pptxggggggggggggggggggggggae_mt7_ppt_sismos.pptxgggggggggggggggggggggg
ae_mt7_ppt_sismos.pptxggggggggggggggggggggggmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_catastrofes_antropicas.pptx
ae_mamb8_ppt_catastrofes_antropicas.pptxae_mamb8_ppt_catastrofes_antropicas.pptx
ae_mamb8_ppt_catastrofes_antropicas.pptxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptx
ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptxae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptx
ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_equilibrio_ecossistemas (1).pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...
ae_mamb8_ppt_equilibrio_ecossistemas (1).pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...ae_mamb8_ppt_equilibrio_ecossistemas (1).pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...
ae_mamb8_ppt_equilibrio_ecossistemas (1).pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...mariagrave
 
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllmariagrave
 
ae_mt7_ppt_rochas_portugal.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
ae_mt7_ppt_rochas_portugal.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...ae_mt7_ppt_rochas_portugal.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
ae_mt7_ppt_rochas_portugal.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...mariagrave
 
ectic8_ppt_c1.pptxvvvvvvvvvvvvvvggggggggggggggggggggggggggvvvvvvv
ectic8_ppt_c1.pptxvvvvvvvvvvvvvvggggggggggggggggggggggggggvvvvvvvectic8_ppt_c1.pptxvvvvvvvvvvvvvvggggggggggggggggggggggggggvvvvvvv
ectic8_ppt_c1.pptxvvvvvvvvvvvvvvggggggggggggggggggggggggggvvvvvvvmariagrave
 
ectic8_ppt_c2.pptx Ecossistemas e fatores abiótiocs
ectic8_ppt_c2.pptx Ecossistemas e fatores abiótiocsectic8_ppt_c2.pptx Ecossistemas e fatores abiótiocs
ectic8_ppt_c2.pptx Ecossistemas e fatores abiótiocsmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_interacoes.pptx
ae_mamb8_ppt_interacoes.pptxae_mamb8_ppt_interacoes.pptx
ae_mamb8_ppt_interacoes.pptxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_teias.pptx
ae_mamb8_ppt_teias.pptxae_mamb8_ppt_teias.pptx
ae_mamb8_ppt_teias.pptxmariagrave
 
10_mch9_sbv.pptx
10_mch9_sbv.pptx10_mch9_sbv.pptx
10_mch9_sbv.pptxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_circul_materia.pptx
ae_mamb8_ppt_circul_materia.pptxae_mamb8_ppt_circul_materia.pptx
ae_mamb8_ppt_circul_materia.pptxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_sucessoes.pptx
ae_mamb8_ppt_sucessoes.pptxae_mamb8_ppt_sucessoes.pptx
ae_mamb8_ppt_sucessoes.pptxmariagrave
 
15odis10_ppt_producao_energia_celulas.pptx
15odis10_ppt_producao_energia_celulas.pptx15odis10_ppt_producao_energia_celulas.pptx
15odis10_ppt_producao_energia_celulas.pptxmariagrave
 
11odis10_ppt_obtencao_materia_heterotroficos.pptx
11odis10_ppt_obtencao_materia_heterotroficos.pptx11odis10_ppt_obtencao_materia_heterotroficos.pptx
11odis10_ppt_obtencao_materia_heterotroficos.pptxmariagrave
 
Componentes do sistema Terra .pptx
Componentes do sistema Terra .pptxComponentes do sistema Terra .pptx
Componentes do sistema Terra .pptxmariagrave
 
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptxae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptxmariagrave
 
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdfFI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdfmariagrave
 
mch9_sistema_respiratorio.pptx
mch9_sistema_respiratorio.pptxmch9_sistema_respiratorio.pptx
mch9_sistema_respiratorio.pptxmariagrave
 

Mais de mariagrave (20)

16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
16_mch9_genetica.pptx mmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
 
ae_mt7_ppt_sismos.pptxgggggggggggggggggggggg
ae_mt7_ppt_sismos.pptxggggggggggggggggggggggae_mt7_ppt_sismos.pptxgggggggggggggggggggggg
ae_mt7_ppt_sismos.pptxgggggggggggggggggggggg
 
ae_mamb8_ppt_catastrofes_antropicas.pptx
ae_mamb8_ppt_catastrofes_antropicas.pptxae_mamb8_ppt_catastrofes_antropicas.pptx
ae_mamb8_ppt_catastrofes_antropicas.pptx
 
ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptx
ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptxae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptx
ae_mamb8_ppt_catastrofes_naturais (1).pptx
 
ae_mamb8_ppt_equilibrio_ecossistemas (1).pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...
ae_mamb8_ppt_equilibrio_ecossistemas (1).pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...ae_mamb8_ppt_equilibrio_ecossistemas (1).pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...
ae_mamb8_ppt_equilibrio_ecossistemas (1).pptxmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm...
 
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
14_mch9_reprodutor1.pptxllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll
 
ae_mt7_ppt_rochas_portugal.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
ae_mt7_ppt_rochas_portugal.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...ae_mt7_ppt_rochas_portugal.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
ae_mt7_ppt_rochas_portugal.pptxvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvvv...
 
ectic8_ppt_c1.pptxvvvvvvvvvvvvvvggggggggggggggggggggggggggvvvvvvv
ectic8_ppt_c1.pptxvvvvvvvvvvvvvvggggggggggggggggggggggggggvvvvvvvectic8_ppt_c1.pptxvvvvvvvvvvvvvvggggggggggggggggggggggggggvvvvvvv
ectic8_ppt_c1.pptxvvvvvvvvvvvvvvggggggggggggggggggggggggggvvvvvvv
 
ectic8_ppt_c2.pptx Ecossistemas e fatores abiótiocs
ectic8_ppt_c2.pptx Ecossistemas e fatores abiótiocsectic8_ppt_c2.pptx Ecossistemas e fatores abiótiocs
ectic8_ppt_c2.pptx Ecossistemas e fatores abiótiocs
 
ae_mamb8_ppt_interacoes.pptx
ae_mamb8_ppt_interacoes.pptxae_mamb8_ppt_interacoes.pptx
ae_mamb8_ppt_interacoes.pptx
 
ae_mamb8_ppt_teias.pptx
ae_mamb8_ppt_teias.pptxae_mamb8_ppt_teias.pptx
ae_mamb8_ppt_teias.pptx
 
10_mch9_sbv.pptx
10_mch9_sbv.pptx10_mch9_sbv.pptx
10_mch9_sbv.pptx
 
ae_mamb8_ppt_circul_materia.pptx
ae_mamb8_ppt_circul_materia.pptxae_mamb8_ppt_circul_materia.pptx
ae_mamb8_ppt_circul_materia.pptx
 
ae_mamb8_ppt_sucessoes.pptx
ae_mamb8_ppt_sucessoes.pptxae_mamb8_ppt_sucessoes.pptx
ae_mamb8_ppt_sucessoes.pptx
 
15odis10_ppt_producao_energia_celulas.pptx
15odis10_ppt_producao_energia_celulas.pptx15odis10_ppt_producao_energia_celulas.pptx
15odis10_ppt_producao_energia_celulas.pptx
 
11odis10_ppt_obtencao_materia_heterotroficos.pptx
11odis10_ppt_obtencao_materia_heterotroficos.pptx11odis10_ppt_obtencao_materia_heterotroficos.pptx
11odis10_ppt_obtencao_materia_heterotroficos.pptx
 
Componentes do sistema Terra .pptx
Componentes do sistema Terra .pptxComponentes do sistema Terra .pptx
Componentes do sistema Terra .pptx
 
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptxae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
ae_mamb8_ppt_fatores_abioticos.pptx
 
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdfFI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
FI1 AutotrofiaVSHeterotrofiaA2.pdf
 
mch9_sistema_respiratorio.pptx
mch9_sistema_respiratorio.pptxmch9_sistema_respiratorio.pptx
mch9_sistema_respiratorio.pptx
 

Último

Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...azulassessoriaacadem3
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...excellenceeducaciona
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...azulassessoriaacadem3
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIAHenrique Pontes
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.Prime Assessoria
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...apoioacademicoead
 
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...azulassessoriaacadem3
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoMariaJoão Agualuza
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Mary Alvarenga
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...excellenceeducaciona
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...azulassessoriaacadem3
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 

Último (20)

Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...Considere a imagem abaixo:  Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
Considere a imagem abaixo: Fonte: ROSA, Tomás Amado. No âmbito do Direito, a...
 
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
A) Cite inicialmente as três dimensões do desenvolvimento sustentável e estab...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIACONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
CONCEITOS BÁSICOS DA GEOGRAFIAGEOGRAFIAGEOGRAFIA
 
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
A) DESCREVA no mínimo três pontos-base do princípio da cromatografia gasosa.
 
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
Com base nas informações apresentadas, responda: a. Qual o Índice de Massa Co...
 
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
3) A legislação brasileira prevê a proteção à educação e a sua divisão? Apont...
 
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º anoReprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
Reprodução nos Animais - 2.º ciclo 5.º ano
 
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
Letra da música Maria, Maria de Milton Nascimento
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptxSlides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
Slides Lição 9, BETEL, Família, primeiro ministério e maior patrimônio.pptx
 
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
Depois de refletir sobre essas etapas, o planejamento será registrado por mei...
 
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docxGABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
GABARITO CRUZADINHA PATRIM E FONTES.docx
 
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
Desenvolva um texto dissertativo sobre como a experiência de Deus pode ser re...
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 

at7_ppt_unid7.pptx

  • 1. Consequências da Dinâmica Interna da Terra O ciclo das rochas
  • 2. O ciclo das rochas Sedimentogénese Ciclo das rochas As rochas à superfície sofrem um conjunto de transformações que conduzem à formação de sedimentos.
  • 3. O ciclo das rochas Diagénese Ciclo das rochas Os sedimentos sofrem transformações que conduzem à formação de rochas sedimentares.
  • 4. O ciclo das rochas Sedimentogénese Diagénese Ciclo das rochas
  • 5. O ciclo das rochas Metamorfismo Ciclo das rochas As rochas sujeitas a condições de pressão e temperatura diferentes das que existiram durante a sua formação sofrem transformações mineralógicas e texturais.
  • 6. O ciclo das rochas Metamorfismo Sedimentogénese Diagénese Ciclo das rochas
  • 7. O ciclo das rochas Fusão Ciclo das rochas As rochas sujeitas a temperaturas muito elevadas fundem, originando magma.
  • 8. O ciclo das rochas Metamorfismo Sedimentogénese Diagénese Fusão Ciclo das rochas
  • 9. O ciclo das rochas Solidificação Ciclo das rochas O magma arrefece e solidifica em profundidade. A lava arrefece e solidifica à superfície.
  • 10. O ciclo das rochas Metamorfismo Sedimentogénese Diagénese Fusão Solidificação Ciclo das rochas