AF5

179 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
179
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

AF5

  1. 1. NUNO JÚDICE<br />POEMAS<br />
  2. 2. CHUVA, CORDAS, VERSOS COMO ROUPA A SECAR<br />Agora que chove, numa inesperada<br />manhã de inverno em plena primavera,<br />e as cordas de água são como as<br />cordas do alaúde, tocando uma queixa<br />fúnebre, apanho os versos da corda<br />para que não se molhem. Estendo-os,<br />então, na página, e vejo as gotas<br />de água escorrerem, como lágrimas,<br />para o chão da alma. São assim<br />os dias de chuva na primavera: bons<br />para encharcarem a poesia; e<br />cheios dessa música antiga, que<br />ninguém quer, repetindo os velhos<br />tédios de poemas de outro tempo.<br />inPoesia Reunida 1967-2000<br />
  3. 3. FIM<br />

×