Aula de disturbios hidroeletrolíticos

23.191 visualizações

Publicada em

Aula teorico-pratica de distúrbios eletrolíticos em pacientes pediatricos

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
23.191
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
321
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula de disturbios hidroeletrolíticos

  1. 1. Distúrbios hidroeletrolíticos Dra Maria Cristina de Souza Neto Pediatra Intensivista HIJG
  2. 2. Caso 1 <ul><li>Paciente, 2 anos, acompanha no ambulatorio da nutrologia por desnutrição e tem sindrome de Moebius. É encaminhado para emergência devido a apatia. Ao chegar a emergência verificado taquipneia sem alterações de ausculta e prostração importante sem história de vômitos ou diarreia ou febre. Optado por realizar 40 ml/kg e solicitados exames. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Após o volume de 40ml/kg paciente não apresentou diurese. Que exames você solicitará? </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Ureia </li></ul><ul><li>Creatinina </li></ul><ul><li>Eletrólitos (nunca esquecendo do fósforo) </li></ul><ul><li>Hemograma </li></ul><ul><li>Gasometria (devido ao desconforto respiratório sem alterações de ausculta) </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Enquanto você aguarda segue administrando soro fisiológico e paciente parece um pouco mais reativa. Até que chegam os exames: </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Na 155 (normal 135 a 145) </li></ul><ul><li>K 6 (normal 3,5 a 4,5) </li></ul><ul><li>Cai 2 (normal 1,1 a 1,3) </li></ul><ul><li>Ca total 8 (normal </li></ul><ul><li>P 10 (normal </li></ul><ul><li>Creatinina 1,5 </li></ul><ul><li>Ureia 115 </li></ul>
  7. 7. <ul><li>O que eu faço primeiro? </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Como Jackie diria vamos por partes... </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Hipóteses para o distúrbio hidroeletrolítico </li></ul><ul><ul><ul><li>Baixa ingesta por falta de oferta ? </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Quadro de diarreia sendo ofertado soro de reidratação em excesso? </li></ul></ul></ul>
  10. 10. Distúrbios de Sódio <ul><li>Hiponatremia </li></ul><ul><ul><ul><li>Sódio < 135 mEq/l </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sódio < 120 mEq/l (grave) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sintomas: dificuldade de concentração e sonolencia -> náuseas, vômitos, convulsões, alterações do estado mental, estupor e coma </li></ul></ul></ul>
  11. 11. Distúrbios do sódio <ul><li>Hiponatremia - Tratamento </li></ul><ul><ul><ul><li>125 a 135 assintomático -> tratar somente a causa base </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>120 deve-se fazer tratamento imediato: </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Nos casos agudos elevar Na até 130 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Nos casos crônico elevar Na até 120 </li></ul></ul></ul>Na (mEq/l) = (Na desejado – Na atual) x peso x 0,6
  12. 12. Distúrbios do Sódio <ul><li>Hiponatremia – Tratamento </li></ul><ul><ul><ul><li>Normalmente usa-se solução de NaCl3% = 89 ml SF0,9% + 11 ml NaCl20% </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Procura-se não ultrapassar 10ml/kg/h nas agudas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Procura-se não ultrapassar 5ml/kg/h nas crônicas </li></ul></ul></ul><ul><li>* Evitar elevar o sodio mais que 10meq/l por dia. </li></ul>
  13. 13. Distúrbios do Sódio <ul><li>Paciente, 1 ano 4 meses, 12 kg, Na 117 </li></ul><ul><li>Na = 122 – 117 x 0,6 x 12 </li></ul><ul><li>Na = 36mEq </li></ul><ul><li>89ml AD + 11 ml NaCl20% = 0,5mq Na/ml </li></ul><ul><li>0,5 mEq ------- 1 ml </li></ul><ul><li>36 mEq -------- x = 72 ml </li></ul><ul><li>Prescrever: NaCl20% - 11ml retirar dessa solução 72 ml </li></ul><ul><li>AD – 89 ml e correr em 24 horas </li></ul><ul><li>* dosar o valor do sodio de 6/6h </li></ul>
  14. 14. Distúrbios do Sódio <ul><li>Hipernatremia </li></ul><ul><ul><ul><li>Na sérico > 145 mEq/l </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Na sérico > 150 mEq/l (grave) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sintomas: irritabilidade, confusão, convulsões, torpo e coma </li></ul></ul></ul>
  15. 15. Distúrbios do Sódio <ul><li>Hipernatremia – Tratamento </li></ul><ul><ul><ul><li>Deficit de água livre ( em litros): P x 0,6 x ((Na-140)/140) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Não reduzir em mais de 0,5 a 1mEq/l/h </li></ul></ul></ul>Se o paciente está normovolêmico, pode-se acrescentar o deficit de água livre a hidrataçao de manutenção na forma de soro glicosado com sódio na faixa de 20 a 30 mEq/l. Se há choque prioriza-se a reposição de volume. Se há suspeita de edema cerebral por reposição rápida pode-se usar manitol na dose de 0,25 a 0,5 g/kg/dose até de 2/2h, até melhora do quadro Se há hipervolemia, deve-se facilitar a excreção de solutos com furosemida, repondo as perdas adicionais de urina (diurese maior que 4ml/kg/h) Nos casos de insuficiência renal deve-se realizar diálise ou hemofiltração
  16. 16. Distúrbios do Sódio <ul><li>Paciente, 1 ano e 4 meses, 12 kg, Na 159. </li></ul><ul><li>12 x 0,6 x 0,13 = 0,93 litros = 930 ml em 48 horas de SG5% (não esquecer que para repor somente com SG5% o paciente deve estar recebendo algum aporte de sódio, seja pela hidratação ou pela dieta)! </li></ul><ul><li>* fazer dosagens de sódio de 6/6h </li></ul>
  17. 17. Distúrbios do Potássio <ul><li>Hipopotassemia </li></ul><ul><ul><ul><li>K < 3,5 mEq/l </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sintomas: fraqueza muscular até arritmias cardíacas. Pode ocorrer paralisias da musculatura esquelética (parada respiratória) até alterações da musculatura lisa (íleo paralítico) </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Alterações no ECG: achatamento ou inversão da onda T, presença de onda U, segmento ST retificado ou infradesnivelado. </li></ul></ul></ul>
  18. 18. Distúrbios do Potassio <ul><li>Hiperpotassemia - Tratamento </li></ul><ul><ul><ul><li>Casos leves (2,5 a 3,5): repor enteral com KCL19% 3 a 5 mEq/kg/dia; se paciente em uso de diuréticos que espoliam potássio trocar para poupador de potássio </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Casos moderados a graves (< 2,5): repor IV 0,3 a 0,5 mEq/kg/h </li></ul></ul></ul>
  19. 19. Disturbios do Potassio <ul><li>Paciente com 2 anos, 15 kg, K 3. </li></ul><ul><li>3 mEq de K x 15 /2,5 dividido pelo número de vezes por dia </li></ul><ul><li>Paciente com 2 anos, 15 kg, K 2 (repor em 4 horas) </li></ul><ul><li>0,3 x 15 x 4 = 18 mEq </li></ul><ul><li>80mEq ------ 1 000 ml </li></ul><ul><li>18 mEq ------ x = 225 ml </li></ul><ul><li>Prescrição: </li></ul><ul><li>KCl19,1% - 18/ 2,5 (=7,2ml) correr em 4 horas </li></ul><ul><li>SG5% - 225 ml </li></ul>
  20. 20. Distúrbios do Potassio <ul><li>Hipopotassemia – Tratamento </li></ul><ul><ul><ul><li>Em casos refratários considerar o diagnóstico de hipomagnesemia e repor magnesio </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Em casos de hipocalcemia associada repor calcio, face ao risco de tetania </li></ul></ul></ul>
  21. 21. Distúrbios do Potassio <ul><li>Hiperpotassemia </li></ul><ul><ul><ul><li>Potassio > 5,0 </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Sintomas: fraqueza muscular, ílio paralítico, insuficiência respiratória e alterações cardíacas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Alterações cardiacas: onda T apiculada, achatamento e desaparecimento de onda P, aumento do intervalo PR e depressão do segmento ST e alargamento progressivo do QRS </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>K < 6: normal ou onda T apiculada </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>K 6 -8: onda T apiculada </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>K > 8: onda P ausente, complexo QRS alargado </li></ul></ul></ul></ul>
  22. 22. Distúrbios do Potassio
  23. 23. Distúrbios do Potassio - Tratamento <ul><li>Restringir ou suspender o potassio </li></ul><ul><li>Antagonizar os efeitos neuromusculares -> gluconato de calcio a 10% (0,5 a 1 mlKg EV em 15 minutos) </li></ul><ul><li>Redistribuir o Potassio internamente (bic 1 a 2 mEq/kg) -> BicNa8,4% - 1mEq = 1ml ; glicoinsulinoterapia (0,5 a 1g/kg de glicose + 1 UI insulina para cada 4 g de glicose IV em 60 min) </li></ul><ul><li>Aumentar a eliminação de K: diurético de alça, resina de troca (0,5 a 1g/kg de 4/4h ou 6/6h), diálise </li></ul>
  24. 24. Distúrbios do Potassio <ul><li>Paciente com 1 ano, 10 kg, K 6 </li></ul><ul><li>Prescrição: </li></ul><ul><li>1 – HEV sem potássio </li></ul><ul><li>2 – GlucCa10% - 10 ml IV em 15 minutos </li></ul><ul><li>3 – Furosemida 1 ml (1mg/kg/dose -> ampola tem 10mg/ml) </li></ul><ul><li>4 – Sorcal 10g diluído em SG10% (verificar no livro do residente) </li></ul>

×