SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
Desidratação Dra Maria Cristina de Souza Neto Médica Pediatra Intensivista - HIJG
Introdução ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Fisiologia das Soluções de Reidratação Absorção intestinal na borda em escova  SGLT 1 – sódio glicose co-transportador 1 GLUT 2 – transportador da glicose tipo 2 Esse mecanismo fica intacto mesmo em pacientes com diarreia severa !!!!
Fisiologia das soluções de Reidratação ,[object Object],[object Object]
Quadro Clinico Sintomas Hidratado (< 3% de perda de P) Desidratado leve/moderado (3 a 9% de perda de P) Desidratado grave (>9%de perda de P) Estado mental Bem, alerta irritado Apático, letárgico, ansioso Sede Bebe normalmente mas pode recusar líquidos sedento Incapaz de beber FC Normal  Normal/aumentada Taquicardia, com bradicardia nos casos severos Qualidade dos pulsos normal Normal a diminuído Fraco, fino ou impalpável Respiração normais Ligeiramente encovados Bastante encovados Olhos Presentes  Diminuídas  Ausentes Boca e língua úmida seca ressecada Tônus da pele Recolhimento imediato Recolhe < 2 seg Recolhe > 2 seg Perfusão Normal (<2 seg) Prolongada (3 a 6 seg) Prolongada (> 10seg) Extremidades aquecido frias Geladas; cianóticas Débito urinário Normal ou diminuído diminuído mínino
Tratamento
Tratamento Graus de desidratação Terapia de reidratação Reposição de perdas Nutrição Minima ou hidratada Não se aplica < 10kg: 60 a 120 ml para cada diarreia ou vômito > 10 kg: 120 a 240 ml para cada diarreia ou vômito Dieta para idade Moderada 50 a 100 ml/kg de peso por 3 a 4 horas idem Dieta para idade Grave 20ml/kg de SF0,9% até melhora da perfusão ou do estado mental, após 100ml/kg de peso em 4 horas ou metade me SG5% Idem. Se incapaz de receber VO administrar VG ou SG5% com ¼ do sódio e 20mEq/l de potassio IV Dieta para idade
Tratamento ,[object Object],solução Carb. mg/l Na mmol/l K mmol/l Cl mmol/l Base mmol/l Osmolaridade (mOsm/l) (WHO) 2002 13,5 75 20 65 30 245 (WHO) 1975 20 90 20 80 30 311 Pedialyte 25 45 20 35 30 250 Coca-cola 112 1,6 NA NA 13,4 650
Tratamento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tratamento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tratamento ,[object Object],[object Object]
Tratamento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tratamento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tratamento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tratamento ,[object Object],Fases rápidas 20 ml/kg até melhora do pulso, perfusão e do estado mental Solicitar exames Não melhorou Não melhorou melhorou Continuar com bolus de 20ml/kg manutenção 2 acessos venosos Monitorar sinais vitais Bic, é, ureia, creatinina, Glicose, gasometria
Tratamento ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],NaCl20% - 3,4mEq/l KCl19,1% - 2,5mEq/l GlicCa10% - 1ml/kg
Tratamento ,[object Object],[object Object]
Tipos de desidratação ,[object Object],[object Object],[object Object]
Tipos de desidratação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],intravascular extravascular
Por exemplo: ,[object Object],[object Object],[object Object]
Tipos de desidratação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tipos de desidratação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tipos de desidratação ,[object Object],[object Object],intracelular extracelular
Por exemplo ,[object Object],[object Object]
Por exemplo ,[object Object]
DESIDRATAÇÃO HIPERTÔNICA * sede intensa * mucosas muito secas * irritabilidade * oligúria acentuada * hipertonia *menos sinais de desidratação DESIDRATAÇÃO HIPOTÔNICA * pouca sede * mucosas menos secas * diurese presente * hipotonia * mais sinais de desidratação
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
 
Bibliografia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desnutrição pv
Desnutrição pvDesnutrição pv
Desnutrição pvPaulo Sales
 
Avaliação do estado de hidratação
Avaliação do estado de hidrataçãoAvaliação do estado de hidratação
Avaliação do estado de hidrataçãopauloalambert
 
Aula Insuficiência Renal Crônica
Aula Insuficiência Renal CrônicaAula Insuficiência Renal Crônica
Aula Insuficiência Renal CrônicaJucie Vasconcelos
 
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)Laped Ufrn
 
Diarreia apresentação
Diarreia apresentaçãoDiarreia apresentação
Diarreia apresentaçãoAdriana Matos
 
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...José Alexandre Pires de Almeida
 
Icterícia Neonatal
Icterícia NeonatalIcterícia Neonatal
Icterícia Neonatalblogped1
 
Aula de disturbios hidroeletrolíticos
Aula de disturbios hidroeletrolíticosAula de disturbios hidroeletrolíticos
Aula de disturbios hidroeletrolíticosmariacristinasn
 
DESNUTRIÇÃO PROTEICO CALORICA
DESNUTRIÇÃO PROTEICO CALORICADESNUTRIÇÃO PROTEICO CALORICA
DESNUTRIÇÃO PROTEICO CALORICASilvana Lima
 
Insuficiência Cardíaca Congestiva - ICC
Insuficiência Cardíaca Congestiva - ICCInsuficiência Cardíaca Congestiva - ICC
Insuficiência Cardíaca Congestiva - ICCCíntia Costa
 
Aula Insuficiência Renal Aguda
Aula Insuficiência Renal AgudaAula Insuficiência Renal Aguda
Aula Insuficiência Renal AgudaJucie Vasconcelos
 

Mais procurados (20)

Desnutrição pv
Desnutrição pvDesnutrição pv
Desnutrição pv
 
Icterícia neonatal
Icterícia neonatalIcterícia neonatal
Icterícia neonatal
 
Aula 6 - B
Aula 6 - BAula 6 - B
Aula 6 - B
 
Avaliação do estado de hidratação
Avaliação do estado de hidrataçãoAvaliação do estado de hidratação
Avaliação do estado de hidratação
 
Diabetes mellitus
Diabetes mellitusDiabetes mellitus
Diabetes mellitus
 
Aula Insuficiência Renal Crônica
Aula Insuficiência Renal CrônicaAula Insuficiência Renal Crônica
Aula Insuficiência Renal Crônica
 
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
Infecção do Trato Urinário na Infância (ITU)
 
Diabetes
DiabetesDiabetes
Diabetes
 
Diarreia apresentação
Diarreia apresentaçãoDiarreia apresentação
Diarreia apresentação
 
Asma
AsmaAsma
Asma
 
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
Insuficiência Respiratória Aguda (IRpA) e Síndrome do Desconforto Respiratóri...
 
Icterícia Neonatal
Icterícia NeonatalIcterícia Neonatal
Icterícia Neonatal
 
Aula de disturbios hidroeletrolíticos
Aula de disturbios hidroeletrolíticosAula de disturbios hidroeletrolíticos
Aula de disturbios hidroeletrolíticos
 
Diarreia - Liga de Pediatria UNICID
Diarreia - Liga de Pediatria UNICIDDiarreia - Liga de Pediatria UNICID
Diarreia - Liga de Pediatria UNICID
 
DESNUTRIÇÃO PROTEICO CALORICA
DESNUTRIÇÃO PROTEICO CALORICADESNUTRIÇÃO PROTEICO CALORICA
DESNUTRIÇÃO PROTEICO CALORICA
 
Insuficiência Cardíaca Congestiva - ICC
Insuficiência Cardíaca Congestiva - ICCInsuficiência Cardíaca Congestiva - ICC
Insuficiência Cardíaca Congestiva - ICC
 
Crescimento e desenvolvimento Infantil
Crescimento e desenvolvimento Infantil Crescimento e desenvolvimento Infantil
Crescimento e desenvolvimento Infantil
 
Aula Insuficiência Renal Aguda
Aula Insuficiência Renal AgudaAula Insuficiência Renal Aguda
Aula Insuficiência Renal Aguda
 
TUBERCULOSE
TUBERCULOSETUBERCULOSE
TUBERCULOSE
 
Bronquiolite na Infância: diagnóstico e tratamento
Bronquiolite na Infância: diagnóstico e tratamentoBronquiolite na Infância: diagnóstico e tratamento
Bronquiolite na Infância: diagnóstico e tratamento
 

Destaque

Diarreia A,B,C desidratação
Diarreia A,B,C desidratação Diarreia A,B,C desidratação
Diarreia A,B,C desidratação Luciane Santana
 
Hidratação
 Hidratação Hidratação
Hidrataçãogiaaesaof
 
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem Jonathan Sampaio
 
Técnicas de administração de vacinas 2016
Técnicas de administração de vacinas 2016Técnicas de administração de vacinas 2016
Técnicas de administração de vacinas 2016imunizacao
 
Manual de diagnostico_e_tratamento_das_dda
Manual de diagnostico_e_tratamento_das_ddaManual de diagnostico_e_tratamento_das_dda
Manual de diagnostico_e_tratamento_das_ddaAndressa Giovanni
 
Apresentação de fisiologia_do__exercicio_finalizada
Apresentação de fisiologia_do__exercicio_finalizadaApresentação de fisiologia_do__exercicio_finalizada
Apresentação de fisiologia_do__exercicio_finalizadatamygf
 
Apresentação UNEN 2013
Apresentação UNEN 2013  Apresentação UNEN 2013
Apresentação UNEN 2013 Rafaele Madormo
 
P.I.G. – PEQUENO PARA IDADE GESTACIONAL DE FETO A ADULTO
P.I.G. – PEQUENO PARA IDADE GESTACIONAL DE FETO A ADULTOP.I.G. – PEQUENO PARA IDADE GESTACIONAL DE FETO A ADULTO
P.I.G. – PEQUENO PARA IDADE GESTACIONAL DE FETO A ADULTOVan Der Häägen Brazil
 
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatinaatendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
atendimento de Bebes com Fissura Labio PalatinaFlavio Salomao-Miranda
 
Liquidos y electrolitos ultimo
Liquidos y electrolitos   ultimoLiquidos y electrolitos   ultimo
Liquidos y electrolitos ultimoMarisol Tocto
 

Destaque (20)

Diarreia
DiarreiaDiarreia
Diarreia
 
Diarreia A,B,C desidratação
Diarreia A,B,C desidratação Diarreia A,B,C desidratação
Diarreia A,B,C desidratação
 
Hidratação
HidrataçãoHidratação
Hidratação
 
Hidratação
 Hidratação Hidratação
Hidratação
 
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
Náusea e vômito: Assistência de enfermagem
 
Vacinas
VacinasVacinas
Vacinas
 
Sistema gastrointestinal
Sistema gastrointestinalSistema gastrointestinal
Sistema gastrointestinal
 
Técnicas de administração de vacinas 2016
Técnicas de administração de vacinas 2016Técnicas de administração de vacinas 2016
Técnicas de administração de vacinas 2016
 
Higiene e Saúde
Higiene e SaúdeHigiene e Saúde
Higiene e Saúde
 
Manual de diagnostico_e_tratamento_das_dda
Manual de diagnostico_e_tratamento_das_ddaManual de diagnostico_e_tratamento_das_dda
Manual de diagnostico_e_tratamento_das_dda
 
Apresentação de fisiologia_do__exercicio_finalizada
Apresentação de fisiologia_do__exercicio_finalizadaApresentação de fisiologia_do__exercicio_finalizada
Apresentação de fisiologia_do__exercicio_finalizada
 
Hidratação
HidrataçãoHidratação
Hidratação
 
Apresentação UNEN 2013
Apresentação UNEN 2013  Apresentação UNEN 2013
Apresentação UNEN 2013
 
P.I.G. – PEQUENO PARA IDADE GESTACIONAL DE FETO A ADULTO
P.I.G. – PEQUENO PARA IDADE GESTACIONAL DE FETO A ADULTOP.I.G. – PEQUENO PARA IDADE GESTACIONAL DE FETO A ADULTO
P.I.G. – PEQUENO PARA IDADE GESTACIONAL DE FETO A ADULTO
 
Diretivas 8o ano 2017 nahya
Diretivas 8o ano 2017 nahyaDiretivas 8o ano 2017 nahya
Diretivas 8o ano 2017 nahya
 
Restrição do Crescimento Intrauterino
Restrição do Crescimento IntrauterinoRestrição do Crescimento Intrauterino
Restrição do Crescimento Intrauterino
 
Revisão p2 1º ano EJA
Revisão p2 1º ano EJARevisão p2 1º ano EJA
Revisão p2 1º ano EJA
 
Aula (1)
Aula (1)Aula (1)
Aula (1)
 
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatinaatendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
atendimento de Bebes com Fissura Labio Palatina
 
Liquidos y electrolitos ultimo
Liquidos y electrolitos   ultimoLiquidos y electrolitos   ultimo
Liquidos y electrolitos ultimo
 

Semelhante a Aula de desidratação[1]

Disturbios hidreletroliticos
Disturbios hidreletroliticosDisturbios hidreletroliticos
Disturbios hidreletroliticosNady Ribeiro
 
Acidose
AcidoseAcidose
AcidoseUFPEL
 
Manejo do paciente com diarreia.pdf
Manejo do paciente com diarreia.pdfManejo do paciente com diarreia.pdf
Manejo do paciente com diarreia.pdfCelsoSoares25
 
Manejo paciente diarreia
Manejo paciente diarreiaManejo paciente diarreia
Manejo paciente diarreiaGenilson Silva
 
Doenças diarréicas e o A,B,C da desidratação.
Doenças diarréicas e o A,B,C da desidratação.Doenças diarréicas e o A,B,C da desidratação.
Doenças diarréicas e o A,B,C da desidratação.Luciane Santana
 
Hidratacao Venosa e Disturbios Hidroeletroliticos
Hidratacao Venosa e Disturbios HidroeletroliticosHidratacao Venosa e Disturbios Hidroeletroliticos
Hidratacao Venosa e Disturbios HidroeletroliticosRenato Bach
 
Escola de enfermagem santa casa
Escola de enfermagem santa casaEscola de enfermagem santa casa
Escola de enfermagem santa casaRubir Ramiréz
 
Síndromes diarreicas (Slides).pdf
Síndromes diarreicas (Slides).pdfSíndromes diarreicas (Slides).pdf
Síndromes diarreicas (Slides).pdfniltonlialunga
 
Nutrição enteral e parenteral no doente crítico
Nutrição enteral e parenteral no doente críticoNutrição enteral e parenteral no doente crítico
Nutrição enteral e parenteral no doente críticoEduardo Tibali
 
suporte-alimentar-doenca-gastroenterica.pdf
suporte-alimentar-doenca-gastroenterica.pdfsuporte-alimentar-doenca-gastroenterica.pdf
suporte-alimentar-doenca-gastroenterica.pdfBrunoPelosoSignorett
 
Aula+intestino+delgado
Aula+intestino+delgadoAula+intestino+delgado
Aula+intestino+delgadoRaquel Stein
 
Afecções esofagogástricas e intestinais 2013 1
Afecções esofagogástricas e intestinais 2013 1Afecções esofagogástricas e intestinais 2013 1
Afecções esofagogástricas e intestinais 2013 1irmakelly
 

Semelhante a Aula de desidratação[1] (20)

Disturbios hidreletroliticos
Disturbios hidreletroliticosDisturbios hidreletroliticos
Disturbios hidreletroliticos
 
Acidose
AcidoseAcidose
Acidose
 
aula 7 desnutrição.pptx
aula 7 desnutrição.pptxaula 7 desnutrição.pptx
aula 7 desnutrição.pptx
 
Manejo do paciente com diarreia.pdf
Manejo do paciente com diarreia.pdfManejo do paciente com diarreia.pdf
Manejo do paciente com diarreia.pdf
 
Manejo paciente diarreia
Manejo paciente diarreiaManejo paciente diarreia
Manejo paciente diarreia
 
Nauseas e vomitos
Nauseas e vomitosNauseas e vomitos
Nauseas e vomitos
 
fluidoterapia-2015.pdf
fluidoterapia-2015.pdffluidoterapia-2015.pdf
fluidoterapia-2015.pdf
 
Doenças diarréicas e o A,B,C da desidratação.
Doenças diarréicas e o A,B,C da desidratação.Doenças diarréicas e o A,B,C da desidratação.
Doenças diarréicas e o A,B,C da desidratação.
 
Hidratacao Venosa e Disturbios Hidroeletroliticos
Hidratacao Venosa e Disturbios HidroeletroliticosHidratacao Venosa e Disturbios Hidroeletroliticos
Hidratacao Venosa e Disturbios Hidroeletroliticos
 
Escola de enfermagem santa casa
Escola de enfermagem santa casaEscola de enfermagem santa casa
Escola de enfermagem santa casa
 
Síndromes diarreicas (Slides).pdf
Síndromes diarreicas (Slides).pdfSíndromes diarreicas (Slides).pdf
Síndromes diarreicas (Slides).pdf
 
Nutrição enteral e parenteral no doente crítico
Nutrição enteral e parenteral no doente críticoNutrição enteral e parenteral no doente crítico
Nutrição enteral e parenteral no doente crítico
 
Cetoacidose Diabética na Infância
Cetoacidose Diabética na InfânciaCetoacidose Diabética na Infância
Cetoacidose Diabética na Infância
 
Lipidose hepática
Lipidose hepáticaLipidose hepática
Lipidose hepática
 
suporte-alimentar-doenca-gastroenterica.pdf
suporte-alimentar-doenca-gastroenterica.pdfsuporte-alimentar-doenca-gastroenterica.pdf
suporte-alimentar-doenca-gastroenterica.pdf
 
Fluido terapia em crianças
Fluido terapia em criançasFluido terapia em crianças
Fluido terapia em crianças
 
Aula+intestino+delgado
Aula+intestino+delgadoAula+intestino+delgado
Aula+intestino+delgado
 
UFCD 6575 8- A HIDRATAÇÃO.pdf
UFCD  6575 8- A HIDRATAÇÃO.pdfUFCD  6575 8- A HIDRATAÇÃO.pdf
UFCD 6575 8- A HIDRATAÇÃO.pdf
 
O rim
O rimO rim
O rim
 
Afecções esofagogástricas e intestinais 2013 1
Afecções esofagogástricas e intestinais 2013 1Afecções esofagogástricas e intestinais 2013 1
Afecções esofagogástricas e intestinais 2013 1
 

Último

Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoprofleticiasantosbio
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 

Último (20)

Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Terceira Série do E.M.
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumoModelos atômicos: quais são, história, resumo
Modelos atômicos: quais são, história, resumo
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 

Aula de desidratação[1]

  • 1. Desidratação Dra Maria Cristina de Souza Neto Médica Pediatra Intensivista - HIJG
  • 2.
  • 3. Fisiologia das Soluções de Reidratação Absorção intestinal na borda em escova SGLT 1 – sódio glicose co-transportador 1 GLUT 2 – transportador da glicose tipo 2 Esse mecanismo fica intacto mesmo em pacientes com diarreia severa !!!!
  • 4.
  • 5. Quadro Clinico Sintomas Hidratado (< 3% de perda de P) Desidratado leve/moderado (3 a 9% de perda de P) Desidratado grave (>9%de perda de P) Estado mental Bem, alerta irritado Apático, letárgico, ansioso Sede Bebe normalmente mas pode recusar líquidos sedento Incapaz de beber FC Normal Normal/aumentada Taquicardia, com bradicardia nos casos severos Qualidade dos pulsos normal Normal a diminuído Fraco, fino ou impalpável Respiração normais Ligeiramente encovados Bastante encovados Olhos Presentes Diminuídas Ausentes Boca e língua úmida seca ressecada Tônus da pele Recolhimento imediato Recolhe < 2 seg Recolhe > 2 seg Perfusão Normal (<2 seg) Prolongada (3 a 6 seg) Prolongada (> 10seg) Extremidades aquecido frias Geladas; cianóticas Débito urinário Normal ou diminuído diminuído mínino
  • 7. Tratamento Graus de desidratação Terapia de reidratação Reposição de perdas Nutrição Minima ou hidratada Não se aplica < 10kg: 60 a 120 ml para cada diarreia ou vômito > 10 kg: 120 a 240 ml para cada diarreia ou vômito Dieta para idade Moderada 50 a 100 ml/kg de peso por 3 a 4 horas idem Dieta para idade Grave 20ml/kg de SF0,9% até melhora da perfusão ou do estado mental, após 100ml/kg de peso em 4 horas ou metade me SG5% Idem. Se incapaz de receber VO administrar VG ou SG5% com ¼ do sódio e 20mEq/l de potassio IV Dieta para idade
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27. DESIDRATAÇÃO HIPERTÔNICA * sede intensa * mucosas muito secas * irritabilidade * oligúria acentuada * hipertonia *menos sinais de desidratação DESIDRATAÇÃO HIPOTÔNICA * pouca sede * mucosas menos secas * diurese presente * hipotonia * mais sinais de desidratação
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.  
  • 32.