o mundo encantado da escritao mundo encantado da escritae leiturae leitura
TEXTO DE APRESENTAÇÃO DO CUTEXTO DE APRESENTAÇÃO DO CU• O curso teve como foco contribuir para reflexão da prática da leit...
QUEM SOU EUQUEM SOU EU• Maria Aparecida Galhego (cursista)Marília SP.Maria Aparecida Galhego (cursista)Marília SP.Nasci na...
QUEM SOU EUQUEM SOU EU• MARIA CLAUDETE COLOMBO CASSIANO (Cursista)MARIA CLAUDETE COLOMBO CASSIANO (Cursista)Marília-SPMarí...
Quem sou euQuem sou eu• Luciano Galvão  (cursista)Luciano Galvão  (cursista)Sou Professor formado em Pedagogia e letras (P...
minhas experiências com leitura eminhas experiências com leitura eescritaescrita• Minha experiência de leitura começou na ...
Experiência de leituraExperiência de leitura• A leitura abre  novos horizontes de conhecimento doA leitura abre  novos hor...
Depoimento das práticas de leituraDepoimento das práticas de leiturae escritae escrita• Todos os professores têm a obrigaç...
Depoimento de LeituraDepoimento de Leitura• Meu nome é Maria Aparecida Galhego,minhasMeu nome é Maria Aparecida Galhego,mi...
Meu primeiro beijo – AntonioMeu primeiro beijo – AntonioBarretoBarreto• Número de aulas: 06Número de aulas: 06• 8º ano e 9...
• Habilidades de leituraHabilidades de leitura• Leitura individual e coletivaLeitura individual e coletiva• Levantamento d...
• AvaliaçãoAvaliação• Questão opinativaQuestão opinativa• Qual a importância do beijo para oQual a importância do beijo pa...
SITUAÇÃO DESITUAÇÃO DEAPRENDIZAGEMAPRENDIZAGEM•         ““PAUSA” de Moacyr ScliarPAUSA” de Moacyr Scliar•                 ...
• LEVANTAMENTO DE HIPÓTESES DO FINALLEVANTAMENTO DE HIPÓTESES DO FINALDO CONTO PELOS ALUNOS  E EM DUPLASDO CONTO PELOS ALU...
• TRABALHAR O VOCABULÁRIOTRABALHAR O VOCABULÁRIODESCONHECIDODESCONHECIDO(DICIONÁRIO) (DICIONÁRIO) PRODUÇÃO DEPRODUÇÃO DEIN...
• SUGESTÃOSUGESTÃO• PODEMOS TRABALHAR A MÚSICAPODEMOS TRABALHAR A MÚSICA“COTIDIANO” (CHICO BUARQUE).“COTIDIANO” (CHICO BUA...
Situação de AprendizagemSituação de Aprendizagem• Situação de AprendizagemSituação de Aprendizagem•   • texto; Avestruz de...
• Questionamento para os alunos sobre oQuestionamento para os alunos sobre otexto:texto:• Quem já viu um avestruz?Quem já ...
• Recursos:textos(crônica, imagens deRecursos:textos(crônica, imagens deaves).aves).•   • Avaliação :discussão do texto,an...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O mundo encantado da escrita e leitura

366 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
366
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O mundo encantado da escrita e leitura

  1. 1. o mundo encantado da escritao mundo encantado da escritae leiturae leitura
  2. 2. TEXTO DE APRESENTAÇÃO DO CUTEXTO DE APRESENTAÇÃO DO CU• O curso teve como foco contribuir para reflexão da prática da leituraO curso teve como foco contribuir para reflexão da prática da leiturae  da escrita na escola,apresentando a questão comoe  da escrita na escola,apresentando a questão comoresponsabilidade dos professores de todas as disciplinas,responsabilidade dos professores de todas as disciplinas,apontando o uso da tecnologia como um aliado deste processo.apontando o uso da tecnologia como um aliado deste processo.   Os encontros presenciais foram motivadores com as vídeo-   Os encontros presenciais foram motivadores com as vídeo-palestras; muito enriquecedoras, terminando com as oficinas ondepalestras; muito enriquecedoras, terminando com as oficinas ondeocorreram trocas de experiência entre os professores, queocorreram trocas de experiência entre os professores, quepossibilitou um aprofundamento da prática da leitura e da escrita.possibilitou um aprofundamento da prática da leitura e da escrita.   A continuidade do curso através dos módulos via online, propiciou   A continuidade do curso através dos módulos via online, propiciouuma agradável abordagem sobre a experiência da leitura e dauma agradável abordagem sobre a experiência da leitura e daescrita do professor, fazendo-o recordar quando ele as iniciou eescrita do professor, fazendo-o recordar quando ele as iniciou econhecendo também, desse modo,  as experiências de outrosconhecendo também, desse modo,  as experiências de outrosprofessores.professores.• Postado por Postado por Maria Claudete Colombo Cassiano Maria Claudete Colombo Cassiano 
  3. 3. QUEM SOU EUQUEM SOU EU• Maria Aparecida Galhego (cursista)Marília SP.Maria Aparecida Galhego (cursista)Marília SP.Nasci na cidade de Marília onde moro.Sou professora deNasci na cidade de Marília onde moro.Sou professora deLíngua Portuguesa na rede estadual de ensino,trabalhoLíngua Portuguesa na rede estadual de ensino,trabalhoatualmente como mediadora na E.E.Professora  Améliaatualmente como mediadora na E.E.Professora  AméliaLopes Anders.Gosto de ler contos e livrosLopes Anders.Gosto de ler contos e livrosromânticos.Acredito que quanto mais lemos melhoresromânticos.Acredito que quanto mais lemos melhoresleitores nos tornamos e ler é mais que codificar; éleitores nos tornamos e ler é mais que codificar; éatribuir sentido ao texto,indo além do que esta escrito.atribuir sentido ao texto,indo além do que esta escrito.              •–                                                                                 
  4. 4. QUEM SOU EUQUEM SOU EU• MARIA CLAUDETE COLOMBO CASSIANO (Cursista)MARIA CLAUDETE COLOMBO CASSIANO (Cursista)Marília-SPMarília-SP    Moro em Marília, sou professora de Língua    Moro em Marília, sou professora de LínguaPortuguesa na rede estadual há vinte anos. Sou casada,Portuguesa na rede estadual há vinte anos. Sou casada,tenho dois filhos e adoro passar o meu tempo livre comtenho dois filhos e adoro passar o meu tempo livre comminha família e ler um bom livro.minha família e ler um bom livro.• Postado por Postado por Maria Claudete Colombo CassianoMaria Claudete Colombo Cassiano
  5. 5. Quem sou euQuem sou eu• Luciano Galvão  (cursista)Luciano Galvão  (cursista)Sou Professor formado em Pedagogia e letras (Port/ Ing)Sou Professor formado em Pedagogia e letras (Port/ Ing)Minha experiência com a leitura começou desde pequeno vendo meus pais lendo todos os dias,Minha experiência com a leitura começou desde pequeno vendo meus pais lendo todos os dias,jornal, revistas e livros.jornal, revistas e livros.              Ganhava bastante Gebis mesmo eu sem saber ler eu fingia fazer a leitura perto dos              Ganhava bastante Gebis mesmo eu sem saber ler eu fingia fazer a leitura perto dosamigos de certa forma emitava já meus pais.amigos de certa forma emitava já meus pais.              Meu primeiro livro foi "O caminhoneiro", uma história de trabalhadores da roça e              Meu primeiro livro foi "O caminhoneiro", uma história de trabalhadores da roça ecomentavam suas experiências do dia a dia que era triste.comentavam suas experiências do dia a dia que era triste.              Meus livros hoje prediletos são livros de literatura, psicologia, psiquiatria, filosofia e  etc.              Meus livros hoje prediletos são livros de literatura, psicologia, psiquiatria, filosofia e  etc.              Brinquei muito de "STOP", fiz muito mapa mundi em folha vegetal, participei de muitos              Brinquei muito de "STOP", fiz muito mapa mundi em folha vegetal, participei de muitosteatros, um deles foi "Os Saltimbancos", Turma do "Chaves" e para isso tinhamos que ler muitoteatros, um deles foi "Os Saltimbancos", Turma do "Chaves" e para isso tinhamos que ler muitoe não tinha preguiça de ler nem de responder aqueles cadernos de enquete de pré adolescentee não tinha preguiça de ler nem de responder aqueles cadernos de enquete de pré adolescenteque rodava nas mãos de todos da sala de aula.que rodava nas mãos de todos da sala de aula.              Fazíamos paródia com músicas da turma do "Balão mágico".              Fazíamos paródia com músicas da turma do "Balão mágico".levando para nosso dia de hoje, os pais que não lêem, o filho poderá ter um comprometimentolevando para nosso dia de hoje, os pais que não lêem, o filho poderá ter um comprometimentocom  as competências leitora e escritora perpassam todas as disciplinas. Se o aluno nãocom  as competências leitora e escritora perpassam todas as disciplinas. Se o aluno nãoconsegue ler e interpretar uma informação, dificilmente será capaz de avançar nos outrosconsegue ler e interpretar uma informação, dificilmente será capaz de avançar nos outrosconteúdos curriculares. A leitura é abrir os horizontes para um mundo sem barreira.conteúdos curriculares. A leitura é abrir os horizontes para um mundo sem barreira.Nossa sociedade de hoje temos pais não dão exemplo na  educação do filho.Nossa sociedade de hoje temos pais não dão exemplo na  educação do filho.Gosto muito da minha geração onde havia cobrança e muitos não.Gosto muito da minha geração onde havia cobrança e muitos não.Hoje muitos "SIM" e poucos "NÃO", isso é uma pena, os valores inverteram.Hoje muitos "SIM" e poucos "NÃO", isso é uma pena, os valores inverteram.
  6. 6. minhas experiências com leitura eminhas experiências com leitura eescritaescrita• Minha experiência de leitura começou na infância, quando ganhei um livro que tinhaMinha experiência de leitura começou na infância, quando ganhei um livro que tinhafiguras coloridas de passarinhos. Ficava imaginando se eles pudessem voar do livrofiguras coloridas de passarinhos. Ficava imaginando se eles pudessem voar do livropara onde eles iriam. Assim, aguçada minha curiosidade quis saber mais. Então,para onde eles iriam. Assim, aguçada minha curiosidade quis saber mais. Então,precisei juntar letrinha por letrinha, formando as palavras, até conseguir decifrar oprecisei juntar letrinha por letrinha, formando as palavras, até conseguir decifrar ocontexto e descobrir  tudo sobre os passarinhos. Foi assim que começou  minhacontexto e descobrir  tudo sobre os passarinhos. Foi assim que começou  minhaadoração por livros.adoração por livros.     Já, na 5ª série, a professora de português levou para, sala de aula, livros de     Já, na 5ª série, a professora de português levou para, sala de aula, livros deaventura, para que os alunos escolhessem à vontade. A partir disso, despertou emaventura, para que os alunos escolhessem à vontade. A partir disso, despertou emmim o interesse pela leitura. Encantava-me com as aventuras dos heróis. E atravésmim o interesse pela leitura. Encantava-me com as aventuras dos heróis. E atravésdelas  era levada para um mundo de fantasia. Deste modo, descobri o encanto dasdelas  era levada para um mundo de fantasia. Deste modo, descobri o encanto daspalavras e o seu valor.palavras e o seu valor.    Em decorrência destas experiências, comecei a ler os clássicos. Fascinei-me com    Em decorrência destas experiências, comecei a ler os clássicos. Fascinei-me comos de Machado de Assis , Aluísio de Azevedo, Graciliano Ramos, entre outros. E, atéos de Machado de Assis , Aluísio de Azevedo, Graciliano Ramos, entre outros. E, atéhoje, apesar da falta de tempo , continuo sendo aquela criança que não só éhoje, apesar da falta de tempo , continuo sendo aquela criança que não só éencantada  pelos pássaros, mas também pelas palavras .encantada  pelos pássaros, mas também pelas palavras .   Minha meta como professora é levar meus alunos a ler, não como um dever, mas   Minha meta como professora é levar meus alunos a ler, não como um dever, massim, pelo prazer, como eu li. Possibilitando, assim, que façam a leitura de mundosim, pelo prazer, como eu li. Possibilitando, assim, que façam a leitura de mundoatravés das palavras.através das palavras. Postado por  Postado por Maria Claudete Colombo CassianoMaria Claudete Colombo Cassiano
  7. 7. Experiência de leituraExperiência de leitura• A leitura abre  novos horizontes de conhecimento doA leitura abre  novos horizontes de conhecimento doaluno. É bastante comum e difundido no meio escolar aaluno. É bastante comum e difundido no meio escolar aadoção das famosas leituras extraclasse, ou seja, livrosadoção das famosas leituras extraclasse, ou seja, livrosque os professores recomendam ou impõem aos alunosque os professores recomendam ou impõem aos alunose sobre os quais farão algum trabalho futuro, com elese sobre os quais farão algum trabalho futuro, com elesrelacionados, tais como uma prova, um trabalho derelacionados, tais como uma prova, um trabalho depesquisa ou até mesmo um seminário em sala de aula.pesquisa ou até mesmo um seminário em sala de aula.Acredito que todos os brasileiros que tiveram aAcredito que todos os brasileiros que tiveram aoportunidade de sentar em um banco de escola na vidaoportunidade de sentar em um banco de escola na vidajá passaram por esta experiência e compreensão dejá passaram por esta experiência e compreensão demundo.mundo.
  8. 8. Depoimento das práticas de leituraDepoimento das práticas de leiturae escritae escrita• Todos os professores têm a obrigação deTodos os professores têm a obrigação deensinar o aluno a interpretar a comanda de suaensinar o aluno a interpretar a comanda de suadisciplina, por isso, é uma tarefa de todos e nãodisciplina, por isso, é uma tarefa de todos e nãosó do professor de português., Na minha escola,só do professor de português., Na minha escola,todos os professores se unem para discutir astodos os professores se unem para discutir asdificuldades de leitura e escrita apresentadasdificuldades de leitura e escrita apresentadaspelos nossos alunos, e  cada professor, em suapelos nossos alunos, e  cada professor, em suamatéria, desenvolve atividades para sanar asmatéria, desenvolve atividades para sanar asdificuldades apresentadas. Essa prática é umdificuldades apresentadas. Essa prática é umbom exemplo de enfrentamento do problema.bom exemplo de enfrentamento do problema.
  9. 9. Depoimento de LeituraDepoimento de Leitura• Meu nome é Maria Aparecida Galhego,minhasMeu nome é Maria Aparecida Galhego,minhasexperiências e lembranças não são muito boas,aexperiências e lembranças não são muito boas,adificuldade de  expressar era enorme quando percebiadificuldade de  expressar era enorme quando percebiaque tinha que ler para meus colegas de sala tremia todaque tinha que ler para meus colegas de sala tremia todaficava vermelha e não saia nada,minha professoraficava vermelha e não saia nada,minha professorapreocupada com minha leitura pedia para eu ler enfrentepreocupada com minha leitura pedia para eu ler enfrenteao espelho em voz alta várias vezes este treino ajudouao espelho em voz alta várias vezes este treino ajudoumuito.O gosto de ler foi aparecendo através de contosmuito.O gosto de ler foi aparecendo através de contos,frases românticas e livros, hoje agradeço  minha,frases românticas e livros, hoje agradeço  minhaprofessora por acreditar em mim.professora por acreditar em mim.
  10. 10. Meu primeiro beijo – AntonioMeu primeiro beijo – AntonioBarretoBarreto• Número de aulas: 06Número de aulas: 06• 8º ano e 9º ano8º ano e 9º ano•   • Antes da leituraAntes da leitura• Explorar o título para o aumento de expectativas.Explorar o título para o aumento de expectativas.• Verificar se ele espera ler um texto de seu próprio contexto ou deVerificar se ele espera ler um texto de seu próprio contexto ou deoutro contexto (de outra época)outro contexto (de outra época)• Ponto de vista de um menino ou meninaPonto de vista de um menino ou menina• Abordagem do ponto de vista do padrão de belezaAbordagem do ponto de vista do padrão de beleza• Apresentação da temática (beijo na adolescência, paixão, angústia,Apresentação da temática (beijo na adolescência, paixão, angústia,curiosidade, medo, posicionamento feminino, machismo)curiosidade, medo, posicionamento feminino, machismo)
  11. 11. • Habilidades de leituraHabilidades de leitura• Leitura individual e coletivaLeitura individual e coletiva• Levantamento de vocabulárioLevantamento de vocabulário• Observação da linguagem/ escolha vocabular (se cita asObservação da linguagem/ escolha vocabular (se cita asaulas e usa o vocabulário próprio do conteúdo aprendidoaulas e usa o vocabulário próprio do conteúdo aprendidona escola)na escola)• Quem seria o público leitorQuem seria o público leitor• Uso da linguagem coloquial – período composto porUso da linguagem coloquial – período composto porcoordenação/ subordinaçãocoordenação/ subordinação• Observar o ritual para o BEIJO (contemporâneo)Observar o ritual para o BEIJO (contemporâneo)• Intertextualidade: relatos de suas experiências; filme:Intertextualidade: relatos de suas experiências; filme:Meu primeiro amor; O primeiro beijo – ClariceMeu primeiro amor; O primeiro beijo – Clarice
  12. 12. • AvaliaçãoAvaliação• Questão opinativaQuestão opinativa• Qual a importância do beijo para oQual a importância do beijo para oadolescente?adolescente?• Relato de experiência de seu primeiroRelato de experiência de seu primeirobeijobeijo• Apresentado por :Maria ClaudeteApresentado por :Maria ClaudeteColomboColombo
  13. 13. SITUAÇÃO DESITUAÇÃO DEAPRENDIZAGEMAPRENDIZAGEM•         ““PAUSA” de Moacyr ScliarPAUSA” de Moacyr Scliar•                                                                                                                                                                   •                                                                                                                                                                PÚBLICO ALVO PÚBLICO ALVO 8ºANO8ºANO• ANTECIPAÇÃOANTECIPAÇÃO• ANTES DA LEITURA     ANTES DA LEITURA     • TRABALHAR O AUTOR DO TEXTOTRABALHAR O AUTOR DO TEXTO• CONCEITO DE CONTO E SUAS CARACTERÍSTICASCONCEITO DE CONTO E SUAS CARACTERÍSTICAS• LEITURALEITURA• ENTREGA DE UMA PARTE DO TEXTO  “PAUSA”  DE MOACYRENTREGA DE UMA PARTE DO TEXTO  “PAUSA”  DE MOACYRSCLIAR  ATÉ ...  “FECHOU A PORTA A CHAVE.” SCLIAR  ATÉ ...  “FECHOU A PORTA A CHAVE.” LEITURA ELEITURA ELOCALIZAÇÃO DE INFORMAÇÕESLOCALIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES
  14. 14. • LEVANTAMENTO DE HIPÓTESES DO FINALLEVANTAMENTO DE HIPÓTESES DO FINALDO CONTO PELOS ALUNOS  E EM DUPLASDO CONTO PELOS ALUNOS  E EM DUPLASPRODUZIR UM NOVO FINAL PARA HISTÓRIAPRODUZIR UM NOVO FINAL PARA HISTÓRIA• SOCIALIZAÇÃO DAS PRODUÇÕESSOCIALIZAÇÃO DAS PRODUÇÕESCORRIGIRÁ E FARÁ A DEVOLUTIVACORRIGIRÁ E FARÁ A DEVOLUTIVA• DURANTE A LEITURADURANTE A LEITURA• APRESENTAÇÃO DO TEXTO ORIGINALAPRESENTAÇÃO DO TEXTO ORIGINAL• FAZER A LEITURA COMPARTILHADAFAZER A LEITURA COMPARTILHADA
  15. 15. • TRABALHAR O VOCABULÁRIOTRABALHAR O VOCABULÁRIODESCONHECIDODESCONHECIDO(DICIONÁRIO) (DICIONÁRIO) PRODUÇÃO DEPRODUÇÃO DEINFERÊNCIAS LOCAISINFERÊNCIAS LOCAIS• PROMOVER UM DEBATE QUESTIONANDOPROMOVER UM DEBATE QUESTIONANDOAS IMPRESSÕES QUE O TEXTO CAUSOUAS IMPRESSÕES QUE O TEXTO CAUSOUNOS ALUNOS, O QUE ACHARAM SOBRE ONOS ALUNOS, O QUE ACHARAM SOBRE OFINAL, E SE PREFEREM A VERSÃOFINAL, E SE PREFEREM A VERSÃOORIGINAL OU A CRIADA POR ELES.ORIGINAL OU A CRIADA POR ELES.• OS ALUNOS FARÃO TEATRO BASEADO NOOS ALUNOS FARÃO TEATRO BASEADO NOTEXTOTEXTO
  16. 16. • SUGESTÃOSUGESTÃO• PODEMOS TRABALHAR A MÚSICAPODEMOS TRABALHAR A MÚSICA“COTIDIANO” (CHICO BUARQUE).“COTIDIANO” (CHICO BUARQUE).• Observação; Érika a Profª MARIA APARECIDAObservação; Érika a Profª MARIA APARECIDAGALHEGO que atua neste forum, participou doGALHEGO que atua neste forum, participou domeu grupo presencial. meu grupo presencial. • Apresentado por :Apresentado por :Luciano Galvão EvaristoLuciano Galvão Evaristo•
  17. 17. Situação de AprendizagemSituação de Aprendizagem• Situação de AprendizagemSituação de Aprendizagem•   • texto; Avestruz de Mario Pratatexto; Avestruz de Mario Prata•   • Publico alvo alunos do sexto ano.Publico alvo alunos do sexto ano.•   • Conteúdo e temas capacidade de leituraConteúdo e temas capacidade de leitura•   • Competência e habilidades:Levantar hipotese sobre oCompetência e habilidades:Levantar hipotese sobre otexto;localizar e comparar informações prévias ,percebertexto;localizar e comparar informações prévias ,perceberrelações de intertextualidade.relações de intertextualidade.
  18. 18. • Questionamento para os alunos sobre oQuestionamento para os alunos sobre otexto:texto:• Quem já viu um avestruz?Quem já viu um avestruz?• Como vocês imaginam um Avestruz?Como vocês imaginam um Avestruz?•   • Extrategias:Apresentação do autor, leituraExtrategias:Apresentação do autor, leiturado título,leitura e compreensão dodo título,leitura e compreensão dotexto,leitura de imagens,texto,leitura de imagens,
  19. 19. • Recursos:textos(crônica, imagens deRecursos:textos(crônica, imagens deaves).aves).•   • Avaliação :discussão do texto,analise eAvaliação :discussão do texto,analise ecomparação de informação.comparação de informação.• Apresentado por :Apresentado por :MARIA APARECIDAMARIA APARECIDAGALHEGOGALHEGO•   

×