As culturas africanas e indígenas slide

3.605 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre a as artes do continente africano e do continente americano.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.605
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

As culturas africanas e indígenas slide

  1. 1. PinturaEsculturaArquiteturaEscrita e outros
  2. 2. EgitoÁfrica CentralÁfrica OcidentalMéxicoColômbiaPeruBrasilContinenteAmericanoeAfricano
  3. 3. Características daarte egípcia,pintura, escultura,arquitetura, objetosem ouro, obras dearte.ArteEgípcia
  4. 4. A escrita egípcia deve ser lida da esquerda para a direita, mas o contrário épossível também, a direção das cabeças dos pássaros e animais pintadosque indicam a direção em que o texto deve ser lido.
  5. 5. Características da arteafricana, exemplos,influências, obras dearte, elementosartísticos e culturais,máscaras de madeira,obras em ouro emarfim, as esculturase pinturas,influências e arteafro-brasileiraArteafricana
  6. 6. Casas separadas redondas com Fences em Guan áreas do Norte de Kwawucavernas
  7. 7. O padrão básico Akan casa é quadrada com um pátio central abertoPau a pique é encontrado mais em aldeias rurais remotas satélite
  8. 8. Fazendo um telhado de palma ramosDom barro tijolo casas sem Reboco OutsideNote como vermelho a terra e tijolos de barro estão na foto acima
  9. 9. Dom barro tijolo Casas com Reboco Outside
  10. 10. Casas modernas coloridos, pertencentes a comerciantes ricos e agricultores de cacauricos empresários em Obo
  11. 11. Adinkra: É um sistema de escrita ideográfica criadopelo povo Akan,originário da África Ocidental, hojeGana.Adinkra significa adeus.
  12. 12. Arte indígena brasileira é aarte produzida pelos povosnativos do Brasil, antes edepois da colonizaçãoportuguesa, que iniciou-se noséculo XVI. Considerando agrande diversidade de tribosindígenas no Brasil, pode-sedizer que, em conjunto, elasse destacam na arte dacerâmica, do trançado e deenfeites no corpo.Quando Colombo chegou àAmérica, em 1492, encontrouo continente habitado hámuito tempo por váriascivilizações e povos. Ospovos pré-colombianosapresentavamdiferentes estágios dedesenvolvimento cultural ematerial, classificados emsociedades decoletores/caçadores esociedades agrárias.Arteindígena:Astecas, Maias,Incase Brasileira
  13. 13. MAIAS: Habitavam o México e a Guatemala, esses caras criaram templos enormes em formade pirâmide em degraus, ricamente decorados com relevos e hieróglifos. Construíram acidade de Tikal onde a mais alta pirâmide tinha 74 metros, e a população era de 70.000habitantes. Os Maias tinham um elaborado estudo de calendários, e um profundoconhecimento sobre astronomia.As pinturas eram bem abstratas, com figuram flutuantes sem fundo ou primeiro plano, pois erammuitas vezes inspiradas em visões. O Xamã, o sacerdote e o curandeiro faziam objetos inspirados porrevelações que tinham em transe.
  14. 14. ASTECAS: Também situados no México este vasto império era dono de volumosasestátuas de deuses que exigiam sacrifícios humanos. Eram também especialistasem trabalhos em ouro e pedras preciosas.
  15. 15. INCAS: Você já foi para Machu Picchu? Então vá! É lá, no Peru, que fica a "cidade perdida dosIncas". Essa cidade bem conservada até hoje, é famosa pelos templos construídos em alvenaria, osIncas são famosos também pelos trabalhos em metalurgia.O estilo inca clássico é o chamadohuaco-retrato, que surgiu no século V na cidade que estava aos pés da Huaca de la Luna.
  16. 16. Na arquitetura dos povos pré-colombianos, destaca-se a simplicidade nasconstruções, usando linhas retas, e utilizando formas quadradas e retangulares.Típica escrita maia era feita através de hieróglifos, que representavam um símbolo fonético, valeressaltar que a escrita maia era totalmente diferente da egípcia, tanto que a escrita maia é muitodifícil de se desvendar
  17. 17. ARQUITETURATaba ou Aldeia é a reunião de 4 a 10 ocas, emcada oca vivem várias famílias (ascendentes edescendentes), geralmente entre 300 a 400pessoas. O lugar ideal para erguer a taba deveser bem ventilado, dominando visualmente avizinhança, próxima de rios e da mata. A terra,própria para o cultivo da mandioca e domilho.No centro da aldeia fica a ocara, a praça. Ali sereunem os conselheiros, as mulherespreparam as bebidas rituais, têm lugar asgrandes festas. Dessa praça partem trilhaschamadas pucu que levam a roça, ao campo eao bosque.Destinada a durar no máximo 5 anos a oca éerguida com varas, fechada e coberta compalhas ou folhas. Não recebe reparos e quandoinabitável os ocupantes a abandonam. Nãopossuem janelas, têm uma abertura em cadaextremidade e em seu interior não temnenhuma parede ou divisão aparente.
  18. 18. PINTURA CORPORAL E ARTEPLUMÁRIAPintam o corpo para enfeitá-lo e tambémpara defende-lo contra o sol, os insetos eos espíritos maus. E para revelar de quemse trata, como está se sentindo e o quepretende. As cores e os desenhos ‘falam’,dão recados. Boa tinta, boa pintura, bomdesenho garantem boa sorte na caça, naguerra, na pesca, na viagem. Cada tribo ecada família desenvolvem padrões depintura fiéis ao seu modo de ser. Nos diascomuns a pintura pode ser bastantesimples, porém nas festas, nos combates,mostra-se requintada, cobrindo tambéma testa, as faces e o nariz. A pinturacorporal é função feminina, a mulherpinta os corpos dos filhos e do marido.Assim como a pintura corporal a arteplumária serve para enfeites: mantos,máscaras, cocares, e passam aos seusportadores elegância e magestade. Esta éuma arte muito especial porque não estáassociada a nenhum fim utilitário, masapenas a pura busca da beleza.
  19. 19. TRANÇADOS E CERÂMICAA variedade de plantas que sãoapropriadas ao trançado no Brasil dáao índio uma inesgotável fonte dematéria prima. É trançando que oíndio constrói a sua casa e umagrande variedade de utensílios,como cestos para uso doméstico,para transporte de alimentos eobjetos trançados para ajudar nopreparo de alimentos (peneiras),armadilhas para caça e pesca, abanospara aliviar o calor e avivar o fogo,objetos de adorno pessoal (cocares,tangas, pulseiras), redes para pescare dormir, instrumentos musicaispara uso em rituais religiosos, etc.Tudo isso sem perder a beleza e feitocom muita perfeição. A cerâmicadestacou-se principalmente pela suautilidade, buscando a sua forma, nascores e na decoração exterior, o seuponto alto ocorreu na ilha deMarajó.
  20. 20. •Egito: Construção do sólido geométrico piramidal, para reprodução dasPirâmides de Gisé – pintura por dentro com a técnica de frontalidade epor fora imitando areia.•África: Máscaras africanas feitas de papietagem. Pintura com técnica deguache.•África: Pintura com figuras geométricas em tecido; técnica de batik.•Pré-Colombiano: Pintura em pratos de cerâmica com motivos quelembram os deuses dos povos Incas, Maias e Astecas;•Pré-Cabralianas: Confecção de vasos de cerâmicas com desenhosgeométricos – imitando as cerâmicas Marajoaras;•Pré-Cabralianas: Confecção de adornos indígenas- colares, cocares,braceletes- usando materiais como : penas, macarrão, cordas, papel,etc.TODAS ESSAS SUGESTÕES FECHAM COM UMA EXPOSIÇÃO DOSTRABALHOS FEITOS PELOS ALUNOS, PARA APRECIAÇÃO DAESCOLA.Profª de Artes: Maria Clara Leal Magalhães- Ensino Fundamental e Médio

×