Encontro de
Formação da
Dimensão
Missionária
Encontro de
Formação da
Dimensão
Missionária
ARQUIDIOCESE DE
POUSO ALEGRE
ARQ...
PROPOSTAPROPOSTA
AVALIAR E REDIMENSIONAR A CAMINHADA
MISSIONÁRIA NA ARQUIDIOCESE
• Partilha de experiências e troca de
in...
LUZES
Palavra de Deus
Concílio Vaticano II
Documentos da Igreja
A MISSÃO SE DÁ NO
OBJETIVO
JESUS
CRISTO
REINO
A MISSÃO DE JESUS e o sonho do
REINO DE DEUS – VIDA (Jo 10,10)
A MISSÃO DE JESUS e o sonho do
REINO DE DEUS – VIDA (Jo 10,...
A MISSIO DEI (a Missão de Deus)A MISSIO DEI (a Missão de Deus)
• Somos herdeiros da Missão de Deus.
Perguntemo-nos:
1) Os ...
A missão
compete a todos
os cristãos, a
todas as
Dioceses e
paróquias,
instituições e
associações
eclesiais.
A missão
comp...
Natureza Missionária da Igreja AG 2:
“A Igreja peregrina é, por sua natureza,
missionária, visto que tem a sua origem,
seg...
NOVIDADE DO CONCÍLIO e da Carta
Encíclica de João Paulo II
Redemptoris Missio - RM (A Missão
do Redentor)
1)“A missão da I...
OBJETIVO:
1) Convidar a Igreja a um renovado
empenhamento missionário.
2) Anunciar a universalidade desta salvação
em Cris...
A URGÊNCIA DA MISSÃO:
GRANDE PARTE DO MUNDO
AINDA NÃO CONHECE JESUS
CRISTO;
MUITOS BATIZADOS NÃO DÃO
TESTEMUNHO DE JESUS...
CAMPOS DE MISSÃO (RM):
O urbanismo (grandes cidades), as
migrações em massa, a movimentação de
refugiados, os jovens, a d...
PAPA BENTO XVI
• O discípulo missionário é convidado a fazer
um encontro com JC. “Não é um encontro
com uma idéia, doutrin...
SENTIDO DESTE ENCONTRO COM
JESUS CRISTO
SENTIDO DESTE ENCONTRO COM
JESUS CRISTO
• Este encontro
com JC é uma
experiência d...
NO DOCUMENTO DE APARECIDADOCUMENTO DE APARECIDA
• A Missão tem que impregnar toda a
Igreja: Pastorais, movimentos.
• Atos ...
NO DOCUMENTO DE APARECIDA
• O documento de Aparecida fala de
UMA IGREJA EM ESTADO
PERMANENTE DE MISSÃO (DAp
360s). Daí a p...
PAPA FRANCISCO
"Como eu
gostaria de
uma Igreja
pobre e
para
os pobres!"
(16 de março de 2013)
No Brasil:
“Sair para as
rua...
Isolamento,
individualismo,
VIOLÊNCIA...
E que repercutem
nas pessoas e
lideranças, e nas
pastorais: cansaço,
desânimo, vo...
O mundo precisa de MISSÃOO mundo precisa de MISSÃO
Outras
situações:
consumismo,
privilégios de
alguns,
situação de
humilh...
OUTRAS SITUAÇÕES DE MISSÃO
O Espírito
Santo nos
move e nos
coloca em
estado
permanente de
Missão
Esta é a Hora!
SENHOR,
que chamaste os apóstolos
e os enviaste como
missionários, construtores
de um mundo novo, envia
também a nós, a fi...
CONVITE:
DAR UM SENTIDO À VIDA; DAR UM
SENTIDO À MISSÃO
•A PRIMEIRA MISSÃO DE CADA UM “É
SER HUMANO” (é um objetivo pessoa...
–
Tem vários sentidos.
Mas, para a teologia e
nosso estudo, tem um
significado especial:
O SIGNIFICADO DA
PALAVRA MISSÃO
O...
SENTIDO DA MISSÃO:
1) ENFOQUE EXISTENCIAL – A VIDA
2) ENFOQUE SÓCIO-POLÍTICO-CULTURAL
A MISSÃO É NA REALIDADE
3) ENFOQUE B...
1) SENTIDO DA
MISSÃO – ENFOQUE
EXISTENCIAL:
 A partir da vida, algo
concreto. Nós
existimos e somos.
 A vida sempre
questiona.
Busca de humanização.
A primeira missão da
pessoa é ser humano.
 Priorizar a vida
X
Priorizar idéias e
doutrinas.
 Tudo o que fazemos é
para sermos felizes.
Mas, há experiências
negativas.
 Não se vive sem
sentido, sem rumo,
sem objetivo, mesmo
com a crise.
 O ser humano é um
ser desejante – sempre
em tensão.
 Diante da realidade,
fazer opções.
 Qual é a grande Missão?
Dar um sentido verdadeiro
à vida. “Somos aquilo que
somos e o que queremos
fazer” (Sartre).
 Não se vive sem
amor. O amor é uma
missão. O amor faz da
vida uma missão.
 O que se vê? Tudo é
reduzido em mercadoria. A
missão é gratuita e eficaz. É
um caso de amor. Torna-
nos dinâmicos, fecun...
2) SENTIDO DA
MISSÃO – ENFOQUE
SÓCIO-POLÍTICO-
CULTURAL:
 As situações marcam
a nossa vida.
 Existir – estar aí,
lugar concreto.
 Missão só existe
situada, não
genérica/aérea.
 A Missão é
partidária: não é
neutra; toma partido;
opta, faz opções.
 A Missão visa
transformação
libertadora: pessoal,
familiar, social, político,
econômico, cultural.
3) SENTIDO DA
MISSÃO –
ENFOQUE BÍBLICO:
 Abertura ao Transcendente –
indefinível. Isto acontece a partir
dos dois enfoques anteriores.
Darwin: “Acreditar em Deus...
 Deus é Mistério.
Deus é Amor
(a religião do Amor:
1 Jo 4,8-16).
Deus é Missão.
 Dois eixos:
Êxodo e JC.
Toda a Bíblia gira
em torno destes
dois eixos.
 Missão de Deus:
Defesa da vida.
 A Missão da Igreja deve ser
a maneira de viver a Missão
de Deus, no tempo e no
espaço. Revelar a Missio Dei
– revelar De...
4) SENTIDO DA
MISSÃO –
ENFOQUE
MÍSTICO:
 Para testemunhar,
precisamos
experimentar,
provar com a vida.
 Experiência: física
(contato); mística
(comunhão de vida,
de sentimento, de
opção).
 Mística e Missão –
algo inseparável. Traz
convicção: sei o que
faço, porque o faço,
assumo as
conseqüências.
 O místico: voltado para a
Trindade Santa; questiona;
é humano, autêntico, mas
sabe que é frágil, é livre;
não vende sua ...
 Não há mística
sem discipulado.
5) SENTIDO DA
MISSÃO –
ENFOQUE
ECLESIAL:
 Nós somos
herdeiros e
testemunhas da
Missão de Deus.
 A Missão é eclesial.
O missionário é um
enviado.
 O discipulado não
se sustenta sem
estar numa
comunidade. Sentido
de pertença à Igreja.
6) SENTIDO DA
MISSÃO –
ENFOQUE
ESCATOLÓGICO:
 A vida é
caminhada... aqui,
rumo ao futuro –
VIDA ETERNA
(1 Pd 1,17)
A BARCAA BARCA
• Tu te abeiraste da praia./ Não buscaste nem sábios,
nem ricos./ Somente queres que eu te siga.
Ref: Senho...
Uma conclusão:
A MISSÃO DA IGREJA É
EVANGELIZAR
CONDIÇÕES PARA AÇÃO
EVANGELIZADORA:
1)AGIR MISSIONÁRIO DOS CRISTÃOS;
2)TESTEMUNHO PESSOAL;
3)PASSAGEM DE UMA PASTORAL DE
M...
São Francisco de
Assis aos seus
irmãos: “Preguem
o Evangelho com
AÇÕES e, se for
necessário, usem
também as
PALAVRAS”.
São...
INDICATIVOS:
1)EXERCÍCIO DA ESCUTA E DO
DIÁLOGO;
2)ATITUDE DE ORAÇÃO: oração-
ação-contemplação;
3)CARIDADE PASTORAL;
4)FO...
SANTAS MISSÕES POPULARES E
MISSÃO CONTINENTAL
A MISSÃO CONTINENTAL: Um
projeto de animação missionária
para a toda a Igrej...
OBJETIVO:
1) Colocar a Igreja em estado
permanente de missão;
2)Toda a Igreja deve ser missionária,
num processo de conver...
TODOS OS CRISTÃOS SÃO
CHAMADOS A DAR
TESTEMUNHO DA BOA
NOVA, COMO DISCÍPULOS
MISSIONÁRIOS DE JESUS
CRISTO.
1) Fortalecer a dimensão missionária nas nossas
paróquias/comunidades: formação do Grupo de
Animação Missionária ou comiss...
O que podemos fazer para
fortalecer a dimensão missionária
na Arquidiocese/Paróquias?
Trabalho em grupo para
levantamento ...
EVANGELHO DE LUCAS
(4 BLOCOS)
1)Acolhendo Jesus: Boa Notícia/o Evangelho
Vivo – (1,5-4,13);
2)A missão de Jesus na Galiléi...
LUCAS USA MARCOS COMO FONTE:
424 Vers. TIRADOS DE MARCOS,
RELATOS SOBRE A MISSÃO DE
JESUS E OUTRAS FONTES
(pesquisas, conv...
Quando foi escrito o Evangelho de
Lucas?
Ao redor dos anos 80 d.C.
O autor do Evangelho (Lucas): pessoa
bem informada; pag...
O OBJETIVO DO EVANGELHO:
Dar uma resposta sobre Jesus, às pessoas que
tinham dúvidas e pediam esclarecimentos
sobre Jesus;...
FRASE DE DOM HÉLDER CÂMARAFRASE DE DOM HÉLDER CÂMARA
“Não, não pares! É graça
divina começar bem.
Graça maior é persistir
...
Senhor, já que me chamas,
Eu quero te ouvir.
Tu queres que eu te siga,
Respondo: Eis-me aqui!
JUNTOS, NA MISSÃO DE JESUS, para
que o mundo seja melhor
JUNTOS, NA MISSÃO DE JESUS, para
que o mundo seja melhor
Regras da missão:
1.Abrir nossos ouvidos para acomodar o outro e lhe
dar espaço é hospedá-lo.
2.Enfatizar o que há em comu...
SOMOS TODOS PEREGRINOS:
O peregrino começa pouco a pouco, a
entender que o caminho dele não tem
começo nem fim, é só uma c...
FIRMES NA MISSÃO
Pe. José Geraldo de Melo
pjgmelo@hotmail.com
FIRMES NA MISSÃO
Pe. José Geraldo de Melo
pjgmelo@hotmail.com
Curso de missiologia
Curso de missiologia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Curso de missiologia

1.539 visualizações

Publicada em

Curso de missiologia

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.539
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
68
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Curso de missiologia

  1. 1. Encontro de Formação da Dimensão Missionária Encontro de Formação da Dimensão Missionária ARQUIDIOCESE DE POUSO ALEGRE ARQUIDIOCESE DE POUSO ALEGRE
  2. 2. PROPOSTAPROPOSTA AVALIAR E REDIMENSIONAR A CAMINHADA MISSIONÁRIA NA ARQUIDIOCESE • Partilha de experiências e troca de informações; • Momentos de reflexões; • Levantamento de propostas e encaminhamentos. AVALIAR E REDIMENSIONAR A CAMINHADA MISSIONÁRIA NA ARQUIDIOCESE • Partilha de experiências e troca de informações; • Momentos de reflexões; • Levantamento de propostas e encaminhamentos. Reanimar a caminhada
  3. 3. LUZES Palavra de Deus Concílio Vaticano II Documentos da Igreja A MISSÃO SE DÁ NO OBJETIVO JESUS CRISTO REINO
  4. 4. A MISSÃO DE JESUS e o sonho do REINO DE DEUS – VIDA (Jo 10,10) A MISSÃO DE JESUS e o sonho do REINO DE DEUS – VIDA (Jo 10,10)
  5. 5. A MISSIO DEI (a Missão de Deus)A MISSIO DEI (a Missão de Deus) • Somos herdeiros da Missão de Deus. Perguntemo-nos: 1) Os nossos trabalhos pastorais e missionários estão servindo para a realização da Missão de Deus? • Somos herdeiros da Missão de Deus. Perguntemo-nos: 1) Os nossos trabalhos pastorais e missionários estão servindo para a realização da Missão de Deus?
  6. 6. A missão compete a todos os cristãos, a todas as Dioceses e paróquias, instituições e associações eclesiais. A missão compete a todos os cristãos, a todas as Dioceses e paróquias, instituições e associações eclesiais. O CONCÍLIO VATICANO II O CONCÍLIO VATICANO II
  7. 7. Natureza Missionária da Igreja AG 2: “A Igreja peregrina é, por sua natureza, missionária, visto que tem a sua origem, segundo o desígnio de Deus Pai, na «missão» do Filho e do Espírito Santo ” O “ser” da Igreja LG 9: A meta da Igreja e de sua missão é estar a serviço do Reino de Deus. Natureza Missionária da Igreja AG 2: “A Igreja peregrina é, por sua natureza, missionária, visto que tem a sua origem, segundo o desígnio de Deus Pai, na «missão» do Filho e do Espírito Santo ” O “ser” da Igreja LG 9: A meta da Igreja e de sua missão é estar a serviço do Reino de Deus.
  8. 8. NOVIDADE DO CONCÍLIO e da Carta Encíclica de João Paulo II Redemptoris Missio - RM (A Missão do Redentor) 1)“A missão da Igreja, tal como a de Jesus, é obra de Deus” 2)SER MISSIONÁRIA É A ESSÊNCIA DA IGREJA 3) A QUESTÃO MISSIONÁRIA ENVOLVE TODAS AS PESSOAS (batizados) NOVIDADE DO CONCÍLIO e da Carta Encíclica de João Paulo II Redemptoris Missio - RM (A Missão do Redentor) 1)“A missão da Igreja, tal como a de Jesus, é obra de Deus” 2)SER MISSIONÁRIA É A ESSÊNCIA DA IGREJA 3) A QUESTÃO MISSIONÁRIA ENVOLVE TODAS AS PESSOAS (batizados)
  9. 9. OBJETIVO: 1) Convidar a Igreja a um renovado empenhamento missionário. 2) Anunciar a universalidade desta salvação em Cristo: o Evangelho e o Reino de Deus. 3) A missão é universal, sem limites, referindo-se à salvação em toda a sua integridade. “A proclamação e a instauração do Reino de Deus são o objetivo da missão de Jesus” OBJETIVO: 1) Convidar a Igreja a um renovado empenhamento missionário. 2) Anunciar a universalidade desta salvação em Cristo: o Evangelho e o Reino de Deus. 3) A missão é universal, sem limites, referindo-se à salvação em toda a sua integridade. “A proclamação e a instauração do Reino de Deus são o objetivo da missão de Jesus”
  10. 10. A URGÊNCIA DA MISSÃO: GRANDE PARTE DO MUNDO AINDA NÃO CONHECE JESUS CRISTO; MUITOS BATIZADOS NÃO DÃO TESTEMUNHO DE JESUS; GUERRAS E DEMAIS CONFLITOS MUNDIAIS SÃO PROMOVIDOS PELO MUNDO DITO CIVILIZADO E CRISTÃO. A URGÊNCIA DA MISSÃO: GRANDE PARTE DO MUNDO AINDA NÃO CONHECE JESUS CRISTO; MUITOS BATIZADOS NÃO DÃO TESTEMUNHO DE JESUS; GUERRAS E DEMAIS CONFLITOS MUNDIAIS SÃO PROMOVIDOS PELO MUNDO DITO CIVILIZADO E CRISTÃO.
  11. 11. CAMPOS DE MISSÃO (RM): O urbanismo (grandes cidades), as migrações em massa, a movimentação de refugiados, os jovens, a descristianização de países com antiga tradição cristã, situações de pobreza... Áreas culturais, ou modernos areópagos: o mundo das comunicações; o empenhamento pela paz; o desenvolvimento e a libertação dos povos, sobretudo o das minorias; a promoção da mulher e da criança; a proteção da natureza. CAMPOS DE MISSÃO (RM): O urbanismo (grandes cidades), as migrações em massa, a movimentação de refugiados, os jovens, a descristianização de países com antiga tradição cristã, situações de pobreza... Áreas culturais, ou modernos areópagos: o mundo das comunicações; o empenhamento pela paz; o desenvolvimento e a libertação dos povos, sobretudo o das minorias; a promoção da mulher e da criança; a proteção da natureza.
  12. 12. PAPA BENTO XVI • O discípulo missionário é convidado a fazer um encontro com JC. “Não é um encontro com uma idéia, doutrina, mas com um acontecimento, com uma pessoa: A PESSOA DE JC” • O discípulo missionário é convidado a fazer um encontro com JC. “Não é um encontro com uma idéia, doutrina, mas com um acontecimento, com uma pessoa: A PESSOA DE JC”
  13. 13. SENTIDO DESTE ENCONTRO COM JESUS CRISTO SENTIDO DESTE ENCONTRO COM JESUS CRISTO • Este encontro com JC é uma experiência de fé, que nos leva ao seguimento: compromisso com a vida e compromisso missionário. • Este encontro com JC é uma experiência de fé, que nos leva ao seguimento: compromisso com a vida e compromisso missionário.
  14. 14. NO DOCUMENTO DE APARECIDADOCUMENTO DE APARECIDA • A Missão tem que impregnar toda a Igreja: Pastorais, movimentos. • Atos dos Apóstolos: A Igreja já nasceu missionária... • A Missão é a essência da Igreja, É PARTE INTEGRANTE, não uma tarefa opcional. Esta deve marcar toda nossa vida.
  15. 15. NO DOCUMENTO DE APARECIDA • O documento de Aparecida fala de UMA IGREJA EM ESTADO PERMANENTE DE MISSÃO (DAp 360s). Daí a proposta da MISSÃO PERMANENTE: A MISSÃO É PARA SEMPRE, POIS A VIDA É UMA MISSÃO.
  16. 16. PAPA FRANCISCO "Como eu gostaria de uma Igreja pobre e para os pobres!" (16 de março de 2013) No Brasil: “Sair para as ruas” PAPA FRANCISCO "Como eu gostaria de uma Igreja pobre e para os pobres!" (16 de março de 2013) No Brasil: “Sair para as ruas”
  17. 17. Isolamento, individualismo, VIOLÊNCIA... E que repercutem nas pessoas e lideranças, e nas pastorais: cansaço, desânimo, vontade de deixar tudo, FALTA DE CONVICÇAO, SUPERFICIALIDADE Isolamento, individualismo, VIOLÊNCIA... E que repercutem nas pessoas e lideranças, e nas pastorais: cansaço, desânimo, vontade de deixar tudo, FALTA DE CONVICÇAO, SUPERFICIALIDADE ALGUMAS SITUAÇÕES ALGUMAS SITUAÇÕES
  18. 18. O mundo precisa de MISSÃOO mundo precisa de MISSÃO Outras situações: consumismo, privilégios de alguns, situação de humilhação sofrida por outros, frustrações, etc. Outras situações: consumismo, privilégios de alguns, situação de humilhação sofrida por outros, frustrações, etc.
  19. 19. OUTRAS SITUAÇÕES DE MISSÃO
  20. 20. O Espírito Santo nos move e nos coloca em estado permanente de Missão Esta é a Hora!
  21. 21. SENHOR, que chamaste os apóstolos e os enviaste como missionários, construtores de um mundo novo, envia também a nós, a fim de servirmos sempre e melhor a Ti nos nossos irmãos e irmãs. Alarga os nossos horizontes ao mundo inteiro e faze-nos ouvir as súplicas de tantas pessoas que anseiam por luz e verdade. Santifica- nos pelo teu Espírito e comunica-nos a tua Vida, para que respondamos ao teu apelo e sejamos sal e luz até aos confins da terra. Amem! SENHOR, que chamaste os apóstolos e os enviaste como missionários, construtores de um mundo novo, envia também a nós, a fim de servirmos sempre e melhor a Ti nos nossos irmãos e irmãs. Alarga os nossos horizontes ao mundo inteiro e faze-nos ouvir as súplicas de tantas pessoas que anseiam por luz e verdade. Santifica- nos pelo teu Espírito e comunica-nos a tua Vida, para que respondamos ao teu apelo e sejamos sal e luz até aos confins da terra. Amem!
  22. 22. CONVITE: DAR UM SENTIDO À VIDA; DAR UM SENTIDO À MISSÃO •A PRIMEIRA MISSÃO DE CADA UM “É SER HUMANO” (é um objetivo pessoal); • OUTRO SENTIDO DA MISSÃO É A VIDA (objetivo comunitário e social). SOMOS HERDEIROS DA MISSÃO DE DEUS; A GRANDE MISSÃO: DAR UM VERDADEIRO SENTIDO À VIDA. CONVITE: DAR UM SENTIDO À VIDA; DAR UM SENTIDO À MISSÃO •A PRIMEIRA MISSÃO DE CADA UM “É SER HUMANO” (é um objetivo pessoal); • OUTRO SENTIDO DA MISSÃO É A VIDA (objetivo comunitário e social). SOMOS HERDEIROS DA MISSÃO DE DEUS; A GRANDE MISSÃO: DAR UM VERDADEIRO SENTIDO À VIDA.
  23. 23. – Tem vários sentidos. Mas, para a teologia e nosso estudo, tem um significado especial: O SIGNIFICADO DA PALAVRA MISSÃO O SIGNIFICADO DA PALAVRA MISSÃO
  24. 24. SENTIDO DA MISSÃO: 1) ENFOQUE EXISTENCIAL – A VIDA 2) ENFOQUE SÓCIO-POLÍTICO-CULTURAL A MISSÃO É NA REALIDADE 3) ENFOQUE BÍBLICO – OS PROFETAS, JESUS CRISTO, OS DISCÍPULOS 4) ENFOQUE MÍSTICO – OLHAR DE ESPERANÇA, como pessoa de fé 5) ENFOQUE ECLESIAL – O MISSIONÁRIO É UM ENVIADO 6) ENFOQUE ESCATOLÓGICO – OLHAR PARA O FUTURO (a vida é uma caminhada)
  25. 25. 1) SENTIDO DA MISSÃO – ENFOQUE EXISTENCIAL:
  26. 26.  A partir da vida, algo concreto. Nós existimos e somos.
  27. 27.  A vida sempre questiona. Busca de humanização. A primeira missão da pessoa é ser humano.
  28. 28.  Priorizar a vida X Priorizar idéias e doutrinas.
  29. 29.  Tudo o que fazemos é para sermos felizes. Mas, há experiências negativas.
  30. 30.  Não se vive sem sentido, sem rumo, sem objetivo, mesmo com a crise.
  31. 31.  O ser humano é um ser desejante – sempre em tensão.
  32. 32.  Diante da realidade, fazer opções.
  33. 33.  Qual é a grande Missão? Dar um sentido verdadeiro à vida. “Somos aquilo que somos e o que queremos fazer” (Sartre).
  34. 34.  Não se vive sem amor. O amor é uma missão. O amor faz da vida uma missão.
  35. 35.  O que se vê? Tudo é reduzido em mercadoria. A missão é gratuita e eficaz. É um caso de amor. Torna- nos dinâmicos, fecundos e abertos.
  36. 36. 2) SENTIDO DA MISSÃO – ENFOQUE SÓCIO-POLÍTICO- CULTURAL:
  37. 37.  As situações marcam a nossa vida.
  38. 38.  Existir – estar aí, lugar concreto.
  39. 39.  Missão só existe situada, não genérica/aérea.
  40. 40.  A Missão é partidária: não é neutra; toma partido; opta, faz opções.
  41. 41.  A Missão visa transformação libertadora: pessoal, familiar, social, político, econômico, cultural.
  42. 42. 3) SENTIDO DA MISSÃO – ENFOQUE BÍBLICO:
  43. 43.  Abertura ao Transcendente – indefinível. Isto acontece a partir dos dois enfoques anteriores. Darwin: “Acreditar em Deus é a maior diferença que separa os seres humanos dos outros animais”. O ser humano é capaz de optar. Nisto está a opção pelo projeto de Deus.
  44. 44.  Deus é Mistério. Deus é Amor (a religião do Amor: 1 Jo 4,8-16). Deus é Missão.
  45. 45.  Dois eixos: Êxodo e JC. Toda a Bíblia gira em torno destes dois eixos.
  46. 46.  Missão de Deus: Defesa da vida.
  47. 47.  A Missão da Igreja deve ser a maneira de viver a Missão de Deus, no tempo e no espaço. Revelar a Missio Dei – revelar Deus que está presente, onipresente. Anúncio: implícito; explícito.
  48. 48. 4) SENTIDO DA MISSÃO – ENFOQUE MÍSTICO:
  49. 49.  Para testemunhar, precisamos experimentar, provar com a vida.
  50. 50.  Experiência: física (contato); mística (comunhão de vida, de sentimento, de opção).
  51. 51.  Mística e Missão – algo inseparável. Traz convicção: sei o que faço, porque o faço, assumo as conseqüências.
  52. 52.  O místico: voltado para a Trindade Santa; questiona; é humano, autêntico, mas sabe que é frágil, é livre; não vende sua consciência; vive uma vida conflitiva...
  53. 53.  Não há mística sem discipulado.
  54. 54. 5) SENTIDO DA MISSÃO – ENFOQUE ECLESIAL:
  55. 55.  Nós somos herdeiros e testemunhas da Missão de Deus.
  56. 56.  A Missão é eclesial. O missionário é um enviado.
  57. 57.  O discipulado não se sustenta sem estar numa comunidade. Sentido de pertença à Igreja.
  58. 58. 6) SENTIDO DA MISSÃO – ENFOQUE ESCATOLÓGICO:
  59. 59.  A vida é caminhada... aqui, rumo ao futuro – VIDA ETERNA (1 Pd 1,17)
  60. 60. A BARCAA BARCA • Tu te abeiraste da praia./ Não buscaste nem sábios, nem ricos./ Somente queres que eu te siga. Ref: Senhor, tu me olhaste nos olhos./ A sorrir, pronunciaste meu nome./ Lá na praia, eu larguei o meu barco./ Junto a ti, buscarei outro mar. • Tu sabes bem que em meu barco/ eu não tenho nem ouro nem espadas./ Somente rede e o meu trabalho. • Tu, minhas mãos solicitas./ Meu cansaço que a outros descanse./ Amor que almeja seguir amando. • Tu, pescador de outros lagos, / ânsia eterna de almas que esperam./ Bondoso amigo que assim me chamas.
  61. 61. Uma conclusão: A MISSÃO DA IGREJA É EVANGELIZAR
  62. 62. CONDIÇÕES PARA AÇÃO EVANGELIZADORA: 1)AGIR MISSIONÁRIO DOS CRISTÃOS; 2)TESTEMUNHO PESSOAL; 3)PASSAGEM DE UMA PASTORAL DE MERA CONSERVAÇÃO PARA UMA PASTORAL MISSIONÁRIA; 4)ATITUDES E GESTOS DE ACOLHIDA, SEGUIDA PELO ANÚNCIO DE JC
  63. 63. São Francisco de Assis aos seus irmãos: “Preguem o Evangelho com AÇÕES e, se for necessário, usem também as PALAVRAS”. São Francisco de Assis aos seus irmãos: “Preguem o Evangelho com AÇÕES e, se for necessário, usem também as PALAVRAS”.
  64. 64. INDICATIVOS: 1)EXERCÍCIO DA ESCUTA E DO DIÁLOGO; 2)ATITUDE DE ORAÇÃO: oração- ação-contemplação; 3)CARIDADE PASTORAL; 4)FORMAR COMUNIDADE; 5)RESGATAR O PAPEL DAS LEIGAS E DOS LEIGOS NA IGREJA.
  65. 65. SANTAS MISSÕES POPULARES E MISSÃO CONTINENTAL A MISSÃO CONTINENTAL: Um projeto de animação missionária para a toda a Igreja do Continente e para todos os cristãos; As SMP são um instrumento para tornar a Igreja mais missionária e para concretizar a Missão de Deus.
  66. 66. OBJETIVO: 1) Colocar a Igreja em estado permanente de missão; 2)Toda a Igreja deve ser missionária, num processo de conversão pastoral, passando de uma pastoral de conservação para uma pastoral missionária; 3) A dimensão missionária deve impregnar toda a Igreja e ação pastoral.
  67. 67. TODOS OS CRISTÃOS SÃO CHAMADOS A DAR TESTEMUNHO DA BOA NOVA, COMO DISCÍPULOS MISSIONÁRIOS DE JESUS CRISTO.
  68. 68. 1) Fortalecer a dimensão missionária nas nossas paróquias/comunidades: formação do Grupo de Animação Missionária ou comissão Missionária Paroquial - COMIPA; 2) Realização de trabalhos missionários; 3) Envolvimento no COMIDI arquidiocesano; 4) Participar de Experiências missionárias em outras Paróquias, etc; 5) Atuação nas pastorais, Grupos de Reflexão, etc - numa perspectiva missionária. ALGUNS INDICATIVOSALGUNS INDICATIVOS
  69. 69. O que podemos fazer para fortalecer a dimensão missionária na Arquidiocese/Paróquias? Trabalho em grupo para levantamento de propostas e encaminhamentos – momento da Equipe local.
  70. 70. EVANGELHO DE LUCAS (4 BLOCOS) 1)Acolhendo Jesus: Boa Notícia/o Evangelho Vivo – (1,5-4,13); 2)A missão de Jesus na Galiléia (4,14-9,50); 3)JESUS A CAMINHO PARA JERUSALÉM: paixão/morte e ressurreição (9,51-19,28); 4) Jesus em Jerusalém: conflitos, morte/vitória, continuação da missão (19,29- 24,53)
  71. 71. LUCAS USA MARCOS COMO FONTE: 424 Vers. TIRADOS DE MARCOS, RELATOS SOBRE A MISSÃO DE JESUS E OUTRAS FONTES (pesquisas, conversas, viagens...)
  72. 72. Quando foi escrito o Evangelho de Lucas? Ao redor dos anos 80 d.C. O autor do Evangelho (Lucas): pessoa bem informada; pagão convertido ao judaísmo e cristianismo; contato com pessoas e Comunidades Cristãs fora da Palestina – realidades e culturas diferentes; contato com cidades.
  73. 73. O OBJETIVO DO EVANGELHO: Dar uma resposta sobre Jesus, às pessoas que tinham dúvidas e pediam esclarecimentos sobre Jesus; Falar da pessoa e missão de Jesus na Palestina. LUCAS: Um missionário admirador de São Paulo; pessoa com os pés no chão. PALAVRAS FORTES: cidade, multidões/povo, mulheres, júbilo/misericórdia, conversão, situação de contrastes sociais: comida X fome
  74. 74. FRASE DE DOM HÉLDER CÂMARAFRASE DE DOM HÉLDER CÂMARA “Não, não pares! É graça divina começar bem. Graça maior é persistir na caminhada certa, manter o ritmo... Mas a graça das graças é não desistir. Podendo ou não, caindo, embora aos pedaços, chegar até o fim”. “Não, não pares! É graça divina começar bem. Graça maior é persistir na caminhada certa, manter o ritmo... Mas a graça das graças é não desistir. Podendo ou não, caindo, embora aos pedaços, chegar até o fim”.
  75. 75. Senhor, já que me chamas, Eu quero te ouvir. Tu queres que eu te siga, Respondo: Eis-me aqui!
  76. 76. JUNTOS, NA MISSÃO DE JESUS, para que o mundo seja melhor JUNTOS, NA MISSÃO DE JESUS, para que o mundo seja melhor
  77. 77. Regras da missão: 1.Abrir nossos ouvidos para acomodar o outro e lhe dar espaço é hospedá-lo. 2.Enfatizar o que há em comum, dimensão da universalidade. 3.Acolher e respeitar as diferenças. Ao fazermos isso, a fala do outro deixa de ser pessoal e ganha entoação de uma historia.
  78. 78. SOMOS TODOS PEREGRINOS: O peregrino começa pouco a pouco, a entender que o caminho dele não tem começo nem fim, é só uma caminhada. A caminhada é o que vale, independentemente de onde se vem e para onde se vai. SOMOS TODOS PEREGRINOS: O peregrino começa pouco a pouco, a entender que o caminho dele não tem começo nem fim, é só uma caminhada. A caminhada é o que vale, independentemente de onde se vem e para onde se vai.
  79. 79. FIRMES NA MISSÃO Pe. José Geraldo de Melo pjgmelo@hotmail.com FIRMES NA MISSÃO Pe. José Geraldo de Melo pjgmelo@hotmail.com

×