SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 66
Baixar para ler offline
Palavra Na VidaDeus
        de do Povo


                                 Fraternidade e a
                                  Vida no Planeta




Subsídio para Reflexão nas Comunidades
Nº 1 - Ano XXI - 2011
Diocese de São José dos Campos - SP
PROGRAMAÇÃO DOS LOCAIS, DIAS E HORÁRIOS
           Encontro nas casas
                                                       Horário:
    1º Encontro   De 31 de Janeiro a 06 de Fevereiro
Endereço:

                                                       Horário:
    2º Encontro     De 07 a 13 de Fevereiro
Endereço:

    3º Encontro     De 14 a 20 de Fevereiro            Horário:

Endereço:

                                                       Horário:
    4º Encontro      De 21 a 27 de Fevereiro
Endereço:

                                                       Horário:
    5º Encontro   De 28 de Fevereiro a 06 de Março
Endereço:

                                                       Horário:
    6º Encontro       De 07 a 13 de Março
Endereço:

    7º Encontro       De 14 a 20 de Março              Horário:

Endereço:

                                                       Horário:
    8º Encontro       De 21 a 27 de Março
Endereço:

                                                       Horário:
    9º Encontro     De 28 de Março a 03 de Abril
Endereço:

                                                       Horário:
   10º Encontro        De 04 a 10 de Abril
Endereço:

   11º Encontro        De 11 a 17 de Abril             Horário:

Endereço:

                                      1
Anote abaixo o endereço, o dia e o
                horário da Via Sacra.

 Dia:                  Endereço:               Horário:




         Anote abaixo o endereço, o dia e o
               horário da Celebração

 Dia:                  Endereço:               Horário:




O conteúdo deste subsídio não está na nova ortografia.




                            2
Índice
Dicas para o(a) Animador(a) ................................................................................ 04
Apresentação .........................................................................................................06

Encontro nas Casas
 • Primeiro Encontro ...........................................................................................09
 • Segundo Encontro ...........................................................................................11
 • Terceiro Encontro ...........................................................................................13
 • Quarto Encontro .............................................................................................15
 • Quinto Encontro .............................................................................................17
Encontro sobre a Campanha da Fraternidade
 • Sexto Encontro .............................................................................................20
 • Sétimo Encontro .............................................................................................24
 • Oitavo Encontro .............................................................................................28
 • Nono Encontro ...............................................................................................32
 • Décimo Encontro ...........................................................................................26
 • Décimo Primeiro Encontro ............................................................................40

Via Sacra nas casas
Abertura .................................................................................................................45
1ª Estação - Jesus é condenado à morte .............................................................46
2ª Estação - Jesus carrega a cruz ........................................................................47
3ª Estação - Jesus cai pela primeira vez .............................................................48
4ª Estação - Jesus se encontra com a sua mãe ...................................................49
5ª Estação - Simão Cirineu ajuda Jesus a carregar a cruz ................................50
6ª Estação - Verônica enxuga o rosto de Jesus ...................................................51
7ª Estação - Jesus cai pela segunda vez ..............................................................52
8ª Estação - Jesus consola as mulheres de Jerusalém .......................................53
9ª Estação - Jesus cai pela terceira vez ...............................................................54
10ª Estação - Jesus é despido de suas vestes .........................................................55
11ª Estação - Jesus é pregado na cruz ..................................................................56
12ª Estação - Jesus morre na cruz ........................................................................57
13ª Estação - Jesus é descido da cruz ...................................................................58
14ª Estação - Jesus é sepultado .............................................................................59
15ª Estação - Jesus ressuscitou .............................................................................60




                                                             3
DICAS PARA O(a) ANIMADOR(a)
               DOS ENCONTROS
AMBIENTE: O ambiente poderá ser preparado com símbolos ou elementos
que auxiliem a meditação da Palavra; também poderá colocar no ambiente algo
que leve a chamar à atenção sobre a reflexão temática, não sobrecarregando o
espaço físico (poluição visual) nem sobrepondo ao tema do Evangelho.

* Bíblia, vela, cruz, colcha e/ou toalha de retalhos.

Nos encontros 6º ao 11º : cartaz da CF, globo terrestre, mapa-mundi, recortes
sobre o meio ambiente, etc.

ACOLHIDA: Ao chegarem, as pessoas já se acolhem mutuamente, tornando
desnecessária acolhida no começo do encontro;
- Com este novo método de encontro buscamos torna-lo mais acolhedor,
simples, orante e comprometedor;
- Para não confundir animador(a) de rua com animador do encontro, que pode,
mas não precisa ser a mesma pessoa, trocamos de animador(a) para dirigente.
Cuidar para que seja orante, sem ficar lendo títulos e subtítulos;
1. CHEGADA – Silêncio – oração pessoal;
Quem dirige deverá favorecer e promover o silêncio no início, motivando a
todos para “entrarem no clima de oração”, entoar um mantra.
2. ABERTURA (pode ser cantada ou rezada) – é tirada do Ofício Divino
das Comunidades (ODC), livro que pode ser adquirido através das livrarias
católicas. É uma invocação a Deus para vir ao encontro dos presentes, abrindo-
lhes os lábios e o coração para a realidade divina, numa atenção fraterna ao ser
humano. Cada um traça o sinal da cruz sobre os lábios;
3. RECORDAÇÃO DA VIDA (o animador motiva para que algumas pessoas
presentes, espontaneamente e com objetividade, façam lembranças de fatos
ocorridos na semana). A vida, os acontecimentos de cada dia, as pessoas, suas
angústias e esperanças,suas tristezas e alegrias, as conquistas e revezes da
caminhada, as lembranças marcantes da história, da comunidade, das Igrejas e
dos povos, os próprios fenômenos da natureza são sinal de Deus para quem tem
olhos para ver e ouvidos para ouvir. Por aí começa a nossa escuta da Palavra
de Deus. É importante que a partilha seja feita em clima de espontaneidade e
meditação, evitando que se torne uma conversa enfadonha;
4. HINO (o critério de escolha será o evangelho). Pode ser rezado, se não for
conhecido:
                                        4
5. SALMO (o critério de escolha é o salmo do domingo que vem, na versão
popular que o ODC oferece. É essencialmente orante. A intenção é rezar/cantar
um salmo por semana, resgatando o modo de oração da história do povo de
Deus. Salmo é Deus inspirando o ser humano para rezar para Deus).
6. EVANGELHO
Este é o coração do encontro. Propõe-se uma CENTRALIDADE DA PALAVRA.
Na experiência da Leitura Orante da Bíblia, de modo simples, comunitário e
comprometedor, poderá seguir os seguintes passos:
    a) Invoca-se a ação do Espírito Santo através de um canto, um refrão ou da
oração ao Espírito Santo;
    b) Faz-se a leitura pausada do texto do Evangelho. Repete-se algumas
vezes a leitura do mesmo texto para que todos conheçam bem os detalhes que o
texto diz (atos, atitudes, palavras, gestos, reações... que os personagens bíblicos
apresentam em si, no texto).
    c) Não tirar conclusões nesta hora nem fugir do texto.
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO – silêncio – partilha – refrões
    a) Aqui quem dirige precisa provocar um momento de silêncio, de fato,
para interiorização, sem demorar muito;
    b) Cada pessoa poderá partilhar frases ou palavras que mais “tocaram a
vida”, em espírito de fé na força criadora e criativa que a Palavra de Deus traz
consigo mesma (porque é Deus);
    c) Dar atenção somente ao texto proclamado, sem fugir do assunto;
   d) Tirar proveito do texto para um encontro pessoal/comunitário com o
Senhor e Mestre, na atitude de escuta atenta (como um discípulo);
8. A PARTIR DA PALAVRA REZADA E MEDITADA:
Neste momento é hora de iluminar a realidade que vivemos com a Palavra de
Deus. Cuidar para não fazer isso sem passar pelo processo todo do método
orante. Trazer para os dias de hoje a mensagem do Evangelho proclamada no
encontro, sem fugir do assunto, ou seja, ter sempre presente o texto em si, para
não “vagar” por outros temas.
9. REFLEXÃO TEMÁTICA: As CEBs trazem propósito de uma reflexão de
temas da atualidade ou que a Igreja propõe para o momento. Sempre numa
linguagem simples, direta e curta. Se alguém pretende aprofundar mais, deverá
buscar nos livros, boletins, entre outros.
10. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO (PRECES) - Lembrar que o
encontro deverá trazer a dimensão orante da Bíblia, ou seja, as preces deverão
ser fruto da meditação e da partilha vividas após a proclamação do Evangelho.

                                        5
Apresentação

   Estimado(a) Animador(a) de Comunidade, olá!


   Este livreto não é mais um, apenas. É o instrumento para provocar en-
contros fraternos entre vizinhos, amigos e famíliares. Ao redor do Evenge-
lho, cada pessoa, em comunhão com outras, fará sua experiencia de escuta
como um discipulo ao Mestre, discernindo qual a vontade de Deus para sua
vida, tanto pessoal, quanto familiar e social. Na verdade, todo aquele que
escuta Deus torna-se testemunha e sinal do Reino de Deus no dia-a-dia da
historia, contribuindo para transformar o mundo conforme o sonho de Deus.
Vale a pena dedicar o melhor de si para que estes encontros sejam animados
e cativantes, além de comprometer a vida com a missão de Jesus Cristo.


   Sabemos que as CEBs não se resume em uma hora ou uma hora e meia
deste encontro. CEBs é uma realidade vinte e quatro horas por dia, e devem
iluminar a realidade em que se vive. Acolher a todos, promovendo e ani-
mando, especialmente pessoas novas e excluídas, é a primeira missão no
dinamismo de pequenas comunidades.


   Com isso tudo, faço votos que alcancemos nossos objetivos em nossa
Diocese.


   Um forte abraço!

                                                Ronildo Aparecido da Rosa
                                              Assessor Diocesano das CEBs




                                    6
Campanha da
  Fraternidade 2011
                   • GESTO CONCRETO
   A Campanha da Fraternidade se expressa concretamente pela
oferta de doações em dinheiro na coleta da solidariedade. É
um gesto concreto de fraternidade e partilha, feito em âmbito
nacional, em todas as comunidades, paróquias e dioceses. A
Coleta da Solidariedade é parte integrante da Campanha da
Fraternidade.

   DIA NACIONAL DA COLETA DA SOLIDARIEDADE
        Domingo de Ramos, dia 17 de abril de 2011

                     • COMO ACONTECE:
   Todas as pessoas das comunidades eclesiais são convidadas
a organizar o gesto concreto de solidariedade durante o tempo
forte da :Campanha, que vai do início da Quaresma, na quarta-
feira de cinzas, 09 de março, até o Domingo de Ramos.

                  • PARA QUE ACONTECE:
  Tem a finalidade de apoiar projetos e ações concretas em
defesa da vida e da criação.
  - 40% da coleta das igrejas serão enviados para a constituição
do Fundo Nacional Solidariedade (FNS) que apoiará projetos
com o tema da Campanha
  - 60 % da coleta das Igrejas ficarão à disposição de cada
comunidade local, destinado à solidariedade desta comunidade
apoiando projetos relacionados com o tema da Campanha da
Fraternidade.
                                                Fonte: CNBB
                               7
CEBs - Comunidades Eclesiais de Base




    Encontro
    nas Casas
Leitura Orante da Bíblia




    Diocese de São José dos Campos - SP
                     8
1 Encontro                                       “Vós sois o sal da terra
 31 de Janeiro a 6 de Fevereiro                    e a Luz do mundo”
                                                 1- Lenta e calma sobre a terra,
                                                 Desce a noite e foge a luz,
                                                 Vem brilhar em nossas trevas,
                                                 Vem conosco, bom Jesus! (bis)

                                                 2- Em silêncio passa a noite,
                                                 Vão-se as trevas, chega a luz!
                                                 Amanhã é novo dia,
                                                 Vem conosco, bom Jesus! (bis)

                                                 3- Vem conosco, Cristo amigo,
                                                 Quem vem do alto nos conduz.
                                                 Sê a luz dos nossos passos,
                                                 Vem conosco, bom Jesus! (bis)

                                                 5. SALMO 112
                                                 (rezado ou cantado)
                                                 Dirigente: “Outrora vocês eram trevas,
                                                 agora são luz no Senhor. Por isso, com-
                                                 portem-se como filhos da luz. O fruto
                                                 da luz consiste em toda bondade, justi-
1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal            ça e verdade” (Ef 5, 8-9).

2. ABERTURA (dirigente)                          Refrão: Quem busca a Deus, aleluia,
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!           Exulte de alegria, aleluia!
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo            Feliz quem é caridoso e prestativo
Espírito.                                        Quem resolve seus negócios com justiça.
  Gloria à Trindade Santa, glória ao             Porque jamais vacilará quem é justo,
Deus bendito.                                    Sua lembrança permanece eternamente.
- Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos!
  Do povo que trabalha, a Deus louvação!         Ele não teme receber notícias más:
- O Senhor te guarde, ele é teu vigia,           Em Deus, seu coração está seguro.
  Quem te garante a noite e governa o dia!       Seu coração esta tranqüilo e nada teme,
                                                 E confusão há de ver seus inimigos.
3. RECORDAÇÃO DA VIDA
Recordação da semana                             Reparte com os pobres os seus bens,
                                                 Permanece para sempre o bem que fez.
4. HINO: LENTA E CALMA SOBRE                     E crescerão a sua glória e seu poder,
A TERRA (rezado ou cantado)                      Bendito seja Deus agora e sempre.

                                             9
6. EVANGELHO DE DOMINGO                         10. ORAÇÃO
Ler pausadamente Mateus 5, 13-16                Todos: Fica conosco, ó Deus. Tu nos
                                                revelaste o Teu amor maternal. A
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
                                                nós, que experimentamos o peso das
- silêncio - partilha - refrões
                                                atividades do dia e das tensões do
8. A PARTIR DA PALAVRA REZA-                    mundo, dá o repouso e a força reno-
DA E MEDITADA:                                  vadora do Teu carinho. Por Cristo,
Verdade: O que diz a Palavra?                   Nosso Senhor. Amém!
Caminho: O que a Palavra diz para
nós, hoje?
                                                11. AVISOS / COMEMORAÇÕES
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer
a Deus?                                         (aniversário, nascimento, acolhida de
Missão: Qual nosso novo olhar a par-            gente nova...)
tir da Palavra? Qual nossa missão para
esta semana, a partir da Palavra?               ● Evangelho de domingo que vem:
Compromisso: O que podemos assu-                Mateus 5, 17-37
mir como compromisso?
                                                Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                    ximo encontro. Prepare-se, marcando o
(PRECES)                                        texto do Evangelho e lendo-o até o dia
Dirigente: Diante do Senhor, coloque-           em que nos reuniremos
mos nossas preces
Todos: Senhor, que brilhe a Tua Luz             ● Marcar o próximo encontro e anotar
onde há trevas.
                                                no início do subsídio.
● Senhor, no meio do mundo onde os
valores são deturpados pelos meios de
comunicação social, que a nossa fé leve         ●Outros...
luz e esperança. Rezemos:
● Senhor, com a vida de tão oprimida,           ● 03 de Fevereiro
por vezes perde-se o objetivo e a razão         - São Brás, bispo, mártir – Bênção da
a ser vivida, que a nossa vida de anima-
                                                Garganta
dores e animadoras possa dar novo sen-
tido e sabor aos nossos irmãos e irmãs.
Rezemos:                                        12. BÊNÇÃO
● Senhor, que o nosso testemunho fale           Dirigente: O Deus de Amor, que fez o
por nós e que a nossa conduta ilumine           céu e a terra, nos abençoe, agora e sem-
os nossos caminhos e o caminho de ou-           pre. Amém!
tros que virão. Rezemos:
                                                Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
Preces espontâneas... (que nasçam da            Jesus Cristo!
Palavra de Deus meditada e partilhada)          Todos: Para sempre seja louvado!
Pai nosso...
Ave Maria...

                                           10
2 Encontro                                           “Jesus nos ensina
      7 a 13 de Fevereiro
                                                      a cumprir a lei”
                                                 2- Vós sereis os meus amigos se seguir-
                                                 des meu preceito: / Amais-vos uns aos
                                                 outros como eu vós tenho amado.

                                                 3- Como o Pai sempre me ama assim eu
                                                 também vos amei: / Amai-vos uns aos
                                                 outros como eu vos tenho amado.

                                                 4- Permanecei em meu amor e segui
                                                 meu mandamento: / Amai-vos uns aos
                                                 outros como eu vos tenho amado.

                                                 5- E, chegando a minha Páscoa, vos
                                                 amei até o fim: / Amai-vos uns aos ou-
                                                 tros como eu vos tenho amado.

                                                 6- Nisto todos saberão que vós sois os
1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal
                                                 meus discípulos: / Amai-vos uns aos
                                                 outros como eu vos tenho amado.
2. ABERTURA (dirigente)
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!           5. SALMO 119
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.        (rezado ou cantado)
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo            Dirigente: “Não vim para abolir a Lei,
Espírito.                                        mas para levá-la à perfeição” (Mt 5,17).
Gloria à Trindade Santa, glória ao Deus          No tempo em que o povo de Israel per-
bendito.                                         deu sua independência, o que manteve
- Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos!               sua unidade foi o amor à Lei de Deus.
Do povo que trabalha a Deus louvação!            Retomando hoje esta meditação sobre a
- Onde estiver teu tesouro, irmão,               Lei de Deus, peçamos a graça de obe-
Lá estará inteiro o teu coração!                 decermos ao Senhor.
                                                 Refrão: Abriu-se o céu, o chão em flor,
3. RECORDAÇÃO DA VIDA                            Pra quem caminha na estrada do Senhor.
Recordação da semana
                                                 Felizes são os que caminham retamente
4. HINO: PROVA DE AMOR MAIOR                     E na vontade do Senhor se vão contentes...
NÃO HÁ (rezado ou cantado)                       Felizes são seus testemunhos a guardar,
Refrão: Prova de amor maior não há               De coração o seu Senhor procurar!
Que doar a vida pelo irmão                       Aleluia, aleluia! (bis)

1- Eis que eu vos dou o novo manda-              Vou bendizer-te com sincero coração
mento: / Amais-vos uns aos outros                Ao prender as tuas justas decisões...
como eu vos tenho amado.
                                            11
Teus estatutos vou cumprir com devoção                 a justiça e sempre façamos o que não
Nunca me deixes, nem me abandones não!                 nos afasta de Deus e de Seu projeto.
                                                       Rezemos:
Sol da justiça, Jesus Cristo, meu Senhor,
Tu és do Pai a glória, o brilho, o esplendor...        Preces espontâneas... (que nasçam da
Os corações com teu Espírito iluminas,                 Palavra de Deus meditada e partilhada)
O teu caminho de verdade e vida ensinas!               Pai nosso...
                                                       Ave Maria...
6. EVANGELHO DE DOMINGO
Ler pausadamente Mateus 5, 17-37                       10. ORAÇÃO
                                                       Todos: Visita, Senhor, esta comuni-
                                                       dade e afasta as ciladas do inimigo.
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
                                                       Que a proteção confortadora do teu
– silêncio – partilha – refrões
                                                       Espírito habite conosco e nos fortale-
                                                       ça no trabalho pela paz. Por Cristo,
8. A PARTIR DA PALAVRA REZA-                           nosso Senhor. Amém!
DA E MEDITADA:
Verdade: O que diz a Palavra?                          11. AVISOS / COMEMORAÇÕES
Caminho: O que a Palavra diz para                      (aniversário, nascimento, acolhida de
nós, hoje?                                             gente nova...)
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer                 ● Evangelho de domingo que vem:
a Deus?                                                Mateus 5, 38 - 48
Missão: Qual nosso novo olhar a par-                   Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
tir da Palavra? Qual nossa missão para                 ximo encontro. Prepare-se, marcando o
esta semana, a partir da Palavra?                      texto do Evangelho e lendo-o até o dia
Compromisso: O que podemos assu-                       em que nos reuniremos
mir como compromisso?                                  ● Marcar o próximo encontro e anotar
                                                       no início do subsídio.
9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                           ● Outros...
(PRECES)                                               07 de Fevereiro
Dirigente: Coloquemos diante do Se-                    - Massacre de Sepé Tiaraju (São Sepé)
nhor nossa vida e a vida de todo o uni-                e mais 1500 índios - São Gabriel - RS
verso.                                                 11 de Fevereiro
Todos: Senhor, que a vossa Lei, seja                   - Dia Mundial do Enfermo
a nossa única verdade.                                 12 de Fevereiro
                                                       - Doroty Stand, mártir da terra e da luta
                                                       ecológica, assassinada em Anapu- PA
● Senhor, que a nossa vida seja sempre
pautada no Teu amor e no cumprimen-
                                                       12. BÊNÇÃO
to da Tua vontade. Rezemos:                            Dirigente: Deus, fonte de toda graça,
● Senhor, que o amor e o respeito ao                   que nos chamou à comunhão por Jesus
próximo seja o nosso viver e a nossa                   Cristo, nos fortaleça em nossas pro-
luta do dia a dia; como queremos o nos-                vações e nos firme na fé, agora e para
so bem também nos esforcemos para o                    sempre. Amém!
bem dos irmãos e irmãs. Rezemos:                       Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
● Senhor, que o nosso sim seja sempre                  Jesus Cristo!
um compromisso com a verdade e com                     Todos: Para sempre seja louvado!
                                                  12
3 Encontro                                        “Amar até os inimigos”
       14 a 20 de Fevereiro
                                                   Onde houver dúvida, que eu leve a fé.
                                                   Onde houver erro, que eu leve a verdade.
                                                   Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
                                                   Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
                                                   Onde houver trevas, que eu leve a luz.
                                                   Ó mestre, fazei que eu procure mais
                                                   consolar, que ser consolado;
                                                   compreender, que ser compreendido;
                                                   amar, que ser amado.
                                                   Pois é dando que se recebe;
                                                   é perdoando que se é perdoado e
                                                   é morrendo que se vive para a vida eterna.

                                                   5. SALMO 103
                                                   (rezado ou cantado)
                                                   Dirigente: “Bendito seja o Deus e Pai
                                                   de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das
1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal              misericórdias e o Deus da Consolação”
                                                   (2Cor 1,2). Façamos deste hino a ex-
2. ABERTURA (dirigente)                            pressão da nossa gratidão a Deus que,
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!             em Jesus Cristo, nos dá a graça de cha-
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.          má-lo nosso Pai. Que o Espírito se una
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo              ao nosso espírito para testemunhar que
Espírito.                                          somos filhas e filhos de Deus.
   Gloria à Trindade Santa, glória ao
Deus bendito.                                      Refrão: Bendize, minh’ alma, o Senhor
- Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos!                 Seu nome seja louvado.
  Do povo que trabalha a Deus louvação!
- Toda humanidade, o Senhor chamou.                Bendize, minh’ alma, o Senhor
  À festa do seu Reino ele convocou!               Seu nome seja louvado.
                                                   Por tudo o que me tem dado,
3. RECORDAÇÃO DA VIDA                              Me cura as enfermidades
Recordação da semana                               E me perdoa os pecados.

4. HINO: ORAÇÃO DE SÃO FRAN-                       Me tira da triste morte
CISCO (rezado ou cantado)                          Me dá carinho e amor.
Senhor, fazei mim instrumento de vossa paz.        Com sua misericórdia
Onde houver ódio, que eu leve o amor.              Do abismo ele me tirou,
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.          E, como se eu fosse águia,
Onde houver discórdia, que eu leve a união.        Vem renovar meu vigor.

                                              13
Ao nosso Pai demos glória                        por todos aqueles que nos fazem mal,
E ao Filho, glória também.                       rezemos:
Louvor e glória igualmente                       ● Por aqueles que nos perseguem por
Ao Espírito Santo que vem.                       causa da Tua Palavra e do cumprimento
Que nosso louvor se estenda                      de Tua vontade, rezemos:
Agora e pra sempre. Amém.
                                                 Preces espontâneas... (que nasçam da
6. EVANGELHO DE DOMINGO
Ler pausadamente Mateus 5, 38-48                 Palavra de Deus meditada e partilhada)
                                                 Pai nosso...
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO                        Ave Maria...
– silêncio – partilha – refrões
                                                 10. ORAÇÃO
8. A PARTIR DA PALAVRA REZA-                     Todos: Ó Deus de bondade, escu-
DA E MEDITADA:                                   ta o clamor do Teu povo. Faze que,
Verdade: O que diz a Palavra?                    no meio dos conflitos e das aflições
Caminho: O que a Palavra diz para                deste mundo, nos consagremos mais
nós, hoje?                                       profundamente ao trabalho pela paz
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer
                                                 e pela justiça. Por Cristo, nosso Se-
a Deus?
                                                 nhor. Amém!
Missão: Qual nosso novo olhar a par-
tir da Palavra? Qual nossa missão para
esta semana, a partir da Palavra?                11. AVISOS / COMEMORAÇÕES
Compromisso: O que podemos assu-                 (aniversário, nascimento, acolhida de
mir como compromisso?                            gente nova...)
                                                 ● Evangelho de domingo que vem:
9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                     Mateus 6, 24-34
(PRECES)                                         Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
Dirigente: Irmãos e irmãs, Jesus inter-          ximo encontro. Prepare-se, marcando o
cede agora por todo o povo, junto do             texto do Evangelho e lendo-o até o dia
Pai. Vamos nos unir à sua prece, dizendo:        em que nos reuniremos
Todos: Senhor, ensina-nos a amar, a
                                                 ● Marcar o próximo encontro e anotar
perdoar e a fazer Tua vontade.
                                                 no início do subsídio.
● Diante da maldade humana, somos                ●Outros...
levados a sentimentos de revolta, ódio
e vingança e, muitos cristãos, engana-           12. BÊNÇÃO
dos pela mídia, são motivados a apoiar           Dirigente: Pela força da Terra, mãe da
a pena de morte, o aborto, a eutanásia,          vida, o Deus do universo abençoe a nós
a justiça pelas próprias mãos - olho por         e a todas as Suas criaturas, com a Sua
olho dente por dente - , e outras formas         paz, agora e sempre. Amém!
de morte . Que Jesus nos exorte a amar           Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
e a perdoar. Rezemos:                            Jesus Cristo!
● Para que nosso coração seja capaz de           Todos: Para sempre seja louvado!
perdoar e rezar pelos nossos inimigos e
                                            14
4 Encontro                                        “Buscai em primeiro
       21 a 27 de Fevereiro
                                                     lugar o Reino”
                                                 ça e seus valores: / “Vós não podeis
                                                 servir a Deus e ao dinheiro / E muito
                                                 menos agradar a dois senhores.

                                                 1- Voz de um profeta contra o ídolo e a
                                                 cobiça: / “Endireitai hoje os caminhos
                                                 do Senhor!” / Produzi frutos de partilha
                                                 e de justiça! / Chegou o Reino: Conver-
                                                 tei-vos ao amor!

                                                 2- Não é a riqueza nem o lucro sem me-
                                                 dida / Que geram paz e laços de frater-
                                                 nidade; / Mas todo o gesto de partilha
                                                 em nossa vida / Que faz a fé se transfor-
                                                 mar em caridade.

                                                 3- No Evangelho encontrareis a luz di-
                                                 vina, / Não no supérfluo, na ganância e
                                                 na ambição. / Ide e vivei a Boa-Nova
                                                 que ilumina / E a palavra da fraterna
                                                 comunhão.
1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal
                                                 5. SALMO 62
                                                 (rezado ou cantado)
2. ABERTURA (dirigente)
                                                 Dirigente: “Não se perturbe o coração
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.        de vocês, creiam em Deus e creiam
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo            também em mim” (Jo 14,1). Abando-
Espírito.                                        nemo-nos a Deus, com toda confiança.
  Gloria à Trindade Santa, glória ao             O nosso coração está inquieto enquanto
Deus bendito.                                    não repousa em seu amor.
- Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos!               Refrão: Só em Deus a minha alma
  Do povo que trabalha, a Deus louvação!         tem repouso, / Porque dele é que me
- Onde estiver teu tesouro, irmão,               vem a salvação!
  Lá estará inteiro o teu coração!
                                                 Só em Deus a minha alma tem repouso,
3. RECORDAÇÃO DA VIDA                            Porque dele é que me vem a salvação!
Recordação da semana                             Só ele é meu rochedo e salvação
                                                 A fortaleza, onde encontro segurança!
4. HINO: da CF 2010
(rezado ou cantado)                              Nosso Deus é um refúgio para nós!
Refrão: Jesus Cristo anunciava por               Uma palavra Deus falou, duas ouvi:
primeiro / Um novo Reino de justi-               -“O poder e a bondade a Deus pertence,
                                            15
Pois pagais a cada um conforme as suas           za de que Ele proverá a nossa subsistên-
obras”.                                          cia, não nos tornem alienados, mas sim,
                                                 pessoas conscientes de que temos um
Glória a Deus presente em toda a terra,          Deus que nos sustém e nos dá atributos
A Jesus que o Pai nos enviou,                    e sabedoria, necessárias para cumprir
Ao Espírito, de Deus amor materno,               nossos deveres e buscarmos nossos di-
Toda graça, toda honra e louvor.                 reitos e melhorarmos a nossa vida e a
                                                 vida do próximo.Rezemos:
6. EVANGELHO DE DOMINGO
Ler pausadamente Mateus 6, 24-34                 Preces espontâneas... (que nasçam da
                                                 Palavra de Deus meditada e partilhada)
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
                                                 Pai nosso...
 – silêncio – partilha – refrões
                                                 Ave Maria...
8. A PARTIR DA PALAVRA REZA-
DA E MEDITADA:                                   10. ORAÇÃO
Verdade: O que diz a Palavra?                    Todos: Ó nosso Deus, por Jesus Teu
Caminho: O que a Palavra diz para                Filho e no Espírito, fonte de miseri-
nós, hoje?                                       córdia, nos chamaste a viver na Tua
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer           intimidade. Reforça os laços de união
a Deus?                                          entre nós e dá a todas as pessoas que
Missão: Qual nosso novo olhar a par-             crêem em Ti a unidade visível. Por
tir da Palavra? Qual nossa missão para           Cristo Jesus, nosso Senhor. Amém!
esta semana, a partir da Palavra?
Compromisso: O que podemos assu-                 11. AVISOS / COMEMORAÇÕES
mir como compromisso?                            (aniversário, nascimento, acolhida de
                                                 gente nova...)
9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                     ● Evangelho de domingo que vem:
(PRECES)                                         Mateus 7, 21-27
Dirigente: Oremos ao Senhor, para que            Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
Ele nos dê a força renovadora do Seu             ximo encontro. Prepare-se, marcando o
Espírito.                                        texto do Evangelho e lendo-o até o dia
Todos: Ouve, Senhor, nossa prece.                em que nos reuniremos
                                                 ● Marcar o próximo encontro e anotar
● Que a luta por subsistência, o traba-          no início do subsídio.
lho e a busca desenfreada pelo ter, não
                                                 ● Outros...
façam de nós escravos do dinheiro e de
um sistema que oprime os menos favo-
recidos, que também nós cristãos não             12. BÊNÇÃO
fechemos os nossos olhos para o verda-           Dirigente: O Deus da unidade nos faça
deiro sentido da vida.Rezemos:                   viver na compreensão mútua, com um
● O verdadeiro sentido da vida, o res-           só coração e uma só alma, agora e sem-
peito, a dignidade das pessoas, o salário        pre. Amém!
justo, sejam a bandeira de luta de um            Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
povo que crê em um outro mundo pos-              Jesus Cristo!
sível.Rezemos:                                   Todos: Para sempre seja louvado!
● Que a confiança no Senhor e a certe-
                                            16
“Ser discípulo de
 5 Encontro                                             Jesus é colocar em
 28 de Fevereiro a 6 de Março                         prática sua Palavra”
                                                 1- Nós somos caminheiros que mar-
                                                 cham para os céus; Jesus é o caminho
                                                 que nos conduz a Deus.

                                                 2- Da noite da mentira, das trevas para
                                                 a luz, busquemos a verdade, verdade é
                                                 só Jesus.

                                                 3- Pecar é não ter vida, pecar é não ter
                                                 luz; tem vida só quem segue os passos
                                                 de Jesus.

                                                 4- Jesus, verdade e vida, caminho que
                                                 conduz as almas peregrinas que mar-
                                                 cham para a luz.

                                                 5. SALMO 31
                                                 (rezado ou cantado)
1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal            Dirigente: “Pai, tudo esta consumado.
                                                 Em tuas mãos entrego o meu espírito”
2. ABERTURA (dirigente)                          (Lc 23,46). Com Jesus na cruz, entre-
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!           guemos nas mãos do Pai o grito de
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.        todos os condenados à morte. Que o
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo            Senhor responda ao clamor dos sofre-
Espírito.                                        dores.
                                                 Refrão: Eu me entrego, Senhor, em
   Gloria à Trindade Santa, glória ao
                                                 Tuas mãos, / E espero pela Tua sal-
Deus bendito.                                    vação!
- Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos!
  Do povo que trabalha a Deus louvação!          Junto de ti, ó Senhor, eu me abrigo,
- Fomos perdoados pela Sua cruz                  Não tenha eu de que me envergonhar,
  E pelas Suas chagas nos curou Jesus.           Por tua justiça, me salva, e teu ouvido
                                                 Ouça meu grito: “Vem logo libertar!”
3. RECORDAÇÃO DA VIDA
Recordação da semana                             Amai a Deus! O Senhor guarda os fiéis!
                                                 Vão pagar caro os soberbos, seus rivais!...
                                                 De coração, sede firmes, corajosos,
4. HINO: VÓS SOIS O CAMINHO A                    Vós todos que no Senhor sempre esperais!
VERDADE E A VIDA
(rezado ou cantado)                              Glória a Deus Pai porque tanto nos amou,
Refrão: Vós sois o caminho, a verda-             Glória a Jesus que se deu por nosso bem,
de e á vida; o pão da alegria descido            Glória ao Divino, que é fonte deste amor,
do céu                                           Nós damos glória agora e sempre. Amém!
                                            17
6. EVANGELHO DE DOMINGO                          10. ORAÇÃO
Ler pausadamente Mateus 7, 21-27                 Todos: Ó Deus, pela vinda de Cristo
                                                 Jesus, nos reuniste e nos escolheste
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
                                                 para continuar a mesma caminhada
– silêncio – partilha – refrões
                                                 das Tuas testemunhas. Nós te agra-
8. A partir da Palavra rezada e meditada:        decemos e pedimos a força do Teu
Verdade: O que diz a Palavra?                    Espírito, para sermos fiéis na missão
Caminho: O que a Palavra diz para                que nos confiaste. Por Cristo, nosso
nós, hoje?
                                                 Senhor. Amém!
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer
a Deus?
Missão: Qual nosso novo olhar a par-             11. AVISOS / COMEMORAÇÕES
tir da Palavra? Qual nossa missão para           (aniversário, nascimento, acolhida de
esta semana, a partir da Palavra?                gente nova...)
Compromisso: O que podemos assumir               ● Evangelho de domingo que vem:
como compromisso?
                                                 Mateus 4, 1-11
9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                     Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
(PRECES)                                         ximo encontro. Prepare-se, marcando o
Dirigente: Apresentemos ao Senhor                texto do Evangelho e lendo-o até o dia
nossa intercessão e o clamor de todo o           em que nos reuniremos
povo, dizendo:                                   ● Marcar o próximo encontro e anotar
Todos: Inclina, Senhor, Teu ouvido,
                                                 no início do subsídio.
escuta nosso pedido!
                                                 ● Outros...
● Senhor, que não sejamos construtores           01 de Março
de castelos de areia, mas, sim, cons-            - Dia Internacional de luta por um mun-
trutores na rocha sólida que é Jesus,            do sem bomba nuclear
para que nossas ações se solidifiquem e
                                                 Conversar e planejar a Via-Sacra.
dêem frutos de verdadeira conversão e
salvação. Rezemos:                               Agendar e divulgar, para que todos te-
● Senhor, que o nosso testemunho seja            nham chance de participar!
forte o bastante a ponto de transformar
realidades. Rezemos:                             12. BÊNÇÃO
● Senhor, que a Tua Palavra nos liberte,         Dirigente: O Deus da paciência e da
nos forme e que nunca a usemos para
                                                 consolação seja força em nossos sofri-
a nossa promoção pessoal e exploração
                                                 mentos, agora e para sempre.
da boa fé. Rezemos:
                                                 Amem!
Preces espontâneas... (que nasçam da             Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
Palavra de Deus meditada e partilhada)           Jesus Cristo!
Pai nosso...
                                                 Todos: Para sempre seja louvado!
Ave Maria...
                                            18
CEBs - Comunidades Eclesiais de Base



    Encontro sobre a
Campanha da Fraternidade




     Diocese de São José dos Campos - SP
                     19
6 Encontro                                             “Jesus se prepara
         07 a 13 de Março
                                                         para a missão”
                                                  2- Numa nuvem
                                                  Resplendente fez-se
                                                  Ouvir a voz do Pai.
                                                  Eis meu filho amado,
                                                  Escutai-o, todos vós!

                                                  3- Na verdade, sois Senhor,
                                                  O Salvador do mundo.
                                                  Senhor, dai-me água viva
                                                  A fim de eu não ter sede!

                                                  4- Pois eu sou a luz do mundo,
                                                  Quem nos diz é o Senhor.
                                                  E vai ter a luz da vida quem
                                                  Se faz meu seguidor!

1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal             5- Eu sou ressurreição,
                                                  Eu sou a vida.
2. ABERTURA (dirigente)                           Quem crê em mim não
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!            Morrerá eternamente.
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo             5. SALMO 51
Espírito.                                         (rezado ou cantado)
   Gloria à Trindade Santa, glória ao             Dirigente: “Vou me levantar, e vou en-
Deus bendito.                                     contrar meu pai, e dizer a ele: Pai, pe-
- Venham com fervor para a oração,                quei contra Deus e contra ti” ( Lc 15,
  Já se aproxima a Páscoa da Ressurreição.        18). Reconheçamos que somos pecado-
- Vence as nossas trevas, nossa escuridão,        res e peçamos a Deus que crie em nós
Transforma nossas vida pela conversão.            um coração novo e nos dê Seu Espírito
                                                  de santidade.
3. RECORDAÇÃO DA VIDA                             Refrão: Senhor Deus, misericórdia!
Recordação da semana
                                                  Misericórdia de mim, Deus de bondade,
4. HINO: LOUVOR E GLORIA A TI                     Misericórdia por tua compaixão!
SENHOR (rezado ou cantado)                        Vem me lavar das sujeiras do pecado,
Refrão: Louvor e gloria a ti, Senhor,             Vem me livrar de tamanha perdição!
Cristo palavra, palavra de Deus!
                                                  Reconheço toda minha maldade,
1- O Homem não vive                               Diante de mim a vastidão de minha ofensa...
Somente de pão,                                   Foi contra ti, meu Senhor, o meu pecado,
Mas de toda palavra                               E pratiquei o que é mal em tua presença!
Da boca de Deus!
                                             20
Louvor a ti, o universo todo adora,              Pai nosso...
Tu és a paz, a vida plena e o perdão.            Ave Maria...
Do mundo inteiro vem a prece que te
implora,                                         10. ORAÇÃO
Ó, vem depressa e dá-nos tua salvação.           Todos: Ó Deus, Mãe da Compaixão, Tu
                                                 és a fonte de toda a ação justa e de toda
6. EVANGELHO DE DOMINGO                          palavra boa. Neste tempo de deserto,
Ler pausadamente Mateus 4, 1-11                  ensina-nos a rezar; neste tempo de pe-
                                                 nitência, ensina-nos a praticar o verda-
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO                        deiro jejum; neste tempo de caridade,
– silêncio – partilha – refrões                  ensina-nos a repartir com os irmãos.
                                                 Por Cristo, nosso Senhor. Amém!
8. A partir da Palavra rezada e meditada:
Verdade: O que diz a Palavra?                    11. REFLEXÃO TEMÁTICA:
Caminho: O que a Palavra diz para                Campanha da Fraternidade 2011
nós, hoje?                                       Dirigente: Iluminados pela Palavra,
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer           partilhemos sobre a campanha da fra-
a Deus?                                          ternidade
Missão: Qual nosso novo olhar a par-
tir da Palavra? Qual nossa missão para           Leitor 1 - A campanha da fraternidade
esta semana, a partir da Palavra?                deste ano tem como tema “Fraternidade
Compromisso: O que podemos assu-                 e a vida no planeta” e o lema “A criação
mir como compromisso?                            geme em dores de parto”. A razão desse
                                                 tema diz respeito às mudanças climáti-
9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                     cas motivadas pelo aumento da tempe-
(PRECES)                                         ratura do planeta, fenômeno conhecido
Dirigente: Irmãos e irmãs, com toda              como “Aquecimento Global”.
confiança em Deus nosso Pai, façamos
nossas preces:                                   Leitor 2 - O aquecimento global provo-
Todos: Senhor, dá-nos coragem para               ca as mudanças climáticas e essas ge-
superar todo tipo de tentação.                   ram em toda humanidade uma situação
                                                 de insegurança, pois já temos assistido
● Senhor, diante das tentações do dia-a-         às destruições causadas pelas variações
dia, ajuda-nos a prosseguir sem desani-          do clima. No meio disso estão as popu-
mar em nossa missão, nós te pedimos:             lações mais pobres, certamente as mais
● Senhor, livra-nos do desejo de pensar          vulneráveis a este tipo de situação.
em nossa satisfação imediata, na busca
de prestígio e ambicionar poder e rique-         Leitor 3 - Temos o desafio, não só de
za, nós te pedimos:                              refletir esta realidade, mas também de
● Senhor, que ao renunciar a tudo que            assumirmos compromissos na perspec-
nos afasta de ti, consigamos anunciar o          tiva de frear as iniciativas que contri-
Amor verdadeiro, nós te pedimos:                 buem para o aumento da temperatura
                                                 do planeta Terra. Esses compromissos
Preces espontâneas... (que nasçam da             são pessoais, mas devem atingir a toda
Palavra de Deus meditada e partilhada)           a sociedade que nos últimos anos tem
                                            21
adotado um padrão de vida e consumo              texto do Evangelho e lendo-o até o dia
insuportável no que se refere ao uso dos         em que nos reuniremos
recursos naturais.                               ● Marcar o próximo encontro e anotar
                                                 no início do subsidio.
Oração da CF 2011                                ● Outros...
Senhor Deus, nosso Pai e Criador.                08 de Março
A beleza do universo revela a vossa              - Dia Internacional da Mulher. Procu-
grandeza,                                        rar saber onde acontecerão Celebrações
A sabedoria e o amor com que fizestes             dedicadas a esta data e participar.
todas as coisas,                                 12 de Março
E o eterno amor que tender por todos nós.        - Martírio de Rutílio Grande

Pecadores que somos, não respeitamos             13. BÊNÇÃO
a vossa obra,                                    Dirigente: Que o Deus da paz nos faça
E o que era para ser garantia da vida            capazes de cumprir Sua vontade, fazen-
está se tornando ameaça.                         do tudo que é bom, agora e para sem-
A beleza está sendo mudada em devastação,        pre. Amém!
E a morte mostra a sua presença no nos-          Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
so planeta.                                      Jesus Cristo.
                                                 Todos: Para sempre seja louvado!
Que nesta quaresma nos convertamos
E vejamos que a criação geme em dores            Canto Final: Hino da CF 2011
de parto,                                        1. Olha, meu povo, este planeta terra:
Para que possa renascer segundo o vos-           Das criaturas todas, a mais linda!
so plano de amor,                                Eu a plasmei com todo amor materno,
Por meio da nossa mudança de mentali-            Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1)
dade e de atitudes.
                                                 Nossa mãe terra, Senhor,
E, assim, como Maria, que meditava a             Geme de dor noite e dia.
vossa Palavra e a fazia vida,                    Será de parto essa dor?
Também nós, movidos pelos princípios             Ou simplesmente agonia?!
do Evangelho,                                    Vai depender só de nós!
Possamos celebrar na Páscoa do vosso             Vai depender só de nós!
Filho, nosso Senhor,
O ressurgimento do vosso projeto para            2. A terra é mãe, é criatura viva;
todo o mundo.                                    Também respira, se alimenta e sofre.
Amém.                                            É de respeito que ela mais precisa!
                                                 Sem teu cuidado ela agoniza e morre.
12. AVISOS / COMEMORAÇÕES
(aniversário, nascimento, acolhida de            3. Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos...
gente nova...)                                   Que a fome mata e a miséria humilha.
● Evangelho de domingo que vem:                  Eu sonho ver um mundo mais humano,
Mateus 17, 1-9                                   Sem tanto lucro e muito mais partilha!
Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
ximo encontro. Prepare-se, marcando o            4. Olha as florestas: pulmão verde e forte!
                                            22
Sente esse ar que te entreguei tão puro...         Por mais cuidado implora esse jardim!
Agora, gases disseminam morte;                     6. A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13)
O aquecimento queima o teu futuro.                 De dores geme toda a criação. (Rm 8,22)
                                                   Transforma em Páscoa as dores dessa espera,
5. Contempla os rios que agonizam tristes.         Quero essa terra em plena gestação!
Não te incomoda poluir assim?!
Vê: tanta espécie já não mais existe!


       Questão de saúde pública
                             Hansieniáse
  A CNBB em parceria com pastorais e órgãos públicos continua com a
campanha nacional de conscientização sobre a hanseníase. Esta é uma
doença que se instala principalmente em nervos e pele e é transmitida pela
respiração de uma pessoa doente sem tratamento. A doença pode atingir
homens e mulheres, adultos e crianças de todas as classes sociais. Se não
tratada ou tratada tardiamente pode causar incapacidade ou deformidades
nas mãos, pés ou olhos. Por isso fique atento aos sinais:
  - Verifique em todo o corpo se existem manchas esbranquiçadas, caro-
ços avermelhados ou castanhos. Caso haja, toque nelas e verifique se estão
dormentes ou se a sensibilidade é diferente.
  Se você perceber algum destes sinais, desconfie que seja hanseníase pro-
cure uma unidade de saúde e faça um exame. Ele é realizado na hora pelo
médico. O tratamento é gratuito e está disponível em todas as unidades de
Saúde do SUS.
  Confira abaixo alguns endereços
 e telefones para mais informações:
 • São José dos Campos                             • Paraibuna - Centro de Saúde
 No posto de saúde mais próximo da                 Telefones: (12) 3974-3974 / (12) 3974-3974
 sua residência                                    (12) 3974-3535 / (12) 3974-3535
 CTP – Centro de Tratamento e Prevenção
 Rua Rubião Junior, 596 – Centro                   • Santa Branca - Centro de Saúde
 Telefone: (12) 3911-5129 / (12) 3911-5129
                                                   Telefones: (12) 3972-0012 / (12) 3972-0012
                                                   (12) 3972-1022 / (12) 3972-1022
 • Jacareí
 Ambulatório de Infectologia
 Rua Purus, 79 – Jardim Paraíba                    • Igaratá - Centro de Saúde
 Telefones: (12) 3979-1173 / (12) 3979-1173        Telefones: (11) 4658-1505 /
 (12) 3979-1124 / (12) 3979-1124                   (11) 4658-1505 / (11) 4658-1568
                                                                 Fonte: Jornal Expressão
                                              23
7 Encontro                                         “Jesus se manifesta
         14 a 20 de Março
                                                    como filho de Deus”
                                                 figuração. / Hoje entre nós para nos
                                                 proteger!

                                                 1- Eu me alegrei quando me disseram:
                                                 Vamos à casa do Senhor
                                                 Os nossos passos já se detêm
                                                 Às portas da grande cidade.

                                                 2- Eis que ela é uma cidade Santa,
                                                 Edificada no Senhor.
                                                 O povo todo alegre acorre
                                                 Louvando o nome do Senhor!

                                                 5. SALMO 33
                                                 (rezado ou cantado)
                                                 Dirigente: “Todas as coisas foram fei-
                                                 tas por ele, e sem ele nada foi criado”
                                                 (Jo 1,3). Agradeçamos ao Senhor o Seu
                                                 amor que se revela na criação do mun-
                                                 do, na caminhada de libertação do Seu
1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal            povo e em nossa vida.
                                                 Refrão: Alegres, vibrem no Senhor, ó
2. ABERTURA (dirigente)                          justos
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!
                                                 Alegres, vibrem no Senhor, ó justos/
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.
                                                 Pois a vocês fica tão bem louvar,/
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo
                                                 Com a guitarra ao Senhor celebrem,/
Espírito.
                                                 Com violões pra ele vão tocar!
   Gloria à Trindade Santa, glória ao
Deus bendito.                                    Um canto novo cantem ao Senhor,/
- Em nome de Cristo, eu insisto, irmãos,         Toquem com arte na festividade,/
 Que vocês não recebam Sua graça em vão!         Pois a Palavra do Senhor é certa/
- Ao Senhor voltemos, bem de coração,            E sua obra toda é verdade!
 Que Ele nos converta pelo Seu perdão!
                                                 Fala o Senhor e as coisas acontecem,/
3. RECORDAÇÃO DA VIDA                            E o que ele manda faz-se de repente;/
Recordação da semana                             Ele desfaz os planos das nações,/
                                                 Mas seu projeto dura eternamente!
4. HINO: Nós te louvamos
(rezado ou cantado)                              O teu amor repouse em nós, Senhor,
Refrão: Nós te louvamos, Senhor                  Tal como está em ti nossa esperança!
Jesus Cristo, / No dia da tua trans-             Ao Pai, ao Filho e ao Divino amor.
                                            24
6. EVANGELHO DE DOMINGO                          10. ORAÇÃO
Ler pausadamente Mateus 17, 1-9                  Todos: Ó Deus de ternura e Mãe da
                                                 compaixão, és fonte de toda ação jus-
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO                        ta e de toda palavra boa. Vivendo a
– silêncio – partilha – refrões                  Quaresma como um tempo de deser-
                                                 to, ensina-nos a orar. Tu nos chamas
8. A partir da Palavra rezada e meditada:        à penitência. Converte, então, o nos-
Verdade: O que diz a Palavra?                    so coração e ensina-nos a praticar o
Caminho: O que a Palavra diz para                verdadeiro jejum e a repartir com
nós, hoje?                                       os nossos irmãos e irmãs tudo o que
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer           temos e somos. Por Cristo, nosso Se-
a Deus?                                          nhor. Amém!
Missão: Qual nosso novo olhar a par-
tir da Palavra? Qual nossa missão para           11. REFLEXÃO TEMÁTICA:
esta semana, a partir da Palavra?                ”O grito da terra”
Compromisso: O que podemos assu-
mir como compromisso?                            Leitor 1 - A Terra, elemento criado por
                                                 Deus, que sinais está emitindo nos dias
9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                     de hoje? Já vimos que, mesmo prefe-
(PRECES)                                         rindo e esforçando-se para manter-se
Dirigente: Irmãos e irmãs, com muita             equilibrada, ela dá sinais de desequilí-
esperança na promessa de Deus nosso              brio crescente; chuvas cada vez mais
Pai, façamos nossas preces:                      intensas, provocando enchentes des-
Todos: Senhor, concede-nos a graça               truidoras; tempos sem chuvas, alongan-
de participar da tua vitória!                    do período de seca; ventos com maior
                                                 velocidade, provocando furacões tro-
● Senhor, que possamos ouvir o clamor
                                                 picais e extratropicais; derretimento de
dos nossos irmãos necessitados e levar
                                                 gelos nos mares e nas altas montanhas
o testemunho da Tua vitória sobre a
                                                 e cordilheiras; aumento do volume das
morte, nós te pedimos:
                                                 águas dos mares... Por isso, escutar a
● Senhor, ajuda-nos a continuar na
                                                 Terra é importante para descobrir a par-
missão, seguindo os ensinamentos de
                                                 tir dela o que a está levando a mudar
Jesus, confiando na vitória final, quan-
                                                 seu modo de ser.
do ressuscitaremos com Ele, nós te pe-
dimos:
                                                 Leitor 2 - Compreender os gritos da
● Senhor, que o medo não nos impeça
                                                 Terra é o esforço para ter uma visão
de ver e anunciar Tua autoridade sobre
                                                 crítica dos processos que provocam o
todas as coisas, aceitando o convite de
                                                 aquecimento e as mudanças climáti-
Deus para segui-Lo, nós te pedimos:
                                                 cas. Já vimos como isso é causado pelo
Preces espontâneas... (que nasçam da             modo de fazer progresso nos últimos
Palavra de Deus meditada e partilhada)           260 anos. Se temos consciência de que
Pai nosso...                                     aí estão as causas, o outro lado da com-
Ave Maria...                                     preensão é o agir para enfrentá-las.
                                            25
Leitor 3 - Responder aos gritos da Ter-           O ressurgimento do vosso projeto para
ra significa agir, ser criativo e corajoso,        todo o mundo.
não perder tempo, como sempre se faz              Amém.
quando alguém está gritando de dor. É
evidente que a ação tem melhor qua-               12. AVISOS / COMEMORAÇÕES
lidade quanto mais está ligada ao que             (aniversário, nascimento, acolhida de
causa a dor. Por isso, não basta ter boa          gente nova...)
vontade nem mesmo fazer qualquer                  ● Evangelho de domingo que vem:
coisa. O desafio é identificar o que é              João 4, 5-42
urgente que seja feito, definindo quem             Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
pode fazer o quê, dando escala ao poder           ximo encontro. Prepare-se, marcando o
de mudança. Os debates mundiais estão             texto do Evangelho e lendo-o até o dia
definindo cada vez com maior clareza               em que nos reuniremos
as prioridades.                                   ● Marcar o próximo encontro e anotar
                                                  no início do subsídio.
Oração da CF 2011                                 ● Outros...
Senhor Deus, nosso Pai e Criador.
A beleza do universo revela a vossa               13. BÊNÇÃO
grandeza,                                         Dirigente: Que o Deus da paz nos faça
A sabedoria e o amor com que fizestes              capazes de cumprir Sua vontade, fazen-
todas as coisas,                                  do tudo o que é bom, agora e para sem-
E o eterno amor que tender por todos nós.         pre. Amém!
                                                  Que todos os irmãos que adormeceram
Pecadores que somos, não respeitamos              no Senhor descansem em paz. Amém!
a vossa obra,                                     Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
E o que era para ser garantia da vida             Jesus Cristo!
está se tornando ameaça.                          Todos: Para sempre seja louvado!
A beleza está sendo mudada em devastação,
E a morte mostra a sua presença no nos-           Canto Final: Hino da CF 2011
so planeta.                                       1. Olha, meu povo, este planeta terra:
                                                  Das criaturas todas, a mais linda!
Que nesta quaresma nos convertamos                Eu a plasmei com todo amor materno,
E vejamos que a criação geme em dores             Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1)
de parto,
Para que possa renascer segundo o vos-            Nossa mãe terra, Senhor,
so plano de amor,                                 Geme de dor noite e dia.
Por meio da nossa mudança de mentali-             Será de parto essa dor?
dade e de atitudes.                               Ou simplesmente agonia?!
                                                  Vai depender só de nós!
E, assim, como Maria, que meditava a              Vai depender só de nós!
vossa Palavra e a fazia vida,
Também nós, movidos pelos princípios              2. A terra é mãe, é criatura viva;
do Evangelho,                                     Também respira, se alimenta e sofre.
Possamos celebrar na Páscoa do vosso              É de respeito que ela mais precisa!
Filho, nosso Senhor,                              Sem teu cuidado ela agoniza e morre.
                                             26
3. Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos...        5. Contempla os rios que agonizam tristes.
Que a fome mata e a miséria humilha.                     Não te incomoda poluir assim?!
Eu sonho ver um mundo mais humano,                       Vê: tanta espécie já não mais existe!
Sem tanto lucro e muito mais partilha!                   Por mais cuidado implora esse jardim!

4. Olha as florestas: pulmão verde e forte!               6. A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13)
Sente esse ar que te entreguei tão puro...               De dores geme toda a criação. (Rm 8,22)
Agora, gases disseminam morte;                           Transforma em Páscoa as dores dessa espera,
O aquecimento queima o teu futuro.                       Quero essa terra em plena gestação!

                    Novena de Natal 2010
                                             O Natal. Festa do Menino Jesus.
                                          Festa da família. Festa da paz e do
                                          amor. Festa da esperança.




    A festa precisa ser preparada com es-
 mero, dedicação e carinho. Precisa envol-
 ver todas as pessoas. Assim elas se sentem
 participantes.




                                                    27
8 Encontro                                               “Cristo fonte
         21 a 27 de Março
                                                         de água Viva”
                                                  4. HINO: PECADOR, AGORA É
                                                  TEMPO (rezado ou cantado)
                                                  1- Pecador, agora é tempo
                                                  De pesar e de temor:
                                                  Serve a Deus, despreza o mundo, já não
                                                  sejas pecador!

                                                  2- Neste tempo sacrossanto
                                                  O pecado faz horror;
                                                  Contemplando a cruz de Cristo
                                                  Já não sejas pecador!

                                                  3- Pecador arrependido
                                                  Volta para teu Senhor,
                                                  Vem, abraça-te contrito
                                                  Com teu Pai, teu Criador!

                                                  4- Compaixão, misericórdia
                                                  Vos Pedimos, Redentor:
                                                  Pela Virgem, Mãe das Dores,
                                                  Perdoai-nos, Deus de Amor!

1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal             5. SALMO 95
                                                  (rezado ou cantado)
2. ABERTURA (dirigente)                           Dirigente: “Hoje, se vocês ouvem a
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!            voz dele, não fiquem de coração endu-
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.         recido como no dia da revolta: no dia da
- Venham adoremos a nosso Senhor,                 tentação no deserto” ( Hb 3-7-8). Can-
 É tempo de quaresma que ele consagrou.           tando este convite para renovar a alian-
- Não fechemos hoje nosso coração                 ça com o Senhor, adoremos o nosso
 Sua voz escutemos com toda a atenção!            Pastor e nos convertamos para celebrar
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo             a festa da comunhão com Ele.
Espírito.                                         Refrão: Ah, se o povo de Deus no Se-
   Gloria à Trindade Santa, glória ao             nhor cresse, / Ah, se hoje atendesse
Deus bendito.                                     sua voz! (bis)
- Venham com fervor para a oração,
  Já se aproxima a Páscoa da Ressurreição!        Ah, se a gente atendesse sua voz!
                                                  Vamos juntos fazer louvação,
3. RECORDAÇÃO DA VIDA                             Neste templo, aclamar o Senhor,
Recordação da semana                              O rochedo pra nós salvação,
                                                  Com alegria cantar seu louvor! (bis)
                                             28
Ah, se a gente atendesse sua voz!                ● Que a experiência pessoal com Jesus
Grande Deus, sobre todos é rei.                  Cristo, nos impulsione a sermos verda-
Fez a terra, as montanhas, o mar.                deiros anunciadores da Palavra, provo-
De alto a baixo, o que existe é seu.             cando a conversão e a vinda espontânea
Nosso Deus tem o mundo na mão! (bis)             do povo afastado; nós te pedimos:
                                                 ● Senhor, que não haja divisão entre os
Ah, se a gente atendesse sua voz!                povos, que homens e mulheres de todas
De joelhos, em adoração,                         as raças e religiões possam viver em
Na presença do Deus criador,                     paz, que o amor possa vencer todas as
O rebanho do seu coração.                        barreiras; nós te pedimos:
Ele é nosso Deus e Pastor! (bis)
                                                 Preces espontâneas... (que nasçam da
6. EVANGELHO DE DOMINGO                          Palavra de Deus meditada e partilhada)
Ler pausadamente João 4, 5-42                    Pai nosso...
                                                 Ave Maria...
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO
– silêncio – partilha – refrões                  10. ORAÇÃO
                                                 Todos: Ó Deus de ternura, Mãe de
8. A partir da Palavra rezada e meditada:        bondade, por teu Cristo nos convidas
Verdade: O que diz a Palavra?                    a viver intensamente este tempo da
Caminho: O que a Palavra diz para                Quaresma. Reanima teu povo na for-
nós, hoje?                                       ça da fé para podermos celebrar, na
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer           alegria do Espírito Santo, a Páscoa
a Deus?                                          de Jesus, nosso Senhor. Amém!
Missão: Qual nosso novo olhar a par-
tir da Palavra? Qual nossa missão para           11. REFLEXÃO TEMÁTICA:
esta semana, a partir da Palavra?                “Somos profetas da vida”
Compromisso: O que podemos assu-
mir como compromisso?                            Leitor 1 - O documento de Aparecida
                                                 já nos alerta para a importância das
9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                     questões planetárias. Quando fala do
(PRECES)                                         meio ambiente, alerta para a fragilida-
Dirigente: Irmãos e irmãs, Jesus que é           de da natureza frente aos desafios deste
fonte de água viva, nos purifique e sacie         modelo econômico e tecnológico que
nossa sede de justiça, nos livrando de           vivemos. Por isso a Igreja continua a
todo preconceito; com toda fé façamos            expressar dizendo: como profetas da
nossas preces:                                   vida, queremos insistir que, nas inter-
Todos: Senhor, fonte de água viva, es-           venções sobre os recursos naturais, não
cuta a nossa prece.                              predominem os interesses dos grupos
                                                 econômicos que arrasam irracional-
● Senhor, que a humanidade consiga               mente as fontes de vida, em prejuízo de
superar todo preconceito de raça e dis-          nações inteiras e da própria humanida-
criminação social, que fere e margina-           de. As gerações que nos sucederam têm
liza os povos, bebendo Tua água viva,            o direito a receber um mundo habitável
nós te pedimos:                                  e não um planeta de ar contaminado.
                                            29
Leitor 2 - Esse alerta nos coloca como           so plano de amor,
profetas da vida junto ao planeta Terra,         Por meio da nossa mudança de mentali-
que ao gerar tantas mudanças climáti-            dade e de atitudes.
cas, clama para que nos coloquemos em
transformação da vida humana e seus              E, assim, como Maria, que meditava a
comportamentos.                                  vossa Palavra e a fazia vida,
                                                 Também nós, movidos pelos princípios
Leitor 3 - Nosso desafio como Igreja é            do Evangelho,
também nos comprometermos por um                 Possamos celebrar na Páscoa do vosso
                                                 Filho, nosso Senhor,
modelo de vida menos consumista, me-
                                                 O ressurgimento do vosso projeto para
nos materialista e individualista, onde
                                                 todo o mundo.
os valores do Reino de Jesus sejam ver-          Amém.
dadeiramente testemunhados por todos
nós. Assim também nos colocaremos                12. AVISOS / COMEMORAÇÕES
em respeito com toda a diversidade da            (aniversário, nascimento, acolhida de
vida existente em nosso planeta. No              gente nova...)
campo eclesial é claro que já existem            ● Evangelho de domingo que vem:
muitas iniciativas acontecendo em fa-            João 9, 1-41
vor da vida e do meio ambiente, como             Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
as tantas iniciativas das pastorais so-          ximo encontro. Prepare-se, marcando o
ciais, da juventude, dos fóruns em de-           texto do Evangelho e lendo-o até o dia
fesa da água, das florestas e das popula-         em que nos reuniremos
ções que vivem a partir da diversidade           ● Marcar o próximo encontro e anotar
dos nossos ecossistemas.                         no início do subsídio.
                                                 ● Outros...
Oração da CF 2011                                22 de Março
Senhor Deus, nosso Pai e Criador.                - Dia Mundial da Água
A beleza do universo revela a vossa              24 de Março
                                                 - Assassinato de Dom Oscar Romero,
grandeza,
                                                 arcebispo de San Salvador, profeta e
A sabedoria e o amor com que fizestes
                                                 mártir
todas as coisas,
E o eterno amor que tender por todos nós.        13. BÊNÇÃO
                                                 Dirigente: O Deus da paz nos faça ca-
Pecadores que somos, não respeitamos             pazes de cumprir Sua vontade, fazendo
a vossa obra,                                    tudo que é bom, agora e para sempre.
E o que era para ser garantia da vida            Amém!
está se tornando ameaça.                         Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
A beleza está sendo mudada em devastação,        Jesus Cristo!
E a morte mostra a sua presença no nos-          Todos: Para sempre seja louvado!
so planeta.
                                                 Canto Final: Hino da CF 2011
Que nesta quaresma nos convertamos               1. Olha, meu povo, este planeta terra:
E vejamos que a criação geme em dores            Das criaturas todas, a mais linda!
de parto,                                        Eu a plasmei com todo amor materno,
Para que possa renascer segundo o vos-           Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1)
                                            30
Nossa mãe terra, Senhor,                                 4. Olha as florestas: pulmão verde e forte!
Geme de dor noite e dia.                                 Sente esse ar que te entreguei tão puro...
Será de parto essa dor?                                  Agora, gases disseminam morte;
Ou simplesmente agonia?!                                 O aquecimento queima o teu futuro.
Vai depender só de nós!
Vai depender só de nós!                                  5. Contempla os rios que agonizam tristes.
                                                         Não te incomoda poluir assim?!
2. A terra é mãe, é criatura viva;                       Vê: tanta espécie já não mais existe!
Também respira, se alimenta e sofre.                     Por mais cuidado implora esse jardim!
É de respeito que ela mais precisa!
Sem teu cuidado ela agoniza e morre.                     6. A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13)
                                                         De dores geme toda a criação. (Rm 8,22)
3. Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos...        Transforma em Páscoa as dores dessa espera,
Que a fome mata e a miséria humilha.                     Quero essa terra em plena gestação!
Eu sonho ver um mundo mais humano,
Sem tanto lucro e muito mais partilha!

    OS DEZ MANDAMENTOS DA ECOLOGIA
                                                                 Autora-Ecléa Bosi R.J. 1.976
 01 - Ama a Deus sobre todas as coisas e a natureza como a ti mesmo
 02 - Não defenderás a natureza em vão com palavras, mas através de teus atos
 03 - Guardarás as florestas virgens, pois tua vida depende delas
 04 - Honrarás, a flora, a fauna, todas as formas de vida, e não apenas a
 humana
 05 - Não matarás
 06 - Não pecarás contra a pureza do ar deixando que a indústria suje o que
 a criança respira
 07 - Não furtarás da terra a sua camada de húmus, raspando-a com o trator,
 condenando o solo à esterilidade
 08 - Não lenvantarás falso testemunho dizendo que o lucro e o progresso
 justificam teus crimes
 09 - Não desejarás para teu proveito que a
 fonte e os rios se envenenem com o lixo
 industrial
 10 - Não cobiçarás objetos e adornos
 para cuja fabricação é preciso destruir a
 paisagem: a terra também pertence aos
 que ainda estão por nascer.


                                                    31
9 Encontro                                           “Cristo, Luz para
    28 de Março a 03 de Abril                           nossa trevas”
                                                  Refrão: Lutar e crer, vencer a dor,
                                                  louvar ao Criador! / Justiça e Paz
                                                  hão de reinar e viva o amor!

                                                  1- Quando o espírito de Deus soprou, /
                                                  o mundo inteiro se iluminou. / A espe-
                                                  rança na terra brotou / e o povo novo
                                                  deu-se as mãos e caminhou!

                                                  2- Quando Jesus a terra visitou, a Boa
                                                  Nova da / justiça anunciou: o cego viu,
                                                  o surdo escutou / e os oprimidos das
                                                  correntes libertou!

                                                  3- Nosso poder está na união, / o mun-
                                                  do novo vem de Deus e dos irmãos /
                                                  vamos lutando contra a / divisão e pre-
                                                  parando a festa da libertação

                                                  4- Cidade e campo se transformaram,
                                                  jovens / unidos na esperança gritarão. /
                                                  A força nova é o poder do amor, / nossa
1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal             fraqueza é força em Deus libertador!

2. ABERTURA (dirigente)                           5. SALMO 23
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!            (rezado ou cantado)
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.         Dirigente: “Eu sou o bom pastor: co-
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo             nheço minhas ovelhas e elas me co-
Espírito.                                         nhecem” (Jo 10,1 4). Como os antigos
   Gloria à Trindade Santa, glória ao             romeiros do povo de Deus, cantemos
Deus bendito.                                     nossa confiança no Senhor, pastor que
- Venham com fervor para a oração,                nos conduz e nos acolhe como hóspe-
  Já se aproxima a Páscoa da Ressurreição.        des queridos.
- Vence as nossas trevas, nossa escuridão,        Refrão: Tu és Senhor, o meu Pastor,
 Transforma nossas vidas pela conversão.          Por isso, nada em minha vida faltará!

3. RECORDAÇÃO DA VIDA                             Pelos prados e campinas verdejantes,
Recordação da semana                              eu vou... / É o Senhor que me leva a
                                                  descansar. / Junto às fontes de águas
4. HINO: POVO NOVO                                puras, repousantes, eu vou! / Minhas
(rezado ou cantado)                               forças, o Senhor vai animar.
                                             32
Nos caminhos mais seguros junto dele,            abram seus olhos para as reivindicações
eu vou! / E pra sempre, o Seu nome eu            dos que sofrem
honrarei. / Se eu encontro mil abismos           ● Senhor, cure-nos da cegueira do pe-
nos caminhos, eu vou! / Segurança                cado, que possamos aderir aos planos
sempre tenho em suas mãos.                       de Jesus, a Luz da vida, e que ouçamos
                                                 a sua voz para não nos tornarmos cúm-
Co’ alegria e esperança, caminhando eu           plices de uma sociedade que mantém o
vou! / Minha vida está sempre em tuas            povo dominado e explorado.
mãos. / E na casa do Senhor , eu irei
habitar / E este canto para sempre irei          Preces espontâneas... (que nasçam da
cantar!                                          Palavra de Deus meditada e partilhada)
                                                 Pai nosso...
6. EVANGELHO DE DOMINGO                          Ave Maria...
Ler pausadamente João 9, 1-41
                                                 10. ORAÇÃO
7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO                        Todos: Ó Deus de ternura e Mãe da
– silêncio – partilha – refrões                  compaixão, és fonte de toda ação jus-
                                                 ta e de toda palavra boa. Vivendo a
8. A partir da Palavra rezada e meditada:        Quaresma como um tempo de deser-
Verdade: O que diz a Palavra?                    to, ensina-nos a orar. Tu nos chamas
Caminho: O que a Palavra diz para                à penitência. Converte, então, o nos-
nós, hoje?                                       so coração e ensina-nos a praticar o
Vida: O que a Palavra nos leva a dizer           verdadeiro jejum e a repartir com
a Deus?                                          os nossos irmãos e irmãs tudo o que
Missão: Qual nosso novo olhar a par-             temos e somos. Por Cristo, nosso Se-
tir da Palavra? Qual nossa missão para           nhor. Amém!
esta semana, a partir da Palavra?
Compromisso: O que podemos assu-                 11. REFLEXÃO TEMÁTICA:
mir como compromisso?                            “Terra, casa de todos”

9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO                     Leitor 1 - Hoje o que Deus pede ao
(PRECES)                                         homem e à mulher é preservar o nos-
Dirigente: Peçamos ao Senhor que o               so planeta, cuidar e zelar por esta nossa
Seu Espírito de ternura nos conduza              casa comum e por tudo o que nela ha-
nesta Quaresma, nos purifique e nos               bita com a mesma paixão amorosa de
renove em seu amor, por isso peçamos:            Deus Criador, em vista da felicidade
Todos: Senhor, unja nossos olhos e li-           de todas as pessoas e de todos os ser-
vre-nos da cegueira.                             res vivos. Com Deus e com a força de
                                                 seu Espírito, nós, homens e mulheres,
● Senhor, que sejamos humildes e li-             temos a graça de continuar Sua obra
vres de preconceitos. Que o Senhor               criadora, lutando contra todos os males
venha ao nosso encontro e abra nossos            que ameaçam a vida do planeta, contra
olhos.                                           a violência presente em todas as pági-
● Que as autoridades de nosso tempo              nas da história humana.
não sejam cegas ao clamor do povo e
                                            33
Leitor 2 - Devemos convocar a                    de parto,
todos(as) para, num mutirão global,              Para que possa renascer segundo o vos-
aprender com os povos nativos e suas             so plano de amor,
culturas como viver de maneira frater-           Por meio da nossa mudança de mentali-
na, em sociedade e com a natureza, e             dade e de atitudes.
que seus valores, suas histórias e seus
mitos nos inspirem a viver religiosa-            E, assim, como Maria, que meditava a
mente, ou seja, re-ligando tudo o que            vossa Palavra e a fazia vida,
é vivo numa grande harmonia, reflexo              Também nós, movidos pelos princípios
terreno da nossa fé profunda na Criação          do Evangelho,
Divina.                                          Possamos celebrar na Páscoa do vosso
                                                 Filho, nosso Senhor,
Leitor 3 - Mas não podemos cair no               O ressurgimento do vosso projeto para
engano de pensar que a bênção (Gn 1,             todo o mundo.
22.28; 2,3) que Deus dá ao ser humano,           Amém.
de “dominar e submeter a terra” (Gn 1,
28), significa que nós podemos fazer              12. AVISOS / COMEMORAÇÕES
com a natureza tudo o que quisermos. A           (aniversário, nascimento, acolhida de
expressão “dominar” poderá ser tradu-            gente nova...)
zida também por “governar”, “cuidar”,            ● Evangelho de domingo que vem:
“preservar”, “conviver”. Isso não é au-          João 11, 1-45
torização para grilar terras, devastar o         Não se esqueça: traga a Bíblia no pró-
ambiente, poluir as águas, matar os ani-         ximo encontro. Prepare-se, marcando o
mais sem alguma razão, causar a morte.
                                                 texto do Evangelho e lendo-o até o dia
“Dominar a terra” também não signifi-
                                                 em que nos reuniremos
ca concentrar riquezas e fazer violência
                                                 ● Marcar o próximo encontro e anotar
à criação.
                                                 no início do subsídio.
Oração da CF 2011                                ● Outros...
Senhor Deus, nosso Pai e Criador.
A beleza do universo revela a vossa              13. BÊNÇÃO
grandeza,                                        Dirigente: Que o Deus da paz nos faça
A sabedoria e o amor com que fizestes             capazes de cumprir sua vontade, fazen-
todas as coisas,                                 do tudo que é bom, agora e para sem-
E o eterno amor que tender por todos nós.
                                                 pre. Amém!
Pecadores que somos, não respeitamos             Dirigente: Louvado seja nosso Senhor
a vossa obra,                                    Jesus Cristo!
E o que era para ser garantia da vida            Todos: Para sempre seja louvado!
está se tornando ameaça.
A beleza está sendo mudada em devastação,        Canto Final: Hino da CF 2011
E a morte mostra a sua presença no nos-          1. Olha, meu povo, este planeta terra:
so planeta.                                      Das criaturas todas, a mais linda!
Que nesta quaresma nos convertamos               Eu a plasmei com todo amor materno,
E vejamos que a criação geme em dores            Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1)
                                            34
Nossa mãe terra, Senhor,                                 4. Olha as florestas: pulmão verde e forte!
Geme de dor noite e dia.                                 Sente esse ar que te entreguei tão puro...
Será de parto essa dor?                                  Agora, gases disseminam morte;
Ou simplesmente agonia?!                                 O aquecimento queima o teu futuro.
Vai depender só de nós!
Vai depender só de nós!                                  5. Contempla os rios que agonizam tristes.
                                                         Não te incomoda poluir assim?!
2. A terra é mãe, é criatura viva;                       Vê: tanta espécie já não mais existe!
Também respira, se alimenta e sofre.                     Por mais cuidado implora esse jardim!
É de respeito que ela mais precisa!
Sem teu cuidado ela agoniza e morre.                     6. A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13)
                                                         De dores geme toda a criação. (Rm 8,22)
3. Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos...        Transforma em Páscoa as dores dessa espera,
Que a fome mata e a miséria humilha.                     Quero essa terra em plena gestação!
Eu sonho ver um mundo mais humano,
Sem tanto lucro e muito mais partilha!

                        Sacolas Plásticas
   80% das sacolas produzidas e distribuídas no Brasil viram sacolas para
 lixo doméstico e vão parar em aterros sanitários; A matéria-prima usada
 para a fabricação da sacola plástica hoje é o polietileno, feito a partir do
 petróleo substância não renovável e sua degradação no ambiente pode
 levar séculos; A decomposição do plástico libera gás carbônico um dos
 gases causadores do efeito estufa; Quando
 incinerados (queimados) liberam toxinas
 extremamente perigosas à saúde.
   Existem várias maneiras de amenizar
 o impacto dessas sacolinhas plásticas. A
 conscientização das pessoas é o primeiro
 passo. Outra idéia é aos poucos substituir
 as sacolas plásticas descartáveis, ou por
 sacolas realmente biodegradáveis ou por sacolas não descartáveis (de
 pano). Leve uma sacola própria para fazer suas compras. Se a quantidade
 de compras for muito grande, peça
 no supermercado caixas de papelão
 para transportar as compras. É
 preciso uma mudança nos nossos
 hábitos de pegar sacolinhas para
 tudo o que compramos. Se não
 aceitarmos os comerciantes não
 irão mais utilizá-las.
   Fonte: http://mairiporasempreverde.blogspot.com
                                       d bl      t
                                                    35
10 Encontro                                         “Cristo, ressurreição
          04 a 10 de Abril
                                                     para nossa vida”
                                                 converterá em novo, em novo cora-
                                                 ção.

                                                 1- Tirarei de vosso peito
                                                 Vosso coração de pedra,
                                                 No lugar colocarei novo
                                                 Coração de carne.

                                                 2- Dentro em vós eu plantarei,
                                                 Plantarei o meu espírito:
                                                 Amareis os meus preceitos,
                                                 Seguireis o meu amor.

                                                 3- Dentre todas as nações,
                                                 Com amor vos tirarei,
                                                 Qual pastor vos guiarei,
                                                 Para a terra, a vossa pátria.

                                                 4- Esta terra habitareis:
                                                 Foi presente a vossos pais
                                                 E sereis sempre o meu povo,
                                                 Eu serei o vosso Deus.

1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal            5. SALMO 130
                                                 (rezado ou cantado)
2. ABERTURA (dirigente)                          Dirigente: “Ele salvará o seu povo dos
- Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar!           seus pecados” (Mt 1,21). Na fraqueza
                                                 da nossa condição humana, e conscien-
 Vem, não demores mais, vem nos libertar.
                                                 tes de que somos pecadores, peçamos
- Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo
                                                 ao Senhor que nos perdoe e nos renove
Espírito.                                        com a sua salvação.
   Gloria à Trindade Santa, glória ao            Refrão: Confia minh’a alma no Senhor,
Deus bendito.                                    Nele está minha esperança.
- Em nome de Cristo, eu insisto, irmãos,
 Que vocês não recebam Sua graça em vão!         Das profundezas, Senhor, clamo a ti:
- Ao Senhor voltemos, bem de coração,            Escuta a minha voz!
  Que ele nos converta pelo Seu perdão!          Atento se façam teus ouvidos
                                                 Ao clamor da minha prece.
3. RECORDAÇÃO DA VIDA
Recordação da semana                             Se reténs os pecados, Senhor,
                                                 Quem poderá subsistir?
4. HINO: O VOSSO CORAÇÃO DE                      Mas em ti se encontra o perdão:
PEDRA (rezado ou cantado)                        Eu temo e espero.
Refrão: O vosso coração de pedra se
                                            36
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo
Deus Palavra na Vida do Povo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apostila de libras com sinais biblicos e orientação para ministérios evangélicos
Apostila de libras com sinais biblicos e orientação para ministérios evangélicosApostila de libras com sinais biblicos e orientação para ministérios evangélicos
Apostila de libras com sinais biblicos e orientação para ministérios evangélicosleniogravacoes
 
17926488 manual-de-bencaos
17926488 manual-de-bencaos17926488 manual-de-bencaos
17926488 manual-de-bencaosadrisa77
 
Há poder nas nossas palavras
Há poder nas nossas palavrasHá poder nas nossas palavras
Há poder nas nossas palavrasAdão Brás AB
 
O Cuidado Com a Língua - Lição 8 -
O Cuidado Com a Língua - Lição 8 - O Cuidado Com a Língua - Lição 8 -
O Cuidado Com a Língua - Lição 8 - Pr. Andre Luiz
 
aula de Homilética, recursos da homilética
aula de Homilética,  recursos da homiléticaaula de Homilética,  recursos da homilética
aula de Homilética, recursos da homiléticaRODRIGO FERREIRA
 
O Cuidado com aquilo que falamos.
O Cuidado com aquilo que falamos.O Cuidado com aquilo que falamos.
O Cuidado com aquilo que falamos.Antonio Fernandes
 
2 Para Que Existe Ministério
2 Para Que Existe Ministério2 Para Que Existe Ministério
2 Para Que Existe Ministériotomdeamor
 

Mais procurados (20)

Estudo de Louvor
Estudo de LouvorEstudo de Louvor
Estudo de Louvor
 
Apostila de libras com sinais biblicos e orientação para ministérios evangélicos
Apostila de libras com sinais biblicos e orientação para ministérios evangélicosApostila de libras com sinais biblicos e orientação para ministérios evangélicos
Apostila de libras com sinais biblicos e orientação para ministérios evangélicos
 
Ensantidade 9
Ensantidade 9Ensantidade 9
Ensantidade 9
 
17926488 manual-de-bencaos
17926488 manual-de-bencaos17926488 manual-de-bencaos
17926488 manual-de-bencaos
 
Páginas iniciais do Livro A Sã Doutrina e a Sua Fundamentação
Páginas iniciais do Livro A Sã Doutrina e a Sua FundamentaçãoPáginas iniciais do Livro A Sã Doutrina e a Sua Fundamentação
Páginas iniciais do Livro A Sã Doutrina e a Sua Fundamentação
 
Verdadeiros adoradores
Verdadeiros adoradoresVerdadeiros adoradores
Verdadeiros adoradores
 
Salmos e salmistas
Salmos e salmistasSalmos e salmistas
Salmos e salmistas
 
Livro-Aprendendo Hebraico com Revelacao
Livro-Aprendendo Hebraico com RevelacaoLivro-Aprendendo Hebraico com Revelacao
Livro-Aprendendo Hebraico com Revelacao
 
Manual de bencaos
Manual de bencaosManual de bencaos
Manual de bencaos
 
O cuidado com a língua
O cuidado com a línguaO cuidado com a língua
O cuidado com a língua
 
Livro Hebraico Básico
Livro Hebraico Básico Livro Hebraico Básico
Livro Hebraico Básico
 
Boletim PG - ago/10 - n04
Boletim PG - ago/10 - n04Boletim PG - ago/10 - n04
Boletim PG - ago/10 - n04
 
Há poder nas nossas palavras
Há poder nas nossas palavrasHá poder nas nossas palavras
Há poder nas nossas palavras
 
O Cuidado Com a Língua - Lição 8 -
O Cuidado Com a Língua - Lição 8 - O Cuidado Com a Língua - Lição 8 -
O Cuidado Com a Língua - Lição 8 -
 
aula de Homilética, recursos da homilética
aula de Homilética,  recursos da homiléticaaula de Homilética,  recursos da homilética
aula de Homilética, recursos da homilética
 
O Cuidado com aquilo que falamos.
O Cuidado com aquilo que falamos.O Cuidado com aquilo que falamos.
O Cuidado com aquilo que falamos.
 
"O poder da Língua"
"O poder da Língua""O poder da Língua"
"O poder da Língua"
 
2 Para Que Existe Ministério
2 Para Que Existe Ministério2 Para Que Existe Ministério
2 Para Que Existe Ministério
 
Boletim 02.12
Boletim 02.12Boletim 02.12
Boletim 02.12
 
O cuidado com a lingua
O cuidado com a linguaO cuidado com a lingua
O cuidado com a lingua
 

Destaque

Campanha da fraternidade parte 3
Campanha da fraternidade parte 3Campanha da fraternidade parte 3
Campanha da fraternidade parte 3marquione ban
 
Campanha da fraternidade apresentação
Campanha da fraternidade apresentaçãoCampanha da fraternidade apresentação
Campanha da fraternidade apresentaçãomarquione ban
 
Campanha da fraternidade parte 2
Campanha da fraternidade parte 2Campanha da fraternidade parte 2
Campanha da fraternidade parte 2marquione ban
 
Jucelino kubitschek
Jucelino kubitschekJucelino kubitschek
Jucelino kubitschekHumb3rt0
 
Jogos Olímpicos
Jogos OlímpicosJogos Olímpicos
Jogos Olímpicosbecrejovim
 
Campanha da fraternidade 2017 texto base - biomas brasileiros
Campanha da fraternidade 2017   texto base - biomas brasileirosCampanha da fraternidade 2017   texto base - biomas brasileiros
Campanha da fraternidade 2017 texto base - biomas brasileirosAfonso Murad (FAJE)
 
Campanha da fraternidade 2017 cf 2017 biomas brasileiros resumo do texto base
Campanha da fraternidade 2017 cf 2017 biomas brasileiros resumo do texto baseCampanha da fraternidade 2017 cf 2017 biomas brasileiros resumo do texto base
Campanha da fraternidade 2017 cf 2017 biomas brasileiros resumo do texto baseAntonio De Assis Ribeiro
 

Destaque (7)

Campanha da fraternidade parte 3
Campanha da fraternidade parte 3Campanha da fraternidade parte 3
Campanha da fraternidade parte 3
 
Campanha da fraternidade apresentação
Campanha da fraternidade apresentaçãoCampanha da fraternidade apresentação
Campanha da fraternidade apresentação
 
Campanha da fraternidade parte 2
Campanha da fraternidade parte 2Campanha da fraternidade parte 2
Campanha da fraternidade parte 2
 
Jucelino kubitschek
Jucelino kubitschekJucelino kubitschek
Jucelino kubitschek
 
Jogos Olímpicos
Jogos OlímpicosJogos Olímpicos
Jogos Olímpicos
 
Campanha da fraternidade 2017 texto base - biomas brasileiros
Campanha da fraternidade 2017   texto base - biomas brasileirosCampanha da fraternidade 2017   texto base - biomas brasileiros
Campanha da fraternidade 2017 texto base - biomas brasileiros
 
Campanha da fraternidade 2017 cf 2017 biomas brasileiros resumo do texto base
Campanha da fraternidade 2017 cf 2017 biomas brasileiros resumo do texto baseCampanha da fraternidade 2017 cf 2017 biomas brasileiros resumo do texto base
Campanha da fraternidade 2017 cf 2017 biomas brasileiros resumo do texto base
 

Semelhante a Deus Palavra na Vida do Povo

Campanha da Fraternidade Ecumenica 2010
Campanha da Fraternidade Ecumenica  2010Campanha da Fraternidade Ecumenica  2010
Campanha da Fraternidade Ecumenica 2010Bernadetecebs .
 
Livreto Da PáScoa
Livreto Da PáScoaLivreto Da PáScoa
Livreto Da PáScoaguest38d3f90
 
Subsidio das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Subsidio das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPSubsidio das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Subsidio das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPBernadetecebs .
 
Campanha da Fraternidade 2012- a “Fraternidade e Saúde Pública”.
Campanha da Fraternidade 2012- a “Fraternidade e Saúde Pública”.Campanha da Fraternidade 2012- a “Fraternidade e Saúde Pública”.
Campanha da Fraternidade 2012- a “Fraternidade e Saúde Pública”.Bernadetecebs .
 
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de FlorianópolisLivrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de FlorianópolisBernadetecebs .
 
Subsidio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Subsidio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPSubsidio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Subsidio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPBernadetecebs .
 
Novena natal 2011 . diocese de são José dos campos - SP
Novena natal 2011 . diocese de são José dos campos - SPNovena natal 2011 . diocese de são José dos campos - SP
Novena natal 2011 . diocese de são José dos campos - SPBernadetecebs .
 
Ata comissão missionaria
Ata comissão missionariaAta comissão missionaria
Ata comissão missionariamcredentorista
 
Círculos Bíblicos (julho2010)
Círculos Bíblicos (julho2010)Círculos Bíblicos (julho2010)
Círculos Bíblicos (julho2010)Carlos Santos
 
Celebração catequistas ago 2010 formato livro
Celebração catequistas ago 2010 formato livroCelebração catequistas ago 2010 formato livro
Celebração catequistas ago 2010 formato livroBernadetecebs .
 
Bivim 439 março 2013 -- site
Bivim 439 março 2013  -- siteBivim 439 março 2013  -- site
Bivim 439 março 2013 -- siteiapvilamedeiros
 
Manual Pregar meu evangelho
Manual Pregar meu evangelhoManual Pregar meu evangelho
Manual Pregar meu evangelhoMoroni Barbosa
 
90 dias abençoando campanha mundial de oração 2012
90 dias abençoando   campanha mundial de oração 201290 dias abençoando   campanha mundial de oração 2012
90 dias abençoando campanha mundial de oração 2012adson232
 
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPNovena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPBernadetecebs .
 
Boletim Março 2012
Boletim Março 2012Boletim Março 2012
Boletim Março 2012willams
 
Subsídio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Subsídio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPSubsídio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Subsídio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPBernadetecebs .
 

Semelhante a Deus Palavra na Vida do Povo (20)

Campanha da Fraternidade Ecumenica 2010
Campanha da Fraternidade Ecumenica  2010Campanha da Fraternidade Ecumenica  2010
Campanha da Fraternidade Ecumenica 2010
 
Livreto Da Páscoa
Livreto Da PáscoaLivreto Da Páscoa
Livreto Da Páscoa
 
Livreto Da PáScoa
Livreto Da PáScoaLivreto Da PáScoa
Livreto Da PáScoa
 
Subsidio das CEBs 2011
Subsidio das CEBs 2011 Subsidio das CEBs 2011
Subsidio das CEBs 2011
 
Subsidio das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Subsidio das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPSubsidio das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Subsidio das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
 
Campanha da Fraternidade 2012- a “Fraternidade e Saúde Pública”.
Campanha da Fraternidade 2012- a “Fraternidade e Saúde Pública”.Campanha da Fraternidade 2012- a “Fraternidade e Saúde Pública”.
Campanha da Fraternidade 2012- a “Fraternidade e Saúde Pública”.
 
Voz da-esperanca-40 CNSE
Voz da-esperanca-40 CNSEVoz da-esperanca-40 CNSE
Voz da-esperanca-40 CNSE
 
Novena De Natal 2009
Novena De Natal 2009Novena De Natal 2009
Novena De Natal 2009
 
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de FlorianópolisLivrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
Livrete quaresma_ e pascoa 2015_Arquidiocese de Florianópolis
 
Subsidio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Subsidio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPSubsidio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Subsidio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
 
Novena natal 2011 . diocese de são José dos campos - SP
Novena natal 2011 . diocese de são José dos campos - SPNovena natal 2011 . diocese de são José dos campos - SP
Novena natal 2011 . diocese de são José dos campos - SP
 
Ata comissão missionaria
Ata comissão missionariaAta comissão missionaria
Ata comissão missionaria
 
Círculos Bíblicos (julho2010)
Círculos Bíblicos (julho2010)Círculos Bíblicos (julho2010)
Círculos Bíblicos (julho2010)
 
Celebração catequistas ago 2010 formato livro
Celebração catequistas ago 2010 formato livroCelebração catequistas ago 2010 formato livro
Celebração catequistas ago 2010 formato livro
 
Bivim 439 março 2013 -- site
Bivim 439 março 2013  -- siteBivim 439 março 2013  -- site
Bivim 439 março 2013 -- site
 
Manual Pregar meu evangelho
Manual Pregar meu evangelhoManual Pregar meu evangelho
Manual Pregar meu evangelho
 
90 dias abençoando campanha mundial de oração 2012
90 dias abençoando   campanha mundial de oração 201290 dias abençoando   campanha mundial de oração 2012
90 dias abençoando campanha mundial de oração 2012
 
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPNovena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Novena de Natal 2014 - CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
 
Boletim Março 2012
Boletim Março 2012Boletim Março 2012
Boletim Março 2012
 
Subsídio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Subsídio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SPSubsídio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
Subsídio das CEBs - Diocese de São José dos Campos - SP
 

Mais de Bernadetecebs .

Livreto Novena Natal 2021
Livreto Novena Natal 2021Livreto Novena Natal 2021
Livreto Novena Natal 2021Bernadetecebs .
 
Vida Pastoral - março-abril de 2021 – ano 62 – número 338
Vida Pastoral - março-abril de 2021 – ano 62 – número 338Vida Pastoral - março-abril de 2021 – ano 62 – número 338
Vida Pastoral - março-abril de 2021 – ano 62 – número 338Bernadetecebs .
 
A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoBernadetecebs .
 
Livreto Novena de Natal das CEBs 2018
Livreto Novena de Natal das CEBs  2018Livreto Novena de Natal das CEBs  2018
Livreto Novena de Natal das CEBs 2018Bernadetecebs .
 
livreto Campanha da Fraternidade 2018
livreto Campanha da Fraternidade 2018 livreto Campanha da Fraternidade 2018
livreto Campanha da Fraternidade 2018 Bernadetecebs .
 
Vida pastoral-setembro-outubro
Vida pastoral-setembro-outubroVida pastoral-setembro-outubro
Vida pastoral-setembro-outubroBernadetecebs .
 
Ofício Divino da Romaria - Paróquia N. Sra. do Bonsucesso - Monteiro lobato - SP
Ofício Divino da Romaria - Paróquia N. Sra. do Bonsucesso - Monteiro lobato - SPOfício Divino da Romaria - Paróquia N. Sra. do Bonsucesso - Monteiro lobato - SP
Ofício Divino da Romaria - Paróquia N. Sra. do Bonsucesso - Monteiro lobato - SPBernadetecebs .
 
Campanha da Fraternidade 2017 -
  Campanha da Fraternidade 2017 -    Campanha da Fraternidade 2017 -
Campanha da Fraternidade 2017 - Bernadetecebs .
 
Novena de natal 2016 diocese de são José dos Campos - SP
Novena de natal 2016   diocese de são José dos Campos - SPNovena de natal 2016   diocese de são José dos Campos - SP
Novena de natal 2016 diocese de são José dos Campos - SPBernadetecebs .
 
Novena Missionária 2016
Novena Missionária 2016Novena Missionária 2016
Novena Missionária 2016Bernadetecebs .
 
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL AMORIS LÆTITIA DO SANTO PADRE FRANCISCO
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL AMORIS LÆTITIA DO SANTO PADRE FRANCISCOEXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL AMORIS LÆTITIA DO SANTO PADRE FRANCISCO
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL AMORIS LÆTITIA DO SANTO PADRE FRANCISCOBernadetecebs .
 
Oração das Missões no setor 01 das CEBs
Oração das Missões no setor 01 das CEBs Oração das Missões no setor 01 das CEBs
Oração das Missões no setor 01 das CEBs Bernadetecebs .
 
Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
 Oração das Missões no Setor 26 das CEBs Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
Oração das Missões no Setor 26 das CEBsBernadetecebs .
 
Novena de Natal 2015 «MISERICÓRDIA EU QUERO, NÃO SACRIFÍCIOS» (Mt 9,13)
Novena de Natal 2015 «MISERICÓRDIA EU QUERO, NÃO SACRIFÍCIOS» (Mt 9,13)Novena de Natal 2015 «MISERICÓRDIA EU QUERO, NÃO SACRIFÍCIOS» (Mt 9,13)
Novena de Natal 2015 «MISERICÓRDIA EU QUERO, NÃO SACRIFÍCIOS» (Mt 9,13)Bernadetecebs .
 
Novena de Natal 2015 - diocese de Jundiaí
Novena de Natal 2015 - diocese de JundiaíNovena de Natal 2015 - diocese de Jundiaí
Novena de Natal 2015 - diocese de JundiaíBernadetecebs .
 
Ser acolhedor como_jesus_cristo
Ser acolhedor como_jesus_cristoSer acolhedor como_jesus_cristo
Ser acolhedor como_jesus_cristoBernadetecebs .
 
Novena de Natal 2015 CEBs - Diocese de São josé dos Campos - SP
Novena de Natal 2015 CEBs - Diocese de São josé dos Campos - SPNovena de Natal 2015 CEBs - Diocese de São josé dos Campos - SP
Novena de Natal 2015 CEBs - Diocese de São josé dos Campos - SPBernadetecebs .
 

Mais de Bernadetecebs . (20)

Livreto Novena Natal 2021
Livreto Novena Natal 2021Livreto Novena Natal 2021
Livreto Novena Natal 2021
 
Vida Pastoral - março-abril de 2021 – ano 62 – número 338
Vida Pastoral - março-abril de 2021 – ano 62 – número 338Vida Pastoral - março-abril de 2021 – ano 62 – número 338
Vida Pastoral - março-abril de 2021 – ano 62 – número 338
 
A Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do PovoA Palavra de Deus na Vida do Povo
A Palavra de Deus na Vida do Povo
 
Livreto Novena de Natal das CEBs 2018
Livreto Novena de Natal das CEBs  2018Livreto Novena de Natal das CEBs  2018
Livreto Novena de Natal das CEBs 2018
 
livreto Campanha da Fraternidade 2018
livreto Campanha da Fraternidade 2018 livreto Campanha da Fraternidade 2018
livreto Campanha da Fraternidade 2018
 
Vida pastoral-setembro-outubro
Vida pastoral-setembro-outubroVida pastoral-setembro-outubro
Vida pastoral-setembro-outubro
 
Ofício Divino da Romaria - Paróquia N. Sra. do Bonsucesso - Monteiro lobato - SP
Ofício Divino da Romaria - Paróquia N. Sra. do Bonsucesso - Monteiro lobato - SPOfício Divino da Romaria - Paróquia N. Sra. do Bonsucesso - Monteiro lobato - SP
Ofício Divino da Romaria - Paróquia N. Sra. do Bonsucesso - Monteiro lobato - SP
 
Campanha da Fraternidade 2017 -
  Campanha da Fraternidade 2017 -    Campanha da Fraternidade 2017 -
Campanha da Fraternidade 2017 -
 
Novena de natal 2016 diocese de são José dos Campos - SP
Novena de natal 2016   diocese de são José dos Campos - SPNovena de natal 2016   diocese de são José dos Campos - SP
Novena de natal 2016 diocese de são José dos Campos - SP
 
Novena Missionária 2016
Novena Missionária 2016Novena Missionária 2016
Novena Missionária 2016
 
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL AMORIS LÆTITIA DO SANTO PADRE FRANCISCO
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL AMORIS LÆTITIA DO SANTO PADRE FRANCISCOEXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL AMORIS LÆTITIA DO SANTO PADRE FRANCISCO
EXORTAÇÃO APOSTÓLICA PÓS-SINODAL AMORIS LÆTITIA DO SANTO PADRE FRANCISCO
 
Oração das Missões no setor 01 das CEBs
Oração das Missões no setor 01 das CEBs Oração das Missões no setor 01 das CEBs
Oração das Missões no setor 01 das CEBs
 
Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
 Oração das Missões no Setor 26 das CEBs Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
Oração das Missões no Setor 26 das CEBs
 
Novena de Natal 2015 «MISERICÓRDIA EU QUERO, NÃO SACRIFÍCIOS» (Mt 9,13)
Novena de Natal 2015 «MISERICÓRDIA EU QUERO, NÃO SACRIFÍCIOS» (Mt 9,13)Novena de Natal 2015 «MISERICÓRDIA EU QUERO, NÃO SACRIFÍCIOS» (Mt 9,13)
Novena de Natal 2015 «MISERICÓRDIA EU QUERO, NÃO SACRIFÍCIOS» (Mt 9,13)
 
Novena de Natal 2015 - diocese de Jundiaí
Novena de Natal 2015 - diocese de JundiaíNovena de Natal 2015 - diocese de Jundiaí
Novena de Natal 2015 - diocese de Jundiaí
 
Novena Natal PJMP_2015
Novena Natal PJMP_2015Novena Natal PJMP_2015
Novena Natal PJMP_2015
 
Ser acolhedor como_jesus_cristo
Ser acolhedor como_jesus_cristoSer acolhedor como_jesus_cristo
Ser acolhedor como_jesus_cristo
 
Novena de Natal 2015 CEBs - Diocese de São josé dos Campos - SP
Novena de Natal 2015 CEBs - Diocese de São josé dos Campos - SPNovena de Natal 2015 CEBs - Diocese de São josé dos Campos - SP
Novena de Natal 2015 CEBs - Diocese de São josé dos Campos - SP
 
vida.pastoral 305
 vida.pastoral 305 vida.pastoral 305
vida.pastoral 305
 
Subsidio DNJ 2015
Subsidio  DNJ 2015Subsidio  DNJ 2015
Subsidio DNJ 2015
 

Deus Palavra na Vida do Povo

  • 1. Palavra Na VidaDeus de do Povo Fraternidade e a Vida no Planeta Subsídio para Reflexão nas Comunidades Nº 1 - Ano XXI - 2011 Diocese de São José dos Campos - SP
  • 2. PROGRAMAÇÃO DOS LOCAIS, DIAS E HORÁRIOS Encontro nas casas Horário: 1º Encontro De 31 de Janeiro a 06 de Fevereiro Endereço: Horário: 2º Encontro De 07 a 13 de Fevereiro Endereço: 3º Encontro De 14 a 20 de Fevereiro Horário: Endereço: Horário: 4º Encontro De 21 a 27 de Fevereiro Endereço: Horário: 5º Encontro De 28 de Fevereiro a 06 de Março Endereço: Horário: 6º Encontro De 07 a 13 de Março Endereço: 7º Encontro De 14 a 20 de Março Horário: Endereço: Horário: 8º Encontro De 21 a 27 de Março Endereço: Horário: 9º Encontro De 28 de Março a 03 de Abril Endereço: Horário: 10º Encontro De 04 a 10 de Abril Endereço: 11º Encontro De 11 a 17 de Abril Horário: Endereço: 1
  • 3. Anote abaixo o endereço, o dia e o horário da Via Sacra. Dia: Endereço: Horário: Anote abaixo o endereço, o dia e o horário da Celebração Dia: Endereço: Horário: O conteúdo deste subsídio não está na nova ortografia. 2
  • 4. Índice Dicas para o(a) Animador(a) ................................................................................ 04 Apresentação .........................................................................................................06 Encontro nas Casas • Primeiro Encontro ...........................................................................................09 • Segundo Encontro ...........................................................................................11 • Terceiro Encontro ...........................................................................................13 • Quarto Encontro .............................................................................................15 • Quinto Encontro .............................................................................................17 Encontro sobre a Campanha da Fraternidade • Sexto Encontro .............................................................................................20 • Sétimo Encontro .............................................................................................24 • Oitavo Encontro .............................................................................................28 • Nono Encontro ...............................................................................................32 • Décimo Encontro ...........................................................................................26 • Décimo Primeiro Encontro ............................................................................40 Via Sacra nas casas Abertura .................................................................................................................45 1ª Estação - Jesus é condenado à morte .............................................................46 2ª Estação - Jesus carrega a cruz ........................................................................47 3ª Estação - Jesus cai pela primeira vez .............................................................48 4ª Estação - Jesus se encontra com a sua mãe ...................................................49 5ª Estação - Simão Cirineu ajuda Jesus a carregar a cruz ................................50 6ª Estação - Verônica enxuga o rosto de Jesus ...................................................51 7ª Estação - Jesus cai pela segunda vez ..............................................................52 8ª Estação - Jesus consola as mulheres de Jerusalém .......................................53 9ª Estação - Jesus cai pela terceira vez ...............................................................54 10ª Estação - Jesus é despido de suas vestes .........................................................55 11ª Estação - Jesus é pregado na cruz ..................................................................56 12ª Estação - Jesus morre na cruz ........................................................................57 13ª Estação - Jesus é descido da cruz ...................................................................58 14ª Estação - Jesus é sepultado .............................................................................59 15ª Estação - Jesus ressuscitou .............................................................................60 3
  • 5. DICAS PARA O(a) ANIMADOR(a) DOS ENCONTROS AMBIENTE: O ambiente poderá ser preparado com símbolos ou elementos que auxiliem a meditação da Palavra; também poderá colocar no ambiente algo que leve a chamar à atenção sobre a reflexão temática, não sobrecarregando o espaço físico (poluição visual) nem sobrepondo ao tema do Evangelho. * Bíblia, vela, cruz, colcha e/ou toalha de retalhos. Nos encontros 6º ao 11º : cartaz da CF, globo terrestre, mapa-mundi, recortes sobre o meio ambiente, etc. ACOLHIDA: Ao chegarem, as pessoas já se acolhem mutuamente, tornando desnecessária acolhida no começo do encontro; - Com este novo método de encontro buscamos torna-lo mais acolhedor, simples, orante e comprometedor; - Para não confundir animador(a) de rua com animador do encontro, que pode, mas não precisa ser a mesma pessoa, trocamos de animador(a) para dirigente. Cuidar para que seja orante, sem ficar lendo títulos e subtítulos; 1. CHEGADA – Silêncio – oração pessoal; Quem dirige deverá favorecer e promover o silêncio no início, motivando a todos para “entrarem no clima de oração”, entoar um mantra. 2. ABERTURA (pode ser cantada ou rezada) – é tirada do Ofício Divino das Comunidades (ODC), livro que pode ser adquirido através das livrarias católicas. É uma invocação a Deus para vir ao encontro dos presentes, abrindo- lhes os lábios e o coração para a realidade divina, numa atenção fraterna ao ser humano. Cada um traça o sinal da cruz sobre os lábios; 3. RECORDAÇÃO DA VIDA (o animador motiva para que algumas pessoas presentes, espontaneamente e com objetividade, façam lembranças de fatos ocorridos na semana). A vida, os acontecimentos de cada dia, as pessoas, suas angústias e esperanças,suas tristezas e alegrias, as conquistas e revezes da caminhada, as lembranças marcantes da história, da comunidade, das Igrejas e dos povos, os próprios fenômenos da natureza são sinal de Deus para quem tem olhos para ver e ouvidos para ouvir. Por aí começa a nossa escuta da Palavra de Deus. É importante que a partilha seja feita em clima de espontaneidade e meditação, evitando que se torne uma conversa enfadonha; 4. HINO (o critério de escolha será o evangelho). Pode ser rezado, se não for conhecido: 4
  • 6. 5. SALMO (o critério de escolha é o salmo do domingo que vem, na versão popular que o ODC oferece. É essencialmente orante. A intenção é rezar/cantar um salmo por semana, resgatando o modo de oração da história do povo de Deus. Salmo é Deus inspirando o ser humano para rezar para Deus). 6. EVANGELHO Este é o coração do encontro. Propõe-se uma CENTRALIDADE DA PALAVRA. Na experiência da Leitura Orante da Bíblia, de modo simples, comunitário e comprometedor, poderá seguir os seguintes passos: a) Invoca-se a ação do Espírito Santo através de um canto, um refrão ou da oração ao Espírito Santo; b) Faz-se a leitura pausada do texto do Evangelho. Repete-se algumas vezes a leitura do mesmo texto para que todos conheçam bem os detalhes que o texto diz (atos, atitudes, palavras, gestos, reações... que os personagens bíblicos apresentam em si, no texto). c) Não tirar conclusões nesta hora nem fugir do texto. 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO – silêncio – partilha – refrões a) Aqui quem dirige precisa provocar um momento de silêncio, de fato, para interiorização, sem demorar muito; b) Cada pessoa poderá partilhar frases ou palavras que mais “tocaram a vida”, em espírito de fé na força criadora e criativa que a Palavra de Deus traz consigo mesma (porque é Deus); c) Dar atenção somente ao texto proclamado, sem fugir do assunto; d) Tirar proveito do texto para um encontro pessoal/comunitário com o Senhor e Mestre, na atitude de escuta atenta (como um discípulo); 8. A PARTIR DA PALAVRA REZADA E MEDITADA: Neste momento é hora de iluminar a realidade que vivemos com a Palavra de Deus. Cuidar para não fazer isso sem passar pelo processo todo do método orante. Trazer para os dias de hoje a mensagem do Evangelho proclamada no encontro, sem fugir do assunto, ou seja, ter sempre presente o texto em si, para não “vagar” por outros temas. 9. REFLEXÃO TEMÁTICA: As CEBs trazem propósito de uma reflexão de temas da atualidade ou que a Igreja propõe para o momento. Sempre numa linguagem simples, direta e curta. Se alguém pretende aprofundar mais, deverá buscar nos livros, boletins, entre outros. 10. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO (PRECES) - Lembrar que o encontro deverá trazer a dimensão orante da Bíblia, ou seja, as preces deverão ser fruto da meditação e da partilha vividas após a proclamação do Evangelho. 5
  • 7. Apresentação Estimado(a) Animador(a) de Comunidade, olá! Este livreto não é mais um, apenas. É o instrumento para provocar en- contros fraternos entre vizinhos, amigos e famíliares. Ao redor do Evenge- lho, cada pessoa, em comunhão com outras, fará sua experiencia de escuta como um discipulo ao Mestre, discernindo qual a vontade de Deus para sua vida, tanto pessoal, quanto familiar e social. Na verdade, todo aquele que escuta Deus torna-se testemunha e sinal do Reino de Deus no dia-a-dia da historia, contribuindo para transformar o mundo conforme o sonho de Deus. Vale a pena dedicar o melhor de si para que estes encontros sejam animados e cativantes, além de comprometer a vida com a missão de Jesus Cristo. Sabemos que as CEBs não se resume em uma hora ou uma hora e meia deste encontro. CEBs é uma realidade vinte e quatro horas por dia, e devem iluminar a realidade em que se vive. Acolher a todos, promovendo e ani- mando, especialmente pessoas novas e excluídas, é a primeira missão no dinamismo de pequenas comunidades. Com isso tudo, faço votos que alcancemos nossos objetivos em nossa Diocese. Um forte abraço! Ronildo Aparecido da Rosa Assessor Diocesano das CEBs 6
  • 8. Campanha da Fraternidade 2011 • GESTO CONCRETO A Campanha da Fraternidade se expressa concretamente pela oferta de doações em dinheiro na coleta da solidariedade. É um gesto concreto de fraternidade e partilha, feito em âmbito nacional, em todas as comunidades, paróquias e dioceses. A Coleta da Solidariedade é parte integrante da Campanha da Fraternidade. DIA NACIONAL DA COLETA DA SOLIDARIEDADE Domingo de Ramos, dia 17 de abril de 2011 • COMO ACONTECE: Todas as pessoas das comunidades eclesiais são convidadas a organizar o gesto concreto de solidariedade durante o tempo forte da :Campanha, que vai do início da Quaresma, na quarta- feira de cinzas, 09 de março, até o Domingo de Ramos. • PARA QUE ACONTECE: Tem a finalidade de apoiar projetos e ações concretas em defesa da vida e da criação. - 40% da coleta das igrejas serão enviados para a constituição do Fundo Nacional Solidariedade (FNS) que apoiará projetos com o tema da Campanha - 60 % da coleta das Igrejas ficarão à disposição de cada comunidade local, destinado à solidariedade desta comunidade apoiando projetos relacionados com o tema da Campanha da Fraternidade. Fonte: CNBB 7
  • 9. CEBs - Comunidades Eclesiais de Base Encontro nas Casas Leitura Orante da Bíblia Diocese de São José dos Campos - SP 8
  • 10. 1 Encontro “Vós sois o sal da terra 31 de Janeiro a 6 de Fevereiro e a Luz do mundo” 1- Lenta e calma sobre a terra, Desce a noite e foge a luz, Vem brilhar em nossas trevas, Vem conosco, bom Jesus! (bis) 2- Em silêncio passa a noite, Vão-se as trevas, chega a luz! Amanhã é novo dia, Vem conosco, bom Jesus! (bis) 3- Vem conosco, Cristo amigo, Quem vem do alto nos conduz. Sê a luz dos nossos passos, Vem conosco, bom Jesus! (bis) 5. SALMO 112 (rezado ou cantado) Dirigente: “Outrora vocês eram trevas, agora são luz no Senhor. Por isso, com- portem-se como filhos da luz. O fruto da luz consiste em toda bondade, justi- 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal ça e verdade” (Ef 5, 8-9). 2. ABERTURA (dirigente) Refrão: Quem busca a Deus, aleluia, - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! Exulte de alegria, aleluia! Vem, não demores mais, vem nos libertar. - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Feliz quem é caridoso e prestativo Espírito. Quem resolve seus negócios com justiça. Gloria à Trindade Santa, glória ao Porque jamais vacilará quem é justo, Deus bendito. Sua lembrança permanece eternamente. - Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! Do povo que trabalha, a Deus louvação! Ele não teme receber notícias más: - O Senhor te guarde, ele é teu vigia, Em Deus, seu coração está seguro. Quem te garante a noite e governa o dia! Seu coração esta tranqüilo e nada teme, E confusão há de ver seus inimigos. 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Recordação da semana Reparte com os pobres os seus bens, Permanece para sempre o bem que fez. 4. HINO: LENTA E CALMA SOBRE E crescerão a sua glória e seu poder, A TERRA (rezado ou cantado) Bendito seja Deus agora e sempre. 9
  • 11. 6. EVANGELHO DE DOMINGO 10. ORAÇÃO Ler pausadamente Mateus 5, 13-16 Todos: Fica conosco, ó Deus. Tu nos revelaste o Teu amor maternal. A 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO nós, que experimentamos o peso das - silêncio - partilha - refrões atividades do dia e das tensões do 8. A PARTIR DA PALAVRA REZA- mundo, dá o repouso e a força reno- DA E MEDITADA: vadora do Teu carinho. Por Cristo, Verdade: O que diz a Palavra? Nosso Senhor. Amém! Caminho: O que a Palavra diz para nós, hoje? 11. AVISOS / COMEMORAÇÕES Vida: O que a Palavra nos leva a dizer a Deus? (aniversário, nascimento, acolhida de Missão: Qual nosso novo olhar a par- gente nova...) tir da Palavra? Qual nossa missão para esta semana, a partir da Palavra? ● Evangelho de domingo que vem: Compromisso: O que podemos assu- Mateus 5, 17-37 mir como compromisso? Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO ximo encontro. Prepare-se, marcando o (PRECES) texto do Evangelho e lendo-o até o dia Dirigente: Diante do Senhor, coloque- em que nos reuniremos mos nossas preces Todos: Senhor, que brilhe a Tua Luz ● Marcar o próximo encontro e anotar onde há trevas. no início do subsídio. ● Senhor, no meio do mundo onde os valores são deturpados pelos meios de comunicação social, que a nossa fé leve ●Outros... luz e esperança. Rezemos: ● Senhor, com a vida de tão oprimida, ● 03 de Fevereiro por vezes perde-se o objetivo e a razão - São Brás, bispo, mártir – Bênção da a ser vivida, que a nossa vida de anima- Garganta dores e animadoras possa dar novo sen- tido e sabor aos nossos irmãos e irmãs. Rezemos: 12. BÊNÇÃO ● Senhor, que o nosso testemunho fale Dirigente: O Deus de Amor, que fez o por nós e que a nossa conduta ilumine céu e a terra, nos abençoe, agora e sem- os nossos caminhos e o caminho de ou- pre. Amém! tros que virão. Rezemos: Dirigente: Louvado seja nosso Senhor Preces espontâneas... (que nasçam da Jesus Cristo! Palavra de Deus meditada e partilhada) Todos: Para sempre seja louvado! Pai nosso... Ave Maria... 10
  • 12. 2 Encontro “Jesus nos ensina 7 a 13 de Fevereiro a cumprir a lei” 2- Vós sereis os meus amigos se seguir- des meu preceito: / Amais-vos uns aos outros como eu vós tenho amado. 3- Como o Pai sempre me ama assim eu também vos amei: / Amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado. 4- Permanecei em meu amor e segui meu mandamento: / Amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado. 5- E, chegando a minha Páscoa, vos amei até o fim: / Amai-vos uns aos ou- tros como eu vos tenho amado. 6- Nisto todos saberão que vós sois os 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal meus discípulos: / Amai-vos uns aos outros como eu vos tenho amado. 2. ABERTURA (dirigente) - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! 5. SALMO 119 Vem, não demores mais, vem nos libertar. (rezado ou cantado) - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Dirigente: “Não vim para abolir a Lei, Espírito. mas para levá-la à perfeição” (Mt 5,17). Gloria à Trindade Santa, glória ao Deus No tempo em que o povo de Israel per- bendito. deu sua independência, o que manteve - Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! sua unidade foi o amor à Lei de Deus. Do povo que trabalha a Deus louvação! Retomando hoje esta meditação sobre a - Onde estiver teu tesouro, irmão, Lei de Deus, peçamos a graça de obe- Lá estará inteiro o teu coração! decermos ao Senhor. Refrão: Abriu-se o céu, o chão em flor, 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Pra quem caminha na estrada do Senhor. Recordação da semana Felizes são os que caminham retamente 4. HINO: PROVA DE AMOR MAIOR E na vontade do Senhor se vão contentes... NÃO HÁ (rezado ou cantado) Felizes são seus testemunhos a guardar, Refrão: Prova de amor maior não há De coração o seu Senhor procurar! Que doar a vida pelo irmão Aleluia, aleluia! (bis) 1- Eis que eu vos dou o novo manda- Vou bendizer-te com sincero coração mento: / Amais-vos uns aos outros Ao prender as tuas justas decisões... como eu vos tenho amado. 11
  • 13. Teus estatutos vou cumprir com devoção a justiça e sempre façamos o que não Nunca me deixes, nem me abandones não! nos afasta de Deus e de Seu projeto. Rezemos: Sol da justiça, Jesus Cristo, meu Senhor, Tu és do Pai a glória, o brilho, o esplendor... Preces espontâneas... (que nasçam da Os corações com teu Espírito iluminas, Palavra de Deus meditada e partilhada) O teu caminho de verdade e vida ensinas! Pai nosso... Ave Maria... 6. EVANGELHO DE DOMINGO Ler pausadamente Mateus 5, 17-37 10. ORAÇÃO Todos: Visita, Senhor, esta comuni- dade e afasta as ciladas do inimigo. 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO Que a proteção confortadora do teu – silêncio – partilha – refrões Espírito habite conosco e nos fortale- ça no trabalho pela paz. Por Cristo, 8. A PARTIR DA PALAVRA REZA- nosso Senhor. Amém! DA E MEDITADA: Verdade: O que diz a Palavra? 11. AVISOS / COMEMORAÇÕES Caminho: O que a Palavra diz para (aniversário, nascimento, acolhida de nós, hoje? gente nova...) Vida: O que a Palavra nos leva a dizer ● Evangelho de domingo que vem: a Deus? Mateus 5, 38 - 48 Missão: Qual nosso novo olhar a par- Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- tir da Palavra? Qual nossa missão para ximo encontro. Prepare-se, marcando o esta semana, a partir da Palavra? texto do Evangelho e lendo-o até o dia Compromisso: O que podemos assu- em que nos reuniremos mir como compromisso? ● Marcar o próximo encontro e anotar no início do subsídio. 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO ● Outros... (PRECES) 07 de Fevereiro Dirigente: Coloquemos diante do Se- - Massacre de Sepé Tiaraju (São Sepé) nhor nossa vida e a vida de todo o uni- e mais 1500 índios - São Gabriel - RS verso. 11 de Fevereiro Todos: Senhor, que a vossa Lei, seja - Dia Mundial do Enfermo a nossa única verdade. 12 de Fevereiro - Doroty Stand, mártir da terra e da luta ecológica, assassinada em Anapu- PA ● Senhor, que a nossa vida seja sempre pautada no Teu amor e no cumprimen- 12. BÊNÇÃO to da Tua vontade. Rezemos: Dirigente: Deus, fonte de toda graça, ● Senhor, que o amor e o respeito ao que nos chamou à comunhão por Jesus próximo seja o nosso viver e a nossa Cristo, nos fortaleça em nossas pro- luta do dia a dia; como queremos o nos- vações e nos firme na fé, agora e para so bem também nos esforcemos para o sempre. Amém! bem dos irmãos e irmãs. Rezemos: Dirigente: Louvado seja nosso Senhor ● Senhor, que o nosso sim seja sempre Jesus Cristo! um compromisso com a verdade e com Todos: Para sempre seja louvado! 12
  • 14. 3 Encontro “Amar até os inimigos” 14 a 20 de Fevereiro Onde houver dúvida, que eu leve a fé. Onde houver erro, que eu leve a verdade. Onde houver desespero, que eu leve a esperança. Onde houver tristeza, que eu leve a alegria. Onde houver trevas, que eu leve a luz. Ó mestre, fazei que eu procure mais consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado. Pois é dando que se recebe; é perdoando que se é perdoado e é morrendo que se vive para a vida eterna. 5. SALMO 103 (rezado ou cantado) Dirigente: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal misericórdias e o Deus da Consolação” (2Cor 1,2). Façamos deste hino a ex- 2. ABERTURA (dirigente) pressão da nossa gratidão a Deus que, - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! em Jesus Cristo, nos dá a graça de cha- Vem, não demores mais, vem nos libertar. má-lo nosso Pai. Que o Espírito se una - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo ao nosso espírito para testemunhar que Espírito. somos filhas e filhos de Deus. Gloria à Trindade Santa, glória ao Deus bendito. Refrão: Bendize, minh’ alma, o Senhor - Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! Seu nome seja louvado. Do povo que trabalha a Deus louvação! - Toda humanidade, o Senhor chamou. Bendize, minh’ alma, o Senhor À festa do seu Reino ele convocou! Seu nome seja louvado. Por tudo o que me tem dado, 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Me cura as enfermidades Recordação da semana E me perdoa os pecados. 4. HINO: ORAÇÃO DE SÃO FRAN- Me tira da triste morte CISCO (rezado ou cantado) Me dá carinho e amor. Senhor, fazei mim instrumento de vossa paz. Com sua misericórdia Onde houver ódio, que eu leve o amor. Do abismo ele me tirou, Onde houver ofensa, que eu leve o perdão. E, como se eu fosse águia, Onde houver discórdia, que eu leve a união. Vem renovar meu vigor. 13
  • 15. Ao nosso Pai demos glória por todos aqueles que nos fazem mal, E ao Filho, glória também. rezemos: Louvor e glória igualmente ● Por aqueles que nos perseguem por Ao Espírito Santo que vem. causa da Tua Palavra e do cumprimento Que nosso louvor se estenda de Tua vontade, rezemos: Agora e pra sempre. Amém. Preces espontâneas... (que nasçam da 6. EVANGELHO DE DOMINGO Ler pausadamente Mateus 5, 38-48 Palavra de Deus meditada e partilhada) Pai nosso... 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO Ave Maria... – silêncio – partilha – refrões 10. ORAÇÃO 8. A PARTIR DA PALAVRA REZA- Todos: Ó Deus de bondade, escu- DA E MEDITADA: ta o clamor do Teu povo. Faze que, Verdade: O que diz a Palavra? no meio dos conflitos e das aflições Caminho: O que a Palavra diz para deste mundo, nos consagremos mais nós, hoje? profundamente ao trabalho pela paz Vida: O que a Palavra nos leva a dizer e pela justiça. Por Cristo, nosso Se- a Deus? nhor. Amém! Missão: Qual nosso novo olhar a par- tir da Palavra? Qual nossa missão para esta semana, a partir da Palavra? 11. AVISOS / COMEMORAÇÕES Compromisso: O que podemos assu- (aniversário, nascimento, acolhida de mir como compromisso? gente nova...) ● Evangelho de domingo que vem: 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO Mateus 6, 24-34 (PRECES) Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- Dirigente: Irmãos e irmãs, Jesus inter- ximo encontro. Prepare-se, marcando o cede agora por todo o povo, junto do texto do Evangelho e lendo-o até o dia Pai. Vamos nos unir à sua prece, dizendo: em que nos reuniremos Todos: Senhor, ensina-nos a amar, a ● Marcar o próximo encontro e anotar perdoar e a fazer Tua vontade. no início do subsídio. ● Diante da maldade humana, somos ●Outros... levados a sentimentos de revolta, ódio e vingança e, muitos cristãos, engana- 12. BÊNÇÃO dos pela mídia, são motivados a apoiar Dirigente: Pela força da Terra, mãe da a pena de morte, o aborto, a eutanásia, vida, o Deus do universo abençoe a nós a justiça pelas próprias mãos - olho por e a todas as Suas criaturas, com a Sua olho dente por dente - , e outras formas paz, agora e sempre. Amém! de morte . Que Jesus nos exorte a amar Dirigente: Louvado seja nosso Senhor e a perdoar. Rezemos: Jesus Cristo! ● Para que nosso coração seja capaz de Todos: Para sempre seja louvado! perdoar e rezar pelos nossos inimigos e 14
  • 16. 4 Encontro “Buscai em primeiro 21 a 27 de Fevereiro lugar o Reino” ça e seus valores: / “Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro / E muito menos agradar a dois senhores. 1- Voz de um profeta contra o ídolo e a cobiça: / “Endireitai hoje os caminhos do Senhor!” / Produzi frutos de partilha e de justiça! / Chegou o Reino: Conver- tei-vos ao amor! 2- Não é a riqueza nem o lucro sem me- dida / Que geram paz e laços de frater- nidade; / Mas todo o gesto de partilha em nossa vida / Que faz a fé se transfor- mar em caridade. 3- No Evangelho encontrareis a luz di- vina, / Não no supérfluo, na ganância e na ambição. / Ide e vivei a Boa-Nova que ilumina / E a palavra da fraterna comunhão. 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal 5. SALMO 62 (rezado ou cantado) 2. ABERTURA (dirigente) Dirigente: “Não se perturbe o coração - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! Vem, não demores mais, vem nos libertar. de vocês, creiam em Deus e creiam - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo também em mim” (Jo 14,1). Abando- Espírito. nemo-nos a Deus, com toda confiança. Gloria à Trindade Santa, glória ao O nosso coração está inquieto enquanto Deus bendito. não repousa em seu amor. - Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! Refrão: Só em Deus a minha alma Do povo que trabalha, a Deus louvação! tem repouso, / Porque dele é que me - Onde estiver teu tesouro, irmão, vem a salvação! Lá estará inteiro o teu coração! Só em Deus a minha alma tem repouso, 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Porque dele é que me vem a salvação! Recordação da semana Só ele é meu rochedo e salvação A fortaleza, onde encontro segurança! 4. HINO: da CF 2010 (rezado ou cantado) Nosso Deus é um refúgio para nós! Refrão: Jesus Cristo anunciava por Uma palavra Deus falou, duas ouvi: primeiro / Um novo Reino de justi- -“O poder e a bondade a Deus pertence, 15
  • 17. Pois pagais a cada um conforme as suas za de que Ele proverá a nossa subsistên- obras”. cia, não nos tornem alienados, mas sim, pessoas conscientes de que temos um Glória a Deus presente em toda a terra, Deus que nos sustém e nos dá atributos A Jesus que o Pai nos enviou, e sabedoria, necessárias para cumprir Ao Espírito, de Deus amor materno, nossos deveres e buscarmos nossos di- Toda graça, toda honra e louvor. reitos e melhorarmos a nossa vida e a vida do próximo.Rezemos: 6. EVANGELHO DE DOMINGO Ler pausadamente Mateus 6, 24-34 Preces espontâneas... (que nasçam da Palavra de Deus meditada e partilhada) 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO Pai nosso... – silêncio – partilha – refrões Ave Maria... 8. A PARTIR DA PALAVRA REZA- DA E MEDITADA: 10. ORAÇÃO Verdade: O que diz a Palavra? Todos: Ó nosso Deus, por Jesus Teu Caminho: O que a Palavra diz para Filho e no Espírito, fonte de miseri- nós, hoje? córdia, nos chamaste a viver na Tua Vida: O que a Palavra nos leva a dizer intimidade. Reforça os laços de união a Deus? entre nós e dá a todas as pessoas que Missão: Qual nosso novo olhar a par- crêem em Ti a unidade visível. Por tir da Palavra? Qual nossa missão para Cristo Jesus, nosso Senhor. Amém! esta semana, a partir da Palavra? Compromisso: O que podemos assu- 11. AVISOS / COMEMORAÇÕES mir como compromisso? (aniversário, nascimento, acolhida de gente nova...) 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO ● Evangelho de domingo que vem: (PRECES) Mateus 7, 21-27 Dirigente: Oremos ao Senhor, para que Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- Ele nos dê a força renovadora do Seu ximo encontro. Prepare-se, marcando o Espírito. texto do Evangelho e lendo-o até o dia Todos: Ouve, Senhor, nossa prece. em que nos reuniremos ● Marcar o próximo encontro e anotar ● Que a luta por subsistência, o traba- no início do subsídio. lho e a busca desenfreada pelo ter, não ● Outros... façam de nós escravos do dinheiro e de um sistema que oprime os menos favo- recidos, que também nós cristãos não 12. BÊNÇÃO fechemos os nossos olhos para o verda- Dirigente: O Deus da unidade nos faça deiro sentido da vida.Rezemos: viver na compreensão mútua, com um ● O verdadeiro sentido da vida, o res- só coração e uma só alma, agora e sem- peito, a dignidade das pessoas, o salário pre. Amém! justo, sejam a bandeira de luta de um Dirigente: Louvado seja nosso Senhor povo que crê em um outro mundo pos- Jesus Cristo! sível.Rezemos: Todos: Para sempre seja louvado! ● Que a confiança no Senhor e a certe- 16
  • 18. “Ser discípulo de 5 Encontro Jesus é colocar em 28 de Fevereiro a 6 de Março prática sua Palavra” 1- Nós somos caminheiros que mar- cham para os céus; Jesus é o caminho que nos conduz a Deus. 2- Da noite da mentira, das trevas para a luz, busquemos a verdade, verdade é só Jesus. 3- Pecar é não ter vida, pecar é não ter luz; tem vida só quem segue os passos de Jesus. 4- Jesus, verdade e vida, caminho que conduz as almas peregrinas que mar- cham para a luz. 5. SALMO 31 (rezado ou cantado) 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal Dirigente: “Pai, tudo esta consumado. Em tuas mãos entrego o meu espírito” 2. ABERTURA (dirigente) (Lc 23,46). Com Jesus na cruz, entre- - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! guemos nas mãos do Pai o grito de Vem, não demores mais, vem nos libertar. todos os condenados à morte. Que o - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Senhor responda ao clamor dos sofre- Espírito. dores. Refrão: Eu me entrego, Senhor, em Gloria à Trindade Santa, glória ao Tuas mãos, / E espero pela Tua sal- Deus bendito. vação! - Aleluia, irmãs, aleluia, irmãos! Do povo que trabalha a Deus louvação! Junto de ti, ó Senhor, eu me abrigo, - Fomos perdoados pela Sua cruz Não tenha eu de que me envergonhar, E pelas Suas chagas nos curou Jesus. Por tua justiça, me salva, e teu ouvido Ouça meu grito: “Vem logo libertar!” 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Recordação da semana Amai a Deus! O Senhor guarda os fiéis! Vão pagar caro os soberbos, seus rivais!... De coração, sede firmes, corajosos, 4. HINO: VÓS SOIS O CAMINHO A Vós todos que no Senhor sempre esperais! VERDADE E A VIDA (rezado ou cantado) Glória a Deus Pai porque tanto nos amou, Refrão: Vós sois o caminho, a verda- Glória a Jesus que se deu por nosso bem, de e á vida; o pão da alegria descido Glória ao Divino, que é fonte deste amor, do céu Nós damos glória agora e sempre. Amém! 17
  • 19. 6. EVANGELHO DE DOMINGO 10. ORAÇÃO Ler pausadamente Mateus 7, 21-27 Todos: Ó Deus, pela vinda de Cristo Jesus, nos reuniste e nos escolheste 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO para continuar a mesma caminhada – silêncio – partilha – refrões das Tuas testemunhas. Nós te agra- 8. A partir da Palavra rezada e meditada: decemos e pedimos a força do Teu Verdade: O que diz a Palavra? Espírito, para sermos fiéis na missão Caminho: O que a Palavra diz para que nos confiaste. Por Cristo, nosso nós, hoje? Senhor. Amém! Vida: O que a Palavra nos leva a dizer a Deus? Missão: Qual nosso novo olhar a par- 11. AVISOS / COMEMORAÇÕES tir da Palavra? Qual nossa missão para (aniversário, nascimento, acolhida de esta semana, a partir da Palavra? gente nova...) Compromisso: O que podemos assumir ● Evangelho de domingo que vem: como compromisso? Mateus 4, 1-11 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- (PRECES) ximo encontro. Prepare-se, marcando o Dirigente: Apresentemos ao Senhor texto do Evangelho e lendo-o até o dia nossa intercessão e o clamor de todo o em que nos reuniremos povo, dizendo: ● Marcar o próximo encontro e anotar Todos: Inclina, Senhor, Teu ouvido, no início do subsídio. escuta nosso pedido! ● Outros... ● Senhor, que não sejamos construtores 01 de Março de castelos de areia, mas, sim, cons- - Dia Internacional de luta por um mun- trutores na rocha sólida que é Jesus, do sem bomba nuclear para que nossas ações se solidifiquem e Conversar e planejar a Via-Sacra. dêem frutos de verdadeira conversão e salvação. Rezemos: Agendar e divulgar, para que todos te- ● Senhor, que o nosso testemunho seja nham chance de participar! forte o bastante a ponto de transformar realidades. Rezemos: 12. BÊNÇÃO ● Senhor, que a Tua Palavra nos liberte, Dirigente: O Deus da paciência e da nos forme e que nunca a usemos para consolação seja força em nossos sofri- a nossa promoção pessoal e exploração mentos, agora e para sempre. da boa fé. Rezemos: Amem! Preces espontâneas... (que nasçam da Dirigente: Louvado seja nosso Senhor Palavra de Deus meditada e partilhada) Jesus Cristo! Pai nosso... Todos: Para sempre seja louvado! Ave Maria... 18
  • 20. CEBs - Comunidades Eclesiais de Base Encontro sobre a Campanha da Fraternidade Diocese de São José dos Campos - SP 19
  • 21. 6 Encontro “Jesus se prepara 07 a 13 de Março para a missão” 2- Numa nuvem Resplendente fez-se Ouvir a voz do Pai. Eis meu filho amado, Escutai-o, todos vós! 3- Na verdade, sois Senhor, O Salvador do mundo. Senhor, dai-me água viva A fim de eu não ter sede! 4- Pois eu sou a luz do mundo, Quem nos diz é o Senhor. E vai ter a luz da vida quem Se faz meu seguidor! 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal 5- Eu sou ressurreição, Eu sou a vida. 2. ABERTURA (dirigente) Quem crê em mim não - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! Morrerá eternamente. Vem, não demores mais, vem nos libertar. - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo 5. SALMO 51 Espírito. (rezado ou cantado) Gloria à Trindade Santa, glória ao Dirigente: “Vou me levantar, e vou en- Deus bendito. contrar meu pai, e dizer a ele: Pai, pe- - Venham com fervor para a oração, quei contra Deus e contra ti” ( Lc 15, Já se aproxima a Páscoa da Ressurreição. 18). Reconheçamos que somos pecado- - Vence as nossas trevas, nossa escuridão, res e peçamos a Deus que crie em nós Transforma nossas vida pela conversão. um coração novo e nos dê Seu Espírito de santidade. 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Refrão: Senhor Deus, misericórdia! Recordação da semana Misericórdia de mim, Deus de bondade, 4. HINO: LOUVOR E GLORIA A TI Misericórdia por tua compaixão! SENHOR (rezado ou cantado) Vem me lavar das sujeiras do pecado, Refrão: Louvor e gloria a ti, Senhor, Vem me livrar de tamanha perdição! Cristo palavra, palavra de Deus! Reconheço toda minha maldade, 1- O Homem não vive Diante de mim a vastidão de minha ofensa... Somente de pão, Foi contra ti, meu Senhor, o meu pecado, Mas de toda palavra E pratiquei o que é mal em tua presença! Da boca de Deus! 20
  • 22. Louvor a ti, o universo todo adora, Pai nosso... Tu és a paz, a vida plena e o perdão. Ave Maria... Do mundo inteiro vem a prece que te implora, 10. ORAÇÃO Ó, vem depressa e dá-nos tua salvação. Todos: Ó Deus, Mãe da Compaixão, Tu és a fonte de toda a ação justa e de toda 6. EVANGELHO DE DOMINGO palavra boa. Neste tempo de deserto, Ler pausadamente Mateus 4, 1-11 ensina-nos a rezar; neste tempo de pe- nitência, ensina-nos a praticar o verda- 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO deiro jejum; neste tempo de caridade, – silêncio – partilha – refrões ensina-nos a repartir com os irmãos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém! 8. A partir da Palavra rezada e meditada: Verdade: O que diz a Palavra? 11. REFLEXÃO TEMÁTICA: Caminho: O que a Palavra diz para Campanha da Fraternidade 2011 nós, hoje? Dirigente: Iluminados pela Palavra, Vida: O que a Palavra nos leva a dizer partilhemos sobre a campanha da fra- a Deus? ternidade Missão: Qual nosso novo olhar a par- tir da Palavra? Qual nossa missão para Leitor 1 - A campanha da fraternidade esta semana, a partir da Palavra? deste ano tem como tema “Fraternidade Compromisso: O que podemos assu- e a vida no planeta” e o lema “A criação mir como compromisso? geme em dores de parto”. A razão desse tema diz respeito às mudanças climáti- 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO cas motivadas pelo aumento da tempe- (PRECES) ratura do planeta, fenômeno conhecido Dirigente: Irmãos e irmãs, com toda como “Aquecimento Global”. confiança em Deus nosso Pai, façamos nossas preces: Leitor 2 - O aquecimento global provo- Todos: Senhor, dá-nos coragem para ca as mudanças climáticas e essas ge- superar todo tipo de tentação. ram em toda humanidade uma situação de insegurança, pois já temos assistido ● Senhor, diante das tentações do dia-a- às destruições causadas pelas variações dia, ajuda-nos a prosseguir sem desani- do clima. No meio disso estão as popu- mar em nossa missão, nós te pedimos: lações mais pobres, certamente as mais ● Senhor, livra-nos do desejo de pensar vulneráveis a este tipo de situação. em nossa satisfação imediata, na busca de prestígio e ambicionar poder e rique- Leitor 3 - Temos o desafio, não só de za, nós te pedimos: refletir esta realidade, mas também de ● Senhor, que ao renunciar a tudo que assumirmos compromissos na perspec- nos afasta de ti, consigamos anunciar o tiva de frear as iniciativas que contri- Amor verdadeiro, nós te pedimos: buem para o aumento da temperatura do planeta Terra. Esses compromissos Preces espontâneas... (que nasçam da são pessoais, mas devem atingir a toda Palavra de Deus meditada e partilhada) a sociedade que nos últimos anos tem 21
  • 23. adotado um padrão de vida e consumo texto do Evangelho e lendo-o até o dia insuportável no que se refere ao uso dos em que nos reuniremos recursos naturais. ● Marcar o próximo encontro e anotar no início do subsidio. Oração da CF 2011 ● Outros... Senhor Deus, nosso Pai e Criador. 08 de Março A beleza do universo revela a vossa - Dia Internacional da Mulher. Procu- grandeza, rar saber onde acontecerão Celebrações A sabedoria e o amor com que fizestes dedicadas a esta data e participar. todas as coisas, 12 de Março E o eterno amor que tender por todos nós. - Martírio de Rutílio Grande Pecadores que somos, não respeitamos 13. BÊNÇÃO a vossa obra, Dirigente: Que o Deus da paz nos faça E o que era para ser garantia da vida capazes de cumprir Sua vontade, fazen- está se tornando ameaça. do tudo que é bom, agora e para sem- A beleza está sendo mudada em devastação, pre. Amém! E a morte mostra a sua presença no nos- Dirigente: Louvado seja nosso Senhor so planeta. Jesus Cristo. Todos: Para sempre seja louvado! Que nesta quaresma nos convertamos E vejamos que a criação geme em dores Canto Final: Hino da CF 2011 de parto, 1. Olha, meu povo, este planeta terra: Para que possa renascer segundo o vos- Das criaturas todas, a mais linda! so plano de amor, Eu a plasmei com todo amor materno, Por meio da nossa mudança de mentali- Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1) dade e de atitudes. Nossa mãe terra, Senhor, E, assim, como Maria, que meditava a Geme de dor noite e dia. vossa Palavra e a fazia vida, Será de parto essa dor? Também nós, movidos pelos princípios Ou simplesmente agonia?! do Evangelho, Vai depender só de nós! Possamos celebrar na Páscoa do vosso Vai depender só de nós! Filho, nosso Senhor, O ressurgimento do vosso projeto para 2. A terra é mãe, é criatura viva; todo o mundo. Também respira, se alimenta e sofre. Amém. É de respeito que ela mais precisa! Sem teu cuidado ela agoniza e morre. 12. AVISOS / COMEMORAÇÕES (aniversário, nascimento, acolhida de 3. Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos... gente nova...) Que a fome mata e a miséria humilha. ● Evangelho de domingo que vem: Eu sonho ver um mundo mais humano, Mateus 17, 1-9 Sem tanto lucro e muito mais partilha! Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- ximo encontro. Prepare-se, marcando o 4. Olha as florestas: pulmão verde e forte! 22
  • 24. Sente esse ar que te entreguei tão puro... Por mais cuidado implora esse jardim! Agora, gases disseminam morte; 6. A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13) O aquecimento queima o teu futuro. De dores geme toda a criação. (Rm 8,22) Transforma em Páscoa as dores dessa espera, 5. Contempla os rios que agonizam tristes. Quero essa terra em plena gestação! Não te incomoda poluir assim?! Vê: tanta espécie já não mais existe! Questão de saúde pública Hansieniáse A CNBB em parceria com pastorais e órgãos públicos continua com a campanha nacional de conscientização sobre a hanseníase. Esta é uma doença que se instala principalmente em nervos e pele e é transmitida pela respiração de uma pessoa doente sem tratamento. A doença pode atingir homens e mulheres, adultos e crianças de todas as classes sociais. Se não tratada ou tratada tardiamente pode causar incapacidade ou deformidades nas mãos, pés ou olhos. Por isso fique atento aos sinais: - Verifique em todo o corpo se existem manchas esbranquiçadas, caro- ços avermelhados ou castanhos. Caso haja, toque nelas e verifique se estão dormentes ou se a sensibilidade é diferente. Se você perceber algum destes sinais, desconfie que seja hanseníase pro- cure uma unidade de saúde e faça um exame. Ele é realizado na hora pelo médico. O tratamento é gratuito e está disponível em todas as unidades de Saúde do SUS. Confira abaixo alguns endereços e telefones para mais informações: • São José dos Campos • Paraibuna - Centro de Saúde No posto de saúde mais próximo da Telefones: (12) 3974-3974 / (12) 3974-3974 sua residência (12) 3974-3535 / (12) 3974-3535 CTP – Centro de Tratamento e Prevenção Rua Rubião Junior, 596 – Centro • Santa Branca - Centro de Saúde Telefone: (12) 3911-5129 / (12) 3911-5129 Telefones: (12) 3972-0012 / (12) 3972-0012 (12) 3972-1022 / (12) 3972-1022 • Jacareí Ambulatório de Infectologia Rua Purus, 79 – Jardim Paraíba • Igaratá - Centro de Saúde Telefones: (12) 3979-1173 / (12) 3979-1173 Telefones: (11) 4658-1505 / (12) 3979-1124 / (12) 3979-1124 (11) 4658-1505 / (11) 4658-1568 Fonte: Jornal Expressão 23
  • 25. 7 Encontro “Jesus se manifesta 14 a 20 de Março como filho de Deus” figuração. / Hoje entre nós para nos proteger! 1- Eu me alegrei quando me disseram: Vamos à casa do Senhor Os nossos passos já se detêm Às portas da grande cidade. 2- Eis que ela é uma cidade Santa, Edificada no Senhor. O povo todo alegre acorre Louvando o nome do Senhor! 5. SALMO 33 (rezado ou cantado) Dirigente: “Todas as coisas foram fei- tas por ele, e sem ele nada foi criado” (Jo 1,3). Agradeçamos ao Senhor o Seu amor que se revela na criação do mun- do, na caminhada de libertação do Seu 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal povo e em nossa vida. Refrão: Alegres, vibrem no Senhor, ó 2. ABERTURA (dirigente) justos - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! Alegres, vibrem no Senhor, ó justos/ Vem, não demores mais, vem nos libertar. Pois a vocês fica tão bem louvar,/ - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Com a guitarra ao Senhor celebrem,/ Espírito. Com violões pra ele vão tocar! Gloria à Trindade Santa, glória ao Deus bendito. Um canto novo cantem ao Senhor,/ - Em nome de Cristo, eu insisto, irmãos, Toquem com arte na festividade,/ Que vocês não recebam Sua graça em vão! Pois a Palavra do Senhor é certa/ - Ao Senhor voltemos, bem de coração, E sua obra toda é verdade! Que Ele nos converta pelo Seu perdão! Fala o Senhor e as coisas acontecem,/ 3. RECORDAÇÃO DA VIDA E o que ele manda faz-se de repente;/ Recordação da semana Ele desfaz os planos das nações,/ Mas seu projeto dura eternamente! 4. HINO: Nós te louvamos (rezado ou cantado) O teu amor repouse em nós, Senhor, Refrão: Nós te louvamos, Senhor Tal como está em ti nossa esperança! Jesus Cristo, / No dia da tua trans- Ao Pai, ao Filho e ao Divino amor. 24
  • 26. 6. EVANGELHO DE DOMINGO 10. ORAÇÃO Ler pausadamente Mateus 17, 1-9 Todos: Ó Deus de ternura e Mãe da compaixão, és fonte de toda ação jus- 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO ta e de toda palavra boa. Vivendo a – silêncio – partilha – refrões Quaresma como um tempo de deser- to, ensina-nos a orar. Tu nos chamas 8. A partir da Palavra rezada e meditada: à penitência. Converte, então, o nos- Verdade: O que diz a Palavra? so coração e ensina-nos a praticar o Caminho: O que a Palavra diz para verdadeiro jejum e a repartir com nós, hoje? os nossos irmãos e irmãs tudo o que Vida: O que a Palavra nos leva a dizer temos e somos. Por Cristo, nosso Se- a Deus? nhor. Amém! Missão: Qual nosso novo olhar a par- tir da Palavra? Qual nossa missão para 11. REFLEXÃO TEMÁTICA: esta semana, a partir da Palavra? ”O grito da terra” Compromisso: O que podemos assu- mir como compromisso? Leitor 1 - A Terra, elemento criado por Deus, que sinais está emitindo nos dias 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO de hoje? Já vimos que, mesmo prefe- (PRECES) rindo e esforçando-se para manter-se Dirigente: Irmãos e irmãs, com muita equilibrada, ela dá sinais de desequilí- esperança na promessa de Deus nosso brio crescente; chuvas cada vez mais Pai, façamos nossas preces: intensas, provocando enchentes des- Todos: Senhor, concede-nos a graça truidoras; tempos sem chuvas, alongan- de participar da tua vitória! do período de seca; ventos com maior velocidade, provocando furacões tro- ● Senhor, que possamos ouvir o clamor picais e extratropicais; derretimento de dos nossos irmãos necessitados e levar gelos nos mares e nas altas montanhas o testemunho da Tua vitória sobre a e cordilheiras; aumento do volume das morte, nós te pedimos: águas dos mares... Por isso, escutar a ● Senhor, ajuda-nos a continuar na Terra é importante para descobrir a par- missão, seguindo os ensinamentos de tir dela o que a está levando a mudar Jesus, confiando na vitória final, quan- seu modo de ser. do ressuscitaremos com Ele, nós te pe- dimos: Leitor 2 - Compreender os gritos da ● Senhor, que o medo não nos impeça Terra é o esforço para ter uma visão de ver e anunciar Tua autoridade sobre crítica dos processos que provocam o todas as coisas, aceitando o convite de aquecimento e as mudanças climáti- Deus para segui-Lo, nós te pedimos: cas. Já vimos como isso é causado pelo Preces espontâneas... (que nasçam da modo de fazer progresso nos últimos Palavra de Deus meditada e partilhada) 260 anos. Se temos consciência de que Pai nosso... aí estão as causas, o outro lado da com- Ave Maria... preensão é o agir para enfrentá-las. 25
  • 27. Leitor 3 - Responder aos gritos da Ter- O ressurgimento do vosso projeto para ra significa agir, ser criativo e corajoso, todo o mundo. não perder tempo, como sempre se faz Amém. quando alguém está gritando de dor. É evidente que a ação tem melhor qua- 12. AVISOS / COMEMORAÇÕES lidade quanto mais está ligada ao que (aniversário, nascimento, acolhida de causa a dor. Por isso, não basta ter boa gente nova...) vontade nem mesmo fazer qualquer ● Evangelho de domingo que vem: coisa. O desafio é identificar o que é João 4, 5-42 urgente que seja feito, definindo quem Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- pode fazer o quê, dando escala ao poder ximo encontro. Prepare-se, marcando o de mudança. Os debates mundiais estão texto do Evangelho e lendo-o até o dia definindo cada vez com maior clareza em que nos reuniremos as prioridades. ● Marcar o próximo encontro e anotar no início do subsídio. Oração da CF 2011 ● Outros... Senhor Deus, nosso Pai e Criador. A beleza do universo revela a vossa 13. BÊNÇÃO grandeza, Dirigente: Que o Deus da paz nos faça A sabedoria e o amor com que fizestes capazes de cumprir Sua vontade, fazen- todas as coisas, do tudo o que é bom, agora e para sem- E o eterno amor que tender por todos nós. pre. Amém! Que todos os irmãos que adormeceram Pecadores que somos, não respeitamos no Senhor descansem em paz. Amém! a vossa obra, Dirigente: Louvado seja nosso Senhor E o que era para ser garantia da vida Jesus Cristo! está se tornando ameaça. Todos: Para sempre seja louvado! A beleza está sendo mudada em devastação, E a morte mostra a sua presença no nos- Canto Final: Hino da CF 2011 so planeta. 1. Olha, meu povo, este planeta terra: Das criaturas todas, a mais linda! Que nesta quaresma nos convertamos Eu a plasmei com todo amor materno, E vejamos que a criação geme em dores Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1) de parto, Para que possa renascer segundo o vos- Nossa mãe terra, Senhor, so plano de amor, Geme de dor noite e dia. Por meio da nossa mudança de mentali- Será de parto essa dor? dade e de atitudes. Ou simplesmente agonia?! Vai depender só de nós! E, assim, como Maria, que meditava a Vai depender só de nós! vossa Palavra e a fazia vida, Também nós, movidos pelos princípios 2. A terra é mãe, é criatura viva; do Evangelho, Também respira, se alimenta e sofre. Possamos celebrar na Páscoa do vosso É de respeito que ela mais precisa! Filho, nosso Senhor, Sem teu cuidado ela agoniza e morre. 26
  • 28. 3. Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos... 5. Contempla os rios que agonizam tristes. Que a fome mata e a miséria humilha. Não te incomoda poluir assim?! Eu sonho ver um mundo mais humano, Vê: tanta espécie já não mais existe! Sem tanto lucro e muito mais partilha! Por mais cuidado implora esse jardim! 4. Olha as florestas: pulmão verde e forte! 6. A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13) Sente esse ar que te entreguei tão puro... De dores geme toda a criação. (Rm 8,22) Agora, gases disseminam morte; Transforma em Páscoa as dores dessa espera, O aquecimento queima o teu futuro. Quero essa terra em plena gestação! Novena de Natal 2010 O Natal. Festa do Menino Jesus. Festa da família. Festa da paz e do amor. Festa da esperança. A festa precisa ser preparada com es- mero, dedicação e carinho. Precisa envol- ver todas as pessoas. Assim elas se sentem participantes. 27
  • 29. 8 Encontro “Cristo fonte 21 a 27 de Março de água Viva” 4. HINO: PECADOR, AGORA É TEMPO (rezado ou cantado) 1- Pecador, agora é tempo De pesar e de temor: Serve a Deus, despreza o mundo, já não sejas pecador! 2- Neste tempo sacrossanto O pecado faz horror; Contemplando a cruz de Cristo Já não sejas pecador! 3- Pecador arrependido Volta para teu Senhor, Vem, abraça-te contrito Com teu Pai, teu Criador! 4- Compaixão, misericórdia Vos Pedimos, Redentor: Pela Virgem, Mãe das Dores, Perdoai-nos, Deus de Amor! 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal 5. SALMO 95 (rezado ou cantado) 2. ABERTURA (dirigente) Dirigente: “Hoje, se vocês ouvem a - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! voz dele, não fiquem de coração endu- Vem, não demores mais, vem nos libertar. recido como no dia da revolta: no dia da - Venham adoremos a nosso Senhor, tentação no deserto” ( Hb 3-7-8). Can- É tempo de quaresma que ele consagrou. tando este convite para renovar a alian- - Não fechemos hoje nosso coração ça com o Senhor, adoremos o nosso Sua voz escutemos com toda a atenção! Pastor e nos convertamos para celebrar - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo a festa da comunhão com Ele. Espírito. Refrão: Ah, se o povo de Deus no Se- Gloria à Trindade Santa, glória ao nhor cresse, / Ah, se hoje atendesse Deus bendito. sua voz! (bis) - Venham com fervor para a oração, Já se aproxima a Páscoa da Ressurreição! Ah, se a gente atendesse sua voz! Vamos juntos fazer louvação, 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Neste templo, aclamar o Senhor, Recordação da semana O rochedo pra nós salvação, Com alegria cantar seu louvor! (bis) 28
  • 30. Ah, se a gente atendesse sua voz! ● Que a experiência pessoal com Jesus Grande Deus, sobre todos é rei. Cristo, nos impulsione a sermos verda- Fez a terra, as montanhas, o mar. deiros anunciadores da Palavra, provo- De alto a baixo, o que existe é seu. cando a conversão e a vinda espontânea Nosso Deus tem o mundo na mão! (bis) do povo afastado; nós te pedimos: ● Senhor, que não haja divisão entre os Ah, se a gente atendesse sua voz! povos, que homens e mulheres de todas De joelhos, em adoração, as raças e religiões possam viver em Na presença do Deus criador, paz, que o amor possa vencer todas as O rebanho do seu coração. barreiras; nós te pedimos: Ele é nosso Deus e Pastor! (bis) Preces espontâneas... (que nasçam da 6. EVANGELHO DE DOMINGO Palavra de Deus meditada e partilhada) Ler pausadamente João 4, 5-42 Pai nosso... Ave Maria... 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO – silêncio – partilha – refrões 10. ORAÇÃO Todos: Ó Deus de ternura, Mãe de 8. A partir da Palavra rezada e meditada: bondade, por teu Cristo nos convidas Verdade: O que diz a Palavra? a viver intensamente este tempo da Caminho: O que a Palavra diz para Quaresma. Reanima teu povo na for- nós, hoje? ça da fé para podermos celebrar, na Vida: O que a Palavra nos leva a dizer alegria do Espírito Santo, a Páscoa a Deus? de Jesus, nosso Senhor. Amém! Missão: Qual nosso novo olhar a par- tir da Palavra? Qual nossa missão para 11. REFLEXÃO TEMÁTICA: esta semana, a partir da Palavra? “Somos profetas da vida” Compromisso: O que podemos assu- mir como compromisso? Leitor 1 - O documento de Aparecida já nos alerta para a importância das 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO questões planetárias. Quando fala do (PRECES) meio ambiente, alerta para a fragilida- Dirigente: Irmãos e irmãs, Jesus que é de da natureza frente aos desafios deste fonte de água viva, nos purifique e sacie modelo econômico e tecnológico que nossa sede de justiça, nos livrando de vivemos. Por isso a Igreja continua a todo preconceito; com toda fé façamos expressar dizendo: como profetas da nossas preces: vida, queremos insistir que, nas inter- Todos: Senhor, fonte de água viva, es- venções sobre os recursos naturais, não cuta a nossa prece. predominem os interesses dos grupos econômicos que arrasam irracional- ● Senhor, que a humanidade consiga mente as fontes de vida, em prejuízo de superar todo preconceito de raça e dis- nações inteiras e da própria humanida- criminação social, que fere e margina- de. As gerações que nos sucederam têm liza os povos, bebendo Tua água viva, o direito a receber um mundo habitável nós te pedimos: e não um planeta de ar contaminado. 29
  • 31. Leitor 2 - Esse alerta nos coloca como so plano de amor, profetas da vida junto ao planeta Terra, Por meio da nossa mudança de mentali- que ao gerar tantas mudanças climáti- dade e de atitudes. cas, clama para que nos coloquemos em transformação da vida humana e seus E, assim, como Maria, que meditava a comportamentos. vossa Palavra e a fazia vida, Também nós, movidos pelos princípios Leitor 3 - Nosso desafio como Igreja é do Evangelho, também nos comprometermos por um Possamos celebrar na Páscoa do vosso Filho, nosso Senhor, modelo de vida menos consumista, me- O ressurgimento do vosso projeto para nos materialista e individualista, onde todo o mundo. os valores do Reino de Jesus sejam ver- Amém. dadeiramente testemunhados por todos nós. Assim também nos colocaremos 12. AVISOS / COMEMORAÇÕES em respeito com toda a diversidade da (aniversário, nascimento, acolhida de vida existente em nosso planeta. No gente nova...) campo eclesial é claro que já existem ● Evangelho de domingo que vem: muitas iniciativas acontecendo em fa- João 9, 1-41 vor da vida e do meio ambiente, como Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- as tantas iniciativas das pastorais so- ximo encontro. Prepare-se, marcando o ciais, da juventude, dos fóruns em de- texto do Evangelho e lendo-o até o dia fesa da água, das florestas e das popula- em que nos reuniremos ções que vivem a partir da diversidade ● Marcar o próximo encontro e anotar dos nossos ecossistemas. no início do subsídio. ● Outros... Oração da CF 2011 22 de Março Senhor Deus, nosso Pai e Criador. - Dia Mundial da Água A beleza do universo revela a vossa 24 de Março - Assassinato de Dom Oscar Romero, grandeza, arcebispo de San Salvador, profeta e A sabedoria e o amor com que fizestes mártir todas as coisas, E o eterno amor que tender por todos nós. 13. BÊNÇÃO Dirigente: O Deus da paz nos faça ca- Pecadores que somos, não respeitamos pazes de cumprir Sua vontade, fazendo a vossa obra, tudo que é bom, agora e para sempre. E o que era para ser garantia da vida Amém! está se tornando ameaça. Dirigente: Louvado seja nosso Senhor A beleza está sendo mudada em devastação, Jesus Cristo! E a morte mostra a sua presença no nos- Todos: Para sempre seja louvado! so planeta. Canto Final: Hino da CF 2011 Que nesta quaresma nos convertamos 1. Olha, meu povo, este planeta terra: E vejamos que a criação geme em dores Das criaturas todas, a mais linda! de parto, Eu a plasmei com todo amor materno, Para que possa renascer segundo o vos- Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1) 30
  • 32. Nossa mãe terra, Senhor, 4. Olha as florestas: pulmão verde e forte! Geme de dor noite e dia. Sente esse ar que te entreguei tão puro... Será de parto essa dor? Agora, gases disseminam morte; Ou simplesmente agonia?! O aquecimento queima o teu futuro. Vai depender só de nós! Vai depender só de nós! 5. Contempla os rios que agonizam tristes. Não te incomoda poluir assim?! 2. A terra é mãe, é criatura viva; Vê: tanta espécie já não mais existe! Também respira, se alimenta e sofre. Por mais cuidado implora esse jardim! É de respeito que ela mais precisa! Sem teu cuidado ela agoniza e morre. 6. A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13) De dores geme toda a criação. (Rm 8,22) 3. Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos... Transforma em Páscoa as dores dessa espera, Que a fome mata e a miséria humilha. Quero essa terra em plena gestação! Eu sonho ver um mundo mais humano, Sem tanto lucro e muito mais partilha! OS DEZ MANDAMENTOS DA ECOLOGIA Autora-Ecléa Bosi R.J. 1.976 01 - Ama a Deus sobre todas as coisas e a natureza como a ti mesmo 02 - Não defenderás a natureza em vão com palavras, mas através de teus atos 03 - Guardarás as florestas virgens, pois tua vida depende delas 04 - Honrarás, a flora, a fauna, todas as formas de vida, e não apenas a humana 05 - Não matarás 06 - Não pecarás contra a pureza do ar deixando que a indústria suje o que a criança respira 07 - Não furtarás da terra a sua camada de húmus, raspando-a com o trator, condenando o solo à esterilidade 08 - Não lenvantarás falso testemunho dizendo que o lucro e o progresso justificam teus crimes 09 - Não desejarás para teu proveito que a fonte e os rios se envenenem com o lixo industrial 10 - Não cobiçarás objetos e adornos para cuja fabricação é preciso destruir a paisagem: a terra também pertence aos que ainda estão por nascer. 31
  • 33. 9 Encontro “Cristo, Luz para 28 de Março a 03 de Abril nossa trevas” Refrão: Lutar e crer, vencer a dor, louvar ao Criador! / Justiça e Paz hão de reinar e viva o amor! 1- Quando o espírito de Deus soprou, / o mundo inteiro se iluminou. / A espe- rança na terra brotou / e o povo novo deu-se as mãos e caminhou! 2- Quando Jesus a terra visitou, a Boa Nova da / justiça anunciou: o cego viu, o surdo escutou / e os oprimidos das correntes libertou! 3- Nosso poder está na união, / o mun- do novo vem de Deus e dos irmãos / vamos lutando contra a / divisão e pre- parando a festa da libertação 4- Cidade e campo se transformaram, jovens / unidos na esperança gritarão. / A força nova é o poder do amor, / nossa 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal fraqueza é força em Deus libertador! 2. ABERTURA (dirigente) 5. SALMO 23 - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! (rezado ou cantado) Vem, não demores mais, vem nos libertar. Dirigente: “Eu sou o bom pastor: co- - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo nheço minhas ovelhas e elas me co- Espírito. nhecem” (Jo 10,1 4). Como os antigos Gloria à Trindade Santa, glória ao romeiros do povo de Deus, cantemos Deus bendito. nossa confiança no Senhor, pastor que - Venham com fervor para a oração, nos conduz e nos acolhe como hóspe- Já se aproxima a Páscoa da Ressurreição. des queridos. - Vence as nossas trevas, nossa escuridão, Refrão: Tu és Senhor, o meu Pastor, Transforma nossas vidas pela conversão. Por isso, nada em minha vida faltará! 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Pelos prados e campinas verdejantes, Recordação da semana eu vou... / É o Senhor que me leva a descansar. / Junto às fontes de águas 4. HINO: POVO NOVO puras, repousantes, eu vou! / Minhas (rezado ou cantado) forças, o Senhor vai animar. 32
  • 34. Nos caminhos mais seguros junto dele, abram seus olhos para as reivindicações eu vou! / E pra sempre, o Seu nome eu dos que sofrem honrarei. / Se eu encontro mil abismos ● Senhor, cure-nos da cegueira do pe- nos caminhos, eu vou! / Segurança cado, que possamos aderir aos planos sempre tenho em suas mãos. de Jesus, a Luz da vida, e que ouçamos a sua voz para não nos tornarmos cúm- Co’ alegria e esperança, caminhando eu plices de uma sociedade que mantém o vou! / Minha vida está sempre em tuas povo dominado e explorado. mãos. / E na casa do Senhor , eu irei habitar / E este canto para sempre irei Preces espontâneas... (que nasçam da cantar! Palavra de Deus meditada e partilhada) Pai nosso... 6. EVANGELHO DE DOMINGO Ave Maria... Ler pausadamente João 9, 1-41 10. ORAÇÃO 7. MEDITAÇÃO DO EVANGELHO Todos: Ó Deus de ternura e Mãe da – silêncio – partilha – refrões compaixão, és fonte de toda ação jus- ta e de toda palavra boa. Vivendo a 8. A partir da Palavra rezada e meditada: Quaresma como um tempo de deser- Verdade: O que diz a Palavra? to, ensina-nos a orar. Tu nos chamas Caminho: O que a Palavra diz para à penitência. Converte, então, o nos- nós, hoje? so coração e ensina-nos a praticar o Vida: O que a Palavra nos leva a dizer verdadeiro jejum e a repartir com a Deus? os nossos irmãos e irmãs tudo o que Missão: Qual nosso novo olhar a par- temos e somos. Por Cristo, nosso Se- tir da Palavra? Qual nossa missão para nhor. Amém! esta semana, a partir da Palavra? Compromisso: O que podemos assu- 11. REFLEXÃO TEMÁTICA: mir como compromisso? “Terra, casa de todos” 9. O EVANGELHO SE FAZ ORAÇÃO Leitor 1 - Hoje o que Deus pede ao (PRECES) homem e à mulher é preservar o nos- Dirigente: Peçamos ao Senhor que o so planeta, cuidar e zelar por esta nossa Seu Espírito de ternura nos conduza casa comum e por tudo o que nela ha- nesta Quaresma, nos purifique e nos bita com a mesma paixão amorosa de renove em seu amor, por isso peçamos: Deus Criador, em vista da felicidade Todos: Senhor, unja nossos olhos e li- de todas as pessoas e de todos os ser- vre-nos da cegueira. res vivos. Com Deus e com a força de seu Espírito, nós, homens e mulheres, ● Senhor, que sejamos humildes e li- temos a graça de continuar Sua obra vres de preconceitos. Que o Senhor criadora, lutando contra todos os males venha ao nosso encontro e abra nossos que ameaçam a vida do planeta, contra olhos. a violência presente em todas as pági- ● Que as autoridades de nosso tempo nas da história humana. não sejam cegas ao clamor do povo e 33
  • 35. Leitor 2 - Devemos convocar a de parto, todos(as) para, num mutirão global, Para que possa renascer segundo o vos- aprender com os povos nativos e suas so plano de amor, culturas como viver de maneira frater- Por meio da nossa mudança de mentali- na, em sociedade e com a natureza, e dade e de atitudes. que seus valores, suas histórias e seus mitos nos inspirem a viver religiosa- E, assim, como Maria, que meditava a mente, ou seja, re-ligando tudo o que vossa Palavra e a fazia vida, é vivo numa grande harmonia, reflexo Também nós, movidos pelos princípios terreno da nossa fé profunda na Criação do Evangelho, Divina. Possamos celebrar na Páscoa do vosso Filho, nosso Senhor, Leitor 3 - Mas não podemos cair no O ressurgimento do vosso projeto para engano de pensar que a bênção (Gn 1, todo o mundo. 22.28; 2,3) que Deus dá ao ser humano, Amém. de “dominar e submeter a terra” (Gn 1, 28), significa que nós podemos fazer 12. AVISOS / COMEMORAÇÕES com a natureza tudo o que quisermos. A (aniversário, nascimento, acolhida de expressão “dominar” poderá ser tradu- gente nova...) zida também por “governar”, “cuidar”, ● Evangelho de domingo que vem: “preservar”, “conviver”. Isso não é au- João 11, 1-45 torização para grilar terras, devastar o Não se esqueça: traga a Bíblia no pró- ambiente, poluir as águas, matar os ani- ximo encontro. Prepare-se, marcando o mais sem alguma razão, causar a morte. texto do Evangelho e lendo-o até o dia “Dominar a terra” também não signifi- em que nos reuniremos ca concentrar riquezas e fazer violência ● Marcar o próximo encontro e anotar à criação. no início do subsídio. Oração da CF 2011 ● Outros... Senhor Deus, nosso Pai e Criador. A beleza do universo revela a vossa 13. BÊNÇÃO grandeza, Dirigente: Que o Deus da paz nos faça A sabedoria e o amor com que fizestes capazes de cumprir sua vontade, fazen- todas as coisas, do tudo que é bom, agora e para sem- E o eterno amor que tender por todos nós. pre. Amém! Pecadores que somos, não respeitamos Dirigente: Louvado seja nosso Senhor a vossa obra, Jesus Cristo! E o que era para ser garantia da vida Todos: Para sempre seja louvado! está se tornando ameaça. A beleza está sendo mudada em devastação, Canto Final: Hino da CF 2011 E a morte mostra a sua presença no nos- 1. Olha, meu povo, este planeta terra: so planeta. Das criaturas todas, a mais linda! Que nesta quaresma nos convertamos Eu a plasmei com todo amor materno, E vejamos que a criação geme em dores Pra ser um berço de aconchego e vida. (Gn 1) 34
  • 36. Nossa mãe terra, Senhor, 4. Olha as florestas: pulmão verde e forte! Geme de dor noite e dia. Sente esse ar que te entreguei tão puro... Será de parto essa dor? Agora, gases disseminam morte; Ou simplesmente agonia?! O aquecimento queima o teu futuro. Vai depender só de nós! Vai depender só de nós! 5. Contempla os rios que agonizam tristes. Não te incomoda poluir assim?! 2. A terra é mãe, é criatura viva; Vê: tanta espécie já não mais existe! Também respira, se alimenta e sofre. Por mais cuidado implora esse jardim! É de respeito que ela mais precisa! Sem teu cuidado ela agoniza e morre. 6. A humanidade anseia nova terra. (2Pd 3,13) De dores geme toda a criação. (Rm 8,22) 3. Vê, nesta terra, os teus irmãos. São tantos... Transforma em Páscoa as dores dessa espera, Que a fome mata e a miséria humilha. Quero essa terra em plena gestação! Eu sonho ver um mundo mais humano, Sem tanto lucro e muito mais partilha! Sacolas Plásticas 80% das sacolas produzidas e distribuídas no Brasil viram sacolas para lixo doméstico e vão parar em aterros sanitários; A matéria-prima usada para a fabricação da sacola plástica hoje é o polietileno, feito a partir do petróleo substância não renovável e sua degradação no ambiente pode levar séculos; A decomposição do plástico libera gás carbônico um dos gases causadores do efeito estufa; Quando incinerados (queimados) liberam toxinas extremamente perigosas à saúde. Existem várias maneiras de amenizar o impacto dessas sacolinhas plásticas. A conscientização das pessoas é o primeiro passo. Outra idéia é aos poucos substituir as sacolas plásticas descartáveis, ou por sacolas realmente biodegradáveis ou por sacolas não descartáveis (de pano). Leve uma sacola própria para fazer suas compras. Se a quantidade de compras for muito grande, peça no supermercado caixas de papelão para transportar as compras. É preciso uma mudança nos nossos hábitos de pegar sacolinhas para tudo o que compramos. Se não aceitarmos os comerciantes não irão mais utilizá-las. Fonte: http://mairiporasempreverde.blogspot.com d bl t 35
  • 37. 10 Encontro “Cristo, ressurreição 04 a 10 de Abril para nossa vida” converterá em novo, em novo cora- ção. 1- Tirarei de vosso peito Vosso coração de pedra, No lugar colocarei novo Coração de carne. 2- Dentro em vós eu plantarei, Plantarei o meu espírito: Amareis os meus preceitos, Seguireis o meu amor. 3- Dentre todas as nações, Com amor vos tirarei, Qual pastor vos guiarei, Para a terra, a vossa pátria. 4- Esta terra habitareis: Foi presente a vossos pais E sereis sempre o meu povo, Eu serei o vosso Deus. 1. CHEGADA: Silêncio – oração pessoal 5. SALMO 130 (rezado ou cantado) 2. ABERTURA (dirigente) Dirigente: “Ele salvará o seu povo dos - Vem, ó Deus da vida, vem nos ajudar! seus pecados” (Mt 1,21). Na fraqueza da nossa condição humana, e conscien- Vem, não demores mais, vem nos libertar. tes de que somos pecadores, peçamos - Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo ao Senhor que nos perdoe e nos renove Espírito. com a sua salvação. Gloria à Trindade Santa, glória ao Refrão: Confia minh’a alma no Senhor, Deus bendito. Nele está minha esperança. - Em nome de Cristo, eu insisto, irmãos, Que vocês não recebam Sua graça em vão! Das profundezas, Senhor, clamo a ti: - Ao Senhor voltemos, bem de coração, Escuta a minha voz! Que ele nos converta pelo Seu perdão! Atento se façam teus ouvidos Ao clamor da minha prece. 3. RECORDAÇÃO DA VIDA Recordação da semana Se reténs os pecados, Senhor, Quem poderá subsistir? 4. HINO: O VOSSO CORAÇÃO DE Mas em ti se encontra o perdão: PEDRA (rezado ou cantado) Eu temo e espero. Refrão: O vosso coração de pedra se 36