O slideshow foi denunciado.

Gestão de Conteúdos com Aplicações Instaladas em Servidores

515 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Gestão de Conteúdos com Aplicações Instaladas em Servidores

  1. 1. Ciências e Tecnologias da Documentação e Informação 3º ano – Aplicações Informáticas Doutor Lino Oliveira 2012/2013Gestão de Conteúdos comAplicações Instaladas em Servidores Trabalho realizado por: Ana Santos, 9100478 Cristiana Costa, 9090330 Maria Munteanu, 9100022 Grupo 2
  2. 2. 2Sumário  PLEfolio  E-portfolio  LMS  PLE  Mahara  Moodle  Funcionalidades  Instalação  Integração  Sugestões de melhoria do guião  Ambientes PLEfolio  Conclusão  Referências
  3. 3. 3Introdução No âmbito da unidade curricular de Aplicações Informáticas, foi proposta a realização de um trabalho, cujo tema é Gestão de Conteúdos com Aplicações instaladas em Servidores.A metodologia utilizada foi a pesquisa em repositórios e em bibliotecas digitais.
  4. 4. 4PLEfolio (1/2) Segundo Oliveira (2011, p. 133) um PLEfolio permite a integração de PLE, e-portfolio e LMS e a interação do estudante com colegas e docentes. Fonte: http://repositorio.uportu.pt/dspace/handle/123456789/619
  5. 5. 5PLEfolio (2/2) “O modelo PLEfolio prevê também funcionalidades de construção e gestão do CV, permitindo a criação de vistas específicas do CV em função dos potenciais empregadores, contendo o suporte documental de elemento do e-portfolio ou de conteúdos adicionais.” [1] [1] Fonte: http://repositorio.uportu.pt/dspace/handle/123456789/619
  6. 6. 6 Os portefólios eletrónicos possuem várias funcionalidades que poderão ser úteis no contexto educativo. Para os estudantes os portefólios eletrónicos permitem colecionar trabalhos, partilhar experiências educacionais, criar o seu curriculum vitae e partilhar documentos, imagens, páginas web, etc. Para os professores os portefólios eletrónicos permitem criar projetos, comentar e avaliar os trabalhos de alunos, criar portefólios de ensino e projetos em conjunto com outros professores.
  7. 7. 7 Os Sistemas de Gestão de Aprendizagem permitem vários serviços e ferramentas tais como:  administração e gestão;  interação entre os alunos e os professores através de comunicação síncrona e assíncrona;  partilha de vídeos, áudio, fotos, etc.  compatibilidade.
  8. 8. 8 Os PLEs podem ser muito úteis no reconhecimento de competências académicas. Um PLE é constituído por “funcionalidade de gestão de conteúdos, integrando interesses pessoais e profissionais (…), um sistema de perfis para estabelecer conexões; um espaço de trabalho simultaneamente colaborativo e individual; um sistema de comunicação multi-formato; todas estas funcionalidades ligadas através de uma série de feeds distribuídas e sindicadas (…).” [2] Deste modo, um utilizador de PLE poderia selecionar conteúdos que evidenciassem o seu conhecimento ou artefactos, de forma a assegurar o seu domínio em determinada área do conhecimento. [2] Fonte: https://repositorioaberto.uab.pt/handle/10400.2/1381
  9. 9. 9 (1/3) Criado em 2006, o projeto Mahara é o resultado da colaboração entre a Universidade de Massey, Universidade de Tecnologia de Auckland, o "Open Polytechnic" da Nova Zelândia, e a Universidade Victoria, de Wellington. O Mahara é uma solução completa de portefólio eletrónico. É um sistema open-source de e-portfolio flexível. Mahara, que significa "pensar" ou "pensamento", é um ambiente centrado no utilizador com edição de permissões que torna possíveis diferentes visões do mesmo.
  10. 10. 10 (2/3)O Mahara é vocacionado para disponibilizar aos seus utilizadores as ferramentas necessárias para que possam demonstrar a determinadas audiências, o que aprenderam ao longo da vida, as suas capacidades, os seus trabalhos e os seus interesses.
  11. 11. 11 (3/3) As vantagens da utilização do Mahara são:  formação de grupos de interesse e aprendizagem para a discussão e partilha de informação;  realização de projetos de trabalho colaborativos;  criação do CV em diferentes multimédias para diferentes aplicações de trabalho;  podemos reunir diferentes aspetos da aprendizagem online num único local;  é um histórico da nossa aprendizagem.
  12. 12. 12 (1/4) Moodle (Modular Object – Oriented Dynamic Learning Environment) é uma plataforma de ensino de aprendizagem, criada em 2001 por Martin Dougiamas. Esta plataforma é “difundida em Open Source na distribuição e desenvolvimento, construído, com uma arquitectura pensada, com o objectivo de dar suporte a uma abordagem social do ensino (…).” [3] [3] Fonte: http://ria.ua.pt/handle/10773/7850
  13. 13. 13 (2/4) As características do moodle são:  fácil instalação;  interface de navegação simples e intuitivo;  disponibilização de conteúdos em diferentes formatos;  disponibilização de ferramentas de comunicação assíncrona (ex: fóruns) ou síncrona (ex: chat);  acesso protegido e gestão de perfis de utilizador;  sistemas de controlo de atividades.
  14. 14. 14 (3/4) O moodle apresenta:  uma organização básica,  divide-se em quatro categorias com privilégios e variadas funções, tais como:  Administrador,  Professor,  Aluno,  Visitante.
  15. 15. 15 (4/4) Os pontos fortes do Moodle, quando utilizado para o ensino são:  aumento da motivação dos alunos;  maior facilidade na produção e distribuição de conteúdos;  partilha de conteúdos entre instituições;  gestão total do ambiente virtual de aprendizagem;  realização de avaliações de alunos;  suporte tecnológico para a disponibilização de conteúdos de acordo um modelo pedagógico e design institucional;  controlo de acesso e atribuições de notas. [4] [4] Fonte: http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/9428
  16. 16. 16Funcionalidades (1/3) “Disponibilização de uma página de perfil, podendo ser personalizada pelo utilizador, com a informação que este achar pertinente; Permitir a integração em redes sociais através da rede; Possibilitar a comunicação com mensagens internas e um chat online; Possibilitar “discussões” quer no perfil ou nos grupos; Criação de blogues a título pessoal;” Fonte: http://repositorio.uportu.pt/dspace/handle/123456789/619
  17. 17. 17Funcionalidades (2/3) “Agregação RSS; Possibilidade de fazer o carregamento de vários ficheiros de uma vez, no espaço pessoal ou de um grupo, onde podemos associar uma descrição e editar os direitos de autor subjacentes; Criação de wikis por agregação do moodle; Microblogue através de integração com o twitter; Criação de eventos por agregação ao moodle; Permissões de privacidade por utilizador.” Fonte: http://repositorio.uportu.pt/dspace/handle/123456789/619
  18. 18. 18Funcionalidades (3/3) Para além destas funcionalidades identificadas também permite:  Construção e edição de curriculum vitae;  Partilha de experiências;  Evidenciar os interesses do utilizador;  Administração;  Interface com o Moodle, escalabilidade, segurança, interoperabilidade, contactos, etc.
  19. 19. 19Instalação (1/3) Versões utilizadas:  XAMPP 1.8.1  Mahara 1.6.2  Moodle 2.4
  20. 20. 20Instalação (2/3) - Erros Cópia: “…46.dll” da pasta php (C:xamppphp) para a pasta xampp-apache-bin (C:xamppxampp-apache-bin).
  21. 21. 21Instalação (3/3) - ErrosA seguinte dificuldade foi na criação de bases de dados em phpmyadmin (http://localhost/phpmyadmin). Para corrigir o erro reiniciou-se o computador. Depois de reiniciar já foi possível criar as bases de dados normalmente.
  22. 22. 22Integração Um dos pontos do enunciado do trabalho é a integração do Moodle com o Mahara. A integração com o Moodle pode ser feita por transferência de conteúdos entre o Moodle e o PLEfolio e pelo mecanismo de partilha de autenticação (SSO). O grupo conseguiu fazer uma parte possível da integração através de RSS. Os fóruns da disciplina AI do Moodle foram inseridos através de RSS na página AI do Grupo CTDI no Mahara.
  23. 23. 23Integração - Moodle
  24. 24. 24Integração – Moodle - RSS
  25. 25. 25Sugestões de melhoria do guião O guião de instalação disponibilizado para auxiliar na instalação das aplicações foi uma mais-valia. Algumas sugestões para o mesmo são:  apresentar os erros mais comuns que surgem durante a instalação assim como as suas soluções, pois facilitaria a instalação e configuração.  Outra sugestão era apresentar print screen ou em vídeo do processo de instalação.
  26. 26. 26Ambientes PLEfolio (1/2)
  27. 27. 27Ambientes PLEfolio (2/2)
  28. 28. 28Conclusão (1/2) Na era global das tecnologias de informação faz todo o sentido os alunos desenvolverem um e-portfolio na medida em que o desenvolvimento tecnológico e os conteúdos multimédia na web estão em forte expansão. É fundamental os alunos saberem desenvolver o seu ambiente de PLEfolio e saber expor as suas características mais positivas para aquilo a que se pretende, como candidaturas a emprego ou formação.
  29. 29. 29Conclusão (2/2) O Moodle constitui uma boa ferramenta para o processo de ensino e aprendizagem, quer como ferramenta de apoio às aulas presenciais quer como ensino a distância. O facto de nenhum elemento do grupo conhecer na prática a ferramenta Mahara obrigou à sua exploração o que foi necessário dedicar muito tempo a testar as suas funcionalidades, como o Moodle é o LMS utilizado na ESEIG, todos os elementos do grupo estão familiarizados quer com as suas funcionalidades quer com o seu interface.
  30. 30. 30Referências Imagem capa: http://www.ptprime.pt/SERVICOSESOLUCOES/AreasDeActuacao/Pages/detalheproduto.aspx?FAMID=19&CLASSID=3&CATID=0&ProdID =340 Imagem PLEfolio (2): http://www.marketingpessoal.net.br/dicas-cadastrar-curriculo-internet/ Imagem e-portfolio: http://tutoronline09.wordpress.com/2009/08/ Imagem LMS: http://web.mit.edu/edtech/casestudies/lms.html Imagem: PLE: http://blog.arvixe.com/what-is-a-personal-learning-environment/ Imagem Mahara: https://wiki.mahara.org/index.php/Marketing Imagem Moodle: http://moodle.org/ Imagem Moodle (3): http://moodle.pgcps.org/login/index.php Imagem instalação: https://moodle.org/ Imagem integração: https://wiki.mahara.org/index.php/System_Administrators_Guide/Moodle//Mahara_Integration Imagem sugestões: http://www.fijo.com.pt/sugestoes.php
  31. 31. 31Obrigada! ana.filipa.santos@eu.ipp.pt cristiana.costa@eu.ipp.pt mmunteanu@eu.ipp.pt ai1213-g2.wikispaces.com

×