Meninges e liquor

19.324 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.324
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
121
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
237
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Meninges e liquor

  1. 1. Instituto de educação profissional carvalho monteiro Sistema NervosoCurso Técnico de enfermagem turma:tc21Trabalho realizado em grupo alunas: Luciana,Michele e BrunaSolicitado pela professora: Fabiana borges Materia:anatomia
  2. 2. IntroduçãoNesse trabalho vamos procura identificar num ponto de vista anatômico,o que vem a ser meninges e liquortratando de um assunto muito delicado e que para nos tende a ser muito utilizado nos próximos anos,porque se tratando de enfermagem todo conhecimento e pouco
  3. 3. meningesO SNC é envolvido por membranas conjuntivas denominadas meninges, classificadas em:*Dura-máter superficial*Aracnóide*Pia-máter ProfundoAs meninges são formadas a partir do tecidoconjuntivo denso e frouxo e revertem o encéfalo otronco encefálico e a medula espinhalSão denominadas da mas superficial a mas profunda
  4. 4. Divisão e funções:Divisão: mais superficial, espessa e Paquimeninge dura-máter resistente, rica em fibras colágenas contendo vasos e nervos. aracnoide e no embrião Leptomeninges constituem uma pia-máter única camada. Funções: proteção contra impactos, bem como suporte estrutural do tecido nervoso.
  5. 5. É a meninge mais externaTecido conjuntivo densoRevestimento por epitélio pavimentoso simplesface inferior (encéfalo) - contínuo com o periósteoface inferior e superior (medula espinhal) espaço peridural ou epiduralDura-máter espinhal: possui um folheto.Dura-máter encefálica: possui dois folhetosDivisão:Folheto externo (periosteal): adere-se intimamente aos ossosdo crânio e comporta-se como periósteo deste ossoFolheto interno (meníngeo) : difere da espinhal por serformada por dois folhetos *DURA-MÁTER
  6. 6. Dura-máter:meninge mais externa formada por TecidoConjuntivo Denso com abundantesfibras colágenas, envolvendo a medula
  7. 7. É a meninge intermediária2 partes – –membranosa / travesEspaço subaracnoideo – líquido cefalorraquidianoEpitélio pavimentoso simplesAvascular e Ausência de vasos linfáticosVilosidades da aracnoide – expansões dilatadas ecegas que perfuram a dura-máter (líquido sangue)membrana muito delicada, justaposta a dura-máter, da qual se separa por um espaço virtual(saburral) contendo pequena quantidade de liquorSepara-se da pia-máter pelo espaçosubaracnóideo, que contém o LCR ou liquor. *ARACNÓIDE
  8. 8. Aracnoide – dispõe-se entre a dura-máter e a pia-máter
  9. 9. é a mais interna das meninges, aderindo-seintimamente à superfície do encéfalo, descendo até ofundo dos sulcos cerebrais, dá consistência aos órgãosnervosos.Espaços perivasculares - a pia-máter acompanha osvasos (oriundos do espaço subaracnóideo) que penetramno tecido nervoso, formando a parede externa dosespaços perivasculares, os quais contém LCR, funcionando como um manguito protetor em torno dosvasos, amortecendo o efeito da pulsação das artériassobre o tecido circunvizinho. Terminam por fusão dapia-máter com a adventícia do vaso. *PIA MÁTER
  10. 10. Pia-máter– é a meninge mais delicada e maisinterna, adere ao tecido nervoso da superfície da medula
  11. 11. Na medula espinhal:em virtude da aderência da dura-máter aosossos do crânio, não existe espaço epidural. No encéfalo:subdural - espaço virtual contendo pequenovolume de LCR subaracnóideo - contém o líquido cérebro-espinhal, havendo amplacomunicação entre o espaço subaracnoídeodo encéfalo e da medula espinhal
  12. 12. dor de cabeça (cefaléia);febre alta e vômitos;fotofobia;Irritabilidade, delírio e convulsões;Rigidez danuca, ombro ou das costas;Aparecimento de petéquias(geralmente nas pernas), podendo evoluir até grandes lesõesequimóticas ou purpúreas;Resistência à flexão do pescoço.
  13. 13. É um liquido incolor e transparente,e produzidopelos plexos coroides que ocupa o espaçosubaracnóideo e as cavidades ventriculares.Sua função é de proteção,nutrição e remoção:protege medula espinhal e cérebroNutrir com oxigênio,glicose e outras substanciasRemove os resíduos e substancias toxicasEntre as suas diferentes funções, a principal éproteger mecanicamente o tecido cerebral.Além disso, atua como um lubrificante, evitandoatrito com o crânio, realiza a coleta deresíduos, faz circularem nutrientes e varia suaprodução de acordo com a pressão intracraniana. *LCR ou LÍQUOR
  14. 14. Absorção no sangue, e de 4 - 6 vezes ataxa de formação.Volume:adulto e de 100 a 150mlRecém-nascido e de 10 a 60mlO volume de liquor e constante, pois eabsorvido tão rapidamente quanto eformado o liquor circula pelo espaçosubaracnoideo,em torno do encéfalo eda medula espinhal *Absorção e volume
  15. 15. conclusão *"...Ao longo do trabalho podemos observar que na anatomia as meninges tem um papel importante de proteger o sistema nervoso central assim como o LCR proteger a medula espinhal e o encéfalo.podemos então compreender que o “sistema nervoso” e constituído por um tecido delicado e frágil,deste modo requer uma proteção extremamente resistente e eficaz,proteção fornecida pelas chamadas meninges e liquor”Referencias e bibliografias:http://www.auladeanatomia.com/neurologia/liquor.htm

×