Legislaçao de como abrir um ginásio

12.233 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.233
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
148
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Legislaçao de como abrir um ginásio

  1. 1. LEGISLAÇAO DE COMO ABRIR UM GINÁSIO OU UM HEALTH CLUB
  2. 2. DEFINIÇÃO:  Ginásio- são espaços onde é possível encontrar salas com máquinas cardiovasculares (bicicletas, passadeiras, elípticas), máquinas de musculação, tonificação e pesos livres.  Health club- espaços que integram aulas de ginástica em grupo, zonas de água (com piscinas, jacuzzi, sauna e banho turco) e ainda uma série de serviços adicionais como restauração, bar, cabeleireiro, estética, creche e estacionamento.
  3. 3. REQUISITOS A abertura e funcionamento das instalações desportivas de ginásio e health club só podem ocorrer após emissão pela câmara municipal territorialmente competente do despacho de autorização de utilização do prédio ou fração onde se pretendem abrir as instalações desportivas e depende da comunicação prévia da entidade exploradora à câmara municipal.
  4. 4. INSTALAÇÃO INDEPENDENTE VS FRANCHISE  Deverá pesar devidamente os prós e contras de acordo com os seus desejos, necessidades e possibilidades. Uma instalação independente pode oferecer mais liberdade/flexibilidade, mas não parte com reconhecimento de marca. Por outro lado, o franchise oferece um maior suporte de apoio ao franchisado, mas tem vários custos relacionados com a infraestrutura.
  5. 5. ESTABELECER SERVIÇOS OFERECIDOS  Analise, avalie e escolha os serviços que o seu ginásio irá oferecer – levando em conta que existem várias especializações possíveis, entre reabilitação, perda de peso, fortalecimento muscular, contemplando ainda as possíveis ofertas de personal training, SPA, serviços de nutricionismo, loja, alimentação, entre outros. Na seleção dos serviços oferecidos, deverá levar em conta o público alvo do seu ginásio, e também os custos envolvidos na compra e manutenção dos equipamentos e/ou das aulas confluentes com a(s) especialidade(s) praticada(s).  Poderá considerar a inclusão de um ponto de diferenciação entre o seu projeto e os restantes – no caso dos ginásios Pump, a política aplicada é a de um “ginásio low-cost”.
  6. 6. PLANO DE NEGÓCIOS  Desenvolva um plano de negócios de 8 a 10 anos com especial enfoque nas informações sobre: filosofia de projeto, análise de concorrência, orçamento, área de atuação, pessoal, requisitos, projeções de lucro.
  7. 7. PLANO DE MARKETING  Aposte num plano de Marketing simples mas exaustivo, tendo como objetivo máximo a conquista de clientes e a promoção do ponto de diferenciação que o seu ginásio terá a oferecer – no caso do Pump, grande parte da Comunicação baseia-se na política dos preços mais acessíveis e na ausência de necessidade de fidelização. A incluir no plano: análise diagnóstica, análise SWOT, definição de objetivos, opções estratégicas, marketing-mix e plano financeiro detalhado.
  8. 8. LICENCIAMENTO  Entre as especificações encontradas no processo de abertura de um ginásio as mais importantes e destacadas pelos fundadores do Pump são: Licença de autorização de utilização do espaço para instalação desportiva, Licença para utilização de música nas salas de aula/treino e similares e o Certificado de formação do Diretor Técnico.  Todos os ginásios ou centros de atividade física são ainda obrigados a disponibilizar livro de reclamações e a exibir um sinal certificado de antitabagismo.
  9. 9. LEGISLAÇÃO  Os requisitos mínimos de organização e funcionamento, bem como as especificações técnicas de uma instalação desportiva de uso público estão dispostos no Decreto-Lei nº 141/2009 de 16 de junho.  Segundo o sistema de classificação das atividades económicas (CAE), o código para as atividades de ginásio (fitness) é CAE: 9313.
  10. 10. LEGISLAÇÃO Nº+ Diploma Legal Assunto Observação 1 DLR nº 12/96/M de 6 de julho Regime de constituição e funcionamento dos ginásios de manutenção e instalações similares da RAM. Aplica-se na RAM 2 Portaria nº13/2000, de 29 de fevereiro Vem regulamentar o DLR nº 12/96/M de 6 de julho. Aplica-se na RAM 3 DLR nº 37/06/M, de 18 de agosto Vem o DLR nº 37/06/M de 18 de agosto adaptar à RAM o DL nº 555/99 de 16 de dezembro. Aplica-se na RAM 4 Decreto - Lei nº 555/99 de 16 de Dezembro (já com 10 alterações) Regime jurídico da urbanização e da edificação 5 Decreto - Lei n.º 163/2006 de 8 de agosto Regime jurídico da acessibilidade 6 Decreto - Lei nº 141/2009 de 16 de junho Estabelece o regime jurídico das instalações desportivas de uso público 7 Decreto - Lei nº 271/2009 de 1 de outubro Estabelece a responsabilidade técnica pela direção das atividades físicas e desportivas desenvolvidas nas instalações desportivas 8 Lei n.º 28/2010, de 02/09 10ª alteração ao DL 555/99 de 16 de dezembro Aplica-se na RAM (art.º 24)
  11. 11. SEGURO  Obriga-se a todos os ginásios à prestação de garantia de Seguros de Acidentes Pessoais e Responsabilidade Civil, que cubram os riscos decorrentes da sua atividade.
  12. 12. EQUIPAMENTO DE GINÁSIO                 Selecione o equipamento do seu ginásio depois de determinar os serviços que irá oferecer. Na escolha das máquinas e instrumentos deverá levar em conta fatores como o preço, tecnologia e custos de manutenção. Devem ser considerados alguns dos principais equipamentos de ginásio: Passadeiras; Bicicletas estacionárias; Plataformas vibratórias; Aparelhos de musculação multifunções (braços, costas, pernas, peito); Remos; Extensores elásticos; Blocos de Step; Elípticas; Tapetes e colchões de ginásio; Barras, pesos e halteres; Bancos de musculação; Sistemas de cabos/polias Bolas de pilates/fitness; Bolas medicinais; Cordas.
  13. 13. REQUISITOS DE DIREÇÃO  Segundo o Decreto-Lei nº 141/2009 de 16 de junho, é obrigatório existir no ginásio um diretor técnico com grau de licenciado na área de Desporto ou da Educação Física.
  14. 14. DESPESAS DE INVESTIMENTO         Imóvel Equipamentos desportivos; Equipamentos informáticos; Contratação de serviços; Contratação de empregados; Instalação de sistema de ventilação; Documentação, legalização e licenciamento da empresa. Adicionalmente, os fundadores da Pump sugerem o estabelecimento de um limite de investimento de segurança – se o empreendimento ultrapassar um determinado valor de investimento ou manutenção, deverão sempre ser consideradas as opções de reestruturação do plano de negócios ou mesmo, no limite, no encerramento do espaço.
  15. 15. CUSTOS FIXOS Salários;  Renda de loja;  Pagamento de empréstimo (se for o caso);  Consumíveis (água, luz, internet, telefone);  Limpeza;  Contabilidade;  Manutenção de equipamentos. 
  16. 16. WEBGRAFIA  http://www.zonempresas.pt/criar-umaempresa/guias-praticos/Pages/como-abrir-umginasio.aspx  http://www.ideram.pt/CFE/Ficheiros/ActividadesCo merciais/Gin%C3%A1sios%20%20Health%20Clubs.pdf

×