Cancioneiro cópia

853 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
853
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cancioneiro cópia

  1. 1. CANCIONEIRO Ana margarida
  2. 2. Papagaio louro  Papagaio louro de bico dourado, lava- me esta carta ao meu namorado. Ele não é frade nem homem casado, é rapaz solteiro lindo como um cravo.
  3. 3. Joana come a papa  Come a papa, Joana come a papa Come a papa, Joana come a papa, Joana come a papa Um, dois, três, uma colher de cada vez Quatro, cinco, seis, era uma história de reis E uma colher de papa Come a papa,... Sete, oito, nove, ainda nada se resolve Dez, onze, doze, á espera que a mosca pouse E uma colher de papa Come a papa,... Treze, catorze e meia, a coisa não está tão feia Dezasseis, dezassete, mais um pingo no babete E uma colher de papa Come a papa,...
  4. 4. atirei o pau ao gato  atirei o pau ao gato to - to mas o gato to-to não morreu não morreu eu-eu dona chica ca-ca assustou- se se com o berro, com o berro que o gato deu - miau.
  5. 5. Eu vi um sapo  Tu viste um sapo, a encher o papo  Eu vi um sapo, um feio sapo  Ali na horta, com a boca torta,  Tu viste um sapo, um feio sapo  Tiveste medo, ou é segredo. Eu vi um sapo, com um guardanapo  Estava a papar, um bom jantar  Tu viste um sapo, com um guardanapo  E o que comia, e o que fazia. Eu vi um sapo, a encher o papo tudo comeu, nem ofereceu.  E o bicharoco, não te deu troco.  Eu vi um sapo, um grande sapo  Foi mal criado, fiquei zangado  Tu viste um sapo, um grande sapo  Deixa-lo lá estar, vamos brincar.  Eu vi um sapo.
  6. 6. Lá vai uma, lá vão duas  lá vai uma, lá vão duas, três pombinhas a voar, uma é minha, outra é tua, outra é de quem a apanhar. sete e sete, são catorze, com mais sete são vinte e um, tenho sete namorados, e não gosto de nenhum. lá vai uma, lá vão duas, três pombinhas a voar, uma é minha, outra é tua, outra é de quem a apanhar.
  7. 7. Eu mexo um dedo Eu mexo um dedo Digui di digui di Eu mexo o outro Digui di digui di Eu mexo os dois Digui di digui di Eu mexo os dois Digui di digui di Eu mexo uma mão Digui di digui di Eu mexo a outra Digui di digui d Eu mexo as duas Digui di digui di Eu mexo as duas Digui di digui di Eu mexo um braço Digui di digui di Eu mexo o outro Digui di digui di Eu mexo os dois Digui di digui di Eu mexo uma perna Digui di digui di Eu mexo a outra Digui di digui di Eu mexo as duas Digui di digui di Eu mexo as duas Digui di digui di digui di difundi di
  8. 8. Todos os patinhos Todos os patinhos sabem bem nadar, » (bis) Cabeça para baixo » rabinho para o ar. » (2x) 2. Quando estão cansados da água vão sair. » (bis) Depois, em grande fila, » p'rò ninho querem ir.
  9. 9. Minha machadinha  Ai, ai, ai, minha machadinha Ai, ai, ai, minha machadinha quem te pôs a mão, sabendo que és minha. quem te pôs a mão, sabendo que és minha. Sabendo que és minha, também eu sou tua, Sabendo que és minha, também eu sou tua, salta machadinha, para o meio da rua. salta machadinha, para o meio da rua. No meio da rua, não hei-de eu ficar No meio da rua, não hei-de eu ficar Hei-de ir à roda, buscar o meu par Hei-de ir à roda, buscar o meu par
  10. 10. Fui ao jardim da celeste  Fui ao jardim da Celeste, giroflé, giroflá, fui ao jardim da Celeste, giroflé, flé, flá. O que foste lá fazer? giroflé, giroflá, O que foste lá fazer? giroflé, flé, flá. Fui lá buscar uma rosa, giroflé, giroflá, Fui lá buscar uma rosa, giroflé, flé, flá. Para quem é essa rosa, giroflé, giroflá, Para quem é essa rosa, giroflé, flé, flá. É para a menina (Ana), giroflé, giroflá, É para a menina (Ana), giroflé, flé, flá. 
  11. 11. A barata diz que tem  A Barata diz que tem sete saias de filó É mentira da barata, ela tem é uma só Ah ra ra, ho ro ró, ela tem é uma só !  A Barata diz que tem um sapato de veludo É mentira da barata, o pé dela é peludo Ah ra ra, ho ró ró, o pé dela é peludo !  A Barata diz que tem um sapato de fivela É mentira da barata, o sapato é da mãe dela ah rá rá, oh ró ró, o sapato é da mãe dela  A Barata diz que tem uma cama de marfim É mentira da barata, ela tem é de capim Ah ra ra, ho ró ró, ela tem é de capim  A Barata diz que tem um anel de formatura É mentira da barata, ela tem é casca dura Ah ra ra , ho ró ró, ela tem é casca dura  A Barata diz que tem o cabelo cacheado É mentira da barata, ela tem coco raspado Ah ra ra, ho ró ró, ela tem coco raspado.
  12. 12. É tão bom dormir O dia lá fora vai-se espreguiçar...  O sol já se pôs... e a Lua está para chegar!!  Arruma agora os teus brinquedos e veste o teu Pijama!!  Lava a Cara, escova os dentes e salta já pra cama...  "Só á tempo pra uma historia que te vou aqui contar... era uma vez uma criança que se pôs a sonhar... Sonhava que era forte e ainda mais inteligente e quanto mais dormia mais se torna-va valente!"  É tão bom dormir, é tão bom sonhar!!  Por agora adormeço pra mais tarde acordar...  É tão bom dormir, é tão bom sonhaaaaaaarrrr!!  Boa noite... Vamos lá Descansar!!  É tão bom dormir, é tão bom sonhar!!  Por agora adormeço pra mais tarde acordar...  É tão bom dormir, é tão bom sonhaaaaaaarrrr!!  Boa noite... Vamos lá Descansar!!  BOA NOITE!!
  13. 13. Doidas andam as galinhas  Doidas, doidas, doidas andam as galinhas para pôr o ovo lá no buraquinho raspam, raspam, raspam p'ralisar a terra pica, picam, picam para fazer o ninho Arrebita a crista o galo vaidoso có-có-ró-có-có feito refilão e todo emproado com ar majestoso é o comandante deste batalhão.

×