Dpoc

12.780 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Saúde e medicina
0 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.780
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
113
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • É definida pela presença de obstrução e ou limitação do fluxo aéreo, devido a presença de bronquite crônica ou enfisema pulmonar.
  • Dpoc

    1. 1. DPOC Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
    2. 2. É definida como uma doença que diminui a capacidade para a respiração, pela obstrução crônica, mas parcialmente reversível <ul><li>Pode ser nos brônquios; e o estrago causado é a bronquite crônica. </li></ul><ul><li>No tecido do pulmão é o enfisema pulmonar </li></ul>
    3. 3. Causas ou fatores de riscos da DPOC <ul><li>Fumo: 80% são pacientes de origem tabagistas. </li></ul><ul><li>Poluição: em grandes cidades. </li></ul><ul><li>Ocupacional: exposição de inalação de produtos químicos e fuligens. </li></ul>
    4. 4. Diferença de asma e DPOC <ul><li>A asma costuma ser manifestada na infância. </li></ul><ul><li>A DOPC costuma ser manifestada depois dos 40 anos de idade </li></ul><ul><li>A asma é reversível, mas a DPOC não tem cura pode apenas minimizar e melhora a qualidade de vida dos pacientes </li></ul>
    5. 5. DPOC exame medico <ul><li>Unhas arroxeadas, dedos em baqueta de tambor, emagrecimento, atrofia da musculatura da perna </li></ul>
    6. 6. Enfisema pulmonar <ul><li>Dilatação irreversível distais ao bronquíolo terminal, onde ocorre a inativação alveolar. </li></ul><ul><li>Pode deformar desde ductos ate região alveolar. </li></ul><ul><li>Características de tórax em tonel, paciente enfisema toso é longilineo, face rosada pelo recrutamento de alvéolos bons. </li></ul><ul><li>Faixa etária acima dos 40 anos </li></ul><ul><li>Sintomas : dispnéia intensa, sibilos expiratórios e broncoespasmo </li></ul>
    7. 7. Bronquite pulmonar <ul><li>Consiste na inflamação dos brônquios com hipertrofia da parede muscular lisa. Caracterizado por grande produção de secreção. </li></ul><ul><li>Caracteristica do paciente é de mais peso, face acinzentada e baqueteamento digital. </li></ul>
    8. 8. Tratamento Fisioterápico <ul><li>Aumentar a ventilação alveolar </li></ul><ul><li>Normalizar ou melhorar a capacidade pulmonar </li></ul><ul><li>Ensinar controlar a respiração </li></ul><ul><li>Mobilizar o tórax. </li></ul><ul><li>Aumentar a capacidade de expectoração </li></ul>
    9. 9. Tratamento Fisioterápico <ul><li>Aumentar a ventilação alveolar </li></ul><ul><li>Normalizar ou melhorar a capacidade pulmonar </li></ul><ul><li>Ensinar controlar a respiração </li></ul><ul><li>Mobilizar o tórax. </li></ul><ul><li>Aumentar a capacidade de expectoração </li></ul>
    10. 10. Conduta fisioterapeutica <ul><li>Ausculta pulmonar </li></ul><ul><li>Alongamento de diafragma </li></ul><ul><li>Reeducação diafragmatica </li></ul><ul><li>Aerossolterapia ( fluidificação da secreção) </li></ul><ul><li>Deslocamento da secreção: percussão tapotagem e vibração. </li></ul>
    11. 11. Classificação da gravidade da DPOC <ul><li>I Leve>80%Leves ou ausentes </li></ul><ul><li>II Moderada50% - 80%Falta de ar aos esforços físicos </li></ul><ul><li>III Grave30% – 50%Falta de ar para atividades diárias </li></ul><ul><li>IV Muito grave<30%Falta de ar em repouso </li></ul>
    12. 12. tuberculose <ul><li>Infecção por bacilo Mycobacterium tuberculosis </li></ul>
    13. 13. O bacilo <ul><li>Descoberto por Robert Koch 1882 </li></ul><ul><li>Espécie aeróbica que se multiplica no interior de células fagocitárias. </li></ul><ul><li>Reprodução de 14 a 20 h. </li></ul>
    14. 14. Transmissão <ul><li>Via inalatoria </li></ul><ul><li>Fase de contagio: doente não tratado e primeiras semanas de contagio. </li></ul>
    15. 15. Fatores que facilitam o contagio <ul><li>Confinamentos em asilos, presídios e quartéis. </li></ul><ul><li>Profissional da saúde. </li></ul><ul><li>Criança prematura. </li></ul><ul><li>Idade avançada. </li></ul><ul><li>Desnutrição. </li></ul><ul><li>Doenças: tumores, diabetes, HIV ( 25% dos casos </li></ul>
    16. 16. Diagnostico clinico <ul><li>Laboratorial: exame direto: pesquisa de BAAR, amostras de secreção </li></ul>
    17. 17. Tratamento fisioterápico na tuberculose <ul><li>Objetivo é prevenir o acumulo de secreção nas vias aéreas, reeducarem a respiração,tornam a tosse benéfica e eficaz na eliminação de secreções </li></ul>
    18. 18. tuberculose <ul><li>Infecçao por bacilo Mycobacterium tuberculosis – Koch </li></ul><ul><li>Em 95% dos casos atingem pulmão </li></ul><ul><li>Doença relaciona com condições socioeconômicas </li></ul>

    ×