Baixa idade média

4.280 visualizações

Publicada em

aula sobre baixa idade média

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.280
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
44
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
126
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Baixa idade média

  1. 1. Baixa Idade Média Séc. X - XV
  2. 2. Um novo contexto Histórico <ul><li>Séc. X </li></ul><ul><ul><li>Fim das invasões bárbaras </li></ul></ul><ul><ul><li>Novas técnicas de produção agrícola (moinho hidráulico, atrelagem peitoral e rotação de culturas) </li></ul></ul><ul><ul><li>Melhoria do clima europeu </li></ul></ul><ul><ul><li>Crescimento demográfico </li></ul></ul><ul><ul><li>Ampliação das áreas agricultáveis (desmatamento das florestas silvestres) </li></ul></ul><ul><ul><li>Excedente demográfico e de produção </li></ul></ul>
  3. 4. O expansionismo cristão ocidental <ul><li>Cruzadas </li></ul><ul><li>Reconquista </li></ul><ul><li>Reabertura do mediterrâneo </li></ul>
  4. 5. Cruzadas <ul><li>1095 – Papa Urbano II (concílio de Clemont). “...tomai o caminho do Santo Sepulcro...” (Guerra Santa) </li></ul><ul><li>Formação de expedições militares. </li></ul><ul><li>3 primeiras cruzadas voltaram-se para a Terra Santa. </li></ul><ul><li>A partir da 4 Cruzada o interesse torna-se predominantemente comercial. </li></ul>
  5. 8. Consequências das Cruzadas <ul><li>Criação de entrepostos comerciais entre a Europa e o Oriente. </li></ul><ul><li>Gênova e Veneza tornam-se os principais centros comerciais da Europa. </li></ul><ul><li>Rotas marítimas e terrestres de comércio europeu. </li></ul><ul><li>As especiarias do Oriente. </li></ul>
  6. 10. O Renascimento Comercial e Urbano <ul><li>As rotas marítimas </li></ul><ul><ul><li>Marcelha, Lisboa, Flandres. </li></ul></ul><ul><ul><li>Liga Hanseática </li></ul></ul><ul><li>As rotas terrestres </li></ul><ul><ul><li>Os burgos </li></ul></ul><ul><ul><li>A rota de Champagne </li></ul></ul><ul><ul><li>As feiras medievais </li></ul></ul>
  7. 14. Transformações sociais <ul><li>O surgimento da burguesia </li></ul><ul><li>O retorno da vida urbana </li></ul><ul><li>As organizações burguesas </li></ul><ul><ul><li>Guildas </li></ul></ul><ul><ul><li>Corporações de Ofício </li></ul></ul><ul><ul><li>Hansas </li></ul></ul><ul><ul><li>Bancos </li></ul></ul><ul><ul><li>As cartas de franquia e as comunas </li></ul></ul>
  8. 18. As transformações culturais <ul><li>Alta Idade Média (séc.V-X) </li></ul><ul><ul><ul><li>Românico </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Patrística </li></ul></ul></ul><ul><li>Baixa Idade média (séc. X – XV) </li></ul><ul><ul><ul><li>Gótico </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Escolástica </li></ul></ul></ul>

×