SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 86
Baixar para ler offline
Apresentação da linha de instrumentação
Slide Mestre
Yokogawa América do Sul maxwel.watanabe@br.yokogawa.com
Yokogawa América do Sul
Engenharia de Aplicações – PCI
Maxwel Watanabe
maxwel.watanabe@br.yokogawa.com
Não é possível exibir esta imagem no momento. Não é possível exibir esta imagem no momento.
Vnet
HIS
• Instrumentação de Campo
Transmissor de Pressão
DPharp EJX
Medidor de Vazão Vortex
YEWFLO
Medidor de Vazão Magnético
ADMAG AXF
Medidor de Vazão Magnético
ADMAG AXR
Posicionador
de Válvula
Processos & Controle
Medidor de Vazâo Coriolis
Rotamass
Transmissor de Pressão Diferencial
DPharp EJA
Transmissor multivariável
EJX 910A
PA DP
Transmissor de Temperatura
YTA
TRANSMISSORES DE PRESSÃO - EJA
YOKOGAWA
Analógico
Digital
Analógico
UNI⊿
DPharp EJ
DPharp
EJA
E10
DPharp
EJX
P10
Analógico
YA11
Histórico da Tecnologia (Medição de Pressão)
EJX
910
Wireless
Balanço de Força
Capacitivo
Piezo resistivo
Silicio Ressonante
1970’s 1980’s 1990’s 2000’s1960’s 2010’s
highaccuracyresonantpressure
DPharp
EJX
2010
1970’s 1980’s 1990’s 2000’s
YOKOGAWA
Concorrente
Concorrente
Analógico Digital: EJA, EJX
Piezorresistivo
Capacitivo Piezorresistivo Silício Ressonante
A evolução dos sensores de pressão
Analógico
2ª Geração 3ª Geração 4ª Geração
Sensor
Assembly
Silicon Oil
Center Diaphragm
Seal Diaphragm
LOW
PRESSURE
SIDE
HIGH
PRESSURE
SIDE
Capacitance Sensor Silicon Resonance Sensor
Seal
Diaphragm
Filling
Liquid
Sensing
Diaphragm
Capsule
Body
Process
Pressure
Tecnologia superior
Com histerese Sem histerese
Tecnologia superior
Sensor
Assembly
Silicon Oil
Center Diaphragm
Seal Diaphragm
LOW
PRESSURE
SIDE
HIGH
PRESSURE
SIDE
Não possui desvio do
zero. Sem histerese.
Resonator
Diaphragm
Pressure
Cavity
Magnetic Field
Elimina o conversor A/D
DPharp
15 Bit D/A
Signal Conversion
4-20 mA
0.004% output
resolution
Digital Signal
100% Digital Measurement
12 Bit D/A
Signal Conversion
4-20 mA
0.024% output
resolution
CPU
Digital Signal
Digital
Sensor
Digital
Sensor
A/D Signal
Conversion
Analogue
Sensor
CPU
CPU
EJX
EJA
Analog
Sensors
Analogue
Sensor
A/D Signal
Conversion CPU
Frequency output
Pressure to Resonance
Frequency Conversion
Basic Accuracy= 0.020%
(Hysteresis: 0.002%,
Repeatability: 0.002%)
Note: These values are of
typical and not guaranteed.
BRAIN/HART Amplifier Unit
EJA/DPharp
(SMART)
4-20mA
RESONANCE
SENSOR
RESONANCE
SENSOR
Fieldbus Amplifier Unit
EJA/DPharp
(Fieldbus)
Digital
MODEMMODEM
4-20mA
+
DIGITAL
Upgrade to
Fieldbus by Replacing
Amplifier Unit
Loss of accuracy
through D/A and A/D
DCS or Controller
DIGITAL
No loss of
basic accuracy
0.3%
0.025%
Conversion Error:
+0.005%
RESONANCE
SENSOR
RESONANCE
SENSOR
MODEMMODEMµPµP
D/AD/A
MODEMMODEM
µPµP
A/DA/D
Transmissor Totalmente Digital
Como o sensor eletrônico funciona
O sensor consiste de 02 blocos ressonadores de
sílicio em forma de “H”.
Sem pressão ambos os ressonadores possuem a
freqüência base de 90 khz
Como o sensorDPharp funciona
• O transmissor Dpharp utiliza a tecnologia de silício
ressonante para medir simultaneamente pressão
diferencial e pressão estática.
- O sensor é localizado no pescoço do transmissor
- A pressão aplicada desde os diafragmas (partes
molhadas) até o sensor, transmitida via capilares.
• O sensor consiste de 02 blocos ressonadores de sílica
em forma de “H”.
• Sem pressão ambos os ressonadores possuem a
freqüência base de 90 khz
2 Sensores ressonantes
SENSOR SILÍCIO RESSONANTE
Ímã
Permanente Corrente
de
Excitação
Força
Eletro-
Motriz
Campo Magnético
Sensor Ressonante
Diafragma de Silício
Campo Magnético
SENSOR SILÍCIO RESSONANTE
Pressão do Processo
Ímã Permanente
Sensores
de Silício
Ressonante
CompressãoTração
Diafragma
de Silício
Base
Espaçador
SENSOR SILÍCIO RESSONANTE
Freq.
(kHZ)
0
20
40
60
80
100
120
0 25 50 75 100
f1
f2
40 KHz20 KHz
Pressão Diferencial= f1 –f2
Pressão Estática= (f1+f2)/2
f1
f2
% of span
Como o sensor eletrônico funciona
A variação de frequencia é linear
com variação da pressão.
SENSOR SILÍCIO RESSONANTE
100
95
90
85
80
5.000 10.000
Pressão Diferencial (mmH2O)
Frequência
(kHz)
Tração Compressão
R
. .
f1 f2
f1 - f2 = PROPORCIONAL
À PRESSÃO
DIFERENCIAL
f1 + f2 = PROPORCIONAL
À PRESSÃO
ESTÁTICA
R = PROPORCIONAL
À TEMPERATURA
(Frequência)
(Frequência)
(Resistência)
f1= fpd + fpe + ft
f2=-fpd + fpe + ft
Multi medição com o sensor de silício
Resumo das Características
Performance do EJA
0.065 %0,065 %
A Alta Precisão do DPharp
Ar Condicionado
Precisão em Condições
de Referência
Precisão em Condições
de Operação
Vantagens (Aspectos de Custo)
“Vent”
Dreno
MONEL
HASTELLOY C
AISI 316
Materiais
Flanges
MONEL
HASTELLOY C
ATM CF8M
Materiais
Diafragma
TANTALO
MONEL
HASTELLOY C
AISI 316L
Materiais
Conector ½ NPT Fêmea
Conector ¼ NPT Fêmea
¼ NPT Fêmea
Conector Rc ½ Fêmea
Conector Rc ¼ Fêmea
Rc ¼ Fêmea
Conexão ao
Processo
Construção do EJA
Série EJA - Linha Completa
EJA510/530
Manométrica
Absoluta
EJA110A – Transmissor de Pressão
Diferencial
EJA120A – Transmissor de Pressão
Diferencial
EJA130A – Transmissor de Pressão
Diferencial
EJA210A e EJA220A Transmissor de Pressão
Diferencial com Flange
EJA310A - Transmissor de Pressão Absoluta
EJA430A - Transmissor de Pressão Manométrica
EJA440A - Transmissor de Pressão Manométrica
EJA510A e EJA530A - Transmissor de Pressão
Absoluta e Manométrica
EJA530A/HAC - Transmissor de Pressão
Manométrica (alta precisão)
EJA118W, EJA118N e EJA118Y - Transmissor de
Pressão Diferencial com Flange e Tubo capilar
EJA438W e EJA438N - Transmissor de Pressão
Manométrica com Flange
e Tubo capilar
EJA115 - Transmissor de Pressão Diferencial com
Orifício Integral para
Baixa vazão
Selos-diafragmas da YOKOGAWA e WIKA
EJA438
EJA210A
EJA118
Descrição Nº WIKA
Range de Temperatura
Pabs >=1 bar Pabs < 1 bar
Óleo de Silicone KN 2 -20 ... +200 °C ---
Óleo de Silicone KN 17 -90 ... +180 °C -90 ..... +80 °C
Óleo de Silicone
Alta Temperatura KN 3.1 -20 ... +300 °C -10 ... +100 °C
Óleo de Silicone
Alta Temperatura KN 3.2 -20 ... +400 °C -10 ... +200 °C
Glicerina
(Aprovado FDA) KN 7 +17 ... +230 °C ---
Glicerina / Água
(Aprovado FDA) KN 12 -10 ... +120 °C ---
Neobee M-20
(Aprovado FDA) KN 59 -20 ... 204°C -20 ... 160 °C
Halocarbono KN 21 -40 ... +80 °C -40 ... +175 °C
Fluidos de Enchimento - WIKA
Linha completa de selos-diafragmas
- Os modelos EJA120A, EJA110A-EL, EJA210A, EJA118,
EJA438,não podem ser vendidos com selo Wika, os demais
modelos podem.
- A YOKOGAWA tem uma parceria mundial com a WIKA, que
é o maior fabricante de selos-diafragmas do Brasil e do
mundo.
- Esta parceria viabiliza o fornecimento a preços mais
competitivos pela Yokogawa.
EJA 210
Pmin = 0,01 kgf/cm2
Pmax = 5 kgf/cm2
EJA 438
Pmin = - 1 kgf/cm2
Pmax = 140 kgf/cm2
EJA 430
Pmin = - 1 kgf/cm2
Pmax = 140 kgf/cm2
Pmin = - 1 kgf/cm2
Pmax = 5 kgf/cm2
EJA 118
EJA 310
Pmin = 5 mmHg
Pmax = 30 kgf/cm2
EJA 510
Pmin = 0,1 kgf/cm2
Pmax = 500 kgf/cm2
Recomendações
- Preencher o formulário de selos
- Cuidado com longos comprimentos de capilares
+/- 10 m, pois comprometem o tempo de resposta
- Verificar se o erro de medição é aceitável pelo cliente
(conforme folha de cálculo da Wika)
- Selos com cavidades: o fluido não pode ser
incrustante e nem solidificar.
- Verificar a necessidade de acessórios: anel de
limpeza, adaptador tipo sela, conexões sanitárias e
outros
Selo (S) - Diafragma (S)
Tag do Transmissor:
Quantidade : 1 Selo sem Capilar 1 Selo com Capilar de ____m
Fluído de Enchimento:
CONEXÃO DO SELO AO PROCESSO
Flange Rosca Diâmetro Nomin
ANSI DIN NPT BSP (Paralel
Macho Fêmea
Diâmetro Nominal, Classe de Pressão e Acabamento da Face do Flange________________________
(Ex.: 3" ANSI 150# RF)
Diafragma Estendido, Comprimento da Extensão ____________ mm
Materiais do Selo (Especifique) Flange ____________________Partes Molhadas _________________
Nota : Flange em aço carbono só para selo remoto tipo sanduiche ("Wafer")
CONEXÃO SANITÁRIA
Porca solta tipo : DIN 11851 SMS IDF
Tri-clamp
Formulário de dados para instrumentos
Formulário de dados para instrumentos
Medição de Pressão
Cliente:
Projeto: Responsável:
TRANSMISSOR DE PRESSÃO
Transmissor de Pressão: Diferencial Manométrica
Tag: Serviço:
Fluído:
Estado Físico: Gás Líquido
Comunicação Digital: Brain Hart Fieldbus
Invólucro : Uso Geral IP67 À Prova de Explosão
DADOS DO PROCESSO
Pressão Normal Temperatura Normal
(Valor e unidade de eng.) Min. (Valor e unidade de eng.) Mín.
Máx. Máx.
Presença de Vácuo SIM NÃO Pressão Absoluta Mínima:
PROTOCOLOS e REDES DE COMUNICAÇÃO
BRAIN
RECURSOS PARA CONFIGURAÇÃO
YHC4100
Precisão média obtida no
Laboratório de Metrologia
Nova Precisão
Precisão Anterior
Valor médio de
precisão obtido no
laboratório
Número de Amostras
 Índice de defeitos: menor que 1,4% dos
transmissores vendidos em 2009;
 Medição de pressão estática, absoluta, diferencial
e manométrica;
 Estoque especial de transmissores diminuindo o
prazo de entrega.
 Mais de 4,5 milhões de unidades vendidas até
hoje no mundo.
Vatagens EJA
INSTALAÇÃO DO TRANSMISSOR DE PRESSÃO
DIFERENCIAL PARA MEDIÇÃO DE VAZÃO
Elementos Primários
TUBO VENTURIBOCAL DE VAZÃO
PLACA DE ORIFÍCIO
ANNUBAR V-CONE
MEDIÇÃO DE PRESSÃO DE VAPOR
SUPERAQUECIDO
INDICAÇÃO DA PRESSÃO EM
“BAR” NO DISPLAY DO TRANSMISSOR
TOMADA DE IMPULSO PARA MEDIÇÃO DE
PRESSÃO NEGATIVA ( VÁCUO )
MEDIÇÃO DE PRESSÃO NEGATIVA (VÁCUO)
EXEMPLOS PRÁTICOS DE MEDIÇÃO DE PRESSÃO
ESTATICA
TRANSMISSOR DE NÍVEL COM FLANGE
TRANSMISSOR DE NÍVEL COM SELO REMOTO
MEDIÇÃO DE NÍVEL DO TUBULÃO SUPERIOR DA
CALDEIRA UTILIZANDO POTES DE SELAGEM
MEDIÇÃO DE NÍVEL UTILIZANDO SELO
REMOTO
MEDIÇÃO DE NÍVEL UTILIZANDO SELO
REMOTO
MEDIÇÃO DE NÍVEL UTILIZANDO SELO
REMOTO
MEDIÇÃO DE NÍVEL COM BORBULHADOR NO
TANQUE DE RESFRIAMENTO DE ÁGUA DOS
COMPRESSORES
TRANSMISSOR DE NÍVEL COM FLANGE
MEDIÇÃO DE VAZÃO DE UMA TUBULAÇÃO
INSTALAÇÃO DO TRANSMISSOR DE PRESSÃO
DIFERENCIAL PARA MEDIÇÃO DE NIVEL
Configurando o EJA HART com FieldMate
Instrumento Identificado no FieldMate
Tela de Monitoração de Variáveis
Tela de Monitoração de Variáveis
Process Variables
Neste item o usuário pode monitorar:
- Saída em Porcentagem
- Saída Analógica
- Faixa calibrada
- Função de Transferência
- Amortecimento
- Pressão de Processo
- Temperatura do Sensor
- Máxima Pressão Configurável
- Mínima Pressão Configurável
Tela de Status do Instrumento (falhas)
Tela de Status do Instrumento (falhas)
Device Status
Neste item o usuário pode verificar o status de
funcionamento do instrumento. Qualquer
alarme, falha ou aviso será exibido neste item.
Exemplo de problemas monitoráveis:
- Transdutor
- Temperatura de processo acima do limite
- Pressão acima da máxima configurada
- Falha no conversor D/A
- Falha de CPU
- etc
Tela de Configuração Rápida
Easy Setup
Neste menu o usuário configura rapidamente as
principais informação necessárias ao
funcionamento do transmissor.
- TAG
- Unidade de Pressão
- Pressão máxima (20 mA)
- Pressão mínima (4 mA)
- Função de Transferência
- Amortecimento
- Low Cut
- Modo de Low Cut
Tela de Configuração Rápida
Tela de Configuração Detalhada
Configuration
Neste menu o usuário tem acesso a todas
configurações do instrumento.
- Configuração de Pressão
- Configuração da Saída Analógica
- Configurações do Display
- Informações do Sensor
- Informações do Instrumento
- Configurações HART
Tela de Configuração Detalhada
Tela de Configuração Detalhada
Calibration
Neste menu o usuário tem acesso as funções de
calibração detalhadas do instrumento.
- Trim de Zero
- Trim de Sensor
- Trim do conversor D/A
- Loop teste
Tela de Configuração Detalhada
Tela de Proteção por Senha
Write Protect
Neste menu o usuário tem acesso a proteção de
escrita. Por meio de uma senha o usuário
impede a alteração inadvertida de configuração.
Tela de Proteção por Senha
Obrigado!
maxwel.watanabe@br.yokogawa.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A straightforward approach using DeltaV SIS for typical BMS systems
 A straightforward approach using DeltaV SIS for typical BMS systems A straightforward approach using DeltaV SIS for typical BMS systems
A straightforward approach using DeltaV SIS for typical BMS systemsDavid Sheppard
 
Building The Virtual Plant For DeltaV
Building The Virtual Plant For DeltaVBuilding The Virtual Plant For DeltaV
Building The Virtual Plant For DeltaVJim Cahill
 
Scada
ScadaScada
ScadaTribi
 
Delta v advanced control overview_en
Delta v advanced control overview_enDelta v advanced control overview_en
Delta v advanced control overview_enLuis Atencio
 
PID Control of True Integrating Processes - Greg McMillan Deminar
PID Control of True Integrating Processes - Greg McMillan DeminarPID Control of True Integrating Processes - Greg McMillan Deminar
PID Control of True Integrating Processes - Greg McMillan DeminarJim Cahill
 
A Quick and Easy Way to Connect to FOUNDATION fieldbus using Emerson’s USB Fi...
A Quick and Easy Way to Connect to FOUNDATION fieldbus using Emerson’s USB Fi...A Quick and Easy Way to Connect to FOUNDATION fieldbus using Emerson’s USB Fi...
A Quick and Easy Way to Connect to FOUNDATION fieldbus using Emerson’s USB Fi...Emerson Exchange
 
2 Simbologia
2 Simbologia2 Simbologia
2 Simbologiagooglr
 
Aula 02e03 instrumentação
Aula 02e03  instrumentaçãoAula 02e03  instrumentação
Aula 02e03 instrumentaçãoTiago Oliveira
 
Instrumentação 1 simbologia
Instrumentação 1 simbologiaInstrumentação 1 simbologia
Instrumentação 1 simbologiainstitutocarvalho
 
What Is a Programmable Logic Controller (PLC)
What Is a Programmable Logic Controller (PLC)What Is a Programmable Logic Controller (PLC)
What Is a Programmable Logic Controller (PLC)yogesh8418
 
Multi-site WinCC 7 Development with Centralized Process Historian & Informati...
Multi-site WinCC 7 Development with Centralized Process Historian & Informati...Multi-site WinCC 7 Development with Centralized Process Historian & Informati...
Multi-site WinCC 7 Development with Centralized Process Historian & Informati...DMC, Inc.
 
Fieldbus Tutorial Part 8 - Fieldbus Function Blocks
Fieldbus Tutorial Part 8 - Fieldbus Function BlocksFieldbus Tutorial Part 8 - Fieldbus Function Blocks
Fieldbus Tutorial Part 8 - Fieldbus Function BlocksEmerson Exchange
 
Manual em português Logix5000
Manual em português Logix5000Manual em português Logix5000
Manual em português Logix5000ederborbasc
 

Mais procurados (20)

13 aula instrumentação
13 aula instrumentação13 aula instrumentação
13 aula instrumentação
 
A straightforward approach using DeltaV SIS for typical BMS systems
 A straightforward approach using DeltaV SIS for typical BMS systems A straightforward approach using DeltaV SIS for typical BMS systems
A straightforward approach using DeltaV SIS for typical BMS systems
 
Building The Virtual Plant For DeltaV
Building The Virtual Plant For DeltaVBuilding The Virtual Plant For DeltaV
Building The Virtual Plant For DeltaV
 
Norma ISA 5.1
Norma ISA 5.1Norma ISA 5.1
Norma ISA 5.1
 
Scada
ScadaScada
Scada
 
Delta v advanced control overview_en
Delta v advanced control overview_enDelta v advanced control overview_en
Delta v advanced control overview_en
 
Clp s7200
Clp s7200Clp s7200
Clp s7200
 
CENTUM CS300 R3
CENTUM CS300 R3CENTUM CS300 R3
CENTUM CS300 R3
 
Redes Industriais
Redes IndustriaisRedes Industriais
Redes Industriais
 
PID Control of True Integrating Processes - Greg McMillan Deminar
PID Control of True Integrating Processes - Greg McMillan DeminarPID Control of True Integrating Processes - Greg McMillan Deminar
PID Control of True Integrating Processes - Greg McMillan Deminar
 
Apostila automacao-senai-pe
Apostila automacao-senai-peApostila automacao-senai-pe
Apostila automacao-senai-pe
 
A Quick and Easy Way to Connect to FOUNDATION fieldbus using Emerson’s USB Fi...
A Quick and Easy Way to Connect to FOUNDATION fieldbus using Emerson’s USB Fi...A Quick and Easy Way to Connect to FOUNDATION fieldbus using Emerson’s USB Fi...
A Quick and Easy Way to Connect to FOUNDATION fieldbus using Emerson’s USB Fi...
 
2 Simbologia
2 Simbologia2 Simbologia
2 Simbologia
 
Clp aula
Clp aula  Clp aula
Clp aula
 
Aula 02e03 instrumentação
Aula 02e03  instrumentaçãoAula 02e03  instrumentação
Aula 02e03 instrumentação
 
Instrumentação 1 simbologia
Instrumentação 1 simbologiaInstrumentação 1 simbologia
Instrumentação 1 simbologia
 
What Is a Programmable Logic Controller (PLC)
What Is a Programmable Logic Controller (PLC)What Is a Programmable Logic Controller (PLC)
What Is a Programmable Logic Controller (PLC)
 
Multi-site WinCC 7 Development with Centralized Process Historian & Informati...
Multi-site WinCC 7 Development with Centralized Process Historian & Informati...Multi-site WinCC 7 Development with Centralized Process Historian & Informati...
Multi-site WinCC 7 Development with Centralized Process Historian & Informati...
 
Fieldbus Tutorial Part 8 - Fieldbus Function Blocks
Fieldbus Tutorial Part 8 - Fieldbus Function BlocksFieldbus Tutorial Part 8 - Fieldbus Function Blocks
Fieldbus Tutorial Part 8 - Fieldbus Function Blocks
 
Manual em português Logix5000
Manual em português Logix5000Manual em português Logix5000
Manual em português Logix5000
 

Destaque

A educação de Jovens e adultos no município de Curitiba sob a ótica de Gênero...
A educação de Jovens e adultos no município de Curitiba sob a ótica de Gênero...A educação de Jovens e adultos no município de Curitiba sob a ótica de Gênero...
A educação de Jovens e adultos no município de Curitiba sob a ótica de Gênero...Eziquiel Menta
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos Vadeilza Castilho
 
PEC-EJA: Associativismo
PEC-EJA: AssociativismoPEC-EJA: Associativismo
PEC-EJA: Associativismoejaes
 
Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso EquaçãO Do 1º Grau
Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso EquaçãO Do 1º GrauAutor Antonio Carlos Carneiro Barroso EquaçãO Do 1º Grau
Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso EquaçãO Do 1º GrauAntonio Carneiro
 
Ações no Campo da EJA - Um Balanço - 2009-2012 - Prof. Alexandre Rafael da Rosa
Ações no Campo da EJA - Um Balanço - 2009-2012 - Prof. Alexandre Rafael da RosaAções no Campo da EJA - Um Balanço - 2009-2012 - Prof. Alexandre Rafael da Rosa
Ações no Campo da EJA - Um Balanço - 2009-2012 - Prof. Alexandre Rafael da RosaAlexandre da Rosa
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosEducação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosSilma Alexandre
 
Políticas públicas na educação de jovens e adultos
Políticas públicas na educação de jovens e adultosPolíticas públicas na educação de jovens e adultos
Políticas públicas na educação de jovens e adultosRosemary Batista
 
Iii semana da educação de jovens e adultos
Iii semana da educação de jovens e adultosIii semana da educação de jovens e adultos
Iii semana da educação de jovens e adultosRosemary Batista
 
Os desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de ejaOs desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de ejaHelena Zanotto
 
Uma Proposta de Ensino de Equação do Primeiro Grau Através da Ludicidade para...
Uma Proposta de Ensino de Equação do Primeiro Grau Através da Ludicidade para...Uma Proposta de Ensino de Equação do Primeiro Grau Através da Ludicidade para...
Uma Proposta de Ensino de Equação do Primeiro Grau Através da Ludicidade para...Pallas Nogueira
 
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultosCidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultosSilvânio Barcelos
 
Carmen Gatto - MEC - EJA
Carmen Gatto - MEC - EJACarmen Gatto - MEC - EJA
Carmen Gatto - MEC - EJAalexrrosaueja
 
Projeto Alimentação Saudável - Disciplina Ciências 9ª Ano - EJA 6º ao 9º Ano
Projeto Alimentação Saudável - Disciplina Ciências 9ª Ano - EJA 6º ao 9º AnoProjeto Alimentação Saudável - Disciplina Ciências 9ª Ano - EJA 6º ao 9º Ano
Projeto Alimentação Saudável - Disciplina Ciências 9ª Ano - EJA 6º ao 9º AnoJúnior Damasceno
 

Destaque (20)

A educação de Jovens e adultos no município de Curitiba sob a ótica de Gênero...
A educação de Jovens e adultos no município de Curitiba sob a ótica de Gênero...A educação de Jovens e adultos no município de Curitiba sob a ótica de Gênero...
A educação de Jovens e adultos no município de Curitiba sob a ótica de Gênero...
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
 
PEC-EJA: Associativismo
PEC-EJA: AssociativismoPEC-EJA: Associativismo
PEC-EJA: Associativismo
 
Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso EquaçãO Do 1º Grau
Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso EquaçãO Do 1º GrauAutor Antonio Carlos Carneiro Barroso EquaçãO Do 1º Grau
Autor Antonio Carlos Carneiro Barroso EquaçãO Do 1º Grau
 
Ações no Campo da EJA - Um Balanço - 2009-2012 - Prof. Alexandre Rafael da Rosa
Ações no Campo da EJA - Um Balanço - 2009-2012 - Prof. Alexandre Rafael da RosaAções no Campo da EJA - Um Balanço - 2009-2012 - Prof. Alexandre Rafael da Rosa
Ações no Campo da EJA - Um Balanço - 2009-2012 - Prof. Alexandre Rafael da Rosa
 
Educação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultosEducação de jovens e adultos
Educação de jovens e adultos
 
Políticas públicas na educação de jovens e adultos
Políticas públicas na educação de jovens e adultosPolíticas públicas na educação de jovens e adultos
Políticas públicas na educação de jovens e adultos
 
ALFABETIZAÇÃO E INCLUSÃO DIGITAL NA EJA
ALFABETIZAÇÃO E INCLUSÃO DIGITAL NA EJAALFABETIZAÇÃO E INCLUSÃO DIGITAL NA EJA
ALFABETIZAÇÃO E INCLUSÃO DIGITAL NA EJA
 
Curso Online EJA Educação de Jovens e Adultos
Curso Online EJA Educação de Jovens e AdultosCurso Online EJA Educação de Jovens e Adultos
Curso Online EJA Educação de Jovens e Adultos
 
Iii semana da educação de jovens e adultos
Iii semana da educação de jovens e adultosIii semana da educação de jovens e adultos
Iii semana da educação de jovens e adultos
 
Os desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de ejaOs desafios pedagogicos de eja
Os desafios pedagogicos de eja
 
Uma Proposta de Ensino de Equação do Primeiro Grau Através da Ludicidade para...
Uma Proposta de Ensino de Equação do Primeiro Grau Através da Ludicidade para...Uma Proposta de Ensino de Equação do Primeiro Grau Através da Ludicidade para...
Uma Proposta de Ensino de Equação do Primeiro Grau Através da Ludicidade para...
 
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultosCidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
Cidadania, inclusão e ética na educação de jovens e adultos
 
Sensores Resistivos
Sensores ResistivosSensores Resistivos
Sensores Resistivos
 
Carmen Gatto - MEC - EJA
Carmen Gatto - MEC - EJACarmen Gatto - MEC - EJA
Carmen Gatto - MEC - EJA
 
Formatura da eja 2015
Formatura da eja 2015Formatura da eja 2015
Formatura da eja 2015
 
Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline VenturaEducação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
Educação de Jovens e Adultos - Profª Dra Jaqueline Ventura
 
Projeto Alimentação Saudável - Disciplina Ciências 9ª Ano - EJA 6º ao 9º Ano
Projeto Alimentação Saudável - Disciplina Ciências 9ª Ano - EJA 6º ao 9º AnoProjeto Alimentação Saudável - Disciplina Ciências 9ª Ano - EJA 6º ao 9º Ano
Projeto Alimentação Saudável - Disciplina Ciências 9ª Ano - EJA 6º ao 9º Ano
 
O OLHAR DO PROFESSOR _ RUBEM ALVES
O OLHAR DO PROFESSOR _ RUBEM ALVES O OLHAR DO PROFESSOR _ RUBEM ALVES
O OLHAR DO PROFESSOR _ RUBEM ALVES
 
Palestra EJA
Palestra EJAPalestra EJA
Palestra EJA
 

Semelhante a Eja

Catálogo de Instrumentos Elétricos RENZ 2014
Catálogo de Instrumentos Elétricos RENZ 2014Catálogo de Instrumentos Elétricos RENZ 2014
Catálogo de Instrumentos Elétricos RENZ 2014Luis Renz
 
Hướng dẫn sử dụng ampe kìm Testo 770-3
Hướng dẫn sử dụng ampe kìm Testo 770-3Hướng dẫn sử dụng ampe kìm Testo 770-3
Hướng dẫn sử dụng ampe kìm Testo 770-3Tenmars Việt Nam
 
Hamônicos engenharia manutenção industrial
Hamônicos engenharia manutenção industrialHamônicos engenharia manutenção industrial
Hamônicos engenharia manutenção industrialAngelo Hafner
 
Apostila tecnica de medição de pressao
Apostila   tecnica de medição de pressaoApostila   tecnica de medição de pressao
Apostila tecnica de medição de pressaoJardel Sousa
 
Medicao de vazao senai - mg
Medicao de vazao   senai - mgMedicao de vazao   senai - mg
Medicao de vazao senai - mgBianca Medeiros
 
Especificações controlador digital control master
Especificações controlador digital control masterEspecificações controlador digital control master
Especificações controlador digital control masterworldpiscinas
 
Industria de processos
Industria de processosIndustria de processos
Industria de processosWillams Vitor
 
Transmissor hidrostático 4~20 m a
Transmissor hidrostático 4~20 m aTransmissor hidrostático 4~20 m a
Transmissor hidrostático 4~20 m aWellington Mattos
 
Acionamentos elétricos chaves de partida
Acionamentos elétricos   chaves de partidaAcionamentos elétricos   chaves de partida
Acionamentos elétricos chaves de partidaAngelo Hafner
 
Especificações controlador digital sinergia
Especificações controlador digital sinergiaEspecificações controlador digital sinergia
Especificações controlador digital sinergiaworldpiscinas
 
desenhos-e-projetos-de-tubulacoes
 desenhos-e-projetos-de-tubulacoes desenhos-e-projetos-de-tubulacoes
desenhos-e-projetos-de-tubulacoesArlindo Pereira
 
Especificações controlador digital absoluto
Especificações controlador digital absolutoEspecificações controlador digital absoluto
Especificações controlador digital absolutoworldpiscinas
 

Semelhante a Eja (20)

Axf
AxfAxf
Axf
 
Vortex
VortexVortex
Vortex
 
Catálogo de Instrumentos Elétricos RENZ 2014
Catálogo de Instrumentos Elétricos RENZ 2014Catálogo de Instrumentos Elétricos RENZ 2014
Catálogo de Instrumentos Elétricos RENZ 2014
 
Hướng dẫn sử dụng ampe kìm Testo 770-3
Hướng dẫn sử dụng ampe kìm Testo 770-3Hướng dẫn sử dụng ampe kìm Testo 770-3
Hướng dẫn sử dụng ampe kìm Testo 770-3
 
Hamônicos engenharia manutenção industrial
Hamônicos engenharia manutenção industrialHamônicos engenharia manutenção industrial
Hamônicos engenharia manutenção industrial
 
Apostila tecnica de medição de pressao
Apostila   tecnica de medição de pressaoApostila   tecnica de medição de pressao
Apostila tecnica de medição de pressao
 
Rota
RotaRota
Rota
 
Medição de vazão
Medição de vazãoMedição de vazão
Medição de vazão
 
Medicao de vazao senai - mg
Medicao de vazao   senai - mgMedicao de vazao   senai - mg
Medicao de vazao senai - mg
 
Especificações controlador digital control master
Especificações controlador digital control masterEspecificações controlador digital control master
Especificações controlador digital control master
 
Et 2022 a-1102
Et 2022 a-1102Et 2022 a-1102
Et 2022 a-1102
 
Industria de processos
Industria de processosIndustria de processos
Industria de processos
 
Rele de seguranca
Rele de segurancaRele de seguranca
Rele de seguranca
 
Resumo instrumentação
Resumo instrumentaçãoResumo instrumentação
Resumo instrumentação
 
Transmissor hidrostático 4~20 m a
Transmissor hidrostático 4~20 m aTransmissor hidrostático 4~20 m a
Transmissor hidrostático 4~20 m a
 
Acionamentos elétricos chaves de partida
Acionamentos elétricos   chaves de partidaAcionamentos elétricos   chaves de partida
Acionamentos elétricos chaves de partida
 
AQUECEDDOR LZ1600D
AQUECEDDOR LZ1600DAQUECEDDOR LZ1600D
AQUECEDDOR LZ1600D
 
Especificações controlador digital sinergia
Especificações controlador digital sinergiaEspecificações controlador digital sinergia
Especificações controlador digital sinergia
 
desenhos-e-projetos-de-tubulacoes
 desenhos-e-projetos-de-tubulacoes desenhos-e-projetos-de-tubulacoes
desenhos-e-projetos-de-tubulacoes
 
Especificações controlador digital absoluto
Especificações controlador digital absolutoEspecificações controlador digital absoluto
Especificações controlador digital absoluto
 

Mais de confidencial

19 exercises v1.00_en
19 exercises v1.00_en19 exercises v1.00_en
19 exercises v1.00_enconfidencial
 
18 syntax rules v1.0
18 syntax rules v1.018 syntax rules v1.0
18 syntax rules v1.0confidencial
 
17 demonstration server client system-v1.00_en
17 demonstration server client system-v1.00_en17 demonstration server client system-v1.00_en
17 demonstration server client system-v1.00_enconfidencial
 
15 final steps of configuration v1.00_en
15 final steps of configuration v1.00_en15 final steps of configuration v1.00_en
15 final steps of configuration v1.00_enconfidencial
 
14 mass data engineering v1.00_en
14 mass data engineering v1.00_en14 mass data engineering v1.00_en
14 mass data engineering v1.00_enconfidencial
 
13 locking functions and operating modes v1.00_en
13 locking functions and operating modes v1.00_en13 locking functions and operating modes v1.00_en
13 locking functions and operating modes v1.00_enconfidencial
 
12 archiving system v1.00_en
12 archiving system v1.00_en12 archiving system v1.00_en
12 archiving system v1.00_enconfidencial
 
11 customizing the os v1.00_en
11 customizing the os v1.00_en11 customizing the os v1.00_en
11 customizing the os v1.00_enconfidencial
 
10 basics automatic mode control v1.00_en
10 basics automatic mode control v1.00_en10 basics automatic mode control v1.00_en
10 basics automatic mode control v1.00_enconfidencial
 
09 basics operating and monitoring v1.00_en
09 basics operating and monitoring v1.00_en09 basics operating and monitoring v1.00_en
09 basics operating and monitoring v1.00_enconfidencial
 
08 basics control functions v1.00_en
08 basics control functions v1.00_en08 basics control functions v1.00_en
08 basics control functions v1.00_enconfidencial
 
07 connection to the process v1.00_en
07 connection to the process v1.00_en07 connection to the process v1.00_en
07 connection to the process v1.00_enconfidencial
 
06 station and network configuration v1.00_en
06 station and network configuration v1.00_en06 station and network configuration v1.00_en
06 station and network configuration v1.00_enconfidencial
 
05 project setup v1.00_en
05 project setup v1.00_en05 project setup v1.00_en
05 project setup v1.00_enconfidencial
 
03 requirements and functional process description v1.00_en
03 requirements and functional process description v1.00_en03 requirements and functional process description v1.00_en
03 requirements and functional process description v1.00_enconfidencial
 
02 pcs 7 documentation and support v1.00 en
02 pcs 7 documentation and support v1.00 en02 pcs 7 documentation and support v1.00 en
02 pcs 7 documentation and support v1.00 enconfidencial
 
01 introduction v1.00_en
01 introduction v1.00_en01 introduction v1.00_en
01 introduction v1.00_enconfidencial
 
00 st pcs7-sys_v8.0_register 20 en
00 st pcs7-sys_v8.0_register 20 en00 st pcs7-sys_v8.0_register 20 en
00 st pcs7-sys_v8.0_register 20 enconfidencial
 
Fluxograma processo acucar_alcool_etanol_verde
Fluxograma processo acucar_alcool_etanol_verdeFluxograma processo acucar_alcool_etanol_verde
Fluxograma processo acucar_alcool_etanol_verdeconfidencial
 
01tiaportal handson-basicov11v2-140421084257-phpapp01
01tiaportal handson-basicov11v2-140421084257-phpapp0101tiaportal handson-basicov11v2-140421084257-phpapp01
01tiaportal handson-basicov11v2-140421084257-phpapp01confidencial
 

Mais de confidencial (20)

19 exercises v1.00_en
19 exercises v1.00_en19 exercises v1.00_en
19 exercises v1.00_en
 
18 syntax rules v1.0
18 syntax rules v1.018 syntax rules v1.0
18 syntax rules v1.0
 
17 demonstration server client system-v1.00_en
17 demonstration server client system-v1.00_en17 demonstration server client system-v1.00_en
17 demonstration server client system-v1.00_en
 
15 final steps of configuration v1.00_en
15 final steps of configuration v1.00_en15 final steps of configuration v1.00_en
15 final steps of configuration v1.00_en
 
14 mass data engineering v1.00_en
14 mass data engineering v1.00_en14 mass data engineering v1.00_en
14 mass data engineering v1.00_en
 
13 locking functions and operating modes v1.00_en
13 locking functions and operating modes v1.00_en13 locking functions and operating modes v1.00_en
13 locking functions and operating modes v1.00_en
 
12 archiving system v1.00_en
12 archiving system v1.00_en12 archiving system v1.00_en
12 archiving system v1.00_en
 
11 customizing the os v1.00_en
11 customizing the os v1.00_en11 customizing the os v1.00_en
11 customizing the os v1.00_en
 
10 basics automatic mode control v1.00_en
10 basics automatic mode control v1.00_en10 basics automatic mode control v1.00_en
10 basics automatic mode control v1.00_en
 
09 basics operating and monitoring v1.00_en
09 basics operating and monitoring v1.00_en09 basics operating and monitoring v1.00_en
09 basics operating and monitoring v1.00_en
 
08 basics control functions v1.00_en
08 basics control functions v1.00_en08 basics control functions v1.00_en
08 basics control functions v1.00_en
 
07 connection to the process v1.00_en
07 connection to the process v1.00_en07 connection to the process v1.00_en
07 connection to the process v1.00_en
 
06 station and network configuration v1.00_en
06 station and network configuration v1.00_en06 station and network configuration v1.00_en
06 station and network configuration v1.00_en
 
05 project setup v1.00_en
05 project setup v1.00_en05 project setup v1.00_en
05 project setup v1.00_en
 
03 requirements and functional process description v1.00_en
03 requirements and functional process description v1.00_en03 requirements and functional process description v1.00_en
03 requirements and functional process description v1.00_en
 
02 pcs 7 documentation and support v1.00 en
02 pcs 7 documentation and support v1.00 en02 pcs 7 documentation and support v1.00 en
02 pcs 7 documentation and support v1.00 en
 
01 introduction v1.00_en
01 introduction v1.00_en01 introduction v1.00_en
01 introduction v1.00_en
 
00 st pcs7-sys_v8.0_register 20 en
00 st pcs7-sys_v8.0_register 20 en00 st pcs7-sys_v8.0_register 20 en
00 st pcs7-sys_v8.0_register 20 en
 
Fluxograma processo acucar_alcool_etanol_verde
Fluxograma processo acucar_alcool_etanol_verdeFluxograma processo acucar_alcool_etanol_verde
Fluxograma processo acucar_alcool_etanol_verde
 
01tiaportal handson-basicov11v2-140421084257-phpapp01
01tiaportal handson-basicov11v2-140421084257-phpapp0101tiaportal handson-basicov11v2-140421084257-phpapp01
01tiaportal handson-basicov11v2-140421084257-phpapp01
 

Último

Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdfCertificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdfLarissa Souza
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfRodolpho Concurde
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)Alessandro Almeida
 
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdfApresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdfCarlos Gomes
 
Concurso Caixa TI - Imersão Final - Rogério Araújo.pdf
Concurso Caixa TI - Imersão Final - Rogério Araújo.pdfConcurso Caixa TI - Imersão Final - Rogério Araújo.pdf
Concurso Caixa TI - Imersão Final - Rogério Araújo.pdfGuilhermeRodrigues896381
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Dirceu Resende
 

Último (6)

Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdfCertificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
Certificado - Data Analytics - CoderHouse.pdf
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdfApresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
Apresentação Comercial VITAL DATA 2024.pdf
 
Concurso Caixa TI - Imersão Final - Rogério Araújo.pdf
Concurso Caixa TI - Imersão Final - Rogério Araújo.pdfConcurso Caixa TI - Imersão Final - Rogério Araújo.pdf
Concurso Caixa TI - Imersão Final - Rogério Araújo.pdf
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 

Eja

  • 1. Apresentação da linha de instrumentação Slide Mestre Yokogawa América do Sul maxwel.watanabe@br.yokogawa.com Yokogawa América do Sul Engenharia de Aplicações – PCI Maxwel Watanabe maxwel.watanabe@br.yokogawa.com
  • 2. Não é possível exibir esta imagem no momento. Não é possível exibir esta imagem no momento. Vnet HIS
  • 3. • Instrumentação de Campo Transmissor de Pressão DPharp EJX Medidor de Vazão Vortex YEWFLO Medidor de Vazão Magnético ADMAG AXF Medidor de Vazão Magnético ADMAG AXR Posicionador de Válvula Processos & Controle Medidor de Vazâo Coriolis Rotamass Transmissor de Pressão Diferencial DPharp EJA Transmissor multivariável EJX 910A PA DP Transmissor de Temperatura YTA
  • 5. YOKOGAWA Analógico Digital Analógico UNI⊿ DPharp EJ DPharp EJA E10 DPharp EJX P10 Analógico YA11 Histórico da Tecnologia (Medição de Pressão) EJX 910 Wireless Balanço de Força Capacitivo Piezo resistivo Silicio Ressonante 1970’s 1980’s 1990’s 2000’s1960’s 2010’s highaccuracyresonantpressure
  • 7. 1970’s 1980’s 1990’s 2000’s YOKOGAWA Concorrente Concorrente Analógico Digital: EJA, EJX Piezorresistivo Capacitivo Piezorresistivo Silício Ressonante A evolução dos sensores de pressão Analógico 2ª Geração 3ª Geração 4ª Geração
  • 8.
  • 9. Sensor Assembly Silicon Oil Center Diaphragm Seal Diaphragm LOW PRESSURE SIDE HIGH PRESSURE SIDE Capacitance Sensor Silicon Resonance Sensor Seal Diaphragm Filling Liquid Sensing Diaphragm Capsule Body Process Pressure Tecnologia superior Com histerese Sem histerese
  • 10. Tecnologia superior Sensor Assembly Silicon Oil Center Diaphragm Seal Diaphragm LOW PRESSURE SIDE HIGH PRESSURE SIDE Não possui desvio do zero. Sem histerese. Resonator Diaphragm Pressure Cavity Magnetic Field
  • 11. Elimina o conversor A/D DPharp 15 Bit D/A Signal Conversion 4-20 mA 0.004% output resolution Digital Signal 100% Digital Measurement 12 Bit D/A Signal Conversion 4-20 mA 0.024% output resolution CPU Digital Signal Digital Sensor Digital Sensor A/D Signal Conversion Analogue Sensor CPU CPU EJX EJA Analog Sensors Analogue Sensor A/D Signal Conversion CPU Frequency output
  • 12. Pressure to Resonance Frequency Conversion Basic Accuracy= 0.020% (Hysteresis: 0.002%, Repeatability: 0.002%) Note: These values are of typical and not guaranteed. BRAIN/HART Amplifier Unit EJA/DPharp (SMART) 4-20mA RESONANCE SENSOR RESONANCE SENSOR Fieldbus Amplifier Unit EJA/DPharp (Fieldbus) Digital MODEMMODEM 4-20mA + DIGITAL Upgrade to Fieldbus by Replacing Amplifier Unit Loss of accuracy through D/A and A/D DCS or Controller DIGITAL No loss of basic accuracy 0.3% 0.025% Conversion Error: +0.005% RESONANCE SENSOR RESONANCE SENSOR MODEMMODEMµPµP D/AD/A MODEMMODEM µPµP A/DA/D Transmissor Totalmente Digital
  • 13. Como o sensor eletrônico funciona O sensor consiste de 02 blocos ressonadores de sílicio em forma de “H”. Sem pressão ambos os ressonadores possuem a freqüência base de 90 khz
  • 14. Como o sensorDPharp funciona • O transmissor Dpharp utiliza a tecnologia de silício ressonante para medir simultaneamente pressão diferencial e pressão estática. - O sensor é localizado no pescoço do transmissor - A pressão aplicada desde os diafragmas (partes molhadas) até o sensor, transmitida via capilares. • O sensor consiste de 02 blocos ressonadores de sílica em forma de “H”. • Sem pressão ambos os ressonadores possuem a freqüência base de 90 khz 2 Sensores ressonantes
  • 15. SENSOR SILÍCIO RESSONANTE Ímã Permanente Corrente de Excitação Força Eletro- Motriz Campo Magnético Sensor Ressonante Diafragma de Silício Campo Magnético
  • 16. SENSOR SILÍCIO RESSONANTE Pressão do Processo Ímã Permanente Sensores de Silício Ressonante CompressãoTração Diafragma de Silício Base Espaçador
  • 18. Freq. (kHZ) 0 20 40 60 80 100 120 0 25 50 75 100 f1 f2 40 KHz20 KHz Pressão Diferencial= f1 –f2 Pressão Estática= (f1+f2)/2 f1 f2 % of span Como o sensor eletrônico funciona A variação de frequencia é linear com variação da pressão.
  • 19. SENSOR SILÍCIO RESSONANTE 100 95 90 85 80 5.000 10.000 Pressão Diferencial (mmH2O) Frequência (kHz) Tração Compressão
  • 20. R . . f1 f2 f1 - f2 = PROPORCIONAL À PRESSÃO DIFERENCIAL f1 + f2 = PROPORCIONAL À PRESSÃO ESTÁTICA R = PROPORCIONAL À TEMPERATURA (Frequência) (Frequência) (Resistência) f1= fpd + fpe + ft f2=-fpd + fpe + ft Multi medição com o sensor de silício
  • 23. A Alta Precisão do DPharp Ar Condicionado Precisão em Condições de Referência Precisão em Condições de Operação
  • 25. “Vent” Dreno MONEL HASTELLOY C AISI 316 Materiais Flanges MONEL HASTELLOY C ATM CF8M Materiais Diafragma TANTALO MONEL HASTELLOY C AISI 316L Materiais Conector ½ NPT Fêmea Conector ¼ NPT Fêmea ¼ NPT Fêmea Conector Rc ½ Fêmea Conector Rc ¼ Fêmea Rc ¼ Fêmea Conexão ao Processo Construção do EJA
  • 26. Série EJA - Linha Completa EJA510/530 Manométrica Absoluta
  • 27. EJA110A – Transmissor de Pressão Diferencial
  • 28. EJA120A – Transmissor de Pressão Diferencial
  • 29. EJA130A – Transmissor de Pressão Diferencial
  • 30. EJA210A e EJA220A Transmissor de Pressão Diferencial com Flange
  • 31. EJA310A - Transmissor de Pressão Absoluta
  • 32. EJA430A - Transmissor de Pressão Manométrica
  • 33. EJA440A - Transmissor de Pressão Manométrica
  • 34. EJA510A e EJA530A - Transmissor de Pressão Absoluta e Manométrica
  • 35. EJA530A/HAC - Transmissor de Pressão Manométrica (alta precisão)
  • 36. EJA118W, EJA118N e EJA118Y - Transmissor de Pressão Diferencial com Flange e Tubo capilar
  • 37. EJA438W e EJA438N - Transmissor de Pressão Manométrica com Flange e Tubo capilar
  • 38. EJA115 - Transmissor de Pressão Diferencial com Orifício Integral para Baixa vazão
  • 39. Selos-diafragmas da YOKOGAWA e WIKA EJA438 EJA210A EJA118
  • 40. Descrição Nº WIKA Range de Temperatura Pabs >=1 bar Pabs < 1 bar Óleo de Silicone KN 2 -20 ... +200 °C --- Óleo de Silicone KN 17 -90 ... +180 °C -90 ..... +80 °C Óleo de Silicone Alta Temperatura KN 3.1 -20 ... +300 °C -10 ... +100 °C Óleo de Silicone Alta Temperatura KN 3.2 -20 ... +400 °C -10 ... +200 °C Glicerina (Aprovado FDA) KN 7 +17 ... +230 °C --- Glicerina / Água (Aprovado FDA) KN 12 -10 ... +120 °C --- Neobee M-20 (Aprovado FDA) KN 59 -20 ... 204°C -20 ... 160 °C Halocarbono KN 21 -40 ... +80 °C -40 ... +175 °C Fluidos de Enchimento - WIKA
  • 41. Linha completa de selos-diafragmas - Os modelos EJA120A, EJA110A-EL, EJA210A, EJA118, EJA438,não podem ser vendidos com selo Wika, os demais modelos podem. - A YOKOGAWA tem uma parceria mundial com a WIKA, que é o maior fabricante de selos-diafragmas do Brasil e do mundo. - Esta parceria viabiliza o fornecimento a preços mais competitivos pela Yokogawa.
  • 42. EJA 210 Pmin = 0,01 kgf/cm2 Pmax = 5 kgf/cm2
  • 43. EJA 438 Pmin = - 1 kgf/cm2 Pmax = 140 kgf/cm2
  • 44. EJA 430 Pmin = - 1 kgf/cm2 Pmax = 140 kgf/cm2
  • 45. Pmin = - 1 kgf/cm2 Pmax = 5 kgf/cm2 EJA 118
  • 46. EJA 310 Pmin = 5 mmHg Pmax = 30 kgf/cm2
  • 47. EJA 510 Pmin = 0,1 kgf/cm2 Pmax = 500 kgf/cm2
  • 48. Recomendações - Preencher o formulário de selos - Cuidado com longos comprimentos de capilares +/- 10 m, pois comprometem o tempo de resposta - Verificar se o erro de medição é aceitável pelo cliente (conforme folha de cálculo da Wika) - Selos com cavidades: o fluido não pode ser incrustante e nem solidificar. - Verificar a necessidade de acessórios: anel de limpeza, adaptador tipo sela, conexões sanitárias e outros
  • 49. Selo (S) - Diafragma (S) Tag do Transmissor: Quantidade : 1 Selo sem Capilar 1 Selo com Capilar de ____m Fluído de Enchimento: CONEXÃO DO SELO AO PROCESSO Flange Rosca Diâmetro Nomin ANSI DIN NPT BSP (Paralel Macho Fêmea Diâmetro Nominal, Classe de Pressão e Acabamento da Face do Flange________________________ (Ex.: 3" ANSI 150# RF) Diafragma Estendido, Comprimento da Extensão ____________ mm Materiais do Selo (Especifique) Flange ____________________Partes Molhadas _________________ Nota : Flange em aço carbono só para selo remoto tipo sanduiche ("Wafer") CONEXÃO SANITÁRIA Porca solta tipo : DIN 11851 SMS IDF Tri-clamp Formulário de dados para instrumentos
  • 50. Formulário de dados para instrumentos Medição de Pressão Cliente: Projeto: Responsável: TRANSMISSOR DE PRESSÃO Transmissor de Pressão: Diferencial Manométrica Tag: Serviço: Fluído: Estado Físico: Gás Líquido Comunicação Digital: Brain Hart Fieldbus Invólucro : Uso Geral IP67 À Prova de Explosão DADOS DO PROCESSO Pressão Normal Temperatura Normal (Valor e unidade de eng.) Min. (Valor e unidade de eng.) Mín. Máx. Máx. Presença de Vácuo SIM NÃO Pressão Absoluta Mínima:
  • 51. PROTOCOLOS e REDES DE COMUNICAÇÃO BRAIN
  • 53. Precisão média obtida no Laboratório de Metrologia Nova Precisão Precisão Anterior Valor médio de precisão obtido no laboratório Número de Amostras
  • 54.  Índice de defeitos: menor que 1,4% dos transmissores vendidos em 2009;  Medição de pressão estática, absoluta, diferencial e manométrica;  Estoque especial de transmissores diminuindo o prazo de entrega.  Mais de 4,5 milhões de unidades vendidas até hoje no mundo. Vatagens EJA
  • 55. INSTALAÇÃO DO TRANSMISSOR DE PRESSÃO DIFERENCIAL PARA MEDIÇÃO DE VAZÃO
  • 56. Elementos Primários TUBO VENTURIBOCAL DE VAZÃO PLACA DE ORIFÍCIO ANNUBAR V-CONE
  • 57. MEDIÇÃO DE PRESSÃO DE VAPOR SUPERAQUECIDO
  • 58. INDICAÇÃO DA PRESSÃO EM “BAR” NO DISPLAY DO TRANSMISSOR
  • 59. TOMADA DE IMPULSO PARA MEDIÇÃO DE PRESSÃO NEGATIVA ( VÁCUO )
  • 60. MEDIÇÃO DE PRESSÃO NEGATIVA (VÁCUO)
  • 61. EXEMPLOS PRÁTICOS DE MEDIÇÃO DE PRESSÃO ESTATICA
  • 62. TRANSMISSOR DE NÍVEL COM FLANGE
  • 63. TRANSMISSOR DE NÍVEL COM SELO REMOTO
  • 64. MEDIÇÃO DE NÍVEL DO TUBULÃO SUPERIOR DA CALDEIRA UTILIZANDO POTES DE SELAGEM
  • 65. MEDIÇÃO DE NÍVEL UTILIZANDO SELO REMOTO
  • 66. MEDIÇÃO DE NÍVEL UTILIZANDO SELO REMOTO
  • 67. MEDIÇÃO DE NÍVEL UTILIZANDO SELO REMOTO
  • 68. MEDIÇÃO DE NÍVEL COM BORBULHADOR NO TANQUE DE RESFRIAMENTO DE ÁGUA DOS COMPRESSORES
  • 69. TRANSMISSOR DE NÍVEL COM FLANGE
  • 70. MEDIÇÃO DE VAZÃO DE UMA TUBULAÇÃO
  • 71. INSTALAÇÃO DO TRANSMISSOR DE PRESSÃO DIFERENCIAL PARA MEDIÇÃO DE NIVEL
  • 72. Configurando o EJA HART com FieldMate
  • 74. Tela de Monitoração de Variáveis
  • 75. Tela de Monitoração de Variáveis Process Variables Neste item o usuário pode monitorar: - Saída em Porcentagem - Saída Analógica - Faixa calibrada - Função de Transferência - Amortecimento - Pressão de Processo - Temperatura do Sensor - Máxima Pressão Configurável - Mínima Pressão Configurável
  • 76. Tela de Status do Instrumento (falhas)
  • 77. Tela de Status do Instrumento (falhas) Device Status Neste item o usuário pode verificar o status de funcionamento do instrumento. Qualquer alarme, falha ou aviso será exibido neste item. Exemplo de problemas monitoráveis: - Transdutor - Temperatura de processo acima do limite - Pressão acima da máxima configurada - Falha no conversor D/A - Falha de CPU - etc
  • 79. Easy Setup Neste menu o usuário configura rapidamente as principais informação necessárias ao funcionamento do transmissor. - TAG - Unidade de Pressão - Pressão máxima (20 mA) - Pressão mínima (4 mA) - Função de Transferência - Amortecimento - Low Cut - Modo de Low Cut Tela de Configuração Rápida
  • 81. Configuration Neste menu o usuário tem acesso a todas configurações do instrumento. - Configuração de Pressão - Configuração da Saída Analógica - Configurações do Display - Informações do Sensor - Informações do Instrumento - Configurações HART Tela de Configuração Detalhada
  • 83. Calibration Neste menu o usuário tem acesso as funções de calibração detalhadas do instrumento. - Trim de Zero - Trim de Sensor - Trim do conversor D/A - Loop teste Tela de Configuração Detalhada
  • 84. Tela de Proteção por Senha
  • 85. Write Protect Neste menu o usuário tem acesso a proteção de escrita. Por meio de uma senha o usuário impede a alteração inadvertida de configuração. Tela de Proteção por Senha