Palavra jovem n 30

1.672 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.672
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
981
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palavra jovem n 30

  1. 1. PALAVRA JOVEMN° 30 - 14/08/2012RESPONSÁVEIS: Norma Holanda, Marcos Lima,Pedro Henrique, Tadeu Oliveira, Karolyne Lima, Carlos Marcus e SamariaSoto.ABERTURA: BOM DIA QUERIDOS OUVINTES, ESTÁ NO AR MAISUM PROGRAMA DA ESCOLA FIGUEIREDO CORREIA, O PALAVRAJOVEM, EU SOU E hoje é o segundo programasobre violência hoje estaremos falando sobre violência contra idosos:MAS ANTES A MENSAGEM DO DIA:IDOSOS E VELHOSVocê se considera uma pessoa idosa, ou velha? Acha que é a mesmacoisa? Pois então ouça o depoimento de um idoso desetenta anos:Idosa é uma pessoa que tem muita idade. Velha é apessoa queperdeu a jovialidade.A idade causa degenerescência das célula s. A velhicecausa adegenerescência do espírito. Por isso nem todo idoso évelho e hávelho que ainda nem chegou a ser idoso.Você é idoso quando sonha. É velho quando apenas dorme.Você é idoso quando ainda aprende. É velho quando já nem ensina.Você é idoso quando pratica esportes, ou de alguma outra forma seexercita. É velho quando apenas descansa.Você é idoso quando ainda sente amor. É velho quando só temciúmes e sentimento de posse.Você é idoso quando o dia de hoje é o primeiro do resto de suavida. É velho quando todos os dias parecem o último da longajornada.Você é idoso quando seu calendário tem amanhãs. É velho quandoseu calendário só tem ontens.
  2. 2. O idoso é aquela pessoa que tem tido afelicidade de viver umalonga vida produtiva, de ter adquirido umagrande experiência.Ele é uma ponte entre o passado e opresente, como o jovem é umaponte entre o presente e o futuro. E é nopresente que os dois seencontram.Velho é aquele que tem carregado o pesodos anos, que em vez detransmitir experiência às gerações vindouras,transmitepessimismo e desilusão. Para ele, não existe ponte entre opassado e o presente, existe um fosso que o separa do presentepelo apego ao passado.O idoso se renova a cada dia que começa; o velho se acaba a cadanoite que termina. O idoso tem seus olhos postos no horizonte deonde o sol desponta e a esperança se ilumina.O velho tem sua miopia voltada para os tempos que passaram. Oidoso tem planos. O velho tem saudades. O idoso curte o que restada vida. O velho sofre o que o aproxima da morte.O idoso se moderniza, dialoga com a juventude, procuracompreender os novos tempos. O velho se emperra no seu tempo, sefecha em sua ostra e recusa a modernidade.O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos e de esperanças.Para ele o tempo passa rápido, mas a velhice nunca chega.O velho cochila no vazio de sua vida e suas horas se arrastamdestituídas de sentido. As rugas do idoso são bonitas porqueforam marcadas pelo sorriso. As rugas do velho são feias porqueforam vincadas pela amargura.Em resumo, idoso e velho, são duas pessoas que até podem ter amesma idade no cartório, mas têm idade bem diferente no coração.MUSICA: hoje estaremos homenageando a banda bonde dobrasil que fez muitos se apaixonarem, mas antes ouviremos amúsica que já se configurou como o hino do idoso. Tocando emFrente com Almir Sater. que vai para todos os ouvintes dopalavra jovem.
  3. 3. 1º RETORNO: BOM DIA, EU SOU PEDRO HENRIQUE E ESTAMOSDE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E ESTAMOS FALANDOSOBRE O TEMA: violência contra o idoso.Hoje em dia a violência e porquenão dizer a covardia contra osidosos aumenta a cada dia maise vemos ai tanto as causasexternas, como os acidentes, aviolência urbana e o desrespeitoda sociedade, quanto os maustratos dentro de suas própriascasas. As leis que protegem osidosos não são o bastante paraque eles tenham uma vida digna, é preciso que a sociedadecompreenda que é precisorespeitar a dignidade dos jovens.Os idosos estão cada dia maisesquecidos pela sociedade e oque é pior, pela própria família. Os idosos sofrem violência por pessoas quesão contratadas para cuidar, mas que acabam cometendo violência, extorquidoe ameaçando, se aproveitando da fragilidade dessas pessoas, mas o que étriste é saber que na maioria das vezes a agressão vem de pessoas da própriafamília ou de pessoas próximas. E também os familiares acabam pondo essaspessoas em asilos, para não ter o trabalho de cuidar. Você sabia que existemleis próprias para proteger o idoso? Assim como o estatuto do idoso que prevêvários crimes contra a pessoa na melhor idade.O Art. 96 do estatuto do idoso afirmar que é crime discriminar pessoa idosa,impedindo ou dificultando seu acesso a operações bancárias, aos meios detransporte, ao direito de contratar ou por qualquer outro meio ou instrumentonecessário ao exercício da cidadania, por motivo de idade:. Pena – reclusão de6 (seis) meses a 1 (um) ano e multa. Se o idoso vir a sofrer maus-tratos, apessoa que fizer isso com o idoso poderá responder por crime e que éagravado. As pessoas que cometem violência contra idosos, são os jovensinconsequentes e que não aprenderam limites, nem o sentido de tolerância,justiça e respeito. Eles agridem os mais idosos por terem ideias antiquadas,serem, em suas opiniões, pessoas chatas e lentas, doentes, passivas eincapacitadas., por isso a importância da família acompanhar os seus idosos ecuidarem com carinho, na certeza que um dia também ficarão velhos. Art. 3.º do Estatuto do idoso afirma que é obrigação da família, dacomunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, comabsoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, àeducação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade,
  4. 4. à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária. Cometer aviolência contra um idoso pode levar a Pena de detenção de dois meses a umano de reclusão, ou seja, cadeia e multa, além da condenação da sociedadepor esse ato covarde.MUSICA: OUVIREMOS NESTE MOMENTO A MÚSICA SEMVOCÊ NÃO DÁ COM BONDE DO BRASIL, QUE VAI PARA TODOSOS OUVINTES DO PALAVRA JOVEM.2º RETORNO: BOM DIA, EU SOU CARLOS MARCUS E ESTAMOSDE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E ESTAMOS FALANDOSOBRE O TEMA: violência contra o idoso.Sabe-se que nos próximos anos apopulação brasileira será umapopulação idosa. Em conseqüênciadesse envelhecimento populacional, oidoso tornar-se alvo da violência. Aagressão a população acima de 60 anosvem de diversas formas, a falta decarinho, atenção, pressão psicológica,descaso e a agressão física propriamentedita. O número de idosos que sofremalgum tipo abuso é tão grande que essecaso já se tornou um problema de saúdepública. Vale ressaltar que muitas vezesas agressões podem resultar em morte.A questão da negligência contra os idosos não é um fenômeno novo. Noentanto, apenas nas últimas duas décadas é que essa questão começou adespertar o interesse da comunidade científicaO aumento da ocorrência de determinados agravos, tais como as causasexternas, como os acidentes, a violência e os maus tratos, devem ser objetode maior atenção entre os profissionais da saúde. No Brasil, entretanto, apopulação idosa não costuma ser prioridade nos estudos sobre as causasexternas, em razão do predomínio dos jovens, que exibem altos coeficientese grande número de casos.No Brasil os maus-tratos foram percebidos nos níveis macro e médio: numpercentual de 65%, idosos consideraram maus-tratos a forma preconceituosa
  5. 5. como são tratados pela sociedade em geral, as baixas aposentadorias, osdesrespeitos que sofrem no transporte público e a falta de leitos hospitalarespara idosos. O nível micro só é relatado como abandono por partes dasfamílias (FREITAS et al, 2006).MÚSICA: Ouviremos neste momento a música TE AMO DEVERDADE com BONDE DO BRASIL, que vai para todos os alunos daEscola Figueiredo Correia e para todos o professores e gestores daescola.3º RETORNO: BOM DIA, EU SOU SAMARIA SOTO E ESTAMOSDE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM, COM NOSSO QUADRO O ÉDE LASCAR:QUADRO É DE LASCAR - VIOLÊNCIA CONTRA IDOSOSÉ de lascar ver a covardia de pessoas que maltratamidosos e não lembram que um dia ficarão velhas epoderão passar pela mesma situação. É preciso pensarnas consequências que tais atos trarão para os mesmosno futuro. É de lascar parentes praticamente obrigaremos idosos a se endividarem, fazendo empréstimosbancários e comprometendo seus benefícios. Quercomprar moto ou bancar seus luxos pessoais?Trabalhem e não oprimam quem passou a vida todo trabalhando e precisavater agora descanso, respeito, dignidade e paz.4º RETORNO: BOM DIA, EU SOU PEDRO HENRIQUE VOLTACOM O PALAVRA JOVEM E ESTAMOS DE VOLTA AGORA COMALGUNS INFORMES PARA NOSSA COMUNIDADE:ANIVERSARIANTES DA SEMANA: DO DIA 12 AO DIA 18 DEAGOSTO:DANIELLE DA SILVA ALMEIDA (9 Ano); IGOR HONORATO DA SILVA(1 Ano A); THAIS BALBINO SOARES (1 Ano A); FERNANDA DASILVA TAVARES (1 Ano B); FRANSISCO RAILTON JACÓ SILVA (3 AnoC); PALOMA LAURINDA MARTINS FREIRE (3 Ano C); RAABE VIERAROCHA (3 Ano C).INFORMES
  6. 6. Mais Uma Vez A Escola Figueiredo Correia Estará No Parlamento JovemBrasileiroA aluna Mikaela dos Santos, que está cursando a2 série do Ensino Médio, teve seu projetoselecionado para participar do Parlamento jovembrasileiro e vai passar cinco dias em Brasília,entre 24 e 28 de setembro, vivenciando ummandato parlamentar.A aluna Mikaela dos santos também nos vai compor a delegaçãovencedora do concurso histórico-literário caminhos do MERCOSUL evai para o Uruguai, junto com outros cinco alunos para seguir a rotado Êxodo do Povo Oriental, sua viagem está marcada para o períodode 30 de setembro a 09 de outubro.Nossa Feira de Ciências está marcada para o dia 31 de agosto.Organizem seus projetos e participem.Os alunos Katia Lopes e Rene Holanda participaram do evento Enemchego junto, chego bem, com diversas atividades para fortalecer oexame nacional do ensino médio. Passaram dois dias em Fortalezacom palestra do professor Pachecão, receberam kits e secongregaram.MÚSICA: Ouviremos neste momento a música FALA COMIGO, COMBONDE DO BRASIL, que vai para todos os ouvintes do Palavra Jovem. E écom essa música que nos despedimos. Até próxima semana.

×