PALAVRA JOVEM N° 2907/08/2012RESPONSÁVEIS: Norma Holanda,Marcos Lima, Pedro Henrique, TadeuOliveira, Karolyne Lima, Carlos...
De repente deparou-se com omapa do mundo, o queprocurava! Com o auxílio de umatesoura, recortou o mapa emvários pedaços e,...
1º RETORNO: BOM DIA, EU SOU ............................... E ESTAMOSDE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E ESTAMOS FALANDOSOBRE O...
mentais (loucura consequente de anomalias patológicas que, em geral, sãocasos raros).Exceto nos casos de loucura, a violên...
são: rejeitar, isolar, aterrorizar, ignorar, corromper e criar expectativas irreaisou extremadas sobre a criança ou o adol...
do SPAECE 2011 (aluno no nível adequado de nossa Escola em Português eMatemática e que receberão notebooks), além de discu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palavra jovem 29

1.462 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.462
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
925
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palavra jovem 29

  1. 1. PALAVRA JOVEM N° 2907/08/2012RESPONSÁVEIS: Norma Holanda,Marcos Lima, Pedro Henrique, TadeuOliveira, Karolyne Lima, CarlosMarcus e Samaria Soto.ABERTURA: BOM DIAQUERIDOS OUVINTES, ESTÁ NO AR MAIS UM PROGRAMA DAESCOLA FIGUEIREDO CORREIA, O PALAVRA JOVEM, EUSOU................................ E O TEMA DE HOJE É: violência. A partir dehoje faremos uma série de programas tratando do problema daviolência. Hoje vamos debater a violência contra a criança.MAS ANTES A MESNSAGEM DO DIA:A parábola do cientista e da criança: Como Consertar o MundoUm cientista viviapreocupado com osproblemas do mundo eestava resolvido aencontrar meios demelhorá-los. Passava diasem seu laboratório embusca de respostas parasuas dúvidas.Certo dia, seu filho de seteanos invadiu o seu santuário decidido a ajudá-lo a trabalhar. Ocientista, nervoso pela interrupção, tentou que o filho fosse brincarem outro lugar.Vendo que seria impossível demovê-lo, o pai procurou algo quepudesse ser oferecido ao filho com o objetivo de distrair suaatenção.
  2. 2. De repente deparou-se com omapa do mundo, o queprocurava! Com o auxílio de umatesoura, recortou o mapa emvários pedaços e, junto com umrolo de fita adesiva, entregou aofilho dizendo:— Você gosta de quebra-cabeças? Então vou lhe dar o mundo para consertar. Aqui está omundo todo quebrado. Veja se consegue consertá-lo bem direitinho!Faça tudo sozinho.Calculou que a criança levaria dias para recompor o mapa. Algumashoras depois, ouviu a voz do filho que o chamava calmamente:— Pai, pai, já fiz tudo. Consegui terminar tudinho!A princípio o pai não deu crédito às palavras do filho. Seriaimpossível na sua idade ter conseguido recompor um mapa quejamais havia visto. Relutante, o cientista levantou os olhos de suasanotações, certo de que veria um trabalho digno de uma criança.Para sua surpresa, o mapa estava completo. Todos os pedaçoshaviam sido colocados nos devidos lugares. Como seria possível?Como o menino havia sido capaz?Então ele perguntou:— Você não sabia como era o mundo, meu filho, como conseguiu?— Pai, eu não sabia como era o mundo, mas quando você tirou opapel da revista para recortar, eu vi que do outro lado havia a figurade um homem. Quando você me deu o mundo para consertar, eutentei mas não consegui. Foi aí que me lembrei do homem, virei osrecortes e comecei a consertar o homem que eu sabia como era.Quando consegui consertar o homem, virei a folha e vi que haviaconsertado o mundo.Recebi este texto por e-mail.Autor: desconhecido.de sol que vêm descendo, onda que bate, em cadasopro de vento, em cada silvo selvagem, emMUSICA: HOJE ESTAREMOS HOMENAGEANADO A GRANDEBANDA DE ROCK TITÂS QUE FEZ PARTE DAS NOSSAS VIDAS,ENTÃO OUVIREMOS NESSTE MOMENTO A MÚSICAENQUANTO HOUVER SOL COM TITÃS, QUE VAI PARA TODOSOS OUVINTES DO PALAVRA JOVEM.
  3. 3. 1º RETORNO: BOM DIA, EU SOU ............................... E ESTAMOSDE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E ESTAMOS FALANDOSOBRE O TEMA: violência contra criança, mas primeirovamos falar sobre as causas da violência.Nos últimos anos, a sociedade brasileira entrou nogrupo das sociedades mais violentas do mundo. Hoje,o país tem altíssimos índices de violência urbana(violências praticadas nas ruas, como assaltos,seqüestros, extermínios, etc.); violência doméstica(praticadas no próprio lar); violência familiar eviolência contra a mulher, que, em geral, é praticadapelo marido, namorado, ex-companheiro, etc...A questão que precisamos descobrir é porque essesíndices aumentaram tanto nos últimos anos. Onde estaria a raiz doproblema?...Infelizmente, o governo tem usadoferramentas erradas e conceitos errados nahora de entender o que é causa e o que éconsequência. A violência que mata e quedestrói está muito mais para sintoma socialdo que doença social. Aliás, são várias asdoenças sociais que produzem violênciacomo um tipo de sintoma. Portanto, nãoadianta super-armar a segurança pública,lhes entregando armas de guerra pararepressão policial se a “doença” causadora não for identificada e combatida.Já é tempo de a sociedade brasileira se conscientizar de que, violência não éação. Violência é, na verdade, reação. O ser humano não comete violênciasem motivo. É verdade que algumas vezes as violências recaem sob pessoaserradas, (pessoas inocentes que não cometeram as ações que estimularam aviolência). No entanto, as ações erradas existiram e alguém as cometeu, casocontrário não haveria violência.Em todo o Mundo as principais causas da violência são: o desrespeito -- aprepotência -- crises de raiva causadas por fracassos e frustrações - crises
  4. 4. mentais (loucura consequente de anomalias patológicas que, em geral, sãocasos raros).Exceto nos casos de loucura, a violência pode ser interpretada como umatentativa de corrigir o que o diálogo não foi capaz de resolver. A violênciafunciona como um último recurso que tenta restabelecer o que é justosegundo a ótica do agressor. Em geral, a violência não tem um carátermeramente destrutivo. Na realidade, tem uma motivação corretiva que tentaconsertar o que o diálogo não foi capaz de solucionar. Portanto, sempre quehouver violência é porque, alguma coisa, já estava anteriormente errada. Éessa “coisa errada” a real causa que precisa ser corrigida para diminuirmos,de fato, os diversos tipos de violências.MÚSICA: MÚSICA: Ouviremos neste momento a música EpitáfioCOM TITÃS que vai para toda a comunidade Figueiredo Correia e osouvintes do Palavra Jovem.2º RETORNO: BOM DIA, EU SOU................................... E ESTAMOSDE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E ESTAMOS FALANDOSOBRE O TEMA: violência contra criança.O artigo 5º do Estatuto da Criança e doAdolescente (ECA, Lei Federal 8.069/90) quedispõe: "Nenhuma criança ou adolescente seráobjeto de qualquer forma de negligência,discriminação, exploração, violência, crueldadee opressão, punido na forma da lei qualqueratentado por ação ou omissão, aos seus direitosfundamentais".Abrangência da violência contra criança eadolescentes:Violência Física – Aquelas que podem provocar, ou não, lesões externas,internas ou ambas. O castigo repetido não severo, também é consideradoviolência física.Violência Psicológica –– Aquelas consideradas como a interferêncianegativa sobre a criança e sua competência social. As formas mais comuns
  5. 5. são: rejeitar, isolar, aterrorizar, ignorar, corromper e criar expectativas irreaisou extremadas sobre a criança ou o adolescente.Violência sexual – Aquelas entendidas como todo ato ou jogo sexual,relação heterossexual ou homossexual, na qual o agressor está em estágio dedesenvolvimento psicossocial mais adiantado que a criança ou adolescente.Negligência – Omissão em prover asnecessidades físicas e emocionais de umacriança ou adolescente. Quando os pais ouresponsáveis falham e nem alimentar,vestir adequadamente, medicar ou educarseus filhos. Acidentes também podem serclassificados como um tipo denegligência, quando passíveis deprevenção ou resultam do descuido dosresponsáveis ou da fala de investimentopúblico.MÚSICA: Ouviremos neste momento a música CEGOS NO CASTELOCOM TITÃS que vai para todos os alunos da Escola Figueiredo Correia.3º RETORNO: BOM DIA, EU SOU ............................... E ESTAMOSDE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM COMO NOSSO QUADRO OÉ DE LASCAR: É DE LACAR FAMILIAS QUE NÃO CUMPREMSEU PAPEL E AO EM VEZ DE PROTEGER SEUS FILHOSACABAM VIOLENTANDO-OS DE DIVERSAS FORMAS,AGREDINDO-OS, FAZENDO COM QUE OS FILHOS NÃOTENHAM RESPEITO PELOS PAIS E SIM MEDO. É DE LASCARVER A CONVARDIA SE EFETIVAR QUANDO UM ADULTOESPANCA E MALTRATA UMA CRIANÇA INDEFESA.4º RETORNO: BOM DIA, EU SOU ............................... E ESTAMOSDE VOLTA COM O PALAVRA JOVEM E ESTAMOS DE VOLTAAGORA COM ALGUNS INFORMES PARA NOSSA COMUNIDADE O Momento Cidadão de quinta-feira, 02/08, teve como foco principal a premiação dos alunos Nota 10, Feira de Ciências - VIII Excefic, Resultado
  6. 6. do SPAECE 2011 (aluno no nível adequado de nossa Escola em Português eMatemática e que receberão notebooks), além de discussão sobre algumasregras Escolares, tais como uniforme, pontualidade e ainda um rápidodebate sobre o desempenho acadêmico do II Período. Os alunos que maisobtiveram nota máxima ganharam pendrive de 4 giga. A nossa Colega Samaria Soto participo em Brasília de 01 a 03 deagosto da Seleção Nacional do Parlamento Juvenil do Mercosul; Saiu o resultado individual dos alunos do SPAECE 2011 e ocoordenador da Escola já observou que muitos chegaram muito próximo deganhar notebooks; Os alunos já podem pegar as fichas de inscrição para VIII EXCEFICque vai se realizar no dia 31 de agosto;MÚSICA: Ouviremos neste momento a música MARVIM com TITÃS quevai para todos os ouvintes do Palavra Jovem.

×