SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
ETI PADRE JOSIMO TAVARES 
PROF. MARCOS JR. 
Sistema excretor (urinário e 
pele)
 No interior das células, nas mitocôndrias, é produzida energia 
através do metabolismo celular; 
 Além de energia, as células também produzem desperdícios; 
 Estes desperdícios devem ser eliminados porque são tóxicos 
para o organismo; 
 Os capilares recolhem os 
desperdícios e transportam-nos até 
serem eliminados; 
 A eliminação de resíduos chama-se 
excreção.
Excreção 
 Processo de eliminação de produtos tóxicos 
resultantes do metabolismo celular (dióxido de 
carbono, ácido úrico, ureia, vapor de água); 
 Os desperdícios do metabolismo são 
eliminados de várias formas…
Formas de Excreção 
Expiração 
(dióxido de 
carbono e 
vapor de 
água) 
Suor 
(sais 
minerais) 
Urina 
(ácido 
úrico e 
ureia)
Sistema excretor 
 Conjunto de órgãos responsáveis pela: 
 manutenção do meio interno; 
 regulação do teor de água e sais minerais; 
 eliminação de resíduos formados durante o metabolismo 
celular. 
 No ser humano podemos considerar como sistemas 
excretores o sistema urinário (produz a urina) e a pele 
(produz suor).
Sistema urinário
Sistema urinário 
 Conjunto de órgãos que 
produzem e excretam a urina; 
 A urina é o principal líquido de 
excreção do organismo; 
 Os dois rins filtram todas as 
substâncias da corrente 
sanguínea; 
 Os resíduos formam parte da 
urina que passa pelos ureteres 
até à bexiga. O restante é água; 
 Depois de armazenada na 
bexiga, a urina passa pela uretra 
até o exterior do organismo.
Formação de urina 
 O sangue chega ao rim pela artéria 
renal que se ramifica em numerosos 
capilares. 
 O rim extrai deste sangue água e 
substâncias prejudiciais em excesso 
formando assim a urina. 
 O sangue purificado passa para a veia 
renal saindo do rim. 
 A urina assim formada passa aos 
ureteres e desce à bexiga onde é 
armazenada 
 Quando a bexiga se enche sentimos 
vontade de urinar 
 A urina sai da bexiga através da 
uretra.
Formação de urina 
1. O rins retiram os 
desperdícios do sangue; 
2. Gota a gota, a urina segue 
pelos ureteres até à 
bexiga; 
3. A urina é armazenada na 
bexiga; 
4. A urina é eliminada 
através da uretra.
Curiosidades 
 180 litros de sangue são filtrados e refiltrados pelos 
rins todos os dias. Em situações normais o rim produz 
cerca de 1 litro de urina por dia, podendo produzir 
mais caso haja ingestão de muito líquido e menos 
caso haja restrição hídrica. 
 Durante o exercício físico a produção de urina diminui 
devido à perda de água pelo suor
Pele
Suor 
 O suor é um líquido produzido pelas glândulas sudoríparas, 
que se encontram na derme; 
 Existem cerca de dois milhões de glândulas sudoríparas 
espalhadas por todo o corpo; 
 Grande parte delas localiza-se na cara, nas axilas, na palma 
das mãos e na planta dos pés; 
 O suor contém principalmente água, além de outras 
substâncias, como ureia, ácido úrico e cloreto de sódio (o sal 
de cozinha); 
 As substâncias contidas no suor são retiradas do sangue 
pelas glândulas sudoríparas. Através de canal excretor, 
chegam até a superfície da pele, saindo pelos poros. 
 Eliminando o suor, a actividade das glândulas sudoríparas 
contribui para a manutenção da temperatura do corpo.
Formação de suor 
 O suor é o produto de excreção da pele; 
 É fabricado nas glândulas sudoríparas, abundantes nas 
palmas das mãos, plantas dos pés e axilas; 
 São compostas por tubos enrolados à volta dos quais se 
encontram capilares sanguíneos; 
 As glândulas sudoríparas situam-se na derme comunicando 
com a superfície da epiderme através de um poro.
Constituição da pele 
1. Epiderme 
2. Poro 
3. Pêlo 
4. Derme 
5. Glândula sudorípara
Curiosidades 
 O suor é aumenta com o nervosismo e náuseas e 
diminui nas constipações; 
 A hiperidrose ou hiper-hidrose é a transpiração 
excessiva; 
 Os animais com poucas glândulas de suor, como os 
cães, conseguem resultados similares ofegando, 
evaporando a água do revestimento molhado da 
cavidade oral e faringe.
TODO MATERIAL DESSA AULA VOCÊ ENCONTRA EM: 
http://marcosjuniorprofessor.blogspot.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sistema excretor i
Sistema excretor iSistema excretor i
Sistema excretor iPelo Siro
 
Sistema excretor prof Ivanise Meyer
Sistema excretor prof Ivanise MeyerSistema excretor prof Ivanise Meyer
Sistema excretor prof Ivanise MeyerIvanise Meyer
 
Sistema Excretor Humano
Sistema Excretor HumanoSistema Excretor Humano
Sistema Excretor HumanoAjuda Escolar
 
Sistema Excretor
Sistema ExcretorSistema Excretor
Sistema ExcretorPelo Siro
 
Sistema excretor urinário atividades
Sistema excretor   urinário atividadesSistema excretor   urinário atividades
Sistema excretor urinário atividadesLuciano Mendes
 
6º Ano Sistema Excretor
6º Ano Sistema Excretor6º Ano Sistema Excretor
6º Ano Sistema Excretors1lv1alouro
 
Sistema urinário com material reciclado
Sistema urinário  com material reciclado Sistema urinário  com material reciclado
Sistema urinário com material reciclado Mary Alvarenga
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaMarília Gomes
 
Sistema UrináRio
Sistema UrináRioSistema UrináRio
Sistema UrináRiorukka
 
Anatomia e fisiologia do sistema urinario
Anatomia e fisiologia do sistema urinarioAnatomia e fisiologia do sistema urinario
Anatomia e fisiologia do sistema urinario120120120120120120
 
Eliminação de produtos da actividade celular
Eliminação de produtos da actividade celularEliminação de produtos da actividade celular
Eliminação de produtos da actividade celularTânia Reis
 

Mais procurados (20)

Sistema excretor i
Sistema excretor iSistema excretor i
Sistema excretor i
 
Sistema excretor prof Ivanise Meyer
Sistema excretor prof Ivanise MeyerSistema excretor prof Ivanise Meyer
Sistema excretor prof Ivanise Meyer
 
Sistema Excretor Humano
Sistema Excretor HumanoSistema Excretor Humano
Sistema Excretor Humano
 
Sistema Excretor
Sistema ExcretorSistema Excretor
Sistema Excretor
 
Sistema excretor urinário atividades
Sistema excretor   urinário atividadesSistema excretor   urinário atividades
Sistema excretor urinário atividades
 
Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
 
6º Ano Sistema Excretor
6º Ano Sistema Excretor6º Ano Sistema Excretor
6º Ano Sistema Excretor
 
Sistema Excretor
Sistema ExcretorSistema Excretor
Sistema Excretor
 
Sistema urinário com material reciclado
Sistema urinário  com material reciclado Sistema urinário  com material reciclado
Sistema urinário com material reciclado
 
Sistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humanaSistema urinário - Anatomia humana
Sistema urinário - Anatomia humana
 
Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
 
Sistema Excretor
Sistema ExcretorSistema Excretor
Sistema Excretor
 
Sistema UrináRio
Sistema UrináRioSistema UrináRio
Sistema UrináRio
 
Sistema Excretor 8º ano
Sistema Excretor 8º anoSistema Excretor 8º ano
Sistema Excretor 8º ano
 
Sistema excretor
Sistema excretorSistema excretor
Sistema excretor
 
Sistema urinario
Sistema urinarioSistema urinario
Sistema urinario
 
Anatomia e fisiologia do sistema urinario
Anatomia e fisiologia do sistema urinarioAnatomia e fisiologia do sistema urinario
Anatomia e fisiologia do sistema urinario
 
Eliminação de produtos da actividade celular
Eliminação de produtos da actividade celularEliminação de produtos da actividade celular
Eliminação de produtos da actividade celular
 
Sistema excretor
Sistema excretorSistema excretor
Sistema excretor
 
Excreção
ExcreçãoExcreção
Excreção
 

Destaque

Sistema Excretor
Sistema ExcretorSistema Excretor
Sistema ExcretorPelo Siro
 
Ciências Da Natureza: A Fotossíntese nas Plantas - Diana e Barbara, 6ºD
Ciências Da Natureza: A Fotossíntese nas Plantas - Diana e Barbara, 6ºDCiências Da Natureza: A Fotossíntese nas Plantas - Diana e Barbara, 6ºD
Ciências Da Natureza: A Fotossíntese nas Plantas - Diana e Barbara, 6ºDAntónio Machado
 
Sistema respiratorio slides da aula
Sistema respiratorio slides da aulaSistema respiratorio slides da aula
Sistema respiratorio slides da aulaFabiano Reis
 

Destaque (10)

Sistema Excretor
Sistema ExcretorSistema Excretor
Sistema Excretor
 
Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
 
G21 sismologia 1
G21   sismologia 1G21   sismologia 1
G21 sismologia 1
 
3º fev 2012
3º fev 20123º fev 2012
3º fev 2012
 
Ciências Da Natureza: A Fotossíntese nas Plantas - Diana e Barbara, 6ºD
Ciências Da Natureza: A Fotossíntese nas Plantas - Diana e Barbara, 6ºDCiências Da Natureza: A Fotossíntese nas Plantas - Diana e Barbara, 6ºD
Ciências Da Natureza: A Fotossíntese nas Plantas - Diana e Barbara, 6ºD
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 
Sistema respiratorio powerpoint
Sistema respiratorio powerpointSistema respiratorio powerpoint
Sistema respiratorio powerpoint
 
Plantas (Alimentação)
Plantas (Alimentação)Plantas (Alimentação)
Plantas (Alimentação)
 
Sistema respiratorio slides da aula
Sistema respiratorio slides da aulaSistema respiratorio slides da aula
Sistema respiratorio slides da aula
 
Sistema respiratório
Sistema respiratórioSistema respiratório
Sistema respiratório
 

Semelhante a SISTEMA URINÁRIO - ETI

Eliminação dos produtos resultantes da atividade celular
Eliminação dos produtos resultantes da atividade celularEliminação dos produtos resultantes da atividade celular
Eliminação dos produtos resultantes da atividade celularMargarida Catarro
 
Excreção2
Excreção2Excreção2
Excreção2Andilica
 
Eliminação de produtos da atividade celular
Eliminação de produtos da atividade celularEliminação de produtos da atividade celular
Eliminação de produtos da atividade celularCarla Gomes
 
Excreção
ExcreçãoExcreção
ExcreçãoAndilica
 
Sistemaexcretor
SistemaexcretorSistemaexcretor
Sistemaexcretorelisabete
 
SISTEMA URINÁRIO.pptx anatomia e fisiologia
SISTEMA URINÁRIO.pptx anatomia e fisiologiaSISTEMA URINÁRIO.pptx anatomia e fisiologia
SISTEMA URINÁRIO.pptx anatomia e fisiologiaADELANEROCHA3
 
Sistemaurinrio 090719173145-phpapp02
Sistemaurinrio 090719173145-phpapp02Sistemaurinrio 090719173145-phpapp02
Sistemaurinrio 090719173145-phpapp02Pelo Siro
 
O sistema urinário
O sistema urinárioO sistema urinário
O sistema urinárioLena Almeida
 

Semelhante a SISTEMA URINÁRIO - ETI (20)

Sistema urinário
Sistema urinárioSistema urinário
Sistema urinário
 
Sistema excretor
Sistema excretorSistema excretor
Sistema excretor
 
Eliminação dos produtos resultantes da atividade celular
Eliminação dos produtos resultantes da atividade celularEliminação dos produtos resultantes da atividade celular
Eliminação dos produtos resultantes da atividade celular
 
Função excretora
Função excretoraFunção excretora
Função excretora
 
Excrecao
ExcrecaoExcrecao
Excrecao
 
Excreção2
Excreção2Excreção2
Excreção2
 
Eliminação de produtos da atividade celular
Eliminação de produtos da atividade celularEliminação de produtos da atividade celular
Eliminação de produtos da atividade celular
 
Sistemaexcretor
SistemaexcretorSistemaexcretor
Sistemaexcretor
 
Sistemaexcretor
SistemaexcretorSistemaexcretor
Sistemaexcretor
 
Sistemaexcretor
SistemaexcretorSistemaexcretor
Sistemaexcretor
 
Sistemaexcretor
SistemaexcretorSistemaexcretor
Sistemaexcretor
 
Sistemaexcretor
SistemaexcretorSistemaexcretor
Sistemaexcretor
 
Excreção
ExcreçãoExcreção
Excreção
 
Sistemaexcretor
SistemaexcretorSistemaexcretor
Sistemaexcretor
 
Sistema Urinário
Sistema UrinárioSistema Urinário
Sistema Urinário
 
SISTEMA URINÁRIO.pptx anatomia e fisiologia
SISTEMA URINÁRIO.pptx anatomia e fisiologiaSISTEMA URINÁRIO.pptx anatomia e fisiologia
SISTEMA URINÁRIO.pptx anatomia e fisiologia
 
Sistemaurinrio 090719173145-phpapp02
Sistemaurinrio 090719173145-phpapp02Sistemaurinrio 090719173145-phpapp02
Sistemaurinrio 090719173145-phpapp02
 
Sistema urinario
Sistema urinarioSistema urinario
Sistema urinario
 
Sistema Excretor
Sistema Excretor Sistema Excretor
Sistema Excretor
 
O sistema urinário
O sistema urinárioO sistema urinário
O sistema urinário
 

Mais de Marcos Júnior

MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)Marcos Júnior
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturasMarcos Júnior
 
Substâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturasSubstâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturasMarcos Júnior
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasMarcos Júnior
 
Resumo sistema urinário.
Resumo sistema urinário.Resumo sistema urinário.
Resumo sistema urinário.Marcos Júnior
 
Apresentação sistema respiratório e circulatório
Apresentação sistema respiratório e circulatórioApresentação sistema respiratório e circulatório
Apresentação sistema respiratório e circulatórioMarcos Júnior
 
Modelo relatório vírus ebola
Modelo relatório vírus ebolaModelo relatório vírus ebola
Modelo relatório vírus ebolaMarcos Júnior
 
Correção dos exercícios eletrostática
Correção dos exercícios eletrostáticaCorreção dos exercícios eletrostática
Correção dos exercícios eletrostáticaMarcos Júnior
 
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...Marcos Júnior
 
Calor e escalas termométricas
Calor e escalas termométricasCalor e escalas termométricas
Calor e escalas termométricasMarcos Júnior
 
Exercícios – mecânica
Exercícios – mecânicaExercícios – mecânica
Exercícios – mecânicaMarcos Júnior
 

Mais de Marcos Júnior (20)

MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
MODELO RELATÓRIO FILME - ETI 2017 (ATUALIZADO)
 
Modelo relatório
Modelo relatórioModelo relatório
Modelo relatório
 
Separação de misturas
Separação de misturasSeparação de misturas
Separação de misturas
 
Substâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturasSubstâncias puras e misturas
Substâncias puras e misturas
 
A5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicasA5 i funcoes_inorganicas
A5 i funcoes_inorganicas
 
Peixes
PeixesPeixes
Peixes
 
Anfíbios
AnfíbiosAnfíbios
Anfíbios
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Sistemas genitais1
Sistemas genitais1Sistemas genitais1
Sistemas genitais1
 
PELE - ETI OITAVOS
PELE - ETI OITAVOSPELE - ETI OITAVOS
PELE - ETI OITAVOS
 
PLATELMINTOS
PLATELMINTOSPLATELMINTOS
PLATELMINTOS
 
Resumo sistema urinário.
Resumo sistema urinário.Resumo sistema urinário.
Resumo sistema urinário.
 
Apresentação sistema respiratório e circulatório
Apresentação sistema respiratório e circulatórioApresentação sistema respiratório e circulatório
Apresentação sistema respiratório e circulatório
 
Modelo relatório vírus ebola
Modelo relatório vírus ebolaModelo relatório vírus ebola
Modelo relatório vírus ebola
 
Correção dos exercícios eletrostática
Correção dos exercícios eletrostáticaCorreção dos exercícios eletrostática
Correção dos exercícios eletrostática
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
Trocas de calor, quantidade de calor, calor específico, calor latente e dilat...
 
Escola nao ensina
Escola nao ensinaEscola nao ensina
Escola nao ensina
 
Calor e escalas termométricas
Calor e escalas termométricasCalor e escalas termométricas
Calor e escalas termométricas
 
Exercícios – mecânica
Exercícios – mecânicaExercícios – mecânica
Exercícios – mecânica
 

Último

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfdottoor
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdfNoções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
Noções de Orçamento Público AFO - CNU - Aula 1 - Alunos.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 

SISTEMA URINÁRIO - ETI

  • 1. ETI PADRE JOSIMO TAVARES PROF. MARCOS JR. Sistema excretor (urinário e pele)
  • 2.  No interior das células, nas mitocôndrias, é produzida energia através do metabolismo celular;  Além de energia, as células também produzem desperdícios;  Estes desperdícios devem ser eliminados porque são tóxicos para o organismo;  Os capilares recolhem os desperdícios e transportam-nos até serem eliminados;  A eliminação de resíduos chama-se excreção.
  • 3. Excreção  Processo de eliminação de produtos tóxicos resultantes do metabolismo celular (dióxido de carbono, ácido úrico, ureia, vapor de água);  Os desperdícios do metabolismo são eliminados de várias formas…
  • 4. Formas de Excreção Expiração (dióxido de carbono e vapor de água) Suor (sais minerais) Urina (ácido úrico e ureia)
  • 5. Sistema excretor  Conjunto de órgãos responsáveis pela:  manutenção do meio interno;  regulação do teor de água e sais minerais;  eliminação de resíduos formados durante o metabolismo celular.  No ser humano podemos considerar como sistemas excretores o sistema urinário (produz a urina) e a pele (produz suor).
  • 7. Sistema urinário  Conjunto de órgãos que produzem e excretam a urina;  A urina é o principal líquido de excreção do organismo;  Os dois rins filtram todas as substâncias da corrente sanguínea;  Os resíduos formam parte da urina que passa pelos ureteres até à bexiga. O restante é água;  Depois de armazenada na bexiga, a urina passa pela uretra até o exterior do organismo.
  • 8. Formação de urina  O sangue chega ao rim pela artéria renal que se ramifica em numerosos capilares.  O rim extrai deste sangue água e substâncias prejudiciais em excesso formando assim a urina.  O sangue purificado passa para a veia renal saindo do rim.  A urina assim formada passa aos ureteres e desce à bexiga onde é armazenada  Quando a bexiga se enche sentimos vontade de urinar  A urina sai da bexiga através da uretra.
  • 9. Formação de urina 1. O rins retiram os desperdícios do sangue; 2. Gota a gota, a urina segue pelos ureteres até à bexiga; 3. A urina é armazenada na bexiga; 4. A urina é eliminada através da uretra.
  • 10. Curiosidades  180 litros de sangue são filtrados e refiltrados pelos rins todos os dias. Em situações normais o rim produz cerca de 1 litro de urina por dia, podendo produzir mais caso haja ingestão de muito líquido e menos caso haja restrição hídrica.  Durante o exercício físico a produção de urina diminui devido à perda de água pelo suor
  • 11. Pele
  • 12. Suor  O suor é um líquido produzido pelas glândulas sudoríparas, que se encontram na derme;  Existem cerca de dois milhões de glândulas sudoríparas espalhadas por todo o corpo;  Grande parte delas localiza-se na cara, nas axilas, na palma das mãos e na planta dos pés;  O suor contém principalmente água, além de outras substâncias, como ureia, ácido úrico e cloreto de sódio (o sal de cozinha);  As substâncias contidas no suor são retiradas do sangue pelas glândulas sudoríparas. Através de canal excretor, chegam até a superfície da pele, saindo pelos poros.  Eliminando o suor, a actividade das glândulas sudoríparas contribui para a manutenção da temperatura do corpo.
  • 13. Formação de suor  O suor é o produto de excreção da pele;  É fabricado nas glândulas sudoríparas, abundantes nas palmas das mãos, plantas dos pés e axilas;  São compostas por tubos enrolados à volta dos quais se encontram capilares sanguíneos;  As glândulas sudoríparas situam-se na derme comunicando com a superfície da epiderme através de um poro.
  • 14. Constituição da pele 1. Epiderme 2. Poro 3. Pêlo 4. Derme 5. Glândula sudorípara
  • 15. Curiosidades  O suor é aumenta com o nervosismo e náuseas e diminui nas constipações;  A hiperidrose ou hiper-hidrose é a transpiração excessiva;  Os animais com poucas glândulas de suor, como os cães, conseguem resultados similares ofegando, evaporando a água do revestimento molhado da cavidade oral e faringe.
  • 16. TODO MATERIAL DESSA AULA VOCÊ ENCONTRA EM: http://marcosjuniorprofessor.blogspot.com