O slideshow foi denunciado.

Ppp marco silva

1

Compartilhar

Próximos SlideShares
Ppp marco silva2
Ppp marco silva2
Carregando em…3
×
1 de 17
1 de 17

Ppp marco silva

1

Compartilhar

Baixar para ler offline

  1. 1. Sala de aula interativa Marco Silva EDU/UERJ
  2. 2. Educar em nosso tempo conta com uma feliz coincidência histórica:  a dinâmica comunicacional da cibercultura, em sua fase atual chamada web 2.0, caracterizada como autoria, compartilhamento, conectividade e colaboração  e os fundamentos da educação autêntica defendidos como autonomia, diversidade, dialógica e democracia
  3. 3. Comunicar na cibercultura, na web 2.0 requer interatividade O emissor não emite mais no sentido que se entende habitualmente, uma mensagem fechada. Ele oferece um leque de elementos e possibilidades à manipulação do receptor. A mensagem não é mais "emitida", não é mais um mundo fechado, paralisado, imutável, intocável, sagrado. É um mundo aberto, modificável na medida em que responde às solicitações daquele que a consulta. O receptor não está mais em posição de recepção clássica. Ele é convidado à livre criação. A mensagem ganha sentido sob sua intervenção. (Marie Marchand, 1985)
  4. 4. Que é interatividade três fundamentos imbricados Escher
  5. 5. Participação-intervenção O professor pressupõe a participação- intervenção do aprendiz. Participar é muito mais que responder “sim” ou “não”, é muito mais que escolher uma opção dada. Participar é modificar, é interferir na mensagem.
  6. 6. Bidirecionalidade-hibridação Comunicar pressupõe recursão da emissão e recepção. A comunicação é produção conjunta da emissão e da recepção. O emissor é receptor em potencial e o receptor é emissor em potencial. Os dois pólos codificam e decodificam.
  7. 7. Permutabilidade-potencialidade O professor disponibiliza a possibilidade de múltiplas redes articulatórias. Ele não propõe uma mensagem fechada, ao contrário, oferece informação em redes de conexões permitindo ao receptor ampla liberdade de associação e significações.
  8. 8. Aprendizagens com tecnologias na sala de aula presencial e online Pressupõe: 1. Mudança paradigmática na comunicação 2. Inclusão digital 3. Inclusão cibercultural
  9. 9. Dois paradigmas comunicacionais Sala de aula interativa (todos-todos) Sala de aula unidirecional (um-todos)
  10. 10. A pedagogia do parangolé ou como cuidar da materialidade da comunicação interativa no desenho didático e na mediação docente  Garante no AVA uma riqueza de funcionalidadesGarante no AVA uma riqueza de funcionalidades específicasespecíficas  Disponibiliza múltiplas experimentações, múltiplasDisponibiliza múltiplas experimentações, múltiplas expressõesexpressões  Promove uma montagem de conexões em rede que permitePromove uma montagem de conexões em rede que permite múltiplas ocorrênciasmúltiplas ocorrências  Provoca situações de inquietação criadoraProvoca situações de inquietação criadora  Arquiteta percursos hipertextuaisArquiteta percursos hipertextuais  Mobiliza a experiência do conhecimentoMobiliza a experiência do conhecimento  Desenvolve rubricas de avaliação formativaDesenvolve rubricas de avaliação formativa
  11. 11. Loyola 2ª ed. 2011 Loyola 5ª ed. 2012 Loyola 3ª ed. 2010 Gedisa 1ª ed. 2005 WAK 1ª ed. 2010
  12. 12. Obrigado!  mparangole@gmail.com  www.saladeaulainterativa.pro.br  (21) 9377-1920
  1. 1. Sala de aula interativa Marco Silva EDU/UERJ
  2. 2. Educar em nosso tempo conta com uma feliz coincidência histórica:  a dinâmica comunicacional da cibercultura, em sua fase atual chamada web 2.0, caracterizada como autoria, compartilhamento, conectividade e colaboração  e os fundamentos da educação autêntica defendidos como autonomia, diversidade, dialógica e democracia
  3. 3. Comunicar na cibercultura, na web 2.0 requer interatividade O emissor não emite mais no sentido que se entende habitualmente, uma mensagem fechada. Ele oferece um leque de elementos e possibilidades à manipulação do receptor. A mensagem não é mais "emitida", não é mais um mundo fechado, paralisado, imutável, intocável, sagrado. É um mundo aberto, modificável na medida em que responde às solicitações daquele que a consulta. O receptor não está mais em posição de recepção clássica. Ele é convidado à livre criação. A mensagem ganha sentido sob sua intervenção. (Marie Marchand, 1985)
  4. 4. Que é interatividade três fundamentos imbricados Escher
  5. 5. Participação-intervenção O professor pressupõe a participação- intervenção do aprendiz. Participar é muito mais que responder “sim” ou “não”, é muito mais que escolher uma opção dada. Participar é modificar, é interferir na mensagem.
  6. 6. Bidirecionalidade-hibridação Comunicar pressupõe recursão da emissão e recepção. A comunicação é produção conjunta da emissão e da recepção. O emissor é receptor em potencial e o receptor é emissor em potencial. Os dois pólos codificam e decodificam.
  7. 7. Permutabilidade-potencialidade O professor disponibiliza a possibilidade de múltiplas redes articulatórias. Ele não propõe uma mensagem fechada, ao contrário, oferece informação em redes de conexões permitindo ao receptor ampla liberdade de associação e significações.
  8. 8. Aprendizagens com tecnologias na sala de aula presencial e online Pressupõe: 1. Mudança paradigmática na comunicação 2. Inclusão digital 3. Inclusão cibercultural
  9. 9. Dois paradigmas comunicacionais Sala de aula interativa (todos-todos) Sala de aula unidirecional (um-todos)
  10. 10. A pedagogia do parangolé ou como cuidar da materialidade da comunicação interativa no desenho didático e na mediação docente  Garante no AVA uma riqueza de funcionalidadesGarante no AVA uma riqueza de funcionalidades específicasespecíficas  Disponibiliza múltiplas experimentações, múltiplasDisponibiliza múltiplas experimentações, múltiplas expressõesexpressões  Promove uma montagem de conexões em rede que permitePromove uma montagem de conexões em rede que permite múltiplas ocorrênciasmúltiplas ocorrências  Provoca situações de inquietação criadoraProvoca situações de inquietação criadora  Arquiteta percursos hipertextuaisArquiteta percursos hipertextuais  Mobiliza a experiência do conhecimentoMobiliza a experiência do conhecimento  Desenvolve rubricas de avaliação formativaDesenvolve rubricas de avaliação formativa
  11. 11. Loyola 2ª ed. 2011 Loyola 5ª ed. 2012 Loyola 3ª ed. 2010 Gedisa 1ª ed. 2005 WAK 1ª ed. 2010
  12. 12. Obrigado!  mparangole@gmail.com  www.saladeaulainterativa.pro.br  (21) 9377-1920

Mais Conteúdo rRelacionado

×