Instrumentação - Metais (Disc. Arranjos e Transcrições)

6.771 visualizações

Publicada em

Aula sobre Instrumentação: Metais. Curso de Licenciatura em Música - Universidade Federal de São João del-Rei.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Instrumentação - Metais (Disc. Arranjos e Transcrições)

  1. 1. ARRANJOS E TRANSCRIÇÕES INSTRUMENTAÇÃO: METAIS MARCOS FILHOUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  2. 2. P R O F. M A R C O S F I L H O Metais• Transpositores e não transpositores;• Possui número específico de pentagramas em que são escritos na orquestra (vide formação básica);• Utilizam o princípio da série harmônica para a projeção das notas na escala;• A tessitura e a qualidade acústica dependem do tamanho do tubo do instrumento;• Respiração para fraseados e tempo para descanso dos lábios;• Trinados e trêmulos em geral são fáceis de serem
  3. 3. Universidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  4. 4. Universidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  5. 5. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  6. 6. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  7. 7. P R O F. M A R C O S F I L H O
  8. 8. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  9. 9. P R O F. M A R C O S F I L H O
  10. 10. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  11. 11. P R O F. M A R C O S F I L H O Trompa • Transpositor em F (compositores antigos escreveram para trompas em outros tons); • Utiliza clave de sol (tpa. 1 e 2) e fá (3 e 4); • Algumas notas são especialmente difíceis de serem produzidas (extremos); • Os ataques nem sempre são precisos;Universidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  12. 12. P R O F. M A R C O S F I L H O Escuro e Brilhante e alto sem foco Pesado Brilhante e heróicoUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  13. 13. P R O F. M A R C O S F I L H O
  14. 14. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  15. 15. P R O F. M A R C O S F I L H O
  16. 16. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  17. 17. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  18. 18. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  19. 19. Sons bouchés
  20. 20. P R O F. M A R C O S F I L H O CuivréUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  21. 21. Campanas para cima
  22. 22. P R O F. M A R C O S F I L H O Trompete• Basicamente afinado em C e Bb;• Utiliza clave de sol;• É o instrumento soprano da família dos metais;• Tem som penetrante e flexível;• Usado em solos, conjuntos, uníssonos, oitavas (dois no registro agudos e dois no grave) ou no topo do conjunto de metais;• Funciona bem tocando em uníssonos com outros instrumentos (sax alto ou guitarra elétrica) ou em oitavas com o trombone ou sax tenor;• Sons fortes são mais fáceis de serem produzidos;
  23. 23. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  24. 24. Escrita Som Real Claro, brilhante e Brilhante, mas estridenteSem brilho mais articulado
  25. 25. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  26. 26. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  27. 27. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  28. 28. P R O F. M A R C O S F I L H O
  29. 29. P R O F. M A R C O S F I L H O Surdina Pode-se indicar con sordino para adicionar e senza sordino para retirar. Em inglês utiliza-se também open para indicar sem surdina. No século XIX era comum utilizar a palavra alemã gestopft para adicionar a surdina e offen para retirar a surdina.Universidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  30. 30. P R O F. M A R C O S F I L H O Trinados para serem evitados:Universidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  31. 31. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  32. 32. P R O F. M A R C O S F I L H O
  33. 33. Flugelhorn
  34. 34. P R O F. M A R C O S F I L H O Trombone (Tenor)• Não transpositor;• É notado na clave de Fá e de Dó na quarta linha;• Possui sete posições cada uma produzindo uma série harmônica específica;• É versátil e pode ser usados em solos, fundos harmônicos e blocos (como solista é dinâmico e efetivo em melodias leves ou sonoras – som heróico);• Dentro de um grupo, o trombone pode funcionar sozinho ou como suporte aos
  35. 35. P R O F. M A R C O S F I L H O
  36. 36. P R O F. M A R C O S F I L H OEscuro, menos Firme e poderoso Muito intenso forte
  37. 37. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  38. 38. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  39. 39. P R O F. M A R C O S F I L H OTrombone Baixo Muito poderoso Pesado e um pouco forte Profundo e sólidoTrombone Alto
  40. 40. P R O F. M A R C O S F I L H O
  41. 41. Surdina
  42. 42. Glissando
  43. 43. P R O F. M A R C O S F I L H O
  44. 44. P R O F. M A R C O S F I L H O Tuba• Não transpositor;• É o mais grave instrumentos entre os metais e é notado na clave de Fá;• O registro médio é mais ágil e o grave mais fraco;• Pode funcionar efetivamente entre as dinâmicas ff e pp;• Pode ser utilizado como solo ou em combinação com outros instrumentos (funciona bem com um naipe de trombones,
  45. 45. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  46. 46. P R O F. M A R C O S F I L H O Ficando fraco, mas ainda intensoProfundo e pesado Muito forte
  47. 47. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  48. 48. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  49. 49. P R O F. M A R C O S F I L H O
  50. 50. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  51. 51. P R O F. M A R C O S F I L H O
  52. 52. P R O F. M A R C O S F I L H OUniversidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música
  53. 53. P R O F. M A R C O S F I L H OEufônio (Euphonium)
  54. 54. P R O F. M A R C O S F I L H O
  55. 55. P R O F. M A R C O S F I L H O
  56. 56. ARRANJOS E TRANSCRIÇÕES REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS: ADLER, Samuel. The Study of Orchestration. 3ª ed. Nova Iorque: W.W. Norton & Company, 2002. CARDOSO FILHO, Marcos Edson. Anotações de Aulas da Disciplina Orquestração. Prof. Oiliam Lana. Belo Horizonte: UFMG. NESTICO, Sammy. The Complete Arranger. USA: Fewnwood Music Co., 1993.Universidade Federal de São João del-ReiDepartamento de Música

×