O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Sist sol marcoscalil

1.038 visualizações

Publicada em

Sistema Solar (julho 2013) - Apresentação realizada para o Mini Curso "Astronomia na Escola" durante o 65 Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

  • Seja o primeiro a comentar

Sist sol marcoscalil

  1. 1. SISTEMA SOLAR Prof. Dr. Marcos Calil
  2. 2. O Sistema Solar é constituído por (até julho 2013): Uma estrela: o Sol 8 planetas: Merúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno 5 planetas anões: Ceres, Plutão, Haumea, Makemake e Eris Sendo 4 plutóides: Plutão, Haumea, Makemake e Eris Mais de 172 satélites dos planetas e planetas anões 8 satélites dos planetas anões: 5 Plutão, 2 Haumea, 1 Éris Satélites de asteróides
  3. 3. Milhares de asteróides: mais de 100.000 catalogados Centenas de cometas Mais de 700 objetos trans-netunianos (Disco de Edgeworth- Kuiper) Incontáveis meteoróides Nuvem de Öpik-Oort (com bilhões de núcleos cometários) Meio interplanetário
  4. 4. Diâmetro = 1.391.000 km Sol Terra = 109 Terras
  5. 5. Período de Rotação Médio no Equador Solar 25 dias Diâmetro Equatorial (aproximado) 1.391.000 km Tamanho Máximo Registrado das Manchas Solares (aproximado) 255.126,8 km ~ 20 diâmetros da Terra Massa Estimada 1,989x1030 kg ~ 331.500 massas da Terra Densidade Média (estimada) 1,409 g/cm3 Temperatura Superficial Média (aproximada) 5.500ºC Temperatura Central Média (aproximada) 15.000.000ºC Temperatura Média das Manchas Solares (aproximada) 4.000ºC Principais Componentes da Atmosfera Hidrogênio e Hélio Gravidade (aproximada) 274,4m/s2 ~ 28 vezes a gravidade da Terra Velocidade de Escape (aproximada) 620 km/s
  6. 6. DEFINIÇÕES: 24 ago 2006 – IAU: Resolution B5 PLANETAS a) Um corpo celeste que orbita em torno do Sol b) Tem forma determinada pelo equilíbrio hidrostático (arredondada) resultante do fato de que sua força de gravidade supere as forças de coesão dos meteriais que o constituem c) É um objeto de dimensão predominante entre os objetos que se encontram em órbitas vizinhas
  7. 7. DEFINIÇÕES: 24 ago 2006 – IAU: Resolution B5 PLANETAS ANÕES a) Um corpo celeste que orbita em torno do Sol b) Tem forma determinada pelo equilíbrio hidrostático (arredondada) resultante do fato de que sua força de gravidade supere as forças de coesão dos meteriais que o constituem c) Não precisa ser um objeto de dimensão predominante entre os objetos que se encontram em órbitas vizinhas d) Não é um satélite
  8. 8. DEFINIÇÕES: 24 ago 2006 – IAU: Resolution B5 CORPOS MENORES DO SISTEMA SOLAR Todos os outros objetos que orbitam o Sol, excluindo satélites.
  9. 9. DEFINIÇÕES: 11 jun 2008 – IAU0804 PLUTÓIDE a) Deve possuir um semi-eixo maior do que Netuno (corpos trans-netunianos) b) Uma magnitude absoluta mais brilhante do que H = 1 Magnitude absoluta H...
  10. 10. A magnitude absoluta H para planetas, planetas anões, cometas e asteróides permite os astrônomos comparar o brilho dos objetos, como se todos eles estivessem a uma unidade astronômica do Sol e da Terra e em um ângulo de fase zero graus. Nesta escala, o aumento da luminosidade corresponde a uma magnitude decrescente.
  11. 11. Amanhecer: Apolo deus do dia Entardecer: Mercúrio deus do ladrão
  12. 12. Diâmetro = 4.879 km Terra Mercúrio = 2,6 Mercúrios
  13. 13. Distância Média do Sol 57.900.000 km ~ 0,387 U.A. Excentricidade da Órbita 0,206 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 7º Período de Translação (aproximado) 87,97 dias Período de Rotação (aproximado) 58,6 dias Inclinação do Eixo 0,1º Diâmetro Equatorial (aproximado) 4.879 km Massa (aproximada) 3,3x1023 kg ~ 0,055 massas da Terra Densidade Média (estimada) 5,41 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) 407ºC (dia) e -183ºC (noite) Principais Componentes da Atmosfera Sódio, Hélio, Hidrogênio e Oxigênio Gravidade (aproximada) 3,626 m/s2 ~ 0,37 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) 47.886 Tesla ~ 0,006 vezes o campo magnético da Terra Número de Anéis 0 Número de Satélites 0
  14. 14. Estrutura interna de Mercúrio Manto Crosta rochosa Núcleo (Fe - Líquido)
  15. 15. Vênus = deusa da beleza e do amor. Vésper ou Véspero = estrela da tarde. Estrela do Pastor; Papa Ceia; Estrela d’Alva; Estrela Matutina; Estrela da Manhã.
  16. 16. Diâmetro = 12.102 km Terra Vênus = 1,05 Vênus
  17. 17. Distância Média do Sol 108.200.000 km ~ 0,723 U.A. Excentricidade da Órbita 0,0068 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 3,4º Período de Translação (aproximado) 224,7 dias Período de Rotação (aproximado) -243 dias Inclinação do Eixo 177º Diâmetro Equatorial (aproximado) 12102 km Massa (aproximada) 4,9x1024 kg ~ 0,815 massas da Terra Densidade Média (estimada) 5,25 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) De -43ºC a 470ºC Principais Componentes da Atmosfera Dióxido de Carbono e Nitrogênio Gravidade (aproximada) 8,624 m/s2 ~ 0,88 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) 0 Número de Anéis 0 Número de Satélites 0
  18. 18. Ultravioleta
  19. 19. Sem nuvens
  20. 20. Estrutura de Vênus Núcleo (Líquido) Manto Atmosfera CO2 Crosta rochosa
  21. 21. Pioneer's MAXWELL MONTES:. Highest mountain range in the solar system, Maxwell rises some 11 kilometers above the surrounding plains of Lakshmi. This image was generated in 1989, based on the NASA Pioneer Venus altimetry data and the Soviet Venera Synthetic Aperture Radar. Resolution is about one data point = 15km, vertical exaggeration is x20. The 640x480
  22. 22. Efeito estufa em Vênus Calor Calor Calor Calor Atmosfera de Vênus Vênus Luz CO2
  23. 23. http://www.fourmilab.ch/cgi-bin/uncgi/Earth 16:30 23o (S) 46o (W)
  24. 24. Sec. X X – John Fillmore (1868 – 1925) Forma elipsóide 1942 – Satélites soviéticos 1976 – I.A.U. e U.G.G.I. Aproximada de uma elipsóide. Sec. X V I I – Forma da Terra Ingleses (Newton e Huyghens) – Pólos Franceses (Jacques Cassini) – Linha do Equador
  25. 25. Diâmetro = 12.756 km Distância média do Sol = 149.597.900 km
  26. 26. Distância Média do Sol 149.600.000 km = 1 U.A. Excentricidade da Órbita 0,0167 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 0º Período de Translação (aproximado) 365,26 dias Período de Rotação (aproximado) 23 horas e 56 minutos Inclinação do Eixo 23˚27º Diâmetro Equatorial (aproximado) 12.756,34 km Massa (aproximada) 6x1024 kg Densidade Média (estimada) 5,52 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) 22ºC Principais Componentes da Atmosfera Nitrogênio e Oxigênio Gravidade (aproximada) 9,8 m/s2 Campo Magnético (aproximado) 7.981.000 Tesla Número de Anéis 0 Número de Satélites 1
  27. 27. Estrutura Interna da Terra Núcleo interno (Sólido) (Fe,Co,Ni) Manto superior Crosta Núcleo externo (Fluido) (Fe) Manto inferior (Silicato) Atmosfera
  28. 28. Estrutura Interna da Terra Dados em km: Crosta: 0 - 40 Manto superior: 40 - 400 Região de transição:400 - 650 Manto inferior: 650 - 2700 Camada D'': 2700 - 2890 Núcleo exterior: 2890 - 5150 Núcleo interior: 5150 - 6378
  29. 29. Páscoa – Lua Pascoal Lua fictícia tem como objetivo utilizar a primeira lua cheia após o equinócio do outono, para a referência de cálculo do domingo de Páscoa. A deusa da caça
  30. 30. Diâmetro = 3.474 km Terra Lua = 3,67 Luas Temperatura = -233oC à 123oC Distância média da Terra = 384.402 km Rotação = 27,32 dias terrestres Translação = 27,32 dias terrestres
  31. 31. Estrutura interna da Lua
  32. 32. Estrutura interna da Lua Ferro? Astenosfera plástica Litosfera sólida Crosta Mares Mares Terra
  33. 33. d O deus da guerra Egito antigo – Har-tesch, estrela vermelha; Babilônia – Zalbatanu, estrela mortífera; China – Teh’é-Sing, planeta vermelho.
  34. 34. Diâmetro = 6.794 km Terra Marte = 1,87 Martes
  35. 35. Distância Média do Sol 227.940.000 km ~ 1,524 U.A. Excentricidade da Órbita 0,093 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 1,9º Período de Translação (aproximado) 686,98 dias Período de Rotação (aproximado) 24 horas e 37 minutos Inclinação do Eixo 25º Diâmetro Equatorial (aproximado) 6.794 km Massa (aproximada) 6,4x1023 kg ~ 0,107 massas da Terra Densidade Média (estimada) 3,9 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -23ºC Principais Componentes da Atmosfera Dióxido de Carbono e Nitrogênio Gravidade (aproximada) 3,724 m/s2 ~ 0,38 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) 0 Número de Anéis 0 Número de Satélites 2
  36. 36. Estrutura interna de Marte Núcleo (Fe) Manto (silicatos com ferro e magnésio) Crosta – Alumínio Silicatos Atmosfera
  37. 37. Estrutura interna de Marte
  38. 38. Estrutura interna de Marte
  39. 39. Phobos Distância média do planeta : 9.400 km Período orbital : 0,5 (d.t.) Deimos Distância média do planeta : 23.500 km Período orbital : 1,4 (d.t.)
  40. 40. 27 km 22 km18 km 15 km 12 km 11 km
  41. 41. Semelhante a uma estrela
  42. 42. Distância ao Sol De 300.000.000 km ~ 2 U.A. À 600.000.000 km ~ 4 U.A. Período de Translação De 3,3 a 6 anos Massa média de um asteróide Menor que a massa da Lua Formato Irregular Albedo De 0.03 a 0.22 (reflexão total = 0.0 e absorção total = 1.0) Densidade média dos grandes asteróides 2,5 g/cm3
  43. 43. 1766 – Lei de Titus e Bode d = 0,4 + 0,3 x 2n com n = - oo, 0, 1, 2, ...
  44. 44. 1781 - Descoberta de Herschel de Urano corrobora com a lei e a procura de novos corpos entre Marte e Júpiter. 1801 - Piazzi descobre Ceres 1802 - H. Olbers descobre Pallas Teoria de Olbers (1803): Ceres e Pallas são restos da explosão de um planeta.
  45. 45. 1807 - descoberto Juno e Vesta Até 1840 temos 4 novos planetas Ceres Pallas Juno Vesta
  46. 46. 1845 a 1851 - 15 novos asteróides Começa o uso da numeração por data da descoberta 1 Ceres 2 Pallas 3 Juno 4 Vesta
  47. 47. Herschel: “asteroids” = quase-estrela
  48. 48. Diâmetro = 1 km a 940 km Quantidade: Distância média do Sol ~ 500.000.000 km Levantamento efetuado no infra-vermelho pelo ISO (Observatório Espacial no Infra-vermelho, ESA) mostrou que podem haver entre 1,1 e 1,9 milhões de asteróides com 1km de diâmetro. Corpos com menores dimensões devem chegar a milhões e até bilhões. Até 28/03/2002 haviam 39.462 asteróides catalogados. Entre eles estão os Asteróides que se Aproximam da Terra (NEA), os quais já chegam a 500. Esse número deve aumentar pois calcula-se que devam existir cerca de 1.000 asteróides com mais de 1 km de raio que possuem órbitas que passam muito próximas da Terra e que ainda não foram detectados.
  49. 49. A partir de 1993 a sonda Galileu descobriu uma lua no asteróide Ida. Ida Dáctilo Tipo S, Tamanho: cerca de 60-km Idade: 1 bilhão de anos Tamanho: cerca de 1,5-km Distância: 90-km
  50. 50. A classificação dos asteróides é feita a partir do estudo da luz solar refletida por ele. Esta classificação apresenta alguma semelhança com a dos meteoritos já que eles devem pertencer à mesma classe de objetos. São as classes: Classe C (C de carbonáceos) Nesta classe estão mais de 75% dos asteróides conhecidos. Eles são muito escuros e apresentam um albedo de 0,03. Eles possuem aproximadamente a mesma composição química do Sol menos hidrogênio e hélio.
  51. 51. Classe S (S de silicatos) Nesta classe estão 17% do total. São objetos relativamente brilhantes com albedo variando de 0,10 a 0,22. Eles possuem composição metálica (níquel e ferro) misturados com silicatos de níquel, de ferro e de magnésio. Classe M (M de metálicos) Nesta classe estão reunidos praticamente o restante. Eles são luminosos, com albedo variando de 0,10 a 0,18, e são constituídos de puro níquel e ferro. Classe E (E de enstatite silicato de magnésio). Classe R (R de red, vermelho em Inglês). Existem outras classes, P, D e U, muito raras, às quais estão associados poucos asteróides.
  52. 52. Características:
  53. 53. Outros Asteróides: Aten: órbitas internas à eclíptica e com pontos de cruzamentos. Apollo: possuem periélio dentro da região interna à órbita da Terra. São de origem recente. Troiano: localizam-se na mesma órbita de Júpiter, nos pontos Lagrangianos, a 60o adiante e atrás do planeta. Amor: possuem periélios na região interna da órbita de Marte. Objetos transnetunianos
  54. 54. Asteróides Troianos
  55. 55. Asteróides Troianos Posição dos dois pontos Lagrangianos estáveis do sistema Sol - Júpiter, o ponto precedente L4 e o ponto seguinte L5. L4, Sol e Júpiter ocupam os vértices de um triângulo eqüilátero. O mesmo acontece com L5, Sol e Júpiter.
  56. 56. Asteróides TroianosAlguns asteróides, chamados Troianos, executam suas órbitas na mesma órbita de um planeta, ocupando a região dos pontos Lagrangianos L4 e L5. Eles são chamados de Troianos devido ao fato de que à medida em que foram sendo descobertos receberam nomes de heróis da Guerra de Tróia constantes da Ilíada de Homero. Para sermos mais precisos, os asteróides situados no ponto L4 receberam o nome dos heróis da Grécia da Iliada, e os situados no ponto L5 receberam os nomes dos heróis de Tróia da Ilíada. O primeiro descoberto. em 1906, estava situado na órbita de Júpiter. Posteriormente, não só os asteróides posicionados nos pontos L4 e L5 de Júpiter mas todos os asteróides descobertos nos pontos L4 e L5 dos outros planetas passaram a se chamar Troianos.
  57. 57. Asteróides TroianosEsses asteróides vem sendo capturados pelos planetas desde o início da formação do Sistema Solar. Centenas desses asteróides já foram descobertos e muitos ainda estão para serem detectados. Curiosamente existem muito mais corpos no ponto precedente L4 que no ponto seguinte L5. Eles são corpos com pequenas dimensões, não ultrapassando 300 km de diâmetro. Até hoje foram detectados asteróides Troianos apenas nas órbitas de Marte, Júpiter e Netuno.
  58. 58. Asteróides TroianosPontos Lagrangianos (nome dado em homenagem ao matemático Italo-francês Joseph Louis Lagrange (1736 - 1813) que os descobriu. São cinco pontos espaciais que existem na região orbital de dois grandes corpos. No caso do sistema Júpiter - Sol os Pontos Lagrangianos são pontos estáveis livres da atração gravitacional desses dois corpos. Nesses pontos, um objeto pode executar uma órbita cuja distância aos dois corpos massivos permanece constante. Isto acontece porque, nesses cinco pontos a força gravitacional dos grandes corpos é exatamente igual à força centrípeta necessária para rodar com os dois corpos. Três desses pontos são instáveis (L1, L2 e L3) e dois são estáveis (L4 e L5).
  59. 59. Asteróides TroianosCada um dos pontos Lagrangianos estáveis formam um triângulo eqüilátero com as duas grandes massas, isto é, devem estar posicionados 60° antes ou 60° depois do planeta. Devido à presença de Saturno, um planeta de grande massa, L4 e L5 do sistema Sol-Júpiter sofrem influência gravitacional de Saturno e assim sendo temos realmente um sistema mais complexo que o de apenas três corpos.
  60. 60. Asteróides Troianos
  61. 61. PLANETA ANÃO CERES 24 agosto 2006
  62. 62. Distância Média do Sol 414.628.873 km ~ 2,766 U.A. Excentricidade da Órbita 0,0798 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 10,6º Período de Translação (aproximado) 4,6 anos Período de Rotação (aproximado) 9 horas e 4 minutos Inclinação do Eixo 3º Diâmetro Equatorial (aproximado) 960 km Massa (aproximada) 8,7x1017 kg ~ 0,00000015 massas da Terra Densidade Média (estimada) 2,077 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -106ºC Principais Componentes da Atmosfera ? Gravidade (aproximada) 0,27m/s2 ~ 0,028 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) ? Número de Anéis 0 Número de Satélites 0
  63. 63. Estrutura interna de Ceres Crosta exterior fina e poeira Núcleo rochoso Camada de água congelada
  64. 64. O deus dos deuses Mestres do céu
  65. 65. Diâmetro = 142.984 km Júpiter Terra = 11,2 Terras
  66. 66. Distância Média do Sol 778.400.000 km ~ 5,19 U.A. Excentricidade da Órbita 0,048 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 1,3º Período de Translação (aproximado) 11,86 anos Período de Rotação (aproximado) 9 horas e 48 minutos Inclinação do Eixo 3˚05º Diâmetro Equatorial (aproximado) 142984 km Massa (aproximada) 1,9x1027 kg ~ 317,9 massas da Terra Densidade Média (estimada) 1,3 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -150ºC Principais Componentes da Atmosfera Hidrogênio e Hélio Gravidade (aproximada) 25,872m/s2 ~ 2,64 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) 155.781.139 Tesla ~ 19,52 vezes o Campo Magnético da Terra Número de Anéis 3 principais Número de Satélites 50 oficiais + 16 provisórias = 66 (até julho de 2013)
  67. 67. Estrutura interna de Júpiter
  68. 68. Estrutura interna de Júpiter Ferro e Silicato Hidrogênio Metálico Líquido Hidrogênio Molecular Líquido Atmosfera Água Gelo Amômia Hidrogênio Metano 30.000 K 14.000km 50.000km 60.000km 70.000km
  69. 69. 15/09/1998 – Sonda Galileo
  70. 70. O deus da agricultura e do tempo 1610 – Anagrama dos anéis por Galileu: Altissimum planetam tergeminum observi Observei o planeta altíssimo trigêmeo Confirmação de Kepler sobre as “asas”. 1612 – Galileu sugere que essas asas pudessem ser duas estrelas a leste e oeste que caminhavam juntas com o planeta pelo espaço.
  71. 71. 1656 – Anagrama de Christian Huygens Annulo cingitur tenui plano musguan cohaente ad inclinato. Saturno é cingido por um anel muito fino, que não toca o planeta e é inclinado sobre o plano da eclíptica. 1658 – O anagrama é decifrado.
  72. 72. Diâmetro = 120.536 km Saturno Terra = 9,4 Terras
  73. 73. Distância Média do Sol 1.423.600.000 km ~ 9,49 U.A. Excentricidade da Órbita 0,056 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 2,5º Período de Translação (aproximado) 29,46 anos Período de Rotação (aproximado) 10 horas e 12 minutos Inclinação do Eixo 26,44º Diâmetro Equatorial (aproximado) 120.536 km Massa (aproximada) 5,7x1026 kg ~ 95,2 massas da Terra Densidade Média (estimada) 0,7 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -180ºC Principais Componentes da Atmosfera Hidrogênio e Hélio Gravidade (aproximada) 11,27m/s2 ~ 1,15 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) 4.613.018.000 Tesla ~ 578 vezes o Campo Magnético da Terra Número de Anéis 3 principais Número de Satélites 53 oficiais + 9 provisórias = 62 (até julho de 2013)
  74. 74. Estrutura interna de Saturno Rocha Gelo Hidrogênio Metálico Hidrogênio Molecular 10.000km 15.000km 23.000km 60.000km
  75. 75. Pai de cronos – Pai do planeta Saturno 1680 – Observado por vários astrônomos, sendo confundido com uma estrela; 13 março 1781 – William Herschel descobre de forma casual e conclui que é um planeta; Nome inicial - Georgium Sidus. Homenagem ao rei Jorge III que viveu de 1760 a 1820, para quem Herschel devia a pensão e os fundos para a construção do telescópio com o qual descobriu o planeta.
  76. 76. Diâmetro = 51.118 km Urano Terra = 4 Terras
  77. 77. Distância Média do Sol 2.867.000.000 km ~ 19,11 U.A. Excentricidade da Órbita 0,046 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 0,8º Período de Translação (aproximado) 84,04 anos Período de Rotação (aproximado) -17 horas e 54 minutos Inclinação do Eixo 98º Diâmetro Equatorial (aproximado) 51.108 km Massa (aproximada) 8,7x1025 kg ~ 14,6 massas da Terra Densidade Média (estimada) 1,3 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -210ºC Principais Componentes da Atmosfera Hidrogênio e Hélio Gravidade (aproximada) 11,466m/s2 ~ 1,17 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) 382.289.900 Tesla ~ 47,9 vezes o Campo Magnético da Terra Número de Anéis 5 principais Número de Satélites 27 oficiais (até julho de 2013)
  78. 78. Estrutura interna de Urano Rocha Gelo Hidrogênio Molecular 8.000km 16.000km 26.000km
  79. 79. O deus do mar A matemática de 1845 John C. Adams – Cambridge (Inglaterra) Ignorado pelo Observatório Real de Greenwich Le Verrier – Paris (França) Aceito pela Academia das Ciências de Paris 23 setembro 1846 – Johann G. Galle – Alemanha
  80. 80. 23 setembro 1846 – Johann G. Galle – Alemanha Observa e comprova a posição de Netuno. Mas... Netuno já tinha sido observado antes por... Galileo Galilei 1612 – estrela Joseph J. Lalande 1795 – estrela John Herschel 1830 – estrela Johann von Lamont 1845 e 1846 – estrela
  81. 81. Diâmetro = 49.528 km Netuno Terra = 3,88 Terras
  82. 82. Distância Média do Sol 4.488.400.000 km ~ 29,92 U.A. Excentricidade da Órbita 0,010 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 1,8º Período de Translação (aproximado) 164,8 anos Período de Rotação (aproximado) 19 horas e 6 minutos Inclinação do Eixo 30º Diâmetro Equatorial (aproximado) 49.538 km Massa (aproximada) 1,0x1026 kg ~ 17,2 massas da Terra Densidade Média (estimada) 1,7 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -220ºC Principais Componentes da Atmosfera Hidrogênio e Hélio Gravidade (aproximada) 11,564m/s2 ~ 1,18 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) 215.487.000 Tesla ~ 27 vezes o Campo Magnético da Terra Número de Anéis 2 principais Número de Satélites 13 oficiais + 1 provisória = 14 (até julho de 2013)
  83. 83. Estrutura interna de Netuno Rocha Gelo Hidrogênio Molecular 8.000km 16.000km 25.000km
  84. 84. Gerard Kuiper (1905-1973)
  85. 85. *Press Releases IAU0804 – 11 jul 2008 PLANETA ANÃO e PLUTÓIDE*
  86. 86. O deus do inferno Percival Lowell e W.H. Pickering Início detalhado pela busca do nono Planeta. 13 março 1930 – Observado por Clyde Tombaugh Nome sugerido por uma estudante de 11 anos, moradora na cidade de Oxford, na Inglaterra, cujo nome era Venetia Burney.
  87. 87. Diâmetro = 2.302 km Terra Plutão = 5,54 Plutões
  88. 88. Distância Média do Sol 5.909.600.000 km Excentricidade da Órbita 0,248 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 17,2º Período de Translação (aproximado) 247,7 anos Período de Rotação (aproximado) 6 dias e 9 horas Inclinação do Eixo 120º Diâmetro Equatorial (aproximado) 2.350 km Massa (aproximada) 1,3x1022 kg ~ 0,002 massas da Terra Densidade Média (estimada) 1,99 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -218ºC Principais Componentes da Atmosfera Metano, Nitrogênio e Monóxido de Carbono Gravidade (aproximada) 1,078m/s2 ~ 0,11 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) 0 Número de Anéis 0 Número de Satélites 5 oficiais (até julho de 2013)
  89. 89. Descoberta de Plutão 21 jan 193029 jan 1930
  90. 90. Plutão e suas luas 1978 2005 HST 2005 HST 2011 2012
  91. 91. Plutão e New Horizons Datas: 19 janeiro 2006: lançamento 28 fevereiro 2007: Sobrevoo em Júpiter Julho 2015: passagem por Plutão 2026: fim da missão
  92. 92. (136108) 2003 EL61 - Haumea
  93. 93. Tamanho equatorial: 2000x1000x1200 km PLANETA ANÃO* e PLUTÓIDE (!) *Press Releases IAU0807 – 17 set 2008 Descoberto meados de 2005 Mitologia havaiana: deusa da fertilidade e parto Luas: Namaka e Hi’iaka
  94. 94. Distância Média do Sol 6.452.000.000 km ~ 43,132 U.A. Excentricidade da Órbita 0,195 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 28,22º Período de Translação (aproximado) 283,28 anos Período de Rotação (aproximado) 3,9 horas Inclinação do Eixo ? Diâmetro Equatorial (aproximado) 1436 km Massa (aproximada) 1,3x1022 kg ~ 0,002 massas da Terra Densidade Média (estimada) 3 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) Menor que -223ºC Principais Componentes da Atmosfera ? Gravidade (aproximada) 0,44m/s2 ~ 0,045 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) ? Número de Anéis ? Número de Satélites 2 (Julho de 2013)
  95. 95. (136472) 2005 FY9 - Makemake
  96. 96. PLANETA ANÃO e PLUTÓIDE* Descoberto 2005 – California Institute of Techonology – Mike Brown Polinésia: nome do criador da humanidade Mitologia Ilhas do Pacífico de Rapa Nui: deus da fertilidade *Press Releases IAU0806 – 19 jul 2008
  97. 97. Distância Média do Sol 6.850.300.000 km ~ 45,791 A.U. Excentricidade da Órbita 0,159 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 28,96º Período de Translação (aproximado) 309,88 anos Período de Rotação (aproximado) ? Inclinação do Eixo ? Diâmetro Equatorial (aproximado) 1600 km Massa (aproximada) 4x1021 kg ~ 0,0007 massas da Terra Densidade Média (estimada) 2 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -243ºC Principais Componentes da Atmosfera ? Gravidade (aproximada) 0,47m/s2 ~ 0,048 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) ? Número de Anéis ? Número de Satélites 0
  98. 98. (136199) 2003 UB313 - Éris
  99. 99. *Press Releases IAU0804 – 11 jul 2008 PLANETA ANÃO e PLUTÓIDE* Descoberto 2005 – California Institute of Techonology – Mike Brown Nome oficial em 13 set 2006 Eris: deusa da guerra na mitologia grega Lua: Dysnomia - espírito demoníaco da falta da lei
  100. 100. Distância Média do Sol 10.120.000.000 km ~ 67,67 U.A. Excentricidade da Órbita 0,442 Inclinação da Órbita em Relação à Eclíptica 44,2º Período de Translação (aproximado) 557 anos Período de Rotação (aproximado) ? Inclinação do Eixo 120º Diâmetro Equatorial (aproximado) 1300 km Massa (aproximada) 1,67x1022 kg ~ 0,003 massas da Terra Densidade Média (estimada) 1,99 g/cm3 Temperatura Média (aproximada) -230,5ºC Principais Componentes da Atmosfera ? Gravidade (aproximada) 0,8m/s2 ~ 0,08 vezes a gravidade da Terra Campo Magnético (aproximado) ? Número de Anéis ? Número de Satélites 1 Velocidade de Escape (aproximada) ?
  101. 101. PLUTINOS Objetos transnetunianos em ressonância média de 2:3 com Netuno. Assim, a cada duas voltas em torno do Sol que um plutino faz, Netuno faz três. O nome refere-se apenas à ressonância orbital e não implica nenhuma característica física, essa classificação foi realizada para descrever corpos menores que Plutão e que seguem uma órbita parecida. A classe inclui Plutão e suas luas. Plutinos formam a parte interna do cinturão de Kuiper e representam cerca de um quarto de seus objetos.
  102. 102. http://www.ifa.hawaii.edu/~barnes/ast110_06/foss.html
  103. 103. Jan Hendrick Oort (1900-1992)
  104. 104. COMETAS
  105. 105. COMETAS Origem dos Cometas 100 bilhões de cometas T P 100 000 ua Distância entre Sol e Terra: 1 Unidade Astronômica
  106. 106. Estrutura de um cometa Rocha recoberta com gelo de água e de CO2 Calor Cabeleira de gás e poeira Cauda gerada pelo Vento Solar e pela radiação
  107. 107. DESIGNAÇÃO DE UM COMETA · P/ para um cometa periódico (período orbital menor que 200 anos) · C/ para um cometa não periódico · X/ para um cometa com órbita ainda não computada · D/ para um cometa extinto ou desaparecido
  108. 108. DESIGNAÇÃO DE UM COMETA – exemplo: · 1995 A1 – o primeiro cometa descoberto na primeira metade de Janeiro de 1995 1995 – ano da descoberta A, B, C … respectivamente, 1a metade de Janeiro, 2a metade de Janeiro, 1a metade de Fevereiro… 1, 2, 3… respectivamente 1o, 2o, 3o… cometas descobertos
  109. 109. Exemplos de novas designações: C/1995 Q2 (Hartley-Drinkwater) P/1994 P1-A (Machholz 2) - Fragmento A de um cometa partido P/1996 A1 (Jedicke) - Cometa periódico novo 125P - Observação rotineira de um cometa periódico
  110. 110. TIPOS DE COMETAS Cometas de longo período • Afélio entre 1.000 e 30.000 UA, alguns dentro da Nuvem de Oort • Órbitas altamente excêntricas • Inclinação aleatória, em relação ao plano da eclíptica (distribuição espacial esférica)
  111. 111. Cometas de curto período (ou simplesmente Periódicos*) •Afélios até o Cinturão de Kuiper (30-50 UA) • Órbitas próximas ao plano da eclíptica; inclinação menor que 30o (distribuição espacial em forma de disco) • Parte deles adquiriram em decorrência da interação gravitacional com os planetas gigantes. * Tecnicamente, o termo periódico aplica-se às órbitas fechadas, qualquer que seja o período. Entretanto, cometas de períodos muito longos são observados pouquíssimas vezes, não raro uma única vez. Por isso adotou-se a prática de atribuir o termo periódico (P/) àqueles de curto ou curtíssimo período, que estão quase sempre disponíves à observação.
  112. 112. ORIGENS
  113. 113. ATIVIDADES PRÁTICAS
  114. 114. Planeta Distância média do Sol (km) Escala 1:10.000.000 (cm) Valor aproximado (cm) Mercúrio 57.909.175 5,7 6,0 Vênus 108.208.930 10,8 11,0 Terra 149.597.900 14,9 15,0 Marte 227.936.640 22,7 23,0 Júpiter 778.412.020 77,8 78,0 Saturno 1.426.725.400 142,6 143,0 Urano 2.870.972.200 287,0 287,0 Netuno 4.498.252.900 449,8 450,0 Plutão 5.906.380.000 590,6 590,0
  115. 115. OFICINA DE ASTRONOMIA O SISTEMA SOLAR NUMA REPRESENTAÇÃO TEATRAL Prof. Dr. João Batista Garcia Canalle Colaborador: Rodrigo Moura http://www.oba.org.br/cursos/astronomia/
  116. 116. PLANETAS DO SISTEMA SOLAR EM FRUTAS Prof. Dr. Marcos Calil Programa Cambalhota (TV Cultura – São Paulo) 1min50s à 3min45s http://www.youtube.com/watch?v=iA1mfGz-bU0
  117. 117. Freeware que permite “navegar” entre os planetas e muito mais. http://www.shatters.net/celestia/
  118. 118. PROGRAMAS SOBRE SISTEMA SOLAR Prof. Dr. Marcos Calil TV Climatempo http://www.youtube.com/marcoscalil
  119. 119. LIVRO Prof. Dr. Marcos Calil
  120. 120. Excelente freeware que apresenta a posição dos objetos celestes no céu da sua cidade. http://www.stellarium.org/
  121. 121. INFORMAÇÕES SOBRE OBSERVAÇÃO DO CÉU Twitter - @marcoscalil www.momentoastronomico.com.br
  122. 122. LUNETA DE BAIXO CUSTO Contato: Roberto Mencionar meu nome (Marcos Calil) 11 45240348 11 45242001 proteon@proteon.com.br
  123. 123. Links recomendados: http://www.ccvalg.pt/astronomia/sistema_solar/introducao.htm http://solarsystem.nasa.gov/planets http://astro.unl.edu/animationsLinks.html http://project-metis.com/SolarSystem/ - 3D Solar System http://nightsky.jpl.nasa.gov/download-search.cfm
  124. 124. EXTRAS
  125. 125. ESCALA DE TAMANHO DE ALGUNS CORPOS EM RELAÇÃO A TERRA
  126. 126. ESCALA DE TAMANHO DE OUTROS CORPOS EM RELAÇÃO A TERRA
  127. 127. ESCALA DE TAMANHO DOS PLANETAS E SUAS PRINCIPAIS LUAS
  128. 128. ESCALA DE TAMANHO DOS PLANETAS DOS PLANETAS EM RELAÇÃO AO SOL
  129. 129. LEGENDA: Sol Planetas Cometas Cinturão de Asteróides NEAs – Nears-Earth Asteroids
  130. 130. Fontes: http://solarsystem.nasa.gov/planets http://www.todooceu.com/detalhamento/generalidades_asteroides.html http://www.ifa.hawaii.edu/~barnes/ast110_06/foss.html http://www.ualg.pt/ccviva/astronomia/sistema_solar/ Prof. Enos Picazzio - http://www.astro.iag.usp.br/~picazzio/aga292/ Marcos Rincon Voelzke - Universidade Cruzeiro do Sul

×