O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

MAPA SUB - REDES - SISTEMAS ELETRÔNICOS - 542022.pdf

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 3 Anúncio

MAPA SUB - REDES - SISTEMAS ELETRÔNICOS - 542022.pdf

Baixar para ler offline

Iniciamos nossa atividade SUB MAPA com o seguinte questionamento: “Qual a diferença entre as principais arquiteturas dos sistemas computacionais digitais e seus sets de instrução RISC e CISC?”
A disciplina de sistemas eletrônicos envolve o desenvolvimento da habilidade de reconhecer os principais componentes eletrônicos, seu funcionamento e função nos circuitos e sistemas. Os componentes eletrônicos foram projetados com o objetivo de controlar o fluxo dos sinais elétricos, logo para controlar a corrente elétrica, que flui por meio dos mesmos. Progredindo em nossas análises, chegamos aos dispositivos PLDs,
microcontroladores, microprocessadores e linguagens de descrição de hardware. Vale destacar, que muitos autores citam que a verdadeira virada no mercado eletrônico do século XX, foi a criação dos circuitos de aplicação específica e o aperfeiçoamento do hardware reconfigurável dos Dispositivos Lógicos Reprogramáveis (Programmable Logic Device - PLD). Também sabemos, que os microcontroladores, surgiram como uma evolução natural dos circuitos e sistemas digitais devido ao aumento da complexidade dos mesmos. Chegou-se a um ponto em que é mais simples, mais barato e mais compacto, substituir a lógica das portas digitais por um conjunto de processador e software. Com relação aos microprocessadores, podemos pontuar as principais arquiteturas dos sistemas computacionais digitais e set de instruções RISC e CISC.
Baseando-se nessas informações elencadas em nosso material e na bibliografia indicada:
Entendendo sobre os conceitos abordados, imagine que você trabalha em uma empresa que desenvolve soluções para sistemas digitais, instrumentação e robótica.
Voltando aos sistemas digitais que foram apresentados no nosso estudo, mais especificamente na unidade
3, eles realizam as operações internas usando circuitos digitais e operações digitais. Um microcontrolador é um computador em um único chip. Esse chip contém: um processador (Unidade Lógica e Aritmética – ULA), memória, periféricos de entrada e de saída, temporizadores, dispositivos de comunicação serial, dentre outros. Os microcontroladores surgiram como uma evolução natural dos circuitos digitais devido ao aumento da complexidade dos mesmos. Chega um ponto em que é mais simples, mais barato e mais compacto, substituir a lógica das portas digitais por um conjunto de processador e software.
Microcontroladores são elementos complexos da eletrônica digital e um dos responsáveis por dar vida aos sistemas embarcados. Os sistemas embarcados são sistemas digitais completos e independentes com o propósito de executar uma determinada tarefa repetidamente. E eles abrangem aplicações domésticas, industriais e hospitalares, como: máquina de lavar, balança, calculadora, sistemas veiculares, diversos equipamentos industriais, equipamentos hospitalares, entre outros. Os sistemas embarcados, tornaram-se cada vez mais importante, à medida que os computadores de baixo custo passaram a serem usados em áreas de controle de

Iniciamos nossa atividade SUB MAPA com o seguinte questionamento: “Qual a diferença entre as principais arquiteturas dos sistemas computacionais digitais e seus sets de instrução RISC e CISC?”
A disciplina de sistemas eletrônicos envolve o desenvolvimento da habilidade de reconhecer os principais componentes eletrônicos, seu funcionamento e função nos circuitos e sistemas. Os componentes eletrônicos foram projetados com o objetivo de controlar o fluxo dos sinais elétricos, logo para controlar a corrente elétrica, que flui por meio dos mesmos. Progredindo em nossas análises, chegamos aos dispositivos PLDs,
microcontroladores, microprocessadores e linguagens de descrição de hardware. Vale destacar, que muitos autores citam que a verdadeira virada no mercado eletrônico do século XX, foi a criação dos circuitos de aplicação específica e o aperfeiçoamento do hardware reconfigurável dos Dispositivos Lógicos Reprogramáveis (Programmable Logic Device - PLD). Também sabemos, que os microcontroladores, surgiram como uma evolução natural dos circuitos e sistemas digitais devido ao aumento da complexidade dos mesmos. Chegou-se a um ponto em que é mais simples, mais barato e mais compacto, substituir a lógica das portas digitais por um conjunto de processador e software. Com relação aos microprocessadores, podemos pontuar as principais arquiteturas dos sistemas computacionais digitais e set de instruções RISC e CISC.
Baseando-se nessas informações elencadas em nosso material e na bibliografia indicada:
Entendendo sobre os conceitos abordados, imagine que você trabalha em uma empresa que desenvolve soluções para sistemas digitais, instrumentação e robótica.
Voltando aos sistemas digitais que foram apresentados no nosso estudo, mais especificamente na unidade
3, eles realizam as operações internas usando circuitos digitais e operações digitais. Um microcontrolador é um computador em um único chip. Esse chip contém: um processador (Unidade Lógica e Aritmética – ULA), memória, periféricos de entrada e de saída, temporizadores, dispositivos de comunicação serial, dentre outros. Os microcontroladores surgiram como uma evolução natural dos circuitos digitais devido ao aumento da complexidade dos mesmos. Chega um ponto em que é mais simples, mais barato e mais compacto, substituir a lógica das portas digitais por um conjunto de processador e software.
Microcontroladores são elementos complexos da eletrônica digital e um dos responsáveis por dar vida aos sistemas embarcados. Os sistemas embarcados são sistemas digitais completos e independentes com o propósito de executar uma determinada tarefa repetidamente. E eles abrangem aplicações domésticas, industriais e hospitalares, como: máquina de lavar, balança, calculadora, sistemas veiculares, diversos equipamentos industriais, equipamentos hospitalares, entre outros. Os sistemas embarcados, tornaram-se cada vez mais importante, à medida que os computadores de baixo custo passaram a serem usados em áreas de controle de

Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Semelhante a MAPA SUB - REDES - SISTEMAS ELETRÔNICOS - 542022.pdf (20)

Mais de marcos332287 (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

MAPA SUB - REDES - SISTEMAS ELETRÔNICOS - 542022.pdf

  1. 1. MAPA SUB - REDES - SISTEMAS ELETRÔNICOS - 54/2022 Entre em contato com a nossa equipe que vamos assessorar com esse trabalho Mais de 10 anos no mercado acadêmico CONTATO (15) 98170-8778 Tele gram.:( 15) 98170-8778 E-MAIL: Mvf5system@gmail.com QUESTÃO 1  Iniciamos nossa atividade SUB MAPA com o seguinte questionamento: “Qual a diferença entre as principais arquiteturas dos sistemas computacionais digitais e seus sets de instrução RISC e CISC?” A disciplina de sistemas eletrônicos envolve o desenvolvimento da habilidade de reconhecer os principais componentes eletrônicos, seu funcionamento e função nos circuitos e sistemas. Os componentes eletrônicos foram projetados com o objetivo de controlar o fluxo dos sinais elétricos, logo para controlar a corrente elétrica, que flui por meio dos mesmos. Progredindo em nossas análises, chegamos aos dispositivos PLDs, microcontroladores, microprocessadores e linguagens de descrição de hardware. Vale destacar, que muitos autores citam que a verdadeira virada no mercado eletrônico do século XX, foi a criação dos circuitos de aplicação específica e o aperfeiçoamento do hardware reconfigurável dos Dispositivos Lógicos Reprogramáveis (Programmable Logic Device - PLD). Também sabemos, que os microcontroladores, surgiram como uma evolução natural dos circuitos e sistemas digitais devido ao aumento da complexidade dos mesmos. Chegou-se a um ponto em que é mais simples, mais barato e mais compacto, substituir a lógica das portas digitais por um conjunto de processador e software. Com relação aos microprocessadores, podemos pontuar as principais arquiteturas dos sistemas computacionais digitais e set de instruções RISC e CISC. Baseando-se nessas informações elencadas em nosso material e na bibliografia indicada:
  2. 2. Entendendo sobre os conceitos abordados, imagine que você trabalha em uma empresa que desenvolve soluções para sistemas digitais, instrumentação e robótica. Voltando aos sistemas digitais que foram apresentados no nosso estudo, mais especificamente na unidade 3, eles realizam as operações internas usando circuitos digitais e operações digitais. Um microcontrolador é um computador em um único chip. Esse chip contém: um processador (Unidade Lógica e Aritmética – ULA), memória, periféricos de entrada e de saída, temporizadores, dispositivos de comunicação serial, dentre outros. Os microcontroladores surgiram como uma evolução natural dos circuitos digitais devido ao aumento da complexidade dos mesmos. Chega um ponto em que é mais simples, mais barato e mais compacto, substituir a lógica das portas digitais por um conjunto de processador e software. Microcontroladores são elementos complexos da eletrônica digital e um dos responsáveis por dar vida aos sistemas embarcados. Os sistemas embarcados são sistemas digitais completos e independentes com o propósito de executar uma determinada tarefa repetidamente. E eles abrangem aplicações domésticas, industriais e hospitalares, como: máquina de lavar, balança, calculadora, sistemas veiculares, diversos equipamentos industriais, equipamentos hospitalares, entre outros. Os sistemas embarcados, tornaram- se cada vez mais importante, à medida que os computadores de baixo custo passaram a serem usados em áreas de controle de processos, em que antes o controle por meio do computador não era praticável. Para atender aos critérios dessa atividade: 1. Pesquise sobre as principais arquiteturas dos sistemas computacionais digitais, ou sistemas microcontrolados. MAPA SUB - REDES - SISTEMAS ELETRÔNICOS - 54/2022 Entre em contato com a nossa equipe que vamos assessorar com esse trabalho Mais de 10 anos no mercado acadêmico CONTATO (15) 98170-8778
  3. 3. Tele gram.:( 15) 98170-8778 E-MAIL: Mvf5system@gmail.com

×