SlideShare uma empresa Scribd logo

Gerenciamento De Qualidade Do Projeto

Marco Rosner
Marco Rosner
Marco RosnerSoftware Engineer em Globo.com

Apresentação para composição de nota da matéria Gerenciamento de Projetos, ministrada por Jailton no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (IFAL).

Gerenciamento De Qualidade Do Projeto

1 de 36
Baixar para ler offline
Gerenciamento da qualidade
        do projeto


       Leonardo Soares
        Marco Rosner
Gerenciamento da qualidade do projeto

Os processos de gerenciamento da qualidade do projeto incluem
os seguintes:

  Planejamento da qualidade – identificação dos padrões de
   qualidade relevantes para o projeto e determinação de como
   satisfazê-los.
  Realizar a garantia da qualidade – aplicação das atividades
   de qualidade planejadas e garantir que os processos
   necessários para atender aos requisitos sejam realizados.
  Realizar o controle da qualidade – monitoramento de
   resultados obtidos com o projeto a fim de determinar se eles
   estão de acordo com os padrões relevantes de qualidade e
   identificação de maneiras de eliminar as causas de um
   desempenho insatisfatório.
Gerenciamento da qualidade do projeto



               Mas antes...

        Alguns conceitos básicos...

          Primeiro e mais óbvio...

           O que é qualidade?
Gerenciamento da qualidade do projeto

“O grau até o qual um conjunto de características
      inerentes satisfaz as necessidades”
      (American Society for Quality, 2000)

         Sim...mas o que é qualidade?

 Qualidade é o quão (grau) gostoso, apetitoso,
barato e prazeroso (conjunto de características
    inerentes) é o petisco do bar que aquela
garçonete linda trouxe pra você matar sua fome
                 (necessidade).
Gerenciamento da qualidade do projeto



O gerenciamento de qualidade do projeto pode
       ser aplicado em todos os projetos

                 Contudo...

   As medidas e técnicas de qualidade são
       específicas para cada produto.
Gerenciamento da qualidade do projeto

                 Por exemplo...

 O gerenciamento da qualidade do projeto do
bar daquela garçonete linda (lembra? ;-)) pode ser
        aplicado a qualquer bar fubuia!

                   Contudo...

 As medidas e técnicas de qualidade daquele
petisco delicioso que serviu para matar sua fome
     são específicas para o petisco pedido.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidadeLaura Inafuko
 
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploPlano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploRudileine Fonseca
 
Aula Pronta - Gerenciamento de Projetos
Aula Pronta - Gerenciamento de ProjetosAula Pronta - Gerenciamento de Projetos
Aula Pronta - Gerenciamento de ProjetosAyslanAnholon
 
Conceitos e Princípios de Gestão da Qualidade
Conceitos e Princípios de Gestão da QualidadeConceitos e Princípios de Gestão da Qualidade
Conceitos e Princípios de Gestão da QualidadeRogério Souza
 
Template para plano de gerenciamento da qualidade
Template para plano de gerenciamento da qualidadeTemplate para plano de gerenciamento da qualidade
Template para plano de gerenciamento da qualidadeDiego Minho
 
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projetoModelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projetoFernando Palma
 
Gerenciamentopelasdiretrizes20051
Gerenciamentopelasdiretrizes20051Gerenciamentopelasdiretrizes20051
Gerenciamentopelasdiretrizes20051emc5714
 
MASP - Metodologia para Análise e Solução de Problemas
MASP - Metodologia para Análise e Solução de ProblemasMASP - Metodologia para Análise e Solução de Problemas
MASP - Metodologia para Análise e Solução de Problemaseugeniorocha
 
Pqo plano de qualidade da obra
Pqo   plano de qualidade da obraPqo   plano de qualidade da obra
Pqo plano de qualidade da obraDIEGO SANTINO
 
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOKAula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOKDaniela Brauner
 
introdução à gestão da qualidade
introdução à gestão da qualidadeintrodução à gestão da qualidade
introdução à gestão da qualidadeelliando dias
 
Gerencia projeto e pmo
Gerencia projeto e pmoGerencia projeto e pmo
Gerencia projeto e pmoEduardo Castro
 

Mais procurados (20)

Gestão da qualidade
Gestão da qualidadeGestão da qualidade
Gestão da qualidade
 
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemploPlano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
Plano+de+gerenciamento+da+qualidadev exemplo
 
Aula Pronta - Gerenciamento de Projetos
Aula Pronta - Gerenciamento de ProjetosAula Pronta - Gerenciamento de Projetos
Aula Pronta - Gerenciamento de Projetos
 
Conceitos e Princípios de Gestão da Qualidade
Conceitos e Princípios de Gestão da QualidadeConceitos e Princípios de Gestão da Qualidade
Conceitos e Princípios de Gestão da Qualidade
 
Engenharia da qualidade
Engenharia da qualidadeEngenharia da qualidade
Engenharia da qualidade
 
Template para plano de gerenciamento da qualidade
Template para plano de gerenciamento da qualidadeTemplate para plano de gerenciamento da qualidade
Template para plano de gerenciamento da qualidade
 
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projetoModelo de Declaracao do escopo do projeto
Modelo de Declaracao do escopo do projeto
 
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela DireçãoGestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
Gestão da Qualidade - Análise Crítica pela Direção
 
Introdução a gerenciamento de projetos e PMBoK®
Introdução a gerenciamento de projetos e PMBoK®Introdução a gerenciamento de projetos e PMBoK®
Introdução a gerenciamento de projetos e PMBoK®
 
Gerenciamentopelasdiretrizes20051
Gerenciamentopelasdiretrizes20051Gerenciamentopelasdiretrizes20051
Gerenciamentopelasdiretrizes20051
 
Controle da Qualidade Total
Controle da Qualidade TotalControle da Qualidade Total
Controle da Qualidade Total
 
MASP - Metodologia para Análise e Solução de Problemas
MASP - Metodologia para Análise e Solução de ProblemasMASP - Metodologia para Análise e Solução de Problemas
MASP - Metodologia para Análise e Solução de Problemas
 
Pqo plano de qualidade da obra
Pqo   plano de qualidade da obraPqo   plano de qualidade da obra
Pqo plano de qualidade da obra
 
O que é qualidade
O que é qualidadeO que é qualidade
O que é qualidade
 
Gerenciamento da Qualidade
Gerenciamento da QualidadeGerenciamento da Qualidade
Gerenciamento da Qualidade
 
Gerenciamento de escopo PMBOK
Gerenciamento de escopo PMBOKGerenciamento de escopo PMBOK
Gerenciamento de escopo PMBOK
 
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOKAula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
Aula01 Gerência de Projetos - Conceitos e áreas de conhecimento do PMBOK
 
introdução à gestão da qualidade
introdução à gestão da qualidadeintrodução à gestão da qualidade
introdução à gestão da qualidade
 
Aula 1 - Gestão da Qualidade
Aula 1 - Gestão da QualidadeAula 1 - Gestão da Qualidade
Aula 1 - Gestão da Qualidade
 
Gerencia projeto e pmo
Gerencia projeto e pmoGerencia projeto e pmo
Gerencia projeto e pmo
 

Semelhante a Gerenciamento De Qualidade Do Projeto

Gestao da qualidade definicoes
Gestao da qualidade definicoesGestao da qualidade definicoes
Gestao da qualidade definicoesJoão Rafael Lopes
 
10 qualidade pitagoras
10 qualidade    pitagoras10 qualidade    pitagoras
10 qualidade pitagorasfernandao777
 
qualidade
qualidadequalidade
qualidadeUnimar
 
Gerenciamento da qualidade administração de projetos
Gerenciamento da qualidade    administração de projetosGerenciamento da qualidade    administração de projetos
Gerenciamento da qualidade administração de projetosrenatawr1
 
Aula 3 - Gestão de Projetos
Aula 3 - Gestão de ProjetosAula 3 - Gestão de Projetos
Aula 3 - Gestão de ProjetosFernando Dantas
 
Conceitos de básicos de qualidade de software
Conceitos de básicos de qualidade de softwareConceitos de básicos de qualidade de software
Conceitos de básicos de qualidade de softwareRonney Moreira de Castro
 
Gerenciamento de Qualidade
Gerenciamento de QualidadeGerenciamento de Qualidade
Gerenciamento de Qualidadeelliando dias
 
Administração de Projetos - Planejamento - Qualidade - Aula 11
Administração de Projetos - Planejamento - Qualidade - Aula 11Administração de Projetos - Planejamento - Qualidade - Aula 11
Administração de Projetos - Planejamento - Qualidade - Aula 11Ueliton da Costa Leonidio
 
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10Ethel Capuano
 
08 pmbok cap08 qualidade
08   pmbok cap08 qualidade08   pmbok cap08 qualidade
08 pmbok cap08 qualidadeffuleiro
 
Processos De Software Ana Regina
Processos De Software Ana ReginaProcessos De Software Ana Regina
Processos De Software Ana ReginaCristina Cerdeiral
 
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócioPalestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócioMichelle Raimundo dos Santos
 
Plano de gerenciamento_da_qualidade
Plano de gerenciamento_da_qualidadePlano de gerenciamento_da_qualidade
Plano de gerenciamento_da_qualidadeSharles Sa
 

Semelhante a Gerenciamento De Qualidade Do Projeto (20)

Gestao da qualidade definicoes
Gestao da qualidade definicoesGestao da qualidade definicoes
Gestao da qualidade definicoes
 
10 qualidade pitagoras
10 qualidade    pitagoras10 qualidade    pitagoras
10 qualidade pitagoras
 
Gerenciamento da Qualidade - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento da Qualidade - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento da Qualidade - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento da Qualidade - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
 
qualidade
qualidadequalidade
qualidade
 
Gerenciamento da qualidade administração de projetos
Gerenciamento da qualidade    administração de projetosGerenciamento da qualidade    administração de projetos
Gerenciamento da qualidade administração de projetos
 
Aula 3 - Gestão de Projetos
Aula 3 - Gestão de ProjetosAula 3 - Gestão de Projetos
Aula 3 - Gestão de Projetos
 
Cap_6Qualidade_total.ppt
Cap_6Qualidade_total.pptCap_6Qualidade_total.ppt
Cap_6Qualidade_total.ppt
 
Conceitos de básicos de qualidade de software
Conceitos de básicos de qualidade de softwareConceitos de básicos de qualidade de software
Conceitos de básicos de qualidade de software
 
Conceitosdebsicosdequalidadedesoftware
ConceitosdebsicosdequalidadedesoftwareConceitosdebsicosdequalidadedesoftware
Conceitosdebsicosdequalidadedesoftware
 
Aula 6 - Gerenciamento de Qualidade
Aula 6 - Gerenciamento de QualidadeAula 6 - Gerenciamento de Qualidade
Aula 6 - Gerenciamento de Qualidade
 
Gerenciamento de Qualidade
Gerenciamento de QualidadeGerenciamento de Qualidade
Gerenciamento de Qualidade
 
Administração de Projetos - Planejamento - Qualidade - Aula 11
Administração de Projetos - Planejamento - Qualidade - Aula 11Administração de Projetos - Planejamento - Qualidade - Aula 11
Administração de Projetos - Planejamento - Qualidade - Aula 11
 
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 10
 
Gerencia da qualidade
Gerencia da qualidadeGerencia da qualidade
Gerencia da qualidade
 
08 pmbok cap08 qualidade
08   pmbok cap08 qualidade08   pmbok cap08 qualidade
08 pmbok cap08 qualidade
 
Processos De Software Ana Regina
Processos De Software Ana ReginaProcessos De Software Ana Regina
Processos De Software Ana Regina
 
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócioPalestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio
Palestra - Como a qualidade contribui pra o seu negócio
 
08 pmbok cap08 qualidade
08   pmbok cap08 qualidade08   pmbok cap08 qualidade
08 pmbok cap08 qualidade
 
Plano de gerenciamento_da_qualidade
Plano de gerenciamento_da_qualidadePlano de gerenciamento_da_qualidade
Plano de gerenciamento_da_qualidade
 
Aula 1.0
Aula 1.0Aula 1.0
Aula 1.0
 

Mais de Marco Rosner

Data Driven Product Development
Data Driven Product DevelopmentData Driven Product Development
Data Driven Product DevelopmentMarco Rosner
 
Apresentação do SAEO na Administração Pública
Apresentação do SAEO na Administração PúblicaApresentação do SAEO na Administração Pública
Apresentação do SAEO na Administração PúblicaMarco Rosner
 
[Mini-curso] Sistema de Controle de Versão
[Mini-curso] Sistema de Controle de Versão[Mini-curso] Sistema de Controle de Versão
[Mini-curso] Sistema de Controle de VersãoMarco Rosner
 
PHP Road Show - Aplicando Orientação a Objetos no SAEO
PHP Road Show - Aplicando Orientação a Objetos no SAEOPHP Road Show - Aplicando Orientação a Objetos no SAEO
PHP Road Show - Aplicando Orientação a Objetos no SAEOMarco Rosner
 
Porque todo programador deve utilizar Sistema de Controle de Versão?
Porque todo programador deve utilizar Sistema de Controle de Versão?Porque todo programador deve utilizar Sistema de Controle de Versão?
Porque todo programador deve utilizar Sistema de Controle de Versão?Marco Rosner
 
GuBRo - Como botar a mão na massa
GuBRo - Como botar a mão na massaGuBRo - Como botar a mão na massa
GuBRo - Como botar a mão na massaMarco Rosner
 

Mais de Marco Rosner (6)

Data Driven Product Development
Data Driven Product DevelopmentData Driven Product Development
Data Driven Product Development
 
Apresentação do SAEO na Administração Pública
Apresentação do SAEO na Administração PúblicaApresentação do SAEO na Administração Pública
Apresentação do SAEO na Administração Pública
 
[Mini-curso] Sistema de Controle de Versão
[Mini-curso] Sistema de Controle de Versão[Mini-curso] Sistema de Controle de Versão
[Mini-curso] Sistema de Controle de Versão
 
PHP Road Show - Aplicando Orientação a Objetos no SAEO
PHP Road Show - Aplicando Orientação a Objetos no SAEOPHP Road Show - Aplicando Orientação a Objetos no SAEO
PHP Road Show - Aplicando Orientação a Objetos no SAEO
 
Porque todo programador deve utilizar Sistema de Controle de Versão?
Porque todo programador deve utilizar Sistema de Controle de Versão?Porque todo programador deve utilizar Sistema de Controle de Versão?
Porque todo programador deve utilizar Sistema de Controle de Versão?
 
GuBRo - Como botar a mão na massa
GuBRo - Como botar a mão na massaGuBRo - Como botar a mão na massa
GuBRo - Como botar a mão na massa
 

Último

PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfkeiciany
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfdaniele690933
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...manoelaarmani
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfLINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfAnaRitaFreitas7
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdfkelvindasilvadiasw
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOColaborar Educacional
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...pj989014
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfkeiciany
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfddddddddddddddddddddddddddddddddddddRenandantas16
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxssuser86fd77
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...manoelaarmani
 

Último (20)

PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 6º ANO.pdf
 
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
3° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
CURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdfCURRICULO ed integral.pdf
CURRICULO ed integral.pdf
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
Transforme seu Corpo em Casa_ Dicas e Estratégias de Rotinas de Exercícios Si...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdfLINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
LINKS 25 DE ABRIL TRABALHO DAC HISTORIA.pdf
 
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
2° ENSINO MÉDIO PLANO ANUAL ARTES 2024.pdf
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADOPROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
PROJETO DE EXTENSÃO I - SERVIÇO SOCIAL/SERVIÇO SOCIAL - BACHARELADO
 
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
2024 Tec Subsequente em Adm Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolog...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 9º ANO.pdf
 
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
004820000101011 (15).pdffdfdfdddddddddddddddddddddddddddddddddddd
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docxPROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
PROJETO INTERDISCIPLINAR 6º AO 9º ANOS - 2.docx
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
Desafie-se Como Estabelecer Metas de Fitness Realistas e Alcançáveis em Casa ...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 

Gerenciamento De Qualidade Do Projeto

  • 1. Gerenciamento da qualidade do projeto Leonardo Soares Marco Rosner
  • 2. Gerenciamento da qualidade do projeto Os processos de gerenciamento da qualidade do projeto incluem os seguintes: Planejamento da qualidade – identificação dos padrões de qualidade relevantes para o projeto e determinação de como satisfazê-los. Realizar a garantia da qualidade – aplicação das atividades de qualidade planejadas e garantir que os processos necessários para atender aos requisitos sejam realizados. Realizar o controle da qualidade – monitoramento de resultados obtidos com o projeto a fim de determinar se eles estão de acordo com os padrões relevantes de qualidade e identificação de maneiras de eliminar as causas de um desempenho insatisfatório.
  • 3. Gerenciamento da qualidade do projeto Mas antes... Alguns conceitos básicos... Primeiro e mais óbvio... O que é qualidade?
  • 4. Gerenciamento da qualidade do projeto “O grau até o qual um conjunto de características inerentes satisfaz as necessidades” (American Society for Quality, 2000) Sim...mas o que é qualidade? Qualidade é o quão (grau) gostoso, apetitoso, barato e prazeroso (conjunto de características inerentes) é o petisco do bar que aquela garçonete linda trouxe pra você matar sua fome (necessidade).
  • 5. Gerenciamento da qualidade do projeto O gerenciamento de qualidade do projeto pode ser aplicado em todos os projetos Contudo... As medidas e técnicas de qualidade são específicas para cada produto.
  • 6. Gerenciamento da qualidade do projeto Por exemplo... O gerenciamento da qualidade do projeto do bar daquela garçonete linda (lembra? ;-)) pode ser aplicado a qualquer bar fubuia! Contudo... As medidas e técnicas de qualidade daquele petisco delicioso que serviu para matar sua fome são específicas para o petisco pedido.
  • 7. Gerenciamento da qualidade do projeto Grau e qualidade são conceitos diferentes! Grau está relacionado a quantidade de recursos empregados. Qualidade está relacionada a satisfação do cliente (stakeholder)
  • 8. Gerenciamento da qualidade do projeto Por exemplo...(mais um!) Grau é o quão (a intensidade) gostoso é o petisco. Alto grau está relacionado a aplicação de diversos recursos (pastel da Dom Pastelo bem recheado) Grau baixo está relacionado a uma limitação de recursos (pastel de vento).
  • 9. Gerenciamento da qualidade do projeto Por exemplo...(continuando!) Qualidade baixa é comer aquele pastel e dar uma dor de barriga ou um revestrel! Qualidade alta é você se lambuzar com o pastel da Dom Pastelo bem recheado e satisfazer todas suas necessidades
  • 10. Gerenciamento da qualidade do projeto Precisão e exatidão não são equivalentes! Precisão é a homogeneidade de medições repetidas que são agrupadas com pouca dispersão*. *desvio padrão Como? É a quantidade de vezes que você tentou algo com aquela garçonete linda – ;-) – e ela te deu bola.
  • 11. Gerenciamento da qualidade do projeto Precisão e exatidão não são equivalentes! Exatidão é a correção com que o valor medido se aproxima do valor real. anh? É o que falta pra tu dar umas acochos na garçonete !
  • 12. Gerenciamento da qualidade do projeto Para um bom controle de qualidade do projeto, faz-se necessário que a equipe de gerenciamento fique a par dos seguintes pares de termos: Prevenção (manter os erros fora do processo) e inspeção (manter os erros afastados das mãos do cliente).
  • 13. Gerenciamento da qualidade do projeto Amostragem de atributos (o resultado está de acordo ou não) e amostragem de variáveis (o resultado é classificado em uma escala contínua que mede o grau de conformidade). Causas especiais (eventos incomuns) e causas comuns/aleatórias (variação normal do processo).
  • 14. Gerenciamento da qualidade do projeto Tolerâncias (o resultado será aceitável se ficar dentro do intervalo especificado pela tolerância) e limites de controle (o processo estará sob controle se o resultado ficar dentro dos limites de controle).
  • 17. Entradas ● Fatores ambientais da empresa ● Ativos de processos organizacionais ● Declaração do escopo do projeto ● Requisitos ● Tempo ● valores
  • 18. Ferramentas e técnicas ● Análise de custo benefício ● Benchmarking (práticas do projeto) ● Projeto de experimentos (fatores que influenciam o produto) ● Custos da qualidade ● Ferramentas adicionais de planejamento de qualidade
  • 19. Saídas ● Plano de gerenciamento de qualidade ● Métricas de qualidade ● Densidades de defeitos ● Taxas de falha ● Confiabilidade ● Lista de verificação de qualidade (checkpoints) ● Plano de melhorias no processo ● Análise dos processos ● Linha de base de qualidade ● Atualizações no plano de gerenciamento do projeto
  • 20. Realizar a garantia de qualidade
  • 21. Entradas ● Plano de gerenciamento de qualidade ● Métricas de qualidade ● Planos de melhoria dos processos ● Informações sobre o desempenho do trabalho ● Solicitações de mudanças aprovadas ● Mudanças no projeto que podem influenciar a o PGQ ● Solicitações de mudanças implementadas ● Ações corretivas implementadas ● Reparo de defeitos implementados
  • 22. Ferramentas e técnicas ● Ferramentas e técnicas do Planejamento de qualidade ● Auditoria de qualidade nas atividades do projeto ● Análise dos processos ● Ferramentas e técnicas de controle de qualidade.
  • 23. Saídas ● Mudanças necessárias ● Ações imediatas recomendadas ● Ativos de processos organizacionais (Atualizações) ● Atualizações no plano de gerenciamento do projeto
  • 27. Controle de Qualidade .1 Diagrama de causa e efeito / Ishikawa / espinha de peixe:
  • 28. Controle de Qualidade .2 Gráficos de controle
  • 29. Controle de Qualidade .3 Elaboração de fluxogramas
  • 30. Controle de Qualidade .4 Histograma / .5 Diagrama de Pareto
  • 31. Controle de Qualidade .6 Gráfico de execução – Desempenho técnico e custos e prazos. .7 Diagrama de dispersão – Padrão da relação entre duas variáveis (dependentes x independentes). Identificar mudanças. .8 Amostragem estatística – Selecionar uma parte dos produtos para inspeção. É necessário que a equipe esteja familiarizada com diversas formas de inspeção.
  • 32. Controle de Qualidade .9 Inspeção – Ato de examinar o produto do trabalho para determinar se está dentro das normas. Pode ser realizada em qualquer etapa do produto. Revisões, avaliações por pares, auditorias e homologações. .10 Revisão de reparo de defeito – Garantir que os defeitos foram reparados.
  • 33. Controle de Qualidade .1 Medições de controle da qualidade – Oferecer feedback para a garantia da qualidade. .2 Reparo de defeito validado – Efetuar validação do reparo feito. .3 Linha de base da qualidade – Atualizar conforme alterações.
  • 34. Controle de Qualidade .4 Ações corretivas recomendadas – Indica que o processo de produção ou de desenvolvimento excede os parâmetros estabelecidos. .5 Ações preventivas recomendadas – Envolve uma ação tomada para evitar uma condição que pode exceder os parâmetros estabelecidos.
  • 35. Controle de Qualidade .6 Mudanças solicitadas – Caso haja mudanças, criar uma solicitação de mudanças, de acordo com o processo de Controle Integrado de mudanças definido. .7 Reparo de defeito recomendado – Recomendado reparo pelo departamento de Controle de Qualidade (CQ)
  • 36. Controle de Qualidade .8 Ativos de processos organizacionais – Conclusão da Lista de verificação e Atualização da Documentação das lições aprendidas. .9 Entregas validadas – Determinar se as entregas estão corretas. .10 Plano de gerenciamento de projeto - Atualizações.