SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Movimento Uniformemente Varia
Movimento Circular Uniforme
Leis de Newton
1º ano – agosto
2013
Movimento Uniformemente Variado
1- Um carro está com velocidade escalar de 18,0m/s quando é freado uniformemente,
levando 5,0s para parar. Determine, durante a freada:
a) a aceleração escalar do carro;
b) a distância percorrida.
2- Uma ave voa, a partir do repouso, com aceleração constante de 8m/s². Qual é a
velocidade atingida em 10s?
3- Um trem corre a uma velocidade de 10 m/s quando o maquinista vê um obstáculo 20 m
à sua frente. Calcule a desaceleração mínima que deve ser dada ao trem para que não
haja choque.
4- Um móvel em MUV parte do repouso e atinge a velocidade de 10 m/s. Sabendo-se que
a aceleração do móvel é 2 m/s2, determine a distância percorrida por esse móvel.
Movimento Circular Uniforme
5- Uma partícula descreve um movimento circular e uniforme, numa circunferência de raio
20 cm, com frequência de 120 rpm. Determine a velocidade escalar da partícula.
6- Duas polias são ligadas por uma correia. A maior tem raio de 80 cm e realiza 20 voltas
por segundo. Calcule o número de voltas por segundo realizadas pela menor, que tem 20
cm de raio.
Peso e Massa
7- Sobre os conceitos de peso e massa, avalie as seguintes proposições:
( ) A massa de um corpo é uma grandeza variável que depende da aceleração da
gravidade local.
( ) O peso de um corpo é uma força que depende da aceleração da gravidade local.
( ) A massa de um corpo é igual à medida de sua inércia.
( ) A massa é medida por meio de uma balança e não varia.
( ) O peso de um corpo é medido por meio de um instrumento chamado dinamômetro.
( ) O peso e a massa de um corpo são grandeza iguais e medidas na mesma unidade
(kg).
1ª Lei de Newton
8- (ITA) As leis da Mecânica Newtoniana são formuladas em relação a um princípio
fundamental, denominado:
a) Princípio da Conservação do Momento Angular
b) Princípio da Conservação da Quantidade de Movimento
c) Princípio da Relatividade: "Todos os referenciais inerciais são equivalentes, para a
formulação da Mecânica Newtoniana“
d) Princípio da Inércia
e) Princípio da Conservação da Energia Mecânica
9- (Uflavras 2000) Você está no mastro de um barco que está em movimento retilíneo
uniforme. Você deixa cair uma bola de ferro muito pesada. O que você observa?
a) A bola cai alguns metros atrás do mastro, pois o barco desloca-se durante a queda da
bola.
b) A bola cai ao pé do mastro, porque ela possui inércia e acompanha o movimento do
barco.
c) A bola cai alguns metros à frente do mastro, pois o barco impulsiona a bola para frente.
d) Impossível responder sem saber a exata localização do barco sobre o globo terrestre.
e) A bola cai fora do barco, porque este, livre da massa da bola, acelera-se para frente.
1ª Lei de Newton
10- (Unirio) A análise sequencial da tirinha e, especialmente, a do quadro final nos leva
imediatamente ao (à):
a) Princípio da conservação da Energia Mecânica.
b) Propriedade geral da matéria denominada Inércia.
c) Princípio da conservação da Quantidade de Movimento.
d) Segunda Lei de Newton.
e) Princípio da Independência dos Movimentos.
1ª Lei de Newton
11- Qual lei física o herói da "tirinha" a seguir se refere? Em poucas palavras, que essa lei
diz?
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
2ª Lei de Newton
Fim!
12- (Puccamp-SP) Uma força constante de 30 N é aplicada num corpo de massa 4,0
kg, inicialmente em repouso. Sabendo que essa é a única força atuante, determine a
velocidade do corpo após 8,0 s.
13- Uma força de 20 N é aplicada a um corpo de massa 5 kg, inicialmente em repouso.
Determine a distância percorrida pelo corpo quando ele atinge a velocidade de 20 m/s.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Introdução à eletrostática
Introdução à eletrostáticaIntrodução à eletrostática
Introdução à eletrostáticaO mundo da FÍSICA
 
fisica 2 - principio de arquimedes
fisica 2 - principio de arquimedesfisica 2 - principio de arquimedes
fisica 2 - principio de arquimedesKmilly Campos
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódicaRebeca Vale
 
Lista de exercícios hidrocarbonetos
Lista de exercícios   hidrocarbonetosLista de exercícios   hidrocarbonetos
Lista de exercícios hidrocarbonetosProfª Alda Ernestina
 
Trabalho de força peso e da forçã elàstica
Trabalho de força peso e da forçã elàsticaTrabalho de força peso e da forçã elàstica
Trabalho de força peso e da forçã elàsticaKelly Freitas
 
Aula 9 tabela periódica nono ano
Aula 9 tabela periódica nono anoAula 9 tabela periódica nono ano
Aula 9 tabela periódica nono anoProfessora Raquel
 
Eletrodinâmica.pdf
Eletrodinâmica.pdfEletrodinâmica.pdf
Eletrodinâmica.pdfSilvanoSousa3
 
Estudo dos gases slides
Estudo dos gases   slidesEstudo dos gases   slides
Estudo dos gases slidesMicaela Neiva
 
Exercícios extras_Pricípios da eletrostática
Exercícios extras_Pricípios da eletrostáticaExercícios extras_Pricípios da eletrostática
Exercícios extras_Pricípios da eletrostáticaO mundo da FÍSICA
 
Exercícios de aplicação sobre momento de uma força e alavanca
Exercícios de aplicação sobre momento de uma força e alavancaExercícios de aplicação sobre momento de uma força e alavanca
Exercícios de aplicação sobre momento de uma força e alavancawilkerfilipel
 
Experimento 2 velocidade média
Experimento 2  velocidade médiaExperimento 2  velocidade média
Experimento 2 velocidade médialuciano batello
 
Modelos atomicos
Modelos atomicosModelos atomicos
Modelos atomicosrdsantos
 
Queda Livre
Queda LivreQueda Livre
Queda Livretiajeh
 
Estudo das forças II: Força e Movimento; Leis de Newton 9º Ano - EF UNASP
Estudo das forças II: Força e Movimento; Leis de Newton 9º Ano - EF UNASPEstudo das forças II: Força e Movimento; Leis de Newton 9º Ano - EF UNASP
Estudo das forças II: Força e Movimento; Leis de Newton 9º Ano - EF UNASPRonaldo Santana
 

Mais procurados (20)

Introdução à eletrostática
Introdução à eletrostáticaIntrodução à eletrostática
Introdução à eletrostática
 
fisica 2 - principio de arquimedes
fisica 2 - principio de arquimedesfisica 2 - principio de arquimedes
fisica 2 - principio de arquimedes
 
8. tabela periódica
8. tabela periódica8. tabela periódica
8. tabela periódica
 
Lista de exercícios hidrocarbonetos
Lista de exercícios   hidrocarbonetosLista de exercícios   hidrocarbonetos
Lista de exercícios hidrocarbonetos
 
Hidrostática
HidrostáticaHidrostática
Hidrostática
 
Trabalho de força peso e da forçã elàstica
Trabalho de força peso e da forçã elàsticaTrabalho de força peso e da forçã elàstica
Trabalho de força peso e da forçã elàstica
 
Aula 9 tabela periódica nono ano
Aula 9 tabela periódica nono anoAula 9 tabela periódica nono ano
Aula 9 tabela periódica nono ano
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 
Eletrodinâmica.pdf
Eletrodinâmica.pdfEletrodinâmica.pdf
Eletrodinâmica.pdf
 
Estudo dos gases slides
Estudo dos gases   slidesEstudo dos gases   slides
Estudo dos gases slides
 
Exercícios extras_Pricípios da eletrostática
Exercícios extras_Pricípios da eletrostáticaExercícios extras_Pricípios da eletrostática
Exercícios extras_Pricípios da eletrostática
 
Exercícios de aplicação sobre momento de uma força e alavanca
Exercícios de aplicação sobre momento de uma força e alavancaExercícios de aplicação sobre momento de uma força e alavanca
Exercícios de aplicação sobre momento de uma força e alavanca
 
Experimento 2 velocidade média
Experimento 2  velocidade médiaExperimento 2  velocidade média
Experimento 2 velocidade média
 
Diferença de potencial
Diferença de potencialDiferença de potencial
Diferença de potencial
 
Modelos atomicos
Modelos atomicosModelos atomicos
Modelos atomicos
 
Campo magnético
Campo magnéticoCampo magnético
Campo magnético
 
Queda Livre
Queda LivreQueda Livre
Queda Livre
 
Estudo das forças II: Força e Movimento; Leis de Newton 9º Ano - EF UNASP
Estudo das forças II: Força e Movimento; Leis de Newton 9º Ano - EF UNASPEstudo das forças II: Força e Movimento; Leis de Newton 9º Ano - EF UNASP
Estudo das forças II: Força e Movimento; Leis de Newton 9º Ano - EF UNASP
 
Matéria e energia
Matéria e energiaMatéria e energia
Matéria e energia
 
Estudo dos gases
Estudo dos gasesEstudo dos gases
Estudo dos gases
 

Destaque

Exercicios de mru, mruv e leis de newton
Exercicios de mru, mruv e leis de newtonExercicios de mru, mruv e leis de newton
Exercicios de mru, mruv e leis de newtonAdriano Capilupe
 
Leis de Newton e suas aplicações
Leis de Newton e suas aplicaçõesLeis de Newton e suas aplicações
Leis de Newton e suas aplicaçõesMichele Bertim
 
LISTA EXERCICIOS - MRUV - 1 ANO
LISTA EXERCICIOS - MRUV - 1 ANOLISTA EXERCICIOS - MRUV - 1 ANO
LISTA EXERCICIOS - MRUV - 1 ANOTaciano Santos
 
Aula: complementação do conteúdo programático do colégio Embraer
Aula: complementação do conteúdo programático do colégio EmbraerAula: complementação do conteúdo programático do colégio Embraer
Aula: complementação do conteúdo programático do colégio EmbraerClécio Bubela
 
Aula de Física - As Leis de Newton
Aula de Física - As Leis de NewtonAula de Física - As Leis de Newton
Aula de Física - As Leis de NewtonEditora Moderna
 
Relato da aplicação do projeto
Relato da aplicação do projetoRelato da aplicação do projeto
Relato da aplicação do projetoEliene Lopes
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Paulo Filho
 
Blog Esquema
Blog EsquemaBlog Esquema
Blog EsquemaDANNY´S
 
Movimento uniforme, uniformemente variado e
Movimento uniforme, uniformemente variado eMovimento uniforme, uniformemente variado e
Movimento uniforme, uniformemente variado eRoniel Santos
 
BARÃO DE INOHAN 132 - 29 de setembro de 2016
BARÃO DE INOHAN 132 - 29 de setembro de 2016BARÃO DE INOHAN 132 - 29 de setembro de 2016
BARÃO DE INOHAN 132 - 29 de setembro de 2016Pery Salgado
 
54070195 movimento retilineouniformementevariado
54070195 movimento retilineouniformementevariado54070195 movimento retilineouniformementevariado
54070195 movimento retilineouniformementevariadoafpinto
 
Movimento retilineo uniformemente variavel cfq
Movimento retilineo uniformemente variavel cfqMovimento retilineo uniformemente variavel cfq
Movimento retilineo uniformemente variavel cfqRita Pereira
 
Fisica 1 exercicios gabarito 14
Fisica 1 exercicios gabarito 14Fisica 1 exercicios gabarito 14
Fisica 1 exercicios gabarito 14comentada
 
Aplicações das Leis de Newton
Aplicações das Leis de Newton Aplicações das Leis de Newton
Aplicações das Leis de Newton Karoline Tavares
 

Destaque (20)

Movimento Retilineo Uniforme
Movimento Retilineo UniformeMovimento Retilineo Uniforme
Movimento Retilineo Uniforme
 
Exercicios de mru, mruv e leis de newton
Exercicios de mru, mruv e leis de newtonExercicios de mru, mruv e leis de newton
Exercicios de mru, mruv e leis de newton
 
Leis de Newton e suas aplicações
Leis de Newton e suas aplicaçõesLeis de Newton e suas aplicações
Leis de Newton e suas aplicações
 
Leis de Newton
Leis de NewtonLeis de Newton
Leis de Newton
 
LISTA EXERCICIOS - MRUV - 1 ANO
LISTA EXERCICIOS - MRUV - 1 ANOLISTA EXERCICIOS - MRUV - 1 ANO
LISTA EXERCICIOS - MRUV - 1 ANO
 
Aula: complementação do conteúdo programático do colégio Embraer
Aula: complementação do conteúdo programático do colégio EmbraerAula: complementação do conteúdo programático do colégio Embraer
Aula: complementação do conteúdo programático do colégio Embraer
 
Aula de Física - As Leis de Newton
Aula de Física - As Leis de NewtonAula de Física - As Leis de Newton
Aula de Física - As Leis de Newton
 
Relato da aplicação do projeto
Relato da aplicação do projetoRelato da aplicação do projeto
Relato da aplicação do projeto
 
Mrumariana
MrumarianaMrumariana
Mrumariana
 
Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012Mecânica-cinemática 2012
Mecânica-cinemática 2012
 
Ciencias 9ºano
Ciencias 9ºanoCiencias 9ºano
Ciencias 9ºano
 
Blog Esquema
Blog EsquemaBlog Esquema
Blog Esquema
 
Movimento uniforme, uniformemente variado e
Movimento uniforme, uniformemente variado eMovimento uniforme, uniformemente variado e
Movimento uniforme, uniformemente variado e
 
BARÃO DE INOHAN 132 - 29 de setembro de 2016
BARÃO DE INOHAN 132 - 29 de setembro de 2016BARÃO DE INOHAN 132 - 29 de setembro de 2016
BARÃO DE INOHAN 132 - 29 de setembro de 2016
 
54070195 movimento retilineouniformementevariado
54070195 movimento retilineouniformementevariado54070195 movimento retilineouniformementevariado
54070195 movimento retilineouniformementevariado
 
Movimento Uniformemente Variado
Movimento Uniformemente VariadoMovimento Uniformemente Variado
Movimento Uniformemente Variado
 
Movimento retilineo uniformemente variavel cfq
Movimento retilineo uniformemente variavel cfqMovimento retilineo uniformemente variavel cfq
Movimento retilineo uniformemente variavel cfq
 
Fisica 1 exercicios gabarito 14
Fisica 1 exercicios gabarito 14Fisica 1 exercicios gabarito 14
Fisica 1 exercicios gabarito 14
 
Aplicações das Leis de Newton
Aplicações das Leis de Newton Aplicações das Leis de Newton
Aplicações das Leis de Newton
 
Leis de Newton
Leis de NewtonLeis de Newton
Leis de Newton
 

Semelhante a Exercícios MUV + MCU + Leis de Newton

Leis de newton cursim - 2012
Leis de newton   cursim - 2012Leis de newton   cursim - 2012
Leis de newton cursim - 2012Renaata_J
 
Lista (D1) - Dinâmica
Lista (D1) - DinâmicaLista (D1) - Dinâmica
Lista (D1) - DinâmicaGilberto Rocha
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - ColisãoAulasEnsinoMedio
 
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICAAS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICAMarcellusPinheiro1
 
Relatório 2ª lei de newton turma t5
Relatório 2ª lei de newton   turma t5Relatório 2ª lei de newton   turma t5
Relatório 2ª lei de newton turma t5Roberto Leao
 
Revisao2 extensivo a_fisica_tarefa
Revisao2 extensivo a_fisica_tarefaRevisao2 extensivo a_fisica_tarefa
Revisao2 extensivo a_fisica_tarefaVismael Santos
 
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Colisão
www.aulaparticularonline.net.br - Física -  Colisãowww.aulaparticularonline.net.br - Física -  Colisão
www.aulaparticularonline.net.br - Física - ColisãoLucia Silveira
 
www.professoraparticularapoio.com.br - Física - Colisão
www.professoraparticularapoio.com.br - Física -  Colisãowww.professoraparticularapoio.com.br - Física -  Colisão
www.professoraparticularapoio.com.br - Física - ColisãoPatrícia Morais
 
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-anoNalu Lima
 
Aula 10 mecânica - impulso e quantidade de movimento
Aula 10   mecânica - impulso e quantidade de movimentoAula 10   mecânica - impulso e quantidade de movimento
Aula 10 mecânica - impulso e quantidade de movimentoJonatas Carlos
 
Apostila eja fisica 1
Apostila eja fisica 1Apostila eja fisica 1
Apostila eja fisica 1Leo Anjos
 
Oscilações
OscilaçõesOscilações
OscilaçõesWesley38
 

Semelhante a Exercícios MUV + MCU + Leis de Newton (20)

Leis de newton cursim - 2012
Leis de newton   cursim - 2012Leis de newton   cursim - 2012
Leis de newton cursim - 2012
 
Simulado do terceiro ano decisão segunda unidade
Simulado do terceiro ano decisão segunda unidadeSimulado do terceiro ano decisão segunda unidade
Simulado do terceiro ano decisão segunda unidade
 
01
0101
01
 
Lista (D1) - Dinâmica
Lista (D1) - DinâmicaLista (D1) - Dinâmica
Lista (D1) - Dinâmica
 
Lista Dinâmica (D1)
Lista Dinâmica (D1)Lista Dinâmica (D1)
Lista Dinâmica (D1)
 
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisãowww.AulasEnsinoMedio.com.br - Física -  Colisão
www.AulasEnsinoMedio.com.br - Física - Colisão
 
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICAAS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
AS LEIS DE NEWTON UM BREVE RESUMO SOBRE AS LEIS QUE MUDARAM O MUNDO DA MECÂNICA
 
Relatividade (parte 3)
Relatividade (parte 3)Relatividade (parte 3)
Relatividade (parte 3)
 
Mecânica - Série ENEM
Mecânica - Série ENEMMecânica - Série ENEM
Mecânica - Série ENEM
 
Relatório 2ª lei de newton turma t5
Relatório 2ª lei de newton   turma t5Relatório 2ª lei de newton   turma t5
Relatório 2ª lei de newton turma t5
 
Revisao2 extensivo a_fisica_tarefa
Revisao2 extensivo a_fisica_tarefaRevisao2 extensivo a_fisica_tarefa
Revisao2 extensivo a_fisica_tarefa
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Colisão
www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Colisãowww.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Colisão
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Colisão
 
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Colisão
www.aulaparticularonline.net.br - Física -  Colisãowww.aulaparticularonline.net.br - Física -  Colisão
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Colisão
 
www.professoraparticularapoio.com.br - Física - Colisão
www.professoraparticularapoio.com.br - Física -  Colisãowww.professoraparticularapoio.com.br - Física -  Colisão
www.professoraparticularapoio.com.br - Física - Colisão
 
Oa estudos de-revisao
Oa estudos de-revisaoOa estudos de-revisao
Oa estudos de-revisao
 
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
 
Aula 10 mecânica - impulso e quantidade de movimento
Aula 10   mecânica - impulso e quantidade de movimentoAula 10   mecânica - impulso e quantidade de movimento
Aula 10 mecânica - impulso e quantidade de movimento
 
Apostila eja fisica 1
Apostila eja fisica 1Apostila eja fisica 1
Apostila eja fisica 1
 
Física i
Física iFísica i
Física i
 
Oscilações
OscilaçõesOscilações
Oscilações
 

Mais de Marco Antonio Sanches (20)

Hidrostática (versão 2018)
Hidrostática (versão 2018)Hidrostática (versão 2018)
Hidrostática (versão 2018)
 
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
 
Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)
 
Óptica geométrica (2017)
Óptica geométrica (2017)Óptica geométrica (2017)
Óptica geométrica (2017)
 
Estudo dos Geradores (2017)
Estudo dos Geradores (2017)Estudo dos Geradores (2017)
Estudo dos Geradores (2017)
 
Termodinâmica (2017)
Termodinâmica (2017)Termodinâmica (2017)
Termodinâmica (2017)
 
Primeira Lei da Termodinâmica
Primeira Lei da TermodinâmicaPrimeira Lei da Termodinâmica
Primeira Lei da Termodinâmica
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Diagrama de fases
Diagrama de fasesDiagrama de fases
Diagrama de fases
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
 
Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)
 
Calorimetria (2017)
Calorimetria (2017)Calorimetria (2017)
Calorimetria (2017)
 
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
 
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
 
Eletromagnetismo
EletromagnetismoEletromagnetismo
Eletromagnetismo
 
Estudo dos gases
Estudo dos gasesEstudo dos gases
Estudo dos gases
 
Apostila eletrostática
Apostila eletrostáticaApostila eletrostática
Apostila eletrostática
 
Oficina App Inventor
Oficina App InventorOficina App Inventor
Oficina App Inventor
 
Termodinâmica
TermodinâmicaTermodinâmica
Termodinâmica
 
Mudança de fase
Mudança de faseMudança de fase
Mudança de fase
 

Último

trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarIedaGoethe
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaaulasgege
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Centro Jacques Delors
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxOsnilReis1
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 

Último (20)

trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogarCaixa jogo da onça. para imprimir e jogar
Caixa jogo da onça. para imprimir e jogar
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologiaAula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
Aula - 1º Ano - Émile Durkheim - Um dos clássicos da sociologia
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
Apresentação | Eleições Europeias 2024-2029
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptxATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
ATIVIDADE AVALIATIVA VOZES VERBAIS 7º ano.pptx
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 

Exercícios MUV + MCU + Leis de Newton

  • 1. Movimento Uniformemente Varia Movimento Circular Uniforme Leis de Newton 1º ano – agosto 2013
  • 2. Movimento Uniformemente Variado 1- Um carro está com velocidade escalar de 18,0m/s quando é freado uniformemente, levando 5,0s para parar. Determine, durante a freada: a) a aceleração escalar do carro; b) a distância percorrida. 2- Uma ave voa, a partir do repouso, com aceleração constante de 8m/s². Qual é a velocidade atingida em 10s? 3- Um trem corre a uma velocidade de 10 m/s quando o maquinista vê um obstáculo 20 m à sua frente. Calcule a desaceleração mínima que deve ser dada ao trem para que não haja choque. 4- Um móvel em MUV parte do repouso e atinge a velocidade de 10 m/s. Sabendo-se que a aceleração do móvel é 2 m/s2, determine a distância percorrida por esse móvel.
  • 3. Movimento Circular Uniforme 5- Uma partícula descreve um movimento circular e uniforme, numa circunferência de raio 20 cm, com frequência de 120 rpm. Determine a velocidade escalar da partícula. 6- Duas polias são ligadas por uma correia. A maior tem raio de 80 cm e realiza 20 voltas por segundo. Calcule o número de voltas por segundo realizadas pela menor, que tem 20 cm de raio.
  • 4. Peso e Massa 7- Sobre os conceitos de peso e massa, avalie as seguintes proposições: ( ) A massa de um corpo é uma grandeza variável que depende da aceleração da gravidade local. ( ) O peso de um corpo é uma força que depende da aceleração da gravidade local. ( ) A massa de um corpo é igual à medida de sua inércia. ( ) A massa é medida por meio de uma balança e não varia. ( ) O peso de um corpo é medido por meio de um instrumento chamado dinamômetro. ( ) O peso e a massa de um corpo são grandeza iguais e medidas na mesma unidade (kg).
  • 5. 1ª Lei de Newton 8- (ITA) As leis da Mecânica Newtoniana são formuladas em relação a um princípio fundamental, denominado: a) Princípio da Conservação do Momento Angular b) Princípio da Conservação da Quantidade de Movimento c) Princípio da Relatividade: "Todos os referenciais inerciais são equivalentes, para a formulação da Mecânica Newtoniana“ d) Princípio da Inércia e) Princípio da Conservação da Energia Mecânica 9- (Uflavras 2000) Você está no mastro de um barco que está em movimento retilíneo uniforme. Você deixa cair uma bola de ferro muito pesada. O que você observa? a) A bola cai alguns metros atrás do mastro, pois o barco desloca-se durante a queda da bola. b) A bola cai ao pé do mastro, porque ela possui inércia e acompanha o movimento do barco. c) A bola cai alguns metros à frente do mastro, pois o barco impulsiona a bola para frente. d) Impossível responder sem saber a exata localização do barco sobre o globo terrestre. e) A bola cai fora do barco, porque este, livre da massa da bola, acelera-se para frente.
  • 6. 1ª Lei de Newton 10- (Unirio) A análise sequencial da tirinha e, especialmente, a do quadro final nos leva imediatamente ao (à): a) Princípio da conservação da Energia Mecânica. b) Propriedade geral da matéria denominada Inércia. c) Princípio da conservação da Quantidade de Movimento. d) Segunda Lei de Newton. e) Princípio da Independência dos Movimentos.
  • 7. 1ª Lei de Newton 11- Qual lei física o herói da "tirinha" a seguir se refere? Em poucas palavras, que essa lei diz? ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________
  • 8. 2ª Lei de Newton Fim! 12- (Puccamp-SP) Uma força constante de 30 N é aplicada num corpo de massa 4,0 kg, inicialmente em repouso. Sabendo que essa é a única força atuante, determine a velocidade do corpo após 8,0 s. 13- Uma força de 20 N é aplicada a um corpo de massa 5 kg, inicialmente em repouso. Determine a distância percorrida pelo corpo quando ele atinge a velocidade de 20 m/s.