Selecionando e Definindo 
Comportamento Alvo
Avaliação Comportamental 
Exame e disposição geral 
Definição dos resultados desejados 
Identificação precisa dos comporta...
Avaliação Comportamental 
• Descrição e classificação do comportamento X 
Análise Funcional 
• Diferenciando queixa de com...
Queixa X Comportamento -Alvo 
Comp. A 
Queixa 
Comp. B 
Situação 1 
Situação 2 
Discriminação do cliente 
Discriminação do...
Alvos indiretos, porém 
funcionais. 
- É preciso definir prioridades, quais comportamentos 
trabalhar primeiro, a fim de e...
Comportamento Alvo 
“Uma boa definição de comportamento-alvo 
fornece uma descrição precisa do comportamento 
a ser mudado...
Descrição de uma classe geral de respostas 
1. Objetividade (descrição de características 
observáveis do comportamento) 
...
Priorizando possíveis comportamentos - alvo 
• O comportamento causa risco? 
• Qual a freqüência do problema? 
• Há quanto...
Priorizando possíveis comportamentos - alvo 
• Qual a dificuldade em mudar este comportamento-alvo? 
- Investigar literatu...
Matriz de Prioridade para Comportamentos-Alvo 
Nome do cliente/estudante................................... Data.............
“Selecione Objetivos muito pequenos e 
humildes (simples) para o seu sistema 
comportamental. Se você proceder assim terá ...
Métodos para obter informação relevante 
1) Entrevistar o cliente 
2) Entrevistar pessoas significativas da vida do 
clien...
Entrevistando o cliente 
Dados gerais: 
• Idade, profissão, local onde mora e trabalha 
• Condições de saúde 
• Dinâmica f...
Entrevistando pessoas significativas da vida do 
cliente 
• Importância: obtenção de dados adicionais e util 
quando não s...
Testar o cliente 
• Utilização de testes e instrumentos padronizados 
de avaliação ( não levam a uma avaliação 
comportame...
Observação direta 
• Utilidade: avaliar quais comportamentos do 
cliente devem ser modificados – identificar 
comportament...
Avaliação ecológica 
• Resposta á complexidade do comportamento humano ( 
multideterminação do comportamento) 
• Coleta de...
Avaliação Ecológica 
• Problemas: 
- coletar mais informações do que o necessário 
- Custosa -muito tempo gasto neste obje...
Reatividade 
• Os próprios procedimentos de avaliação 
utilizados podem alterar o comportamento 
observado. 
Procedimentos...
Redução de comportamentos desadaptativos 
• A redução ou eliminação de um comportamento 
nunca deve ser feita sem que este...
Análise Aplicada do Comportamento 
Validade Científica 
Possibilidade de Replicação 
Desenvolvimento de uma tecnologia úti...
Fatores que contribuem para a validação científica 
• Explicitação do comportamento – definições 
específicas e operaciona...
Critérios de avaliação da mudança comportamental 
• Especificar critérios de resultado / metas do 
tratamento. 
• Validade...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Selecionando e definindo comportamento alvo em terapia analítico comportamental

1.394 visualizações

Publicada em

No documento, pode-se verificar como trabalhar em terapia analítico-comportamental a identificação do comportamento-alvo, neste caso o comportamento "problema", a ser extinto, para continuação da psicoterapia.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.394
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Selecionando e definindo comportamento alvo em terapia analítico comportamental

  1. 1. Selecionando e Definindo Comportamento Alvo
  2. 2. Avaliação Comportamental Exame e disposição geral Definição dos resultados desejados Identificação precisa dos comportamentos alvo Monitoramento do progresso Manutenção
  3. 3. Avaliação Comportamental • Descrição e classificação do comportamento X Análise Funcional • Diferenciando queixa de comportamento alvo
  4. 4. Queixa X Comportamento -Alvo Comp. A Queixa Comp. B Situação 1 Situação 2 Discriminação do cliente Discriminação do Terapeuta
  5. 5. Alvos indiretos, porém funcionais. - É preciso definir prioridades, quais comportamentos trabalhar primeiro, a fim de eliminar a queixa ( quando esta procede) - Seleção de comportamentos-alvo que sejam realmente úteis. - A mudança deve ser benéfica para o indivíduo e proporcionar reforços futuros ou eliminação da punição a qual estava exposto.
  6. 6. Comportamento Alvo “Uma boa definição de comportamento-alvo fornece uma descrição precisa do comportamento a ser mudado (mensurado) não uma inferência ou ou consequência do comportamento.” p.22
  7. 7. Descrição de uma classe geral de respostas 1. Objetividade (descrição de características observáveis do comportamento) 2. Evitar ambigüidades, utilização de termos que possam sr entendidos por qualquer pessoa. 3. Definição completa (ajuda a identificar o que não é comportamento-alvo)
  8. 8. Priorizando possíveis comportamentos - alvo • O comportamento causa risco? • Qual a freqüência do problema? • Há quanto tempo existe o problema? • O “novo comportamento” produz níveis altos de reforço? • Qual a importância deste “novo comportamento” para o desenvolvimento de habilidades? • Este comportamento que se quer reduzir atrai a atenção dos outros? • Novos comportamentos irão produzir reforços para pessoas significativas na vida do cliente?
  9. 9. Priorizando possíveis comportamentos - alvo • Qual a dificuldade em mudar este comportamento-alvo? - Investigar literatura e pesquisas feitas - Conhecimento de técnicas apropriadas - Experiência do Analista do Comportamento - Até que ponto se pode controlar o ambiente do cliente? Custo da mudança deste comportamento (financeiro e pessoal). A partir disto se faz uma matriz de ordenamento para estabelecer as prioridades.
  10. 10. Matriz de Prioridade para Comportamentos-Alvo Nome do cliente/estudante................................... Data..................................... Completada por..................................................... Papel ou relação para com o cliente:............................................................. Critérios de Prioridade dos Possíveis comportamentos-alvo (1)......................(2)......................(3)......................(4)...................... Severidade/risco? Freqüência do problema/ oportunidade para usar a habilidade? Problema ou necessidade de longa data? Reforço para o cliente agora? Pré-requisito para outra(s) habilidades(s) funcional(is)? Reduzir atenção negativa dos outros? Reforço para pessoas significativas? Dificil mudar? Totais
  11. 11. “Selecione Objetivos muito pequenos e humildes (simples) para o seu sistema comportamental. Se você proceder assim terá ao menos uma chance de conquistar algo.” (Mallot,1973, p.1-12 apud....)
  12. 12. Métodos para obter informação relevante 1) Entrevistar o cliente 2) Entrevistar pessoas significativas da vida do cliente 3) Testar o cliente 4) Observar diretamente o cliente. Estes métodos são úteis para a obtenção de dados necessários para que se faça a análise funcional do comportamento em questão.
  13. 13. Entrevistando o cliente Dados gerais: • Idade, profissão, local onde mora e trabalha • Condições de saúde • Dinâmica familiar • Algumas informações da história de vida Dados para análise funcional: • Avaliar qual a queixa (o que trouxe o cliente para atendimento). • Operacionalização da queixa. ( Descobrir quais respostas são emitidas) • Desde quando os problemas estão ocorrendo • Descrição de situações em que ocorre a emissão do comportamento e de situações em que não ocorre (exemplos práticos). (Avaliação dos antecedentes) • Quais as consequências envolvidas após a emissão
  14. 14. Entrevistando pessoas significativas da vida do cliente • Importância: obtenção de dados adicionais e util quando não se pode entrevistar o próprio cliente Objetivo: Avaliar como o cliente se comporta em determinados contextos, sempre investigando a relação: Antecedente Resposta Conseqüência
  15. 15. Testar o cliente • Utilização de testes e instrumentos padronizados de avaliação ( não levam a uma avaliação comportamental)
  16. 16. Observação direta • Utilidade: avaliar quais comportamentos do cliente devem ser modificados – identificar comportamentos-alvo Observação direta com lista de comportamento: registro da frequencia de comportamentos contidos em uma lista. Observação episódica: registro ABC – registro dos comportamentos assim que ocorrem. Descrição do comportamento e das condições ambientais em um determinado período de tempo.
  17. 17. Avaliação ecológica • Resposta á complexidade do comportamento humano ( multideterminação do comportamento) • Coleta de uma grande quantidade de informações referentes aos sujeitos e aos vários ambientes de que faz parte. • Avaliar o maior número de variáveis das quais o comportamento é função • Importante identificar o problema comportamental mais relevante
  18. 18. Avaliação Ecológica • Problemas: - coletar mais informações do que o necessário - Custosa -muito tempo gasto neste objetivo. - Dependendo das informações coletadas pode acarretar problemas éticos.
  19. 19. Reatividade • Os próprios procedimentos de avaliação utilizados podem alterar o comportamento observado. Procedimentos: Observação invasiva, efeito da prática, auto-monitoramento e descrição verbal das contingências que estão operando.
  20. 20. Redução de comportamentos desadaptativos • A redução ou eliminação de um comportamento nunca deve ser feita sem que este seja substituído por outro mais adequado. • O terapeuta deve planejar contingências para que estes comportamentos adequados possam ocorrer.
  21. 21. Análise Aplicada do Comportamento Validade Científica Possibilidade de Replicação Desenvolvimento de uma tecnologia útil Avanço da Àrea
  22. 22. Fatores que contribuem para a validação científica • Explicitação do comportamento – definições específicas e operacionais • Informações completas sobre a ocorrência e ausência do comportamento. • Possibilidade de mensuração dos comportamentos observados. • Comprovação da dependência entre VD (comportamento) e VI (ambiente).
  23. 23. Critérios de avaliação da mudança comportamental • Especificar critérios de resultado / metas do tratamento. • Validade Social: quando o procedimento utilizado foi efetivo em mudar a vida do cliente. • Aumento da quantidade de comportamentos adaptativos e diminuição dos mal adaptativos.

×