Plano de Aula - Português

24.400 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
24.400
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
231
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Plano de Aula - Português

  1. 1. PLANO DE AULA : POR: MARCIO ANDRADE PARA ALUNOS DE SÉTIMAS E OITAVAS SÉRIES CARGA HORÁRIA: DUAS HORAS AULA CONTEÚDO: USO DOS PORQUÊS:OBJETIVO ESPECÍFICO: Aprender a identificar e utilizar ouso correto dos porquês na escrita da língua portuguesa.Metodologia: As aulas serão ministradas de maneira praticae teórica, interagindo com os educandos, ao mesmo tempoem que o professor explica o conteúdo, utilizando-se dopowerpoint de maneira a deixar a aula mais atrativa aosalunos. No final da aula, os alunos resolverão três exercíciosonde testarão seus conhecimentos referente ao conteúdoapresentado sobre o uso dos porquês.
  2. 2. 1. ESCREVE-SE POR QUE (SEPARADO E SEMACENTO)a) Nunca em final de frase, ou quando equivale a pelo qual. Exemplo: Não sabemos por que caminho viajamos.b) Quando expressa motivo, por qual motivo, pelos quais motivos. Exemplo: Por que você não veio à aula ontem? Por qual motivo você não veio à aula ontem?
  3. 3. ESCREVE-SE POR QUÊ (SEPARADO E COMACENTO) a) Pode ser substituído por: Por que motivo; Por qual motivo; É usado somente no final de frases. Exemplo:Você não veio à aula ontem por quê? ( por qual motivo).Ela está zangada mas eu não sei por quê? (por qual motivo)
  4. 4. ESCREVE-SE PORQUE (JUNTO E SEMACENTO)a) Quando se tiver dando uma explicação, e pode ser substituído por: Porquanto, por causa que. É o famoso porque explicativo Exemplo:Não vim à aula ontem, porque estava doente. (por causa que)
  5. 5. ESCREVE-SE PORQUÊ (JUNTO E COMACENTO) a) Está em forma de substantivo, equivale a um substantivo, admite artigo ou pronome adjetivo e, às vezes, pode ser substituído pela palavra motivo. Exemplo:Diga-me o porquê de tudo isto.( o motivo de tudo isso)Ela está zangada mas eu não sei o porquê.(o motivo)
  6. 6. EXERCÍCIOS:1. Reescreva o texto abaixo corrigindo-o e explicando o uso de cada porquê no que for necessário:- Porque me julgas tão mal?- Por que tenho minhas razões.- E não declaras porque?- Nem eu sei o porque.
  7. 7. 2. Estudei o ................... , ............... preciso sabê-lo para o vestibular ................... você não faz o mesmo, hein? Diga-o agora .............?3. .................. estavam cansados, o presidente de mesa encerrou a reunião. Com isto os .......... das questões deixaram de ser respondidas. A próxima reunião será realizada em julho e ninguém ficou sabendo .................. .
  8. 8. RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES:Questão 1: na primeira frase usa-se o Por que, separado e sem acento, pode ser substituído por que motivo, está no inicio de frase, é o por que interrogativo. Na segunda frase usa-se o porque junto e sem acento, porque se trata de uma explicação, é o porque explicativo. Na terceira frase usa-se o por quê separado e com acento, esta em final de frase e indica um motivo, por qual motivo. Na quarta e última frase usa-se o porquê junto e com acento,uma vez que ele esta antecedido pelo artigo O e tem significado de substantivo.
  9. 9. Questão 2. O primeiro porquê, é antecedido do artigo O e esta substantivado,o segundo porque indica uma explicação, o terceiro por que indica um motivo e o quarto é o por quê usado em final de frase.Questão 3. o primeiro é o porque junto e sem acento, pois trata-se de uma explicação, estavam cansados, o segundo são os porquês, junto e com acento, pois estão substantivados e o ultimo é o por quê separado e com acento pois esta em final de frase, também neste caso esta indicando um motivo.
  10. 10. BIBLIOGRAFIA : NICOLA, José de. E Terra, Ernani. Gramática & Literatura. 1.ed. São Paulo. Scipione, 1993.

×