O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Relatório de Estágio em Educação Ambiental

2.949 visualizações

Publicada em

Apresentação do meu estágio curricular obrigatório em educação ambiental. Tarefa obrigatório do currículo da Engenharia Ambiental na UFRGS.

Publicada em: Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Relatório de Estágio em Educação Ambiental

  1. 1. PROJETO DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO VILA VENTURA HOTÉIS LTDD Marcio Alexandre Nicknig Prof. Orientador: Darci Campani Porto Alegre, 5 de Julho de 2013.
  2. 2.  Em janeiro de 2011, o Vila Ventura buscou auxíio da então Coordenadoria de Gestão Ambiental da UFRGS para a implementação de um Sistema de Gestão Ambiental no empreendimento.  Realizou-se então, uma avaliação de Aspectos e Impactos Ambientais no local, usando a ferramenta administrativa do SGA da UFRGS, e destacou-se um bolsista para o acompanhamento deste programa.
  3. 3. Resort localizado na área rural de Viamão – RS; Área dedicada ao uso dos clientes de cerca de 11 hectares; 28 apartamentos, na época, com dois leitos cada, sendo 4 expansíveis para três; Estrutura complexa: restaurante, pousada, floricultura, spa, piscina, esportes radicais, salas de conferência, hóspedes à passeio e eventos empresariais.
  4. 4. Motivações para a implementação de um SGA:  Busca por reclassificação de hotel para Eco-resort;  Intenção de receber delegações durante a Copa do Mundo 2014;  Marketing ―Verde‖;  Posteriores certificações NBR ISO 14001 e NBR 15401;
  5. 5. Com um conjunto extenso de medidas, algumas de alta complexidade, a serem tomadas, haviam necessidades primordiais ao andamento do programa:  Apoio do corpo de funcionários;  Correta compreensão dos temas pelos mesmos;  Engajamento do empreendimento, como um todo;
  6. 6. Foi adotada uma abordagem fragmentada pelos seguintes motivos:  Diferenças de escolaridade entre os funcionários;  Impossibilidade de realizar pausas no funcionamento completo do empreendimento;  Personalização do conteúdo para as diferentes áreas;
  7. 7.  - Pousada: Equipe responsável pelas acomodações e leitos oferecidos aos hóspedes. Os funcionários deste setor são compostos por profissionais com as seguintes atividades: camareiras, recepcionistas, governantas e auxiliares de cozinha;  - Alimentos e Bebidas: Equipe encarregada da administração do restaurante, da sua cozinha, dos garçons fixos e dos temporários. O local agrega cozinheiros, nutricionistas, auxiliares de cozinha e garçons;  - Manutenção: Equipe responsável pela manutenção, reforma e construção dos espaços físicos do empreendimento, serviços de marcenaria e manutenção das piscinas;  - Tecnologia: Equipe responsável pelo planejamento, instalação e operação do aparato elétrico e eletrônico empregado no uso cotidiano do empreendimento e nos eventos nele realizado;
  8. 8.  - Paisagismo: Equipe responsável pela manutenção dos canteiros, gramados, floreiras e outros elementos de cunho paisagístico;  - Administração: Equipe de gerência da empresa, neste setor, agregam-se os profissionais da área comercial, recursos humanos, marketing, organização de eventos, gerentes e proprietários. Os profissionais aqui inclusos são: turismólogos, gerentes de recursos humanos, gerentes de marketing, compras, recursos humanos, relações comerciais, administrativos, financeiros e contadores;  - Recreação e Treinamento: Equipe responsável pela criação e coordenação de atividades recreativas, motivacionais e dinâmicas de grupo, cujas quais são parte integrante dos eventos organizados pelo empreendimento. O grupo é formado por recreadores, instrutores temporários para atividades específicas (passeios equestres, rapel, arborismo, trapézio e algum outro eventual) e bacharéis em educação física;
  9. 9. Decidiu-se, juntamente com a direção e orientador, em realizar juntamente com o início do projeto, a elaboração da Política Ambiental do empreendimento, que ainda não a possuía oficialmente. O cronograma geral sofreu atrasos, e ao invés de tudo ter início em maio, a direção deu condições de reunir os funcionários periodicamente apenas em agosto.
  10. 10. Realizou-se um questionário inicial, com o corpo de funcionários, sobre o tema mais urgente a ser abordado pelo SGA, que era a coleta seletiva. Nele constatou-se: 1. Desconhecimento sobre a mesma no local; 2. Diferenças gritantes no nível de escolaridade dos funcionários; 3. Desconhecimento da existência de um centro de triagem dentro do local;
  11. 11. Para a elaboração do conteúdo, usou-se como base os seguintes documentos:  NBR ISO 14001;  NBR 15401;  Política Ambiental do Vila Ventura;
  12. 12.  Da NBR ISO 14001: ◦ Melhoria contínua; ◦ Necessidade da periodicidade; ◦ Diretrizes da Política Ambiental;
  13. 13.  Da NBR 15401: ◦ Contribuição efetiva à comunidade (Sustentabilidade Social do empreendimento); ◦ Tópicos sobre segurança no trabalho;
  14. 14.  Da Política Ambiental do Vila Ventura:  - busca de melhoria contínua: manter um sistema de gestão ambiental para identificar e sanar, dentro de suas possibilidades, os impactos ambientais inerentes à atividade exercida e promover o melhor aproveitamento dos recursos naturais à disposição;   - compromisso com a legislação: estar ciente da legislação em que se enquadra, sobre a questão ambiental, para, através do seu pronto atendimento, servir de propagador de seus preceitos;   - gerenciamento de resíduos: dentro do sistema de gestão ambiental, pela coleta seletiva e pelo próprio centro de triagem, promover a separação dos resíduos, incentivando a reutilização, a reciclagem e, em último caso, o descarte correto;   -educação ambiental: promover atividades educativas com seus colaboradores, no intuito de conscientizá-los sobre as práticas ambientalmente benéficas, tornando-os pessoas respeitosas com o meio ambiente dentro e fora do seu local de trabalho.
  15. 15.  Tema 1: Apresentação do Sistema de Gestão Ambiental  Objetivos: Apresentar a metodologia adotada na gestão ambiental do empreendimento. Mostrar a importância local e geral das medidas a serem tomadas dentro da gestão ambiental e processo de adequação às ISO 14001 e NBR 15401.  Conteúdo: - Ferramenta LAIA (Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais); - NBR ISO 14001; - NBR 15401; - Política Ambiental do empreendimento;
  16. 16.  Tema 2: Coleta Seletiva  Objetivos: Instruir os funcionários à praticar corretamente a coleta seletiva, tanto como usuários quanto como mantenedores do sistema. Apresentar histórico da coleta seletiva e motivações.  Conteúdo: - Padrão de coleta seletiva estabelecido no empreendimento; - Apresentação de problemas freqüentes; - Processo de reciclagem de materiais comuns no ambiente do empreendimento; - Dinâmica de decomposição dos materiais comuns no ambiente do empreendimento e outros representativos; - Problemas urbanos ocasionados pelo acúmulo de resíduos;
  17. 17.  Tema 3: Recurso hídricos  Objetivos: Apresentar aos funcionários a dinâmica de captação, tratamento e distribuição de água. Apresentar as fontes principais de poluição e esgotamento dos recursos hídricos. Apresentar a forma de captação de água utilizada no empreendimento, seus impactos ambientais e as medidas a serem tomadas para reduzir consumo.  Conteúdo: - Distribuição de água na crosta terrestre; - Formas de captação e tratamento de água; - A utilização de poços: legislação, problemas associados e meios de controle da qualidade; - Medidas recomendadas para a diminuição do consumo de água no empreendimento;
  18. 18.  Tema 4: Energia  Objetivos: Apresentar a dinâmica de geração e distribuição de energia, problemas associados ao consumo excessivo e orientações sobre redução de consumo no empreendimento;  Conteúdo: - Fontes de energia e seus impactos ambientais; - Dinâmica de distribuição de energia; - Fontes alternativas; - Medidas recomendadas para evitar o consumo;
  19. 19.  Tema 5: Acondicionamento de materiais perigosos  Objetivos: Apresentar os riscos e problemas associados ao armazenamento de materiais classificados como perigosos em cada um dos setores.  Conteúdo: - Armazenagem de agrotóxicos: Legislação e problemas de saúde relacionados; - Armazenagem de produtos inflamáveis: Legislação e perigos relacionados; - Armazenagem de combustíveis: Legislação e perigos associados; - Armazenagem de dominossanitários: Legislação, perigos à saúde e recomendações;
  20. 20.  Tema 6: Fauna e Flora  Objetivos: Tensões sobre os ecossistemas próximos á centros urbanos. Importância dos ecossistemas para a sociedade. Fauna e flora locais de Viamão. Orientações sobre como proceder com a fauna nativa na área do empreendimento.  Conteúdo: - Ecossistema: definição, conceitos básicos; - Processos de extinção; - Orientação para bom convívio com a fauna local e preservação da flora nativa;
  21. 21. A frequência era de caráter obrigatório, mas foi usado o programa de incentivo às atividades de capacitação da empresa, o Legalito, para incentivas os colaboradores à participarem do encontro. O sistema trocava a frequência por pontos, que podiam ser trocados pelos serviços do hotel: massagem, spa, acupuntura, esportes radicais, sauna, piscinas e palestras.
  22. 22.  Material de apoio para a propagação das informações sobre coleta seletiva e uso correto de recursos, abordadas nos encontros.
  23. 23. Realizou-se no dia 14 de Setembro de 2011, o lançamento da Política Ambiental do Vila Ventura, bem como iniciaram-se os encontros do projeto, previstos para um encontro por mês, com cada um dos grupos. O evento contou com:  Palestra do diretor do hotel, sobre a importância das mudanças em curso, e o quanto elas eram importantes para a empresa;  Palestre informativa, pelo autor, sobre o Tema 1;  Visita ao galpão de triagem da empresa;
  24. 24.  Aumento da efetividade da coleta seletiva 0 10 20 30 40 50 60 Junho Julho Agosto Setembro Outubro MetrosCúbicosaoMês Resíduos Encaminhados à Reciclagem - Período de Intertemporada
  25. 25.  Diminuição no Índice de Risco Ambiental (contribuição indireta);
  26. 26.  Social: ◦ Poucos funcionários tinham conhecimento do local; ◦ Melhor significativa das condições de trabalho, principalmente no galpão de triagem; ◦ Ganho do poder de propagação e efetividade da campanha informativa associada;
  27. 27.  Maior rigidez das rotinas dos encontros aumentaria a sua eficácia;  Apresentar o mesmo conteúdo, para públicos muito diferentes foi um desafio;  Eficácia geral do projeto dependia de sua continuidade, após a saída do autor, na empresa;
  28. 28. THOMAZ, Clélio Estevão. PRÁTICAS PARA O ENVOLVIMENTO COM A EDUCAÇÃO AMBIENTAL, Programa de Pós-Graduação em Educação da PUC Campinas. clelios@hotmail.com NBR ISO 14001: Sistemas da gestão ambiental – Requisitos com orientações para uso. ABNT, Rio de Janeiro, 2004. NBR ISO 15401: Meios de hospedagem — Sistema de gestão da sustentabilidade – Requisitos. ABNT, Rio de Janeiro, 2006. MOREIRA, Maria Suely. Estratégia e Implantação do Sistema de Gestão Ambiental – modelo ISO 14000. 3ª ed. Nova Lima: INDG Tecnologia e Serviços LTDA., 2006.

×