“1/3 dos recrutadores utilizam os motores de 
pesquisa para obter informação sobre os 
candidatos.” 
Fonte:Career Builder
Um dos primeiros passos que um recrutador faz 
é pesquisar um pouco mais.
Uma “argolada”, não é de todo a melhor 1ª 
impressão na criação de uma identidade 
Profissional.
“Mais de 95% das empresas de recrutamento 
tem nas redes sociais a sua principal fonte na 
procura de candidatos.” 
Pedro ...
Ups...Se calhar não era bem isto.
O CV, é hoje uma parte do processo, 
onde as softskills se apresentam como um 
fator a ter em conta pelos recrutadores.
Ao olharmos para as redes sociais, o Facebook 
é aquela onde provavelmente em primeiro lugar 
iremos procurar informações ...
Importa assim perceber o que efetivamente está 
visível e queremos (ou não) partilhar de forma 
que a nossa identidade pro...
O Facebook permite criar definições de 
privacidade de forma a termos um maior 
controlo de quem vê e o que pode ser visto...
No entanto, muitas das vezes os conteúdos 
problemáticos não são aqueles que nós 
publicamos.
É certo que é importante, proteger a nossa 
identidade profissional, no entanto, torna-se mais 
relevante uma estratégia q...
Importa assim, parar, refletir avaliar e definir o que 
procuramos para a nossa identidade profissional.
Quem somos? 
O que sabemos? 
O que já fizemos? 
O que podemos fazer? 
O que temos para oferecer?
Na criação de uma identidade profissional importa, 
tal como se faz no marketing olhar para nós 
próprios como um produto ...
O universo digital, oferece um leque enorme de 
possibilidades que importa avaliar e perceber de que 
forma podemos potenc...
Website – Uma plataforma que nos permite mostrar e 
apresentar sem “restrições, o que queremos e somos, 
sendo ainda excel...
Blog – Uma plataforma ideal para reforçar o nosso 
Know how sobre uma determinada área, ou 
demonstrar que percebemos sobr...
Prós 
:: Reconhecimento 
:: Networking 
:: SEO 
Contras 
:: Tempo 
:: Resultados 
:: Conflito de interesses
Aboutme – Funciona como um “cartão de visita” 
e um agregador da nossa identidade profissional
Em 2013, 1 em cada 5 recrutadores nos EUA 
Utilizaram o Linkedin no seu processo de 
recrutamento. 
Fonte:Jobvite
Rede profissional que nos permite partilhar 
a nossa informação profissional e realizar 
networking com outros profissiona...
3 Passos: 
:: Presença | :: Visibilidade | :: Relevância
1º Passo 
Criar um perfil completo e credível: Quem 
somos e o que temos para oferecer.
Provavelmente a parte mais importante do 
perfil de Linkedin, pois na aquando da 
pesquisa na página de resultados, isto é...
Sendo uma rede profissional a nossa foto 
deve refletir esse aspeto, bem como permitir 
um claro reconhecimento da pessoa.
– Um campo aberto que nos 
permite reforçar e realçar as 
nossas competências e 
motivações. 
– Incluir informações de 
co...
– Completar ao máximo 
• Experiência Profissional 
• Educação; 
• Prémios 
• Associações 
• Projetos 
• …
Muitas das vezes a reputação está nas mãos 
dos outros.
Não esquecer: 
– Estruturar bem a informação 
de perfil de acordo com os 
nossos objetivos: 
– Disponibilizar nas línguas ...
2º Passo 
Dar visibilidade ao perfil: Garantir que o perfil 
é encontrado.
10 a 15 palavras que melhor caracterizem o vosso perfil 
e procurem otimizar o perfil para que possa ficar bem 
“classific...
Investir na rede de Contactos 
::Crescer na quantidade mas fundamentalmente 
na qualidade
Investir na rede de Contactos 
::Crescer na quantidade mas fundamentalmente 
na qualidade
Investir na rede de Contactos 
A personalização de convites é uma regra de ouro 
na estratégia de aumentar a rede de conta...
3º Passo 
Interagir com a Rede: O Linkedin 
é uma rede social.
Linkedin não é o Facebook
Grupos são um dos campos mais interessantes para 
ganhar relevância e contribuir para um “boost”, na 
nossa identidade pro...
A capacidade de expressar opinião, argumentar, apresentar ideias 
e trocar impressões nos grupos são excelentes reforços n...
Márcio Miranda 
geral.mdpm@gmail.com 
marciodanielpm
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais

566 visualizações

Publicada em

Workshops na FNAC sobre como criar uma identidade profissional nas diversas redes sociais.

Publicada em: Mídias sociais
  • Seja o primeiro a comentar

Identidade Profissional - Linkedin e Outras Redes Sociais

  1. 1. “1/3 dos recrutadores utilizam os motores de pesquisa para obter informação sobre os candidatos.” Fonte:Career Builder
  2. 2. Um dos primeiros passos que um recrutador faz é pesquisar um pouco mais.
  3. 3. Uma “argolada”, não é de todo a melhor 1ª impressão na criação de uma identidade Profissional.
  4. 4. “Mais de 95% das empresas de recrutamento tem nas redes sociais a sua principal fonte na procura de candidatos.” Pedro Caramez in Expresso 2013
  5. 5. Ups...Se calhar não era bem isto.
  6. 6. O CV, é hoje uma parte do processo, onde as softskills se apresentam como um fator a ter em conta pelos recrutadores.
  7. 7. Ao olharmos para as redes sociais, o Facebook é aquela onde provavelmente em primeiro lugar iremos procurar informações do candidato.
  8. 8. Importa assim perceber o que efetivamente está visível e queremos (ou não) partilhar de forma que a nossa identidade profissional não seja prejudicada.
  9. 9. O Facebook permite criar definições de privacidade de forma a termos um maior controlo de quem vê e o que pode ser visto.
  10. 10. No entanto, muitas das vezes os conteúdos problemáticos não são aqueles que nós publicamos.
  11. 11. É certo que é importante, proteger a nossa identidade profissional, no entanto, torna-se mais relevante uma estratégia que aporte valor para a nossa identidade no digital.
  12. 12. Importa assim, parar, refletir avaliar e definir o que procuramos para a nossa identidade profissional.
  13. 13. Quem somos? O que sabemos? O que já fizemos? O que podemos fazer? O que temos para oferecer?
  14. 14. Na criação de uma identidade profissional importa, tal como se faz no marketing olhar para nós próprios como um produto de forma a perceber as principais valias tornando-nos verdadeiramente diferenciadores e interessantes para bons projetos e bons contactos.
  15. 15. O universo digital, oferece um leque enorme de possibilidades que importa avaliar e perceber de que forma podemos potenciar a nossa identidade profissional “escolhendo” o melhor canal.
  16. 16. Website – Uma plataforma que nos permite mostrar e apresentar sem “restrições, o que queremos e somos, sendo ainda excelente para SEO.
  17. 17. Blog – Uma plataforma ideal para reforçar o nosso Know how sobre uma determinada área, ou demonstrar que percebemos sobre um determinado tema.
  18. 18. Prós :: Reconhecimento :: Networking :: SEO Contras :: Tempo :: Resultados :: Conflito de interesses
  19. 19. Aboutme – Funciona como um “cartão de visita” e um agregador da nossa identidade profissional
  20. 20. Em 2013, 1 em cada 5 recrutadores nos EUA Utilizaram o Linkedin no seu processo de recrutamento. Fonte:Jobvite
  21. 21. Rede profissional que nos permite partilhar a nossa informação profissional e realizar networking com outros profissionais.
  22. 22. 3 Passos: :: Presença | :: Visibilidade | :: Relevância
  23. 23. 1º Passo Criar um perfil completo e credível: Quem somos e o que temos para oferecer.
  24. 24. Provavelmente a parte mais importante do perfil de Linkedin, pois na aquando da pesquisa na página de resultados, isto é o que Aparece.
  25. 25. Sendo uma rede profissional a nossa foto deve refletir esse aspeto, bem como permitir um claro reconhecimento da pessoa.
  26. 26. – Um campo aberto que nos permite reforçar e realçar as nossas competências e motivações. – Incluir informações de contacto; – Incorporar palavras chave; – Escrever na primeira pessoa; – Atenção a KEYWORDS
  27. 27. – Completar ao máximo • Experiência Profissional • Educação; • Prémios • Associações • Projetos • …
  28. 28. Muitas das vezes a reputação está nas mãos dos outros.
  29. 29. Não esquecer: – Estruturar bem a informação de perfil de acordo com os nossos objetivos: – Disponibilizar nas línguas adequadas; – Atualizar com regularidade
  30. 30. 2º Passo Dar visibilidade ao perfil: Garantir que o perfil é encontrado.
  31. 31. 10 a 15 palavras que melhor caracterizem o vosso perfil e procurem otimizar o perfil para que possa ficar bem “classificado” aquando uma pesquisa no Linkedin ::HeadLine ::Sumário ::Experiência Profissional
  32. 32. Investir na rede de Contactos ::Crescer na quantidade mas fundamentalmente na qualidade
  33. 33. Investir na rede de Contactos ::Crescer na quantidade mas fundamentalmente na qualidade
  34. 34. Investir na rede de Contactos A personalização de convites é uma regra de ouro na estratégia de aumentar a rede de contactos
  35. 35. 3º Passo Interagir com a Rede: O Linkedin é uma rede social.
  36. 36. Linkedin não é o Facebook
  37. 37. Grupos são um dos campos mais interessantes para ganhar relevância e contribuir para um “boost”, na nossa identidade profissional.
  38. 38. A capacidade de expressar opinião, argumentar, apresentar ideias e trocar impressões nos grupos são excelentes reforços na criação de uma identidade profissional.
  39. 39. Márcio Miranda geral.mdpm@gmail.com marciodanielpm

×