SlideShare uma empresa Scribd logo

Perfil da educao especial e do atendimento educacional

1 de 12
Baixar para ler offline
Perfil da Educação Especial e do atendimento educacional especializado: análise da Legislação Nacional e Internacional
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],“ As quatro conferências  oferecem a oportunidade excepcional de definir de modo preciso uma visão global e de promover o debate sobre as maneiras de melhorar os sistemas educativos a partir de pontos de vistas e perspectivas que levem em consideração diferentes aspectos que influenciam sua qualidade e equidade.”  UNESCO, 2008
ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA EDUCAÇÃO A CIÊNCIA E A CULTURA A  UNESCO  foi criada em  16 de novembro de 1945 , para promover a paz e os direitos humanos com base na "solidariedade intelectual e moral da humanidade". É uma das agências das  Nações Unidas  para incentivar a cooperação técnica entre os Estados membros.  A partir de 1992, suas ações adquiriram um novo impulso, motivadas inicialmente pela Declaração Mundial sobre Educação para Todos. A Representação, percebendo a importância desse compromisso na política educacional do país, iniciou entendimentos com o Ministério da Educação com vistas a um diálogo permanente de como poderia contribuir a  UNESCO  na concretização dos ideais de Jomtien.
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
Anúncio

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Declaração de jomtien
Declaração de jomtienDeclaração de jomtien
Declaração de jomtienJeziel Mello
 
O direito à educação e a um currículo eficaz fde
O direito à educação e a um currículo eficaz fdeO direito à educação e a um currículo eficaz fde
O direito à educação e a um currículo eficaz fdeCinara Sampaio
 
Tce apresentação (1)
Tce apresentação (1)Tce apresentação (1)
Tce apresentação (1)Maria Pinheiro
 
V confintea hamburgo_1997
V confintea hamburgo_1997V confintea hamburgo_1997
V confintea hamburgo_1997PEJA10
 
Tracando caminhos para a educacao inclusiva
Tracando caminhos para a educacao inclusivaTracando caminhos para a educacao inclusiva
Tracando caminhos para a educacao inclusivatanilenatic
 
consumo e escassez de agua
consumo e escassez de aguaconsumo e escassez de agua
consumo e escassez de aguaguest78ae68
 
DeclaraçãO De Salamanca
DeclaraçãO De SalamancaDeclaraçãO De Salamanca
DeclaraçãO De SalamancajaqueGuiducci
 
A INCLUSÃO ESCOLAR BRASILEIRA E ALGUMAS DAS CONTRIBUIÇÕES INTERNACIONAIS Cl...
A INCLUSÃO ESCOLAR BRASILEIRA  E ALGUMAS DAS CONTRIBUIÇÕES INTERNACIONAIS  Cl...A INCLUSÃO ESCOLAR BRASILEIRA  E ALGUMAS DAS CONTRIBUIÇÕES INTERNACIONAIS  Cl...
A INCLUSÃO ESCOLAR BRASILEIRA E ALGUMAS DAS CONTRIBUIÇÕES INTERNACIONAIS Cl...christianceapcursos
 
Fins e príncípios da Educação
Fins e príncípios da  EducaçãoFins e príncípios da  Educação
Fins e príncípios da EducaçãoAntonio Futuro
 

Mais procurados (17)

Declaração de jomtien
Declaração de jomtienDeclaração de jomtien
Declaração de jomtien
 
O direito à educação e a um currículo eficaz fde
O direito à educação e a um currículo eficaz fdeO direito à educação e a um currículo eficaz fde
O direito à educação e a um currículo eficaz fde
 
Tce apresentação (1)
Tce apresentação (1)Tce apresentação (1)
Tce apresentação (1)
 
V confintea hamburgo_1997
V confintea hamburgo_1997V confintea hamburgo_1997
V confintea hamburgo_1997
 
Tracando caminhos para a educacao inclusiva
Tracando caminhos para a educacao inclusivaTracando caminhos para a educacao inclusiva
Tracando caminhos para a educacao inclusiva
 
Acesso 2011.2 texto 06
Acesso 2011.2   texto 06Acesso 2011.2   texto 06
Acesso 2011.2 texto 06
 
Didática ,trabalho em grupo sobre educação e suas finalidades
Didática ,trabalho em grupo sobre educação e suas finalidades Didática ,trabalho em grupo sobre educação e suas finalidades
Didática ,trabalho em grupo sobre educação e suas finalidades
 
consumo e escassez de agua
consumo e escassez de aguaconsumo e escassez de agua
consumo e escassez de agua
 
DeclaraçãO De Salamanca
DeclaraçãO De SalamancaDeclaraçãO De Salamanca
DeclaraçãO De Salamanca
 
A INCLUSÃO ESCOLAR BRASILEIRA E ALGUMAS DAS CONTRIBUIÇÕES INTERNACIONAIS Cl...
A INCLUSÃO ESCOLAR BRASILEIRA  E ALGUMAS DAS CONTRIBUIÇÕES INTERNACIONAIS  Cl...A INCLUSÃO ESCOLAR BRASILEIRA  E ALGUMAS DAS CONTRIBUIÇÕES INTERNACIONAIS  Cl...
A INCLUSÃO ESCOLAR BRASILEIRA E ALGUMAS DAS CONTRIBUIÇÕES INTERNACIONAIS Cl...
 
Educação para todos
Educação para todosEducação para todos
Educação para todos
 
Curso online eja construcao coletiva contribuicoes
Curso online eja construcao coletiva contribuicoesCurso online eja construcao coletiva contribuicoes
Curso online eja construcao coletiva contribuicoes
 
Educação ambiental
Educação ambientalEducação ambiental
Educação ambiental
 
Fins e príncípios da Educação
Fins e príncípios da  EducaçãoFins e príncípios da  Educação
Fins e príncípios da Educação
 
Ad1 didatica
Ad1 didaticaAd1 didatica
Ad1 didatica
 
Curso online unieducar educacao integral
Curso online unieducar educacao integralCurso online unieducar educacao integral
Curso online unieducar educacao integral
 
Atividade FDE
Atividade FDEAtividade FDE
Atividade FDE
 

Destaque

Bases legais educação inclusiva
Bases legais educação inclusivaBases legais educação inclusiva
Bases legais educação inclusivaHelena Libardi
 
O acesso de alunos com deficiencia
O acesso de alunos com deficienciaO acesso de alunos com deficiencia
O acesso de alunos com deficienciaSilvia Maltempi
 
Fundamentos da Educação Inclusiva
Fundamentos da Educação InclusivaFundamentos da Educação Inclusiva
Fundamentos da Educação InclusivaLene Reis
 
Educação especial escola inclusiva slides
Educação especial  escola inclusiva slidesEducação especial  escola inclusiva slides
Educação especial escola inclusiva slidesgindri
 
Educação inclusiva: feitos e efeitos
Educação inclusiva: feitos e efeitosEducação inclusiva: feitos e efeitos
Educação inclusiva: feitos e efeitosThiago de Almeida
 
Todos juntos por uma educação inclusiva
Todos juntos por uma educação inclusivaTodos juntos por uma educação inclusiva
Todos juntos por uma educação inclusivaSimoneHelenDrumond
 
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.Instituto Consciência GO
 
INVESTIR NO FUTURO... POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO ESPECIAL
INVESTIR NO FUTURO... POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO ESPECIALINVESTIR NO FUTURO... POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO ESPECIAL
INVESTIR NO FUTURO... POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO ESPECIALJoaquim Colôa
 
Capacitação1 pip
Capacitação1 pipCapacitação1 pip
Capacitação1 pipJu Dias
 
Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais
Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais EspeciaisEducação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais
Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiaismarlcon
 
Educação inclusiva- Escola inclusiva
Educação inclusiva- Escola inclusivaEducação inclusiva- Escola inclusiva
Educação inclusiva- Escola inclusivaSimone Dias
 
Currículo nee
Currículo neeCurrículo nee
Currículo neeSandrastos
 
Apresentação pdde 2012 padrão - sintética com alteraçãoes
Apresentação pdde  2012   padrão - sintética com alteraçãoesApresentação pdde  2012   padrão - sintética com alteraçãoes
Apresentação pdde 2012 padrão - sintética com alteraçãoeshelenaps
 
Educação especial
Educação especialEducação especial
Educação especialEducação
 
Acessibilidade e o publico alvo da educação especial cris
Acessibilidade e o publico alvo da educação especial crisAcessibilidade e o publico alvo da educação especial cris
Acessibilidade e o publico alvo da educação especial crisrosania39
 

Destaque (20)

Bases legais educação inclusiva
Bases legais educação inclusivaBases legais educação inclusiva
Bases legais educação inclusiva
 
Legislacao inclusao
Legislacao inclusaoLegislacao inclusao
Legislacao inclusao
 
O acesso de alunos com deficiencia
O acesso de alunos com deficienciaO acesso de alunos com deficiencia
O acesso de alunos com deficiencia
 
Fundamentos da Educação Inclusiva
Fundamentos da Educação InclusivaFundamentos da Educação Inclusiva
Fundamentos da Educação Inclusiva
 
Educação especial escola inclusiva slides
Educação especial  escola inclusiva slidesEducação especial  escola inclusiva slides
Educação especial escola inclusiva slides
 
Educação inclusiva: feitos e efeitos
Educação inclusiva: feitos e efeitosEducação inclusiva: feitos e efeitos
Educação inclusiva: feitos e efeitos
 
Inclusão slide
Inclusão slideInclusão slide
Inclusão slide
 
Todos juntos por uma educação inclusiva
Todos juntos por uma educação inclusivaTodos juntos por uma educação inclusiva
Todos juntos por uma educação inclusiva
 
A INCLUSÃO ESCOLAR
A  INCLUSÃO ESCOLAR A  INCLUSÃO ESCOLAR
A INCLUSÃO ESCOLAR
 
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
Educação Especial na Perspectiva Inclusiva.
 
INVESTIR NO FUTURO... POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO ESPECIAL
INVESTIR NO FUTURO... POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO ESPECIALINVESTIR NO FUTURO... POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO ESPECIAL
INVESTIR NO FUTURO... POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A EDUCAÇÃO ESPECIAL
 
Capacitação1 pip
Capacitação1 pipCapacitação1 pip
Capacitação1 pip
 
Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais
Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais EspeciaisEducação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais
Educação Inclusiva e Necessidades Educacionais Especiais
 
Educação inclusiva- Escola inclusiva
Educação inclusiva- Escola inclusivaEducação inclusiva- Escola inclusiva
Educação inclusiva- Escola inclusiva
 
Currículo nee
Currículo neeCurrículo nee
Currículo nee
 
Inclusão
InclusãoInclusão
Inclusão
 
Apresentação pdde 2012 padrão - sintética com alteraçãoes
Apresentação pdde  2012   padrão - sintética com alteraçãoesApresentação pdde  2012   padrão - sintética com alteraçãoes
Apresentação pdde 2012 padrão - sintética com alteraçãoes
 
Princípios da Educação Inclusiva
Princípios da Educação InclusivaPrincípios da Educação Inclusiva
Princípios da Educação Inclusiva
 
Educação especial
Educação especialEducação especial
Educação especial
 
Acessibilidade e o publico alvo da educação especial cris
Acessibilidade e o publico alvo da educação especial crisAcessibilidade e o publico alvo da educação especial cris
Acessibilidade e o publico alvo da educação especial cris
 

Semelhante a Perfil da educao especial e do atendimento educacional

Perfil do aluno_documento
Perfil do aluno_documentoPerfil do aluno_documento
Perfil do aluno_documentoRia da Escrita
 
perfil_do_aluno para o séc XXI.pdf
perfil_do_aluno para o séc XXI.pdfperfil_do_aluno para o séc XXI.pdf
perfil_do_aluno para o séc XXI.pdfPaulo Costa
 
Perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória
Perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatóriaPerfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória
Perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatóriaLicínia Simões
 
Oficina resolução see 2197
Oficina   resolução see 2197Oficina   resolução see 2197
Oficina resolução see 2197pipatcleopoldina
 
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimento
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimentoReferencial de educacao_para_o_desenvolvimento
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimentoDo outro lado da barricada
 
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimento
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimentoReferencial de educacao_para_o_desenvolvimento
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimentopsicologiaestoi
 
Marco de ação_de_belem
Marco de ação_de_belemMarco de ação_de_belem
Marco de ação_de_belemDafianaCarlos
 
Template_Apresentação padrão da SEE 2023.pptx
Template_Apresentação padrão da SEE 2023.pptxTemplate_Apresentação padrão da SEE 2023.pptx
Template_Apresentação padrão da SEE 2023.pptxErefMariaGoretti
 
Artigos sobre educação no campo
Artigos sobre educação no campoArtigos sobre educação no campo
Artigos sobre educação no campoJoão Bet
 
UNCME Compromisso com a Criança
UNCME   Compromisso com a CriançaUNCME   Compromisso com a Criança
UNCME Compromisso com a Criançauncmers
 
estrategia_cidadania_original (1).pdf
estrategia_cidadania_original (1).pdfestrategia_cidadania_original (1).pdf
estrategia_cidadania_original (1).pdfjpedrosilva1
 
Educação inclusiva (1)
Educação inclusiva (1)Educação inclusiva (1)
Educação inclusiva (1)laraevin
 
Palestra CONAE/2014
Palestra CONAE/2014Palestra CONAE/2014
Palestra CONAE/2014daguia
 
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...UBIRAJARA COUTO LIMA
 

Semelhante a Perfil da educao especial e do atendimento educacional (20)

Perfil do aluno
Perfil do alunoPerfil do aluno
Perfil do aluno
 
Perfil do aluno_documento
Perfil do aluno_documentoPerfil do aluno_documento
Perfil do aluno_documento
 
perfil_do_aluno para o séc XXI.pdf
perfil_do_aluno para o séc XXI.pdfperfil_do_aluno para o séc XXI.pdf
perfil_do_aluno para o séc XXI.pdf
 
Perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória
Perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatóriaPerfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória
Perfil do aluno à saída da escolaridade obrigatória
 
Educação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e AdultosEducação de Jovens e Adultos
Educação de Jovens e Adultos
 
Oficina resolução see 2197
Oficina   resolução see 2197Oficina   resolução see 2197
Oficina resolução see 2197
 
Memorial_PGE.pdf
Memorial_PGE.pdfMemorial_PGE.pdf
Memorial_PGE.pdf
 
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimento
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimentoReferencial de educacao_para_o_desenvolvimento
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimento
 
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimento
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimentoReferencial de educacao_para_o_desenvolvimento
Referencial de educacao_para_o_desenvolvimento
 
Marco de ação_de_belem
Marco de ação_de_belemMarco de ação_de_belem
Marco de ação_de_belem
 
Template_Apresentação padrão da SEE 2023.pptx
Template_Apresentação padrão da SEE 2023.pptxTemplate_Apresentação padrão da SEE 2023.pptx
Template_Apresentação padrão da SEE 2023.pptx
 
Etica e cidadania
Etica e cidadaniaEtica e cidadania
Etica e cidadania
 
Livro etica e_cidadania
Livro etica e_cidadaniaLivro etica e_cidadania
Livro etica e_cidadania
 
Ética e Cidadania
Ética e CidadaniaÉtica e Cidadania
Ética e Cidadania
 
Artigos sobre educação no campo
Artigos sobre educação no campoArtigos sobre educação no campo
Artigos sobre educação no campo
 
UNCME Compromisso com a Criança
UNCME   Compromisso com a CriançaUNCME   Compromisso com a Criança
UNCME Compromisso com a Criança
 
estrategia_cidadania_original (1).pdf
estrategia_cidadania_original (1).pdfestrategia_cidadania_original (1).pdf
estrategia_cidadania_original (1).pdf
 
Educação inclusiva (1)
Educação inclusiva (1)Educação inclusiva (1)
Educação inclusiva (1)
 
Palestra CONAE/2014
Palestra CONAE/2014Palestra CONAE/2014
Palestra CONAE/2014
 
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
Conselho escolar e a relação entre a escola e o desenvolvimento com igualdade...
 

Mais de ♥Marcinhatinelli♥ (20)

1 MATEUS 6.docx
1 MATEUS 6.docx1 MATEUS 6.docx
1 MATEUS 6.docx
 
DATAS E TIAS.pdf
DATAS E TIAS.pdfDATAS E TIAS.pdf
DATAS E TIAS.pdf
 
versiculos_04laina.pdf
versiculos_04laina.pdfversiculos_04laina.pdf
versiculos_04laina.pdf
 
versiculos_01 laiana.pdf
versiculos_01 laiana.pdfversiculos_01 laiana.pdf
versiculos_01 laiana.pdf
 
Aulas de canto
Aulas de cantoAulas de canto
Aulas de canto
 
As recompensas da fidelidade
As recompensas da fidelidadeAs recompensas da fidelidade
As recompensas da fidelidade
 
Ande mais uma mihlha mateus 5 ver41
Ande mais uma mihlha mateus 5 ver41 Ande mais uma mihlha mateus 5 ver41
Ande mais uma mihlha mateus 5 ver41
 
A esperança que vem do alto
A esperança que vem do altoA esperança que vem do alto
A esperança que vem do alto
 
kickoff completo
 kickoff   completo kickoff   completo
kickoff completo
 
gestão de instagram
gestão de instagramgestão de instagram
gestão de instagram
 
campanha digital
campanha digitalcampanha digital
campanha digital
 
Versiculo sozinho
Versiculo sozinhoVersiculo sozinho
Versiculo sozinho
 
Versiculo explicação
Versiculo explicaçãoVersiculo explicação
Versiculo explicação
 
Comportamento adaptativo
Comportamento adaptativoComportamento adaptativo
Comportamento adaptativo
 
Caderno de apoio_1º_ano
Caderno de apoio_1º_anoCaderno de apoio_1º_ano
Caderno de apoio_1º_ano
 
A integridade de jó
A integridade de jóA integridade de jó
A integridade de jó
 
Pnaic atualizado
Pnaic atualizadoPnaic atualizado
Pnaic atualizado
 
Resumo inclusão escolar pontos e contrapontos Mantoan
Resumo inclusão escolar  pontos e contrapontos   MantoanResumo inclusão escolar  pontos e contrapontos   Mantoan
Resumo inclusão escolar pontos e contrapontos Mantoan
 
Revista prodigo
Revista prodigoRevista prodigo
Revista prodigo
 
Sintese síntese do livro “psicogênese da língua escrita”
Sintese síntese do livro “psicogênese da língua escrita”   Sintese síntese do livro “psicogênese da língua escrita”
Sintese síntese do livro “psicogênese da língua escrita”
 

Perfil da educao especial e do atendimento educacional

  • 1. Perfil da Educação Especial e do atendimento educacional especializado: análise da Legislação Nacional e Internacional
  • 2.
  • 3. ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA EDUCAÇÃO A CIÊNCIA E A CULTURA A UNESCO foi criada em 16 de novembro de 1945 , para promover a paz e os direitos humanos com base na "solidariedade intelectual e moral da humanidade". É uma das agências das Nações Unidas para incentivar a cooperação técnica entre os Estados membros. A partir de 1992, suas ações adquiriram um novo impulso, motivadas inicialmente pela Declaração Mundial sobre Educação para Todos. A Representação, percebendo a importância desse compromisso na política educacional do país, iniciou entendimentos com o Ministério da Educação com vistas a um diálogo permanente de como poderia contribuir a UNESCO na concretização dos ideais de Jomtien.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10. GT 9 – Componentes: Adriane Ligia dos Reis Aliene Alves da Silva Ana Carine Azevedo Silva Carmelina Barreto Cláudia Regina Mistreli Paula de Sousa Lisboa Regiane Isabel Elias B. Valentin Rosângela Teresa Frangiotti Barros Severino Batista da Silva (Billy)
  • 11. 1 – É possível falar em uma educação inclusiva de qualidade e, principalmente, de permanência sem termos como aliados uma equipe multiprofissional? 2 - O documento defende ainda a concepção de que o papel do professor é insubstituível e merece especial atenção na reorientação dos sistemas educacionais. Será que atualmente o professor tem sido visto e valorizado com esta atenção? 3 – O documento da UNESCO, como todos os outros, reconhecem as dificuldades discriminatórias quanto à Educação Inclusiva e criam alternativas para que sejam superadas. O que é preciso, ainda, para realmente tornar a Educação Inclusiva um sinônimo de “Educação de Qualidade” para todos os Indivíduos? Problematização:
  • 12. Aceitem o desafio...Levante toda vez que a música disser algo que já teve ou que, com certeza terá uma dia: Como a Bailarina, apenas um professor PERFEITO não buscará metodologia para sua prática, uma vez que seus alunos são tão perfeitos quanto ele.