Aula gineco

802 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
802
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula gineco

  1. 1. ENFERMAGEM GINECOLÓGICA Carga Horária: 40h Profª Ms. Lenir Honório Soares
  2. 2. EMENTA: A Disciplina de ginecologia , tem como foco central o aluno como sujeito do processo de ensino-aprendizagem e visa ampliar o conhecimento desse aluno sobre as ginecopatias que podem vir a acometer a mulher durante o ciclo vital e as formas de tratamento utilizadas hoje assim como a reabilitação destas mulheres. Pretende despertar o interesse para a busca sistemática do conhecimento na literatura, e em pesquisas, para a solução de problemas de enfermagem e saúde das pacientes, famílias e comunidade. Assim como o estudo da Sistematização da Assistência de Enfermagem nos serviços ginecologia.
  3. 3. Objetivo geral: Capacitar o profissional enfermeiro para o desempenho das funções assistenciais, educativas e de gerenciamento das ações de enfermagem na assistência ginecológica. Objetivos Específicos: - Desenvolver ações básicas de saúde na prevenção, promoção, proteção e reabilitação da mulher com ginecopatias; - Conhecer as diferentes patologias ginecológicas; - Documentar a assistência sistematizada de enfermagem, visando a validação das intervenções de enfermagem e a garantia de informações para o desenvolvimento de pesquisas e sedimentação da profissão.
  4. 4. PROGRAMA  Terminologias em ginecologia Consulta de Enfermagem em Ginecologia Embriogênese do sistema genital feminino, mamas e malformações. Exames em ginecologia: citologia oncótica, colposcopia, teste de Schiller, ultra-sonografias. Exame clínico das mamas, auto-exame, mamografia e ultra-sonografia das mamas.
  5. 5. Ginecologia geral: - Corrimento genital, - DSTs, - Doença inflamatória pélvica, - Endometriose, - Prolapso genital, - Incontinência Urinária, - Síndrome pré-menstrual. - Climatério; - Patologias benignas da mama.
  6. 6. Oncologia genital: Neoplasia malignas de vulva e vagina; câncer de colo do útero (HPV); Câncer de ovário; câncer de corpo do útero; Câncer de mama; • Reabilitação pós-mastectomia.
  7. 7. Aspectos preventivos: •DST; • TPM; • Câncer de colo e mama; • Climatério.
  8. 8. METODOLOGIA DE ENSINO O conteúdo programático será desenvolvido em sala de aula. A estratégia de ensino teórico será composta de aulas expositivas, estudos em grupos e seminários.
  9. 9. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO A avaliação das atividades será de caráter somativo, com discussão em grupo sobre o aprendizado teórico, prova escrita individual, apresentação de seminários e estudo dirigido.
  10. 10. Praia de Tambaba- Paraíba
  11. 11. REFEREÊNCIAS ABRÃO, FAUZER tratado de oncologia genital e mamária São Paulo: Rocca, 1995 ARISTODENO, JOSÉ PINOTTI; MAGGIO, ANGELA A. F. Tratado de ginecologia São Paulo: Revinter, 2005 AUGUSTO, SÉRGIO T. ; LOPES, AGNALDO S.F. Manual de Clínica cirúrgica em ginecologia São Paulo: Medsi, 2004 BARROS, S.M.O; MARIN, H.F.; ABRÃO, A.C.F.V. Enfermagem obstétrica e ginecológica.São Paulo, Roca, 2002. BUM, BRUNO S.; GARCIA,JUAN V.; SIMÓN, CARLOS Reprodução assistida São Paulo: Atheneu, 2003 CARPENITO- MOYET, L.J. Diagnósticos de enfermagem: aplicação á prática clínica. Porto Alegre: Artmed, 2005. CARLSON, BRUCE M. Embriologia humana e biologia do desenvolvimento Rio de Janeiro: Guanabara Koogan: 1994 CHAVES, HEMÓGENES NETTO. Obstetrícia básica São Paulo: Atheneu, 2005 COLLIRI, MÁRCIA C.; GONÇALVES, ANGELA M Reabilitação física no câncer de mama São Paulo: Roca, 2000
  12. 12. CUNHA, ÁLVARO B. Noções de ginecologia São Paulo: Atheneu, 2001 GERALDO, JOSÉ D.; AMÉRICO, CARLOS F. Anatomia humana sistêmica e segmentar: para estudantes de medicina 2ª ed. São Paulo: Atheneu, 2005 JAVIS,CAROLYN .Exame Físico e Avaliação de Saúde 3ªED. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002 JONNSON, M; MAAS, M; MOORHEAD S. Classificação dos resultados de enfermagem (NOC). Porto Alegre, Artmed, 2004. LOWDERMILK, D.L, PERRY, S.E., BOBAK, I.M. O cuidado em enfermagem materna. Porto Alegre, Artmed,2002. MCcLOSKEY, J.C; BULECHEK, G.M. Classificação das internenções de enfermagem (NIC). Porto Alegre:Artmed, 2004. MOORE, JEITY; DALLEY, ARTHUR Anatomia orientada para clínica 4ªed Rio de Janeiro:Guanabara Koogan,2001 NANDA International. Diagnósticos de enfermagem da NANDA: definições e classificação 2003-2004, Porto Alegre, 2005.
  13. 13. NEME, B. Obstetrícia Básica. São Paulo, Sarvier, 2000. NOVAKS Tratado de ginecologia Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002 PIATO, SEBASTIÃO Tratado de ginecologia 2ª ed. São Paulo: Artes Médicas, 2002 POLDEN, MARGARET; MANTHE,JILL Fisioterapia em ginecologia e obstetrícia São Paulo: santos, 2005 REZENDE, J. de, Obstetrícia. 5ª ed, Rio de Janeiro, Guanabara Koogan, 2005. TRATADO DE GINECOLOGIA: condutas e rotinas da disciplina de ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo-USP
  14. 14. Eu sou aquela mulher a quem o tempo muito ensinou. Ensinou a amar a vida. Não desistir da luta. Recomeçar na derrota. Renunciar a palavras e pensamentos negativos. Acreditar nos valores humanos. Ser otimista ( Cora Coralina)

×