SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
Baixar para ler offline
Deixe os seus
pensamentos
viajarem nos
  sonhos...
Conhecimento Europeu
         Século XIX - Mudanças

Formação Social:
Nobres – Donos de muitas terras – privilegiada;
Clero – Padres e Sacerdotes;
Burguesia – Classe Proprietária
Classe Operária - Trabalhadores
Grandes acontecimentos:
   Revolução Industrial

   Revolução Francesa
Mudanças com a Revolução
            Industrial:
1ª       Intensificação da exploração do trabalho
                     pelo capital.
      (Os artesãos desaparecem e passam a trabalhar nas indústrias)

                   16 Horas diárias,
                   Péssimo Salários,
           Péssimas Condições de Trabalho-
        Acidentes mutilavam e levavam a morte;
                Direito era inexistente;
                  Muita exploração.
             CONCETRAÇÃO DE RENDA
Mudanças com a Revolução
            Industrial:
2ª   Crescimentos das cidades (êxodo rural)

            EXODO RURAL
                 CAMPO

                 CIDADE
             O que surgiu????
Mudanças com a Revolução
       Industrial:
3ª   Transformação do estilo de vida.
Não foi fácil a adaptação ao ambiente
 urbano e ao trabalho nas fábricas.
Características da Revolução
              Francesa: :

1º    Monarquia
2º    Clero e a nobreza
3º    Burguesia
Estado sendo Monárquico o capitalismo não
                      desenvolvia;
Os impostos altos para manter a monarquia e o clero que
                       era isento;
               Os burgueses se rebelaram;
   O clero e a nobreza convence o Rei de convocar a
     Assembléia por medo de perder suas regalias;
        A Assembléia não chega a um consenso;
 A revolução chega as ruas com os ideais de: igualdade,
                fraternidade, liberdade;
             A queda da prisão de Bastilha;
                  Tomada de Bastilha;
  1799, Napoleão Bonaparte consolidou a burguesia,
                 Fim do regime feudal
Funcionalismo
                     Sociologia para Durkheim

          Fato social apresenta caracteristicas :

     Coerção social – respeito e imposição.
        Ex:Idiomas, leis,e educação que recebe da família e da escola.
   Fatos sociais são exteriores ao individuo –
    existe e atua sobre ele independentemente de sua vontade ou aceitação.

Generalidade – Algo comum na vida das pessoas.
                 Ex: emprego, a forma de vestir, a habitação
Materialismo Dialético
  Tudo se transforma, através dos conflitos
                 dialéticos;
         Princípio da Totalidade – Fenômenos Naturais
  Princípio da Mudança Qualitativa – Quantidade... Qualidade
                         Ex: Revolução Francesa;
Princípio da contradição Universal – Forças contrarias se unem ou
                            se opõe.
                       Ex: Burguesia e proletariado.


 Princípio do Movimento:Nada está pronto, tudo se transforma.
        As forças contrarias se chocam a todo momento.
             Ex: Burguesia e proletariado - jornada de trabalho.
                         Conclusão Pag. 32
Educação Conservadora:
Educação dos mais velhos aos mais
             jovens;
           Mão única;
       De cima para baixo;
  Não há troca de aprendizagem;
A educação seria igualitária até
  determinado tempo, em seguida
cada um segue a sua vida de acordo
     com sexo e classe social.
       Segundo Durkheim, há homens que devem ser
    preparados para refletir, para pensar, para serem os
  dirigentes do país, seja nas empresas, seja no governo.
  Enquanto outros devem ser educados para a ação, para
   a execução do trabalho manual e a obediência. Essa
     é uma função importante da educação na visão de
   Durkheim: preparar os homens para desempenhar os
          diferentes e harmônicos papéis sociais.
Liberalismo:
   Desenvolvimento Social – Educação;
                       Individualismo;
                O indivíduo deve ser respeitado pela dignidade...

                            Liberdade;
             Antes de qualquer coisa o indivíduo precisa ser livre...

                 Propriedade privada;
Direito Natural... Deixa de ser privilégio da nobreza. Será que todos tem acesso?

                             Igualdade
                            Igualdade perante a lei.

                          Democracia;
 Direito de todos à participação no governo por meio dos representantes eleitos.
Nova Escola:
                 (Dewey)

Escola – ambiente de formação de um novo
homem, pautadas em valores democráticos;

       Relação professor-aluno;
          Material didático;
    Métodos pedagógicos inovadores;
         Aluno ator principal.
Capital Humano:
Investir no indivíduo (desenvolvimento)
          Principal recurso:
             A educação.
UNESCO (1996) recomenda o investimento
 na educação de pelo menos 6% do PIB.

   Como o Brasil investiu na
EDUCAÇÃO na ultima década???

  PIB - Produto Interno Bruto
PIB
2000         3,9%
2001         4,0%
2002         4,2%
2003         3,9%
2004         3,9%
2005         3,9%
2006         4,3%
2007         4,5%
2008         4,7%
2009         5,0%
A escola como aparelho ideológico do
              Estado.
 Ideologia – uma falsa crença
     Igualdade de direitos
    Igualdade de materiais
O que são Aparelhos Ideológicos?

              Religioso
               Escolar
               Familiar
               Político
               Sindical
 Informativo (Meios de Comunicação)
               Cultural
               Jurídico
E a escola está livre???
                P-59




             Mas....

  A escola luta pela hegemonia da
             sociedade.
A escola é o espaço onde a burguesia
      transmite os seus ideais.
Escola como espaço da Contra – Ideologia
                 Gramsci

  Transformadora das relações sociais...

    A educação deve formar cidadãos
             conscientes.
ESCOLA

    CONFLITOS...

IDEAIS ANTAGONICOS...
DIFERENÇA


HOMEM X ANIMAL


  TRABALHO
TRABALHO...

Mudança de vida...

 Vida Nômade...

Vida Sedentária...
ESCOLA ADMINISTRATIVA

    Decisões de cima para baixo
      Retardamento no ensino
 (obediência as leis governamentais)
       Escola sem autonomia
         Constituição 1988
             LDB 1988
        Gestão Democrática
CONCEITUE

SOCIOLOGIA????????
Revolução Industrial e mudanças sociais no século XIX

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cap 15 quem faz e como se faz o brasil
Cap 15 quem faz e como se faz o brasilCap 15 quem faz e como se faz o brasil
Cap 15 quem faz e como se faz o brasilDante Galvao
 
02 a educação e a escola
02 a educação e a escola02 a educação e a escola
02 a educação e a escolaGLEYDSON ROCHA
 
O ESTADO LIBERAL E A POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA DA DÉCADA DE 1990
O ESTADO LIBERAL E A POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA DA DÉCADA DE 1990O ESTADO LIBERAL E A POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA DA DÉCADA DE 1990
O ESTADO LIBERAL E A POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA DA DÉCADA DE 1990amiltonp
 
Educação pública no século xix
Educação pública no século xixEducação pública no século xix
Educação pública no século xixrenanmedonho
 
Filosofia e ciência no século xix pedagogia
Filosofia e ciência no século xix pedagogiaFilosofia e ciência no século xix pedagogia
Filosofia e ciência no século xix pedagogiarenanmedonho
 
A educação no brasil
A educação no brasilA educação no brasil
A educação no brasilcsjmaranhao
 
A Educação no Brasil no Período da Segunda República
A Educação no Brasil no Período da Segunda RepúblicaA Educação no Brasil no Período da Segunda República
A Educação no Brasil no Período da Segunda RepúblicaDonizete Soares
 
Resumo história da educação e da pedagogia
Resumo   história da educação e da pedagogiaResumo   história da educação e da pedagogia
Resumo história da educação e da pedagogiaJoyce Mourão
 
Liberalismo na educação
Liberalismo na educaçãoLiberalismo na educação
Liberalismo na educaçãoAlano Freire
 
1. sociologia da educação
1. sociologia da educação1. sociologia da educação
1. sociologia da educaçãoSimonelleGomes
 
Política educacional
Política  educacionalPolítica  educacional
Política educacionalEddy Bezerra
 

Mais procurados (20)

Artigo socied ind-educ
Artigo socied ind-educArtigo socied ind-educ
Artigo socied ind-educ
 
Trabalho a.i 2013
Trabalho a.i 2013Trabalho a.i 2013
Trabalho a.i 2013
 
Cap 15 quem faz e como se faz o brasil
Cap 15 quem faz e como se faz o brasilCap 15 quem faz e como se faz o brasil
Cap 15 quem faz e como se faz o brasil
 
DIreito Socialista
DIreito SocialistaDIreito Socialista
DIreito Socialista
 
02 a educação e a escola
02 a educação e a escola02 a educação e a escola
02 a educação e a escola
 
O ESTADO LIBERAL E A POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA DA DÉCADA DE 1990
O ESTADO LIBERAL E A POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA DA DÉCADA DE 1990O ESTADO LIBERAL E A POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA DA DÉCADA DE 1990
O ESTADO LIBERAL E A POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA DA DÉCADA DE 1990
 
Educação pública no século xix
Educação pública no século xixEducação pública no século xix
Educação pública no século xix
 
Direitos humanos
Direitos humanosDireitos humanos
Direitos humanos
 
Lelícia
LelíciaLelícia
Lelícia
 
Filosofia e ciência no século xix pedagogia
Filosofia e ciência no século xix pedagogiaFilosofia e ciência no século xix pedagogia
Filosofia e ciência no século xix pedagogia
 
A educação no brasil
A educação no brasilA educação no brasil
A educação no brasil
 
A Educação no Brasil no Período da Segunda República
A Educação no Brasil no Período da Segunda RepúblicaA Educação no Brasil no Período da Segunda República
A Educação no Brasil no Período da Segunda República
 
Resumo história da educação e da pedagogia
Resumo   história da educação e da pedagogiaResumo   história da educação e da pedagogia
Resumo história da educação e da pedagogia
 
Liberalismo na educação
Liberalismo na educaçãoLiberalismo na educação
Liberalismo na educação
 
9 Século 19
9 Século 199 Século 19
9 Século 19
 
Classes sociais 13t 11
Classes sociais 13t 11Classes sociais 13t 11
Classes sociais 13t 11
 
1. sociologia da educação
1. sociologia da educação1. sociologia da educação
1. sociologia da educação
 
Estado 02
Estado 02Estado 02
Estado 02
 
Trabalho e Sociedade
Trabalho e SociedadeTrabalho e Sociedade
Trabalho e Sociedade
 
Política educacional
Política  educacionalPolítica  educacional
Política educacional
 

Destaque

Apresentacao internet
Apresentacao internetApresentacao internet
Apresentacao internetmarcilene1311
 
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveresDireito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveresDaniel Oliveira
 
1 o homem a sociedade e o direito
1 o homem a sociedade e o direito1 o homem a sociedade e o direito
1 o homem a sociedade e o direitoPelo Siro
 
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações Daniel Oliveira
 
Aula Direito Administrativo
Aula Direito AdministrativoAula Direito Administrativo
Aula Direito AdministrativoGrupo VAHALI
 
Direito Administrativo - Aula 3 - Atos Administrativos
Direito Administrativo - Aula 3 - Atos AdministrativosDireito Administrativo - Aula 3 - Atos Administrativos
Direito Administrativo - Aula 3 - Atos AdministrativosDaniel Oliveira
 
Direito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Direito Administrativo - Aula 1 - PrincípiosDireito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Direito Administrativo - Aula 1 - PrincípiosDaniel Oliveira
 
NOÇÃO DE DIREITO
NOÇÃO DE DIREITONOÇÃO DE DIREITO
NOÇÃO DE DIREITOURCAMP
 
Mapas mentais direito constitucional
Mapas mentais direito constitucionalMapas mentais direito constitucional
Mapas mentais direito constitucionalEstrategiaConc
 
Mapa mental Direito Administrativo
Mapa mental Direito AdministrativoMapa mental Direito Administrativo
Mapa mental Direito AdministrativoFelipe Martins
 
Mapas mentais ponto constitucional
Mapas mentais ponto   constitucional Mapas mentais ponto   constitucional
Mapas mentais ponto constitucional Tatiana Nunes
 

Destaque (14)

Apresentacao internet
Apresentacao internetApresentacao internet
Apresentacao internet
 
Profuncionario
ProfuncionarioProfuncionario
Profuncionario
 
Orientaço..[1] pro 2012 2013
Orientaço..[1] pro 2012 2013Orientaço..[1] pro 2012 2013
Orientaço..[1] pro 2012 2013
 
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveresDireito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
Direito Administrativo - Aula 2 - Poderes e deveres
 
1 o homem a sociedade e o direito
1 o homem a sociedade e o direito1 o homem a sociedade e o direito
1 o homem a sociedade e o direito
 
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
Direito Administrativo - Aula 4 - Licitações
 
Aula Direito Administrativo
Aula Direito AdministrativoAula Direito Administrativo
Aula Direito Administrativo
 
Direito Administrativo - Aula 3 - Atos Administrativos
Direito Administrativo - Aula 3 - Atos AdministrativosDireito Administrativo - Aula 3 - Atos Administrativos
Direito Administrativo - Aula 3 - Atos Administrativos
 
Direito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Direito Administrativo - Aula 1 - PrincípiosDireito Administrativo - Aula 1 - Princípios
Direito Administrativo - Aula 1 - Princípios
 
NOÇÃO DE DIREITO
NOÇÃO DE DIREITONOÇÃO DE DIREITO
NOÇÃO DE DIREITO
 
Lei 8112 mapas mentais
Lei 8112 mapas mentaisLei 8112 mapas mentais
Lei 8112 mapas mentais
 
Mapas mentais direito constitucional
Mapas mentais direito constitucionalMapas mentais direito constitucional
Mapas mentais direito constitucional
 
Mapa mental Direito Administrativo
Mapa mental Direito AdministrativoMapa mental Direito Administrativo
Mapa mental Direito Administrativo
 
Mapas mentais ponto constitucional
Mapas mentais ponto   constitucional Mapas mentais ponto   constitucional
Mapas mentais ponto constitucional
 

Semelhante a Revolução Industrial e mudanças sociais no século XIX

Educação, pós modernidade e globalização
Educação, pós modernidade e globalizaçãoEducação, pós modernidade e globalização
Educação, pós modernidade e globalizaçãoSilvânio Barcelos
 
Aula ifg educação sociedade e trabalho 2014 [salvo automaticamente]
Aula ifg educação  sociedade e trabalho 2014 [salvo automaticamente]Aula ifg educação  sociedade e trabalho 2014 [salvo automaticamente]
Aula ifg educação sociedade e trabalho 2014 [salvo automaticamente]Marizete Waldhelm
 
Folhetim do Estudante - Ano IX - Número 65
Folhetim do Estudante - Ano IX - Número 65Folhetim do Estudante - Ano IX - Número 65
Folhetim do Estudante - Ano IX - Número 65Valter Gomes
 
Slide sociologia
Slide  sociologiaSlide  sociologia
Slide sociologiamosaca22
 
Slide sociologia
Slide  sociologiaSlide  sociologia
Slide sociologiamosaca22
 
Terra-História-Enem-Neo
Terra-História-Enem-NeoTerra-História-Enem-Neo
Terra-História-Enem-Neoneocontextual
 
As bases ideológicas do socialismo
As bases ideológicas do socialismoAs bases ideológicas do socialismo
As bases ideológicas do socialismoVictor Said
 
Terceiro Setor e Comunicação Estratégica para Mobilização Social
Terceiro Setor e Comunicação Estratégica para Mobilização SocialTerceiro Setor e Comunicação Estratégica para Mobilização Social
Terceiro Setor e Comunicação Estratégica para Mobilização SocialL T
 
Sociologia introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Sociologia   introdução - o que é, principais pensamentos e pensadoresSociologia   introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Sociologia introdução - o que é, principais pensamentos e pensadoresDaniele Rubim
 
Introduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaIntroduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaMarcelo Freitas
 
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip AssisCiência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip AssisANTONIO INACIO FERRAZ
 
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SPciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SPANTONIO INACIO FERRAZ
 
O enfraquecimento do Estado Social como forma de perpetuação da marginalizaçã...
O enfraquecimento do Estado Social como forma de perpetuação da marginalizaçã...O enfraquecimento do Estado Social como forma de perpetuação da marginalizaçã...
O enfraquecimento do Estado Social como forma de perpetuação da marginalizaçã...Sérgio Henrique da Silva Pereira
 
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)deividyalves
 

Semelhante a Revolução Industrial e mudanças sociais no século XIX (20)

Sociologia
SociologiaSociologia
Sociologia
 
Educação, pós modernidade e globalização
Educação, pós modernidade e globalizaçãoEducação, pós modernidade e globalização
Educação, pós modernidade e globalização
 
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO.pptxSOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO.pptx
 
Aula ifg educação sociedade e trabalho 2014 [salvo automaticamente]
Aula ifg educação  sociedade e trabalho 2014 [salvo automaticamente]Aula ifg educação  sociedade e trabalho 2014 [salvo automaticamente]
Aula ifg educação sociedade e trabalho 2014 [salvo automaticamente]
 
Unidade
UnidadeUnidade
Unidade
 
Folhetim do Estudante - Ano IX - Número 65
Folhetim do Estudante - Ano IX - Número 65Folhetim do Estudante - Ano IX - Número 65
Folhetim do Estudante - Ano IX - Número 65
 
Slide sociologia
Slide  sociologiaSlide  sociologia
Slide sociologia
 
Slide sociologia
Slide  sociologiaSlide  sociologia
Slide sociologia
 
Questionário 01
Questionário 01Questionário 01
Questionário 01
 
Teoria marxista ênfase profissionalizante ii
Teoria marxista   ênfase profissionalizante iiTeoria marxista   ênfase profissionalizante ii
Teoria marxista ênfase profissionalizante ii
 
Introducao a sociologia
Introducao a sociologiaIntroducao a sociologia
Introducao a sociologia
 
Terra-História-Enem-Neo
Terra-História-Enem-NeoTerra-História-Enem-Neo
Terra-História-Enem-Neo
 
As bases ideológicas do socialismo
As bases ideológicas do socialismoAs bases ideológicas do socialismo
As bases ideológicas do socialismo
 
Terceiro Setor e Comunicação Estratégica para Mobilização Social
Terceiro Setor e Comunicação Estratégica para Mobilização SocialTerceiro Setor e Comunicação Estratégica para Mobilização Social
Terceiro Setor e Comunicação Estratégica para Mobilização Social
 
Sociologia introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Sociologia   introdução - o que é, principais pensamentos e pensadoresSociologia   introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
Sociologia introdução - o que é, principais pensamentos e pensadores
 
Introduçao a sociologia
Introduçao a sociologiaIntroduçao a sociologia
Introduçao a sociologia
 
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip AssisCiência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
Ciência e sociais/antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis
 
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SPciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
ciencia e sociais /antonio inacio ferraz estudante de direito na Unip Assis SP
 
O enfraquecimento do Estado Social como forma de perpetuação da marginalizaçã...
O enfraquecimento do Estado Social como forma de perpetuação da marginalizaçã...O enfraquecimento do Estado Social como forma de perpetuação da marginalizaçã...
O enfraquecimento do Estado Social como forma de perpetuação da marginalizaçã...
 
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
Filosofia (iluminismo e revolução francesa)
 

Mais de marcilene1311

Mais de marcilene1311 (20)

Apresentacao internet andre
Apresentacao internet   andreApresentacao internet   andre
Apresentacao internet andre
 
Escola monte moriá
Escola monte moriáEscola monte moriá
Escola monte moriá
 
Agenda
Agenda Agenda
Agenda
 
Apresentação do modulo de gestão e alimentaçao
Apresentação do modulo de gestão e alimentaçaoApresentação do modulo de gestão e alimentaçao
Apresentação do modulo de gestão e alimentaçao
 
Agenda
Agenda Agenda
Agenda
 
Uma antiga lenda
Uma antiga lendaUma antiga lenda
Uma antiga lenda
 
Agenda
Agenda Agenda
Agenda
 
Módulo 12
Módulo 12Módulo 12
Módulo 12
 
O carvalho e o eucalipto
O carvalho e o eucaliptoO carvalho e o eucalipto
O carvalho e o eucalipto
 
Agenda
AgendaAgenda
Agenda
 
Agenda 2
Agenda 2Agenda 2
Agenda 2
 
Agenda 2
Agenda 2Agenda 2
Agenda 2
 
Agenda 2
Agenda 2Agenda 2
Agenda 2
 
Agenda 2
Agenda 2Agenda 2
Agenda 2
 
Agenda 2
Agenda 2Agenda 2
Agenda 2
 
Agenda 2
Agenda 2Agenda 2
Agenda 2
 
A bolacha teste
A bolacha testeA bolacha teste
A bolacha teste
 
Alimentação [modo de compatibilidade]
Alimentação [modo de compatibilidade]Alimentação [modo de compatibilidade]
Alimentação [modo de compatibilidade]
 
Perfil alimentação, gestao e meio ambiente [modo de compatibilidade]
Perfil   alimentação, gestao e meio ambiente [modo de compatibilidade]Perfil   alimentação, gestao e meio ambiente [modo de compatibilidade]
Perfil alimentação, gestao e meio ambiente [modo de compatibilidade]
 
Tocandoemfrente2 almir sater
Tocandoemfrente2 almir saterTocandoemfrente2 almir sater
Tocandoemfrente2 almir sater
 

Revolução Industrial e mudanças sociais no século XIX

  • 2.
  • 3. Conhecimento Europeu Século XIX - Mudanças Formação Social: Nobres – Donos de muitas terras – privilegiada; Clero – Padres e Sacerdotes; Burguesia – Classe Proprietária Classe Operária - Trabalhadores
  • 4. Grandes acontecimentos: Revolução Industrial Revolução Francesa
  • 5. Mudanças com a Revolução Industrial: 1ª Intensificação da exploração do trabalho pelo capital. (Os artesãos desaparecem e passam a trabalhar nas indústrias) 16 Horas diárias, Péssimo Salários, Péssimas Condições de Trabalho- Acidentes mutilavam e levavam a morte; Direito era inexistente; Muita exploração. CONCETRAÇÃO DE RENDA
  • 6. Mudanças com a Revolução Industrial: 2ª Crescimentos das cidades (êxodo rural) EXODO RURAL CAMPO CIDADE O que surgiu????
  • 7. Mudanças com a Revolução Industrial: 3ª Transformação do estilo de vida. Não foi fácil a adaptação ao ambiente urbano e ao trabalho nas fábricas.
  • 8. Características da Revolução Francesa: : 1º Monarquia 2º Clero e a nobreza 3º Burguesia
  • 9. Estado sendo Monárquico o capitalismo não desenvolvia; Os impostos altos para manter a monarquia e o clero que era isento; Os burgueses se rebelaram; O clero e a nobreza convence o Rei de convocar a Assembléia por medo de perder suas regalias; A Assembléia não chega a um consenso; A revolução chega as ruas com os ideais de: igualdade, fraternidade, liberdade; A queda da prisão de Bastilha; Tomada de Bastilha; 1799, Napoleão Bonaparte consolidou a burguesia, Fim do regime feudal
  • 10.
  • 11. Funcionalismo Sociologia para Durkheim Fato social apresenta caracteristicas : Coerção social – respeito e imposição. Ex:Idiomas, leis,e educação que recebe da família e da escola. Fatos sociais são exteriores ao individuo – existe e atua sobre ele independentemente de sua vontade ou aceitação. Generalidade – Algo comum na vida das pessoas. Ex: emprego, a forma de vestir, a habitação
  • 12. Materialismo Dialético Tudo se transforma, através dos conflitos dialéticos; Princípio da Totalidade – Fenômenos Naturais Princípio da Mudança Qualitativa – Quantidade... Qualidade Ex: Revolução Francesa; Princípio da contradição Universal – Forças contrarias se unem ou se opõe. Ex: Burguesia e proletariado. Princípio do Movimento:Nada está pronto, tudo se transforma. As forças contrarias se chocam a todo momento. Ex: Burguesia e proletariado - jornada de trabalho. Conclusão Pag. 32
  • 13.
  • 14. Educação Conservadora: Educação dos mais velhos aos mais jovens; Mão única; De cima para baixo; Não há troca de aprendizagem;
  • 15. A educação seria igualitária até determinado tempo, em seguida cada um segue a sua vida de acordo com sexo e classe social. Segundo Durkheim, há homens que devem ser preparados para refletir, para pensar, para serem os dirigentes do país, seja nas empresas, seja no governo. Enquanto outros devem ser educados para a ação, para a execução do trabalho manual e a obediência. Essa é uma função importante da educação na visão de Durkheim: preparar os homens para desempenhar os diferentes e harmônicos papéis sociais.
  • 16. Liberalismo: Desenvolvimento Social – Educação; Individualismo; O indivíduo deve ser respeitado pela dignidade... Liberdade; Antes de qualquer coisa o indivíduo precisa ser livre... Propriedade privada; Direito Natural... Deixa de ser privilégio da nobreza. Será que todos tem acesso? Igualdade Igualdade perante a lei. Democracia; Direito de todos à participação no governo por meio dos representantes eleitos.
  • 17. Nova Escola: (Dewey) Escola – ambiente de formação de um novo homem, pautadas em valores democráticos; Relação professor-aluno; Material didático; Métodos pedagógicos inovadores; Aluno ator principal.
  • 18. Capital Humano: Investir no indivíduo (desenvolvimento) Principal recurso: A educação.
  • 19. UNESCO (1996) recomenda o investimento na educação de pelo menos 6% do PIB. Como o Brasil investiu na EDUCAÇÃO na ultima década??? PIB - Produto Interno Bruto
  • 20. PIB 2000 3,9% 2001 4,0% 2002 4,2% 2003 3,9% 2004 3,9% 2005 3,9% 2006 4,3% 2007 4,5% 2008 4,7% 2009 5,0%
  • 21.
  • 22. A escola como aparelho ideológico do Estado. Ideologia – uma falsa crença Igualdade de direitos Igualdade de materiais
  • 23. O que são Aparelhos Ideológicos? Religioso Escolar Familiar Político Sindical Informativo (Meios de Comunicação) Cultural Jurídico
  • 24. E a escola está livre??? P-59 Mas.... A escola luta pela hegemonia da sociedade. A escola é o espaço onde a burguesia transmite os seus ideais.
  • 25. Escola como espaço da Contra – Ideologia Gramsci Transformadora das relações sociais... A educação deve formar cidadãos conscientes.
  • 26. ESCOLA CONFLITOS... IDEAIS ANTAGONICOS...
  • 27.
  • 29. TRABALHO... Mudança de vida... Vida Nômade... Vida Sedentária...
  • 30. ESCOLA ADMINISTRATIVA Decisões de cima para baixo Retardamento no ensino (obediência as leis governamentais) Escola sem autonomia Constituição 1988 LDB 1988 Gestão Democrática