K independência da américa espanhola (1)

425 visualizações

Publicada em

FRAGMENTAÇÃO DA AMERICA ESPANHOLA

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
425
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
14
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

K independência da américa espanhola (1)

  1. 1. magnac@pitagoras.com.br
  2. 2. A ÉPOCA DOS CONQUISTADORES 1º MOMENTO: CAPITULAÇÕES – SÉC. XV  A CONQUISTA FOI ENTREGUE A PARTICULARES QUE EM TROCA RECEBIAM: TÍTULOS, CARGOS E PARTICIPAÇÃO NOS LUCROS; OS CONQUISTADORES TINHAM DIREITO VITALÍCIO SOBRE AS TERRAS QUE DESCOBRISSEM; 2º MOMENTO: CONTRATOS TEMPORÁRIOS-SÉC. XVI  OS CONTRATADOS OU ADELANTADOS TINHAM PODERES TEMPORÁRIOS SOBRE AS TERRAS; TINHAM DIREITO DE EXPLORAR AS TERRAS E CRISTIANIZAR OS ÍNDIOS, MAS ERAM OBRIGADOS AS PAGAR IMPOSTOS.
  3. 3. PÁGINA 91 – NÚCLEOS DE 1 4 3 2 OCUPAÇÃO 5 TEXTO / EXERCÍCIO – PÁGINA 92
  4. 4. 300 ANOS DE COLONIZAÇÃO ESPANHOLA  A Espanha manteve um rígido controle sobre suas colônias;  Os colonos deveriam seguir as ordens da metrópole e tinham pouca autonomia;  Extração de riquezas da região – Extração de minerais – Exploração da terra Principal mão de obra escravização dos nativos
  5. 5. SISTEMA DE TRABALHO IMPOSTO AOS ÍNDIOS ENCOMIENDA REPARTIMIENTO/MITA A Coroa espanhola incentivou a escravidão indígena ao criar a chamada "encomienda", pela qual cada colono "encomiendero" recebia sob sua tutela certo número de índios, que explorava impiedosamente a pretexto de cristianizá-los. Além da escravidão em caráter permanente, que na prática era estabelecida pela "encomienda", os espanhóis também lançaram mão da “mita”, ou seja, o trabalho obrigatório periódico que já era utilizado entre os indígenas antes da descoberta. De tempos em tempos, as diversas tribos eram obrigadas a fornecer certo número de trabalhadores especialmente para os serviços das minas.
  6. 6. DIANTE DA GRANDEZA DO IMPÉRIO HISPANO-AMERICANO, A METRÓPOLE DEVIVIU O SEU ESPAÇO COLONIAL EM DOIS TIPOS DE UNIDADES ADMINIDTRATIVAS. Vice-Reinos: eram instituições de competência administrativa e judiciária instaladas nos centros mais desenvolvidos da América Espanhola. Exerciam o controle da atividade mineradora ; Supervisionavam o processo da catequese; Presidia as sessões de audiências. Audiências : tribunais superiores localizados nos centros estratégicos e importantes da colônia Cabildos:: correspondentes as câmaras Municipais da América Portuguesa, tratavam da organização policial, formando tropas e podendo estabelecer ordenações com caráter legal. Capitanias Gerais: eram instituições implantadas para a defesa do Império em áreas estratégias ou não pacificadas, onde se fazia necessária a presença de um governo militar.
  7. 7. SÉCULO XIX – O INÍCIO DO PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA  Alguns fatores contribuíram para o início da crise na América Espanhola: – Insatisfação da elite criolla com a aumento do controle e dos impostos; – Filhos de criollos – estudos na Europa e contato com as idéias liberais e movimentos revolucionários – EX: Revolução Francesa; – Desorganização da metrópole após a invasão napoleônica (1808 – 1814) do território espanhol; – Revolução Liberal (1820 – 1830) – luta contra o absolutismo do rei Fernando VII; EXERCÍCIO 4 – PÁGINA 94
  8. 8. A LUTA PELA EMANCIPAÇÃO POLÍTICA NA AMÉRICA ESPANHOLA APOIO INTERNO APOIO EXTERNO INGLATERRA APOIO EXTERNO ESTADOS UNIDOS DOUTRINA MONROE “AMÉRICA PARA OS AMERICANOS” NECESSIDADE DE NOVOS MERCADOS PARA ESCOAR A PRODUÇÃO INDUSTRIAL ELITES CRIOLLAS COLÔNIAS A Espanha não se atreveu a enfrentar a Inglaterra, e nem os EUA, e acabou perdendo, naquele período, quase todas as suas possessões na América.
  9. 9. SIMON BOLÍVAR SAN MARTIN Filhos de espanhóis que estudaram na Europa e tiveram contato com as ideias liberais. CENTRALISMO FEDERALISMO • Partidário da criação de vários estados independentes, com governo e legislação compatível com os interesses das populações locais. • Partidário da organização de um governo centralizado para todos os Estados americanos, que fosse capaz de defender os interesses do conjunto do Estado
  10. 10. Como não havia uma única liderança no movimento de independência das diversas regiões, a direção política ficou a cargo de líderes locais que enfrentaram novos problemas após as guerras de independência: Fome, desemprego, destruição das colheitas, etc. EXERCÍCIO 5 A 9 PÁGINA 97 A 99
  11. 11. APÓS A INDEPENDÊNCIA ... A ELITE CRIOLLA ASSUMIU O PODER  INSTALOU O SISTEMA REPUBLICANO; CONSTRUIU LEIS E SISTEMAS ADMINISTRATIVOS; ENFRENTOU GUERRAS CIVIS; CRIOU MECANISMOS PARA GARANTIR A MANUTENÇÃO DA ESTRUTURA ECONÔMICA COLONIAL;
  12. 12. CAUDILHOS –LÍDERES LOCAIS QUE QUESTIONAVAM O PODER DA ELITE CRIOLLA APÓS A INDEPENDÊNCIA DIANTE DA INSTABILIDADE POLÍTICA E DA AUSÊNCIA DE UM GOVERNO ESTABELECIDO EM ALGUNS PAÍESES RECÉM INDEPENDENTES, OS CAUDILHOS SE APROVEITARAM PARA SE FORTALECEREM EM CADA REGIÃO. OS CAUDILHOS CONSEGUIRAM SE IMPOR NA REGIÃO PELO SEU CARISMA OU PELA FORÇA FÍSICA, INSTALANDO O AUTORITARISMO.
  13. 13. UMA ECONOMIA DEPENDENTE AMÉRICA LATINA VENDE ARTIGOS PRIMÁRIOS: MATÉRIA PRIMA, PRODUTOS GRÍCOLAS EUROPA EUA VENDE ARTIGOS MANUFATURADOS

×