AVALIAÇÃO NO
     AMBIENTE VIRTUAL

QUE PRINCÍPIOS NORTEAM A AVALIAÇÃO?

QUAL CONCEPÇÃO DE AVALIAÇÃO?

QUAIS CRITÉRIOS ADO...
Avaliação
- Implica concepção de educação de homem e
  de sociedade;
- É di
    dimensão d prática social;
           ã da...
AVALIAÇÃO é
          é…


• Intrínseca à significação do ato de aprender

• Vinculada a uma concepção de educação e
  con...
Tendências de Educação e Avaliação

• TRADICIONAL – usa verificações de curto e prazo mais
  longo, puniçao;

• TECNICISTA...
Modalidades Avaliação

• DIAGNÓSTICA - identificar conhecimentos
  prévios dos alunos (inicial)

• FORMATIVA - acompanhar ...
Avaliação em EAD...requer
             EAD requer

• Desenvolvimento de metodologias que
  propiciem avaliação dinâmica e ...
Importância Definição Critérios para
                                para...

• Tornar explícitos os objetivos da ação
  e...
Avaliação em AVA exige...
                 exige...
• Diálogo entre Planejamento e Avaliação

• Seleção de AVA que propici...
AVA como apoio à AVALIAÇÃO, em
geral propicia...
• Cadastro dos usuários

      - Espaço para publicação material
        ...
Complexidade avaliação em AVA



• Exige gerenciamento de informações
• Acompanhamento alunos em seus
  percursos individu...
Possíveis estratégias Avaliação em AVA


•EExercícios, t t online
        í i   testes li
• Produção individual (pesquisas...
Avaliação se realiza mediante
articulação métodos

• QUANTITATIVOS – evidenciados a partir dos acessos ao
  AVA, especific...
Categorias de avaliação do processo de
aprendizagem em AVA

- ASPECTOS TEÓRICOS envolvendo
  conceitos em estudo;
- CONTEX...
Indicadores para avaliação no
plano individual




Aluno
Al         Conteúdo
           C t úd           Acesso
          ...
Critérios/aspectos avaliação plano
coletivo
• CONTEÚDO DAS MENSAGENS (eixo
  conceitual)

• TIPO DAS MENSAGENS (comentário...
Eixos conceituais análise de interações
com base conteúdo de mensagens

• EPISTEMOLÓGICO – envolve processo construção
  c...
Indicadores para avaliação em situações
de realização de tarefas cooperativas

     INDICADORES PARA                    CO...
Referências

 ABREU, Ana
 ABREU Ana. Avaliação em EAD – Valorizando os dizeres dos alunos In:
                            ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Avaliação no Ambiente Virtual

1.970 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.970
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
243
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
34
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Avaliação no Ambiente Virtual

  1. 1. AVALIAÇÃO NO AMBIENTE VIRTUAL QUE PRINCÍPIOS NORTEAM A AVALIAÇÃO? QUAL CONCEPÇÃO DE AVALIAÇÃO? QUAIS CRITÉRIOS ADOTAR?
  2. 2. Avaliação - Implica concepção de educação de homem e de sociedade; - É di dimensão d prática social; ã da áti i l - Envolve julgamento e atribuição de valor; - Nao se reduz a instrumentos e técnicas; - Não é neutra, envolve questões: – ..Teóricas – ..Políticas Políticas – ..Técnicas
  3. 3. AVALIAÇÃO é é… • Intrínseca à significação do ato de aprender • Vinculada a uma concepção de educação e consubstanciada em P j b i d Projeto P d ó i Pedagógico • Ação que tem em vista contribuir com a construção da aprendizagem de modo ç p g colaborativo
  4. 4. Tendências de Educação e Avaliação • TRADICIONAL – usa verificações de curto e prazo mais longo, puniçao; • TECNICISTA – avalia e controla comportamentos observáveis e mensuráveis;; • LIBERTADORA – avalia a pratica vivenciada entre p educador/educando, compromisso com prática social; • PROGRESSISTA – avaliação em processo, valorização de outros instrumentos que não prova
  5. 5. Modalidades Avaliação • DIAGNÓSTICA - identificar conhecimentos prévios dos alunos (inicial) • FORMATIVA - acompanhar aluno em seu desenvolvimento (ao longo do processo) • SOMATIVA – identificar resultados obtidos com o processo (ao final)
  6. 6. Avaliação em EAD...requer EAD requer • Desenvolvimento de metodologias que propiciem avaliação dinâmica e interativa • Criação de procedimentos e critérios considerando uso AVA • Elaboração de instrumentos e utilização de ferramentas que propiciem o alcance dos objetivos de aprendizagem
  7. 7. Importância Definição Critérios para para... • Tornar explícitos os objetivos da ação educativa • Constituir referencia para julgamento • Usar como exigência de qualidade • M difi Modificar conforme necessidade mudança rumo f id d d
  8. 8. Avaliação em AVA exige... exige... • Diálogo entre Planejamento e Avaliação • Seleção de AVA que propicie interação entre atores • Decisão sobre quais ferramentas utilizar • Análise do ambiente considerando …Acessibilidade …Navegabilidade …Interatividade
  9. 9. AVA como apoio à AVALIAÇÃO, em geral propicia... • Cadastro dos usuários - Espaço para publicação material professor - Espaço para postagem tarefas alunos - Ferramentas comunicação síncrona e asíncrona (chat, forum) - Ferramentas de comunicação específicas (e-mail, mural)
  10. 10. Complexidade avaliação em AVA • Exige gerenciamento de informações • Acompanhamento alunos em seus percursos individuais de aprendizagem que ocorrem no espaço de construção coletiva
  11. 11. Possíveis estratégias Avaliação em AVA •EExercícios, t t online í i testes li • Produção individual (pesquisas (pesquisas, textos, resolução de outras ç tarefas) • Análise de interações nas á ferramentas selecionadas
  12. 12. Avaliação se realiza mediante articulação métodos • QUANTITATIVOS – evidenciados a partir dos acessos ao AVA, especificamente às ferramentas selecionadas • QUALITATIVOS – relacionados diretamente ao conteúdo das mensagens postadas, das tarefas realizadas g p , Assim… • COMPLEMENTARIDADE…. - PROCESSO (Percurso de construção individual) - PRODUTO (resultado de interações)
  13. 13. Categorias de avaliação do processo de aprendizagem em AVA - ASPECTOS TEÓRICOS envolvendo conceitos em estudo; - CONTEXTOS MAIS AMPLOS, experiências pessoais, profissionais, etc; - USO DOS RECURSOS TECNOLÓGICOS, abordando possibilidades e li it õ d b d d ibilid d limitações da tecnologia; - INTERAÇÃO entre participantes no grupo, apoios, compartilhamentos ajudas. apoios compartilhamentos, ajudas
  14. 14. Indicadores para avaliação no plano individual Aluno Al Conteúdo C t úd Acesso A Meio M i
  15. 15. Critérios/aspectos avaliação plano coletivo • CONTEÚDO DAS MENSAGENS (eixo conceitual) • TIPO DAS MENSAGENS (comentário (comentário, resposta, reflexão, pergunta, outros) • CONTRIBUIÇÃO AO GRUPO (troca de saberes, experiências, apoio ao colega)
  16. 16. Eixos conceituais análise de interações com base conteúdo de mensagens • EPISTEMOLÓGICO – envolve processo construção conhecimento sobre objeto estudo • TECNOLÓGICO – envolve gerenciamento dos aspectos tecnológicos g • SOCIAL – envolve o processo de construção de uma p ç coletividade • AFETIVO – envolve expressão de emoções
  17. 17. Indicadores para avaliação em situações de realização de tarefas cooperativas INDICADORES PARA COMO AVALIAR AVALIAÇÃO - Análise das interações - Como chegou aos resultados individuais Apresentados? -Quais caminhos percorreu no Quais - Histórico da navegação g ç Material didático fornecido pelo professor? - Análise das interações individuais -Que fontes ele consultou? -Com que frequencia? q q - Análise das interações individuais i di id i -O aluno pesquisa e utiliza fontes suplementares - Análise das contribuições localizadas por ele mesmo? Fonte: Campos, F.C A. 2003.
  18. 18. Referências ABREU, Ana ABREU Ana. Avaliação em EAD – Valorizando os dizeres dos alunos In: alunos. http://www.cibersociedad.net/congres2006 AIRES, Carmenisia J. Programa Esporte Educacional – Qual avaliação? Publicação , g p Q ç ç Ministerio dos Esportes. 1998. BEHAR, Patrícia A. (org) Modelos Pedagógicos em educação a distancia. Porto Alegre, Artmed, 2009. Alegre Artmed 2009 CAMPOS, F. C. et al. Cooperação e Aprendizagem online. Rio de Janeiro: DP&A 2003. MEDEIROS, Marilú F. et al Educação a Distancia – cartografias pulsantes em movimento. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2003. Material da Profa. Doutora CARMENISIA JACOBINA AIRES da Universidade de Brasília/Faculdade de Educação, Brasília, 2009. ADAPTADO.

×