Eua superpotência mundial

9.741 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.741
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5.282
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
148
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eua superpotência mundial

  1. 1. ESTADOS UNIDOS SUPERPOTÊNCIA MUNDIAL
  2. 2. Colonização e formação da América desenvolvida  Independência (1776) das treze colônias.  Início da ocupação do interior: Conquista do Oeste – predomínio de uso agrícola  Terras anexadas por meio de guerras, compradas ou cedidas.
  3. 3. Colonização e formação da América desenvolvida  As ferrovias foram fundamentais para a ocupação do território.
  4. 4. Recursos naturais e a industrialização no nordeste dos Estados Unidos  A partir do final do século XVIII, grande prosperidade econômica motivada pela expansão do mercado consumidor interno, fato que assegurou o crescimento da produção industrial na região nordeste de seu território.
  5. 5. Recursos naturais e a industrialização no nordeste dos Estados Unidos  Na segunda metade do século XIX, exploração de carvão nos Montes Apalaches e ferro nas proximidades dos Grandes Lagos. Isso alavancou o desenvolvimento industrial: construção de siderúrgicas (aço) e metalúrgicas, base para as outras indústrias. Exemplos: transportes (trens e navios) e construção civil. No final do século XIX, descoberta e extração de petróleo, primeiramente nas proximidades dos Grandes Lagos e mais tarde no Texas e Golfo do México, desenvolvimento do setor petroquímico.
  6. 6. Recursos naturais e a industrialização no nordeste dos Estados Unidos  A indústria automobilística teve grande crescimento com os recursos minerais e energéticos do nordeste. As primeiras fábricas criadas na região foram: Ford, GM e Chrysler.  Fordismo – linha de montagem
  7. 7. A ascensão da economia estadunidense  Acúmulo de capital a partir da segunda metade do século XIX, possibilitou o crescimento da economia americana como uma das maiores do mundo.  No início do século XX, grandes empresas possuíam o monopólio de alguns setores estratégicos da economia: petróleo (família Rockefeller), aço (família Morgan), automóveis (família Ford) e ferrovias (família Vanderbilt). Essas empresas foram favorecidas pela necessidade de integrar o grande território estadunidense.  As duas grandes guerras também ajudaram o crescimento econômico americano: A Primeira Guerra Mundial (1914-1918) e Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Os conflitos ocorreram principalmente na Europa e muitos desses países já industrializados foram muito prejudicados pelas guerras.
  8. 8. A ascensão da economia estadunidense  Ao final da Segunda Guerra países como Inglaterra, França, Itália e Alemanha estavam arrasados e precisam importar produtos agrícolas e industriais dos Estados Unidos. Além disso, os Estados Unidos passaram a destinar ajuda financeira (plano Marshall) aos países europeus aliados, ampliando sua área de influência. Nesse momento o dólar (moeda americana) passa a ser a moeda padrão nas negociações.
  9. 9. As multinacionais e o comércio estadunidense  A partir da segunda metade do século XX – nova fase – a expansão das multinacionais.  Os investimentos realizados pelas multinacionais foram direcionados principalmente para países desenvolvidos da Europa, como França e Inglaterra e alguns subdesenvolvidos com grande mercado consumidor como Brasil, Argentina, México e África do Sul.  Com a expansão das multinacionais os Estados Unidos, o país se tornou o gerador dos maiores fluxos de mercadorias, com um gigantesco volume de exportações e importações.
  10. 10. A influência dos Estados Unidos na economia mundial  O país exerce forte influência política sobre organismos econômicos internacionais como o FMI (Fundo Monetário Internacional) que fazem empréstimos a países subdesenvolvidos. Assim, os países que precisam de empréstimos acabam sendo influenciados pelos americanos. Sede do FMI – Washington - DC
  11. 11. A influência dos Estados Unidos na economia mundial  Política protecionista: o país interfere no mercado internacional protegendo suas empresas de uma concorrência através de barreiras alfandegárias.  Exemplos de proteção contra empresas brasileiras: suco de laranja, açúcar, aço, etanol (álcool), carnes e frutas.
  12. 12. A invasão cultural estadunidense  Durante o século XX os Estados Unidos tiveram seus elementos culturais difundidos por meio de veículos de comunicação de massa. Emissoras de rádio e TV espalhadas pelo mundo divulgam os gêneros e séries criados pelos estadunidenses.  A principal é Hollywood de divulga o modelo de sociedade ideal: American Way of life.  Outros exemplos: Jeans, Coca-Cola (a marca mais lembrada no mundo), McDonald’s.
  13. 13. Estados Unidos: uma potencia militar  Após a Segunda Guerra Mundial, devido a Guerra Fria, o país investiu maciçamente no aparelhamento de suas forças militares.  Os Estados Unidos tornaram-se o centro da OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte, 1949.  O país utiliza 5% do seu PIB (Produto Interno Bruto) para a área militar o que corresponde 45% do volume gasto em defesa no mundo. Os militares formam um contingente de 1,2 milhão de militares cerca de 1% da PEA (População Economicamente Ativa).
  14. 14. Declínio econômico dos Estados Unidos Fonte: Banco Mundial  A tabela representa a retração da economia estadunidense. Maiores economias do mundo (PIB – trilhões de $) 1975 2010 2025 2050 1 º EUA 1, 6 EUA 14 EUA 20 China 4 9 2 º Japão 0, 4 China 5, 8 China 11, 7 Estados Unidos 3 8 3 º Alemanha 0, 4 Japão 5, 4 Japão 6,7 Índia 2 7 4 º França 0, 3 Alemanha 3, 3 Alemanha 3,9 Japão 8 5 º Reino Unido 0, 2 França 2, 5 Índia 3,6 Brasil 8
  15. 15. Declínio econômico dos Estados Unidos  Motivos: concorrência dos países da União Europeia, como Alemanha e Inglaterra, mas principalmente de países asiáticos como o Japão, os Tigres Asiáticos e a China. Esses países investiram em desenvolvimento tecnológico e baixo custo de produção. Como consequência dessa concorrência externa o imenso mercado consumidor estadunidense vem comprando produtos importados e a balança comercial vem apresentando saldos negativos.
  16. 16. Os Estados Unidos e a crise econômica mundial  A crise econômica de 2007 em cinco atos: 1. A Origem Juros baixos e crédito imobiliário fácil Muitas pessoas refinanciaram suas casas, pegando dinheiro em troca. 2. Calote O dinheiro pego nos financiamentos foi consumido em “coisas”.
  17. 17. Os Estados Unidos e a crise econômica mundial 3- Estouro da Bolha Muitos imóveis tinham triplicado de valor e com o calote o preço desabou. Muita gente terminou com uma dívida maior que a casa que possuía. 4- Reflexos Títulos da dívida imobiliária foram vendidos a bancos de todo mundo. Quando houve o calote a crise espalhou-se pelo mundo todo. Muitos bancos foram a falência. 5- Recessão Falência e desemprego.

×