O slideshow foi denunciado.
PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE                   SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO          SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃ...
A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria           O espaço educativo deve ser utilizad...
Nessa linha de pensamento, o espaço educativo se transforma em ambiente de superação dedesafios pedagógicos que dinamiza e...
A qualidade do conhecimento deve sempre ser levada em consideração quando abordamos aformação do aluno, para isso é necess...
Os alunos não aprendem por igual, devemos fugir da massificação do ensino e dosplanejamentos prontos e acabados com “conhe...
Todos têm seus conhecimentos e suas habilidades prévias, basta saber como e ondeprocurar, para então aproveitarmos tal con...
Nosso cotidiano está repleto de experiências em que osmesmos dados são interpretados sob óticas diferentes, com“olhares” d...
Temos que buscar o aprendizado significativo, que é ensinar o que o aluno realmente precisaaprender para se tornar um cida...
Existem várias formas de se avaliar os alunos, mas todas as formas têm as mesmasintenções e devem seguir os seguintes temp...
Ao seguirmos esses critérios para avaliar o aluno, o professor será além de um transmissor doconhecimento, o autor e traba...
REFERENCIAS:        HOFFMANN, Jussara. O jogo do contrário. Porto Alegre: Mediação, 2005.        LUCKESI, Cipriano Carlos....
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Avaliação da aprendizagem - AVA 2012

897 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Avaliação da aprendizagem - AVA 2012

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPO GRANDE SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE GESTÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS DIVISÃO DE TECNOLOGIA EDUCACIONALAtividade: Produção do texto clássico: A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento daautoria.Mediador pedagógico: Heloisa Gomide BaroliCursista: Marcelo Saraiva Ferreira
  2. 2. A avaliação da aprendizagem como um princípio no desenvolvimento da autoria  O espaço educativo deve ser utilizado como local para aquisição doconhecimento e na preparação do aluno a ingressar na sociedade como um todo,formando-o cidadão apto ao mercado de trabalho e com conhecimentos básicos deentendimento e compreensão do mundo que o cerca, assim com recursos mínimospara escolher um curso profissionalizante, técnico ou universitário que melhorvislumbre suas expectativas de futuro. O cenário da educação é muito mais complexo do que simplesmente atransmissão do conhecimento para o aluno por intermédio do professor, são muitosaspectos e pontos a serem analisados, avaliados e questionados no contexto escolar.Todos no ambiente escolar são responsáveis pela transmissão e produção de algumconhecimento ao aluno e nessa perspectiva teórica e política os métodos de avaliaçãoda aprendizagem são sempre questionadas e revisadas, tudo isso para se definirentre outros paradigmas, o real papel da escola e os percursos do processo ensino eaprendizagem.
  3. 3. Nessa linha de pensamento, o espaço educativo se transforma em ambiente de superação dedesafios pedagógicos que dinamiza e significa a aprendizagem, que passa a ser compreendidacomo construção de conhecimentos e desenvolvimento de competências em vista da formação docidadão. Silva (2003, pg.10)
  4. 4. A qualidade do conhecimento deve sempre ser levada em consideração quando abordamos aformação do aluno, para isso é necessário estar sempre avaliando essa aprendizagem, sabendoassim se o conteúdo que se ensina está sendo assimilado pelo aluno, saber se o mesmo estáaprendendo com qualidade e se condiz com tudo que está no currículo para uma evolução sólidado conhecimento. Assim o professor em poder dessas informações poderá planejar suas aulascom maior chance de sucesso.
  5. 5. Os alunos não aprendem por igual, devemos fugir da massificação do ensino e dosplanejamentos prontos e acabados com “conhecimentos” já definidos, é necessário atividadesdiferentes para alunos que aprendem em tempos diferentes e de formas mais diversas possíveis,para tanto, temos que abrir nossas mentes para que possamos compreender a realidade e ai simproduzir conhecimento.
  6. 6. Todos têm seus conhecimentos e suas habilidades prévias, basta saber como e ondeprocurar, para então aproveitarmos tal conhecimento a favor de nossas aulas, por isso énecessário estar avaliando sempre e de maneira correta todo o processo do ensino eaprendizagem, e não em partes como são realizadas as avaliações aplicadas atualmente,pois tudo evolui e com a educação não pode ser diferente, as avaliações aplicadas emanos passados já não se aplicam aos dias atuais.
  7. 7. Nosso cotidiano está repleto de experiências em que osmesmos dados são interpretados sob óticas diferentes, com“olhares” distintos. Essas interpretações têm suas bases emcrenças diferenciadas sobre o mundo e sobre a vida, sobre osatos humanos e também sobre a aprendizagem que,epistologicamente, recebem o nome de cosmovisão.
  8. 8. Temos que buscar o aprendizado significativo, que é ensinar o que o aluno realmente precisaaprender para se tornar um cidadão “culto”, com seus conhecimentos básicos do currículo, além deensinar sobre a vida e trabalho, para tanto temos que escutar sobre ele para entender-lo, assimtornar as aulas interessantes aos olhos e ouvidos do aluno.
  9. 9. Existem várias formas de se avaliar os alunos, mas todas as formas têm as mesmasintenções e devem seguir os seguintes tempos de observação do aprendiz, analise e compreensãodas estratégias e por último a tomada de decisões pedagógicas, assim é possível se realizar umprocesso mais justo sem excluir ou incluir nenhum elemento e melhorar os pontos relevantes aoprocesso de ensino e aprendizagem. Avaliações mal realizadas podem acabar com a autoconfiança, podar a criatividade, além denão permitir que os alunos falem sobre conhecimentos prévios sobre o mesmo assunto, outrospontos de vista do conteúdo , impedindo criticas construtivas e que possibilitariam o crescimentopessoal.
  10. 10. Ao seguirmos esses critérios para avaliar o aluno, o professor será além de um transmissor doconhecimento, o autor e trabalhando em conjunto com o aluno, levará o mesmo a ter consciênciado valor do conhecimento que o mesmo possui e que poderá vir a adquirir. O professor que avalia bem é aquele que constrói junto ao aluno todo o processo de ensino eaprendizagem, registrando de forma qualitativa e acompanhando o mesmo de formaindividualizada, independente do processo de descrever, de explicitar ou somente analisar aprofundidade da aprendizagem. O conhecimento será obtido com êxito e de maneira significativaquando o professor utilizar de forma correta todos os instrumentos e meios de avaliação que estãoa sua disposição.
  11. 11. REFERENCIAS: HOFFMANN, Jussara. O jogo do contrário. Porto Alegre: Mediação, 2005. LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem componente do ato pedagógico – 1.ed. São Paulo: Cortez, 2011. SILVA, Janssen Felipe da. Prática avaliativas e aprendizagens significativas. Porto Alegre: Mediação,2003.

×